Web Radio Petrolândia

terça-feira, 9 de junho de 2020

Prefeitura de Petrolândia divulga boletim desta terça (09/06) que registra um dos casos suspeitos descartado; veja os números atualizados



A Prefeitura de Petrolândia - divulgou na noite desta terça-feira (09/06), através da Secretaria Municipal de Saúde, os dados atualizados do novo coronavírus.

De acordo com o boletim, um dos casos suspeitos (eram 8) foi descartado nesta terça. Com isso, sobe para 20 o número de casos descartados para COVID-19. 

Veja acima os números oficiais

Da Redação do Blog de Assis Ramalho
Informação; Prefeitura de Petrolândia

Petrolândia: Confira escala e nomes de médicos que atenderão nesta quarta [10/06] na Clínica Mais Saúde; ligue e marque sua consulta


A Clínica Mais Saúde, localizada na Av Auspício Valgueiro de Barros, em frente a Escola Delmiro Gouveia, informa atendimento para esta quarta-feira, 10 de junho de 2020; confira!

Confira abaixo profissionais médicos que atenderão na Mais Saúde de Petrolândia nesta quarta-feira (10/06/2020);

Ministro doTSE Alexandre de Moraes pede vista de ações de hackeamento de site em eleição de 2018


O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Alexandre de Moraes pediu vista hoje (9) de duas ações protocoladas por partidos de oposição para cassar a chapa vencedora das eleições de 2018, formada pelo presidente Jair Bolsonaro e o vice-presidente, Hamilton Mourão.

Ao pedir vista, o ministro quer mais tempo para analisar o caso. Moraes disse que pretende devolver os processos o “mais breve possível” para julgamento.

Nas ações, o PV, a Rede, o Psol e o PCB pediram a cassação da chapa por entenderem que o presidente e o vice foram beneficiados durante a campanha eleitoral por um suposto ataque de hackers feito por terceiros em uma página do Facebook intitulada “Mulheres Unidas contra Bolsonaro”.

Segundo as legendas, o nome da página foi alterada para “Mulheres com Bolsonaro #17”. O caso aconteceu em setembro de 2018 e durou 24 horas.

Os partidos alegaram ainda que a página foi compartilhada em uma rede social da campanha do presidente, com os dizeres: “Obrigado pela consideração, mulheres de todo o Brasil!”.

Na defesa apresentada no processo, os advogados afirmaram que Bolsonaro e Mourão não participaram e não tiveram conhecimento prévio do episódio.

A defesa lembrou ainda que, nos dias 15 e 16 de setembro de 2018, data do fato, Bolsonaro estava internado após ter sido submetido a cirurgia decorrente do atentado praticado por Adélio Bispo.

Por Agência Brasil

Tacaratu: Boletim epiodológico com dados oficiais desta terça (09); confira

Divulgação/Secretaria de Saúde de Tacaratu

Delmiro Gouveia (AL) confirma o 5º óbito por Covid-19 e contabiliza mais 5 casos da doença nas últimas 24h


A prefeitura de Delmiro Gouveia, divulgou boletim epidemiológico na noite dessa terça-feira (09), informando que o município registrou mais cinco casos de Covid-19. O informativo ainda trouxe a confirmação de mais um óbito pela doença.

O município, com a inclusão dos novos casos, chega ao preocupante número de 58 casos confirmados, 5 óbitos e 24 pessoas recuperadas, entre outros dados que podem ser verificados na íntegra junto ao boletim postado abaixo.

Havia grande expectativa para que se tivesse o resultado do teste que confirmaria ou não a quinta morte. Com a confirmação, a preocupação de grande parte da população aumenta, visto que diariamente o número de casos sobe.

Veja boletim desta terça (09)

Petrolândia recebe primeira parcela do auxílio do Governo Federal a estados e municípios; prefeita e secretário de finanças farão pronunciamento aos petrolandenses nesta quarta(10/06)


Nesta terça-feira (09), foi creditado na conta da Prefeitura de Petrolândia a primeira parcela do Auxílio aos Municípios e Estados, repassado pelo Governo Federal. Os recursos correspondem a uma reparação de parte das perdas de receitas durante o período de pandemia, e são direcionados para o custeio da máquina pública em todas as suas áreas de atuação.

Vale salientar que o Auxílio não tem vinculação direta com as ações de enfrentamento ao coronavírus, sendo o seu valor calculado de acordo com a população de cada município. Mesmo sendo importante para amenizar a grave crise pela qual passa todo o municipalismo, os recursos correspondem apenas a cerca de 30% daquilo que entraria de receita normalmente, o que preocupa todos os gestores.

Para informar todos os detalhes sobre o recebimento da primeira parcela, a prefeita Jane Souza e o secretário municipal de Finanças, Fernando Leme, farão um pronunciamento aos petrolandenses nesta quarta-feira, 10 de junho, às 11h , nas redes sociais da Prefeitura.

Por Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Petrolândia

Petrolândia: Prefeitura divulga nota de esclarecimento sobre documentos referentes a diálogo formal com o IBVASF, e solicitação de desocupação de área ocupada que está prejudicando o andamento da obra de Saneamento

Resultado de imagem para assis ramalho + prefeitura de petrolândia

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Buscando restabelecer a verdade e manter a população sempre informada com os fatos como eles realmente são, a Prefeitura Municipal de Petrolândia, torna público todos os documentos referentes ao diálogo formal com o IBVASF, no tocante às medidas de enfrentamento ao coronavírus.

Da mesma forma, o Governo Municipal também disponibiliza para conhecimento da população os documentos comprobatórios referentes à solicitação de desocupação da área municipal ocupada irregularmente e que está prejudicando o andamento da obra de Recuperação e Ampliação da Rede de Saneamento Básico do município, realizada em parceria com o Governo Federal, por meio da CODEVASF.

Desta forma, a Prefeitura de Petrolândia reafirma o seu compromisso de zelar pelo patrimônio público e agir sempre com transparência com os seus munícipes, mantendo a verdade como pilar inegociável para a boa governança e para o bem-estar da população.

