quarta-feira, 15 de julho de 2020

Moradores de várias cidades das regiões do Pajeú, em Pernambuco, relatam clarão nos ares e forte estrondo


Moradores de várias cidades das regiões do Pajeú e Moxotó, em Pernambuco, em contato com o blog relatam um clarão no céu acompanhado de forte estrondo ouvido na noite desta quarta (15).

De acordo com relatos, cidades como Custódia, Afogados, Carnaíba, Ingazeira, Iguaracy, Flores e Sertânia estão entre as que relatam um forte estrondo. O maior clarão e estrondo teria ocorrido na região de Caroalina, município de Sertânia. A área tem várias serras e é de difícil acesso.

De pronto, começaram a compartilhar uma imagem indicando que um avião teria caído em Sertânia, mas a informação é fake news. A foto que compartilharam é de um acidente de maio desse ano no Ceará.

Relatos indicam a possibilidade de que um meteoro ou meteorito tenha atingido a região, mas oficialmente isso não foi confirmado. O incidente foi registrado exatamente às 19h04. “Foi um estrondo sem tamanho, minha casa estremeceu”, disse Bruno Lopes ao blog. Em Iguaracy, a ideia foi de um terremoto.

“Eu escutei um estrondo aqui de casa como se fosse uma explosão mais cedo. E vi no céu como se fossem fogos caindo”, disse Bruna Verlene em Afogados. A informação preliminar é de que de fato um objeto rompeu os céus da região essa noite. Ainda não há confirmação oficial. Rumores de que pode ter sido um meteoro ganharam força.

Organizações como o Instituto Meteorológico Simepar relatam que casos como esse são chamados de bólido, ou seja, fenômeno de luz emitida por um grande meteoroide ou asteroide quando explode na atmosfera. O acontecimento costuma gerar meteoritos, fragmentos de pedra que sobrevivem à passagem pela Terra e conseguem atingir o solo.

Em Sertânia, na área onde há mais relatos, equipes da prefeitura estão em campo para descartar qualquer outra possibilidade. “Uma equipe da prefeitura foi verificar o q aconteceu. A área é enorme”, diz a jornalista Cecília Souza, da Sertânia FM. A equipe está sem sinal celular.

Por Blog do Nil Júnior

Câmara aprova projeto que impede bloqueio do auxílio emergencial


A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (15) o Projeto de Lei 2801/20, que impede o bloqueio bancário e judicial do auxílio emergencial de R$ 600 pago em decorrência da pandemia de covid-19. A exceção é o caso de pensão alimentícia, no limite de até 50% da parcela mensal. A matéria segue para o Senado.

“Tal situação é inconcebível. Milhões de brasileiros dependem, exclusivamente, dos R$ 600 para sustentar suas famílias. Muitos não terão como colocar comida na mesa e vão passar fome, se o socorro que chega é bloqueado judicialmente”, argumentou o relator, deputado Aureo Ribeiro (Solidariedade-RJ).

A iniciativa dos deputados foi tomada após decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) de rejeitar esse tipo de medida durante o período de calamidade pública.

O texto confere natureza alimentar ao auxílio emergencial e proíbe bloqueio ou penhora de outros benefícios para distribuição direta de renda, enquanto durar a pandemia.

“Entendemos que é essencial deixar explícito na lei que os valores recebidos a título de auxílio emergencial têm natureza alimentar e não podem receber qualquer tipo de constrição, inclusive judicial, seja pelo sistema BacenJud, ou qualquer outro. A única exceção que se vê correta é a penhora para satisfazer o pagamento de pensão alimentícia, no limite de 50% do valor recebido a título do auxílio”, argumentou Ribeiro.

Por Agência Brasil

Deputado Fabrizio Ferraz propõe consolidação de paz entre famílias florestanas


Marcado por um passado de conflitos históricos, o município de Floresta, no Sertão de Itaparica, é, até hoje, o principal palco do embate entre as famílias Ferraz e Novaes. Apesar da significativa redução de mortes por conta da lendária briga envolvendo as duas famílias, o clima na cidade ainda é de tensão. Ferraz e Novaes carregam as cicatrizes da disputa política entre os clãs e ainda lidam com fortes desentendimentos. Outra conhecida rivalidade, que segue até os dias atuais, envolve as famílias Marques e Souza, também procedentes da região.

Em reunião sobre segurança pública, no âmbito da Comissão de Administração Pública da Assembleia Legislativa, nessa terça (14), o deputado estadual Fabrizio Ferraz defendeu a consolidação de um acordo de paz entre as famílias florestanas. Na presença do secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, do secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, do comandante geral da Polícia Militar de Pernambuco, Vanildo Maranhão, e do chefe da Polícia Civil, Nehemías Falcão, Ferraz solicitou a presença do Estado como principal interlocutor nessa negociação.

