terça-feira, 22 de setembro de 2020

Petrolândia tem apenas 3 casos ativos de Covid-19, informa boletim da Secretaria Municipal de Saúde nesta terça (22/09)


Com 321 casos confirmados, a Secretaria de Saúde de Petrolândia divulgou na noite desta terça-feira (22/09) novo Boletim Informativo sobre o Coronavírus (Covid-19) no município, com apenas 3 casos ativos, sendo 1 no Projeto Apolônio Sales e 2 na Agrovila 05/Bloco 04, na zona rural. Os casos ativos estão em isolamento domiciliar e não há mais pacientes internados. 

Ainda há 30 casos suspeitos. 547 casos foram descartados após exames e 310 pessoas estão recuperadas da doença. 

A Covid-19 provocou 8 óbitos em Petrolândia. 

ATENÇÃO
A Secretaria de Saúde reforça que a população deve continuar mantendo o isolamento e distanciamento social. Se puder fique em casa, se precisar sair, use máscara.

Veja números atuais de terça-feira (22/09/2020)



Confira abaixo quadro comparativo com o (último) boletim divulgado na quinta-feira, 19/09/2020



Redação do Blog de Assis Ramalho
Foto: Pablo Silva

São Lourenço da Mata precisa organizar processo de cadastro e pagamento de artistas pela Lei Aldir Blanc

Os nomes de quem fará a análise dos cadastros de habilitação, documentos e deferimentos, bem como de quem apreciará qualquer recurso ou requerimento administrativo, precisam ser divulgados antecipadamente

Para garantir que a classe artística de São Lourenço da Mata tenha acesso aos benefícios propostos pela Lei Aldir Blanc (nº 14.017/2020), o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou à Prefeitura que efetue o prévio cadastro de todos (as) os (as) artistas e categorias ligadas à cultura e à arte situados no município, além de promover ampla divulgação das informações atinentes ao valor que lhe foi repassado e quais critérios utilizados para cadastramento das entidades ou pessoas físicas habilitadas ao pagamento, bem como a quantia que caberá a cada uma destas.

O cadastro precisa ser divulgado por todos os meios possíveis e efetivos de comunicação, nos meios urbanos ou rurais e com prazo, previamente estabelecido, para inscrição e apresentação dos documentos.

Para que o processo de cadastro e pagamento seja rápido, a Prefeitura deve contratar, sempre que possível, maior efetivo de pessoal. Locais, sedes ou pontos de atendimento devem ser acessíveis fisicamente, com presença de intérprete de libras, ledores e/ou material em braile, para viabilizar a comunicação e não dar ensejo a exclusões.

Petrolândia: Confira escala e nomes de médicos que atenderão nesta quarta (23/09) na Clínica Mais Saúde; ligue e marque sua consulta

 

A Clínica Mais Saúde, localizada em Petrolândia na Av Auspício Valgueiro de Barros, em frente a Escola Delmiro Gouveia, informa atendimento para esta quarta-feira, 23 de setembro de 2020: Confira

Confira abaixo profissionais médicos que atenderão na Mais Saúde de Petrolândia nesta quarta-feira, 23/09/2020.


Atende nesta quarta-feira (23/09) na Mais Saúde de Petrolândia



Atende nesta quarta-feira (23/09) na Mais Saúde de Petrolândia



Atende nesta quarta-feira (23/09) na Mais Saúde de Petrolândia




Atende nesta quarta-feira (23/09) na Mais Saúde de Petrolândia




Atende nesta quarta-feira (23/09) na Mais Saúde de Petrolândia



Atende nesta quarta-feira (23/09) na Mais Saúde de Petrolândia



Atende nesta quarta-feira (23/09) na Mais Saúde de Petrolândia

A Clínica Mais Saúde realiza Exames Laboratoriais de segunda a sexta-feira (veja abaixo).






Adquira já o seu cartão de desconto SYSTEM SAÚDE e ganhe excelentes descontos!SAIBA SOBRE O SYSTEM SAÚDE

Adquira já o seu!




Redação do Blog de Assis Ramalho
Informação: Clinica Mais Saúde

Contas julgadas irregulares de gestores públicos de Pernambuco ficam disponíveis ao público; confira


O Tribunal de Contas do Estado lançou, nesta segunda-feira (21), uma nova ferramenta que permite o acesso às informações de processos dos gestores públicos que tiveram contas rejeitadas ou julgadas pelo TCE nos últimos oito anos.