Notícias relacionadas

OFÍCIO IBVASF

OFÍCIO RESPOSTA IBVASF

OFÍCIO SOLICITAÇÃO CODEVASF

DECLARAÇÃO DE REINTEGRAÇÃO

OFÍCIO A DR. JOÃO LOPES GONÇALVES

CERTIDÃO DE INTEIRO TEOR CLP

CERTIDÃO NEGATIVA DE ÔNUS CLP

Prefeitura Municipal de Petrolândia

Samu Metropolitano do Recife tem queda de 70% nas chamadas relativas ao coronavírus


O diretor-geral do Samu Metropolitano do Recife, Leonardo Gomes, afirmou  que o serviço teve uma queda de 70% nas chamadas no último mês para atendimento de sintomas sugestivos de covid-19. "Chegamos a receber cerca de 160 chamadas diárias e o número atualmente está na casa de 50", disse, em entrevista ao programa Balanço de Notícias, da Rádio Jornal. Os dados sugerem uma estabilização nos casos de infecção pelo novo coronavírus no Grande Recife.

No entanto, o médico afirma que isso não significa uma desmobilização no serviço. "Não diminuímos ambulâncias e profissionais. Nossa operação está mantida para aguardar uma segunda onda (de infecções) que pode vir. É muito importante que as pessoas saibam que a pandemia não terminou. Estamos hoje colhendo frutos do isolamento e da quarentena responsável, mas podemos voltar a ter pessoas morrendo e sendo infectadas. Por isso é muito importante continuar com a higiene, com a etiqueta respiratória, uso de máscara e só sair em caso de necessidade".

O número de infectados no serviço também caiu. O Samu chegou a ter pouco mais de 100 pessoas afastadas devido ao novo coronavírus. O número atual é de apenas 12. "Nenhum deles grave, graças a Deus. Mas o risco sempre existe, a despeito dos EPIs de altíssima qualidade que usamos. Somos a linha de frente e a transmissão é uma realidade", diz o médico.

Por Jornal do Commercio

Pesquisadores querem usar vacina da pólio no combate à covid-19


Pesquisadores da equipe do Hospital Professor Polydoro Ernani de São Thiago, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), estudam a viabilidade de se usar a vacina contra poliomielite (mais comumente chamada de paralisia infantil) no combate à covid-19. A expectativa é de que a substância seja usada não como imunização contra o novo coronavírus, mas no fortalecimento do sistema imunológico, reduzindo as chances de se contrair a infecção ou, ao menos, atenuando os sintomas graves do quadro clínico.

Em entrevista concedida à Agência Brasil, o coordenador da pesquisa, Edison Fedrizzi, explicou que a possibilidade vem sendo estudada em todo o mundo, inclusive pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), dos Estados Unidos.

"O que há de pesquisa hoje é, justamente, procurando uma vacina que estimule a produção de anticorpos contra a covid-19. O que estamos propondo agora é utilizar alguma dessas vacinas que temos no nosso meio, já disponíveis, para estimular essa primeira etapa [de defesa do organismo]. Como não é uma vacina contra o novo coronavírus, não vamos produzir anticorpos contra ele. O que queremos é fazer uma barreira protetora, inicial, para que o indivíduo não desenvolva a infecção, caso entre em contato com o vírus. Pensamos que poderíamos, também através desse estímulo de defesa, diminuir a gravidade da doença", detalhou.

Para avaliar se o método é eficaz, o grupo de pesquisadores da UFSC pretende selecionar 300 voluntários, todos trabalhadores da área da saúde. A escolha desse segmento se deve ao fato de que estão mais expostos à covid-19 e podem ser beneficiados pelo projeto mais diretamente. Metade deles irá receber a vacina oral de poliomielite (VOP) e a outra metade receberá placebo.

De acordo com o pesquisador, como vacina emergencial, foram consideradas outras duas opções: a BCG, que protege contra tuberculose, e a de sarampo. Ambas também já estão sendo testadas por cientistas. "Todas têm como característica o microorganismo vivo, mas atenuado. Esses tipos de vacina provocam uma resposta imunológica, essa que nós queremos estimular, a inata, muito grande, importante, diferente de outras vacinas, em que temos apenas a proteína ou o microorganismo morto, como a de hepatite, a do HPV", esclareceu Fedrizzi.

"Tínhamos essas três candidatas a essa função. Vimos algumas discussões, principalmente do CDC, do virologista Robert Gallo, falando que a vacina da pólio tem muitas vantagens, porque não seria uma medicação injetável, seria via oral, com rápida resposta, uma vacina barata, segura e com a qual temos grande chance de termos essa proteção", comentou o coordenador, salientando que a vacina específica contra o Sars-coV-2, como a que está sendo desenvolvida pelo Laboratório de Imunologia do Instituto do Coração (Incor), da Universidade de São Paulo (USP), ainda pode demorar vários meses para ficar pronta.

"O que observamos em outros países é que a vacina de poliomielite passou a ser incorporada junto com outras, no calendário da criança, de forma injetável. Então, perdeu um pouco desse perfil de estimular a imunidade inata que a oral nos dá. Nós temos uma facilidade enorme em relação a países que já trocaram a vacina oral pela injetável: o fato de termos disponível a forma oral, produzida pela Bio-Manguinhos [Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos], que é barata e é oferecida no Programa Nacional de Imunizações. E aqui também temos a indicação dessa vacina para adultos quando vão viajar para algum país que tenha a doença como endêmica. Então, pessoas adultas, quando vão para esses locais, recebem essa recomendação", acrescentou.

De acordo com o Ministério da Saúde, a poliomielite ainda aparece com alta incidência no Afeganistão, na Nigéria e no Paquistão. Desde 1990, o poliovírus selvagem não é identificado no Brasil e, em outubro de 2019, a Organização Mundial da Saúde (OMS) repercutiu o anúncio, feito por uma comissão independente de especialistas, de que o poliovírus selvagem tipo 3 foi erradicado em todo o mundo, de forma que somente o tipo 1 ainda circula.

