segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

Policial militar é baleada no pescoço a caminho do 1º dia de trabalho no Ceará

Policial Sara Valeska foi baleada no pescoço na primeira semana de trabalho (Foto: Arquivo pessoal)
Tiro perfurou vidro do veículo da policial e atingiu o pescoço (Foto: Marina Alcânatara/TV Verdes Mares)

Uma policial militar foi baleada no pescoço na manhã desta segunda-feira (1º), a caminho do primeiro dia de trabalho. De acordo com o subtenente da Polícia Militar Veridiano Moiá, Sara Valeska de Oliveira Barreto foi baleada na porta de casa, quando saía de casa para o trabalho junto com uma colega, também policial.

Ela foi abordada por um grupo de homens armados que dirigia um carro, que tentaram assaltar as policiais e dispararam quando Sara dirigiu em marcha à ré para evitar o crime. O tiro perfurou o para-brisa do veículo e atingiu o pescoço da vítima. Os suspeitos fugiram e são procurados pela polícia.

Conforme o subtenente, o crime ocorreu por volta das 5h30 desta segunda, no Bairro Damas, e a policial chegou ao Hospital Instituto Doutor José Frota, no Centro de Fortaleza, por volta das 6h.


‘Alô! É do céu?’, pastor “conversa” com Deus pelo celular durante culto


Um pastor de uma igreja evangélica do Zimbabwe protagonizou uma cena um tanto quanto curiosa. De acordo com o blog O Viral, do UOL, o vídeo em que o líder religioso "fala com Deus" pelo celular, viralizou na internet.

O nome do pastor é Paul Sanyangore e na gravação, ele se diz um intermediário entre Deus e a mulher que está ajoelhada na frente dele. O líder chega a perguntar ao telefone o que Deus teria para falar sobre a fiel.

Ainda ao telefone, ele explica a mulher que Deus teria revelado a ele que a fiel deveria rezar pelos seus filhos, já que um teria epilepsia e o outro asma. Ele termina dizendo que Deus está online e pediu para dizer que a história dela havia mudado e encerra a chamada.

Confira o vídeo

JC NE10 UOL.COM.BR


O rumo de Pernambuco em 2018: quem será o governador?


Nesta segunda-feira (1), primeiro dia do ano, uma pergunta vai começar a se intensificar entre a população relacionada à eleição que ocorre no mês de outubro: quem será eleito governador de Pernambuco? Ou conseguirá Paulo Câmara (PSB) ser reeleito revertendo um quadro desfavorável associado à sua imagem?

Se pouco se sabe ainda sobre como será desenhado o caminho nestes nove meses antecedentes ao pleito, uma afirmação é certa: os possíveis pré-candidatos já devem se posicionar cada vez com mais firmeza em busca de conquistar votos dos pernambucanos. Os nomes, até agora, já colocados não trazem grandes novidades. Supõe-se que Paulo Câmara (PSB) deve lutar pela reeleição. Outros políticos cogitados a concorrer o pleito já são velhos conhecidos como o senador Armando Monteiro (PTB), que parece não desistir de comandar Pernambuco lembrando que o petebista concorreu, em 2014, com Câmara e perdeu com uma margem grande de votos.

Também não é descartado na disputa, apesar de ferrenhas críticas de uma parte da população, o ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), que avisou neste ano em um discurso contundente que não tem medo de grito. A declaração foi dada quando participava de um evento, no Recife, e foi surpreendido com a presença de manifestantes. Acusado de ser cúmplice do presidente Michel Temer no que diz respeito a cortes na área educacional, Mendonça não parece se sentir intimidado e chegou a dizer que o Brasil não tem donos e que nenhum “grupeiro partidário” vai impedi-lo de trabalhar.

Apesar do quadro já previsível, um caso a parte deve chamar a atenção nos discursos. O senador Fernando Bezerra Coelho, que se desfiliou do PSB e agora integra o PMDB, e o governador Paulo Câmara (PSB) devem protagonizar troca de críticas. Se por um lado, FBC deve seguir o raciocínio de convencer o eleitor de que “o estado parou”, como já afirmou recentemente, por sua vez o pessebista pode usar o argumento de “traição”.

Mulheres na disputa


Trágico acidente deixa três mortos e três feridos na Rodovia PE-61, no primeiro dia do ano


Um acidente de trânsito envolvendo dois carros de passeio deixou ao menos três mortos e três feridos, na manhã desta segunda-feira (1º), na Rodovia PE-61, no município de Sirinhaém, no Litoral Sul de Pernambuco. De acordo com o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), da Polícia Militar de Pernambuco, entre as vítimas estão Marcelino Soares Ferreiras, 25 anos, Lucas Aleixo da Silva, de 22 anos, e um menino que aparenta ter 10 anos.

