sábado, 11 de abril de 2020

Jatobá [Covid-19]: Famílias são beneficiadas com cestas básicas distribuídas pela prefeitura


Prefeitura Municipal de Jatobá, através da Secretaria de Assistência Social, beneficiou na quinta-feira (09) mais de 200 pessoas entre elas em torno de 40 Moto Táxi foram beneficiados com Cestas Básicas.

A ação está sendo reforçada, excepcionalmente por conta da pandemia do novo coronavírus. As cestas foram entregues na Comunidade Fazenda Grande e aos Moto Táxi, sendo que nem todos os Moto Táxi compareceram, mas suas Cestas Básicas estão na Secretaria de Assistência Social aguardando os mesmos retirarem.

Por Portal Jatobá
ASCOM PMJ

Boletim deste sábado [11/04]: Brasil tem 1.124 mortes e 20.727 casos confirmados de coronavírus; veja números em cada estado


O balanço dos casos de Covid-19 divulgados pelo Ministério da Saúde neste sábado (11/04) aponta:

1.124 mortes
20.727 casos confirmados

Na sexta-feira (10), havia 1.056 mortes e 19.638 casos confirmados. São 1.089 casos (alta de 6%) e 68 mortes (alta de 6%) a mais, em 24 horas. Tocantins segue sendo o único estado do país sem mortes devido à Covid-19.

Segundo o boletim do Ministério da Saúde, divulgado nestesábado, três estados são classificados em estado de emergência, por terem têm coeficiente de mortalidade 50% acima da incidência nacional -que é de 5 mortes para cada 1 milhão de habitantes. São: Amazonas, com 13, São Paulo, com 12, e Rio de Janeiro, com 9.

Veja abaixo os números em cada estado

Tacaratu: Clínica Mais Saúde informa atendimento da próxima semana, de 13 a 17 de abril; Confira e marque sua consulta

A Clínica Mais Saúde, localizada na Avenida Cônego Frederico, em Tacaratu, informa atendimento da próxima semana, de segunda a sexta-feira [de 13 a 20/04]; confira acima!

Marque sua consulta pelo contato (87) 9.9938-9602.

A Clínica Mais Saúde realiza Exames Laboratoriais de segunda a sexta-feira.

Petrolândia: Clínica Mais Saúde informa atendimento da semana, de 13 a 17 de abril; Confira e marque sua consulta


A Clínica Mais Saúde, localizada na Av Auspício Valgueiro de Barros, em frente a Escola Delmiro Gouveia, informa atendimento da próxima semana, de segunda a sexta-feira [de 13 a 17/04]; confira acima!

A Clínica Mais Saúde realiza Exames Laboratoriais de segunda a sexta-feira.

Lions Clube de Tacaratu parabeniza a companheira Jaquelane Carvalho, aniversariante deste sábado (11)


O Lions Clube de Tacaratu parabeniza a companheira "Jaquelane Carvalho "pela passagem do seu aniversário.

Que o seu exemplo de vida, reflita em nosso dia a dia e que cada um de nós possa aprender com a sua bondade. Parabéns por mais um ano de vida. Felicidades!

Você é muito especial!

Lions Clube de Tacaratu

Notícia relacionada
>> Lions Clube de Tacaratu parabeniza a companheira Adenira Carvalho, aniversariante deste sábado (04)

Da Redação do Blog de Assis Ramalho

Ronaldinho Gaúcho cumpre prisão domiciliar em luxuoso hotel

Ronaldinho e o irmão estão instalados no Hotel Palmaroga, localizado no centro da capital paraguaia. O local fica perto dos principais pontos turísticos de Assunção. O valor da diária varia de acordo com o tempo de hospedagem, mas não sai por menos de US$ 300 (R$ 1.566).
Piscina do hotel onde Ronaldinho cumpre prisão domiciliar — Foto: Divulgação

Após deixar a prisão na última terça-feira após um mês detido, Ronaldinho Gaúcho voltou a ter uma vida de estrela no Hotel Palmaroga, local onde cumpre prisão domiciliar em Assunção, no Paraguai.

Segundo relatos do jornal "Olé", Ronaldinho Gaúcho, o irmão Assis, o advogado e um assistente são os únicos hóspedes do hotel, que conta com um número de funcionários reduzido por causa da pandemia do novo coronavírus.

Palmaroga é um edifício colonial, com quase 120 anos, agora convertido em um dos hotéis mais luxuosos de todo o Paraguai. Ronaldinho e seu "staff" ocupam um andar inteiro. O bruxo está no quarto 104, que tem uma cama king-size, Smart TV 4K de 55 polegadas e banheira de hidromassagem, entre muitas outras comodidades. Além disso, o Palmaroga possui piscina e uma academia na qual Ronaldinho vem mantendo a forma. A diária de cada quarto é estimada em 380 dólares (quase R$ 2 mil).

