Publicidade

Professora da EREM Maria Cavalcanti Nunes de Petrolândia é uma das vencedoras do Prêmio Naíde Teodósio de Estudos de Gênero

Professora Jussara Araújo (esquerda) recebe o certificado do Prêmio Naíde Teodósio

Na última quinta-feira, dia 02 de outubro, no Teatro Santa Izabel, a professora de História da EREM Maria Cavalcanti Nunes, Jussara Araújo, recebeu o prêmio na categoria de Relato de Experiência Pedagógica do Prêmio Naíde Teodósio de Estudos de Gênero, em cerimônia realizada no Teatro Santa Izabel, em Recife.

Esta é a 7ª edição do prêmio, que tem por objetivo estimular e fortalecer a produção crítica de conhecimentos sobre as relações de gênero, contribuindo para a promoção dos direitos das mulheres em sua diversidade, por meio da produção de textos, pesquisas, estudos e projetos que busquem contemplar as dimensões de classe social, raça, etnia, geração e orientação sexual das mulheres em Pernambuco.

A professora Jussara Santana de Araújo se diz honrada pela premiação. "Estou muito feliz por vencer o Prêmio Naíde Teodósio. É uma honra, o reconhecimento de um trabalho. Acredito que cabe a educadores como nós desconstruir os estereótipos criados acerca do papel da mulher na sociedade. A escola é o local onde a diversidade se encontra e se efetiva a formação interdimensional dos estudantes. O prêmio instiga ações concretas para a mudança.”

Escolhida para proferir o discurso representando os vencedores de sua categoria, a professora emocionou os presentes com suas palavras. A EREM Maria Cavalcanti Nunes está de parabéns, a cada dia mostrando conquistas que demonstram a qualidade que queremos a educação de Pernambuco.

Quase 30 estudantes e professores das Escolas de Referência em Nível Médio (EREM), graduação e pós-graduação de Pernambuco receberam o Prêmio Naíde Teodósio de Estudos de Gênero durante a solenidade realizada pela Secretaria da Mulher de Pernambuco (SecMulher-PE). A secretária Bárbara Kreuzig representou o governador João Lyra Neto na cerimônia que contou com a presença do secretário de Educação e Esportes, Ricardo Dantas, da reitora do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), Claudia Sansil, além de representantes dos outros parceiros da Secretaria da Mulher-PE na premiação.

A premiação ocorre em cinco modalidades: artigos científicos, relatos de experiência pedagógica, projetos de experiência pedagógica, redações e roteiro para documentário digital de curta metragem. Foram distribuídos prêmios em dinheiro, que podem chegar a R$ 8 mil, auxílio para Participação de Pesquisador em Congresso ou Reuniões no País (ACP), tablets, assinaturas da Revista Continente e diploma de Mérito Institucional.O Prêmio Naíde Teodósio é realizado anualmente pela Secretaria Estadual da Mulher em parceria com a Secretaria de Educação e Esportes do Estado (SEE), a Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag), a Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe), a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), a Companhia Editora de Pernambuco (Cepe), a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE).


Informações e fotos: EREM Maria Cavalcanti Nunes

Comentários

Publicidade