“ Neste período de quarentena no Sertão, fui procurado por várias pessoas e a vontade de estabelecer uma trégua definitiva nessas disputas ficou evidente. É um desejo antigo da população que clama por uma convivência pacífica. A presença do Estado, como principal intermediador, irá permitir que a gente avance nesse diálogo. Não há dúvidas de que com um acordo de paz selado, todos sairão ganhando. Os índices de violência na região sofrerão redução e todos nós, o Estado e o povo sertanejo, seremos beneficiados” , afirmou Ferraz.

Fabrizio Ferraz disse ainda que o diálogo entre as famílias já aconteceu anteriormente, porém não houve avanço positivo, mas reforçou que somente com a presença efetiva dos órgãos operativos do Estado, entidades religiosas e demais órgãos competentes, será possível a solidificação desse entendimento. “ Estamos falando de uma disputa que perdura há décadas e que prejudicou a todos por muitos anos. É um assunto que requer cuidado”.

O parlamentar ressaltou ainda que a Comissão de Segurança Pública da Alepe, que está em tramitação e deve ser instalada na Casa Legislativa neste segundo semestre, também será um espaço importante para estabelecer o debate. “ O apoio de todos os Poderes será fundamental para que possamos, finalmente, chegar a um consenso. Os tempos são outros, nossas famílias merecem e precisam viver em paz”, finalizou Fabrizio Ferraz.

Por Assessoria de Comunicação do deputado Fabrizio Ferraz

Manari-PE: Com 3 casos suspeitos, Secretaria de Saúde divulga boletim epidemiológico desta quarta (15/07); confira


A Secretaria de Saúde de Manari informa o boletim epidemiológico dessa quarta-feira(15). Hoje temos 3 notificações de casos suspeitos de coronavírus, o primeiro caso é um bebê que nasceu com problemas respiratórios e está internado em um hospital de referência, um profissional de saúde e um contato de profissional de saúde que estão com sintomas gripais, de acordo com a nota técnica 16/2020 do Ministério da Saúde(MS) enquadram-se como casos suspeitos para covíd-19.

Estamos seguindo os protocolos no Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde. 

Reforçamos que nossa população deve continuar mantendo o isolamento e distanciamento social, e colaborar com as ações estratégicas realizadas em nosso município.

Se puder fique em casa, se precisar sair, use máscara.

Ministro do Desenvolvimento Regional e presidente da Codevasf entregam obras de abastecimento de água no município de Água Branca (AL)



Famílias que vivem em comunidades rurais difusas ao longo do Canal do Sertão Alagoano já contam com acesso à água tratada para consumo humano nas torneiras por meio de adutoras implantadas pelo Governo Federal, por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). Na segunda-feira (13), o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e o diretor-presidente da Codevasf, Marcelo Moreira, estiveram na comunidade Lagoa da Pedra, na zona rural do município de Água Branca (AL), semiárido alagoano, para entregar os primeiros sistemas de adutoras, que captam água do Canal do Sertão, tratam e distribuem numa rede que pode chegar a até 123 quilômetros de extensão. Para isso, estão sendo investidos cerca de R$ 19,3 milhões em recursos de emenda parlamentar ao Orçamento Geral da União (OGU).

“A questão da segurança hídrica é uma prioridade do nosso governo, sobretudo no Nordeste do país, que historicamente enfrenta uma realidade de muita escassez de água. Os investimentos permitem que a população tenha mais qualidade de vida e também possibilitam oportunidades para o desenvolvimento da região. Essa é uma diretriz expressa pelo presidente Jair Bolsonaro e não faltarão recursos para isso”, destacou o ministro Rogério Marinho durante a agenda de compromissos em Alagoas.

Em seu pronunciamento, o diretor-presidente da Codevasf também reafirmou a prioridade do Governo Federal em promover o acesso à água à população da região Nordeste por meio de obras de infraestrutura hídrica. “É importante reconhecer que a agenda de segurança hídrica é uma prioridade para o Ministério do Desenvolvimento Regional e não faltarão recursos para continuidade dos investimentos e conclusão de importantes obras como essa que estamos entregando hoje. O Governo Federal continuará a cumprir sua missão, promovendo o desenvolvimento e gerando oportunidades para aqueles brasileiros que mais precisam”, disse Marcelo Moreira.

O superintendente regional da Codevasf em Alagoas, Ricardo Lisboa, também apontou o esforço de investimentos do Governo Federal e de parlamentares, por meio de emendas ao OGU, para levar água tratada a comunidades urbanas e rurais do Nordeste. “O Governo Federal e parlamentares têm feito um esforço conjunto para mobilizar recursos do Orçamento da União para investir em abastecimento que trate e leve água até a porta das famílias nordestinas, especialmente no semiárido, onde a água promove a vida e fortalece ainda mais a economia local. Creio que estamos no caminho certo do desenvolvimento”, afirmou.

