segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Petrolândia Classificados: VENDE-SE um terreno de 7 hectares no Projeto Apolônio Sales


Vende-se um terreno no Projeto Apolônio Sales, em Petrolândia (PE). A área mede 7,0 (sete) hectares (70.000 m2), próximo ao rio (cerca de 1.500 m do acesso à água).

Benfeitorias: 2,0 (dois) hectares de plantação de mangueiras. O terreno é favorável à exploração da agricultura irrigada.

Preço: R$ 70.000,00 (setenta mil reais).

Interessados, por favor, entrar em contato com o proprietário pelo celular: (087) 9644-4529.

Da redação do Blog de Assis Ramalho
Foto: Divulgação

Petrolândia: Promoção de agosto, Mês dos Pais, no Studio Fabíola Ferraz


Ser pai não é uma tarefa tão fácil como as mulheres pensam: são eles que se levantam de madrugada para satisfazer o desejo de grávida da mamãe, além de trabalhar também levam e trazem os filhos da escola, médico... educam os filhos e, principalmente, em todos os momentos simplesmente nos AMAM!

Por isso, pelo fato de ainda poucos homens em nossa cidade se interessarem pela prática de atividades físicas e pelo mês de agosto ser de homenagem aos pais, o Studio Fabíola Ferraz, lançou uma promoção imperdível.

Durante este mês de agosto, o Studio Fabíola Ferraz presenteia todos os papais com 10% de desconto* em todas as atividades físicas: TRX (treinamento suspenso), Treinamento Funcional, Plataforma Vibro-Oscilatória e Pilates.

Presenteie seu pai com uma nova descoberta de bem estar e saúde! Agende hoje mesmo uma aula experimental. Feliz Dia dos Pais!

*Promoção válida para matrículas feitas no mês de agosto/2014.


STUDIO FABIOLA FERRAZ
Para maior comodidade, fazemos também atendimento em domicílio
Horários de Atendimento em Petrolândia:
Segunda-feira
Manhã das 8 às 12h00 - tarde e noite das 15 às 22h00
Terça-feira
Tarde das 13 às 18h00 - Às 19:00 treinamento FUNCIONALna Orla de Petrolândia
Quarta-feira
Manhã das 8 às 12h00 - tarde e noite das 15 às 22h00
Quinta-feira
Tarde das 13 às 18h00 - Às 19:00 treinamento FUNCIONAL- orla de petrolandia
Sexta-feira
Manhã das 8 às 12h00 - tarde das 14 às 18h00
Marcação de atendimento/contato
(87) 3851-2000 (Fixo) - (87) 9134-1080 (Claro) - (87) 9655-0020 (Tim)
Informações: Dra. Fabíola Ferraz 

Presidente do TCE-PE, Valdecir Pascoal, discursa na abertura do IV Encontro Nacional dos Tribunais de Contas


Ao discursar, nesta segunda-feira (04/08), em Fortaleza, na abertura do IV Encontro Nacional dos Tribunais de Contas, o presidente do TCE-PE e da Atricon, conselheiro Valdecir Pascoal, disse ser preciso “sensibilizar o parlamento nacional e a própria sociedade” para a necessidade de criação de um Conselho Nacional próprio para os Tribunais de Contas à semelhança dos que foram criados para o Poder Judiciário e o Ministério Público.

“Além de poder ser um eficaz instrumento de diminuição de nossas diferenças, funcionará como um poderoso e efetivo filtro ético contra aquela minoria que teima em não trilhar o caminho republicano, esperado de todo agente público, mormente daqueles a quem a Constituição delegou a sublime missão de ser o guardião-mor do princípio republicano e da probidade da gestão”, disse o conselheiro pernambucano.

Ele iniciou seu discurso fazendo um agradecimento especial ao presidente do Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará (e anfitrião do encontro), conselheiro Francisco de Paula Rocha Aguiar; ao presidente do TCE-CE, conselheiro Valdomiro Távora; ao presidente do Instituto Rui Barbosa, conselheiro Sebastião Helvécio (TCE-MG); ao presidente do Colégio de Corregedores e Ouvidores dos Tribunais de Contas, conselheiro Cláudio Terrão (TCE-MG); ao ministro do TCU e palestrante no evento, Benjamim Zymler, e ao presidente da Abracom, conselheiro Francisco Neto.

Depois, agradeceu aos conselheiros Válter Albano (TCE-MT) e Jaylson Campelo (TCE-PI), vice-presidente e diretor da Atricon, respectivamente, o esforço e a dedicação na construção de algumas minutas de resolução que deverão ser votadas na próxima quarta-feira (dia 6).

'Rabino Edir? Quase isso' é reportagem em destaque na Veja desta semana

A construção de sua versão do Templo de Salomão é apenas a parte mais vistosa da incorporação de símbolos do judaísmo pelo líder da Igreja Universal (Fotos: Instagram e José Patrício/Estadão Conteúdo)
De quipá, xale de orações, barba de profeta e chamado por alguns de seus pastores de “sumo sacerdote”, o nome dado ao religioso supremo do antigo povo de Israel. Edir Macedo fez uma mudança surpreendente na narrativa da Igreja Universal do Reino de Deus, a maior confissão neopentecostal do país, criada por ele. Os elementos da religião judaica que o líder evangélico passou a incorporar imprimem um novo significado à sua obra magna, o gigantesco Templo de Salomão do Brás, inaugurado na semana passada. Uma vez que Macedo não ficou louco, não rasga dinheiro nem pretende deixar de arrecadá-lo, a virada judaicizante é analisada fora da Iurd à luz da carreira excepcionalmente bem-sucedida do homem que partiu de zero para 1,9 milhão de fiéis em menos de quatro décadas — com um pequeno encolhimento nos últimos anos, produto da concorrência. “É uma estratégia de marketing. Ele quer recuperar o que já teve e, fantasiado assim, dar uma nova guinada em sua teologia. Edir é conhecido por não ter nenhuma coerência bíblica”, diz um dos maiores líderes evangélicos do país, e concorrente de Macedo.
O Templo de Salomão, aberto com a presença da presidente Dilma Rousseff e do governador paulista Geraldo Alckmin, é um sinal de que Macedo pensa mais do que grande. O templo original, descrito na Bíblia, foi erguido em Jerusalém no reino de Salomão, quase 1 000 anos antes de Cristo, como a primeira construção permanente de louvor a Jeová, deus de Israel. Foi destruído por Nabucodonosor, rei da Babilônia, e reconstruído em 516 a.C., sob a designação conhecida como Segundo Templo. Na catástrofe seguinte, foram as tropas do Império Romano que puniram uma rebelião não só arrasando o templo como levando o povo judeu à diáspora. Um Terceiro Templo, místico ou real, é esperado por judeus e cristãos que acreditam nas profecias sobre o fim dos tempos. Enquanto isso não acontece, mórmons, maçons e agora a Universal fazem suas versões. Não é coisa pouca. No ano passado, Macedo falou da grandiosidade de sua construção e aproveitou para passar o solidéu: “Pensem em doar 10% — não é o dízimo — ao templo. Só a iluminação dele custou 22 milhões de reais. Vai somando. As 10 000 cadeiras, mais 22 milhões. As pedras, que vieram de Israel, 30 milhões. O som saiu por 10 milhões. Estamos fazendo tudo do melhor. Amém, pessoal?”.

