domingo, 23 de novembro de 2014

Petrolândia: Lançamento da linha de produtos Luxus Professional acontece na manhã desta segunda no Centro Cultural


Na manhã desta segunda-feira (09), a partir das 9h00, o Centro Cultural de Petrolândia vai recebe-r o evento de lançamento da linha completa para tratamento de cabelos Luxus Professional. Cabeleireiros e proprietários de salões de beleza estão convidados para prestigiar o evento. A taxa de inscrição de R$ 20,00. 

Socorro Sales e Ieda Sales farão demonstração prática da aplicação dos produtos Luxus. 

Informações: (87) 9602-4642, com a representante autorizada Mirtes Ribeiro.


Informações: Mirtes Ribeiro

“As paróquias eliminem as listas dos preços dos sacramentos", pede o Papa


“Quantas vezes vemos que, entrando numa igreja ainda hoje, encontra-se ali a lista dos preços: para o batismo, a bênção, as intenções para a missa. E o povo se escandaliza”. São palavras do Papa Francisco na homilia da missa na Casa Santa Marta. “As Igrejas – sublinhou o Pontífice – jamais se tornem casas de negócios, pois a redenção de Jesus é sempre gratuita”. “Eu penso – explicou – no escândalo que podemos dar ao povo com o nosso comportamento, com os nossos hábitos não sacerdotais no Templo: o escândalo do comercio, o escândalo da mundanidade”.

A informação é publicada pelo jornal La Repubblica, 21-11-2014.

O Papa fez sentir com força o seu anátema perante a Igreja negociadora. Uma Igreja que pensa somente em fazer negócios comete “pecado de escândalo”. Depois o Pontífice comentou o Evangelho no qual Jesus expulsa os mercadores do Templo porque transformaram a casa de orações num covil de ladrões. “As pessoas boas iam ao templo; procuravam Deus, rezavam, mas deviam trocar as moedas para fazer as ofertas”. Como de costume, o Santo Padre referiu-se a um episódio ao qual assistiu quando recém se tornara sacerdote:

“Estava com um grupo de universitários e um casal de noivos queria se casar. Tinham ido a uma paróquia, mas queriam fazê-lo com a missa e ali, o secretário paroquial disse ‘não se pode’ porque há outros turnos”. 

Fabinho Sofrência, o pernambucano fenômeno do WhatsApp


Os refrões entoados pelo cantor Pablo, baiano autointitulado inventor do arrocha, extrapolaram o campo da música. A voz arrastada, quase desesperada dos trechos à base de dor de cotovelo (basta dar uma ouvidinha em Homem não chora), deu margem à criação de um novo termo para se referir a um momento clímax da tristeza: a sofrência. A palavra virou selo autenticado de sofrimento em incontáveis vídeos e áudios espalhados na internet, nas redes sociais e, principalmente, no aplicativo dos smartphones WhatsApp. Vai dizer que nunca recebeu no seu celular?

Os comentários mais engraçados em cima das músicas do cantor são obra de um pernambucano de Lajedo, a 196 quilômetros do Recife. O vendedor Fábio Francisco de Melo, 33 anos, rebatizado como o humorista Fabinho Sofrência, conseguiu notoriedade pelo personagem criado. Seja pela voz engraçada, pelo sotaque carregado ou pelo das gírias tipicamente nordestinas. Ao fundo, os acordes marcantes do metal e teclado na introdução das músicas se encaixam com os assuntos abordados. Assim nasceu, garante Fábio, o fenômeno sofrência, rapidamente disseminado pela tecnologia - até mesmo nos vídeos caseiros produzidos diuturnamente.


Fonte: Diario de Pernambuco

Maria Dapaz é destaque do programa "Ensaio" de Fernando Fáro na TV Cultura SP, em janeiro

Maria Dapaz chega ao Recife no dia 2 de dezembro para shows e divulgação (Fotos: Iris Leme)
 Maria da Dapaz e Fernando Fáro na gravação do programa "Ensaio"

Maria Dapaz esteve nos estúdios da TV Cultura de São Paulo com Fernando Fáro, ícone da TV brasileira para gravar o programa "Ensaio". Com Mahatma Costa (acordeon) Carlos Caçapava (percussão) e Jocelyne Aymon (percussão) para apresentar um repertório que marca a sua rica trajetória artística. 