A solenidade contou ainda com a presença do diretor de Gestão dos Empreendimentos de Irrigação da Codevasf, Napoleão Casado, de prefeitos, secretários municipais e vereadores dos municípios beneficiados, parlamentares federais, gestores e técnicos da Codevasf e de famílias das comunidades atendidas pelos sistemas de adutoras implantados pela Companhia.

Adutoras ao longo do Canal do Sertão Alagoano

O sistema de abastecimento de água entregue pelo ministro e pelo diretor-presidente da Codevasf atende cerca de 1,4 mil pessoas que moram nas comunidades rurais difusas Lagoa das Pedras, Sítio CAU e Moreira de Baixo, todas inteiramente localizadas em Água Branca. As adutoras possuem vazão de 68,5 m³/h e contam com um sistema com capacidade de tratamento de 5,0 l/s. A rede de captação, que possui fonte hídrica no Canal do Sertão Alagoano, possui 5.280 metros de extensão. Já a rede de distribuição que atenderá os três povoados tem extensão de 23.995 metros e capacidade de reservação de água de 220 m³.

Na mesma solenidade no sertão de Alagoas, as autoridades federais oficializaram a transferência de gestão de um subsistema de adutoras que será gerido pelas próprias comunidades rurais de Delmiro Gouveia (AL) e de Água Branca. Esse subsistema já leva água tratada para cerca de 1,3 mil pessoas nas comunidades rurais difusas de Bom Jesus, em Água Branca, Maria Bonita, Jurema, Araçá, Lagoa dos Patos, Olho d’Águinha e Pedrão, em Delmiro Gouveia. A estrutura conta com vazão de 93,75 m³/h, um sistema de tratamento de água com capacidade de 5,0 l/s, rede de captação com 3.456 metros de extensão, rede de distribuição com 32.115 metros de extensão e capacidade de reservação de 280 m³.

Ao todo, o Governo Federal, por meio da Codevasf, está implantando quatro subsistemas de adutoras em comunidades rurais ao longo do Canal do Sertão Alagoano a partir de investimentos de cerca de R$ 19,3 milhões em recursos de emenda parlamentar ao Orçamento Geral da União (OGU). Somente nos dois subsistemas de Água Branca e Delmiro Gouveia, já foram investidos cerca de R$ 10,8 milhões.

Além da entrega das adutoras em Água Branca, o ministro e o diretor-presidente da Codevasf tiveram compromissos oficiais em outros municípios alagoanos como Santana do Ipanema, onde vistoriaram as obras para implantação do Canal do Sertão Alagoano, São José da Tapera e Campo Alegre.

Com informações do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR)

Jatobá-PE: Rateio do FUNDEF, um direito dos professores. Por Éder Rodrigo - Vice-prefeito do município

Com o recebimento desse dinheiro pela prefeitura de Jatobá, defendo que 60% desses recursos dos precatórios sejam rateados com os professores do município que estavam vinculados e trabalhavam no período em que houve a defasagem pelo Fundef.

 

Éder Rodrigo
Vice-prefeito de Jatobá

Está previsto para este ano a liberação, para o município de Jatobá, dos recursos referentes aos precatórios do FUNDEF. Esses precatórios têm origem em ações movidas por municípios contra a União, relativo ao repasse do FUNDEF entre os anos de 1998 e 2006. As prefeituras alegavam que o Ministério da Educação cometeu erros no cálculo do valor repassado por meio do Fundef. Os julgamentos foram favoráveis aos municípios e geraram precatórios que agora estão sendo pagos aos entes locais.

Com o recebimento desse dinheiro pela prefeitura de Jatobá, defendo que 60% desses recursos dos precatórios sejam rateados com os professores do município que estavam vinculados e trabalhavam no período em que houve a defasagem pelo Fundef. Nada mais cristalino e justo que parte desse dinheiro seja repassado a esses profissionais, como forma de idenizá-los em razão da defasagem salarial provocada pelo diferença dos valores a menor repassados pela União à época.

Assim, sugiro a gestão atual do município que adote, o quanto antes, os procedimentos corretos para garantir esses repasses aos professores, enviando, assim, um projeto de lei a Câmara de Vereadores para, após obter a autorização judicial, fazer o rateio dos precatórios do FUNDEF aos professores, sem incorrer em penalidades em função do Acórdão do TCU, que possui entendimento diferente.