Segundo Fedrizzi, a equipe tem conseguido apoio para desenvolver o projeto, mas ainda precisa ampliar o aporte de recursos para iniciar as pesquisas. Para que possa seguir com o cronograma desenhado, aguarda retorno do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e do Ministério da Saúde, a quem submeteu a proposta para obtenção de recursos, e da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep). Até o momento, os pesquisadores se reuniram com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), responsável pela Bio-Manguinhos, e conseguiram verbas da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc). Outro requisito cumprido foi a anuência do comitê de ética da UFSC.

O coordenador ainda destacou que, apesar de estarem contando com o indicativo de que a vacina de poliomielite possa ser empregada para esse fim, é preciso entender que não se trata de uma certeza. “Temos bastante evidências de que isso pode funcionar, mas não podemos dizer que isso vai funcionar”, destacou.

“Não podemos correr o risco de fazer o que a gente vê que está acontecendo, que é quando sai na mídia 'olha, tem uma medicação que vai ser testada e, possivelmente, tenha uma ação contra o coronavírus', e as pessoas acabam indo às farmácias e esgotando a medicação. Então, gostaria de que as pessoas tivessem um pouco de calma, porque é um estudo e temos bons argumentos de que possa funcionar. Assim que a gente tiver os resultados, a gente vai divulgar."

Por Agência Brasil

Petrolândia: Petroclínica realiza exame de vista nesta quarta (10); consultas com horário marcado


A Petroclínica, situada na na Rua José Benedito da Silva (Por trás da Eletroléo), informa realizará exame de vista nesta quarta-feira, 10 de junho de 2020.

Atenção cliente amigo: informamos o uso obrigatório de máscaras no nosso estabelecimento e o agendamento prévio de exames e consultas, para que não hajam aglomerações trazer acompanhante somente em casos de extrema necessidade. Contamos com a colaboração de todos.

A Petroclínica respeita você e sua saúde!! Consultas com horário marcado para sua segurança e conforto ! Agende já a sua!

Fones : 87 3851-2333 / 87 998050774


A Petroclinica conta com uma equipe totalmente qualificada para cuidar da sua saúde:Veja abaixo a relação dos demais profissionais que atendem na Petroclínica.

*Dr Rommel Alencar- fisioterapia em geral
*Dra Nubia Lopes - ginecologia e ultrassonografia
*Joane Barboza - preventivo com câmera, depilação a Luz intensa pulsada e drenagem linfática
*Dr Alexandre Salomao - Endoscopia Digestiva alta/ gastroenterologia
*Dr Igaro cordeiro - cirurgião dentista (canal em sessão única )
*Dra Cicero Elisane- fisioterapia em geral e a domicílio
*Dra Socorro Carvalho- ginecologia e ultrassonografia em geral
*Dr Italo Porto -psicologia
*Dra Lariça Bulhoes - pediatria e dermatologia clinica
* Dr Marcos Bispo -Endoscopia digestiva/ gastroenterologia
*Dr Emílio Araújo- psiquiatria
*Dr Magnun Aurélio - clínico geral
*Dra Andreza carvalho -psicologia
*Dra Gizele Rodrigues- nutricionista
*Vicente Monteiro- otorrinolaringologia
*Dra Bruna Lopes - cirurgiã dentista

A Petroclínica também realiza Mamografia Digital
Da Redação do Blog de Assis Ramalho

Governo desiste de tirar R$ 83,9 milhões do Bolsa Família

Cinco dias depois de publicar portaria, governo revoga transferência de R$ 83,9 milhões do Bolsa Família para Secom

O governo federal revogou nesta terça-feira (9) a portaria que transferia R$ 83,9 milhões do programa Bolsa Família para a Secretária de Comunicação da Presidência da República. A portaria de revogação foi assinada pelo Secretário Especial de Fazenda, Waldery Rodrigues.

Uma portaria publicada na edição da última quinta-feira (4) no "Diário Oficial da União", também assinada por Waldery, havia transferido R$ 83,9 milhões de recursos do programa Bolsa Família para a comunicação institucional do Palácio do Planalto.

A verba era originalmente destinada ao Bolsa Família na região Nordeste. Segundo o governo, a transferência de dinheiro do Bolsa Família para a Secom tinha sido motivada por uma baixa execução orçamentária do programa.

Isso porque beneficiários puderam optar por receber o Bolsa Família ou o auxílio emergencial de R$ 600, criada para ajudar trabalhadores informais afetados pela crise do coronavírus.

A justificativa do governo é que houve elevada procura pelo auxílio, de valor maior, o que fez parte do dinheiro para o Bolsa Família ficar sem uso.

Em nota, o governo informou ainda que para atender à regra do teto de gastos é preciso compensar a ampliação de uma despesa com a redução de outra.

O auxílio emergencial é de R$ 600, superior ao benefício médio do Bolsa Família (R$ 188,16 em março).

Críticas à medida

Quando o governo editou a portaria, o diretor Transparência Brasil (entidade que analisa gastos públicos), Manoel Galdino, disse que a medida era "injustificável".

“Tirar esse dinheiro agora vai prejudicar essas famílias agora e nos próximos meses, quando o auxílio emergencial acabar. E a segunda razão é que transferir esse dinheiro para publicidade da Secom, que não é do Ministério da Saúde, é injustificável. É absurdo diante da necessidade humana de comer, de pagar suas contas, de pagar seu aluguel, ter onde morar, que é super importante nesse momento de crise econômica em que o país está vivendo. O governo não tem que estar preocupado com política agora, com o governo Bolsonaro, falar das ações do governo, sendo que tem gente passando fome e gente morrendo”, afirmou.

Por Pedro Henrique Gomes, G1 — Brasília

Pedido do auxílio emergencial já pode ser feito nos Correios


Trabalhadores com dificuldades em solicitar o auxílio emergencial por falta de acesso à internet podem recorrer aos Correios a partir desta semana. Mais de 6.000 agências da estatal estão habilitadas a fazer o cadastro. É preciso obedecer um calendário, escalonado de acordo com da data de nascimento do interessado, para evitar aglomerações nas agências. O Ministério da Cidadania espera realizar até 27 milhões de atendimentos.

