segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

Caixa amplia para R$ 12 bilhões a oferta de crédito agrícola; Confira os municípios que terão agências especializadas

 

A Caixa Econômica Federal ampliou para R$ 12 bilhões o volume de crédito do Custeio Agro Antecipado disponível para o primeiro semestre. Desse montante, que começou a ser emprestado em dezembro do ano passado, cerca de R$ 8 bilhões já foram contratados, informou nesta segunda-feira (22) o presidente do banco, Pedro Guimarães, durante uma transmissão na internet.

"Nós temos R$ 12 bilhões para o semestre atual e já emprestamos mais de R$ 8 bilhões. Isso para a safra que começa no meio de 2021, ou seja, já antecipamos, isso é um recorde na Caixa Econômica Federal. Eram, antes, R$ 3 bilhões, então nós já temos quatro vezes mais que a carteira anterior", afirmou. A expectativa do banco é de que todas as operações sejam contratadas até o mês de abril. Do total de crédito oferecido, R$ 4 bilhões são para investimento e R$ 8 bilhões são para financiar atividades de custeio, comercialização e industrialização.

Segundo a Caixa, os recursos atendem a diversas finalidades, especialmente para financiar as despesas do ciclo de produção das principais culturas do país, como soja, milho, algodão, arroz, feijão, mandioca e café, bem como atividades pecuárias.

Entre as modalidades contempladas nas linhas de crédito rural do banco, empréstimos para o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), para o Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) e para outros empreendimentos do campo. No caso do Pronaf, voltado a pequenos agricultores e assentados da reforma agrária, o financiamento se destina à aquisição de insumos e pagamento de serviços, com taxa de juros a partir de 2,75% ao ano, que varia de acordo com o empreendimento financiado.

No Pronamp, as linhas de custeio e de investimento permitem financiar tanto despesas inerentes ao ciclo produtivo, quanto ações de implantação, ampliação ou modernização da infraestrutura de produção e a realização de serviços relacionados à melhoria da atividade agropecuária na propriedade. Além disso, podem viabilizar a aquisição de bens ou serviços cuja utilização se estenda por vários períodos de produção. A taxa parte de 4% ao ano e varia de acordo com o empreendimento financiado.

Para a ministra da Agricultura, Teresa Cristina, que participou da live ao lado do presidente da Caixa, a ampliação da participação do banco nesses investimentos é fundamental para o agronegócio. "O agro brasileiro cresceu muito e nós precisamos de mais bancos chegando", disse.

De acordo com a Caixa, entre janeiro e dezembro do ano passado, o volume de recursos emprestados em operações de crédito rural cresceu 73%, em comparação ao ano de 2019. Nos últimos 8 anos, a Caixa Econômica emprestou cerca de R$ 44 bilhões ao setor do agronegócio. O volume é modesto se comparado às operações de crédito agrícola de outros bancos com forte penetração no setor, como o Banco do Brasil, mas, segundo Pedro Guimarães, a meta da Caixa é ampliar para R$ 40 bilhões a carteira anual de crédito agrícola até o fim de 2022.
Agências especializadas

Durante a live, o presidente da Caixa Econômica também deu detalhes sobre a abertura 21 novas agências especializadas no atendimento ao agronegócio. Cada uma delas contará com estrutura e equipe dedicadas ao atendimento exclusivo dos produtores rurais.

Segundo o banco, os municípios que receberão as unidades especializadas no agronegócio foram definidos considerando a estratégia de atuação do banco para o setor e o potencial para o mercado nas regiões (confira a lista completa abaixo).

Municípios que terão agências especializadas em agronegócio da Caixa Econômica Federal:

Centro-Oeste
Canarana/MT
Chapadão do Sul/MS
São Gabriel do Oeste/MS
Campo Novo dos Parecis/MT
Porangatu/GO
Cristalina/GO
Primavera do Leste/MT
Sorriso/MT
Dourados/MS
Rio Verde/GO

Nordeste
Bom Jesus/PI
Barreiras/BA
Petrolina/PE

Sudeste
Patrocínio/MG
Araxá/MG
Uberaba/MG
Bauru/SP
Uberlândia/MG

Sul
Campo Mourão/PR
Uruguaiana/RS
Guarapuava/PR

Por Agência Brasil

Petrolândia (COVID-19): Novo boletim informativo aponta que subiu de 10 para 14 o número de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus - veja o quadro completo


Boletim informativo da prefeitura de Petrolândia divulgado na noite desta segunda-feira (22/02) - com data de 19/02 - , informa que subiu de 10 para 14 o número de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus no município. 11 estão em isolamento domiciliar e 03 em internamento. 

O município tem 25 pessoas com a suspeita do vírus.

Para maiores informações e esclarecimentos, entre em contato com a vigilância epidemiológica pelo número (87) 9646-5830

A TENÇÃO, A PANDEMIA NÃO ACABOU!
A secretaria de saúde do município faz apelo à população: Se puder fique em casa, se precisar sair, use máscara.

VEJA ABAIXO O QUADRO COMPLETO



Confira abaixo o quadro completo e locais com casos ativos



Confira abaixo o quadro comparativo com o último boletim divulgado no dia 16 de fevereiro de 2021



 

Redação do Blog de Assis Ramalho
Informação/Prefeitura de Petrolândia

Petrolândia: Confira escala e nomes de médicos que atenderão nesta semana na Clínica Mais Saúde; ligue e marque sua consulta

 


A Clínica Mais Saúde, localizada na Av Auspício Valgueiro de Barros, em frente a Escola Delmiro Gouveia, informa atendimento para a esta semana, de 22 a 26 de fevereiro de/2021; confira acima!
Telefone para marcação de consultas:

3851 - 0533 - Cel. 87 - 9.9902-8197

A Clínica Mais Saúde realiza Exames Laboratoriais de segunda a sexta-feira (veja abaixo).