E, antes que a prefeitura saia por aí emitindo nota de repúdio a nossa postagem, quero dizer que não se justifica, caso seja esse o entendimento da gestão, o não pagamento aos professores em razão dessa decisão do TCU, pois a justiça federal, TRF5, concedeu liminares aos municípios de Ouricuri e Ipubi, ambos localizados no estado de Pernambuco, para proceder com esses rateios aos professores. O Ministério Público Federal segue a mesma linha de entendimento, inclusive vem impetrando algumas ações para garantir esse direito. Por fim, para reforçar essa linha de entendimento, posso citar vários municípios de Pernambuco que já aprovaram leis para garantir o repasse de parte desses recursos para os professores, dentre eles estão: Belém do São Francisco, Carnaubeira da Penha, Salgueiro, Verdejante, Belo Jardim. Ou seja, é perfeitamente legal realizar esse rateio e, com isso, promover justiça a esses profissionais.


Éder Rodrigo
Vice-prefeito de Jatobá

OBS:
O Blog de Assis Ramalho abre espaço para artigos de opinião
Os artigos poderão ser enviados pelo WhatsApp 87 - 9995511-86 - ou e-mail Contato@assisramalho.com.br

Pernambuco divulga protocolo para reabertura de escolas e faculdades


Ainda sem definição sobre a data de retorno às aulas presenciais, a Secretaria Estadual de Educação e Esportes, divulga, nesta quarta-feira (15), o protocolo setorial para a área de educação em Pernambuco. O documento - aplicado para a educação básica, ensino superior e cursos livres (de idiomas, técnicos, qualificação profissional e outros) - estabelece regras sobre distanciamento social, medidas de proteção, monitoramento e comunicação.

O documento, que será detalhado em coletiva de imprensa a partir das 16h, ficará disponível para consulta pública e eventuais contribuições até o dia 24 de julho no site da Secretaria de Educação. "Nosso objetivo ao divulgar o protocolo setorial da educação é fazer com que as instituições de ensino possam realizar seu planejamento e tomar as providências necessárias para o retorno dos estudantes às salas de aula. É importante ressaltar que as instituições, sejam das redes pública ou privada, poderão estabelecer protocolos com medidas complementares, desde que sigam as orientações gerais do documento apresentado", afirmou o secretário de Educação e Esportes do Estado, Fred Amancio.

Entre as determinações definidas pelo estado, está a definição da distância mínima de um metro e meio entre os estudantes, trabalhadores em educação e colaboradores em todos os ambientes da unidade de ensino. Como consequência, a equipe gestora deve observar o número de alunos por turma, reduzindo a quantidade se necessário, inclusive com a possibilidade de adoção de um sistema de rodízio nas escolas. Outra medida é a promoção de diferentes intervalos de entrada, saída e alimentação para evitar aglomerações nas dependências da escola.

O protocolo setorial também prevê o adiamento de todo e qualquer evento presencial na escola e a suspensão das atividades esportivas coletivas. Os estudantes, trabalhadores em educação e demais colaboradores devem receber orientações para evitarem contatos próximos, como apertos de mãos, beijos e abraços. Os horários das refeições devem ser alternados e a escola deve estabelecer o distanciamento de dois metros durante a alimentação dos estudantes.

Em relação à higiene, é obrigatório o uso de máscara por todas as dependências das unidades de ensino - devendo ser observadas orientações específicas quando se tratar de crianças até dois anos de idade - e acomodá-la, quando não estiverem sendo utilizadas, em sacos plásticos, por exemplo, na hora das refeições.

Álcool 70% e locais para lavagem frequente das mãos devem estar disponíveis para a higienização de todos os que frequentam o estabelecimento de ensino; e deve haver reforço da limpeza e desinfecção dos ambientes e das superfícies mais tocadas, como mesas, cadeiras, maçanetas, banheiros e áreas comuns, antes e durante o expediente.

As instituições de ensino devem utilizar intensivamente os meios de comunicação disponíveis (comunicação interna e redes sociais) para orientar os estudantes, trabalhadores em educação e colaboradores em ações de higiene necessária para as mãos e objetos, utilização e troca da máscara de proteção e como se alimentar com segurança. Além disso, cartilhas com orientações sobre os cuidados básicos da Covid-19 devem ser elaboradas e disponibilizadas pela internet, e cartazes afixados em pontos estratégicos.

O documento prevê também esclarecimentos sobre os protocolos a serem seguidos em caso de suspeita, confirmação ou contato com pessoas diagnosticadas com a Covid-19. Estes protocolos vão desde o cumprimento do isolamento social de 14 dias ao acesso do aplicativo Atende em Casa, onde é possível receber orientações sobre como proceder com os cuidados e a necessidade de procurar o serviço de saúde.