A plataforma online vai possibilitar ao público consultar, entre outros dados, as irregularidades da gestão, identificadas no relatório de auditoria das equipes técnicas do TCE, e a decisão do Pleno e das Câmaras julgadoras, sobre a rejeição das contas dos gestores públicos.

“É um serviço ao cidadão”, afirmou o presidente do TCE, conselheiro Dirceu Rodolfo de Melo Júnior. “Ao disponibilizar essas informações detalhadas ao público, o Tribunal de Contas estimula o controle social e tenta contribuir para que a sociedade exerça o direito do voto com mais conhecimento sobre o seu candidato nas eleições de 15 de novembro”, disse ele.

“É importante que a sociedade conheça o perfil do gestor, entenda como foi o seu desempenho e analise as decisões dos julgadores que levaram à rejeição das contas, para saber se é o caso de votar ou não naquele determinado candidato”, afirmou Dirceu Rodolfo.

O acesso à página com as informações dos processos pode ser feito pelo site do TCE. No campo de busca, é possível fazer a consulta pelo nome do gestor, município ou unidade gestora, que pode ser do Estado ou município. Ao fazer essa busca, o sistema vai informar os números dos processos julgados e direcionar para a decisão que levou à rejeição das contas pelo Tribunal.

A página traz, ao todo, os nomes de 1.499 gestores públicos, e de 432 unidades gestoras, além de informações sobre 2.391 processos de contas julgadas irregulares pelo TCE.

Todos os processos listados na página já transitaram em julgado, ou seja, sem possibilidade de recursos no âmbito do TCE.

“Mais uma vez o Tribunal de Contas de Pernambuco inova ao colocar à disposição do público uma ferramenta voltada para a efetividade do controle social”, afirmou o conselheiro Ranilson Ramos, vice-presidente do TCE. “Com acesso fácil no nosso portal, o cidadão vai poder acompanhar os resultados da gestão do seu candidato e saber se ele está em dia com o controle externo de contas públicas. Isto, sem dúvida, é uma contribuição de grande importância para o exercício da cidadania", concluiu.

Gerência de Jornalismo (GEJO)
TCE-PE

Petrolândia: Repúdio sobre Live e clipe nas ruínas submersas da Igreja do Sagrado Coração de Jesus. ''A dor me dilacera o coração e minha alma encontra-se por demais entristecida'' - Por Maria Leice Gonçalves Lopes


Esse foi um dos primeiros quadros que fiz, com o intuito de registrar esse magnífico monumento religioso, de inestimável valor histórico, cultural e sentimental, aqui de Petrolândia. 

O nosso maior cartão postal, para mim tão sagrado, que pintei um anjinho entre as nuvens e sobre a Cruz, como se fora um guardião daquele templo memorável. 

Respeito e veneração me moviam e, a cada pincelada, eu sentia o peito transbordar de amor. 

Pretendo fazer uma exposição quando acabar a pandemia e não queria expor meus trabalhos até lá.

Entretanto, mudei de ideia quanto a esse, que considero o meu mais amado aprendizado, feito sob a inspiração divina.

A Igreja Submersa, transformada em uma boate no final de semana que passou, deixou-me tão chocada que não encontro palavras pra descrever todo meu estupefato.

De fato, uma falta de respeito não somente a Deus, mas também à religiosidade, ao sentimento de um povo.

A dor me dilacera o coração e minha alma encontra-se por demais entristecida...

Quantos, como eu, não acreditam que ela se manteve praticamente intacta, por se tratar da casa de Deus? Ela, que vem resistindo às intempéries e ao tempo? Tão inquebrantável quanto a nossa fé!

Que o Senhor nos perdoe a todos e que absurdos como esse não sejam mais cometidos pela humanidade!

Por

MARIA LEICE GONÇALVES LOPES – Ex-Gerente aposentada, pela Caixa Econômica Federal; com Licenciatura Curta em Ciências, pela Faculdade de Formação de Professores de Serra Talhada; advogada, cursou Direito, pela Faculdade de Direito de Caruaru; concluiu Curso de Preparação à Magistratura, pela Escola Superior da Magistratura de Pernambuco; pós-graduada em Direito Processual Civil, Penal e Trabalhista, pela Faculdade Maurício de Nassau, em Recife.