SAIBA SOBRE A MAIS SAÚDE




A Clínica Mais Saúde realiza Exames Laboratoriais de segunda a sexta-feira (veja abaixo).
R












Adquira já o seu cartão de desconto SYSTEM SAÚDE e ganhe excelentes descontos!SAIBA SOBRE O SYSTEM SAÚDE

Adquira já o seu!






Redação do Blog de Assis Ramalho
Informação: Clinica Mais Saúde

Petrolândia: Aprenda teclado e violão com o professor Sandro Ramos; faça já a sua matrícula


Aulas de Teclado e violão é com o instrutor: Sandro Ramos. MATRICULAS ABERTAS Para INICIANTES. Crianças a patir de 10 anos podem se Matricular. Informações pelo Whastsap 87 9 9995 5385.

Divulgação/Professor Sandro Ramos

Pesquisa CNT aponta que 35,5% desaprovam e 32,9% aprovam governo Bolsonaro



O percentual dos que consideram o governo do presidente Jair Bolsonaro ruim ou péssimo subiu para 35,5%, segundo uma pesquisa CNT/MDA divulgada nesta segunda-feira (22).

Em outubro de 2020, os que desaprovavam a administração do chefe do Executivo somavam 27,2%. Já os que acham o governo bom ou ótimo somam 32,9%, ante 41,2% em outubro do ano passado. A porcentagem dos que avaliam a gestão de Bolsonaro como regular chega a 30,2%.

Ainda de acordo com a pesquisa, 32,3% dos brasileiros avaliam o governador do seu respectivo estado como bom ou ótimo e 30,5% como ruim ou péssimo.
Desempenho pessoal

Questionados sobre o desempenho pessoal do presidente Jair Bolsonaro, 51,4% dos entrevistados disseram que desaprovam e 43,5 declararam que aprovam. Outros 5,1% não souberam ou não responderam.
Expectativa de empregos

A pesquisa também perguntou sobre a expectativa para a situação do emprego no país para os próximos seis meses. Para 28,1% da população, a situação vai melhorar. Para 40%, vai piorar e 30,3% consideram que vai ficar igual.

Em relação à renda mensal para os próximos seis meses, 22,7% acreditam que vai melhorar, 24% acham que vai diminuir e 51% consideram que ficará igual.
Posse de armas

Entre as principais bandeiras do atual governo está o decreto que flexibiliza a compra e a posse de armas de fogo. No entanto, 68,2% dos entrevistados se disseram contra a medida e 28,8% a favor.

Ainda de acordo com a pesquisa, 74,2% não têm posse e não manifestam interesse em passar a ter e 19,7% não têm posse, mas gostaria de ter.

Outros 3,7% dos entrevistados têm a posse de arma de fogo aprovada, enquanto 1,6% ainda aguarda a aprovação do pedido de liberação.
A pesquisa

A CNT/MDA entrevistou 2.002 pessoas de forma presencial, entre 18 e 20 de fevereiro, em 137 cidades de 25 Unidades da Federação. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais. O nível de confiança é de 95%.

Por CNN Brasil

Presidente da Câmara assume Prefeitura de Arcoverde


O Tribunal Regional Eleitoral, que anulou a eleição de Arcoverde pela unanimidade dos seus sete integrantes, na última sexta-feira, já tornou público, hoje, o acórdão (decisão final proferida sobre um processo por tribunal superior, que funciona como paradigma para solucionar casos análogos). Com isso, vence à zero hora de hoje o prazo para que o agora prefeito cassado Wellington Maciel (MDB) se afaste.

Com a vacância, que cabe em decisão do juiz eleitoral da Comarca, a ser proferida amanhã, assume, interinamente, o presidente da Câmara de Arcoverde, Weverton Siqueira, o Siqueirinha (PSB), até a convocação de novas eleições.

Via Blog do Magno

Toque de Recolher divide opinião em Belém do São Francisco


O prefeito do município de Belém do São Francisco, Gustavo Caribé, assinou o decreto municipal nº 12/2021, onde estabelece toque de recolher, que teve inicio na noite do último sábado dia 20 e vai até a quinta-feira dia 25. O decreto diz que fica proibida a circulação de pessoas nas ruas do município entre as 22h até as 5h da manhã do dia seguinte, ainda de acordo com o decreto fica autorizada a apreensão de veículos, assim como a condução coercitiva de pessoas pela autoridade policial.

A população belemita e em especial pais de alunos estão em dúvidas quanto ao procedimento a ser adotado aos alunos que estudam no horário noturno, lembrando que a escola estadual Monsenhor João Pires, está com turmas que tem aulas com inicio às 18:40h até às 22h. Se as aulas terminam no horário que começa o toque de recolher, fica ao menos uma dúvida pra ser respondida pelas autoridades. Como alunos e professores vão chegar em sua casa? Questiona um belemita.

Outra situação ainda a ser aprofundada é no que diz respeito aos serviços de entrega delivery. Muitos pais de família dependem dessa atividade como fonte de renda e sustento de sua família, com esse decreto municipal assinado pelo prefeito Gustavo Caribé, esses profissionais ficaram sem atividade e por conta disso são os mais prejudicados. Outro questionamento que vem sendo feito pela população é sobre a proibição dos serviços de delivery, uma vez que essa modalidade de serviço não provoca aglomerações.