Para ler a continuação dessa reportagem compre a edição desta semana de VEJA no IBA, no tablet, no iPhone ou nas bancas.

Fonte: Veja

Apoio à Agricultura Familiar na agenda de Armando

Foto: Léo Caldas/Divulgação

Caruaru – O candidato ao governo do Estado Armando Monteiro (PTB) se encontrou nesta segunda-feira (4) com líderes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), no assentamento Normandia, na zona rural de Caruaru, no Agreste. Durante a reunião, que contou com a presença do candidato a vice, Paulo Rubem (PDT), Armando recebeu uma pauta de reivindicações dos sem-terra, com propostas que serão discutidas e poderão integrar o programa de governo da coligação Pernambuco Vai Mais Longe.

Durante o encontro, o coordenador nacional do MST, Jaime Amorim, fez uma explanação da situação agrária no País e elencou cinco tópicos que são essenciais para o estabelecimento de uma política estadual para assentamentos e acampamentos, na visão do movimento: a criação da Secretaria de Agricultura Familiar, desapropriação de latifúndios improdutivos, apoio aos assentados, educação e o combate à violência no campo. "O governo tem que acreditar no pequeno agricultor. São 16 mil famílias em 220 assentamentos e outras 17 mil em 163 acampamentos em todo o Estado", disse Amorim.

Armando lembrou aos líderes do MST que, ao receber o apoio de nove dos 11 diretores da Federação dos Trabalhadores em Agricultura do Estado de Pernambuco, em julho, já havia se comprometido com a criação da secretaria. "Acho que há espaço para uma reforma administrativa, mas a Secretaria de Agricultura Familiar é uma área que merece um olhar", destacou o senador licenciado.

O candidato disse também que as reivindicações do MST são justas. "Creio que há espaços para se construir uma aliança. Não teremos dificuldade em avançar nessa agenda, com a disposição de termos um diálogo permanente", salientou Armando, acompanhado do deputado federal Fernando Ferro (PT), que tenta a reeleição e conta com o apoio do MST, assim como o vereador petista de Olinda, Marcelo Santa Cruz, que busca um assento na Assembleia Legislativa.

Petrolândia: Secretaria de Saúde comunica horários e esclarece dúvidas sobre atualização do Cartão do SUS


Usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) terão de atualizar os dados cadastrais do Cartão SUS. A medida adotada é uma orientação do Ministério da Saúde (MS), que pretende manter o banco de dados dos usuários mais completo para facilitar o acesso às informações dos pacientes.

A orientação é que a população procure a Secretaria Municipal de Saúde para renovar os dados e receber o cartão atualizado. Informamos que todos os procedimentos realizados na rede pública de saúde, como cadastros, consultas, exames e cirurgias, demandam a apresentação do Cartão SUS para que sejam autorizados.

Os atendentes orientam os usuários que apresentam o Cartão SUS ultrapassado a realizarem a devida atualização. A falta de algumas informações como CPF, CEP, telefone, entre outros, são alguns dos problemas ocorridos durante a implantação do cartão. Além disto, muitos formulários deixaram de ser lançados e consequentemente o usuário tem o cartão em mãos, porém não está válido de fato por não estar no banco de dados do Ministério da Saúde. Para essa atualização é obrigatório a apresentação do RG, CPF, certidão de nascimento e comprovante de residência. 

Durante o mês de agosto a Secretaria de Saúde de Petrolândia estará funcionando nos dois turnos (manhã e tarde), sendo que de 07h30 às 12h00 estará priorizando os moradores da zona rural, e das 13h00 às 17h00 estará atendendo os moradores da zona urbana.

Notícia relacionada:

Informações: Secretaria Municipal de Saúde/Prefeitura Municipal de Petrolândia

Petrolândia: Sepultamento do corpo de 'Mauro das Bicicletas' será realizado às 10 horas desta terça-feira (05) no Cemitério São Francisco

Mauro José Soares, o popular 'Mauro das Bicicletas', morreu aos 54 anos, vítima de acidente de trânsito na noite deste domingo (03)

O corpo de Mauro José Soares, de 54 anos, mais conhecido como 'Mauro das Bicicletas' está sendo velado na rua Antônio Gabriel de Araújo, na Quadra 06 de Petrolândia. De acordo com informações da família, passadas a nosso reportagem, o sepultamento será realizado as 10 horas da manhã desta terça-feira (05), no cemitério de São Francisco em Petrolândia.

Mauro faleceu na noite de domingo (03) em um acidente de trânsito ocorrido na BR-110, próximo ao distrito do Brejinho de Fora, na zona rural do município. Mauro conduzia uma moto Honda, com sua esposa na garupa, quando o veículo se chocou violentamente com um Fiat Uno.

Após receber os primeiros socorros no Hospital Municipal, 'Mauro das Bicicletas' foi encaminhado para o Recife, porém, durante o trajeto, devido à gravidade dos ferimentos, foi realizado encaminhamento de urgência ao hospital mais próximo. Mauro faleceu ao dar entrada no Hospital Municipal de Santana do Ipanema, em Alagoas.

Após ser submetido a necropsia na cidade de Caruaru, o corpo de Mauro chegou a cidade de Petrolândia no final da tarde desta segunda-feira.

Rosilda Maria dos Santos Soares, de 47 anos, esposa de Mauro, foi encaminhada ao Hospital da Restauração, no Recife. De acordo com informações de sua irmã, Ana Paula, ao Blog de Assis Ramalho, ela será submetida a uma cirurgia.