Da Redação do Blog de Assis Ramalho

Petrolândia: Hoje é dia de saborear uma boa pizza em família: Faça seu pedido sem sair de casa a Pizzaria Delivery C&J [Delivery Gratis]

 

Hoje é terça-feira e é dia de saborear uma boa Pizza em família!

Fique em casa e faça seu pedido pelo telefone (87) 9 9802-3309 (Zap) - preço R$ 10,00, Delivery Gratis!

A Pizzaria Delivery C&J avisa que aceita cartão de credito, debito e refeição.

Organização: Carlos.

Da Redação do Blog de Assis Ramalho

Boletim desta terça (22/09): Pernambuco registra 711 novos casos da Covid-19 e 30 mortes nas últimas 24h


A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta terça-feira (22), 711 novos casos da Covid-19. Também foram confirmados 30 óbitos, ocorridos desde o dia 8 de maio. Entre os novos infectados, 25 (3,5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e os outros 686 (96,5%) são leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar. Agora, Pernambuco totaliza 142.488 casos confirmados, sendo 26.096 graves e 116.392 leves.

Do total de mortes do informe desta terça-feira, oito (27%) foram registradas nos últimos três dias, sendo 4 na segunda-feira (21/09), duas em 20/09 e duas em 19/09. Todos os outros 22 registros (73%) ocorreram entre os dias 8/05 e 18/09. Com isso, o Estado totaliza 8.055 óbitos pela Covid-19. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

Por Folha de Pernambuco

Petrolândia Eleições 2020: Candidato a Vereador, Professor Janailson é o entrevistado desta quarta (23/09) no 'Acordando com as Notícias' na Web Rádio Petrolândia


O Professor Janailson, candidato a vereador pelo seu município de Petrolândia nas eleições deste ano, será entrevistado ao vivo nesta quarta-feira, 22 de setembro de 2020,, pelo radialista e blogueiro Assis Ramalho, no 'Acordando com as Notícias', programa transmitido pela Web Rádio Petrolândia.

Na entrevista, que deverá ter início a partir das 07h00, entre outros temas, o pré-candidato a uma das 11 vagas no legislativo do município, vai falar sobre assuntos pertinentes ao município, fará avaliação do que se espera para as eleições de 2020, analisará o atual cenário político da cidade, e de seu propósito de trabalho - caso consiga alcançar o objetivo desejado.

O ouvinte pode participar por WhatsApp pelo número (87) 9.9955-1186.

Posteriormente a entrevista será transformada em reportagem no Blog de Assis Ramalho.

Ouça o programa ''Acordando com as Notícias'' com Assis Ramalho de segunda a sábado das 06:30 as 08;30 da manhã na Web Rádio Petrolândia, 24 horas no ar. O programa apresenta notícias locais, regionais, nacionais, internacionais, política, polícia, economia, cultura, esportes, manchete dos jornais do dia, utilidade pública, entrevistas, entretenimento e muito mais.

Durante o programa, o ouvinte pode participar por WhatsApp pelo número (87) 9.9955-1186.

A Web Rádio Petrolândia funciona na Internet, no site www.webradiopetrolandia.com.br, com o objetivo de levar a voz de Petrolândia aos petrolandenses em sua própria cidade e além das divisas e fronteiras.


Clique na imagem abaixo para ouvir a Web Rádio Petrolândia.

Da Redação do Blog de Assis Ramalho



Proibição do paraquate, agrotóxico associado à doença de Parkinson, começa a valer nesta terça


Começa a valer nesta terça-feira (22) a proibição do agrotóxico paraquate, associado à doença de Parkinson pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A decisão de banimento foi tomada pela agência em setembro de 2017. Na época, a Anvisa deu 3 anos para que ele fosse retirado do mercado.

A partir de agora, indústrias e comércios que vendem o paraquate deverão recolher todo o estoque do produto em até 30 dias. Segundo a Lei de Agrotóxicos, quem utilizar ou vender o pesticida estará cometendo crime e poderá ser multado ou, até mesmo, detido.