Dois homens e uma mulher foram levados para o Hospital Olímpio Machado, na mesma cidade. A unidade de saúde informou que o estado de saúde dos feridos é grave. A polícia ainda busca informações sobre outras possíveis vítimas.

A colisão frontal ocorreu por volta das 8h, em uma área localizada a três quilômetros do trevo que dá acesso ao distrito de Barra de Sirinhaém. Imagens enviadas para o WhatsApp da TV Globo mostram que os dois carros, um branco e um vermelho, ficaram destruídos.

As pessoas que morreram estavam no carro branco. Os feridos viajavam no outro automóvel. Todos os envolvidos na batida são da cidade de Sirinhaém.

Por: G1 Caruaru e TV Jornal


Petrolândia: Associação Portuguesa se despede do ano com futebol e descontração


 
Feliz Ano Novo!!!  Na última pelada do ano, atletas da Associação Portuguesa dão adeus a temporada de 2017

Neste domingo, 31 de dezembro de 2017, a Associação Portuguesa de Petrolândia, realizou a sua última pelada do ano, em clima de muita alegria e descontração.

Todos os domingo pela manhã, a Associação lusa realiza a sua tradicional pelada de futebol no Estádio Municipal ''O Galegão.

O baba dos boleiros da lusa petrolandense tem início as 8 horas, logo após o baba da Associação dos Veteranos Desportistas de Petrolândia(AVEPE).

Associação Portuguesa de Petrolândia foi fundada em 08 de março de 1991

Atual Diretoria
Presidente: Isvon
Vice-presidente: Ernanes
Tesoureiro: Edvan
Secretário de Esportes: Manu

Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Assis Ramalho/BlogAR)


Sergipe terá concurso para delegado, guarda prisional, bombeiro e PM em 2018

A autorização para o concurso público para delegado, guarda prisional, bombeiro e PM foi publicada no Diário Oficial do Estado na sexta-feira (29) e até o final de janeiro, serão publicados os editais com os cronogramas e as regras para realização das provas ainda em 2018.

Vão ser 10 vagas para delegado, 100 vagas para guarda prisional, 30 vagas para aspirante da Polícia Militar, 300 vagas para soldado da PM, 12 vagas para aspirante do Corpo de Bombeiros Militar (CBMSE) e 200 vagas para soldado do CBMSE.

Por G1 SE


Jatobá: Associação Pó de Serra se confraterniza na última pelada de 2017

 
 

Nesse domingo (31 de dezembro/2017), a Associação Pó de Serra promoveu a última pelada do ano em seu bem cuidado campo de futebol. Confira os resultados, enviados por nosso amigo Jair Souza, o popular Jair do Picolé.

Primeiro tempo: 7h10 às 8h00
Camisa verde 3 x 2 Camisa amarela
Gold do Camisa verde: Marcos (2) e Cristiano (1)
Gols do Camisa amarela: Reinaldo e Samuel

Segundo tempo: Das 08h00 às 09h00

Camisa amarela 1 x 1 Camisa verde
Gol do Camisa amarela: Gil

Logo após a pelada, aconteceu a tradicional confraternização na sede da entidade entre sócios e convidados.

Redação do Blog de Assis Ramalho
Com informações e fotos de Jair Souza


Radialista é morto a tiros a caminho do trabalho na Paraíba


Um radialista e cantor de forró de 56 anos foi morto a tiros na madrugada deste domingo (31) no bairro Jardim Paulistano, em Campina Grande. Segundo informações da Polícia Civil, João Gomes da Cruz, conhecido como Jota Gomes, foi baleado no momento em que esperava para dar carona a um colega para irem juntos a rádio em que trabalham em Campina Grande.

De acordo com a Polícia Civil, testemunhas relataram ter ouvido uma pessoa pedindo para não ser assassinada e em seguida os tiros. Jota Gomes estava usando o celular enquanto esperava o colega. O radialista foi atingido por dois tiros, um no rosto e outro no peito. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu antes de ser encaminhado para o hospital.

A delegada responsável pelo caso, Nercília Dantas, explicou que a investigação aponta para duas hipóteses, execução ou latrocínio, quando há um roubo seguido de morte. A segunda linha de investigação ganhou mais força, uma vez que um dos dois celulares da vítima não foi levado pelo suspeito.