Do sertão pernambucano à Europa, do primeiro LP ao mais recente CD, Maria Dapaz deixou registrados para sempre na história da MPB todos os detalhes da sua carreira atendendo às perguntas de um dos maiores representantes da cultura brasileira que é o fenômeno Fernando Fáro. O programa deve ir ao ar em janeiro.

Maria Dapaz nasceu em Jaboatão dos Guararapes e cresceu em Afogados da Ingazeira, onde recebeu o título de Cidadã Afogadense em 2011. É comendadora da cidade desde 2009, quando recebeu a Comenda, com 10 outras personalidades da cidade. Foi reconhecida pelo seu trabalho artístico e a divulgação do nome da sua cidade em todo Brasil e no Exterior.

Com informações da Assessoria de Maria Dapaz

Petrolândia: Ladrões arrombam sede da AVEPE e levam bebidas e comidas


Na madrugada deste domingo (23), ladrões bastante ousados arrombaram o prédio da Associação Dos Veteranos Desportistas de Petrolândia (AVEPE), localizada na Avenida Milvernes Cruz Lima, na Orla da cidade de Petrolândia . Homens usaram o telhado para entrar no estabelecimento, onde arrombaram a porta que dá acesso ao depósito de bebidas e comidas, servido aos sócios logo após as tradicionais peladas realizadas aos domingos.

Dinho, diretor de sede da Avepe, disse que ao chegar ao local, por volta das 4 horas da manhã, percebeu que o estabelecimento estava violado. ''Quando cheguei, logo percebi que a porta estava arrombada, e logo após, observei que os ladrões tinham entrado pelo telhado. Eles levaram as bebidas (cervejas) e a carne do tira-gosto'' disse o diretor de sede.

O presidente da AVEPE, Junior, disse que irá registrar o boletim de ocorrência (BO) na manhã desta segunda feira (24) quando a delegacia de polícia de Petrolândia estará aberta.

Já é a segunda vez que a sede da AVEPE é roubada somente neste ano. Em setembro ladrões roubaram bebidas e o botijão da instituição. O Lions Clube de Petrolândia, que fica vizinho a AVEPE, também foi vítima de arrombamento no início deste ano

Notícia relacionada (clique para ler)
>Petrolândia: Ladrões arrombam sede do Lions Clube e levam litros de uísque

Para ver fotos, clique > Ladrões arrombam a sede da AVEPE

Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Assis Ramalho

Avaliação da alfabetização começa a ser aplicada em escolas de todo o país


Estudantes do 3º ano do ensino fundamental de escolas públicas de todo o país começaram a responder às questões da Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA). O objetivo é avaliar o aprendizado dos alunos no final do ciclo da alfabetização. Esta é a segunda vez que o exame é aplicado nacionalmente. O processo é feito pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e segue até sexta-feira (28).

As questões, na área de leitura, escrita e matemática, são divididas em dois dias de aplicação. “A segunda aplicação será bem importante para as escolas que receberam este ano os resultados de 2013. Trata-se de um diagnóstico importante, que só era feito a partir do 5º ano [com a Prova Brasil]”, explica a coordenadora-geral do Todos pela Educação, Alejandra Meraz Velasco. Ao final dos três anos do chamado ciclo da alfabetização, espera-se que o estudante tenha um nível de autonomia para continuar o aprendizado no 4º e 5º ano – momentos de consolidação da habilidade já desenvolvida, acrescenta ela.