O Ministério da Agricultura informou que os registros de todos os produtos à base do herbicida serão cancelados. Órgãos estaduais de defesa agropecuária, responsáveis pelo controle da venda de agrotóxicos, dizem que vão começar a fiscalizar o uso e a venda do paraquate a partir desta terça.

Produtores rurais, indústrias e o Ministério da Agricultura chegaram a pedir que o prazo de proibição do pesticida fosse estendido para julho de 2021. O setor alegava que novas pesquisas sobre o tema ficariam prontas no fim deste ano.

Em 2017, a Anvisa deixou aberta a possibilidade de rever o banimento, caso fossem apresentados novos estudos de que o paraquate não faz mal à saúde dos trabalhadores se fossem adotadas medidas de proteção, como evitar o contato direto da pessoa com o agrotóxico.

Porém, nenhum estudo foi apresentado. Diante disso, na última terça-feira (15), os diretores da Anvisa decidiram por manter a data de início do banimento, dizendo que não havia interesse público em adiar a proibição.

Mesmo com a decisão, produtores rurais tentam alternativas para garantir o uso do paraquate nesta safra, que começa a ser plantada nos próximos dias. Um projeto no Congresso quer anular a decisão da Anvisa. Existe também a possibilidade de a própria agência permitir o uso do produto que já está estocado (leia mais abaixo).

O que é o paraquate

Sexto agrotóxico mais vendido do Brasil em 2018 e comum na cultura da soja, o dicloreto de paraquate é um herbicida usado para secar as plantas e vagens do grão, a fim de deixar a lavoura uniforme para a colheita (a chamada dessecação).

Ele também tem autorização no Brasil para as produções de algodão, arroz, banana, batata, café, cana-de-açúcar, citros, feijão, maçã, milho e trigo.

O paraquate foi banido na União Europeia ainda em 2003. Nos Estados Unidos, continua autorizado, mas está em reavaliação.

O que acontece a partir de agora?

Segundo a decisão da Anvisa, o uso e a comercialização do paraquate estão proibidos a partir desta terça-feira. “Com isso, o produto não poderá ser produzido ou usado no país, assim como também ficará proibida a importação desse ingrediente ativo”, afirmou a agência no último dia 15.

A partir de agora, cabe ao Ministério da Agricultura anular os registros de produtos à base de paraquate e fiscalizar se as indústrias estão seguindo a decisão.

O ministério informou ao G1 que "dará procedimento ao cancelamento do registro do paraquate e adotará as providencias necessárias para o cumprimento da RDC (Resolução da Diretoria Colegiada da Anvisa)".

No campo, a fiscalização caberá aos estados. Alagoas, Paraná, Santa Catarina e Tocantins já anunciaram que vão monitorar se estão ocorrendo a venda e o uso do produto.

“Os agrotóxicos encontrados a partir dessa data (22 de setembro) com comerciantes ou usuários serão interditados e os fabricantes notificados a recolher o produto. Se for constatado comércio, prescrição ou uso, os responsáveis ficarão sujeitos a penalização”, disse, em nota, a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar).

De acordo com a Lei dos Agrotóxicos, de 1989, quem produzir, vender, transportar e aplicar pesticidas não autorizados no país poderá sofrer multas, interdição da propriedade, destruição da lavoura ou, até mesmo, penas de até 4 anos de prisão.

Chance de 'meio-termo'

A votação diretoria colegiada da Anvisa sobre o paraquate foi apertada: houve 3 votos a favor da manutenção do prazo de banimento e 2 pelo adiamento.

Diante do argumento do Ministério da Agricultura de que o agrotóxico já foi comprado e que a substituição dele neste momento elevaria os custos de produção no campo, o diretor da Anvisa, Marcus Aurélio de Araújo, que votou contra a prorrogação do prazo, se dispôs a apresentar uma proposta de meio-termo.

Segundo Araújo, a ideia é que as importações do produto sejam proibidas, mas que continue o uso e a comercialização do pesticida que já está no Brasil até 31 de julho de 2021, para que os estudos do setor produtivo fiquem prontos e sejam analisados.

"Eles (agricultores) já compraram matéria-prima (paraquate), este é um ponto importante e que a gente tem que se debruçar (...) porque senão a gente vai impactar na economia", explicou Araújo, na última terça-feira (15).