O cadastro é feito gratuitamente por funcionários dos Correios. "É um serviço para buscarmos os mais vulneráveis, que vão fazer o cadastramento assistido por um funcionário dos Correios. Ele vai cuidar de todos os detalhes para cumprirmos o nosso compromisso, que o presidente Bolsonaro nos determinou, de que nenhum brasileiro vai ficar para trás", afirmou o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni.

Para pedir o cadastramento numa agência dos Correios, o interessado deve apresentar os seguintes documentos:

- Identificação oficial com foto, em que conste também o nome da mãe do beneficiário
- CPF do usuário e dos membros da família que dependem da renda do titular
- Dados bancários ou documento de identificação (RG, CNH, passaporte, CTPS, RNE ou CIE) para solicitar abertura de conta social digital, em nome do titular do benefício.

Quem não tiver conta bancária terá aberta uma conta social digital na Caixa, caso o cadastro seja aprovado. Para abertura de conta deverá ser apresentado um documento de identificação (RG, CNH, passaporte). O cidadão receberá um protocolo de cadastro ao final do atendimento.

Depois de realizar o cadastramento nos Correios, o trabalhador poderá consultar o andamento do pedido em qualquer agência da empresa após o prazo determinado pela Dataprev para a conclusão da análise. Para isso, deverá retornar com o comprovante do atendimento de cadastro e o CPF.

Os Correios não farão o pagamento do auxílio emergencial, apenas o cadastro do pedido. O acompanhamento da liberação também pode ser feito nos canais disponibilizados pelo Ministério da Cidadania, Dataprev e Caixa ou pelo telefone 121.

Na página dos Correios, no sistema Busca Agência, é possível obter informações sobre as unidades abertas ao público. A grande maioria dos pontos de atendimento funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Calendário cadastro
Os Correios adotaram medidas de proteção para evitar o contágio pelo novo coronavírus, com controle do fluxo de atendimento, desativação dos totens de senha e organização dos clientes para manter a distância recomendada nas agências.

Para evitar aglomerações foi estabelecido um calendário para a solicitação do cadastro do auxílio emergencial nas agências, conforme o mês de nascimento do cidadão:

- Segunda-feira: nascidos em janeiro e fevereiro
- Terça-feira: nascidos em março e abril
- Quarta-feira: nascidos em maio e junho
- Quinta-feira: nascidos em julho, agosto e setembro
- Sexta-feira: nascidos em outubro, novembro e dezembro

Por Folhapress

Pernambuco registra menor número de casos de coronavírus em 24 horas desde 5 de maio


Pernambuco confirmou, nesta terça-feira (9), mais 305 casos de pessoas infectadas pelo coronavírus. É o menor número confirmado diariamente desde o dia 5 de maio, quando o Estado confirmou 462 casos. No dia 4 de maio, o Estado confirmou 220 casos.

Segundo o boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) também foram confirmadas 103 novos óbitos em decorrência da covid-19. O aumento no número de mortes está relacionado ao atraso na informação sobre a ocorrência dos óbitos pela rede hospitalar, de acordo com a SES-PE. É válido lembrar que a data de divulgação dos novos casos e mortes, não corresponde necessariamente ao dia em que a pessoa foi infectada pela covid-19 ou morreu pela doença. Pernambuco agora tem o total de 41.010 casos e 3.453 mortes.

Do total de mortes, 60 óbitos (58,2%) ocorreram entre o dia 24 de abril e 05 de junho e 43 (41,8%) foram registrados nos últimos 3 dias. Dos novos casos confirmados nesta terça, 131 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 174 são casos leves. Já quanto ao número total de casos, 16.091 são graves e 24.919 leves.

Ao longo do dia a SES-PE irá repassar os detalhes epidemiológicos, como datas em que as mortes aconteceram e idades das vítimas.


Bancos em todo o país não abrem nesta quinta-feira, feriado de Corpus Christi

Agência do Banco do Brasil de Petrolândia-PE - Foto: Assis Ramalho/BlogAR

Os bancos não abrirão em todo o país na próxima quinta-feira (11), feriado de Corpus Christi, mesmo nos municípios que anteciparam o feriado em virtude do combate à pandemia de Covid-19.

"Essa situação será observada em todos os municípios brasileiros, inclusive naqueles que eventualmente implementaram alguma forma de antecipação desse feriado em virtude do combate à pandemia", disse a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), em nota.

Desta forma, as agências permanecerão fechadas, sem atividades nos sistemas de transferência de reservas (STR), sistema especial de liquidação e de Custódia (Selic) e taxas de câmbio.

Com as agências bancárias fechadas no dia 11, estarão prorrogados para o primeiro dia útil subsequente todos vencimentos de contas, incluindo boletos e contas de concessionárias, agendamento de pagamentos e envios de transferências.

Os terminais de autoatendimento, aplicativos de celular e internet permanecerão provendo os serviços de forma usual, como já ocorre em feriados bancários.

Por Agência Brasil

Deputado Fabrizio Ferraz destina parte do salário para confecção de máscaras de proteção a policiais civis e militares que atuam na região do Sertão de Itaparica



O deputado estadual Fabrizio Ferraz anunciou, nesta terça (9), que abriu mão de parte do seu salário de maio como parlamentar para atender a mais uma demanda no combate à Covid-19. Segundo Ferraz, o valor foi destinado à confecção de máscaras de proteção reutilizáveis que serão distribuídas, a princípio, para todos os policiais civis e militares que atuam na região do Sertão de Itaparica. O deputado informou ainda que outras categorias também serão beneficiadas e a ação se estenderá por algumas microrregiões do Sertão.

“As máscaras foram confeccionadas por costureiras locais e agora serão entregues na 23ª DESEC, 1ª e 4ª CIPMs para devida distribuição dos seus efetivos. Dessa forma, conseguimos movimentar a economia local e iremos contribuir para a proteção desses profissionais que estão atuando na linha de frente no combate ao coronavírus. A produção das máscaras irá continuar e em breve, outros setores, além da Segurança, também serão contemplados”, afirmou.

