segunda-feira, 22 de março de 2021

Petrolândia: Corpo de José Carlos Vieira (DUDA DO FERRO VELHO) já está sendo velado na Quadra 10; sepultamento será amanhã em Tacaratu às 10 horas



O corpo de José Carlos Vieira, mais conhecido em Petrolândia por Duda do Ferro Velho, já chegou em Petrolândia e está sendo velado na residência da família, na  rua Presidente Café Filho, 248 - na Quadra 10.

O sepultamento acontecerá nesta terça-feira (23) em Tacaratu às 10h00,  no cemitério daquela cidade.

Pessoa de grande popularidade em Petrolândia, Duda faleceu - de acordo com informações passadas à nossa reportagem - em uma unidade hospitalar de Garanhuns-PE, onde deu entrada com sérias complicações de saúde.

Nossas condolências à família, amigos e parentes enlutados pela grande perda.

Redação do Blog de Assis Ramalho
Com informações da família

Petrolândia: Vende-se um imóvel na Avenida Marquês de Olinda, no centro da cidade

 

VENDE-SE IMÓVEL NA AVENIDA LOCALIZADO NA AVENIDA MARQUÊS DE OLINDA  NO CENTRO DE PETROLÂNDIA-PE


TAMANHO

7 METROS DE LARGURA

30 METROS DE COMPRIMENTO

7x30

210 METROS QUADRADOS

PONTO DE REFERÊNCIA EM FRENTE A PAULINELLY CONSTRUÇÕES

IMÓVEL PRÓXIMO A MERCADOS, CONVENIÊNCIAS, BANCOS, PREFEITURA, DETRAN, FARMÁCIAS, CLÍNICAS, HOSPITAL, LOJAS DE VÁRIOS GÊNEROS E ETC.

ÓTIMA LOCALIZAÇÃO PARA COMÉRCIO, RESIDÊNCIA OU INVESTIMENTO.

PETROLÂNDIA-PE CIDADE DE GRANDE DESENVOLVIMENTO E PROGRESSO.

CONTATOS:

87 999815248
81 999790978



Imóvel fica localizado em frente a Paulinelly Construções

Blog de Assis Ramalho
Informação: Proprietário do imóvel

Paulo Câmara garante acesso gratuito ao transporte público para quem perdeu emprego na pandemia


O governador Paulo Câmara sancionou, nesta segunda-feira (22.03), a lei que garante acesso gratuito ao transporte público de passageiros da Região Metropolitana do Recife para quem perdeu o emprego durante a pandemia. O projeto do Executivo foi aprovado por unanimidade, no dia 18 passado, pelos 49 deputados estaduais da Assembleia Legislativa de Pernambuco. A proposta, denominada Programa de Transporte Social do Sistema de Transporte Público da Região Metropolitana do Recife - STPP/RMR, é direcionada a quem reside no Grande Recife, foi demitido a partir de março de 2020 e ganhava, até então, até dois salários mínimos.

De acordo com Paulo Câmara, a proposta é garantir oportunidades aos que foram mais duramente atingidos pela pandemia, para que possam buscar uma recolocação. “O objetivo do governo é concentrar os esforços para permitir aos desempregados um maior acesso ao transporte, especialmente aos que perderam o emprego durante a crise. Seguiremos atuando no sentido de minimizar os efeitos da pandemia junto à população”, afirmou o governador, que sancionou a lei na presença dos secretários Marcelo Bruto (Desenvolvimento Urbano e Habitação), José Neto (Casa Civil) e Fernandha Batista (Infraestrutura e Recursos Hídricos).

A regulamentação do cadastramento, condições para usufruto do benefício e processo de distribuição dos cartões será concluída em um prazo máximo de 15 dias pelas secretarias de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh), de Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq) e pelo Grande Recife Consórcio de Transportes. A previsão é de que o cadastramento dos interessados tenha início a partir do dia 05 de abril.

Essa é mais uma medida para tentar minimizar os efeitos devastadores da pandemia do novo coronavírus no Estado, e deverá beneficiar aproximadamente 20 mil usuários por mês, durante o período de um ano, podendo ser prorrogado pelo mesmo período. Os usuários receberão um crédito mensal de até 20 (vinte) bilhetes do Anel A. O projeto determina que esses créditos eletrônicos de viagens sejam utilizados apenas fora do horário de pico, para não pressionar o sistema de transportes. O custo do programa é de R$ 1,5 milhão por mês.

HORÁRIO SOCIAL – Em fevereiro, o Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM) aprovou proposta de revisão tarifária baseada em estudos realizados pelo Grande Recife Consórcio de Transportes. Com a decisão, foi ratificada a criação de uma tarifa mais barata no chamado “horário social” de uso, fora do horário de pico. Das 9h às 11h da manhã e das 13h30 às 15h30 da tarde, a passagem passa de R$ 3,45 para R$ 3,35 no anel A, e de R$ 4,70 para R$ 4,60 no Anel B. Esse desconto se aplica exclusivamente nos dias úteis e com o uso do VEM Comum.