De acordo com fontes ouvidas pelo diário "Olé", as comunicações de Ronaldinho, que pagou uma fiança de 1,6 milhão de dólares para deixar a prisão, com o exterior são quase exclusivamente com a mãe, que se recuperou recentemente de problemas de sáude.

- Tudo está funcionando bem e o serviço é muito bom. E Ronaldinho também está bem, se ajustando a uma nova rotina. Estar no hotel é muito melhor do que na Agrupación - disse a fonte do jornal argentino.

A defesa dos irmãos declarou que tentarão agora a liberação definitiva de Ronaldinho e Assis. A decisão de reversão da prisão dos dois foi do juiz Gustavo Amarilla. Os dois brasileiros já tinham tido três recursos negados no processo.

A perícia nos telefones celulares de Ronaldinho e Assis, que começou no dia 18 de março, finalmente foi concluída. O Ministério Público do Paraguai informou ao GloboEsporte.com que "continua trabalhando na produção de provas" sobre o caso, que já teve 15 pessoas presas.

Por GloboEsporte.com — Assunção

Petrolândia - Boletim deste sábado [11/04]: Campanha Doação Solidária já distribuiu mais de 320 cestas básicas; continue colaborando


Da Redação do Blog de Assis Ramalho
Informação: Júnuir Biu 

Bolsonaro visita obras do 1º hospital de campanha do governo federal, em Goiás [vídeo]


 Governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM) compartilha álcool em gel com presidente Jair Bolsonaro -  Águas Lindas de Goiás — Foto: Reprodução/Júnior Guimarães

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), e o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), visitaram, neste sábado (11), as obras do primeiro hospital de campanha do governo federal. A unidade está sendo montada para atender pacientes com sintomas de infecção por coronavírus, em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal.

O encontro foi o primeiro dos dois políticos após Caiado romper com Bolsonaro. Ao se verem, o governador ofereceu álcool gel a Bolsonaro. O uso do produto é uma das orientações do Ministério da Saúde para prevenir o coronavírus.


Lado a lado, presidente e governador falaram sobre a obra. Além disso, o governador de Goiás fez agradecimentos ao governo federal.

"Quero agradecer a todos neste momento por essa estrutura que está sendo trazida para a cidade de Águas Lindas. Serão 200 leitos que podem ser transformados em UTIs, dando tranquilidade a quem venha a precisar do atendimento por problemas respiratórios. Muito obrigada presidente, aos ministros ao governo federal. Ao nosso prefeito também que proporcionou a estrutura", disse.


Após Caiado, o presidente fez também uma breve fala. "É uma satisfação estar entre pessoas que querem o bem do seu estado e do Brasil. Muito obrigado a todos vocês. Avante governo federal. O Brasil é nosso", afirmou.

Caiado chegou ao canteiro de obras por volta de 11h, acompanhado do presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), Lissauer Vieira (PSB), e do secretário de Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino.

O presidente chegou cerca de 20 minutos depois, sem máscara cirúrgica - a qual colocou ao se encontrar com as demais autoridades. Bolsonaro também cumprimentou um grupo de apoiadores que estava no local. A visita terminou por volta de 12h10.

Hospital de campanha

A montagem da estrutura começou a ser realizada na terça-feira (7). A previsão de conclusão da obra é de 15 dias. O terreno escolhido tem cerca de 10 mil m².

De acordo com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, a obra custará R$ 10 milhões e terá 200 leitos para atendimento exclusivo a pessoas com coronavírus. Eles serão adaptáveis para unidades de tratamento semi-intensivas, com tubulação e suporte para respiradores, além de refeitório e alojamento para profissionais de saúde.

O Ministério da Infraestrutura é o responsável pela contratação da equipe mobilizada e pela manutenção por quatro meses. Segundo o órgão, o terreno que está sendo usado foi terraplanado pela prefeitura de Águas Lindas de Goiás e conta com instalações de gás, água, energia e esgoto.

O governo federal é responsável por todo o custeio da unidade. O governo de Goiás fica responsável pela operação, oferta de maquinário, insumos e recursos humanos.

Por Vanessa Martins e Gabriel Tibaldo, G1 GO
Vídeos - Poder 360 e Estadão

Ex-Santa Cruz, pernambucano Rivaldo relembra título da Copa do Mundo de 2002: "É uma sensação única. Jamais esquecerei"


Rivaldo, pentacampeão mundial, falou à Betfair.net sobre as movimentações no futebol mundial e comentou a reexibição da final da Copa de Mundo de 2002, que consagrou o Brasil como campeão pela quinta vez e teve o craque como uma das estrelas.

“A televisão brasileira irá reprisar essa semana a Final da Copa do Mundo de 2002, na qual eu tive o privilégio de participar e conquistar o título. É uma sensação única que é difícil descrever por palavras, até porque já se passaram 18 anos e o Brasil ainda não conseguiu comemorar novamente um título da Copa, então esse feito ganha ainda maior relevância nesses dias.”