Para Fabrizio Ferraz, todos que fazem o Poder Público precisam ter iniciativa. “ O momento pede cautela, união e empatia. Não há espaço para travar queda de braço. Enquanto durar a crise e persistir o período de restrições, precisamos nos reinventar e buscar novas alternativas para atender as demandas”, finalizou.

Por Dianely
Assessoria do deputado Farízio Ferraz

Petrolândia: Endocrinologista Dr. Alexandre Torres Candeia atende na MedClinic nesta quarta-feira (10/06); agende sua consulta


A MedClinic Clínica Especializada informa que Dr. Alexandre Torres Candeia (Endocrinologista e Ultrassonografia), vai atender nesta quarta-feira, 10 de junho de 2020.

Agende sua consulta pelos telefones: 87 9.9946-1544 - 87 38511879.


Redação do Blog de Assis Ramalho
Informação: MedClinic

Proprietário procura carro furtado na madrugada desta terça (09/06) em Petrolândia-PE


Um gol modelo bola branco (foto acima), foi roubado nessa madrugada de 09/06/20, próximo a Praça da quadra 03 em Petrolândia, quem souber algum paradeiro, favor informar, será gratificado! Obrigado

Contato 087999332592
Falar com  Rosineide!

Bolsonaro critica Mandetta, OMS, fala sobre o Auxílio Emergencial, Globo e mais (Assista)


Após reunião ministerial desta terça-feira ( 9) o Presidente Jair Bolsonaro fez pronunciamento à imprensa e respondeu aos jornalistas.

Bolsonaro fez críticas a Mandetta, a OMS, falou sobre o Auxílio Emergencial, Globo e mais. Também atendeu a apoiadores.

Assista acima

Vídeo: Canal You Tub FOCO BRASIL


Petrolândia: Dr. Marcos atende na quarta e sexta-feira desta semana na CLIMAGEM; agende sua consulta


A CLIMAGEM - Clínica de Atendimento Médico e Diagnóstico por Imagem - informa que o obstetra e ginecologista Dr. Antonio Marcos de Souza (Dr. Marcos) atenderá nesta quarta-feira (10/06)  a partir das 8 horas da manhã.

Também atende na sexta-feira (12/06) a partir das 16:horas.

*Quinta-feira não haverá expediente em virtude do dia sagrado de Corpus Christi

As consultas podem ser agendadas - com antecedência - no local ou pelos telefones (87) 3851-1195 e (87) 99818-5164.

A CLIMAGEM está situada na Avenida Marquês de Olinda, Nº 32, no centro de Petrolândia - em frente a MouraLab - próximo à Pousada e Empório Atenize.

A CLIMAGEM Conta com atendimento especializado em Ginecologia e Obstetrícia e Mastologia além de exames em ultrassonografia geral, preventivo e colposcopia. Também tem nutricionista. Venha você também cuidar da sua saúde!



Blog de Assis Ramalho
Informação: Climagem

Petrolândia: É Hoje! Fabiano Marques e Rogério Novaes anunciam live com participação de Rodrigo Novaes, na noite desta terça (09/06)


Divulgação

Guedes confirma prorrogação por dois meses do auxílio emergencial


O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou na manhã desta terça-feira (9) que o governo vai prorrogar por dois meses o pagamento do auxílio emergencial. Porém, ainda não ficou claro se o valor do auxílio será mantido ou se haverá uma redução.“O presidente já lançou e comunicou isso que, por dois meses, nós vamos estender o auxílio emergencial", afirmou Guedes nesta terça. Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro já tinha dito que conversou com o ministro da Economia sobre a prorrogação do benefício.

Na última sexta-feira (5), o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, afirmou que o governo prevê pagar duas parcelas extras de R$ 300 cada.

Após a reunião interministerial nesta terça, Bolsonaro disse que aceita aumentar o valor do auxílio emergencial se deputados e senadores reduzirem os próprios salários. De acordo com o presidente, se o Congresso quiser que as duas parcelas extras sejam de R$ 600, os parlamentares terão de indicar a fonte da despesa.

“Eu sei que tem parlamentar que quer mais duas de R$ 600. Tudo bem, se tivermos um programa para diminuir o salário do parlamentar, a metade, grande parte do salário desses parlamentares ser usado para pagar isso aí, tudo bem”, disse Bolsonaro.

O presidente ressaltou que o pagamento de cada parcela do auxílio custa cerca de R$ 40 bilhões. “Não tem possibilidade da nossa dívida continuar crescendo dessa maneira”, declarou.

O auxílio foi criado para compensar a perda de renda decorrente da pandemia de coronavírus. O benefício atual é de R$ 600 (ou R$ 1,2 mil para mães solteiras). Inicialmente, os pagamentos seriam feitos por apenas por três meses. Porém, o governo decidiu prorrogar a ajuda.

O benefício começou a ser pago em 7 de abril. Até segunda-feira (9), ainda havia 10,4 milhões de pedidos de auxílio emergencial aguardando análise, segundo a Caixa. Não há previsão de quando essas pessoas irão receber o benefício.

Renda Brasil

Na mesma reunião desta terça-feira, Guedes disse que o governo deve lançar em breve o "Renda Brasil", que unificará diversos programas sociais.

"Nós estávamos em um nível de emergência total a R$ 600, vamos começar agora uma aterrisagem, com a unificação de vários programas sociais, o lançamento do Renda Brasil, que o presidente vai lançar", afirmou Guedes.

O ministro afirmou também que, durante a pandemia, o governo "aprendeu" que há "38 milhões de brasileiros invisíveis e que também merecem serem incluídos no mercado de trabalho".

"Vamos lançar um programa Verde e Amarelo. Só que agora nós sabemos quem eles são. Nós digitalizamos e temos o endereço de cada um. E nós vamos formalizar esse pessoal todo. Eles são brasileiros como todo mundo e eram invisíveis. Vamos estar lançando isso daqui a pouco”, completou Guedes.