O Governo de Pernambuco segue realizando ações de higienização dos ônibus e terminais integrados da Região Metropolitana do Recife (RMR). Neste período de quarentena mais rígida, não houve redução na frota. Desde o início do ano, a operação foi reforçada em mais de 200 ônibus, elevando para 80% a frota em circulação. Além disso, 138 linhas de maior demanda já circulam com 100% dos veículos. Em parceria com a Secretaria de Defesa Social, também foram disponibilizados mais de 2,5 mil policiais no Programa de Jornada Extra de Segurança (PJES), para garantir a segurança dos usuários e o bom funcionamento nos 10 principais TIs do Grande Recife. Também há profissionais cuidando da ordenação de filas e controle dos embarques e distribuindo máscaras e álcool em gel às pessoas que estão circulando nos terminais. Serão mais de 90 mil máscaras distribuídas até o final do mês de março.

Por Assessoria do Governo de Pernambuco

Ocupação de jovens na UPA de Paulo Afonso cresce e acende alerta: “Chegam em estado grave, sendo necessária a intubação”

A coordenação da UPA Covid fez um relatório sobre a faixa etária dos pacientes internados na unidade de saúde e um dado que chamou a atenção foi o crescente número de jovens, a partir de 20 anos, com uma alta maior na faixa de 30 a 39.

De acordo com a coordenadora da UPA, Larissa Thiara, isso é muito preocupante, uma vez que muitos deles chegam em estado grave, sendo necessária a intubação. “Fizemos um gráfico dos últimos três meses e notamos que de janeiro para cá, apesar da predominância ser o idoso, a faixa etária vem reduzindo bastante, de 30 anos até 26 anos, e isso é preocupante, inclusive com muitos deles precisando de intubação”, diz a coordenadora.

Segundo o secretário interino de Saúde, Adonel Júnior, de acordo com dados da Vigilância Epidemiológica, o número de casos positivos registrados no boletim deste domingo (21), também foi na grande maioria de jovens.

“Sabemos que está difícil para todos, mas a juventude precisa se conscientizar que existe um vírus que é letal que ainda circula entre nós e que a crença de que não acomete os jovens de forma grave já não é verídica, porque estamos vendo casos na juventude se agravarem e, inclusive, levar a óbito. Então eu peço aos pais e responsáveis, que conversem com seus filhos sobre a gravidade da pandemia. Nossas unidades de saúde estão chegando na sua capacidade e os profissionais extremamente cansados. Precisamos agora, mais do que nunca, dessa conscientização para que fiquem em casa e evitem as aglomerações”, diz Adonel.

Por PA4

Toque de recolher a partir das 18h em Paulo Afonso é iniciado nesta segunda (22) com o apoio da Polícia Militar e Guarda Municipal


Com o objetivo de reduzir os altos índices de contágio da Covid-19 na Bahia, o governo estadual ampliou por mais duas horas o toque de recolher. A proibição da circulação de pessoas entre 18h e 5h passou a valer no início da noite desta segunda-feira (22), em todo o território baiano.

Como vem ocorrendo nas últimas semanas em Paulo Afonso, o cumprimento da determinação, que segue até o dia 1° de abril, será mantido com o apoio da Polícia Militar da Bahia (PMBA) e da Guarda Civil Municipal.

Medidas válidas para Paulo Afonso

Prefeitura publica decreto municipal seguindo medidas do Governo Estadual

A prefeitura de Paulo Afonso publicou no Diário Oficial desta segunda-feira (22), o Decreto nº 5.959, com as orientações do município seguindo as medidas restritivas de acordo com o decreto do Governo do Estado, publicado no sábado (20).

Confira os principais pontos do documento:

– Toque de recolher das 18h às 05h, do dia 22 de março à 1º abril;

– Os estabelecimentos comerciais em geral e serviços funcionarão das 9h às 17h30;

– Supermercados, atacados, hortifrutis, açougues, frigoríficos, poderão funcionar das 6h às 17h30;

– Os estabelecimentos comerciais que funcionem como restaurantes, bares e semelhantes, deverão encerrar o atendimento presencial às 17h30. Os serviços de entrega em domicílio (delivery) de alimentação está permitido até às 24h;

– A circulação do transporte coletivo deverá ser suspenso das 19h às 5h;

– Fica vedado o funcionamento de academias e estabelecimentos voltados para a realização de atividades físicas até 29 de março de 2021.

– Os atos religiosos litúrgicos poderão ocorrer, respeitados os protocolos sanitários estabelecidos, especialmente o distanciamento social adequado e o uso de máscaras, bem como com capacidade máxima de lotação de 30% (trinta por cento).

Por PA4

Bolsonaro sanciona lei que define visão monocular como deficiência


O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta segunda-feira (22), em cerimônia no Palácio do Planalto, a lei que classifica a visão monocular como deficiência sensorial, do tipo visual, estendendo aos seus portadores todos os benefícios previstos na legislação da pessoa com deficiência visual.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a visão monocular é caracterizada quando a pessoa tem visão igual ou inferior a 20% em um dos olhos, e mantém visão normal no outro olho. Quem possui essa deficiência tem dificuldades com noções de distância, profundidade e espaço, o que pode impactar na coordenação motora e no equilíbrio.