"Eu quero apresentar na (reunião da) diretoria colegiada da semana que vem (que seria nesta terça) uma proposta em atendimento ao ofício do Mapa (Ministério da Agricultura) em relação à safra 2020/21. A gente tem, por obrigação, que definir as regras de mitigação de risco e de esgotamento deste estoque", acrescentou.

Mas nenhuma reunião foi marcada para esta terça-feira. O próximo encontro da diretoria da Anvisa está agendado apenas para 6 de outubro.

Projeto na Câmara quer anular decisão

Em paralelo, o deputado federal Luiz Nishimori (PL-PR), integrante da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) no Congresso, apresentou em junho um Projeto de Decreto Legislativo (PDL) que anula a decisão da Anvisa. Porém, o texto ainda não foi votado e não há previsão.

No projeto, o deputado também apontou aumento nos custos de produção e uma possível perda de competitividade do setor. "O aumento de custos, iniciado na base da produção, acarretará no aumento de preços finais (...) perda de competitividade externa e aumento da inflação."

Produtores falam em gasto alto

A diretoria Anvisa analisou um pedido do Ministério da Agricultura, juntamente com produtores rurais, indústrias e a FPA, para que o prazo final fosse adiado para julho de 2021.

Na decisão de 2017, a agência deixou aberta a possibilidade de rever o prazo de proibição, caso fossem apresentadas novas evidências científicas de que o agrotóxico não traz malefícios às pessoas em caso de contato direto. Porém, nenhum estudo foi apresentado até agora.

Produtores e indústrias defendem que é necessário mais tempo para que fiquem esses estudos fiquem prontos. Segundo o pedido, as pesquisas deverão terminar em dezembro deste ano.

Agricultores argumentam ainda que não há produto no mercado capaz de substituir totalmente o paraquate e de que essa mudança poderia gerar um gasto a mais para a atividade.

De acordo com a Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), o custo de produção do setor poderia aumentar em até R$ 500 milhões por safra. A Federação de Agricultura do Paraná (Faep) estima que alternativas custam entre 30% e 150% a mais.

O que levou à proibição

O paraquate estava em revisão desde 2008. E, em 2017, a Anvisa analisou evidências científicas e concluiu que o agrotóxico está associado ao desenvolvimento da doença de Parkinson – condição neurológica degenerativa que provoca tremor, rigidez, distúrbios na fala e problemas de equilíbrio – em quem o manipula. A agência deu 3 anos para a retirada gradual do produto do mercado.

“Há um peso de evidência forte em estudos em animais e epidemiológicos indicando que o Paraquate está associado ao desencadeamento da doença de Parkinson em humanos”, disse a Anvisa à época.

Ainda segundo a agência, não há comprovação de que o herbicida deixe resíduo nos alimentos.

Por G1

INSS publica regras para remarcar perícia


Portaria publicada nesta terça-feira (22) no Diário Oficial da União autoriza a remarcação de perícia médica agendada e não realizada através do telefone 135 do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

De acordo com a medida, a remarcação será permitida "nos casos de não comparecimento do usuário na data agendada ou em que não foi possível a realização do atendimento" na data previamente agendada.

"A perícia médica será remarcada para o local de atendimento inicialmente agendado", diz o texto.

A portaria esclarece, porém, que a possibilidade de remarcação pela Central 135 não se aplica para as agências que permanecem fechadas ou para as agências que não ofertem serviços de perícia médica, por ocasião da retomada do atendimento presencial.

Na semana passada, após a confusão na reabertura das agências do INSS no país, o órgão tinha informado que a remarcação da perícia médica seria feita de maneira automática para quem já tinha agendado uma data e não conseguiu o atendimento em razão do não retorno ao trabalho dos peritos.

O G1 procurou o INSS para obter mais esclarecimentos sobre a nova portaria e aguarda retorno

Por G1

Petrolândia: Fabiano Marques e Rogerio Novaes divulgam carta aberta ao povo de Petrolândia



CARTA ABERTA

Nós, Fabiano Marques e Rogério Novaes, pré-candidatos a Prefeito e vice em Petrolândia – PE, viemos através desta manifestar NOSSO REPÚDIO em decorrência da divulgação da matéria publicada no blog Edmar Lyra e da disseminação da FAKE NEWS na manhã desta segunda feira, 21/09/2020, associando nosso nome a enquetes/pesquisas supostamente manipuladas pelo Instagram denominado de PETROENQUETE.