Mauro e sua esposa, Rosilda, sofreram acidente de moto. Mauro morreu e sua esposa está internada no Hospital da Restauração, em Recife.


Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Arquivo da família

Revista IHU On-Line n° 449: A desigualdade no século XXI. A desconstrução do mito da meritocracia

Para ler, clique na imagem

A desigualdade sobrevive. Aliás, o mundo contemporâneo tem testemunhado o aceleramento dos níveis globais de desigualdade. Em síntese, é isso que demonstra o livro do economista francês Thomas Piketty, O Capital no Século XXI (Le capital au XXIe Siècle, Paris: Seul, 2013). Ao analisar historicamente o capitalismo e desconstruir o mito da meritocracia, Piketty desafia a narrativa de que o liberalismo poderia resultar em uma sociedade mais igualitária. É diante deste horizonte, onde, via de regra, o fascínio com o aumento da renda é confundido com justiça social, que a IHU On-Line n° 449, desta segunda-feira (04), apresenta o debate sobre a desigualdade no século XXI.

Contribuem para o debate Luiz Gonzaga Belluzzo, Gaël Giraud, Roberto Romano, Joseph McCartin, Marcos Del Roio, Flávio Comim, Antonio David Cattani e André Luiz Olivier.

Em Caruaru, Armando apresenta propostas para o Agreste

Foto: Leo Caldas/Divulgação

Em entrevista concedida na manhã desta segunda-feira (4) à Rádio Liberdade de Caruaru, no Agreste, o candidato ao governo Armando Monteiro (PTB) voltou a defender que o processo de interiorização do desenvolvimento precisa ser compreendido como uma prioridade para Pernambuco ir mais longe.

Líder em todas as pesquisas de opinião, Armando apresentou as linhas de ação de um futuro governo em áreas como educação, infraestrutura, estradas, segurança e saúde no interior, respondeu a perguntas dos ouvintes e também falou sobre investimentos em abastecimento de água.

Um dos pontos abordados por Armando foi a situação precária das estradas, em especial as que cortam o Agreste, como as BRs 232, 104 e 423, além da PE-95. "Nós precisamos resolver a pendência judicial da BR-232 para poder levar a duplicação até Arcoverde. Já a BR-104 precisa ser concluída. E a duplicação da BR-423 é mais que necessária", destacou o candidato, enfatizando que a malha viária estadual carece de recuperação. "Trinta e três por cento das estradas de Pernambuco são ruins ou péssimas. Temos uma das piores malhas viárias do Nordeste."

Comissão de Educação do Senado Federal analisa projeto de federalização do ensino básico esta semana

Foto: Jonas Pereira/Agência Senado

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado Federal tem reunião marcada nesta terça-feira (5). Na pauta, estão 10 itens, entre eles, um projeto de decreto legislativo (PDS 460/2013) que convoca plebiscito para consultar o eleitorado nacional sobre a federalização da educação básica.

A proposta da consulta é do senador Cristovam Buarque (PDT-DF), Para ele, a União deve assumir a responsabilidade pelo setor. Atualmente cabe, sobretudo, aos estados e municípios custear a educação infantil e os ensinos fundamental e médio.

O cidadão deverá responder, com sim ou não, à seguinte questão: “O financiamento da educação básica pública e gratuita deve passar a ser da responsabilidade do governo federal?”.

O PDS 460/2013 já esteve na pauta da CE em 15 de julho, mas não foi votado por conta de um pedido coletivo de vista. Se passar pela Comissão de Educação, a proposta vai às Comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) para, posteriormente, ser votada em Plenário.

Bolsa

Os senadores também devem analisar o PLS 214/10, do senador Paulo Paim (PT-RS), que cria o Programa Bolsa de Permanência Universitária.

MEC lança portal do Plano Nacional de Educação

O ministro da Educação, Henrique Paim, participa do lançamento do Portal do Plano Nacional de Educação - Planejando a Próxima Década (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)

O Ministério da Educação e Cultura (MEC) lançou hoje (4) o portal do Plano Nacional de Educação (PNE), Planejando a Próxima Década, que vai servir de apoio para gestores públicos na elaboração dos planos estaduais e municipais. Nele será possível consultar dados dos municípios e estados, e acessar sugestões personalizadas de trajetórias para o cumprimento das metas.

Para o ministro da Educação, Henrique Paim, os planos têm que ser construídos a partir da pactuação e do trabalho integrado. “A pactuação [deve ser] entre União, estados e municípios na construção do plano e no cumprimento das metas. E também esse trabalho em rede, envolvendo todos os colaboradores com orientação técnica.”

O PNE estabelece 20 metas para a educação a serem cumpridas nos próximos dez anos, até 2024. Entre as diretrizes estão a erradicação do analfabetismo e a universalização do atendimento escolar. Além de se adequar às metas e estratégias do plano nacional, os municípios e estados terão que indicar ações para o cumprimento de cada uma delas. Prontos, os planos terão ainda que ser aprovados pelas câmaras municipais e assembleias legislativas dos estados. O prazo para que isso seja feito é 25 de julho de 2015, um ano após a publicação da lei do PNE.

Frente Popular realiza grande carreata em Caruaru


Paulo, Eduardo e Fernando percorreram 16 bairros da cidade, em um trajeto de 19 km, que contou com cinco mil veículos (Fotos: Wagner Ramos)

O amarelo da Frente Popular tomou conta de toda Caruaru neste domingo (3), em uma grande carreata que mobilizou cerca de cinco mil veículos, ente carros e motos. Os candidatos a presidente, governador e senador da coligação, Eduardo Campos (PSB), Paulo Câmara (PSB) e Fernando Bezerra Coelho (PSB), percorreram 16 bairros da cidade, em um trajeto de 19 quilômetros feito em 2,5 horas. O povo de Caruaru foi às ruas acenar e mostrar que já escolheram o "40" para fazer o Brasil mudar e Pernambuco seguir avançando.

Em todos os pontos visitados, a população dispensou uma calorosa recepção. Erguendo bandeiras de Paulo, Eduardo e de proporcionais da Frente Popular, os caruaruenses fizeram questão de mostrar com quem estão. O ato também foi prestigiado pelas mais representativas lideranças de Caruaru: o governador João Lyra Neto (PSB), o prefeito José Queiroz (PDT), o vice Jorge Gomes (PSB), o deputado federal Wolney Queiroz (PDT), os estaduais Tony Gel (PMDB), Raquel Lyra (PSB) e Laura Gomes (PSB), além de outras lideranças.