“Assistir a esse jogo vai ser bom não só para os que vivenciaram essas emoções, mas também para os mais novos que estão em torno dos 24/25 anos e que poderão perceber o que significou aquela conquista para todo o povo brasileiro”, comentou o embaixador da Betfair.net.


“Foi um jogo histórico que me traz grandes lembranças. Me lembro que participei na construção dos dois gols do Ronaldo, e ser campeão do mundo é muito emocionante.”

“O povo brasileiro adora futebol e vive muito com nossas conquistas, então foi uma festa linda quando retornamos ao Brasil para comemorar com nosso povo. Não sei se nos outros países é assim, mas aqui no Brasil todo mundo celebrou conosco e foi algo memorável que jamais esquecerei”.


Luizão tem razão sobre a falta de ‘9’ no Brasil

Rivaldo comentou também sobre a declaração do ex-jogador Luizão, dizendo que falta um centroavante nos moldes dos antigos jogadores da Seleção Brasileira.

“As declarações do meu colega pentacampeão do mundo Luizão alegando que o Brasil hoje não tem tanto centroavante quanto no passado causaram alguma controvérsia, mas eu até concordo com ele que, na verdade, também foi um excelente finalizador ao longo de sua carreira”, disse Rivaldo

“Eu não digo que hoje falte um ‘9’ na seleção brasileira, mas considero que temos menos opções do que anteriormente quando quase todo o clube brasileiro tinha um bom matador. Hoje, só vejo o Gabigol ou o Gabriel Jesus, e talvez o Roberto Firmino, mas pouco mais.”

“Mesmo assim são jogadores muito diferentes do verdadeiro matador como era um Jardel, Luis Fabiano, Elber, o próprio Luizão, o Ronaldo, o Sonny Anderson ou o Túlio. Naquela altura, ter um matador era ter um jogador de referência que estava lá para fazer a diferença quando surgisse oportunidade.”

“Hoje, talvez pelas diferentes formas de jogar – mais de pé para pé – podem estar nascendo jogadores com estilos diferentes que não se assemelham tanto aquela ideia de matador que sempre fomos tendo.”

“Eu entendo que o Luizão diga que hoje não vê um ‘9’ como antes, mas isso não quer dizer que o Brasil não esteja criando talentos. Simplesmente, hoje o futebol pode estar exigindo outro tipo de jogador e há que adaptar.”

“Pessoalmente, e daqueles jogadores com quem partilhei o gramado eu diria que o Ronaldo, o Kluivert e o Adriano foram aqueles que mais me marcaram por sua qualidade em frente ao gol. Mas é claro que há outros como o Sonny Anderson ou o Elber.”

“Quando se fala em um ‘9’ estamos falando daquele jogador que dorme e acorda pensando em fazer gol, que cheira o gol a todo o momento e que não se importa se o gol é bonito ou não, simplesmente faz e pronto. Hoje não há tanto isso”.

“Vinicius Junior precisa brigar pelo seu lugar”, opina Rivaldo sobre as dificuldades do jogador em conquistar seu espaço no Real Madrid

“O Vinicius Junior é hoje um jogador brigando por ganhar seu lugar no onze inicial do Real Madrid e uma chegada do Mbappe iria dificultar sua missão, até porque o Eden Hazard poderá se recuperar em breve e ser outro brigando pelo lugar”, disse Rivaldo em entrevista à Betfair.net.

“Com isso, seria uma possibilidade ele ir para o PSG, mas eu acredito que o Zidane tem planos para o menino e não quererá deixá-lo sair à primeira oportunidade. Então, ele precisa seguir brigando e mostrando seu talento, pois com certeza seguirá tendo muitas chances de mostrar seu valor, mesmo que não jogue tão regularmente quanto desejaria.”

“Quando você chega num clube dessa dimensão é normal que encontre outros jogadores de grande valia e que sua utilização nem sempre seja regular, mas estou certo de que o técnico Zidane adoraria poder contar com o Mbappe e o Vinicius em simultâneo”.”
“Não vejo Lionel Messi jogando na Inter de Milão”

Rivaldo falou também sobre as notícias que Lionel Messi poderia migrar para o Inter de Milão, segundo palavras do presidente do clube, Massimo Moratti.

“Essa semana, o presidente do Inter de Milão Massimo Moratti mencionou que poderia ser uma opção contratar o Lionel Messi e assim recuperar os duelos com Cristiano Ronaldo na Itália, mas como já falei antes não acredito que o argentino possa sair para outro clube europeu”, opinou o embaixador da Betfair.net.

“Para mim, ele não tem por que sair do Barcelona, e se um dia isso acontecer poderá ser para os Estados Unidos ou China quando ele já não for tão decisivo quanto é hoje no time catalão.”

“Mesmo que financeiramente isso fosse benéfico para o jogador, não me parece que o Messi saísse só por razões financeiras, e considero que isso seja mais uma propaganda do presidente da Inter do que propriamente uma possibilidade real.”