Por Diário de Pernambuco


Boa notícia! Vacina americana contra coronavírus funciona em primeiro teste com humanos

Pesquisas para desenvolver uma vacina que combata o novo coronavírus são realizadas em todo mundo - Foto: Juan Mabromata / AFP

A vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela empresa de biotecnologia americana Moderna teve os resultados preliminares positivos publicados na revista científica The New England Journal of Medicine na terça-feira (14). Os dados são da primeira fase do estudo clínico com a substância.

Segundo o artigo, a mRNA-1273, como a vacina foi batizada, induziu resposta imunológica de combate ao Sars-CoV-2 nos 45 participantes do estudo. Anticorpos neutralizantes do novo coronavírus foram detectados por dois métodos em todas as pessoas imunizadas.

Os anticorpos são proteínas que o corpo produz ao entrar em contato com um microrganismo invasor, como um vírus. O corpo pode produzir diversos tipos de anticorpos, e alguns deles possuem ação neutralizante que combate o avanço de uma infecção.

A vacina da Moderna, produzida em parceria com o governo dos EUA e o Instituto de Pesquisa em Saúde Kaiser Permanente (EUA), usa pedaços do material genético do vírus (RNA) para estimular a resposta imunológica.

As pessoas vacinadas, que tinham entre 18 e 55 anos de idade, receberam duas doses da substância com um intervalo de 28 dias entre elas.

Reações adversas consideradas leves ou moderadas, como dor de cabeça e fadiga, foram relatadas por mais da metade dos participantes que receberam a imunização. Com base nesses resultados, o documento afirma que a vacina se mostrou segura.

Os resultados da imunização e reações adversas foram verificados pelos pesquisadores no 7º e no 14º dias após cada dose da vacina. O estudo foi conduzido pelo Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos (Niaid), parte do grupo de Institutos Nacionais de Saúde (NIH).

Em nota, a Moderna diz que os dados dão suporte para o início de um estudo clínico maior, de fase 3, que vai contar com 30 mil participantes. A expectativa é que a próxima etapa tenha início no dia 27 de julho.

O estudo clínico de fase 3, o mais importante, é determinante para que as autoridades sanitárias concedam um registro para o produto.

Segundo a empresa, as doses para a realização da terceira fase de pesquisa já estão prontas. O comunicado da Moderna diz que a companhia se prepara para produzir cerca de 500 milhões de doses da vacina por ano.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), mais de 160 candidatas a vacina contra o novo coronavírus em estudo -23 delas em fase de testes clínicos.

A vacina criada pela empresa chinesa Sinovac e a imunização produzida em uma parceria pela Universidade de Oxford e pela empresa britânica AstraZeneca estão na fase mais avançada de testes. As duas candidatas possuem acordos para teste e produção com instituições brasileiras.

Por Folhapress

Petrolândia: Andadores, muletas e bengalas: É a Cicatrimed ajudando você que necessita de uma mobilidade com mais segurança




Andadores, muletas e bengalas: É a Cicatrimed ajudando você que necessita de uma mobilidade com mais segurança.

Com o avançar da idade os movimentos podem começar a ficar mais difíceis e por isso é preciso falar sobre como ampliá-lo de maneira a proporcionar uma qualidade de vida satisfatória para aqueles que já não encontram tanta facilidade no caminhar.

Estudos afirmam que um terço da população idosa cai, pelo menos, uma vez ao ano. E são essas quedas a principal causa de lesões graves, levando muitas vezes a pessoa à hospitalização e a perda da independência na mobilidade.

Para reverter este quadro, alguns dispositivos auxiliares são lançados para prevenirem possíveis acidentes, além de facilitar as atividades funcionais do dia a dia. Como exemplos temos os andadores, muletas ou bengalas. A Cicatrimed tem como ajudar você nesta nova fase da vida. Na Cicatrimed temos as

melhores tecnologias que atendam às exigências de qualidade e as necessidades de nossos clientes. Esperamos vocês.

SAIBA MAIS SOBRE A CICATRIMED

CICATRIMED é a sua loja especializada na venda de curativos especiais e artigos e acessórios para saúde. Lá você encontra os melhores materiais para tratamento de estomas e feridas, além da assistência de profissionais especializados na área; como também artigos, equipamentos e materiais que irão auxiliar na prevenção, restabelecimento e cuidados à saúde, como materiais ortopédicos, cadeiras de rodas, cadeiras de banho, colchões pneumáticos, colchões de água, bengalas, muletas, jalecos, materiais médico-hospitalares e etc.

Sabemos que o processo de cicatrização de feridas nem sempre é tão fácil, principalmente em pacientes com problemas circulatórios, idosos, portadores de doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, que as vezes demoram meses ou anos para cicatrizarem uma lesão. No entanto, com a inauguração desse novo empreendimento em nossa cidade, esses pacientes terão a oportunidade de sonharem com um restabelecimento mais eficaz dessas lesões, melhorando assim o conforto e qualidade de vida.