O texto é fruto do Projeto de Lei (PL) 1.615/2019, de autoria do senador Rogério Carvalho (PT-SE), que tem visão monocular. Aprovado no Senado ainda em 2019, o PL só teve tramitação concluída na Câmara no último dia 2 de março.

Antes da aprovação desse projeto de lei, a visão monocular não era considerada deficiência por lei federal, mas já era classificada como deficiência visual para fins de aplicação da Lei de Cotas e para disputas em concursos públicos com vagas reservadas a deficientes. Monoculares também tinham limitação legal para desempenhar determinadas profissões, como dirigir carros de aplicativo, caminhões e ônibus ou pilotar aeronaves.

Entre as causas mais comuns dessa deficiência, estão algumas doenças congênitas, como toxoplasmose, glaucoma, doenças da retina ou da córnea, tumores intraoculares e os traumatismos oculares.

Com sua inclusão no rol de deficiências, os portadores de visão monocular poderão ter acesso a benefícios previdenciários, como aposentadoria por invalidez, e isenções tributárias na compra de automóveis e outros equipamentos.

A nova lei ainda assegura aos monoculares o acesso gratuito, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), a medicamentos e próteses.

Além da sanção da lei, o presidente editou o decreto que regulamenta sua aplicação, incluindo a previsão de que os deficientes monoculares deverão passar por avaliação a fim de verificar a situação incapacitante, com o objetivo de reconhecimento da deficiência, por meio de avaliação biopsicossocial por equipe multiprofissional e interdisciplinar.

Por Agência Brasil

Confira o que muda no novo Fundeb


As mudanças no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) são fruto da Emenda à Constituição 108/2020 promulgada no ano passado. Por meio dela, o Fundeb, que foi criado provisoriamente em 2007, passou a ser política de estado de caráter permanente.

O Secretário Executivo do Ministério da Educação, Victor Godoy, explica que mudanças são essas. Segundo ele, a participação do governo federal no fundo aumentou: até o ano passado era de 10%, neste ano será de 12% e crescerá gradativamente até atingir 23% em 2026.

Godoy explica que o Fundeb recebe recursos de uma cesta de impostos entre eles o Imposto de Propriedade sobre Veículos Automotores (IPVA), ICMS e IPI Exportação. Com base na totalidade desses valores, entra o cálculo da complementação da União, que agora será alterada.

Outra inovação trazida é que no modelo anterior, a União passava o complemento diretamente aos estados mais carentes. Isso fazia com que um município mais vulnerável, mas que estivesse em um estado que no geral tinha boas condições, ficasse sem o repasse. Com o novo Fundeb, munícipios pobres poderão receber 10,5% de repasse da União mesmo que o estado não esteja incluído. “A nossa expectativa é justamente que nos locais onde a gente precisa de mais investimentos, de mais serviços educacionais a gente consiga fazer esse apoio a esses municípios”.

Segundo Godoy, metade desse montante será destinado exclusivamente à educação infantil, ou seja, pré-escola e creche. “Justamente uma etapa da educação em que a gente tem a maior carência de oferta nessas localidades”, revela. De acordo com o secretário executivo também haverá incentivos para a educação técnica e profissionalizante que é outra prioridade do MEC. “No cálculo dos coeficientes a matrícula nos cursos profissionalizantes conta duas vezes. Isso dá um efeito na distribuição desses recursos”, diz.

Outras novidades do novo Fundeb são o aumento da transparência desses gastos. A nova regulamentação traz a obrigatoriedade de que bancos e o FNDE divulguem as informações dos extratos das contas bancárias que recebem o recurso. “ Isso é muito importante porque fomenta a participação da sociedade e o controle social, facilita o trabalho dos órgãos de controle e o acompanhamento que é feito das políticas educacionais pelo ministério da Educação” diz.

Por Agência Brasil

Repasse do Fundeb em 2021 será de R$ 179 bilhões



O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação (MEC), deve divulgar, até o final de março, o cronograma de repasses dos recursos da União para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), que em 2021 deve totalizar R$ 179 bilhões. A informação foi dada pelo ministro da Educação Milton Ribeiro, durante solenidade que marcou a assinatura, pelo presidente Jair Bolsonaro, do decreto que regulamenta os procedimentos operacionais do novo Fundeb. 

"Até o final do mês de março, o MEC divulgará, por meio do FNDE, os valores por aluno do Fundeb e o cronograma de repasses dos recursos da União para o ano de 2021. Está previsto o repasse aproximado de R$ 179 bilhões por meio do Fundeb, dos quais R$ 19 bilhões referem-se à complementação da União", afirmou.

O Fundeb foi criado originalmente em 2007 e vigorou até 2020, quando foi restabelecido por meio da Emenda Constitucional nº 108/20, promulgada em agosto, e pela Lei nº 14.113, que entrou em vigor em dezembro do ano passado.

Composto de 20% da receita de oito impostos estaduais e municipais, como ICMS, ITR e IPVA, e de valores transferidos de impostos federais, o fundo custeou em 2019, por exemplo, cerca de R$ 156,3 bilhões para a rede pública. Com o novo fundo, o Congresso Nacional aumentou a participação da União no financiamento da educação básica. A participação federal passa dos atuais 10% para 23%. O aumento é escalonado. Este ano, o percentual passa para 12%. Em 2022, 15%; em 2023, 17%; em 2024, 19%; em 2025, 21%; e a partir de 2026, 23%.