Seguimos nossa caminhada espalhando propostas e ideias para que nossa Petrolândia seja, um dia, a cidade que sonhamos para nós e nossa família, ao contrário de algumas pessoas que comungam de atitudes desonestas, E QUE JÁ VIROU PRÁTICA CONSTANTE EM NOSSO MUNICÍPIO, de um grupo político opositor ao nosso, que gastam energia com a fábrica de FAKE NEWS, cujo objetivo é unicamente espalhar mentiras e criar caos contra nosso grupo.

Nunca pedimos ou se quer insinuamos que qualquer página ou pessoa fizesse enquetes/pesquisas com nosso nome, entendemos que como políticos e pessoas públicas estamos expostos a sermos citados em pesquisas/enquetes, mas REAFIRMAMOS que em momento algum pedimos para que fosse feito.

Sempre deixamos claro que a nossa maior pesquisa foi a eleição 2016 onde obtivemos 7.174 votos e as palavras de estímulo e esperança que escutamos todos os dias durante esses 4 (quatro) anos.

Todos os dias pedimos proteção a Deus e saímos para trabalhar, vendendo temperos, no mercado, indo para roça e escutamos as demandas do povo, analisamos ainda mais o que precisa ser feito em nossa cidade para melhorar a nossa qualidade de vida em todos os setores.

Não temos tempo para perder com pessoas que não possuem o mesmo compromisso, caráter, principio e responsabilidade que nós, e que sempre batemos na tecla da política com propostas, com debates construtivos para o bem maior da nossa cidade.

Demonstramos essa postura em nossa vida particular e não seria diferente durante a pré-campanha e durante a campanha que se aproxima, e ressaltamos que somos contra a fake News e qualquer outra artimanha para enganar o povo.

Encerramos aqui informando que nosso jurídico já está tomando todas as medidas cabíveis para apuração dos fatos e, afirmamos que seguimos nossa caminhada como pré-candidatos a prefeito e a vice-prefeito, trabalhando, fazendo uma POLÍTICA LIMPA E JUSTA, ouvindo o povo e construindo propostas para nosso desenvolvimento, porque sabemos que é isso que o povo merece, ao contrário dos demais que tentam ludibriar nossa população.

Fabiano Marques e Rogerio Novaes

Petrolândia: Atlântida brasileira em pleno Sertão Pernambucano









Petrolândia fica localizada às margens do Rio São Francisco à 412 km da Capital Pernambucana que tem como um dos principais atrativos turísticos a igreja Sagrado Coração de Jesus que parte dela está submersa, por conta da inundação da represa Luiz Gonzaga que teve sua conclusão em 1988 que deixou a antiga Petrolândia toda submersa.

Entre os dias 28 a 31 de agosto a Revista Turismo na Serra junto com sua equipe de Digitais Influencers visitaram os atrativos turísticos de uma das regiões mais bonitas do nosso Estado - com o projeto " O Decreto é curtir o Nordeste". Os dias ficaram curtos com tantos atrativos incríveis que o município oferece, visitamos o Mirante do Serrota com uma vista privilegiada da cidade e do mar de água doce da Represa Luiz Gonzaga lá de cima é possível avistar o pier onde ficam os catamarãs para os passeios à igreja Sagrado Coração de Jesus, Ilha de Rarrá e Praia do Sobrado um lugar paradisíaco recomendado para quem quer privacidade para curtir a natureza.

No Hostel Canto da Serra fomos surpreendidos com um belíssimo ambiente todo decorado para o nosso café da manhã embaixo de uma árvore e com vista para a Represa Luiz Gonzaga. Petrolândia está se estruturando para o turismo com vários equipamentos sendo instalados na cidade, como é o caso do Receptivo Costa do Velho Chico que contará com pousada, restaurante e passeio de catamarã, e o empreendimento Chalés Paulinelly que já está em funcionamento proporcionando um ambiente aconchegante às margens do Rio São Francisco, apartamentos confortáveis, gastronomia sertaneja e uma ótima receptividade. Todos estão respeitando as normas de qualidade e segurança para os clientes.