A CICATRIMED está localizada na avenida Sabino Costa, n 54, quadra 07, ao lado da Escola Delmiro Gouveia, e conta com a organização do Enfermeiro Estomoterapeuta Amaral ( profissional especializado no tratamento de feridas).

Em entrevista a Assis Ramalho, o Enfermeiro Amaral detalhou os procedimentos de funcionamentos da Loja de artigos e acessórios para a saúde do povo de Petrolândia e região.


Da Redação do Blog de Assis Ramalho

Novo exame para Covid-19 do presidente Bolsonaro deu positivo


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse à CNN nesta quarta-feira (15) que seu novo teste para Covid-19 deu resultado positivo para a doença causada pelo novo coronavírus.

Em conversa com a CNN, Bolsonaro contou que o novo exame foi feito pela manhã e que o resultado saiu na noite de ontem (14). O presidente fez o exame RT-PCR, que utiliza um swab (cotonente longo) inserido pelo nariz para a coleta de material.

Bolsonaro disse que está bem e que não tem febre desde o dia 6. Segundo o presidente, sua taxa de saturação de oxigênio está em 98%. Ele contou também não estar sentindo falta de ar, nem falta de paladar. O presidente relatou ainda que passou por exames de sangue e de coração, e que estes também apresentaram resultados normais.

Bolsonaro afirmou que continua fazendo uso da hidroxicloroquina, medicamento cuja eficácia no combate à Covid-19 ainda não foi comprovada, e azitromicina.

Bolsonaro teve um primeiro diagnóstico confirmado para Covid-19 na semana passada, no dia 7. Desde então, está em isolamento no Palácio da Alvorada, sua residência oficial. O presidente tem mantido a rotina de reuniões com ministros por meio de videoconferência.

O presidente deve fazer ainda um terceiro exame nos próximos dias para verificar se ainda está com o coronavírus e se já pode retomar suas atividades normalmente.

CNN Brasil

Petrolândia: Faça suas compras na Franckeletro e comprove a qualidade de nossos móveis


Na Franckeletro as novidades que farão partes do seu dia a dia estão a sua espera. Trata-se das novas mesas de estar para você receber quem você ama e da melhor forma possível. Sabe como? Do seu jeito!

Então venha conferir essa novidade que está a sua espera. Aproveita e Vem !

MAIS NOVIDADES
A loja Franckeletro em Petrolândia está com várias novidades para você cliente amigo escolher qual móvel estará em sua casa para dar aquele ar de modernidade. Ou se preferir ter um eletrodoméstico para facilitar seu dia a dia, basta apenas acessar nosso Instagram, solicitar atendimento e escolher seu pedido que a Franckeletro estará atendendo você na melhor forma possível. Tudo isso pela modernidade que você deseja.

Vale a pena conferir nossas novidades. Afinal de contas, você merece!


Blog de Assis Ramalho
Informação: Loja Franckeletro

Prefeito de Glória (BA) confirma morte de mulher com Covid-19 transferida ontem em UTI aérea para Salvador


O prefeito de Glória, Bahia, David Cavalcanti confirmou agora há pouco a notícia da morte da paciente com Covid-19 que foi transferida ontem para o Hospital Couto Maia, em Salvador. A mulher era moradora de Glória, tinha 44 anos e ficou internada durante 7 dias na UPA/UTI Covid-19 de Paulo Afonso.

O estado de saúde dela era grave apresentando quadro de comorbidades como diabetes, hipertensão e obesidade. Suas funções renais ficaram comprometidas necessitando com urgência se submeter a sessões de hemodiálise.

O Hospital Covid-19 apesar dos 4 leitos de UTI ainda não dispõe de equipamento para tratamento de diálise e a prefeitura também não firmou convênio com a iniciativa privada, o que levou a família a solicitar da prefeitura de Glória providências no sentido de removê-la para Salvador.

David Cavalcanti, prefeito da cidade, recorreu ao deputado Mário Negromonte Júnior que por sua vez apelou para o governador Rui Costa (VEJA MAIS AQUI). Autorizado o voo e com a devida regulação, a paciente foi transferida para a capital baiana, mas infelizmente 24 horas depois, veio a óbito.

No momento em que a UTI aérea se preparava para a decolagem, familiares da paciente fizeram uma oração pela sua recuperação. A imagem foi gravada e compartilhada nas redes sociais causando comoção entre os internautas.