De acordo com o MEC, dentre os temas regulados pelo decreto, estão a transferência e a gestão dos recursos do fundo, definindo as instituições financeiras responsáveis pela distribuição dos recursos, suas responsabilidades, as formas de repasse e movimentação do dinheiro público.

"Embora a proposta de emenda à constituição que trouxe essas inovações tenha sido aprovada no ano passado, estamos ainda em período de transição. Isso porque nos três primeiros meses há necessidade de os técnicos ajustarem como isso será feito para distribuição dos recursos. Hoje, com a assinatura do decreto, daremos início às medidas operacionais, no âmbito do MEC, do Inep e do FNDE, que permitirão, a partir do mês de abril, o próximo mês, a distribuição dos recursos de acordo com critérios mais condizentes e com o propósito de viabilizar, por meio do Fundeb, uma mudança efetiva na qualidade da educação básica em nosso país", destacou Milton Ribeiro.

O decreto ainda trata do acompanhamento e do controle social sobre a distribuição, a transferência e a aplicação dos recursos do Fundo, que serão exercidos, perante os respectivos entes governamentais, no âmbito da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios, pelos Conselhos de Acompanhamento e Controle Social instituídos especificamente para essa finalidade.

Em outro decreto assinado por Bolsonaro na solenidade, foi instituído o Conselho de Acompanhamento e Controle Social, no âmbito federal, previsto na lei que regulamentou o Fundeb. O texto regulamenta a indicação dos representantes, a duração dos mandatos dos membros do colegiado, a forma de realização do chamamento público, a periodicidade das reuniões, além de fixar as atribuições da Secretaria Executiva do Conselho.

Segundo o MEC, o Conselho exercerá o acompanhamento e o controle social sobre a distribuição e transferência dos recursos do Fundeb, além de supervisionar o censo escolar anual e a elaboração da proposta orçamentária anual.

"A proposta apresentada pelo Ministério da Educação possibilita a constituição imediata do Conselho, que virá a se somar a outras instâncias governamentais e não governamentais que atuam no acompanhamento da execução do Fundeb. O diferencial dessa iniciativa, no entanto, consiste em ter em sua composição a representação social, possibilitando a participação de membros da sociedade na supervisão e no controle da implementação de uma política pública. O trabalho desenvolvido pelo Conselho auxiliará o governo no planejamento da distribuição e no controle e acompanhamento da transferência dos recursos do Fundo", informou a pasta.

Por Agência  Brasil

Bolsonaro: "O Brasil brevemente vai fabricar e exportar vacinas"

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta segunda-feira (22/03), que Marcelo Queiroga, anunciado como novo ministro da Saúde e que deve tomar posse na próxima quinta-feira (25/03), terá uma gestão mais voltada para a “questão da medicina”. Ele falou no Palácio do Planalto, durante sanção da lei que classifica a visão monocular como deficiência sensorial do tipo visual e assinatura do decreto que regulamenta o novo Fundeb.

 

Bolsonaro faz forte desabafo sobre os ataques que vem sofrendo

O mandatário apontou ainda que o Brasil brevemente deverá exportar vacinas contra a covid-19.
"Devemos lutar contra o vírus e não contra o presidente. Não estou dando recado para ninguém, isso é constatação da realidade. Orgulho de ter o ministro Pazuello, o trabalho que fez no tocante à vacina. O novo que está entrando agora é um médico experiente. Vai obviamente fazer um segundo tempo de um ministério voltado muito mais agora do que era para a questão da medicina, mas não temos ainda a cura do vírus, estamos buscando. Estamos fazendo parcerias com outros países. O Brasil brevemente vai fabricar e exportar vacinas", disse Bolsonaro.
Lockdown

O presidente voltou a criticar o lockdown e alegou que se a medida funcionasse, "topava". Porém, justificou que não é eficaz. "Lamento as mortes, por qualquer motivo. Não sabemos quando isso vai acabar, vamos ficar fechados até quando?", questionou. "Se ficarmos 30 dias [em lockdown] fosse acabar com o vírus, eu topo, mas sabemos que não vai acabar".

O presidente também elogiou o ministro Paulo Guedes, o qual caracterizou como o homem que aplica na hora certa os remédios para que o país mantenha os sinais vitais da economia.

“É uma satisfação participar de um momento como esse, onde coisas realmente importantes acontecem no nosso Brasil. Mas com a devida autorização do Paulo Guedes que eu considero como um amigo meu, um homem que mais que entender, ele sabe como funciona a economia e aplica na hora certa os remédios para que o nosso país mantenha no momento difícil os sinais vitais da nossa economia”, declarou.