Se você quer mergulhar em uma cidade submersa, conhecer praia paradisíaca, descansar em redes dentro d'água, passear em catamarã ou apreciar um bom cardápio regional como: baião de dois, buchada de bode, moqueca de peixe às margens do Velho Chico. Então! O seu destino é Petrolândia a nossa Atlântida brasileira.

Praia do Sobrado

Ilha de Rarrá

Ilha de Rarrá

Balneário Maria de Biu


Blog de Assis Ramalho
Por: Edvaldo - Publicitário a Revista Pernambucana Turismo na Serra
Fotos: Revista Pernambucana Turismo na Serra + Divulgação internet

Auxílio Emergencial: saques e transferências são liberados para mais 3,6 milhões nesta terça


A Caixa Econômica Federal (CEF) libera nesta terça-feira (22) saques e transferências de novas parcelas do Auxílio Emergencial para 3,6 milhões de beneficiários do programa nascidos em fevereiro, que tiveram o dinheiro creditado em poupança social digital no último dia 2 de setembro.

Também nesta terça, a Caixa paga a primeira parcela de R$ 300 (a sexta do Auxílio Emergencial) a 1,6 milhão de trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família, cujo número do NIS é terminado em 4.

Os beneficiários fora do Bolsa Família já podiam usar os recursos para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual.(veja nos calendários mais abaixo).

No início do mês, o governo oficializou a prorrogação do Auxílio Emergencial, com mais 4 parcelas de R$ 300. Veja aqui como vão ficar os pagamentos e tire dúvidas. Esses pagamentos, no entanto, ainda não têm data para acontecer.

VEJA QUEM PODE SACAR A PARTIR DESTA TERÇA:

Trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app poderão sacar ou transferir:

3,6 milhões de nascidos em fevereiro:
- aprovados no primeiro lote poderão sacar a quinta parcela;
- aprovados no primeiro lote, mas que tiveram o benefício suspenso, poderão sacar a quinta parcela
- aprovados no segundo lote poderão sacar a quarta parcela;
- aprovados no terceiro lote poderão sacar a terceira parcela;
- aprovados no quarto lote poderão sacar a terceira parcela;
- aprovados no quinto lote poderão sacar a segunda parcela;
- aprovados no sexto lote poderão sacar a segunda parcela;
- aprovados no sétimo lote poderão sacar a primeira parcela;
- reavaliados (que tiveram o benefício suspenso em agosto) poderão sacar todas as parcelas já recebidas em poupança digital

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Calendários de pagamento

Clique aqui para ver o calendário completo de pagamentos do Auxílio Emergencial.

Por G1

Petrolândia/Crimes ambientais: Sombra e arejamento ou vaga de estacionamento ao sol?

Fotos; Lúcia Xavier/Blog de Assis Ramalho


Na tarde dessa segunda-feira (21/09), após vários dias de obras de construção de uma suposta "praça" no largo da Quadra 09, período em que observamos o total descaso da empresa construtora com a manutenção das árvores existentes (inclusive nativas, protegidas por lei) nos canteiros, nos deparamos com a derrubada, pura e simples, de um exemplar raro na cidade de uma árvore conhecida, por um dos nomes populares na região, como unha-de-gato.

A árvore já atingia porte considerável, mas, por atrapalhar o calçamento em intertravados de um estacionamento - como se faltassem vagas mais do que sombra - a árvore foi arrancada para assentamento de intertravados. Apenas um outro exemplar da espécie é conhecido na área urbana: a árvore de caule ondulado e enorme sombra, situada em frente à Igreja Matriz, no centro da cidade. Outra da mesma espécie no paisagismo urbano não conhecemos. Por isso, era uma árvore rara.  

Testemunhas que somos do andamento da obra, por morarmos em frente a ela, percebemos o descaso com as árvores existentes no canteiro. Em vez de adequar o projeto para preservar as árvores, em respeito à  responsabilidade ambiental e social, é mais fácil eliminá-las, quando deveriam ser mantidas em seu lugar original ou transplantadas, como se árvores nascessem e crescessem da noite para o dia. Mas, a quem reclamar?

Redação do Blog de Assis Ramalho