“Claro que a Inter é um grande clube e que tem recrutado grandes jogadores no seu passado e conquistado títulos importantes, mas eu não vejo o Messi se mudando enquanto estiver jogando ao seu melhor nível no Barcelona”.

“Também se falou há algum tempo que ele poderia reforçar o Manchester City do Pep Guardiola, porém o próprio técnico espanhol fez questão de dizer que considera que o Messi deve continuar no Barcelona, pois segue jogando muito bem e ajudando o clube da melhor maneira.”

“Então, resumindo todos esses rumores eu acho que o Messi será um jogador de um clube só na Europa, e se um dia sair será para a China ou Estados Unidos para terminar sua carreira em outro ambiente competitivo com uma exigência menor”.

Kylian Mbappé seria uma grande contratação para o Real Madrid

Sobre a possível contratação de Kylian Mbappé no Real Madrid, Rivaldo opina que a contratação seria benéfica, enfatizando as questões financeiras que envolveriam essa mudança.

“A imprensa internacional vem dizendo que o Real Madrid deverá avançar para ter Mbappe já em 2021 – adiando seu avanço este ano por conta do Covid-19 –, e é claro que o francês seria uma ótima contratação para o Madrid ou qualquer outro clube.”

“Claro que o PSG não vai abrir mão dele facilmente, mas no futebol tudo é comércio e o jogador não vai querer ficar muito mais tempo jogando no Campeonato Francês, então mais cedo ou mais tarde ele sairá para a Espanha, em minha opinião.”

“Como todo seu talento e já sendo campeão do mundo pela França, ele vai querer dar o salto para um campeonato mais competitivo, e por mais que o PSG já brigue hoje pela Champions, é claro que ele deseja um desafio maior numa Liga Espanhola ou Inglesa”.

Conheça a carreira de Rivaldo




Nascido no Recife, assinou contrato profissional com o Santa Cruz aos dezenove anos, em 1991, depois de ter impressionado olheiros locais em um torneio pelo Paulistano, do município onde morava, Paulista, situado na região metropolitana da capital pernambucana. Ainda como Juvenil chegou a participar de algumas partidas no Campeonato Pernambucano de 1990 (marcando um gol), ajudando o Santa Cruz a conquistar o título. Após destacar-se com o Santa na Copa São Paulo de Juniores, em 1992 foi trocado por cinco jogadores com o Mogi Mirim e nem voltou a Pernambuco após o torneio. Foi para o clube do interior paulista juntamente com os colegas Válber e Leto.

No Sapão, participou com eles da conquista da Série A2 do Campeonato Paulista, na equipe que ficou conhecida como "Carrossel Caipira" e [6] e que continha também o zagueiro Capone. Mesmo ali, Rivaldo não era considerado a maior promessa, e sim Válber, embora já ali demonstrasse habilidade no então incomum posicionamento misto de meia e atacante.

Em meados de 1993, em que Rivaldo foi notícia também por um gol do meio de campo, o Corinthians conseguiu o empréstimo dele e de outros jogadores-chave do Mogi: Válber, Leto e o ala Admílson.

No Corinthians foi mal no Rio-São Paulo de 1993, perdendo para um Palmeiras mesclado de reservas. No Brasileiro, contudo, Rivaldo desapontou marcando onze gols  e ganhando a Bola de Prata da Placar como um dos melhores atacantes.

Não foi bem no Paulistão de 1994; O Corinthians acabou desistindo de contratá-lo em definitivo, após não conseguir reduzir seu preço. O Palmeiras, em parceria com a patrocinadora Parmalat, resolveu apostar nele e pagou 2,4 milhões de reais ao Mogi para tê-lo.

Chegou ao arquirrival para as disputa do Brasileirão daquele ano, já após a Copa do Mundo de 1994, e viveu grande fase, tendo sido vice-artilheiro do campeonato com quatorze gols e o grande maestro da conquista do oitavo título palmeirense no torneio. De quebra, vingou-se de seu ex-clube, contra quem a final foi disputada: marcou dois gols na vitória por 3 a 1, no primeiro jogo e, no jogo de volta, fez o gol de empate por 1 a 1 a dez minutos do fim da partida, acabando com as esperanças alvinegras de esboçar alguma reação. Agora como palmeirense, recebeu nova Bola de Prata seguida, desta vez como um dos melhores meias.

Ainda no Palmeiras ganhou o Campeonato Paulista de 1996, onde o time teve excepcional poder ofensivo, ultrapassando cem gols.

Chegada ao Deportivo La Coruña e o auge no Barcelona

Rivaldo tinha ido aos Jogos Olímpicos já como jogador do Deportivo La Coruña, para onde foi vendido após o título paulista. Chegou ao time da Galícia com a missão de substituir o ídolo local Bebeto, que havia ido para o Flamengo. Teve uma ótima temporada, fazendo 21 gols, que ajudaram a conduzir o "Depor" ao terceiro lugar do Campeonato Espanhol.