Por Correio Braziliense
Vídeo: Foco do Brasil

Itacuruba: Decisão obtida pelo MPF determina que nomeação de antropólogo sem qualificação seja anulada pela Funai


O Ministério Público Federal (MPF) obteve decisão judicial que obriga a Fundação Nacional do Índio (Funai) a tornar sem efeito a nomeação de antropólogo sem qualificação necessária para atuar em Grupo de Trabalho (GT) sobre a demarcação da Terra Indígena Pankará Serrote dos Campos, localizada no município pernambucano de Itacuruba. O responsável pelo caso é o procurador da República em Serra Talhada (PE) André Estima.

A Justiça Federal determinou ainda a constituição de novo GT pela Funai, em 15 dias a contar da notificação, com nomeação de profissional devidamente qualificado, de acordo com os requisitos do Decreto n.º 1.775/1996. Em caso de descumprimento, será aplicada multa diária no valor de R$ 15 mil.

De acordo com as investigações do MPF, no currículo do nomeado Cláudio Eduardo Badaró consta apenas uma pós-graduação em antropologia, de duração inferior a dois anos, sendo esta a única formação que ele possui na área. Essa qualificação não contempla os requisitos técnicos do Decreto n.º 1.775/1996 para integrar o GT, que determina a necessidade de antropólogo com qualificação reconhecida para garantir a realização dos estudos de natureza etno-histórica, sociológica, jurídica, cartográfica e ambiental necessários à identificação e delimitação da área indígena.

Na imprensa, Badaró havia se posicionado como contrário ao processo de demarcação. Conforme consta na ação, matéria jornalística noticiou que ele produziu trabalhos usados em apoio a pareceres contrários à criação de novas áreas indígenas. Na decisão, a Justiça considerou ainda parecer da Associação Brasileira de Antropologia (ABA), que se manifestou de forma contrária à presença de profissionais sem a qualificação necessária em antropologia para integrar grupos de trabalho sobre demarcação de terras indígenas.

O nomeado anterior para atuar no GT da Funai voltado à análise da área dos Pankará já havia sido afastado por determinação judicial, em atenção a pedido do MPF. Ele possuía currículo semelhante ao de Cláudio Badaró, apenas com pós-graduação em antropologia de duração inferior a dois anos, cursada na mesma instituição. Para o MPF, a nova nomeação representou ofensa expressa à determinação judicial e aos requisitos do Decreto n.º 1.775/1996.

De acordo com a sentença, "para indicação do grupo de trabalho, a Funai deve considerar a experiência do profissional, detenção de títulos acadêmicos, reconhecimento dos pares e endosso de instituições profissionais, o que novamente foi ignorado pela autarquia".

Histórico - Desde 2009, a comunidade Pankará busca o reconhecimento e demarcação da terra indígena. A constituição de grupo técnico de trabalho pela Funai representa o primeiro passo no processo demarcatório. As denúncias dos indígenas e a inércia da Funai por mais de uma década levaram ao ajuizamento da ação civil pública pelo MPF.

As apurações do órgão indicaram que a demora gerou problemas referentes a atendimentos em educação e saúde indígena, bem como conflitos no uso da terra, diante do assentamento de famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) dentro da área em que vive a comunidade indígena.

Processo nº 0807390-02.2018.4.05.8303 - 38ª Vara Federal em PE

Assessoria de Comunicação Social
Procuradoria da República em Pernambuco

Jatobá/Itaparica/Petrolândia: Morre vítima de Covid-19 em Altamira no Pará o popular Cacalo

Morreu, na madrugada de domingo (21), por complicações da Covid-19, Francisco Carlos De Sá Delgado, conhecido em Jatobá, Itaparica e Petrolândia por Cacalo, Filho de Dona Zélia e Sr. Assis. Ele estava entubado na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital na cidade de Altamira, no Pará.  Ele. trabalhava na empresa Norte Energia..

De acordo com o último boletim médico divulgado na tarde de sábado, o popular Cacalo apresentava um quadro clínico muito delicado. Cacalo completaria 60 anos no dia 13 de abril, ele deixa esposa e três filhos. 


Irmão do Chesfiano Augusto Delgado e do ex-atleta Zé do Rádio, CACALO era torcedor fanátioo do Santa Cruz. 

Ainda de acordo com informações da família, em contato com a reportagem do Blog de Assis Ramalho e Web Rádio Petrolândia ,o sepultamento ainda não tem dia, estão aguardando o liberação do corpo, mais adianta que o sepultamento será realizado em Jatobá.


Blog de Assis Ramalho com Portal Jatobá
Informação: Família

Petrolândia: Secretaria de Saúde anuncia VACINAÇÃO DRIVE THRU para idosos de 70 a 79 anos no período de 23 a 26 de março


Atenção! Devido a grande demanda nos postos de Saúde, a vacinação será também disponibilizada neste formato (Drive Thru).

VACINAÇÃO DRIVE THRU - COVID-19

Idade: 70 a 79 anos.

Data: 23 à 26 de março

Horário: 8:30 às 12:00 e das 14:00 às 17:00
Local: Praça da Igreja Matriz
Manhã: Mulheres
Tarde: Homens

Divulgação/Prefeitura de Petrolândia:



Petrolândia: Drª Janaina Madeiro (Endocrinologista) atende na Petroclínica nesta terça-feira (23/03); Agende sua consulta


A Petroclínica, situada na Rua José Benedito da Silva (Por trás da Eletroléo), no centro de Petrolândia, informa que Drª Janaina Madeiro (Endocrinologista) atenderá nesta terça-feira, 23 de março de 2021.