Paulo classificou a carreata como muito positiva. "Percorremos praticamente todas as ruas de Caruaru. Tivemos uma receptividade muito boa. Caruaru está unida pela continuidade desse projeto, das transformações que Eduardo iniciou e que vamos avançar, a partir de 2015, muito mais. Estou muito feliz em poder contar com o apoio de todas as lideranças políticas de Caruaru", exaltou Paulo Câmara, completando: "Vamos ter uma bela vitória!"

Em muitos momentos, Paulo e Eduardo quebraram o "protocolo" para abraçar e posar para "selfies" com os populares que acompanhavam a passagem dos veículos da carreata. Embalados pelo jingle da campanha da Frente Popular, os moradores de Caruaru reconheciam em Paulo o símbolo da continuidade de Campos.

Banco Mundial propõe excluir de proteção populações frágeis

O marco previsto não incorpora nenhuma proteção que evite que os fundos do Banco Mundial apoiem as apropriações de terras que deslocaram populações indígenas, pequenos agricultores, comunidades de pescadores e pastores em países pobres para dar lugar a grandes projetos agroindustriais.

Washington, Estados Unidos, 4/8/2014 – Um importante comitê da junta diretora do Banco Mundial rechaçou as solicitações para modificar um rascunho de declaração política que, segundo uma centena de organizações da sociedade civil, implicaria um retrocesso de várias décadas nas disposições que protegem de abusos as populações indígenas, os pobres e os ecossistemas frágeis.

Embora o Comitê de Efetividade no Desenvolvimento não tenha apoiado formalmente o documento, o aprovou em 30 de julho para consulta nos próximos meses com os governos, ONGs e outros interessados, no que será a segunda rodada de uma revisão das políticas sociais e ambientais do Banco Mundial que levará dois anos.

Está em jogo um rascunho de marco de garantias que foi desenhado para atualizar e fortalecer as políticas implantadas nos últimos 25 anos para garantir que os projetos financiados pelo Banco Mundial nos países em desenvolvimento protejam as populações vulneráveis, os direitos humanos e o ambiente.

“As políticas que temos agora foram úteis, mas os problemas que enfrentam nossos clientes mudaram nos últimos 20 anos”, disse Kyle Peters, vice-presidente do Banco Mundial para operações políticas e serviços nos países. Peters ressaltou que as disposições do contexto previsto também ampliarão as políticas de garantias da instituição com sede em Washington, para promover a inclusão social, a antidiscriminação, os direitos trabalhistas e a luta contra a mudança climática.

Mas um grupo de organizações da sociedade civil afirma que o projeto, que vazou no dia 26 de julho, não reforça essas garantias, e que, muito ao contrário, as debilita substancialmente em alguns casos.

AGEFEPE assina acordo com Prefeitura de Petrolândia nesta terça, dia 05


A Agência de Fomento do Estado de Pernambuco, AGEFEPE, assina amanhã (dia 05), às 9h, Acordo de Cooperação Técnica com a Prefeitura de Petrolândia.

A iniciativa vai possibilitar que os empreendedores informais e os micro e pequenos empresários da cidade tenham acesso a informações sobre as linhas de financiamento oferecidas pela instituição.

Através do microcrédito, os empreendedores de Petrolândia poderão solicitar financiamento voltado para capital de giro ou investimento fixo. Agentes de crédito, capacitados pela AGEFEPE, vão atender os interessados no Espaço do Empreendedor que será inaugurado amanhã no município.

Assessoria de Imprensa da AGEFEPE

Indígenas vivem em ‘Faixa de Gaza brasileira’, diz Eduardo Viveiros de Castro


O Mato Grosso [do Sul] deveria mudar de nome para “mato ralo, mato morto ou ex-mato” e os índios que lá se encontram “vivem numa espécie de Faixa de Gaza brasileira”, afirmou o antropólogo Eduardo Viveiros de Castro na tarde deste sábado (2) na 12ª Festa Literária de Paraty (Flip). Com suas críticas, frases de impacto (“no Brasil, todo mundo é índio, exceto quem não é”) e assumidamente pessimista, ele foi bastante aplaudido no debate “Tristes trópicos”, do qual participou o também antropólogo Beto Ricardo. No evento, este foi o segundo e último encontro dedicado à questão indígena. As manifestações na tenda dos autores foram positivas o tempo inteiro.

A reportagem é de Cauê Muraro, publicada por G1 e reproduzida por CombateRacismoAmbiental, 03-08-2014.

Viveiros de Castro ganhou aplausos já em sua primeira exposição. “Os índios estão sofrendo uma espécie de ofensiva final. É triste ver que estamos assistindo hoje literalmente a um processo de devagastação do país, que está sendo arrasado”, disse. “O exemplo mais dramático talvez seja o estado do Mato Grosso do Sul, que foi literalmente transformado num campo sem nada, a custa de que se possa plantar ali, soja, cana, e botar gado para exportação, para alimentar os países capitalistas centrais.”

Neste momento, veio a brincadeira de que o estado deveria ser rebatizado e a menção de que existem “semelhanças perturbadoras com o povo palestino no Oriente Médio”. Falou, então, que o território indígena foi sendo reduzindo progressivamente e que houve “todo tipo de violência”. Também descreveu que ocorreram bombardeios feitos pelos militares no passado, embora “não tão sofisiticados” quanto os de Israel.

“Mas o estado de Israel ao menos tem o direito, uma pretensão histórica e uma relação com aquele lugar. Acho que é um genocídio projetado e realizado (em Israel), e tem essa relação história. Mas os brancos que estão no Mato Grosso [do Sul] matando os guaranis não têm nenhuma relação histórica. Não há, literalmente, desculpa.”

Na opinião do antropólogo, a população indígena no país corre “maior perigo do que nunca de desaparecer, de que passe um trator por cima, de que passe uma hidrelétrica por cima”. Por outro lado, os índios já passaram pelo que ele chama de fim do mundo.

Presidente do TCM/BA defende criação de órgão superior para fiscalizar conselheiros dos Tribunais de Contas


Começou nesta segunda-feira (04/08) o IV Encontro Nacional dos Tribunais de Contas, no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza. Com o tema central “O papel dos Tribunais de Contas frente às demandas sociais”, o evento discute assuntos que poderão dar novos rumos a estas instituições.