Uma temporada depois, Rivaldo já era jogador Barcelona, chegando ao clube catalão para substituir desta vez ninguém menos que Ronaldo, que se transferira para a Internazionale. Os quase trinta milhões de dólares que o "Barça" pagou por ele seriam bem recompensados, com Rivaldo ganhando no clube o que seu "antecessor" não conseguira, o título da Liga Espanhola, que voltava aos blaugranas após três anos. Faturou ainda uma Copa do Rei, uma supercopa européia e mais uma liga espanhola. Depois da primeira temporada suas apresentações foram cada vez mais surpreendentes, a partir daí começou a ser cogitado como o melhor do mundo. Grandes atuações foram vistas, como arrancadas, dribles desconcertantes, passes mágicos e grande quantidade de gols. Os gols aconteceram de todos os tipos, do meio de campo, de bicicletas e voleios, de falta, de cabeça, de cobertura, entre muitos outros. Suas jogadas espetaculares e gols variados pelo Barcelona fizeram com que ele fosse eleito o melhor jogador do mundo.

Seleção Brasileira.

Após destaque no Corinthians em 1993, ganhando bola de prata, recebeu, em dezembro daquele mesmo ano sua primeira convocação, marcaria o gol da vitória em amistoso contra o México em sua estreia pela Seleção Brasileira. Tinha grandes chances de integrar o plantel convocado por Carlos Alberto Parreira para a Copa do Mundo de 1994. Entretanto, não foi bem no Paulistão de 1994.

Após um excelente Campeonato Paulista em 1996 disputaria, como um dos três jogadores acima de 23 anos do elenco brasileiro, as Olimpíadas de Atlanta que ganharia a medalha de bronze. Acabaria como um dos crucificados na derrota nas semifinais para a Nigéria por ter errado um passe que resultou em um dos gols na vitória dos africanos na prorrogação, e com isso ficou um ano sem defender a Seleção.

Voltou à Seleção Brasileira para as disputas da Copa das Confederações de 1997.

Finalmente, no ano seguinte, iria para uma Copa. No mundial da França, teve grande desempenho com jogadas de efeito e assistências, marcando três gols, pouco podendo fazer na derrota ante aos anfitriões franceses na final.

Já em 1999, ganhou a Copa América, sendo premiado como melhor jogador da competição. Foi artilheiro ao lado de Ronaldo com 5 gols.

Em 2000 e 2001 disputando as eliminatórias da Copa do Mundo de 2002, foi muito criticado pela torcida brasileira, pois o futebol em seu clube Barcelona estava muito superior ao que vinha apresentando na seleção. Então começou a ter desgastes devido aos xingamentos e vaias proferidas pelos torcedores, ao ponto de no jogo contra Colômbia, em pleno estádio do Morumbi lotado, ser hostilizado e declarar que não iria defender mais o Brasil. Ainda assim Rivaldo acabaria as eliminatórias como vice-artilheiro com 8 gols.

Entretanto, na Copa de 2002, Rivaldo foi o principal responsável por liderar o Brasil rumo ao pentacampeonato.

Destacou-se logo na fase de grupos marcando três gols, um em cada jogo, e dando assistências. Continuou decisivo nos mata-matas marcando um golaço, o primeiro gol da vitória por 2 a 0 nas oitavas-de-final, no duro jogo contra a Bélgica. Também foi seu o gol de empate contra a favorita Inglaterra, nas quartas-de-final, após receber passe, em ótima jogada de Ronaldinho, já no final do primeiro tempo. Chegou às semifinais tendo marcado em todas as partidas, o que lhe dava chances de igualar o feito de Jairzinho, que, na Copa de 1970, fizera gols em todos os jogos do Brasil e terminou campeão. Na disputa pela vaga na final, em novo jogo contra a Seleção Turca, todavia, acabou jogando muito bem mas não marcando.

Voltou a ser fundamental na final, contra a Alemanha, tendo participado ativamente dos dois gols da vitória que deu o pentacampeonato à Seleção Brasileira: no lance do primeiro gol, desferiu um forte chute de meia distância que o goleiro Oliver Kahn não conseguiu segurar, deixando o rebote livre para Ronaldo abrir o placar. Poucos minutos depois, atraiu a defesa alemã ao receber um passe de Kléberson, porém abriu as pernas e deixou a bola passar para Ronaldo, livre de marcação, marcar o segundo. Após a final era favoritíssimo para ganhar o prêmio de melhor jogador. Terminou a Copa de 2002 tendo anotado cinco gols e sendo eleito o quarto melhor jogador do torneio pela FIFA.

No ano de 2002 ele também foi homenageado no anime Captain Tsubasa com o personagem Rivaul, que era o melhor jogador do Catalunha (Barcelona). No anime, Rivaul é o melhor jogador do mundo; rápido, forte e habilidoso e o principal nome do FC Catalunha. É o jogador que Tsubasa, protagonista do anime, tenta superar.