Por PA4.COM.BR

Use alho todos os dias - Benefícios para a sua Saúde e sua Estética


RESUMO DA NOTÍCIA

* Alho é estudado há tempos por seu potencial terapêutico, e realmente pode atuar contra diversos males
* No entanto, benefícios para o coração e câncer ainda precisam de mais estudos e seu uso para gripes e resfriados não é comprovado

Para ter benefícios, um dente por dia basta, mas é preciso consumi-lo cru ou, no máximo, levemente aquecido

* Extrato pode ser ainda melhor, principalmente para quem não tolera o odor, mas deve ser consumido com orientação e não substitui medicamentos


Se você é fã de alho, vai ficar feliz em saber que não só ele faz parte da medicina popular como seus benefícios para a saúde já foram comprovados em estudos científicos. "Ele apresenta compostos fitoquímicos sulfurados e não sulfurados, que têm papel no controle do colesterol total, pressão arterial, além de auxiliarem no combate a vírus, bactérias e fungos", resume a nutricionista Vanderli Marchiori, presidente da Associação Paulista de Fitoterapia.

Entre essas substâncias, se destaca a alicina, responsável pelo odor característico do vegetal. Flavonoides e o mineral selênio, com poder antioxidante, também são encontrados nos bulbos. No entanto, nem tudo que nossas avós creditam ao alho foi comprovado pela ciência. Veja a seguir quais benefícios do alho já foram comprovados e quais seguem sendo estudados mais de perto. Vale lembrar que nos casos em que o benefício do alho é embasado pelos experimentos dos cientistas, ele deve sempre entrar como coadjuvante e não deve substituir os tratamentos tradicionais.

Benefícios comprovados

Colesterol 
O uso diário e constante de alho já mostrou diminuir entre 10 e 15% do colesterol total e/ou LDL, o considerado ruim, em adultos com níveis altos dessa molécula. Os mecanismos por trás desse efeito não estão totalmente compreendidos, mas parece que ele atua tanto na absorção de colesterol no intestino quanto na síntese do colesterol endógeno —aquele que produzimos no fígado, e é responsável pela maior parte do colesterol circulante.

Uma revisão sistemática de quase 40 ensaios clínicos randomizados (tipo de estudo robusto, que compara o efeito de um remédio com o de um placebo, sem que os grupos saibam o que estão tomando) envolvendo 2.300 adultos comprovou esse efeito benéficos em quem tem níveis de colesterol "levemente elevados", maiores do que 200 mg/dL

A pesquisa foi feita pela Universidade de Adelaide, na Austrália, em 2013, e publicada no periódico Nutrition Reviews. É importante dizer neste caso (e em todos os outros que falaremos mais abaixo), que o alho é um coadjuvante e não deve substituir tratamentos convencionais.

Diabetes 

A relação com o controle do diabetes foi alvo de uma revisão sistemática de 2017, publicada no periódico Food and Nutrition Research por pesquisadores chineses. A investigação envolveu mais de dez estudos que davam uma dose diária entre 0,05 g a 1,5 g (um dente tem cerca de 5 g, para se ter ideia) do suplemento de alho a pacientes diabéticos e os comparava com um placebo.

No fim, o alho realmente impactou positivamente os níveis de glicose. Uma diferença de quase 10 mg/dL depois de 12 semanas e depois de mais de 20mgl/dL, na 24ª semana de suplementação. O mecanismo ainda está sendo estudado, mas, aparentemente, a alicina e seus outros compostos melhoram o transporte de glicose para dentro das células, além de diminuir os produtos finais da glicação avançada, proteínas que levam às complicações do diabetes.

Ainda em estudo

Pressão arterial

O alho é um vasodilatador, ou seja, pode dilatar as artérias criando uma espécie de relaxamento, que beneficia quadros de hipertensão arterial. Nesta doença, os vasos sanguíneos tendem a ficar mais "tensos" em vez de contrair e relaxar, como deveria ser. Esse efeito é estudado há bastante tempo pela ciência. Uma revisão sistemática de 2015, publicada no periódico The Journal of Clinical Hypertension, avaliou 17 pesquisas anteriores e mostrou uma redução média de 3,75 mmHG na pressão sistólica de pessoas hipertensas e 3,39 mmHG na diastólica. A benesse foi observada com a suplementação do vegetal em cápsulas, extrato e pó.

Outra revisão conduzida pela Cochrane, entidade independente que reúne as evidências científicas mais sólidas sobre saúde, aponta que o alho de fato parece reduzir a pressão arterial, mas não há evidências o suficiente para bater o martelo sobre o assunto. Saúde do coração..

Saúde do coração

Sua ação antioxidante pode contribuir para a saúde do endotélio, a parede das artérias. Isso porque boa parte das doenças cardiovasculares comuns ocorrem quando as partículas de colesterol no sangue se oxidam, um processo chamado de estresse oxidativo, e se depositam no endotélio, formando placas de gorduras que levam a entupimentos.

