sábado, 25 de janeiro de 2020

Petrolândia/Tacaratu: Colisão entre caminhão e D-20 é registrada na BR-375


Um acidente envolveu dois veículos na noite deste sábado (25/01), na rodovia PE-375, no trecho entre as cidades de Petrolândia e Tacaratu, Sertão de Pernambuco. Um caminhão e uma caminhonete D-20 se chocaram frente a frente.

Segundo informações compartilhadas em rede social, os veículos trafegavam em sentido contrário e a colisão, de grave proporção, quando um dos veículos desviou de buraco na pista. 

Mais informações a qualquer momento. 

Redação do Blog de Assis Ramalho

Petrolândia: Clínica Mais Saúde informa atendimento da semana, de 27 a 31 de janeiro/2020; Confira e marque sua consulta


A Clínica Mais Saúde, localizada na Av Auspício Valgueiro de Barros, em frente a Escola Delmiro Gouveia, informa atendimento desta semana, de 27 a 31 de janeiro de 2020; confira abaixo!

Agende sua consulta pelo cel: 87 9.9659-3298 - tel. 87 - .3851-0533

Segunda-feira (27/01)

Dra Rayla Delgado
(Fisioterapeuta)
Dra. Bruna Bastos - Ginecologista Obstetra
Dr Alyson Quirino (Cirurgião Dentista)
Dra Talita Novaes (Clínica Geral)
Dr Neto Guedes - Fisioterapeuta
Dra Natália Karoline - Cirurgiã Dentista

Terça-feira (28)

Dr. Robson Oliveira - Otorrinolaringologista
Dra. Núbia Lopes - Ginecologista e Ultrassonografia
Dr. Atayde Júnior - Psiquiatra
Dra Talita Novaes (Clínica Geral)
Dr Alyson Quirino (Cirurgião Dentista)
Dra Thaísa Patrícia (Fisioterapeuta)

Quarta-feira (29)

Dra Talita Novaes (Clínica Geral)
Dra Rayla Delgado (Fisioterapeuta)
Dr Neto Guedes - Fisioterapeuta
Dr Victor Laert (Cirurgião Dentista)

Quinta-feira (30)

Dr Geovane Carvalho - Médico do Trabalho
Dra. Gracenilda Moura - Psicóloga
Dr Alyson Quirino (Cirurgião Dentista)
Dra Thaísa Patrícia (Fisioterapeuta)
Dr. Paulo Elísio - Dermatologista

Sexta-feira (31)

Dr Alexandre Torres - Ultrassonografia
Dra Priscylla Quirino (Fonoaudióloga)
Dra Rosimere Lopes ( Psicóloga Clínica)
Dra Rosimere Lopes ( Psicóloga Clínica)Dr Alyson Quirino (Cirurgião Dentista)
Dr Neto Guedes - Fisioterapeuta
Dra Rayla Delgado (Fisioterapeuta)

Agende sua consulta pelo cel: 87 9.9659-3298 - tel. 87 - .3851-0533

Adquira já o seu cartão de desconto SYSTEM SAÚDE e ganhe excelentes descontos!
SAIBA SOBRE O SYSTEM SAÚDE

Veja abaixo: Profissionais, Farmácias e Empresas que são credenciados e as vantagens do convênio System Saúde; adquira já o seu!

Petrolândia: Previsão de chegada do corpo de Ninho de Nenéu é por volta das 2h da madrugada; sepultamento será às 10 horas da manhã deste domingo (26)


A família informa que o corpo de Adenildo Freire de Sá, conhecido como Ninho de Nenéo,
está previsto para chegar à cidade de Petrolândia na madrugada deste domingo (26). Também avisa que o sepultamento será realizado neste domingo, às 10 horas da manhã no cemitério São Francisco, em Petrolândia.

O corpo será velado na residência da família, na Avenida Barreiras.

A família agradece à todos que comparecerem a este ato de fé e solidariedade humana.

Notícia relacionada

Da Redação do Blog de Assis Ramalho
Informação: Família


Clínica Mais Saúde chega a Tacaratu; inauguração aconteceu neste sábado (25)

Divulgação/Mais Saúde

Sobe para 12 o número de mortes causadas pelas chuvas em MG; há 16 pessoas desaparecidas


O número de mortes em razão das chuvas em Minas Gerais subiu para 12. O número foi atualizado pela Defesa Civil do estado no início da tarde de hoje (25). Além dos óbitos, há 16 pessoas desparecidas, o que pode elevar as perdas.

Os temporais castigaram, até o momento, 36 municípios do estado, atingindo 3.375 pessoas. Conforme o último balanço das autoridades estaduais, sete pessoas ficaram feridas, 2.554 estão desalojadas e 751 desabrigados.

De acordo com a Defesa Civil, há risco grande de deslizamento em nove cidades da região metropolitana de Belo Horizonte: Sabará, Rio Acima, Brumadinho, Contagem, Nova Lima, Betim, Ribeirão das Neves e Ibirité, além da própria capital. Em Belo Horizonte, somente ontem (24) foram registradas 72 ocorrências desse tipo.