Em pronunciamento na abertura do encontro, o presidente do TCM/BA e da Associação Brasileira dos Tribunais de Contas dos Municípios – ABRACOM, conselheiro Francisco Netto, defendeu a criação do Conselho Nacional de Tribunais de Contas e um maior rigor nos critérios de nomeação e aprovação dos conselheiros pelos órgãos competentes.

“Exigir, por exemplo, maior rigor na apuração das qualificações e na observância dos critérios constitucionais para composição dos tribunais. E lutar para que seja constituído, o mais rápido possível, um órgão superior externo de controle e correição, para punir e, se preciso, afastar aqueles que não honram o título de servidor público”, enfatizou o presidente.

A partir de agosto condutores de veículos com final de placa em 1,2,3 e 4 só podem dirigir com o documento do veículo de 2014


A partir de 1º de agosto de 2014, os condutores de veículos com placas terminadas em 1,2,3 e 4 só poderão dirigir portando o documento do veículo de 2014.

Os veículos de placas terminadas em 5,6 e 7 podem continuar rodando com o documento de 2013 até o dia 31 de agosto. Já para aqueles com final de placa em 8,9 e 0, o documento do veículo de 2013 continua válido até 30 de setembro.

O documento do veículo, cujo nome oficial é Certificado de Licenciamento Anual (CLA), é de porte obrigatório. Circular com o CLA fora do prazo de validade é infração gravíssima, que gera multa no valor de R$ 191,54 e recolhimento do veículo. Além disso, o condutor acumulará sete pontos na carteira. Caso o prazo para o porte do documento de 2013 esteja vencendo e o proprietário ainda não tenha, em mãos,  o documento de 2014, ele deve se dirigir a um dos pontos de atendimento do Detran-PE para solicitar o CLA atualizado.

Nenhum agente de trânsito, em Pernambuco, pode multar condutores que ainda estejam com o CLA dentro do prazo de validade, como é o caso dos proprietários de veículos com placas terminadas em  5,6,7,8,9 e 0.

Confira abaixo o calendário com os prazos-limite de validade do documento do veículo do ano passado:
Terminações     Prazo limite para circular com CLA 2013
1, 2, 3 e 4     31/07/2014 (validade encerrada)
5, 6 e 7     31/08/2014
8, 9 e 0     30/09/2014

Veículos de outros estados – A fiscalização de veículos registrados em outros estados e que estiverem circulando em Pernambuco tem como referência o calendário-base nacional, trazido pela Resolução 110/2000.

Governo do Estado de Pernambuco

MEC prorroga prazo e escolas podem aderir ao Mais Educação até o dia 30


O Ministério da Educação (MEC) prorrogou mais uma vez o prazo para cadastramento de escolas públicas no Programa Mais Educação. O prazo, que terminaria hoje (4), foi estendido até o dia 30. A liberação de recursos financeiros é feita por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), e a adesão deve ser feita pela internet, no PDDE Interativo.

A jornada da educação integral deve ser, no mínimo, de sete horas diárias ou 35 horas semanais. Durante o período em que estão na escola, os estudantes recebem três refeições.

As escolas escolhem até cinco atividades nos macrocampos do programa, entre eles o de acompanhamento pedagógico (obrigatório), educação ambiental, esporte e lazer, direitos humanos em educação, cultura e artes, cultura digital, promoção da saúde, comunicação e uso de mídias, investigação no campo das ciências da natureza e educação econômica.

Pelo Mais Educação, as escolas são selecionadas com base em critérios como baixo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), grande número de estudantes de famílias beneficiadas pelo Bolsa Família e localização em regiões de vulnerabilidade social.

Riacho das Almas recebe Armando com entusiasmo

Fotos: Léo Caldas/Divulgação

Lideranças políticas do Agreste e da Zona da Mata marcaram presença na manhã desta segunda-feira (4), durante caminhada do candidato ao governo do Estado, Armando Monteiro (PTB), pelas principais ruas do centro de Riacho das Almas, município do Agreste de Pernambuco. Armando andou pela feira livre da cidade, cumprimentando comerciantes e ambulantes. Ao fim do percurso, o senador licenciado, líder de todas as pesquisas de opinião, discursou para cerca de mil pessoas, em palanque na Rua Maria Júlia da Mota.

Armando foi recepcionado pelo ex-prefeito de Riacho das Almas, Dioclécio Rosendo (PSDB). Também estavam presentes os prefeitos de Nazaré da Mata, Nado Coutinho (PTB), de Agrestina, Thiago Nunes (PDT), e de São Caetano, Dr. Neves (PTB), além de outras lideranças da região.

Em seu discurso, Armando defendeu a importância da reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) e a necessidade da continuidade da parceria entre o governo federal e Pernambuco. "Para isso, precisamos de alguém que governe e não que seja governado. De alguém que conheça o Estado: há um candidato por aí que, para andar em Pernambuco, precisa de um GPS, porque não sabe andar sozinho", afirmou.

O prazo chega ao fim. Que se fará com o lixo?

Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

"Estudo do Banco Mundial e da Climate Network, para a Cúpula do Clima que a ONU realizará em setembro, diz que uma política adequada para resíduos no Brasil poderia gerar 110 mil empregos em menos de duas décadas, além de economizar 1% da demanda total de energia no País", informa Washington Novaes, jornalista, em artigo publicado no jornal O Estado de S. Paulo, 01-08-2014.

Segundo o estudo, "hoje 42% do que vai para os lixões poderia ir para aterros, onde, com a geração de biogás, se pode produzir energia; e a compostagem do lixo orgânico permite fabricar adubo para canteiros, praças, encostas, etc. Para isso, contudo, seria indispensável a separação doméstica do lixo".

Eis o artigo.

Termina manhã, 2 de agosto, o prazo de quatro anos concedido pela Lei n.º 12.305, de 2010 - a lei da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) - para os municípios brasileiros apresentarem seus planos diretores de gerenciamento de resíduos e instalarem aterros sanitários adequados. Segundo a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), existem hoje 1.360 aterros nos mais de 5 mil municípios do País; o restante, fica implícito, vai para lixões a céu aberto. Mesmo nas cidades com mais de 100 mil habitantes existem em torno de 40 lixões e menos de 250 municípios geram 80% dos resíduos (Estado, 14/5). De acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), 40% do lixo coletado tem "destinação irregular". Mas sem planos adequados as prefeituras não poderiam receber recursos federais. E, diz a CNM, 61,7% dos municípios não se adequaram às exigências da PNRS.