Por Didi Galvão

Justiça dá 72h para Bolsonaro se manifestar sobre troca na Petrobras

 

A Justiça Federal deu prazo de 72 horas para que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e a Petrobras se manifestem sobre pedido de liminar para impedir a mudança na gestão da empresa.

Indicado para assumir a chefia da Petrobras no lugar de Roberto Castello Branco, o general Joaquim Silva e Luna também deve ser intimado, conforme despacho expedido nesta segunda-feira (22/2) pelo juiz André Prado de Vasconcelos, da 7ª Vara Federal Cível de Minas Gerais.

“Por oportuno, destaco que, conforme amplamente divulgado pelos veículos de comunicação, a aprovação do indicado para a presidência da Petrobras depende de deliberação do respectivo Conselho de Administração, ainda não ocorrida. Assim, intimem-se os réus tão-somente para manifestação, no prazo de 72 horas, sobre o pedido de liminar, articulando, de forma concisa e objetiva, as razões e argumentos que entender pertinentes e relevantes à discussão da causa”, escreveu o magistrado.

Os advogados Gabriel Senra da Cunha Pereira e Daniel Perrelli Lança entraram com uma ação popular na Justiça Federal de MG com objetivo de barrar a troca de presidente da Petrobras, anunciada por Bolsonaro na última sexta-feira (19/2). Pereira confirmou à coluna Grande Angular o teor da solicitação e disse que a mudança trata-se de um “ato ilegal”.

A decisão de substituir Castello Branco ocorreu após uma sequência de alta nos preços da gasolina e do diesel vendidos às refinarias. Para ser efetivada, a mudança precisa de aprovação do Conselho de Administração da Petrobras, que tem reunião marcada para esta terça-feira (23/2).

O anúncio gerou reação do mercado financeiro, com queda das ações da petroleira e aumento do dólar. Em contrapartida, integrantes do governo saíram em defesa da prerrogativa de Bolsonaro para escolher o presidente da Petrobras.

Acionada pela coluna, a Advocacia-Geral da União (AGU) disse não comentar processos em tramitação judicial.

Confira, na íntegra, o despacho do juiz da 7ª Vara:Reprodução/Justiça FederalJustiça dá 72h para Bolsonaro se manifestar sobre troca na Petrobras


Por Portal Metrópoles

Câmara de Vereadores de Petrolândia arquiva denúncia do MPPE oferecida em desfavor do Vereador Said Sousa



Em Sessão Extraordinária os Vereadores de Petrolândia rejeitaram denúncia instaurada pelo (Ministério Público de Pernambuco (MPPE) que investiga suposta prática de corrupção do vereador Said Sousa quando no início de janeiro o vereador recém-empossado viralizou com um vídeo em que exibe dezenas de notas de R$100 e R$50, sem informar a procedência, mas alegando que tentaram compra-lo e ele não aceitaria. Todavia, o parlamentar não esclareceu a origem ou para onde foi aquele recurso, o que levou o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) a abrir uma investigação sobre o caso.
 
Para investigar o caso, a Câmara abriu uma Comissão de Ética para analisar a suposta quebra de decoro parlamentar, onde seria necessária a aprovação da maioria dos 11 edis da Casa

PLACAR FAVORÁVEL AO VEREADOR SAID SOUSA

8 Vereadores votaram concordando que não houve quebra de decoro ( Dedé de França, Naldo da Ambulância,  Nego Almeida, Evaldo da Melancia, Gil das Cestas Básica, Joilton Pereira, Jefferson Técio e Silvio Rogério).

O vereador Fabrício Cavalcante e absteve da votação, enquanto a vereadora Adelina Martins esteve ausente da reunião.

Veja abaixo a nota divulgada pela Câmara Municipal de Petrolândia

NOTA

A Câmara Municipal de Petrolândia, torna público e faz saber que, em 04 de janeiro de 2021, foi encaminhada a esta Casa Legislativa, Notícia de Fato, oferecida pelo Ministério Público do Município de Petrolândia em razão de expediente em vídeo, encaminhado àquela Egrégia Promotoria de justiça, através do qual, em conformidade com despacho inicial "O Vereador Said Sousa, relata ter recebido vultuosa quantia em dinheiro, sem indicar a origem, porém, direcionada a possível captação política"

Isto posto, cumprindo-se o que determina o Regimento Interno da Casa, a Comissão de Ética Parlamentar, já existente, integrada pelos Srs. Vereadores Evaldo José de Sá (Presidente), Jefferson Técio (Relator) e Gilberlânio Felizardo (Membro) foi convocada através da Portaria nº 014/2021 (Em anexo), para fins de averiguação ao fato descrito.

Desta forma, após, vastas apreciações à situação apontada, e após oitiva do acusado, que na ocasião, apresentou Defesa Escrita, a Comissão supracitada, considerou que as manifestações do representado encontravam-se albergadas pela imunidade material, não vislumbrando abuso passível de sanção, razão pelo qual submetia seu Parecer Prévio, ao Plenário desta Casa, pugnando pelo arquivamento da denúncia, como assim, foi viabilizado.

Assim sendo, em Sessão Extraordinária, realizada dia 27.01.2021, foi tramitado Projeto de Resolução nº 001/2021, (Em anexo), cuja Ementa, Rejeita a Notícia de Fato (Denúncia) do Ministério Público de Petrolândia, oferecida em desfavor do VEREADOR SAID OLIVEIRA DE SOUSA e dá outras providências, sendo, pois aprovado por 08 votos a favor, e 01 abstenção (Ata em anexo), ficando desta forma, Rejeitada a Notícia de Fato, oriunda do Ministério Público, oferecida em desfavor do Vereador Said Oliveira de Sousa.