Entre a quinta e a sexta-feira, o volume foi o maior registrado desde que teve início o monitoramento, no ano de 1910.

A previsão é que a intensidade das chuvas reduza-se amanhã (26). A Defesa Civil, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar continuam trabalhando no atendimento de ocorrências tanto de risco geológico (como deslizamentos e soterramentos) quanto de risco hidrológico (como alagamentos e inundações).

Por Agência Brasil

Petrolândia/Projeto Icó-Mandantes: Rogério Novaes agradece aos agricultores do mutirão de limpeza do reservatório papagaio


Venho em nome do Distrito Icó-Mandantes, DIMA, agradecer a todos os agricultores que compareceram ao nosso chamado, para a realização da limpeza do reservatório. (papagaio.) principalmente pela quantidade de agricultores, já que fizemos uma base 120 pessoas seria o suficiente na realização do trabalho, e na ocasião compareceu mais de 200 .

Infelizmente por falta de compreensão e compromisso, quatro pessoas que compõe uma tal de comissão, e que são contrária a união desses agricultores, tomaram atitude de manter o reservatório cheio, ainda tentamos esvaziar, porém seria muito desperdício de água.

Como forma de repúdio os agricultores e nós Distrito, lavamos nossas mãos, e entregaremos a Deus toda essa falta de respeito com as pessoas que vem consumindo essa água imunda. Sem mais .

Meu muito obrigado aos agricultores comprometidos com o projeto.

ROGÉRIO NOVAES
PRESIDENTE DO DIMA.

Petrolândia: Procura-se par de óculos de grau perdidos na Av. Auspício Valgueiro de Barros


Um jovem avisa que perdeu um par de óculos (de grau) na Avenida Auspício Valgueiro de Barros, em Petrolândia. Pede-se a quem encontrou ou encontrar, por favor, entrar em contato pelo cel. 87 9.9989-1479

Da Redação do Blog de Assis Ramalho
Informação: Proprietária dos óculos 

Petrolândia: Tintas Futura com promoção e prazo na Delgado Construções; aproveite!

Divulgação/Delgado Construções

Petrolândia: Aniversariante do dia, Ivanildo Vieira (Tuí) recebe felicitações da filha Yasmili pela data especial


Da Redação do Blog de Assis Ramalho
Por  Yasmylle Soares

Petrolândia: Quem será: Dr. João afirma que vai revelar o nome do vice da chapa no mês de março ''temos nomes fantásticos''


Nas eleições para o Executivo municipal, as atenções estão naturalmente voltadas para os candidatos titulares das chapas concorrentes. Afinal, são essas pessoas que assumirão o cargo de prefeito (a), caso sejam eleitas.

Mas o que muitos esquecem é que ao lado de cada um desses candidatos encontramos uma figura ilustre: o candidato a vice. Sem muitas funções oficiais para além de substituir o titular do cargo, a existência dessa figura é muitas vezes ignorada após a eleição. Mas são sempre muitos comentados nas formações de chapa, no período do ano eleitoral.

É o que acontece, por exemplo, com a divulgação da pré-candidatura de Dr João Lopes a prefeitura de Petrolândia, nas eleições deste ano. Em meio a muitas expectativas, Dr. João Lopes afirmou que o vice do seu agrupamento vai ser anunciado somente em março. A declaração foi dada no programa Acordando com as Notícias, apresentado na Web Rádio Petrolândia pelo radialista e blogueiro Assis Ramalho.

O médico disse que o indicado vai depender das próximas pesquisas, que são várias as opções, e que o nome do empresário Geraldo Melinha é um deles.

''Tem uns nomes aí. Eu acho assim: se nós continuarmos crescendo 5, 6 pontos, se estivermos no patamar que a gente está, a escolha do vice vai ser um pouco diferente. Se tiver algum retrocesso, alguma caída, aí a gente pensa em um vice político, que tenha esses dados eleitorais. Mas nós já temos alguns nomes fantásticos, pessoas que vêm enriquecer demais essa chapa. Pessoas que, de repente, pode até não ser político e que, de repente, ele engrandeça o conteúdo da chapa. Enfim, essa decisão só vai sair em março'', antecipou o pré-candidato, acrescentando que o empresário Gealdo Melinha é um nome cotado..''Melinha é um dos nomes que a gente está conversando. É um cara excelente, tem boa projeção, mas assim, ele é um desses nomes que a gente vai discutir. Isso vai ser uma discussão grande e a gente quer fazer o melhor'', explicou Dr. João.