Fracasso no Milan e curtíssima passagem pelo Cruzeiro

Em junho de 2002, ainda antes da Copa,[6] o Barcelona liberou Rivaldo de seu contrato um ano antes de seu término, e o brasileiro mostrou-se satisfeito, pois a equipe estava recontratando seu desafeto, o técnico neerlandês Louis van Gaal. Sendo assim, ele assinou um contrato de três anos com o clube italiano Milan. Mesmo tendo participado dos títulos da Copa da Itália e da Liga dos Campeões da UEFA, estava insatisfeito com a reserva. Não parecia contar com a simpatia do técnico Carlo Ancelotti,[10] que não havia ordenado a contratação do brasileiro (e sim o presidente Silvio Berlusconi). Rivaldo, que já disputava posição com o português Rui Costa, perdeu mais espaço ainda com a surpreendente grande fase que Kaká apresentou assim que chegou aos rossoneri, em meados de 2003.

Resolveu voltar ao Brasil, no início de 2004, por indicação do técnico Vanderlei Luxemburgo que o convenceu a descartar propostas europeias para jogar no clube, sendo a grande contratação do Cruzeiro para Copa Libertadores. Antes, inclusive, de acertar com os mineiros, Rivaldo teria sido desejado pelo São Paulo.[11]Entretanto, sua passagem pela equipe foi muito curta, apenas onze jogos e dois gols, saindo do clube em fidelidade ao técnico Vanderlei Luxemburgo, que foi demitido um dia antes do clássico contra o rival Atlético Mineiro, após desentendimento com a diretoria, frustrando a torcida do Cruzeiro que esperava o Rivaldo que ajudou a Seleção Brasileira a vencer a Copa do Mundo de 2002.

Maestro no futebol grego

Assinou então com o clube grego Olympiakos, ganhando três Campeonatos Gregos e duas Copas da Grécia. Rivaldo assim como na Espanha marcou gols e jogadas memoráveis, incluindo uma fantástica apresentação na final da copa com uma bola bem colocada de uma posição muito difícil perto da bandeira do escanteio. Rivaldo também marcou dois gols memoráveis de falta na temporada: o primeiro foi no derby local contra o outro gigante do país - o Panathinaikos - e o segundo contra o clube inglês Liverpool, na Copa da UEFA.

Entretanto, sua curta passagem pelo Cruzeiro e a pouca visibilidade do futebol grego no Brasil acabaram custando-lhe a vaga na Seleção Brasileira. Sua última partida foi contra o Uruguai, num empate por 3 a 3 em novembro de 2003, já pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2006. Contudo, apenas três meses após renovar seu contrato, Rivaldo resolveu deixar o clube alegando falta de pagamentos, afirmando que lhe era devido aproximadamente trezentos e noventa mil euros.

Acabou acertando com o rival AEK Atenas, onde jogou uma temporada. Para o seu desgosto, o título grego é perdido nos tribunais para o seu ex-clube, que ganhou os pontos de uma derrota para uma equipe que utilizara um jogador que foi pego no antidoping - o suficiente para o Olympiakos ultrapassar em dois pontos o AEK na tabela.

Aventura uzbeque.

Após quatro temporadas no futebol grego, transferiu-se para o Bunyodkor, do Uzbequistão, por dez milhões de euros, dando grande visibilidade ao time asiático.

Em 11 de agosto de 2010, após dois anos no país, conquistando um bicampeonato nacional e uma copa, anunciou a rescisão do contrato com o clube.

Retorno ao Brasil

Em novembro de 2010, Rivaldo anunciou que iria disputar o Campeonato Paulista de 2011 pelo Mogi Mirim, clube do qual era também presidente. Entretanto, em janeiro de 2011, acertou com o São Paulo para jogar até o final do ano. Na sua estreia pelo São Paulo, fez o primeiro gol da vitória sobre o Linense por 3 a 2.

Apesar da boa estreia e dos pedidos intensos da torcida tricolor, Rivaldo não foi mais utilizado pelo técnico Paulo César Carpegiani. Chateado com a situação, veio a público dizer que estava insatisfeito com a reserva no time são-paulino e, após a saída de Carpegiani, teve uma boa sequencia de jogos, com Milton Cruz e Adílson Batista. Desde então, fez boas partidas, sendo importante na área de armação do time e conquistando a simpatia de grande parte da torcida. Porém, com a saída de Adilson do comando e a chegada de Emerson Leão, o pentacampeão não teria maiores chances.

Em 1 de dezembro, Rivaldo oficializou, por meio de sua conta no Twitter, que seu contrato não seria renovado pelo São Paulo para 2012.