Petrolândia, 15 de Fevereiro de 2021

Erinaldo Alencar Fernandes

Presidente

Vídeo! Bolsonaro critica Presidente da Petrobras e diz que dá para reduzir preço dos combustíveis em 10% com mudança no imposto


O presidente Jair Bolsonaro voltou a falar nesta segunda-feira (22) sobre mudança na tributação dos combustíveis. Segundo Bolsonaro, é possível reduzir em 10% o valor na bomba com alteração no ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

“O que acontece com os impostos. Eles são bitributados. O ICMS, por exemplo, incide não só em cima do preço do combustível na refinaria, bem como em cima da margem de lucro dos postos, dos ganhos das transportadoras, bem como em cima de PIS/Cofins. Incide em cima do próprio ICMS. Então, só de jogar em cima disso aí, no mínimo 10% reduz o preço do combustível no final da linha", afirmou o presidente a apoiadores em frente ao Alvorada.      Veja vídeo abaixo



De acordo com Bolsonaro, o fato de não ter um órgão ou instituição voltada especificamente para acompanhar o valor do combustível é o responsável pela situação em que o setor se encontra. "A ANP tem a missão de controlar a qualidade do combustível. Do nosso lado, o Inmetro [cuida] é o volume. A questão das notas fiscais, a bitributação é a Receita. No fundo, ninguém fazia nada. E eu tenho que descobrir sozinho isso? Então, a gente vai mudar. Mudança tem no governo sempre que se fizer necessário", afirmou.

O reflexo disso e da indicação do general Joaquim Silva e Luna para o comando da Petrobras, no lugar de Roberto Castello Branco, têm feito os papéis da petroleira despencarem e o dólar subir mais de 2% nesta segunda.

Por CNN Brasil
Vídeo: Foco do Brasil

Líder do governo no Senado, FBC defende medidas tomadas por Bolsonaro sobre decretos de armas e Petrobras


Em entrevista ao programa Passando a Limpo, da Rádio Jornal, na manhã desta segunda-feira (22), o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) defendeu recentes medidas do governo do presidente Jair Bolsonaro. Bezerra, que é líder do governo no Senado, falou sobre decretos que facilitam a aquisição de armas de fogo e sobre a mudança na presidência da Petrobrás.
 
Questionado sobre uma carta enviada pelo ex-ministro da Defesa Raul Jungmann ao Supremo Tribunal Federal, na qual Jungmann alerta para os riscos da ampla facilitação na compra de armas e diz que há riscos de uma guerra civil no Brasil, FBC minimizou a fala do colega pernambucano. “É um exagero do ministro Raul Jungmann dizer que está estimulando guerra civil com a ampliação da aquisição do número de armas por cada cidadão brasileiro. Acho que o ministro Jungmann se lembra bem que quando essa matéria foi levada a plebiscito, o povo brasileiro foi a favor do armamento. O presidente Bolsonaro foi eleito com essa bandeira. Agora, o fato de poder ter uma arma, isso não quer dizer que vai ter guerra civil”, disse o parlamentar.

“Agora, acho que tem de ter controle, mais fiscalização, temos de ter cuidado com o porte e com a posse da arma. Uma coisa é poder ter a posse na sua propriedade, a outra coisa é sair portando arma na rua. Precisamos ter cautela nessas afirmações”, acrescentou o senador.
Petrobras

FBC também falou sobre a mudança na presidência da Petrobrás, criticada por vários economistas por representar uma interferência política na estatal. “Estão achando que o governo está indo para um caminho inconsequente para a responsabilidade fiscal. Nem os números da economia apontam para isso. Agora, por outro lado, pergunta se alguém está feliz com o aumento de 30% do valor da gasolina em dois meses. Claro que não. Então, o que está de errado é a política de preços da Petrobrás. Esse problema você não tem só com o Bolsonaro, mas com outros ex-presidentes. Essa discussão de qual é a melhor política de preços se verifica em vários países do mundo. O presidente está mostrando preocupação com uma política de preços que não está se mostrando a melhor”, afirmou.

Por Rádio Jornal do Comércio

Boletim desta segunda (22/02/2021): Pernambuco registra 689 novos casos e 14 óbitos por Covid-19 nas últimas 24h

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta segunda-feira (22), 689 casos de Covid-19. Entre os confirmados, 40 (6%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 649 (94%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 291.189 casos confirmados da doença, sendo 32.131 graves e 259.058 leves.

Também foram confirmados 14 óbitos, ocorridos entre 12 de fevereiro deste ano e esse domingo (21). Com isso, o estado totaliza 10.863 mortes pela Covid-19. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

Por Folha de Pernambuco

Ninguém vai interferir na política de preços da Petrobras, diz Bolsonaro após intervenção

 

Diante do derretimento da Petrobras após o anúncio de intervenção do Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta segunda-feira (22) que não irá interferir na política de preços da estatal.

"Ninguém vai interferir na política de preços da Petrobras", disse Bolsonaro a apoiadores, na entrada do Palácio da Alvorada.

As declarações na porta da residência oficial foram transmitidas por um canal simpático ao presidente com acesso à área em que a imprensa não pode entrar.

"Eu não peço não, eu exijo transparência de quem é subordinado meu", disse o mandatário.