Notícia relacionada

Ganhe o Mundo: Colômbia se prepara para receber 20 estudantes pernambucanos que viajaram neste sábado (25)





Bogotá, capital da Colômbia, se prepara para receber vinte estudantes pernambucanos. Alunos da Rede Estadual, eles viajaram neste sábado (25) para cinco meses de intercâmbio pelo Programa Ganhe o Mundo, ofertado pelo Governo de Pernambuco através da Secretaria de Educação e Esportes do Estado. O programa oportuniza aos estudantes um período de aperfeiçoamento da língua espanhola, além da interação com uma nova cultura. Ao todo, viajaram 15 meninas e 5 meninos, sendo quatro da Gerência Regionais de Educação (GRE) Limoeiro, quatro da Afogados, quatro da Metropolitana Norte e mais quatro estudantes das GREs Palmares e Caruaru.

“Assim que passei foi um susto, mas logo depois veio a alegria. Não esperava ser selecionada e estou muito feliz. Esse processo vai ajudar muito na minha independência e responsabilidade, além do quem espanhol sempre foi o meu sonho. Mesmo antes de entrar na escola eu sempre quis ser fluente nessa língua, e sei que a convivência com a família que irá me receber e também com os outros estudantes locais vai facilitar muito”, comemorou Emilly Andrade, da Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Maria Vieira Muliterno, de Abreu e Lima.

“Ela foi escolhida entre muitos. Fico com o coração apertado, porque ela sempre esteve comigo, mas estou muito orgulhoso por essa conquista. Qualquer pai gostaria de estar no meu lugar. Estaria completamente fora da minha realidade poder custear um intercâmbio para ela, então essa é uma oportunidade única”, disse, orgulho, Edilson Rodrigues, pai de Emilly.

Programa Ganhe o Mundo - Um dos grandes destaques da educação de Pernambuco, o Programa Ganhe o Mundo é uma ação para fortalecer o desenvolvimento de nossas estudantes, com o aprendizado de um idioma estrangeiro, conhecimento e envolvimento com uma outra cultura, ampliação de suas competências. Em 2015, a iniciativa foi ampliada para a modalidade PGM Esportivo e em 2016 foi criado o PGM Musical, com o objetivo de contemplar também os estudantes com habilidades esportivas e musicais. Desde o início, o programa já embarcou cerca de 8 mil estudantes da Rede Estadual. Hoje, o PGM oferece a opção de 10 países de destino, sendo 05 de língua inglesa (Austrália, Nova Zelândia, Estados Unidos, Canadá e Inglaterra), sendo 04 de língua espanhola (Espanha, Argentina, Chile e Colômbia) e 01 de língua alemã (Alemanha).

Por Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco 

Defesa Civil confirma 14 mortes na Grande BH por causa da chuva

Os dois corpos resgatados na Vila Bernadete são de dois homens da mesma família — Foto: Globocop

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais informou, neste sábado (25), que 14 pessoas morreram em decorrência das chuvas que atingem o estado nos últimos dias.A informação foi dada à TV Globo pelo coronel Rodrigo Rodrigues.

Ainda de acordo com a Defesa Civil, há sete feridos, 2.590 desalojados e 911 desabrigados.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Edgar Estevo, afirmou que houve mortes em Belo Horizonte, Ibirité e Betim. Ele não detalhou, entretanto, o número de mortes por cidade. Ainda de acordo com o coronel, os óbitos ocorreram em deslizamentos de terra e soterramentos.

Por G1 MG

Inter vence Gre-Nal nos pênaltis e conquista a Copa São Paulo


FOX Sports

E após 22 anos a Copa São Paulo de Futebol Júnior voltou a ter como campeão o Internacional. Neste sábado (25 de janeiro), dia do aniversário de 466 anos da Cidade de São Paulo, o Colorado fez, no Pacaembui, contra o Grêmio, o primeiro Gre-Nal de uma decisão do tradicional torneio. E após jogo repleto de emoção, que terminou empatado em 1 a 1 no tempo regulamentar, levou a melhor nos pênaltis por 3 a 1.

Após um primeiro tempo morno, onde as duas equipes gaúchas não tiveram grandes chances de inaugurar o marcador, a etapa final reservou bastante emoção. Logo aos 7 minutos, Fábricio, do Grêmio, recebeu pela esquerda, fez bela jogada dentro da grande área e cruzou. A bola acabou desviando no zagueiro colorado Thiago Barbosa, deixando o goleiro Emerson vendido. Gol do atacante gremista, que abriu o placar no Pacaembu.

Dois minutos mais tarde, o Tricolor sofreu uma baixa em campo. Durante a comemoração do gol junto do atacante Fabrício, o zagueiro Alison Calegari subiu no alambrado e levou o segundo cartão amarelo, sendo expulso do jogo.

Aos 12, o Inter deixou tudo igual na decisão. Matheus Monteiro recebeu pela esquerda, cruzou na área, a bola passou por Luis Fernando e sobrou para Guilherme pato, que completou para o gol, empatando a partida. Com a igualdade no placar e o fim do tempo normal, a decisão foi para os pênaltis.

Nas penalidades, o Colorado foi soberano contra o Grêmio e, apesar de ter desperdiçado a primeira cobrança, defendida pelo goleiro Adriel, converteu suas três cobranças restantes e contou com outras três falhas do seu arquirrival, que perdeu por 3 a 1 da marca da cal.