A ANA foi criada a partir do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic). O acordo estabelece que todas as crianças até os 8 anos de idade sejam alfabetizadas em português e matemática. “A situação no Brasil é muito preocupante: a cada 20 crianças que entram na educação básica, apenas uma sai com a formação adequada em matémática e três em língua portuguesa no ensino médio. A solução do ensino médio não está só no período, mas ao longo de todo o ensino básico”, destaca Alejandra.

TJPE deve levar mais de 5 mil processos à Semana de Conciliação


O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) deve levar 5.500 processos à Semana Nacional de Conciliação. Essa é a expectativa do Comitê Estadual de Conciliação. Câmaras de Conciliação, Varas e Juizados participam do evento, que acontece de 24 a 28 de novembro em todo o País.

A Semana Nacional da Conciliação é o maior movimento para incentivar e fomentar a cultura da conciliação processual, reduzindo o estoque processual na Justiça brasileira, por meio de acordo entre as partes. Em Pernambuco, o evento é coordenado pelo Comitê Estadual de Conciliação.

Promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em parceria com os tribunais do País, esse ano a Semana vai focar os esforços de magistrados e servidores na solução de demandas judiciais de massa, que envolvem os maiores litigantes da Justiça, como instituições bancárias, de telefonia e órgãos públicos. O objetivo é dar vazão, por meio de acordo entre as partes, às chamadas demandas repetitivas – litígios que envolvem lesões a direitos individuais ou coletivos que atingem grande quantidade de pessoas de forma similar.

Fonte: TJPE

Empresa pernambucana entra no mercado do livro didático digital


Uma tecnologia made in Pernambuco poderá ser acessada por 15 milhões de alunos a partir do próximo ano. A empresa pernambucana Escribo vai disponibilizar o livro digital junto com o livro didático de papel aos alunos das escolas públicas comprados pelo governo federal a duas grandes editoras, que detêm 25% do mercado do livro didático brasileiro. “Os alunos vão receber um voucher que dá direito a baixar o livro digital. Ainda não sabemos quantos estudantes e professores vão fazer isso”, explica o diretor presidente da Escribo, Américo Amorim. A Escribo é o novo nome da empresa D’accord que começou fazendo softwares para ensinar as pessoas a tocarem instrumentos em 2001.

O livro digital produzido pela Escribo tem o mesmo conteúdo do impresso, acrescentando um conteúdo interativo, que inclui jogos e simulações. “Customizamos o leitor digital com a cara da editora que é a nossa cliente. Fornecemos à editora mecanismos para acelerar a produção de conteúdo digital interativo com mais rapidez e menos custos”, diz Américo. A empresa investiu mais de R$ 1 milhão este ano na melhoria da plataforma do Livro Educacional Digital (LED) e contou com o apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) do governo federal e do CNPq para desenvolver essa tecnologia.

Leia a matéria completa no JC Online>Empresa entra no mercado do livro didático digital

Fonte: JC Online

TCE-PE determina a realização de concurso à Prefeitura de Condado


A Segunda Câmara do TCE julgou regulares 61 contratações feitas pela Prefeitura de Condado no exercício de 2013. A responsável pelo processo de seleção foi a gestora municipal, Sandra Félix da Silva. O relator do processo, que teve seu voto aprovado pela unanimidade dos membros da Câmara de julgamento, foi o auditor substituto Ricardo Rios.

De acordo com o voto do relator (Processo TC n° 1307565-2), após a apreciação da defesa da interessada, ficou caracterizada a real necessidade das contratações, já que se assim não procedesse, o município poderia comprometer de forma grave a prestação de serviços à população. Contudo, ficou determinado que a municipalidade adotasse as providências necessárias para levantar as necessidades de pessoal e a realização de concurso público, conforme estabelece a Constituição Federal.

Por fim, ficou estabelecido que a Coordenadoria de Controle Externo do Tribunal realizasse nas próximas auditorias a verificação do cumprimento por parte da Prefeitura da determinação feita pelo TCE.