As ações da Petrobras caem mais de 17% na manhã desta segunda, enquanto outras estatais como Eletrobras, Banco do Brasil e Sabesp acompanham o rítmo de queda. Em Nova York, os papéis da petroleira também despencam mais de 16%.

Na noite de sexta-feira (19), Bolsonaro concretizou as insinuações que começou a fazer na noite anterior, em sua live, e anunciou a indicação do general Joaquim Silva e Luna como novo presidente da Petrobras.

Se a intervenção de Bolsonaro na estatal for confirmada pelo conselho de administração da companhia, ele substituirá Roberto Castello Branco, alvo de críticas de Bolsonaro.

Logo depois do anúncio de Bolsonaro, a Petrobras perdeu cerca de R$ 60 bilhões em valor de mercado – R$ 28 bilhões na Bolsa brasileira e outros R$ 30 bilhões nas negociações dos papéis no exterior.

No domingo, a XP Investimentos rebaixou sua recomendação para as ações da Petrobras de neutro para venda. O preço-alvo foi revisado de R$ 32, na avaliação anterior, para R$ 24, tanto para ações ordinárias (com direito a voto) quanto para as preferenciais (sem direito a voto).

"É sinal que alguns do mercado financeiro estão muito felizes com a política que só tem um viés na Petrobras: atender os interesses próprios de alguns grupos no Brasil, nada mais além disso", afirmou Bolsonaro.

O presidente também criticou o atual presidente da Petrobras porque Castello Branco vinha trabalhando de casa durante a pandemia. Ele também criticou o salário do chefe da estatal.

"O atual presidente da Petrobras está 11 meses em casa sem trabalhar, né, trabalha de forma remota. Agora, o chefe tem que estar na frente, bem como seus diretores. Isso, para mim, é inadmissível. Descobri isso há poucas semanas", disse Bolsonaro.

"Imagine eu, presidente, em casa, com medo do Covid, ficando aqui o tempo todo no Alvorada. Não justifica isso daí. Inclusive, o ritmo de muitos servidores lá está diferenciado. Ninguém quer perseguir servidor, muito pelo contrário, temos que valorizar os servidores. Agora, o petróleo é nosso ou é de um pequeno grupo no Brasil?", indagou o chefe do Executivo.

Um pouco depois, Bolsonaro indagou se seus apoiadores tinham ideia de quanto ganha o presidente da Petrobras.

"Queremos saber de números concretos do que acontece lá, bem como a política salarial do presidente e seus diretores", disse Bolsonaro.

"Alguém sabe quanto ganha o presidente da Petrobras? R$ 50 mil por semana? É mais do que isso por semana. Então, tem coisa que não está certa. Não quero que ele ganhe R$ 10 mil por mês também não, tem que ser uma pessoa qualificada, mas não ter este tipo de política salarial lá dentro", disse Bolsonaro.

"E para ficar em casa, trabalhando de casa. No meu entender, não justifica. Pode até estar fazendo um bom trabalho de casa, mas, para mim, não justifica essa ausência da empresa."

Por Folhapress

Conselho Municipal de Direitos da Mulher de Petrolândia convoca conselheiras para reunião de forma remota


Retomando os trabalhos do Conselho, convocamos todas as conselheiras para esta reunião, que será de forma remota porque precisamos contar com as titulares e suas suplentes. Respeitando as medidas de isolamento social e a distância mínima para um encontro presencial, o número de participantes pode exceder o aceitável. Portanto, vamos usar o aplicativo Google Meet para essa primeira conferência de 2021.
 
O link já foi enviado via aplicativo de mensagem e e-mail.
Avisamos que está aberta para a população. Caso se interesse, envie mensagem pelo direct e encaminharemos o link de acesso.
Pauta da Reunião:
 
1. Renovação do Conselho (com a mudança de governo, algumas conselheiras não podem mais representar os órgãos pelos quais foram indicadas);
 
2. Proposta de realização de um encontro com entidades e governo para indicação das novas conselheiras;
 
3. Retomar discussão de reformulação do Estatuto para abertura do espaço de participação dos coletivos e órgãos não governamentais que atuem na defesa da mulher em instâncias sociais;
 
4. Apresentação da nova Coordenadoria da Mulher.

Por: Conselho Municipal de Direitos da Mulher de Petrolândia

Confira quem tem direito a receber o 13º do Bolsa Família entre os dias 22 e 26 de fevereiro


Beneficiários do Bolsa Família começaram a receber, no dia 11 de fevereiro, a 13ª parcela do benefício, referente ao ano de 2020. O pagamento foi dividido com base no mês de nascimento do responsável pela família e no número do NIS (o Número de Identificação Social). Na prática, recebe primeiro, ainda em fevereiro, quem nasceu entre os meses de janeiro e abril. Depois, em março, recebem os nascidos entre maio e agosto. Por último, os nascidos entre setembro e dezembro recebem o 13º do Bolsa Família no próximo mês de abril.

Confira quem tem direito a receber o 13º do Bolsa Família entre os dias 22 e 26 de fevereiro:


Nesta semana, recebem o 13º salário do Bolsa Família os nascidos entre janeiro e abril e que têm o NIS terminados em 6, 7, 8, 9 ou 0. Confira o calendário:

22/02 (segunda-feira) - NIS final 6
23/02 (terça-feira) - NIS final 7
24/02 (quarta-feira) - NIS final 8
25/02 (quinta-feira) - NIS final 9
26/02 (sexta-feira) - NIS final 0

Já receberam o 13º os beneficiários do bolsa família que nasceram entre janeiro e abril com NIS terminados em 1, 2, 3, 4 ou 5. O calendário com as outras datas de pagamento está no fim desta reportagem. O pagamento é feito pelo governo estadual.