Este foi o quarto título da Copinha da história do Internacional, que havia chegado pela última vez a uma decisão em 1998, quando venceu a Ponte Preta, também nos pênaltis, no mesmo Pacaembu.


Copa São Paulo de Futebol Júnior 2020 - Final

Inter 1 (3)
Émerson Jr; Lucas Mazetti, Tiago Barbosa, Carlos Eduardo e Leonardo; Murilo; Pato, Praxedes e Cesinha; Matheus Monteiro e Caio. Técnico: Fábio Matias.

Grêmio 1 (1)
Adriel; Luís Fernando, Calegari, Heitor e Matheus Nunes; Diego Rosa e Gazão; Rildo, Pedro Lucas e Elias; Fabrício. Técnico: Leonardo Muller.

Por Correio do Povo - RS

Sobe a 7 número de mortos após chuvas em Minas Gerais

Nove viaturas e 27 bombeiros trabalhavam em um resgate de duas crianças, de seis meses e seis anos, da mãe delas e da madrinha de uma delas, que estariam soterradas sob um barranco que deslizou em uma casa no bairro Vila Ideal, em Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na manhã desta sexta-feira (24). — Foto: Globocop

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais informou, neste sábado (25), que sete pessoas morreram e outras sete ficaram feridas em decorrência das chuvas que atingem o estado nos últimos dias. Ainda de acordo com o órgão, 16 pessoas seguem desaparecidas. Ao todo, 2.554 pessoas e estão desalojadas e 791 estão desabrigadas.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Edgar Estevo, afirmou que houve mortes em Belo Horizonte, Ibirité e Betim. Ele não detalhou, entretanto, o número de mortes por cidade. Ainda de acordo com o coronel, os óbitos ocorreram em deslizamentos de terra e soterramentos.

No total de 3.375 pessoas foram atingidas diretamente pela chuva. Trinta e seis municípios foram afetados em todas as regiões do estado, sendo a Leste e a Grande BH as mais prejudicadas.

Mais cedo, a sala de imprensa do Corpo de Bombeiros disse que duas pessoas morreram em um soterramento na Vila Bernadete, na Região do Barreiro, em Belo Horizonte. Nesta sexta-feira (24), a corporação também registrou outras três mortes por causa da chuva em Ibirité, na Região Metropolitana, onde as buscas seguem por uma mulher.

Segundo os bombeiros, nesta manhã, as buscas também continuam na Vila Bernadete. Ainda não foi divulgado o número total de desaparecidos no local. De acordo com os militares, moradores disseram que seis casas teriam desabado.

Neste sábado, além de Belo Horizonte e Ibirité, os bombeiros também estão mobilizados em ocorrências de desabamento e soterramento em Betim

Uma delas é na Rua Londres, no bairro Duque de Caxias. O prefeito da cidade, Vittorio Medioli, afirmou na madrugada deste sábado (25) que quatro pessoas estão soterradas.

Os bombeiros também fazem buscas na Rua Campo Formoso, no bairro Jardim Terezópolis. Ainda não há informações sobre possíveis desparecidos neste local.

Recorde de chuva

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) afirmou que Belo Horizonte teve o dia mais chuvoso da história da cidade, desde o início da medição climatológica há 110 anos. Em 24 horas, o acumulado de chuva chegou a 171,8 milímetros em Belo Horizonte.

De acordo com a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de Belo Horizonte, neste sábado (25), a previsão meteorológica indica que o dia será de céu encoberto com chuvas a qualquer hora do dia e o acumulado pluviométrico deve ser abaixo de 50 mm. A mínima foi de 18°C, a máxima estimada é de 23°C e a umidade relativa mínima em torno de 85% à tarde.

Por G1 MG

Petrolândia: Família comunica o falecimento de Adenildo Freire de Sá (Ninho de Nenéu), ocorrido na manhã deste sábado no Recife


Familiares comunicam o falecimento de Adenildo Freire de Sá (Ninho de Nenéo), ocorrido na manhã deste sábado (25/01/2020) no Hospital da Restauração no Recife, onde deu entrada após sofrer espancamento por vários indivíduos - na cidade de Petrolândia, na quinta-feira (23). A polícia investiga o caso.

De acordo com informações da família, o corpo ainda está no Recife e não há previsão de chegada em Petrolândia. De uma das mais tradicionais famílias do município de Petrolândia, Adenildo Freire (Ninho de Nenéo) era cabeleireiro e tinha 51 anos.

A qualquer momento traremos mais informações.

Nossos pêsames à família pela grande perda.