No dia 16 de janeiro de 2013, o presidente do São Caetano, Nairo Ferreira de Souza, confirmou a contratação de Rivaldo para 2013. O jogador foi apresentado no dia 22, na sede social do Azulão. Em 9 de fevereiro, na sua estreia com a camisa do time do ABC paulista, diante do Corinthians, no Pacaembu, o pentacampeão também fez seu primeiro gol pela nova agremiação, o responsável por inaugurar o marcador do jogo, que terminaria empatado por 2 a 2.

No dia 7 de novembro, rescindiu o contrato com o São Caetano, alegando dores no joelho.

Em janeiro de 2014, reestreou no Mogi Mirim jogando pelo Campeonato Paulista e atuou algumas partidas ao lado do seu filho Rivaldinho.

Aposentadoria

No dia 15 de março de 2014, por meio de seu Instagram, anunciou que sua carreira de jogador chegou ao fim. "Com lágrimas nos olhos hoje gostaria de primeiramente agradecer a Deus, minha família e a todos pelo apoio, pelo carinho que recebi durante esses 24 anos como jogador. Hoje venho comunicar a todos os torcedores do mundo que minha história como jogador chegou ao fim", escreveu ele.

Retorno aos gramados

No dia 23 de junho, um dos maiores nomes da história do futebol mundial resolve voltar aos gramados, para ajudar o time que presidiu, o Mogi Mirim Esporte Clube, a sair da situação que se encontra, estando na zona do Rebaixamento do Campeonato Brasileiro de Futebol - Série B no mesmo ano.

No dia 14 de julho de 2015 em sua segunda partida após o retorno Rivaldo entrou para a história ao jogar ao lado do filho Rivaldo Jr. onde o mesmo marcou o gol e viu seu descendente marcar mais dois na vitória do Mogi Mirim sobre o Macaé.

Aposentadoria definitiva

Em 12 de agosto de 2015, quase dois meses após retomar a carreira profissional, Rivaldo anunciou de novo sua aposentadoria. Agora em definitivo. Aos 43 anos, o meia decidiu que não irá mais se submeter às sessões de infiltração no joelho direito para atuar pelo Mogi Mirim na Série B do Brasileiro. A decisão acontece pouco menos de um mês após renunciar ao cargo de presidente do clube.

Segundo retorno ao Barcelona

Aos 44 anos, ele acertou com o Barcelona novamente, para defender agora o time de "lendas" do clube, formado por ex-jogadores. Trata-se do "FCB Legends", equipe de veteranos que faz partidas pelo mundo para globalizar ainda mais a marca Barcelona. O acordo foi firmado durante visita de Rivaldo ao Barça. Ele participou do evento de lançamento do game PES 2017, que tem parceria entre o clube e a Konami. O Barcelona anunciou nesta também ligação oficial com Rivaldo e revelou que existe uma negociação em curso para que o ex-meia se torne embaixador da Fundação FC Barcelona no Brasil, que promove projetos sociais no país.

Por Mauricio Guedes

Aos 42 anos, Presidente da Câmara de São Lourenço da Mata (PE) morre com suspeitas de Covid-19


Morreu na madrugada deste sábado (11), aos 42 anos, o presidente da Câmara de Vereadores de São Lourenço da Mata(PE), o vereador Cícero Pinheiro (PTB).

Cícero estava internado desde a última terça-feira (7), no Hospital da Polícia Militar, localizado na área central do Recife. Segundo a assessoria do político, ele deu entrada na unidade de saúde apresentando um quadro gripal com febre, e teve complicações no estado de saúde por volta das 18h dessa sexta-feira (10).

Ainda de acordo com a assessoria de Cícero, o vereador que era paciente crônico, possuía diabetes, hipertensão e estava sendo tratado pelos médicos como um caso suspeito de Covid-19, chegou a ser reanimado por uma equipe médica, mas acabou falecendo às 0h30 deste sábado, vítima de um infarto fulminante.

A família do presidente da Câmara de Vereadores de São Lourenço da Mata aguarda liberação do corpo para realizar o sepultamento, que deve acontecer ainda neste sábado no Cemitério Morada Eterna, em São Lourenço da Mata. Não haverá velório, já que o paciente estava sendo tratado como possível vítima do novo coronavírus. O resultado do exame de Cícero para Covid-19 deve sair nesta segunda-feira (13), segundo informou a assessoria da vítima.

Cícero era natural do estado de São Paulo e morador de São Lourenço da Mata há 35 anos. Casado, o policial militar reformado deixa esposa e três filhos.

Por meio de uma publicação nas redes sociais, o prefeito de São Lourenço da Mata, Bruno Pereira, disse que recebeu “com profundo pesar” a notícia da morte do presidente da Câmara Municipal, na qual era amigo, desejou condolências à família da vítima e decretou luto oficial de sete dias no município.