Por Rádio Jornal

Petrolândia: Live ''Baú das Antigas'' com Renata Hélly acontece neste sábado (27)


Divulgação/ Renata Hélly 

Petrolândia: “Vamos fazer uma projeção dela sob o âmbito nacional”, diz Fabiano Oliveira, empresário da modelo teen Geovana Souza


Na manhã deste domingo (21), Fabiano Oliveira, empresário da Miss Pernambuco Teen Geovana Souza, concedeu entrevista ao Programa Domingo Arretado, da Rádio 87Fm, na cidade de Garanhuns.

Dentre outros assuntos, Fabiano Oliveira comentou sobre o concurso Miss Brasil Teen, no qual Geovana Souza está representando o Estado de Pernambuco. O empresário afirmou que acredita que a modelo estará entre as três finalistas que disputarão o título na noite da próxima terça-feira (23), em Curitiba.

Fabiano Oliveira destacou, ainda, que Geovana é uma miss por natureza e que, mesmo que ela não receba a faixa do Miss Brasil Teen, a equipe buscará projetá-la no cenário nacional.

Petrolandenses e pernambucanos em geral estão torcendo para que a jovem de 17 anos desenvolva uma carreira brilhante e de sucesso.

Confira no vídeo abaixo um resumo da entrevista.



Blog de Assis Ramalho


Prefeitura de Petrolandia capacita sua Guarda Civil Municipal

Curso de Legislação Aplicada a Atividade da Guarda Civil Municipal e Aperfeiçoamento prático em Busca Pessoal e Veículos.




Pensando na qualidade da prestação do serviço público. A Prefeitura Municipal de Petrolandia-PE, está capacitando sua Guarda Cívil Municipal.

O curso além da parte prática de atuação, conta com uma carga horária teórica em Direito Constitucional, Direito Penal, Processo Penal e Legislação Extravagante. Todas voltadas especificamente para atuação dos GCM através de uma equipe Especializada.

Blog de assis Ramalho
Por - Secretaria de Segurança Cidadã - Sec. Cléber Diniz

Governo promete antecipar abono e 13º dos aposentados


O governo quer garantir uma injeção de R$ 57 bilhões na economia brasileira com a antecipação do 13º de aposentados e pensionistas do INSS e do abono salarial, uma espécie de 14º salário a trabalhadores com carteira que ganham até dois salários mínimos. As duas medidas não têm impacto nas contas porque só alteram o calendário de um pagamento já previsto para o ano, mas devem ajudar a segurar os efeitos negativos do recrudescimento da pandemia de covid-19 sobre a atividade econômica.

A antecipação do abono é a única medida que já saiu do papel, com repasses que podem chegar a R$ 7,33 bilhões. Já o pagamento adiantado do 13º dos beneficiários da Previdência ainda depende de uma definição sobre o calendário. Cada parcela representa uma injeção de cerca de R$ 25 bilhões, segundo apurou o jornal O Estado de S. Paulo. A proposta em estudo é repetir a antecipação das duas parcelas, já realizada no ano passado.

O recurso já foi utilizado em 2020, quando o 13º dos aposentados e pensionistas foi pago nos meses de março e maio. A divisão em 2021 ainda está indefinida e depende da disponibilidade de caixa do Tesouro Nacional, que já precisa administrar mais de R$ 700 bilhões em compromissos com investidores da dívida pública do País nos primeiros quatro meses do ano.

A ação, porém, deve garantir algum fôlego à atividade enquanto governo e Congresso se acertam em torno do tamanho da nova rodada do auxílio emergencial a vulneráveis. Em meio ao aumento do número de casos de covid-19, a economia brasileira começou 2021 dando sinais de perda de fôlego, e a queda no Produto Interno Bruto (PIB) pode se prolongar até o fim do segundo trimestre deste ano, minando a trajetória de recuperação aguardada pela equipe econômica.

O auxílio é um ponto delicado das negociações porque depende de dinheiro novo, a ser obtido pelo governo via endividamento, já bastante elevado por causa das medidas de socorro adotadas em 2020. Nos últimos dias, as negociações caminharam rumo a um arranjo de quatro novas parcelas de R$ 250, mas parlamentares da base aliada do governo ainda tentam emplacar valores maiores, de R$ 280 a R$ 320. A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, tem cobrado medidas de ajuste para compensar o novo esforço de ajuda à população, ainda que venham num segundo momento.

Sem impacto

Para contornar as restrições, uma das frentes de trabalho da equipe econômica tem focado em medidas sem impacto fiscal. Uma das ações em estudo é direcionar recursos hoje parados no Fundo Garantidor para Investimentos (FGI), voltado a facilitar operações de crédito a pequenas e médias empresas por meio do Programa Emergencial de Acesso a Crédito (Peac), ao Fundo de Garantia de Operações (FGO), que deu suporte ao Pronampe, programa voltado a micro, pequenas e médias empresas que teve suas linhas esgotadas diante da alta demanda. Com a transferência dos recursos, seria possível viabilizar uma nova rodada de crédito mais acessível aos pequenos empresários.

As condições devem ser alteradas para permitir que mais empresas acessem a linha, com uma parcela menor do crédito garantida pelo fundo em troca de uma taxa de juros levemente maior, mas ainda abaixo do cobrado em média pelos bancos.

O governo também trabalha para baratear e facilitar o acesso de famílias beneficiárias de programas sociais a linhas de microcrédito, como já mostrou o jornal O Estado de S. Paulo. O uso de fundos garantidores ou mecanismos de aval solidário, em que todos os integrantes de um grupo são responsáveis pelos pagamentos em dia das prestações, são analisados para tornar a operação viável.