 Da Redação do Blog de Assis Ramalho
Informação e foto: Família

Tacaratu: Capital do Sol e Pisadinha de Luxo são atrações da noite deste sábado (25) na Festa da Padroeira Nossa Senhora da Saúde; veja todas as atrações


Divulgação/Prefeitura de Tacaratu

Mulher morre e 3 pessoas ficam feridas em acidente entre carros em Garanhuns

Carro que caiu na ribanceira — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação

Um grave acidente na BR-424, em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, deixou uma mulher morta, duas pessoas gravemente feridas e dois feridos leves. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), três veículos se envolveram no acidente, que ocorreu por volta das 9h desta sexta-feira (24)no quilômetro 82 da rodovia.

O motorista de um Fiat Uno, de acordo com informações iniciais da PRF, fazia manobras perigosas na pista e teria provocado o acidente. Policiais chegaram no local do caso e constataram que o veículo teria forçado ultrapassagem em uma faixa contínua, uma manobra irregular, em uma descida íngreme. Para evitar uma colisão com um caminhão-pipa, o condutor entrou na frente de um veículo Corsa, que seguia no outro sentido. Em seguida, o motorista do Corsa bateu em outro carro, uma Parati, que capotou e caiu em uma ribanceira.

Na Parati estava uma mulher, que morreu na hora. Ela era mãe do motorista, que teve lesões leves. Segundo a PRF, ele não era habilitado. Já dois dos ocupantes do Corsa ficaram gravemente feridos e outra pessoa teve ferimentos leves. O motorista do Uno fugiu do local e não foi encontrado.

Todos os feridos foram encaminhados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Regional Dom Moura, em Garanhuns.

Por Folha dePE

Petrolândia: Neste sábado tem Pagode Pra Recordar e Keven Vip no Maria Fumaça a partir das 17h


O Bar e Restaurante Maria Fumaça, fazendo cada vez melhor na avenida da Orla Fluvial de Petrolândia, anuncia como atração musical para este sábado (25/01) Pagode Pra Recordar (17h) e Keven Vip  (21h) - Vai ser bom demais!

Domingo (26/01/2020) tem Edy Ferreira (13h00) e Rahmon Lima (17h00)

Maria Fumaça, o point da culinária regional e programação musical na Orla Fluvial de Petrolândia.

Blog de Assis Ramalho
Com informações do Maria Fumaça

Petrolândia Classificados: VENDE-SE um automóvel Corolla Gli 1.8 2016; interessados devem procurar Euclides Modas







VENDEM-SE um automóvel Corolla Gli 1.8 ano 2016 (fotos acima). Interessados devem procurar Euclides Modas pelos telefones: (87) 3851-1212 ou 3851-2160 Celular: (87) 9.9992-6350.

Euclides compra e vende motos, novas ou usadas, e automóveis, com garantia de procedência.

Ao ser efetuada a compra, Euclides entrega os documentos do veículo, já em nome do cliente, sem nenhuma despesa por parte do comprador.

A loja Euclides Modas, que também negocia com calçados e confecções, está localizada no centro de Petrolândia, na Rua 15 de Novembro, por trás do Supermercado Rodolfo, do empresário Chiquinho.


Redação do Blog de Assis Ramalho
Com informações e fotos de Euclides Modas

Em 2019 Roberto Cabrini foi sucesso no Conexão Repórter do SBT e no mercado editorial; com mais de 30 anos no jornalismo investigativo o jornalista contou sua história em entrevista a Assis Ramalho


Roberto Cabrini se destacou para além do jornalismo ao decorrer de 2019. No mercado editorial, ele lançou No Rastro da Notícia. — que já esgotou a primeira edição. Roberto Cabrini tem mais de 30 anos de dedicação ao jornalismo investigativo. Batizado de No Rastro da Notícia, o primeiro livro de Roberto Cabrini começou a ser vendido em novembro, dias após o autor se destacar na festa do “Oscar do Jornalismo Brasileiro”. O apresentador e editor-chefe do ‘Conexão Repórter do SBT’ foi eleito pela segunda vez o melhor ‘Repórter – Mídia Falada’ do Prêmio Comunique-se — sendo até hoje o único profissional de fora da Rede Globo a vencer a categoria.

Em menos de dois meses, não havia mais rastro do livro nas lojas de todo o país. Isso porque a primeira edição, com 8 mil exemplares, de No Rastro da Notícia se esgotou. Fato que fez com que a Editora Planeta providenciasse a segunda remessa já para este início de 2020. Roberto Cabrini tem mais de 30 anos de dedicação ao jornalismo.

Roberto Cabrini em Petrolândia - PE

Sua história foi contada em entrevista exclusiva a Assis Ramalho quando Roberto Cabrine esteve em Petrolândia. Na ocasião ele fazia uma reportagem investigativa, um grande levantamento sobre as pessoas que saem desta região e vão para São Paulo, e lá, muitas vezes, são enganadas, são desrespeitadas.

 Veja abaixo a íntegra da entrevista, concedida na Orla Fluvial de Petrolândia - vale a pena ver de novo!