As prefeituras, ainda uma vez, pediram "mais prazo". E projeto de um deputado no Congresso Nacional o estende por mais oito anos (!). Até o momento em que estas linhas foram escritas - no dia 30/7 - o governo federal, por intermédio da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, havia dito que não aceitaria a prorrogação (Estado, 14/5). Outras fontes do governo, entretanto, disseram esta semana aos jornais que sim, aceitaria. Se aceitar, o que acontecerá, então, diante desse problema, que já tem ângulos calamitosos, até mesmo em Brasília, onde está o chamado "lixão da Via Estrutural", a 16 quilômetros do Palácio do Planalto?

Petrolândia Classificados: VENDEM-SE filhotes de cachorro da raça Yorkshire

Foto ilustrativa

Vendem-se em Petrolândia três filhotes de cão da raça Yorshire, com 40 dias de vida.

Interessados, por favor, entrar em contato com Samyr, no celular (87) 9967-2849.

Redação do Blog de Assis Ramalho
Informações: Samyr Oliveira

Câmara de Vereadores de Garanhuns empossa primeiros servidores concursados de sua história

Empossados: Cefanys de Morais, Cândido Ferreira, Jhonathan Pallmer, Alisson Jorge, Seffacy Jokasta, Smmyth Kallony, Vanessa de Moraes, Lindiane Pereira, Eleson Sezario e Ernestina Mércia.
.
O Presidente do Legislativo de Garanhuns, Audálio Ramos Filho (PSDC), empossou na manhã desta segunda-feira (04-08), os primeiros servidores concursados da história da Câmara Municipal. A solenidade aconteceu na sala das comissões da Câmara Municipal e foi prestigiada pelos vereadores Luzia da Saúde (PROS), Silvio Sabino(PSC), Nelma Carvalho (PR), Haroldo Vicente (PROS), Zaqueu Naum (PDT), Alcindo Correia (PROS), Gil PM (PRB) e Paulo Leal (PSB).

Participaram da Cerimônia o Gerente Administrativo da Casa, Paulo Brasileiro, Dr. Paulo Couto (Assessor Jurídico) e Marcos Alexandre (Gerente Legislativo). A posse foi acompanhada também por alguns servidores da Câmara de Garanhuns e convidados.

Após dar as boas vindas e desejar sucesso aos novos servidores da Câmara Municipal, o vereador Audálio Filho falou da necessidade de cada vez mais se valorizar o quadro efetivo e, lembrou a todos, da missão de prestar um bom serviço com honestidade, responsabilidade e ética à população. “Este momento é histórico. Comprova a nossa determinação de cumprir as leis e, principalmente, buscar valorizar os servidores do Poder Legislativo. Através desta iniciativa da Presidência e de toda a Mesa Diretora foi possível dar este importantíssimo passo, acompanhando o desenvolvimento de nosso município. Por isso, todos nós vereadores, sentimo-nos honrados e orgulhosos de participar deste momento”, analisou o presidente do Legislativo.

Fernando Bezerra Coelho quer mais estradas e água para a Mata Norte

 Fotos: Rafael Medeiros

Candidato ao Senado pela Frente Popular, Fernando Bezerra Coelho (PSB), defendeu a duplicação do trecho que liga Carpina a Limoeiro e a Timbaúba, como alternativa para espalhar o desenvolvimento pela Mata Norte. A região, que historicamente dependeu da cultura açucareira, está sendo industrializada com a chegada de grandes investimentos como Fiat, Vivix Vidros Planos, Hemobras, Itaipava e Ambev.

“Estes empreendimentos acabam gerando outros negócios, que vão desde o apoio logístico à produção de peças e componentes, por exemplo. Ter boas estradas é essencial para dinamizar tanto a cadeia industrial quanto escoar a produção agrícola. Vamos trabalhar no Senado para garantir os recursos necessários ao projeto”, disse Fernando. Ex-secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, ele sabe que outra grande demanda do setor produtivo é a água. “O Governo do Estado já está trabalhando no sistema Águas da Mata Norte, que irá assegurar água tanto para o abastecimento humano, quanto para a produção. Quero ajudar o futuro governador Paulo Câmara a trabalhar por este projeto”, antecipou.

Assessoria de Imprensa de Fernando Bezerra Coelho
Fotos: Rafael Medeiros

ONG busca financiamento coletivo para castração de animais no Litoral do Piauí


A Associação Parnaibana de Proteção aos Animais (ONG 7 vidas) recorreu a uma plataforma decrowdfunding (financiamento coletivo) para conseguir recursos e realizar um mutirão para castração de animais em Parnaíba, Litoral do Piauí. A meta é conseguir pelo menos R$ 2.100 e custear medicação e curativos para castrar cerca de 40 cães e gatos. O prazo para que os interessados façam suas colaborações encerra dia 17 de agosto.

As cotas de financiamento vão de R$ 10 a R$ 500 e os projetos cadastrados na plataforma têm um período de 45 dias para atingir o valor solicitado. Caso atinja 50%, ele já se habilita a receber a verba financiada ao final prazo, tendo ou não atingido o valor total. Se não atingir os 50%, todos os apoiadores recebem o seu dinheiro de volta. Veja como participar.

Os apoiadores são recompensados pelos responsáveis de cada projeto. No caso da ONG 7 Vidas, por exemplo, quem colaborar com o financiamento do mutirão poderá receber desde um e-mail personalizado de agradecimento a chaveiros, camisetas ou ainda uma publicação no site da organização.

No mercado, o valor cobrado por uma castração custa em média R$ 300. A ONG conseguiu a parceria de clínicas veterinárias para realizar as cirurgias e o veterinário receberá R$ 50 por cada procedimento. Apesar de levar o nome de mutirão, Socorro Veras, uma das coordenadoras da ONG 7 Vidas, explica que os procedimentos não serão feitos em um só dia, mas aos poucos até a meta do valor patrocinado ser alcançada.

Procurador do TCE-PE defende tese com o tema 'Risco de corrupção nas obras de infraestrutura de rodovias federais'

Procurador Gustavo Massa, atualmente gerente do projeto de “Combate ao Voto Político”, defende tese para obter título de Doutor em Direito da UFPE

O Pleno do TCE fez registro em ata, na última sessão, que será defendida uma tese científica do procurador Gustavo Massa, do Ministério Público de Contas (MPCO), na Faculdade de Direito do Recife, na próxima sexta-feira (08). Abordando o tema “Risco de corrupção nas obras de infraestrutura de rodovias federais”, Gustavo Massa irá defender uma ampla pesquisa inédita perante cinco professores universitários, para obter o título de Doutor em Direito da UFPE.