Atenção cliente amigo: informamos o uso obrigatório de máscaras no nosso estabelecimento e o agendamento prévio de exames e consultas, para que não hajam aglomerações trazer acompanhante somente em casos de extrema necessidade. Contamos com a colaboração de todos.

A Petroclínica respeita você e sua saúde!! Consultas com horário marcado para sua segurança e conforto ! Agende já a sua!

Fones : 87 3851-2333 / 87 998050774

ATENÇÃO!
Cumprindo procedimentos no combate à Covid-19, a Petroclínica anuncia aos clientes atendimento normal durante o período de quarentena

Petroclínica, situada na na Rua José Benedito da Silva (Por trás da Eletroléo) centro de Petrolândia


AVISO:

A Petroclínica informa a todos os clientes e amigos que estamos funcionando normalmente. Obedecendo a todas as normas de biossegurança estabelecidas pelo ministério da saúde (Uso obrigatório de máscara, Disponibilizando álcool a 70%, horários previamente agendados e permitindo acompanhantes somente em casos de extrema necessidade para evitar aglomerações.

Petroclínica do Bairro Nova Esperança, situada nas margens da BR-316, em frente ao Condomínio Dr Francisco Simões.


SAIBA MAIS SOBRE A PETROCLÍNICA EM PETROLÂNDIA-PE


A Petroclinica conta com uma equipe totalmente qualificada para cuidar da sua saúde:
Veja abaixo a relação dos demais profissionais que atendem na Petroclínica.

* Dr Rommel Alencar ( fisioterapia em geral)
* Dra Cicera Elisane ( fisioterapia em geral)
* Dra Nubia Lopes ( ginecologia e ultrassonografia)
* Dra Socorro Carvalho ( ginecologia e ultrassonografia)
* Enf Joane Barboza ( preventivo com câmera, Depilação a luz intensa pulsada, pré natal e drenagem linfática)
* Dr Marcos Bispo ( Gastroendoscopia)
* Dr Italo Porto ( psicólogo)
* Dra Andreza carvalho ( Psicóloga)
* Dr Valmir Mizio ( Psicólogo)
* Dr Emílio Araújo ( Psiquiatra)
* Dra Bruna Lopes ( dentista- ortodontia)
* Dr Igaro Cordeiro ( cirurgião dentista- Canal em sessão Única)
* Dra Rubinara Dória ( cirurgiã dentista)
* Dra Edilene Oliveira ( Nutricionista)
* Dra Tamires Greicelli ( Nutricionista )
* Dra Bárbara Lopes ( dermatologia Clínica e estética)
* Dr Cleovan Almeida ( oftalmologista)
* Dra Raylla França ( clínica Médica)
* Dr Ebenone ( Ortopedista)

* Realizamos mamografia Digital
* A Petroclínica também realiza Mamografia Digital

Da Redação do Blog de Assis Ramalho

Jatobá/Itaparica e região: "CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINTA - Inscrições 2021.1 abertas em Jatobá/PE"


"Estamos com às inscrições 2021.1 abertas para os cursos de licenciatura em pedagogia, bacharel em administração de empresas e pós graduações em metodologia da língua portuguesa, metodologia do ensino fundamental e educação infantil"

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNINTA 


Governo federal lança o Programa Águas Brasileiras


O governo federal lançou hoje (22) o Programa Águas Brasileiras, voltado para a revitalização de bacias hidrográficas. Foram selecionados 26 projetos de revitalização de bacias hidrográficas, que contemplam mais de 250 municípios de dez estados. Entre as ações, está o plantio de 100 milhões de mudas ao longo das bacias dos rios São Francisco, Parnaíba, Tocantins e Taquari. As ações são coordenadas pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

Durante a cerimônia de lançamento, o presidente Jair Bolsonaro realizou, ao lado do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, o plantio simbólico de sementes de ipê roxo nas bacias hidrográficas. A cerimônia marcou o Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março.

“[Esta é] mais uma feliz iniciativa. Estamos dando certo, apesar de um problema gravíssimo que enfrentamos desde o ano passado, mas o Brasil vem dando exemplo, somos um dos poucos países que está na vanguarda em busca de soluções”, disse Bolsonaro.

Na cerimônia, também foi entregue o selo “Aliança pelas águas brasileiras”, voltado para empresas que atuam em defesa e preservação das águas. Entre as empresas agraciadas estão Caixa Econômica Federal, Ambev, MRV, JBS, Bradesco, Rumo e Vale, entre outras.

Além do plantio de árvores, também estão previstas ações de ministérios, como o do Meio Ambiente; da Ciência, Tecnologia e Inovações e da Agricultura, Pecuária e Pesca.

Durante o lançamento, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, anunciou que a pasta abriu uma linha de crédito, por meio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).

A Finep é uma empresa pública de fomento à ciência, tecnologia e inovação que financia projetos em empresas, universidades, institutos tecnológicos e outras instituições públicas ou privadas.