Na segunda-feira (16), a reportagem do Blog de Assis Ramalho entrevistou, com exclusividade, o repórter Roberto Cabrini, comandante do Conexão Repórter do SBT. O competente jornalista já foi correspondente internacional da Rede Globo em Londres e Nova York, ganhou os principais prêmios como repórter investigativo (Esso, APCA, Líbero Badaró, Imprensa, Tim Lopes e Vladimir Herzog) e cobriu seis guerras. Cabrini afirmou que sua estadia em Petrolândia, no Sertão de Pernambuco, deve-se a reportagem investigativa sobre trabalhadores que saem do sertão e vão se aventurar no Sul e Sudeste do Brasil.

Na entrevista, o consagrado repórter, especialista em jornalismo investigativo, fala sobre as coberturas de guerra, e em defesa dos direitos humanos, além de comentar detalhes de sua brilhante carreira. Entre outros assuntos, Roberto Cabrini fala com exclusividade sobre um dos maiores furos de reportagens da história do país, que foi a sua entrevista exclusiva com Paulo César Farias, o PC.

Em outubro de 1993, após sete meses de investigação, Roberto Cabrini descobriu o paradeiro do fugitivo da justiça, Paulo César Farias, em Londres, driblando até mesmo as buscas da polícia brasileira. PC Farias foi tesoureiro de campanha de Fernando Collor de Mello nas eleições presidenciais brasileiras de 1989. Cabrini foi a personalidade chave, que causou o primeiro processo de impeachment da América Latina, em 1992.

Também, em 1997, Roberto Cabrini chegou ao paradeiro de Jorgina de Freitas, responsável por uma das maiores fraudes financeiras do Brasil. Ela, que desviou 600 milhões de dólares do INSS, estava foragida da justiça havia cinco anos. Sua entrevista exclusiva foi fundamental para a detenção da fraudadora. Por seu trabalho jornalístico nesta cobertura, Roberto Cabrini recebeu, o prêmio Previdência Social, concedido pelo Governo Federal.

No comando do Conexão Repórter, Cabrini e sua equipe ganharam o mais importante Prêmio de reportagens do Brasil, o Prêmio Esso de 2010 de telejornalismo. A reportagem "Sexo, intrigas e poder" investigou casos, antes ocultos, de pedofilia dentro da Igreja Católica, em Arapiraca, no Sertão de Alagoas, e levou três sacerdotes, incluindo um importante Monsenhor, a julgamento. A reportagem repercutiu em todo mundo e fez com que, pela primeira vez, o Vaticano reconhecesse a existência de casos de abusos sexuais na igreja católica no Brasil. O monsenhor Luiz Marques foi condenado a 21 anos de reclusão. Já o padre Edilson Duarte e o monsenhor Raimundo Gomes foram sentenciados a dezesseis anos e quatro meses. O trabalho jornalístico de Roberto Cabrini e sua equipe foi considerado fundamental pelo ministério público para a condenação histórica dos sacerdotes católicos, fato inédito no Brasil.

Na entrevista ao Blog de Assis Ramalho, Roberto Cabrini afirma que a injustiça é algo que toca o seu coração e é para isso que existe o Conexão Repórter, programa jornalístico que combate as injustiças e dá voz aqueles que não tem vez.


Perguntado pela nossa reportagem se não teme pela vida por realizar reportagens investigativas chocantes e se recebe ameaças, ele diz que ameaças fazem parte da sua profissão, mas que está preparado para tudo isso, pois acredita piamente naquilo que faz, fazendo suas reportagens em homenagem às pessoas que confiam no seu trabalho.

Em 30 anos de carreira, Roberto Cabrini cobriu seis guerras internacionais: Afeganistão, Iraque, Palestina, Camboja, Caxemira e Somália. Participou de cinco Olimpíadas e cinco Copas do Mundo, foi correspondente internacional durante oito anos - quatro deles em Londres e quatro em Nova York - além de realizar coberturas em mais de 60 países.

Em votação realizada em 2013, Roberto Cabrini voltou a ter seu programa Conexão Repórter escolhido como o melhor programa jornalístico da TV brasileira em 2012, ganhando também o Troféu Internet de melhor jornalístico, na votação popular.

Acompanhe abaixo a entrevista com Roberto Cabrini, concedida com exclusividade ao reportagem do Blog de Assis Ramalho:

Blog de Assis Ramalho: Qual o motivo da visita do consagrado repórter à cidade de Petrolândia?

Roberto Cabrini: Em primeiro lugar, eu gostaria de mandar um abraço para o povo de Petrolândia, porque me impressiona muito o calor humano, a receptividade, o quanto as pessoas são calorosas e generosas aqui nesta região. Eu me encontro aqui fazendo uma reportagem investigativa, um grande levantamento sobre as pessoas que ainda saem desta região e vão para São Paulo, e lá, muitas vezes, são enganadas, são desrespeitadas, o que é uma pena, já que o ideal seria que as pessoas fossem valorizadas em qualquer parte do país, que tivessem possibilidades de arrumar empregos e de sustentarem as suas famílias em qualquer região da nossa nação.