Por G1 — Brasília

Vítimas de violência doméstica poderão fazer denúncia em farmácias


Uma campanha promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) pretende incentivar as vítimas de violência doméstica a denunciarem agressões nas farmácias.

Pela campanha Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica, que será lançada amanhã (10), basta mostrar um X vermelho na palma da mão para que o atendente ou o farmacêutico entenda tratar-se de uma denúncia e em seguida acione a polícia e encaminhe o acolhimento da vítima.

A ação é voltada para as mulheres que têm dificuldade para prestar queixa de abusos, seja por vergonha ou por medo. “A vítima, muitas vezes, não consegue denunciar as agressões porque está sob constante vigilância. Por isso, é preciso agir com urgência”, disse a presidente da AMB, Renata Gil, de acordo com o material da campanha.

Cerca de 10 mil farmácias de todo o país, filiadas a duas associações do setor, são parceiras na iniciativa. Segundo o material da campanha, atendentes e farmacêuticos seguirão protocolos preestabelecidos para lidar com a situação e não necessariamente serão chamados a testemunhar nos casos.

Entre março e abril deste ano, já em meio à pandemia do novo coronavírus, os casos de feminicídio cresceram 22,2% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com um levantamento feito em 12 estados e divulgado na semana passada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

No mesmo levantamento, o FBSP apontou queda na abertura de boletins de ocorrência ligados à violência doméstica. Para a entidade, os dados do levantamento demonstram que, ao mesmo tempo em que estão mais vulneráveis durante a crise sanitária, as mulheres têm tido mais dificuldade para formalizar queixa contra os agressores.

Por Agência Brasil

Governo vai criar programa de renda mínima após a pandemia, diz Guedes


O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou hoje (9) que o governo federal criará um programa de renda mínima permanente, após a pandemia do novo coronavírus (covid-19), batizado de Renda Brasil. O ministro disse ainda que será criado um programa para geração de empregos formais, com a retomada do projeto Carteira Verde e Amarela.

“Aprendemos durante toda essa crise que havia 38 milhões de brasileiros invisíveis e que também merecem ser incluídos no mercado de trabalho”, disse Guedes durante reunião ministerial coordenada pelo presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com o ministro, haverá a unificação de vários programas sociais para a criação do Renda Brasil, que deve incluir os 38 milhões de beneficiários do auxílio emergencial, de três parcelas de R$ 600, pago em razão da pandemia da covid-19.

Já com o programa Carteira Verde e Amarela, umas das bandeiras de campanha de Bolsonaro, o governo pretende flexibilizar direitos trabalhistas como forma de facilitar novas contratações. “Há regimes onde têm muitos direitos e pouquíssimos empregos e há 40 milhões de brasileiros andando pelas ruas sem carteira assinada. Só que agora nós sabemos quem eles são e vamos formalizar esse pessoal todo”, ressaltou o ministro Guedes.

Em novembro de 2019, o governo editou a Medida Provisória nº 905, que criou o Contrato de Trabalho Verde e Amarelo, para facilitar a contratação de jovens entre 18 a 29 anos, mas ela perdeu a validade antes de ser aprovada pelo Congresso, em abril deste ano.

O ministro Paulo Guedes confirmou ainda que o auxílio emergencial será prorrogado por mais dois meses, conforme já havia sido anunciado por Bolsonaro e que, durante esse tempo, o setor produtivo pode se preparar para retomar as atividades, com a adoção de protocolos de segurança. “E depois [a economia] entra em fase de decolar novamente, atravessando as duas ondas [da pandemia e do desemprego]”, disse Guedes.

A 34ª Reunião do Conselho de Governo, que aconteceu nesta terça-feira (9) no Palácio da Alvorada, foi transmitida ao vivo pela TV Brasil e em suas mídias sociais.

Por Agência Brasil

Nota do STR de Petrolândia aos trabalhadores rurais do município


O Sindicato dos Trabalhadores e trabalhadoras rurais de Petrolândia PE,em nota vem esclarecer que as emissões de Dap's, estão sendo feitas por via internet, porém neste momento de pandemia estamos atendendo somente aos associados(as),que já são cadastrados, comprovando o exercício rural.Os demais interessados (as) ,serão atendidos logo após o final do decreto municipal,pois exige um atendimento presencial junto com a documentação necessária,e neste momento a sede se encontra fechada e não poderemos efetuar esse tipo de atendimento.Peco encarecidamente a compreensão de todos (as).

Para mais informações ligue para o N° 99906-7521.

Agradece a direção.

Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Petrolândia (STR)

Boletim desta terça [09/06]: Com mais103 óbitos e 305 pacientes, Pernambuco soma 41.010 casos e 3.453 mortes pela Covid-19


Foram confirmados, nesta terça-feira (9), 305 novos casos da Covid-19 em Pernambuco, além de 103 óbitos. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), o estado passou a somar 41.010 casos e 3.453 mortes de pacientes com o novo coronavírus, números que começaram a ser registrados em março, com o início da pandemia.

Ainda segundo a SES, as mortes registradas nesta terça (9) ocorreram desde o dia 24 de abril. “O aumento no número de mortes no boletim está relacionado ao atraso na informação sobre a ocorrência dos óbitos pela rede hospitalar”, disse a secretaria.

Dos 103 óbitos, 60 ocorreram entre os dias 24 de abril e 5 de maio. Já os outros 43 aconteceram nos últimos três dias.

Em relação aos 305 casos confirmados nesta terça (9), 131 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 174 como leves. Com isso, o estado chegou a 16.091 casos graves e 24.919 leves da Covid-19.

Outros detalhes do boletim epidemiológico, como municípios onde ocorreram as confirmações e os óbitos, além das faixas etárias e das comorbidades das vítimas, devem ser repassados à noite pelo governo estadual.

Por G1 PE
Imagem: JC

IBGE prevê alta de 1,8% na safra nacional de grãos em 2020


A safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas deve fechar o ano com produção de 245,9 milhões de toneladas, segundo previsão feita em maio pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O volume é 0,5% menor do que o estimado em abril, mas ainda assim representa uma alta de 1,8% em relação a 2019 (241,5 milhões de toneladas).