“Abrimos uma linha de crédito, através da Finep, com condições especiais para o desenvolvimento de tecnologias que tratem de temas como poluição, tratamento de resíduos sólidos, salvar a água, para ações como reduzir o consumo de águas em empreendimentos, reaproveitamento e distribuição de água sem perdas”, disse.

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, anunciou que vai lançar em abril um programa, batizado de Águas do Agro, com foco em microbacias hidrográficas e no fortalecimento de tecnologias sustentáveis do uso da água e do solo.

“O objetivo do ministério é acelerar o crescimento das áreas de agricultura irrigada, com o uso racional e sustentável da agua”, disse.

Por Agência Brasil

Boletim desta segunda-feira (22/03/2021): Pernambuco registra mais 1.016 casos e 23 mortes por Covid-19 e soma 330.649 confirmações e 11.661 óbitos



Pernambuco contabilizou, neste domingo (21), mais 1.016 casos de Covid-19 e 23 mortes devido à doença. Com isso, o estado passou a ter um total de 330.649 confirmações da doença, com 11.661 óbitos e 282.285 pacientes recuperados (veja vídeo acima).

O governo estadual também divulgou o balanço de leitos de terapia intensiva abertos em março: foram 383 leitos de UTI em 14 municípios, do Litoral ao Sertão, até o sábado (20).

Segundo o governador Paulo Câmara (PSB), o número equivale a mais de seis vezes o Hospital da Restauração, no Recife, que conta com 60 leitos de terapia intensiva, e ainda assim o estado está no limite.

Neste domingo (21), a ocupação das UTIs da rede pública era de 97% das 1.391. Na rede privada, era de 93% das 394. Quanto à enfermaria, a taxa era de 83% na rede pública e 69% na privada.

Novos pacientes

Dos 1.016 casos contabilizados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), 102 foram de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 914 de pacientes com sintomas leves, totalizando assim 34.485 pacientes graves e 296.164 leves desde o começo da pandemia.

Todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha, já registraram casos da doença desde 12 de março de 2020.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 27.367 casos foram confirmados e 46.660 descartados. Ao todo, foram realizados 1.359.651 testes para detectar Covid-19 no estado, sendo 3.926 nas últimas 24 horas

Óbitos

As 23 mortes que tiveram Covid-19 como causa confirmada neste domingo (21) ocorreram entre os dias 2 de novembro de 2020 e o sábado (20). Eram 11 homens e 12 mulheres, que moravam Afogados da Ingazeira (1), Cabo de Santo Agostinho (1), Camaragibe (1), Igarassu (1), Ipojuca (1), Limoeiro (2), Olinda (3), Paulista (2), Pombos (1), Recife (6), Santa Maria do Cambucá (1), Tabira (1) e Vitória de Santo Antão (2).

Os pacientes tinham idades entre 46 e 90 anos. Do total, 17 tinham doenças pré-existentes: doença cardiovascular (11), diabetes (10), hipertensão (3), obesidade (3), doença de Alzheimer (1) e câncer (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais seguem em investigação.

Vacinação

Após o Ministério da Saúde autorizar a utilização de doses armazenadas para 2ª aplicação para que sejam aplicadas como primeira, a Secretaria Estadual de Saúde informou que vai usar em primeira dose todos imunizantes encaminhados na quarta-feira (17) e no sábado (20).

Com isto, segundo a SES, 400 mil pernambucanos devem ser vacinados com a primeira aplicação a partir das doses recebidas através das duas últimas remessas.

As doses da quarta-feira devem ser destinadas aos idosos de 75 a 79 anos, além de garantir o avanço na proteção dos trabalhadores de saúde. Já as vacinas recebidas no sábado (20), são destinadas a idosos de 70 a 74 anos, a profissionais da saúde e ao início da proteção dos povos e comunidades quilombolas tradicionais.

Até este domingo (21), Pernambuco já aplicou 694.543 doses da vacina contra a Covid-19, das quais 508.799 foram primeiras doses:

188.018 trabalhadores de saúde;

24.466 povos indígenas aldeados;

6.097 idosos em Instituições de Longa Permanência;

41.256 idosos de 70 a 74 anos; 78.764 idosos de 75 a 79 anos;

85.789 idosos de 80 a 84 anos;

83.542 idosos a partir de 85 anos;

além de 867 pessoas com deficiência institucionalizadas.

Em relação à segunda dose, já foram beneficiados 139.042 trabalhadores de saúde; 23.230 povos indígenas aldeados; 4.335 idosos institucionalizados; 94 idosos de 70 a 74 anos; 63 idosos de 75 a 79 anos; 17.425 idosos de 80 a 84 anos; 932 idosos a partir de 85 anos e 623 pessoas com deficiência institucionalizadas; totalizando 185.744 pessoas que já finalizaram o esquema.