As contratações temporárias realizadas pelo município foram para o preenchimento dos seguintes cargos: sanitarista, coveiro, médica, professora, médica PSF, monitora laboratório de informática, dentista, enfermeira, operador de retro-escavadeira, motorista, técnica em enfermagem, recepcionista, médico para ambulatório, médico plantonista, coordenador do serviço de convivência e fortalecimento de vínculos e assistente social.

A Sessão da Segunda Câmara foi dirigida por sua presidente, conselheira Teresa Duere. O Ministério Público de Contas esteve representado pelo procurador Gilmar Lima.

TCE-PE/Gerência de Jornalismo (GEJO)

Frases do dia 23/11/2014: Coletânea IHU Online


Reciclagem

“O MST espera mudanças no Ministério do Desenvolvimento Agrário e no Incra. O movimento avalia que, depois de 12 anos, a tendência Democracia Socialista, do PT, não tem mais o que oferecer na pasta” – Vera Magalhães, jornalista –Folha de S. Paulo, 23-11-2014.

Vai tarde

“A Secretaria-Geral da Presidência foi o principal canal do MST no governo Dilma. A entidade vê com bons olhos a possível ida de Miguel Rossetto para o lugar de Gilberto Carvalho” – Vera Magalhães, jornalista – Folha de S. Paulo, 23-11-2014.

Hortas comunitárias alteram espaço público e estimulam contato com a natureza


Há três anos, Alda Duarte, 40, decidiu transformar o caminho que fazia, a pé, da casa ao trabalho, em Brasília. Ela passou a fazer canteiros em espaços públicos e, depois, a plantar hortaliças na vizinhança. “Eu tinha o desejo de deixar meu caminho mais bonito, de mudar o espaço”, relata a designer.

Por meio das redes sociais, Alda encontrou outras pessoas e coletivos que desenvolvem a chamada agricultura urbana no Distrito Federal. Inspirada nelas, reuniu os vizinhos para, com eles, ampliar a experiência e melhorar a vida comunitária. “É realmente um desejo de transformação do espaço público, de agregação da comunidade e de mudar a sociedade”, disse.

Vinda do Ceará há nove anos, o que chama de "jardinagem de guerrilha" mudou sua relação com a cidade. Já a construção coletiva amenizou a sensação de solidão que muitas vezes atinge quem vem morar em uma cidade conhecida pelas poucas esquinas e pelo concreto que se impõe sobre a paisagem. Agora, Alda e os vizinhos coletam assinaturas para saber quem apoia a horticultura urbana. Os próximos passos do coletivo serão a plantação de ervas medicinais e de árvores frutíferas.

A ideia vem se disseminando pelo Distrito Federal, pondo em prática o que estava proposto no projeto inicial de Lúcio Costa, urbanista que projetou Brasília. Costa queria que houvesse uma "coexistência social" na cidade. E uma das formas de viabilizar isso seria usar espaços das superquadras para floricultura, horta e pomar.

Dois apostadores acertam a Mega-Sena e levam R$ 67 milhões cada; confira as demais Loterias da Caixa


Duas apostas acertaram os seis números do sorteio 1.655 da Mega-Sena. Eles vão levar, cada um, R$ 67.657.559,48. Segundo o site da Caixa Econômica Federal, os dois ganhadores são do Rio de Janeiro e de Cianorte (PR).

O valor total de R$ 135 milhões para as seis dezenas foi o maior prêmio da história dos concursos regulares As dezenas foram sorteadas neste sábado (22), em Macatuba (SP).

Veja as dezenas: 07 - 24 - 28 - 46 - 53 - 56.

A quina teve 704 acertadores e cada um vai levar R$ 16.384,73. Já a quadra pagará R$ 415,95 para cada um de seus 39.616 ganhadores.

Mais Loterias
Quina (Concurso 3646):
02 03 15 39 63

Timemania (Concurso 655):
23 40 48 53 62 65 78

Lotomania (Concurso 1506):
03 16 22 28 31
32 34 46 49 51
53 54 57 67 71
75 85 90 97 99

Loteria Federal (Concurso 04921): confira os resultados

>Veja todos os resultados