O conselheiro Dirceu Rodolfo lembrou a importância do tema para as atividades dos tribunais de contas, já que obras em rodovias são atividades de vulto, mas que não há ainda uma especialização do controle externo para fiscalizar. O decano do TCE, conselheiro Carlos Porto, destacou que era um “orgulho para todo o Tribunal” um membro da Casa obter esta alta titulação acadêmica, em instituição centenária tão prestigiada como a Faculdade de Direito do Recife.

O procurador geral do MPCO, Cristiano Pimentel, destacou também que o procurador Gustavo Massa cursou o doutorado e o mestrado sem quaisquer ônus para o TCE, usando apenas, esporadicamente, de seus períodos de férias e licenças-prêmios, direitos de qualquer servidor.

Posto de Microcrédito de Petrolândia é inaugurado nesta terça (04), em parceria da Prefeitura com Agefepe


Fonte: Sedetur

Policial confessa ter reagido a assalto, matando um dos bandidos em ônibus no Recife


A delegada Eliane Caldas, do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), confirmou, na tarde deste domingo (3), que um policial civil realmente esteve envolvido na morte de um suspeito de assalto, ocorrido em um ônibus da linha PE-15/Joana Bezerra, no último sábado (2), no bairro da Joana Bezerra, no Recife. De acordo com a investigadora, o policial, que não teve a identificação revelada, se apresentou imediatamente, e confessou ter matado o suspeito Jaderson Rodrigues dos Santos, de 24 anos.

De acordo com as primeiras informações do DHPP, ele participava de um roubo dentro do coletivo, ocorrido por volta das 19h, com outros dois comparsas. Ainda segundo a polícia, os disparos foram efetuados enquanto os bandidos recolhiam os pertences dos passageiros. Na ocasião, os outros dois conseguiram fugir e não foram localizados.

Folha de Pernambuco

Eduardo: "Quem confia em mim, vota em Paulo e Fernando"

Fotos: Rodrigo Lobo

Mais de três mil pessoas lotaram a quadra do Colégio Santa Maria, em Timbaúba, para receber os candidatos a presidente da república, Eduardo Campos, a governador Paulo Câmara e a senador Fernando Bezerra Coelho (PSB). O evento, que marcou o lançamento da candidatura de Marinaldo Rosendo (PSB) a deputado federal, aconteceu no final da manhã deste domingo, em clima de festa e esperança na vitória da Frente Popular. Geraldo Júlio, prefeito do Recife e Guilherme Uchoa, presidente da Assembleia Legislativa, compareceram à agenda.

“Quem confia em mim, antes de votar em mim, vota em Paulo e Fernando. Eles me representam nestas eleições”, disse Eduardo Campos para uma plateia empolgada. Ele ponderou que um governo não pode ser objeto de brigas, porque das medidas adotadas pela gestão dependem as vidas de milhares de pessoas. “Quatro anos perdidos, com um governo errado, podem significar a sobrevivência de um jovem que esperava pelo emprego ou de uma mulher que precisava de atendimento médico”, discursou. Ele lembrou que em 2006, quando disputou o governo do estado pela primeira vez, começou a disputa com apenas 4% das intenções de voto. “Já muita gente boa de ganhou nas pesquisas, nós vamos vencer nas urnas”, afirmou.

“Nossos adversários não tem o que mostrar. As pessoas vão começar a saber quem está nos acompanhando, quem está jogando em nosso time. Vamos vencer as eleições”, falou Paulo Câmara. Ele convocou a militância a ganhar as ruas e garantir a vitória da Frente Popular. “Vamos com garra, coração e fé construir esta vitória”.

Petrolândia: Morte trágica de 'Mauro das Bicicletas' entristece a cidade


Mauro José Soares, o popular 'Mauro das Bicicletas', morreu aos 54 anos, vítima de acidente de trânsito na noite deste domingo (03)

Mauro e sua esposa, Rosilda, sofreram acidente de moto. Mauro morreu e sua esposa está internada no Hospital da Restauração, em Recife

A cidade de Petrolândia, no Sertão de Pernambuco, amanheceu entristecida com a notícia da morte de uma das pessoas mais populares da cidade. Mauro José Soares, de 54 anos, mais conhecido como 'Mauro das Bicicletas' faleceu na noite deste domingo (03) em um acidente de trânsito ocorrido na BR-110, próximo ao distrito do Brejinho de Fora, na zona rural do município. Mauro conduzia uma moto Honda, com sua esposa na garupa, quando o veículo se chocou violentamente com um Fiat Uno. Segundo informações, o automóvel saía de uma propriedade em direção à BR-110 e estava parado no acostamento.

Ainda segundo informações, o motorista do Fiat, nada sofreu e teria pedido socorro para as vítimas ao Hospital Dr. Francisco Simões de Lima. Após os primeiros socorros, 'Mauro das Bicicletas' foi encaminhado para o Recife, porém, durante o trajeto, devido à gravidade dos ferimentos, foi realizado encaminhamento de urgência ao hospital mais próximo. Mauro faleceu ao dar entrada no Hospital Municipal de Santana do Ipanema, em Alagoas. O corpo de Mauro foi encaminhado para Caruaru para ser submetido a necropsia.

Rosilda Maria dos Santos Soares, de 47 anos, foi encaminhada ao Hospital da Restauração, no Recife. De acordo com informações de sua irmã, Ana Paula, ao Blog de Assis Ramalho, ela será submetida a uma cirurgia na tarde desta segunda-feira (04).

Mais informações a qualquer momento.

Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Arquivo da família

Petrolândia: Documentos encontrados de Hélio Amador de Souza no centro da cidade

Foto ilustrativa

Foi encontrada na manhã desta segunda-feira (04), nas dependências do PROCON-Petrolândia, uma carteira contendo os documentos do Sr. HÉLIO AMADOR DE SOUZA, filho de Adelino Bessa de Souza e Maria de Jesus Souza.

O proprietário deve procurar o PROCON, localizado na Rua Felipe Camarão, 96, Centro de Petrolândia-PE, próximo à Igreja Matriz.