Confira na íntegra a publicação feita pelo prefeito de São Lourenço da Mata, Bruno Pereira:

Foi com profundo pesar que recebi a notícia, na manhã deste sábado (11), da morte do presidente da Câmara Municipal de nossa cidade, vereador Cícero Pinheiro. Natural de São Lourenço da Mata, Cícero, que muito me orgulho de ter sido seu amigo e ter feito parte de sua vida, faleceu com 42 anos. Desde a última terça-feira (7), Cícero estava no Hospital da Polícia Militar, no Recife, quando foi internado, após passar mal. Cícero Pinheiro deixa esposa e três filhos. Neste momento de luto e dor, não há palavras para expressar o sentimento. E em nome de todos os sãolourencenses, expresso minhas mais sinceras condolências à família, bem como a todos os amigos, e decreto luto oficial de sete dias em nossa cidade.Atenciosamente,
Bruno Pereira
Prefeito de São Lourenço da Mata


Cícero foi eleito no pleito de 2016, pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), com 850 votos para assumir uma das cadeiras do Legislativo Municipal.

Também foi Primeiro Secretário da Mesa Diretora, biênio 2017/2018, e atualmente Presidente da Câmara Municipal de São Lourenço da Mata, para o biênio 2019/2020. Além de vereador, Cícero Pinheiro também era professor e policial militar da reserva.

Por: Portal FolhaPE

Petrolândia: Madalena Queiroz é pré-candidata a vereadora no grupo de Fabiano e Rogério Novaes (vídeo)


O grupo político que apoia a reedição da chapa Fabiano e Rogério Novaes, pré-candidatos a prefeito e vice de Petrolândia, dá sequência a série de vídeos com apresentação de pré-candidatos a vereadores e vereadoras. Confira acima o recado da pré-candidata Madalena Queiroz.

Redação do Blog de Assis Ramalho

Mulher invade link e grita: "Globo lixo, Bolsonaro tem razão” - Assista ao vídeo



Uma mulher roubou o microfone do repórter Renato Peters, da TV Globo, durante uma entrada ao vivo no SP1, nesta sexta-feira (10). Ela fez ataques contra a emissora e afirmou que o presidente Jair Bolsonaro“tem razão”. O repórter falava sobre reclamações de falta de informação em hospitais em meio à pandemia do novo coronavírus. Peters estava ao vivo em frente ao Hospital Geral Vila Nova Cachoeirinha, em São Paulo, quando a mulher tomou o microfone. “A Globo é um lixo, o Bolsonaro tem razão”, gritou a mulher.

Logo em seguida a transmissão foi cortada e o apresentador César Tralli pediu desculpas pelo ocorrido. “A gente está sempre trazendo os assuntos que interessam à população de São Paulo, então eu peço desculpas porque, infelizmente, atrapalharam uma explicação tão importante do Renato Peters em relação a um assunto tão importante para uma família aqui de São Paulo”, afirmou.

Veja vídeo abaixo

Médica morre vítima de Covid-19 no Ceará


Morreu na tarde desta sexta-feira da Paixão (10), a médica Lúcia Dantas Abrantes. Ela estava internada, há mais de dez dias, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Camilo de Iguatu, no Centro-Sul do Ceará. A morte por decorrência da Covid-19 foi confirmada pela secretaria de Saúde do município de Iguatu.

Nos últimos dias o estado de saúde de Lúcia se agravou. Ela chegou a ser entubada, mas não resistiu à infecção pulmonar. Segundo a Secretaria de Saúde do Município, a vítima esteve em março passado na cidade de Fortaleza e três dias após retornar a Iguatu apresentou sintomas da doença. Logo em seguida ela foi internada e o teste para a Covid-19 deu positivo.

Ceará chega a 62 mortes e um total de 1.514 casos confirmados de Covid-19

A médica Lúcia Abrantes trabalhava na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Sítio Gadelha, na zona rural de Iguatu. A profissional também dava plantões no Hospital Municipal de Quixelô e no Hospital Regional de Iguatu. “Era uma profissional dedicada, sempre alegre e espontânea”, descreveu o secretário de Saúde de Iguatu, Georgy Xavier.

Coronavírus: que remédios você pode usar se contrair a Covid-19?

Lúcia Abrantes era natural de João Pessoa (PB) e passou a morar em Iguatu no ano de 1985. Casou e constituiu família. Foi médica do Programa Saúde da Família e por vários anos foi plantonista do Hospital Regional de Iguatu. Em novembro de 2013, a médica foi homenageada com a concessão do título de cidadã. Ela deixa um casal de filhos, além do esposo.

Consternação

O prefeito de Iguatu Ednaldo Lavor, decretou luto oficial e divulgou nota de pesar pelo falecimento da médica. “Sempre foi uma profissional atenciosa e dedicada, cumpridora com entusiasmo de seus serviços. Apresentamos o nosso pesar à família e lamentamos mais essa morte por Covid-19”.

Nas redes sociais, dezenas de pessoas também se manisfestaram.

Por Diário do Nordeste
Fotocrédito: Jornal Opção