Blog de Assis Ramalho: Apesar de toda a sua experiência, ainda chega a se emocionar ao ver o sofrimento dos mais carentes, principalmente aqui no sertão?

Roberto Cabrini: Bom, recentemente eu fiz uma reportagem em Abaré, no sertão da Bahia, e foi uma reportagem que mostrou muito bem a questão do coronelismo, onde poucos detêm quase tudo, enquanto a população, muitas vezes, é renegada a uma situação de segunda categoria. Mostramos escolas sem as menores condições, escolas de taipa, escolas sem energia elétrica, sem água, sem banheiro, com as crianças sem a menor possibilidade de ter uma educação decente, animais entrando nas escolas, profissionais abnegados, que tentam contrariar todas as más condições, e ainda assim fornecer uma educação para as crianças. Então, estamos em uma região onde ainda o coronelismo impera. Essa é a verdade e isso precisa ser combatido, porque todos tem o direito do nascer do sol aqui no Sertão, e a gente sonha com um momento em que o sol vai nascer para todos aqui no Sertão, e não apenas para meia dúzia de privilegiados, que detêm todas as condições e mantêm a grande maioria da população, sem o acesso aos serviços mais básicos.

Blog de Assis Ramalho: As injustiças sociais lhe fazem emocionar-se? Qual a importância do Conexão Repórter nestas matérias chocantes?

Roberto Cabrini: Me emociona, porque a injustiça é algo que toca o meu coração e é para isso que existe o Conexão Repórter. O Conexão Repórter é um programa jornalístico que combate as injustiças, que dá voz aqueles que não tem vez. Enfim, direitos humanos é algo que toca profundamente toda a equipe do Conexão Repórter e a gente procura, através da informação, através da conscientização da população, gerar reflexão. E com a reflexão, a população consegue decidir melhor os seus caminhos.

Blog de Assis Ramalho: Entre as inúmeras reportagens marcantes em sua carreira, aquela realizada em Londres, com Paulo César Farias (o PC Farias), foi a que mais marcou a sua carreira?

Roberto Cabrini: Olha, eu sempre digo que a principal matéria é sempre a próxima e é assim que eu ajo. A cada missão eu sei que tenho que fazer sempre o melhor, porque eu sei que existem pessoas que dependem de uma informação, muitas vezes corajosa e ousada, para poder fazer a justiça. Sobre as minhas matérias que marcaram mais, você citou aí a do PC Farias. Teve a matéria da localização da Jorgina (de Freiras), realizei várias coberturas de guerras. Eu cobri seis guerras. Também fiz coberturas de Copa do Mundo, cobertura de Olimpíadas e, agora, no Conexão Repórter, a gente já ganhou vários prêmios. Ganhamos o Prêmio Esso com uma matéria que revelou a pedofilia dos padres contra coroinhas em Arapiraca. Enfim, todos os dias a gente sai a campo, tentando fazer com que as pessoas que não têm acesso à justiça social, possam melhorar suas situações e é isso que nos inspira.

Blog de Assis Ramalho: Você já temeu pela sua vida? Já chegou a receber ameaças por realizar matérias investigativas bombásticas que, na maioria das vezes, vão de encontro aos "poderosos".

Roberto Cabrini: Ameaças fazem parte da minha profissão, porque os denunciados não mandam flores. Eles ameaçam, perseguem, processam e, muitas vezes, tentam ferir as pessoas que você mais ama. Mas eu estou preparado para tudo isso e acredito piamente naquilo que eu faço, e é em homenagem às pessoas que confiam no meu trabalho, que todos os dias mandam perguntas, mandam informações, que geram grandes reportagens. É homenageando essas pessoas, que se sentem injustiçadas, que todos os dias eu saio ao campo.

Blog de Assis Ramalho: O jornalismo investigativo e corajoso realizado por você está em extinção na TV brasileira? O que observamos, com algumas exceções, é um jornalismo superficial e sem conteúdo.

Roberto Cabrini: De fato, não faltam exemplos de jornalismo superficial, raso, tendencioso e unilateral. É por isso que se convencionou (classificar) o jornalismo investigativo, que é aquele que vai mais além, aquele que vence, justamente, essas tendências de um mau jornalismo. E o que é um jornalismo investigativo? É aquele que se aprofunda nas investigações e que permite que todos os ângulos envolvidos em uma informação sejam ouvidos. Todos eles precisam ser ouvidos. Como disse o Voltaire: "Não concordo com nenhuma palavra do que dizes, mas defenderei à morte teu o direito de dizê-las". O contraditório faz parte da nossa obrigação. Eu não diria que sou o único, porque existem muitos jornalistas, muitos exemplos de jornalismo bem feito. Possivelmente, o país precisaria de mais jornalismo investigativo, de mais jornalismo corajoso. Mas eu tenho visto grandes exemplos, em vários veículos de comunicação, e eu não estou só. Isso eu posso lhe garantir.