E, mesmo com a queda da previsão em relação a abril, a estimativa de maio mantém-se recorde. A área colhida, estimada para 2020, deve ser de 64,6 milhões de hectares, um crescimento de 2,1% em relação ao ano anterior.

Entre as principais lavouras de grãos, são estimadas altas na produção, em relação a 2019, para a soja (5,2%), arroz (5,3%), trigo (31,4%), sorgo (5,3%) e o algodão herbáceo (0,1%). Por outro lado, são esperadas quedas nas safras de milho (-3,8%) e de feijão (-1,3%).
Outros produtos

Além dos grãos, o IBGE estima safras de outros produtos importantes da matriz agrícola brasileira. A cana-de-açúcar, por exemplo, deve ter alta (0,9%), assim como o café em grãos (14,7%) e a laranja (4,2%).

São esperadas quedas nas safras de banana (-3,8%), batata-inglesa (-4,3%), mandioca (-1,6%) e tomate (-5,2%). A produção de uva deve se manter a mesma de 2019.

Por Agência Brasil

Tesouro libera hoje (9) 1ª parcela de auxílio a estados e municípios


O Banco do Brasil credita hoje (9) a primeira parcela de R$ 15,036 bilhões do auxílio financeiro da União aos estados, Distrito Federal e municípios, informou a Secretaria do Tesouro Nacional. O valor é referente ao auxílio financeiro de que trata a Lei Complementar 173, sancionada no fim do mês passado para o combate aos efeitos da pandemia do novo coronavírus.

Segundo o Tesouro Nacional, serão repassados R$ 9,25 bilhões para os estados, R$ 5,748 bilhões para os municípios e R$ 38,6 milhões para o Distrito Federal, totalizando R$ 15,036 bilhões.

O dinheiro será creditado nas contas do Fundo de Participação dos Estados e do Fundo de Participação dos Municípios. No total, foram aprovados pelo Congresso Nacional R$ 60 bilhões, divididos em quatro parcelas mensais. As próximas parcelas desse auxílio serão creditadas em 13 de julho, 12 de agosto e 11 de setembro de 2020.

Por Agência Brasil

Tacaratu: Julinho de Bira ''Nós somos a mudança que queremos ver''


Cada pedacinho de nossa Tacaratu sonha com o progresso.

Seu distrito e suas comunidades tem suas histórias, a alegria de seus moradores, alguns avanços em meio a tantos descasos e abandono do poder público. Algumas comunidades inclusives "usadas" como curral eleitoral e consecutivamente esquecidos por seus políticos de origem.

A perpetuação de uma política suja, viciada em favores travou o avanço de nossa cidade e mais serviu para políticos desonestos locupletarem-se do poder.

Hoje muitos grupos de WhatsApp e páginas de Instagram, descem a marreta em políticos de mandato, mas no geral e por inúmeras vezes tem total razão, pois já estão cansados das falsas promessas e discursos que em quatro em quatro anos se repetem.

Mal escapa alguma mídia que não seja tendenciosa, enganadora e comprada por patifes.

E todo o município é a maior vítima (digamos também subserviente) desta roda de maldades, necessita renascer, necessita de uma repaginação.

E não serão políticos bairristas ou mídias manipuladoras que irão enganar toda essa gente.

Tanto não será a velha política quanto não será nenhuma falsa onda.

Serão homens e mulheres honestos despreendidos do poder, acima de tudo, pessoas de caráter.

Sonhe Tacaratu, sonhe!

Pois o progresso ainda vai ser realidade.

Julinho de Bira
(Pré candidato à vereador)

Câmara de Paulo Afonso aprova gratificação de 30% para servidores que atuam contra Covid-19


A Câmara Municipal de Paulo Afonso realizou nesta segunda terça-feira (8), sessão ordinária onde votou o Projeto de Lei do Executivo que autoriza o pagamento de gratificação salarial aos servidores municipais que atuam na linha de frente do combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

O PL teve como base matéria do vereador de oposição “Bero do Jardim Bahia” (PSB), reprovado no mês passado pelos parlamentares governistas por considerá-lo inconstitucional. Os vereadores que rejeitaram o projeto alegaram que a Lei Orgânica não permite que os edis criem projetos que gerem despesas para o município.

GRATIFICAÇÃO EXTRA

A remuneração extra estipula o pagamento de gratificação de 30% (trinta por cento) sobre o salário base aos servidores públicos da Secretaria da Saúde e de outras pastas que atuam na prestação de serviços essenciais de combate à Covid-19 durante o período em que vigorar a pandemia. O incentivo aprovado tem efeito retroativo a 1º de maio.

SESSÃO REMOTA

A sessão desta segunda-feira, (8) foi primeira em sistema remoto desde a paralisação das atividades há cerca de dois meses, embora tenha realizado duas sessões extraordinárias no período. A decisão se baseia nas medidas de restrições por conta da pandemia da Covid-19. A sessão foi transmitida na íntegra e ao vivo pelo YouTube e pelo streaming do Portal da Câmara.

Veja a íntegra do PL abaixo:


Por PA4.COM.BR

Com ressalvas, TCU vai aprovar nesta quarta (10) contas do primeiro ano de governo Bolsonaro


O Tribunal de Contas da União (TCU) vai aprovar as contas do primeiro ano de governo de Jair Bolsonaro. Mas com ressalvas. A cerimônia prevista para esta quarta-feira (10) deve contar com a presença do próprio presidente Bolsonaro e ministros de governo.

A liberação de recursos públicos e a execução de contratos em meio a pandemia estão fora do julgamento, por se tratar de 2020 e não 2019. Mas nem por isso os discursos deixarão as polêmicas de momento de lado.

Ministros da Corte veem a oportunidade de falarem sobre "democracia, respeito às instituições e equilíbrio".

Entre as considerações do Tribunal, que vão a julgamento, está a transparência de dados sobre a aposentadoria de militares. Atualmente, o Ministério da Defesa não fornece as informações que o TCU precisa para calcular o custo da aposentadoria das Forças Armadas no longo prazo. O argumento: manter a segurança nacional.