Atenciosamente 

Antônio Pereira de Barros (coordenador administrativo)
Yara Tallyta de Sá (coordenadora jurídica)

Aumento da escolaridade do brasileiro começa a mudar perfil do eleitor


Se antes era prática comum prometer cestas básicas, emprego ou tratamento médico em troca de votos para conquistar um mandato, com o aumento da escolaridade do eleitor brasileiro essas propostas começam a perder espaço para um voto de mais qualidade. Para especialistas, há um novo eleitor em construção e a melhora no nível educacional pode se transformar em mais consciência política no médio prazo.

Apesar de a maior parte dos eleitores ainda ter baixa escolaridade, houve aumento no número de pessoas com superior completo e incompleto e ensino médio completo e incompleto. Dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que dos 142,8 milhões de eleitores aptos a votar no pleito de outubro, 5,6% (8 milhões) terminaram a graduação - 2,8 milhões de pessoas a mais que nas eleições de 2010.

O número de pessoas com superior incompleto também subiu em relação a 2010 – aumentou em 1,5 milhão, passando de 2,7% para 3,6%. O número de cidadãos com ensino médio completo aumentou em 5,9 milhões de pessoas, de 13,1% para 16,6%. Já o número de eleitores com ensino médio incompleto teve um incremento de 1,8 milhão, de 18,9% para 19,2%.

Em contrapartida, o número de analfabetos e dos que apenas leem e escrevem (analfabetos funcionais) diminuiu. São cerca de 700 mil analfabetos a menos que na eleição de 2010, passando de 5,8% dos eleitores para 5,1%. No caso dos analfabetos funcionais, são 2,5 milhões a menos no pleito de 2014, de 14,5% do eleitorado para 12%.

Para o cientista político Leonardo Barreto, especialista em comportamento eleitoral, o índice de desenvolvimento educacional do eleitor é reflexo da evolução dos indicadores de educação da população brasileira. “As pessoas melhoraram a capacidade de buscar e processar informações porque é isso que, basicamente, o nível de educação mais elevada proporciona.”

Paulo: "Temos a responsabilidade de representar a nova política"

Candidato defendeu a bandeira durante a inauguração do Espaço Conviver, de Felipe Carreras, neste domingo (Fotos: Wagner Ramos)

"Temos a responsabilidade de representar a nova política. De fazer um governo sem patrimonialismo, fisiologismo e que combata a corrupção. Um governo que olhe e escute a população. Uma gestão que, acima de tudo, entregue obras e ações". A declaração do candidato do PSB a governador, Paulo Câmara, traduz o jeito de governar da Frente Popular, que tem feito o Estado retornar à rota do desenvolvimento. O socialista defendeu a bandeira neste domingo (3), durante a inauguração do Espaço Conviver, do postulante a deputado federal Felipe Carreras (PSB).

Paulo Câmara destacou que Pernambuco, sob o seu comando, vai conseguir ir além. O socialista compreende que o seu futuro governo poderá colecionar uma série de avanços que, antes, não podiam ser esperados pela população. "Representamos a continuidade de um projeto que transformou o Estado. Mas podemos e faremos muito mais", assegurou.

O entusiasmo demonstrado pelo socialista empolgou os militantes e aliados que lotaram o ato. O futuro parlamentar, inclusive, destacou que cada pernambucano que conhecer Paulo Câmara terá a oportunidade de perceber que a sua entrega vai muito além do simples discurso. "Quem olha nos seus olhos vê que você, Paulo, é uma pessoa verdadeira, do bem. E que é compromissada", assinalou Felipe. O ato reuniu diversas lideranças e candidatos proporcionais da Frente Popular do Recife e do Interior do Estado.

Faixa de Gaza: Ban Ki-moon alerta sobre crescimento do antissemitismo na Europa


O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, disse que o conflito na Faixa de Gaza não deve conceder um pretexto para o crescente antissemitismo na Europa.

Em comunicado publicado ontem (3), Ban Ki-moon lamentou o recente aumento dos “ataques antissemitas particularmente na Europa", durante manifestações de protesto contra a ofensiva israelense em Gaza.

Para o responsável das Nações Unidas, o conflito no Médio Oriente “não deverá constituir um pretexto para a discriminação que pode afetar a paz social em qualquer lugar do mundo”. Ele defendeu um cessar-fogo imediato e uma solução negociada para o problema.

Um comitê israelense manifestou preocupação pelos incidentes antissemitas na Europa durante as manifestações contra a operação que Israel mantém há semanas na Faixa de Gaza e pelos atos antissemitas ocorridos em Paris, capital francesa.

Agência Brasil

Pensemos juntos na educação, artigo de Bruno Peron


Que é possível fazer para estimular o interesse dos jovens nas escolas? Até o momento atual, estes espaços educativos são apenas condicionamentos precoces de crianças para que, quando elas cresçam, reconheçam suas condições como seres pobres ou ricos, ignaros ou letrados, marginais ou bem-sucedidos. Assim, digo que escolas têm cumprido a função de funis que canalizam lágrimas de uma sociedade educacionalmente desigual em que o Estado desestimula enquanto o mercado seleciona através de cobrança de mensalidades.

Faço um exame breve do ensino secundário no Brasil, portanto sem avaliar o ensino superior. Aos poucos, demonstro que o problema da educação está menos nas universidades, como muitos educadores apregoam, e muito mais na mentalidade dos jovens que terminam o ensino secundário. Esta etapa de sua formação é a que vai definir o nível dos cidadãos que se soltam nas arenas do mercado de trabalho e nas interações públicas. Não nos surpreendamos com que, na mesma calçada, seres mal-educados trombem com seres de nobreza cívica.

Para prosseguir meu raciocínio, é preocupante que os jovens tenham cada vez menos desejo de ir às escolas. Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) indicam que somente 22,4% dos jovens de famílias pobres no Brasil completam o ensino secundário quando chegam aos 19 anos, enquanto 84,1% dos vinte por cento dos jovens de famílias mais ricas o terminam nesta idade (Priscilla Borges, iG Brasília, 29 de junho de 2014).

Ademais, meios de comunicação e profissionais da área informam-nos que escolas públicas são lugares de estrutura precária, professores desmotivados e sem autoridade, métodos enfadonhos de ensino-decoreba, tráfico de drogas, e provocações entre colegas que não se dão bem. Quando gestores escolares fazem algum investimento em infraestrutura e tecnologia, escolas viram cenário de furtos e vandalismo. Mostra-se, assim, desrespeito com a formação dos jovens e denigrem-se tentativas de construção de um país com cidadãos.