Veja quantas doses cada município recebe da remessa que chegou sábado (20) ao estado:

Doses de vacina contra Covid-19 distribuídas para cada município

MunicípiosDoses para idosos de 70 a 74 anosPovos e Comunidades Tradicionais QuilombolaTrabalhadores da saúdeTotal
Abreu e Lima1910-501960
Afogados da Ingazeira8504530925
Afrânio41046010880
Agrestina49042520935
Água Preta490-20510
Águas Belas8401335202195
Alagoinha3001110101420
Aliança700-20720
Altinho540545101095
Amaraji340-10350
Angelim24050510755
Araçoiaba260-20280
Araripina1390995302415
Arcoverde140025501475
Barra de Guabiraba190-10200
Barreiros560-20580
Belém de Maria190510205
Belém do São Francisco35016010520
Belo Jardim1420-301450
Betânia2801250101540
Bezerros1400-401440
Bodocó6902020730
Bom Conselho9402270203230
Bom Jardim880-20900
Bonito740-30770
Brejão17023510415
Brejinho160-10170
Brejo da Madre de Deus820-20840
Buenos Aires250-10260
Buíque930-20950
Cabo de Santo Agostinho300012601304390
Cabrobó510755201285
Cachoeirinha390-10400
Caetés49012010620
Calçado210-10220
Calumbi130-10140
Camaragibe2890-1603050
Camocim de São Félix370-10380
Camutanga170-10180
Canhotinho500905101415
Capoeiras40036510775
Carnaíba41013010550
Carnaubeira da Penha21027510495
Carpina1450-301480
Caruaru56803652106255
Casinhas300-10310
Catende630-20650
Cedro210-10220
Chã de Alegria270-10280
Chã Grande4404010490
Condado480-10490
Correntes3602010390
Cortês170-10180
Cumaru260-10270
Cupira4901010510
Custódia7601115201895
Dormentes380-10390
Escada930-30960
Exu6601020690
Feira Nova480-10490
Fernando de Noronha0-00
Ferreiros250-10260
Flores55015010710
Floresta54010520665
Frei Miguelinho420-10430
Gameleira380-20400
Garanhuns254020851104735
Glória do Goitá610-20630
Goiana13501260402650
Granito160-10170
Gravatá1570-401610
Iati37029510675
Ibimirim510-20530
Ibirajuba210-10220
Igarassu1840-901930
Iguaracy30021510525
Ilha de Itamaracá36030390
Inajá27039010670
Ingazeira1201010140
Ipojuca990185601235
Ipubi470520495
Itacuruba906510165
Itaíba5501690102250
Itambé590-20610
Itapetim3706510445
Itapissuma400-20420
Itaquitinga260-10270
Jaboatão dos Guararapes12410-47012880
Jaqueira1601510185
Jataúba340-10350
Jatobá320-10330
João Alfredo760-10770
Joaquim Nabuco23010240
Jucati200-10210
Jupi280-10290
Jurema3401510365
Lagoa de Itaenga420-10430
Lagoa do Carro300-10310
Lagoa do Ouro290-10300
Lagoa dos Gatos33023510575
Lagoa Grande3701520405
Lajedo8207520915
Limoeiro1280-401320
Macaparana500-10510
Machados250-10260
Manari30010010410
Maraial160-10170
Mirandiba29066510965
Moreilândia230-10240
Moreno1060-301090
Nazaré da Mata680-30710
Olinda8650126022010130
Orobó520-10530
Orocó2501080101340
Ouricuri1280150601490
Palmares950-501000
Palmeirina1809510285
Panelas6001010620
Paranatama2201010240
Parnamirim470510485
Passira5901285201895
Paudalho870130301030
Paulista7120-1307250
Pedra430-10440
Pesqueira1250140301420
Petrolândia5504010600
Petrolina4410352804725
Poção23010240
Pombos49010510605
Primavera200-10210
Quipapá44038520845
Quixaba1509010250
Recife35850-227038120
Riacho das Almas44047510925
Ribeirão770-20790
Rio Formoso3004510355
Sairé240-10250
Salgadinho24013010380
Salgueiro10203675504745
Saloá340510355
Sanharó440-10450
Santa Cruz360-10370
Santa Cruz da Baixa Verde2804510335
Santa Cruz do Capibaribe110015301145
Santa Filomena3204010370
Santa Maria da Boa Vista6201450202090
Santa Maria do Cambucá29010300
Santa Terezinha2601010280
São Benedito do Sul24023010480
São Bento do Una1000425201445
São Caitano640560201220
São João4201010440
São Joaquim do Monte420-10430
São José da Coroa Grande330-10340
São José do Belmonte78014020940
São José do Egito8001610202430
São Lourenço da Mata1840-601900
São Vicente Ferrer300-10310
Serra Talhada1570390602020
Serrita370-10380
Sertânia75012020890
Sirinhaém530-30560
Solidão130-10140
Surubim1410-301440
Tabira6101020640
Tacaimbó270-10280
Tacaratu4707010550
Tamandaré320-10330
Taquaritinga do Norte450-10460
Terezinha1607010240
Terra Nova2002010230
Timbaúba1050-301080
Toritama360-10370
Tracunhaém210-10220
Trindade470-20490
Triunfo39016010560
Tupanatinga44015010600
Tuparetama220-10230
Venturosa340-10350
Verdejante2301010250
Vertente do Lério160-10170
Vertentes420-10430
Vicência4301415201865
Vitória de Santo Antão2580-802660
Xexéu200-10210
Total158700384956440203635
Fonte: SES-PE