Por CNN Brasil


Guedes diz a deputados que o governo deverá lançar o programa Renda Brasil para substituir o Bolsa Família


O ministro Paulo Guedes (Economia) afirmou a deputados federais nesta segunda-feira (8) que o governo deverá lançar o programa Renda Brasil para substituir o Bolsa Família logo após o fim da pandemia do novo coronavírus.

Segundo congressistas que participaram da reunião, o ministro disse que a iniciativa será um programa de transferência de renda para os mais vulneráveis e será mais abrangente do que o atual Bolsa Família.

A ideia é incluir até informais identificados pelo governo Jair Bolsonaro e hoje são beneficiados pelo auxílio emergencial de R$ 600. Guedes, porém, não deu detalhes sobre a inciativa.

Para deputados, a decisão de lançar a iniciativa atrelada ao fim da pandemia é uma forma de o governo suprir o fim do pagamento da ajuda financeira paga a parcela da população afetada pela pandemia.

O auxílio emergencial começou a ser pago em abril e a previsão era a de que ele durasse três meses. A última parcela do benefício ainda será paga, mas o governo deverá estender o pagamento do auxílio por mais dois meses, mas com um valor menor, de R$ 300.

Uma das análises feitas pelo ministro a deputados é que a pandemia ajudou o governo a atualizar a base de dados de informais e isso poderia ser aproveitado no novo programa.

Na avaliação de dirigentes partidários e de integrantes do governo, os protestos contra o governo registrados neste domingo (7) foram embrionários, mas poderiam ser inflados no futuro com a participação de descontentes com o fim do auxílio emergencial.

Além de tentar barrar a insatisfação com o governo, o governo também alteraria de uma vez por todas o nome do programa que foi marca dos governos petistas.
A reunião desta segunda com Guedes teve como objetivo discutir com líderes de partidos de centro da Câmara medidas a serem tomadas após a pandemia do coronavírus.

Os ministros Walter Braga Netto (Casa Civil) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) também participaram.

Segundo líderes partidários, o ministro da Economia falou que haverá dois choques passada a crise com a doença: um de empregos e outro de investimentos. Os investimentos viriam com o aporte de dinheiro público para obras do governo que gerariam empregos.

Esse braço está previsto no programa do governo chamado de pró-Brasil que teve inicialmente o repúdio de Guedes que o considerou desenvolvimentista.

Nesta segunda, Guedes acenou a ala militar do governo que defende o programa, sinalizando que pode colaborar com a iniciativa. Congressistas disseram que o ministro da Economia e Braga Netto estavam em sintonia.

Em outra frente, o titular da Economia também disse que o Renda Brasil teria um gatilho para incentivar os beneficiados a procurarem emprego. Disse ainda que a carteira de trabalho verde amarela seria benéfica por desburocratizar processos de contratação e facilitar a a busca por empregos.

Além disso, na reunião, os ministros do governo também pediram aos deputados empenho para aprovar a reforma tributária, administrativa, a autonomia do Banco Central, entre outros projetos.

Congressistas, por sua vez, pediram a Guedes que não mexa no Sistema S, como o governo já sinalizou que poderia fazer. O encontro, na avaliação de deputados, foi um gesto de aproximação do ministro da Economia com o Congresso.

Por: Julia Chaib
Por: FolhaPress

Chega a 358 o número de casos confirmados do novo coronavírus em Petrolina


Nesta segunda-feira (8), mais 17 casos de Covid-19 foram confirmados em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Destes, 15 foram detectados através de testes rápidos, sendo os pacientes sete homens com idades entre 13 e 79 anos e oito mulheres com idades entre 18 e 77 anos. Os outros dois resultados foram divulgados pelo Laboratório Central de Pernambuco (Lacen-PE) e um laboratório privado. Estes pacientes são dois homens, de 42 e 55 anos.

O município soma agora, 358 casos do novo coronavírus, com dez óbitos e 105 curas clínicas. Do total dos casos, 256 foram confirmados através de testes rápidos e 102 através de exames laboratoriais.

O estado de Pernambuco confirmou 40.705 casos e 3.350 óbitos, no total, de acordo com mais recente boletim divulgado.

Os dados relacionados à Síndrome Respiratória Aguda Grave, apontam 9 casos confirmados, 88 em investigação, 30 descartados e um óbito.

Por G1 Petrolina

Calendário do auxílio emergencial: veja quem recebe nesta terça-feira (09/06)


A Caixa Econômica Federal (CEF) libera nesta terça-feira (9) as transferências e os saques em dinheiro da segunda parcela do Auxílio Emergencial depositada em poupanças sociais digitais do banco para os 2,6 milhões de beneficiários nascidos em setembro.

As liberações começaram no em 30 de maio e seguem um cronograma ligado ao mês de nascimento do trabalhador. Até a data de liberação, os recursos já depositados nas poupanças podem ser usados apenas para pagamento de contas, de boletos e compras por meio do cartão de débito virtual.

Para os trabalhadores que receberam a primeira parcela do benefício em outra conta, os recursos depositados na poupança digital serão transferidos automaticamente também na data de liberação dos saques e transferências. Com isso, esses beneficiários terão que procurar os bancos em que têm conta caso queiram sacar o dinheiro.

Veja o calendário para liberação de saques e transferências da poupança social digital:



Pagamentos

A Caixa concluiu em maio os pagamentos da segunda parcela do Auxílio Emergencial para os beneficiários que receberam a primeira até 30 de abril. O calendário da terceira parcela, que estava prevista para maio, continua sem definição.

Um segundo grupo de aprovados recebeu a primeira parcela também na última semana semana de maio - para estes, a data de pagamento da segunda não está confirmada mas, segundo o presidente da Caixa, o benefício deve ser liberado em um mês.

Até segunda-feira (9), ainda havia 10,4 milhões de pedidos de Auxílio Emergencial aguardando análise, segundo a Caixa. Não há previsão de quando essas pessoas irão receber o benefício.

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Veja calendário da 2ª parcela

Por G1