Blog de Assis Ramalho: Qual conselho e orientação você daria para quem pretende seguir a carreira do jornalismo?

Roberto Cabrini: Vocês estão abraçando um profissão extremamente nobre, mas também difícil e desafiadora. Um jornalista é aquele que tem coragem com responsabilidade, porque depende-se do trabalho desse profissional para que o país tenha um pouco mais de justiça, (país) em que o povo tanto reclama pela aviltante distribuição de renda, pela aviltante segregação social que nós assistimos, onde tantos brasileiros não têm acesso aos bens mais básicos. E essas pessoas dependem, muitas vezes, de um jornalismo corajoso, de um jornalismo que não se acomode e que não seja serviçal das classes dominantes. Dito isso, precisamos fazer tudo com extremo rigor, com muita responsabilidade, e nada justifica um jornalismo raso, mal feito e com acusações levianas. O jornalismo precisa de profissionais que possam unir essas duas vertentes, que são ousadia e responsabilidade.

Blog de Assis Ramalho: Qual o segredo foi utilizado para encontrar Paulo César Farias em Londres, já que nem a Polícia Federal tinha conseguido.

Roberto Cabrini:
Bem, se eu for contar a história inteira, a gente não sai daqui hoje. Mas foi, basicamente, ouvindo várias fontes. Todo ser humano quando foge, mais cedo ou mais tarde, ele volta a recorrer a antigas estruturas, a pessoas que cuidavam dele, em algum ponto da vida dele. Fugir demanda tempo e muito dinheiro, é muito caro. Mais cedo ou mais tarde, ele volta para os antigos hábitos e com PC foi assim também. Ele voltou a procurar antigas estruturas e, através disso, com um bom trabalho, nós conseguimos chegar até ele. Ao contrário de muitos policiais, eu fui atrás dele. Tinha policiais que recebiam dinheiro para não localizá-lo.

Blog de Assis Ramalho: Você tinha alguma relação de amizade com Paulo César Farias?

Roberto Cabrini: Amizade não, digamos que eu tinha com PC uma boa relação. Ele era uma pessoa educada, mas é evidente que um profissional não pode concordar com o que ele fazia. Ele cometia atos ilegais. Porém, era uma pessoa simpática, uma pessoa falante.

Blog de Assis Ramalho: A entrevista com PC foi o trabalho mais perigoso da sua carreira? Não sentiu medo de realizá-la?

Roberto Cabrini: Eu não sei se foi o trabalho mais perigoso, porque quando eu estou dentro de uma missão eu me concentro de tal forma que não sinto medo. Eu aprendi a controlar o meu medo pelo meu próprio trabalho. Eu estou de tal forma concentrado na missão, que eu afasto esses sentimentos. Eu acho que ele (o medo) só aparece na minha mente depois que eu termino. Mas, naquele instante, eu fico totalmente concentrado, obcecado em fazer algo que a sociedade precisa que eu faça. Então o meu medo é um medo controlado. O medo é bem-vindo, porque ele mostra as suas limitações, mas ele passa a ser um problema se começa a te paralisar, a te engessar. E, graças a Deus, eu já identifiquei, cobrindo guerras, passando por muitas situações difíceis e de ameaças. O medo não me paralisa.

Blog de Assis Ramalho: Você acha que já chegou ao auge, ao topo de sua carreira?

Roberto Cabrini: Não, eu sempre tenho motivação pela próxima matéria. Eu vejo a profissão com muita humildade e como um sacerdócio também. É uma missão em que existe uma população que espera que eu faça um grande trabalho. Portanto, é uma responsabilidade muito grande, e eu procuro atender a essa expectativa das pessoas.

Blog de Assis Ramalho: Agradecemos a atenção dispensada por Roberto Cabrini à nossa reportagem.

Roberto Cabrini: Muito obrigado e até a próxima. Deixo aqui um abraço para o povo de Petrolândia


Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Leopoldo Leal/Blog de Assis Ramalho



Chuva em MG mata três pessoas soterradas em deslizamento de terra


O município de Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, é um dos que tem a situação mais complicada em função das chuvas. Um deslizamento de terra atingiu uma casa na Rua Água de Minas, na Vila Ideal. Pelo menos três pessoas morreram.

De acordo com os bombeiros, mãe e filho – bebê de aproximadamente seis meses de idade – foram retiradas dos escombros sem vida. Mais tarde, uma criança de seis anos também foi retirada sem vida. Mais uma pessoa da mesma casa está desaparecida.

Um vídeo mostra o desespero de moradores durante o deslizamento de terra. Equipes do Cobom e da Defesa Civil estão no local. Os problemas começaram ainda no início da manhã. A chuva na Grande BH é intermitente.
Segundo o Cobom, a Cemig também foi chamada para atuar no local pois há fiação exposta.

De acordo com os bombeiros, um outro deslizamento no mesmo bairro teria deixado outras três pessoas soterradas, entretanto, conforme apurou a reportagem, o deslizamento não houve vítimas.

Por Estado de Minas