Em outra frente, a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) abriu uma renegociação de débitos tributários para empresas que postergaram os pagamentos de tributos entre março e dezembro de 2020 e ainda não têm condições de pagá-los.

Redução de jornada

A restrição fiscal, por sua vez, tem colocado obstáculos à retomada do programa que permite às empresas reduzir salário e jornada de trabalhadores ou suspender contratos, acenada pelo próprio ministro Paulo Guedes.

O Estadão

Confira a lista atualizada de cidades da Bahia com toque de recolher

Glória está na  lista  de cidades da Bahia com toque de recolher

O toque de recolher da Bahia foi ampliado e expandido pelo governador Rui Costa. A partir desta segunda (22), haverá restrições das 20h às 5h, começando duas horas antes do que indiciado inicialmente pelo decreto. Rui justificou o maior rigor por conta do crescimento da taxa de ocupação de UTis covid-19 no estado. A única região que fica de fora do toque de recolher é a Oeste.

Foram incluídos os municípios de América Dourada, Barra do Mendes, Barro Alto, Caém, Cafarnaum, Caldeirão Grande, Canarana, Capim Grosso, Central, Gentio do Ouro, Ibipeba, Ibititá, Irecê, Itaguaçu da Bahia, Jacobina, João Dourado, Jussara, Lapão, Mairi, Miguel Calmon, Mirangaba, Morro do Chapéu, Mulungu do Morro, Ourolândia, Piritiba, Presidente Dutra, Quixabeira, São Gabriel, São José do Jacuípe, Saúde, Serrolândia, Tapiramutá, Uibaí, Umburanas, Várzea da Roça, Várzea do Poço, Várzea Nova e Xique-Xique.

A restrição na circulação das pessoas compreende o período das 20h às 5h. O atendimento presencial em bares, restaurantes, lojas de conveniência e demais estabelecimentos similares que comercializem bebidas alcóolicas deve ser encerrado às 18h. Apenas o delivery de alimentos fica permitido até as 23h. A medida vale até o dia 28 de fevereiro.
 

Lista dos municípios com toque de recolher:

1. Abaíra
2. Abaré
3. Acajutiba
4. Adustina
5. Água Fria
6. Aiquara
7. Alagoinhas
8. Alcobaça
9. Almadina
10. Amargosa
11. Amélia Rodrigues
12. América Dourada
13. Anagé
14. Andaraí
15. Andorinha
16. Anguera
17. Antas
18. Antônio Cardoso
19. Antônio Gonçalves
20. Aporá
21. Apuarema
22. Araçás
23. Aracatu
24. Araci
25. Aramari
26. Arataca
27. Aratuípe
28. Aurelino Leal
29. Baixa Grande
30. Banzaê
31. Barra da Estiva
32. Barra do Choça
33. Barra do Mendes
34. Barra do Rocha
35. Barro Alto
36. Barro Preto
37. Barrocas
38. Belmonte
39. Belo Campo
40. Biritinga
41. Boa Nova
42. Boa Vista do Tupim
43. Bom Jesus da Serra
44. Boninal
45. Bonito
46. Boquira
47. Botuporã
48. Brejões
49. Brumado
50. Buerarema
51. Caatiba
52. Cabaceiras do Paraguaçu
53. Cachoeira
54. Caculé
55. Caem
56. Caetanos
57. Caetité
58. Cafarnaum
59. Cairu
60. Caldeirão Grande
61. Camacã
62. Camaçari
63. Camamu
64. Campo Alegre de Lourdes
65. Campo Formoso
66. Canarana
67. Canavieiras
68. Candeal
69. Candeias
70. Candiba
71. Cândido Sales
72. Cansanção
73. Canudos
74. Capela do Alto Alegre
75. Capim Grosso
76. Caraíbas
77. Caravelas
78. Cardeal da Silva
79. Carinhanha
80. Casa Nova
81. Castro Alves
82. Catu
83. Caturama
84. Central
85. Chorrochó
86. Cícero Dantas
87. Cipó
88. Coaraci
89. Conceição da Feira
90. Conceição do Almeida
91. Conceição do Coité
92. Conceição do Jacuípe
93. Conde
94. Condeúba
95. Contendas do Sincorá
96. Coração de Maria
97. Cordeiros
98. Coronel João Sá
99. Cravolândia
100. Crisópolis
101. Cruz das Almas
102. Curaçá
103. Dário Meira
104. Dias d’Ávila
105. Dom Basílio
106. Dom Macedo Costa
107. Elísio Medrado
108. Encruzilhada
109. Entre Rios
110. Érico Cardoso
111. Esplanada
112. Euclides da Cunha
113. Eunápolis
114. Fátima
115. Feira da Mata
116. Feira de Santana
117. Filadélfia
118. Firmino Alves
119. Floresta Azul
120. Gandu
121. Gavião
122. Gentio do Ouro
123. Glória
124. Gongogi
125. Governador Mangabeira
126. Guajeru
127. Guanambi
128. Guaratinga
129. Heliópolis
130. Iaçu
131. Ibiassucê
132. Ibicaraí
133. Ibicoara
134. Ibicuí
135. Ibipeba
136. Ibipitanga
137. Ibiquera
138. Ibirapitanga
139. Ibirapuã
140. Ibirataia
141. Ibitiara
142. Ibititá
143. Ichu
144. Igaporã
145. Igrapiúna
146. Iguaí
147. Ilhéus
148. Inhambupe
149. Ipecaetá
150. Ipiaú
151. Ipirá
152. Irajuba
153. Iramaia
154. Iraquara
155. Irará
156. Irecê
157. Itabela
158. Itaberaba
159. Itabuna
160. Itacaré
161. Itaetê
162. Itagi
163. Itagibá
164. Itagimirim
165. Itaguaçu da Bahia
166. Itaju do Colônia
167. Itajuípe
168. Itamaraju
169. Itamari
170. Itambé
171. Itanagra
172. Itanhém
173. Itaparica
174. Itapé
175. Itapebi
176. Itapetinga
177. Itapicuru
178. Itapitanga
179. Itaquara
180. Itarantim
181. Itatim
182. Itiruçu
183. Itiúba
184. Itororó
185. Ituaçu
186. Ituberá
187. Iuiu
188. Jacaraci
189. Jacobina
190. Jaguaquara
191. Jaguarari
192. Jaguaripe
193. Jandaíra
194. Jequié
195. Jeremoabo
196. Jiquiriçá
197. Jitaúna
198. João Dourado
199. Juazeiro
200. Jucuruçu
201. Jussara
202. Jussari
203. Jussiape
204. Lafaiete Coutinho
205. Lagoa Real
206. Laje
207. Lajedão
208. Lajedinho
209. Lajedo do Tabocal
210. Lamarão
211. Lapão
212. Lauro de Freitas
213. Lençóis
214. Licínio de Almeida
215. Livramento de Nossa Senhora
216. Macajuba
217. Macarani
218. Macaúbas
219. Macururé
220. Madre de Deus
221. Maetinga
222. Maiquinique
223. Mairi
224. Malhada
225. Malhada de Pedras
226. Manoel Vitorino
227. Maracás
228. Maragogipe
229. Maraú
230. Marcionílio Souza
231. Mascote
232. Mata de São João
233. Matina
234. Medeiros Neto
235. Miguel Calmon
236. Milagres
237. Mirangaba
238. Mirante
239. Monte Santo
240. Morro do Chapéu
241. Mortugaba
242. Mucugê
243. Mucuri
244. Mulungu do Morro
245. Mundo Novo
246. Muniz Ferreira
247. Muritiba
248. Mutuípe
249. Nazaré
250. Nilo Peçanha
251. Nordestina
252. Nova Canaã
253. Nova Fátima
254. Nova Ibiá
255. Nova Itarana
256. Nova Redenção
257. Nova Soure
258. Nova Viçosa
259. Novo Horizonte
260. Novo Triunfo
261. Olindina
262. Ouriçangas
263. Ourolândia
264. Palmas de Monte Alto
265. Palmeiras
266. Paramirim
267. Paripiranga
268. Pau Brasil
269. Paulo Afonso
270. Pé de Serra
271. Pedrão
272. Pedro Alexandre
273. Piatã
274. Pilão Arcado
275. Pindaí
276. Pindobaçu
277. Pintadas
278. Piraí do Norte
279. Piripá
280. Piritiba
281. Planaltino
282. Planalto
283. Poções
284. Pojuca
285. Ponto Novo
286. Porto Seguro
287. Potiraguá
288. Prado
289. Presidente Dutra
290. Presidente Jânio Quadros
291. Presidente Tancredo Neves
292. Queimadas
293. Quijingue
294. Quixabeira
295. Rafael Jambeiro
296. Remanso
297. Retirolândia
298. Riachão do Jacuípe
299. Riacho de Santana

Por Correio da Bahia
300. Ribeira do Amparo
301. Ribeira do Pombal
302. Ribeirão do Largo
303. Rio de Contas
304. Rio do Antônio
305. Rio do Pires
306. Rio Real
307. Rodelas
308. Ruy Barbosa
309. Salinas da Margarida
310. Salvador
311. Santa Bárbara
312. Santa Brígida
313. Santa Cruz Cabrália
314. Santa Cruz da Vitória
315. Santa Inês
316. Santa Luzia
317. Santa Teresinha
318. Santaluz
319. Santanópolis
320. Santo Amaro
321. Santo Antônio de Jesus
322. Santo Estêvão
323. São Domingos
324. São Felipe
325. São Félix
326. São Francisco do Conde
327. São Gabriel
328. São Gonçalo dos Campos
329. São José da Vitória
330. São José do Jacuípe
331. São Miguel das Matas
332. São Sebastião do Passé
333. Sapeaçu
334. Sátiro Dias
335. Saubara
336. Saúde
337. Seabra
338. Sebastião Laranjeiras
339. Senhor do Bonfim
340. Sento Sé
341. Serra Preta
342. Serrinha
343. Serrolândia
344. Simões Filho
345. Sítio do Quinto
346. Sobradinho
347. Souto Soares
348. Tanhaçu
349. Tanque Novo
350. Tanquinho
351. Taperoá
352. Tapiramutá
353. Teixeira de Freitas
354. Teodoro Sampaio
355. Teofilândia
356. Teolândia
357. Terra Nova
358. Tremedal
359. Tucano
360. Uauá
361. Ubaíra
362. Ubaitaba
363. Ubatã
364. Uibaí
365. Umburanas
366. Una
367. Urandi
368. Uruçuca
369. Utinga
370. Valença
371. Valente
372. Várzea da Roça
373. Várzea do Poço
374. Várzea Nova
375. Varzedo
376. Vera Cruz
377. Vereda
378. Vitória da Conquista
379. Wagner
380. Wenceslau Guimarães
381. Xique-Xique