Uma revisão de literatura publicada em 2016 no Journal of Nutrition mostrou que a suplementação de até 960 mg de extrato de alho pode reduzir marcadores de aterosclerose (acúmulo dessas placas nas artérias). Outro fator de proteção contra infartos importante do alho é controlar a agregação plaquetária —nome técnico da formação de coágulos que leva a entupimentos nos vasos sanguíneos. Um outro estudo, conduzido por pesquisadores ingleses, verificou esse efeito em amostras sanguíneas de 14 participantes.

Os estudos nessa seara pesam a favor das cápsulas. Nesta segunda pesquisa, disponível também no Journal of Nutrition, o extrato de alho envelhecido foi novamente apontado como mais eficaz.

Câncer

Essa alegação é bem interessante. Estudos mostram que o alho pode diminuir o risco de câncer de estômago, câncer de pulmão, câncer de mama e até colo de útero. A hipótese aqui é a de que os compostos sulfurados como a alicina protejam o DNA de danos que levam à produção de células cancerígenas.

Só vale dizer que a maioria das pesquisas sobre o tema em humanos é observacional —ou seja, avaliam o consumo do alho e a incidência de câncer numa população e relacionam os dois números. Estudos in vitro demonstram atividade dos compostos do alho em combater células cangerígenas, mas o Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos ressalta que, apesar de promissores, faltam estudos para compreender melhor questões como o mecanismo de ação, o tamanho da dose e as interações de outros nutrientes.

Ou seja, não dá para cravar que o alho previne câncer, mas pode ser benéfico dentro de uma dieta com frutas, legumes, verduras e grãos in natura. Além da alimentação equilibrada, fazer exercícios regularmente, não fumar e beber com moderação são atitudes que oficialmente diminuem o risco de tumores.

Não comprovados

Tosse e gripe 

Alguns estudos até indicam que ele pode melhorar a resposta do sistema imune a infecções, mas o efeito mais conhecido mesmo é antimicrobiano. Uma revisão da Cochrane diz, aliás, que não há evidências de que o alho seja capaz de prevenir ou curar gripes e resfriados.

Ou seja, provavelmente o alívio que as pessoas sentem ao tomar um chá com alho para a tosse vem da sua ação discreta anti-inflamatória e contra micro-organismos que podem estar desencadeando uma irritação local na garganta.

Como consumir para aproveitar os benefícios

Embora os estudos mais bacanas envolvam o suplemento de alho (que facilita o controle da dosagem dos micronutrientes presentes), os especialistas ouvidos pela reportagem concordam que consumir um dente de alho por dia, cerca de 5 g, já é o suficiente para obter ao menos parte desses benefícios.

Para que a alicina fique disponível, é preciso amassar, triturar ou picar o alho, e o ideal é que ele seja consumido cru. Picar e acrescentar no fim dos preparos, em saladas ou cremes pode ajudar a disfarçar o sabor forte —uma dica é misturar no molho que você já adicionaria à salada. E é bom consumir junto com as refeições para que o estômago não fique ressentido.

O alho pode ser indigesto para algumas pessoas, e seu excesso pode levar a alterações no processo de coagulação, o que deve ser levado em conta por quem está em pré ou pós-operatório. Um limite considerado seguro da versão in natura, crua, é de 10 g, cerca de dois dentes, ou 4 a 6 g de alho em pó.

Com tudo isso dito, melhor confirmar com o profissional de saúde se suplementar alho é útil pra você antes de comprar as cápsulas por conta própria. E, por último, vale destacar que a transformação da alicina com o calor produz outros compostos sulfurosos com potencial ação no organismo. Assim, não precisa cortar o alho refogado das receitas tradicionais da sua casa.

Outros alimentos benéficos

A alicina permanece por 72 horas no organismo, daí a sensação de ficarmos "conversando" com o alho muito tempo depois de comê-lo. Portanto, se você não gosta de alho, pode tentar outros compostos da família são a cebola, alho-poró e cebolinha. Eles trazem vantagens semelhantes para o corpo. Ah, e os compostos sulforados são encontrados ainda nos crucíferos como o brócolis e na couve-flor. Se o objetivo é manejar doenças crônicas, prevenir câncer, reduzir inflamações e melhorar a saúde cardiovascular, invista nesta categoria, no ômega 3 dos peixes, da chia, nas oleaginosas e em uma dieta rica em verduras, legumes e frutas.

Fontes da reportagem: 

Francisco Tostes, endocrinologista fundador da Clínica Nutrindo Ideias; João Motarelli, nutricionista assessor científico do Departamento de Nutrição da SOCESP (Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo); João Paulo Burian, nutricionista e mestre em alimentos e Nutrição pela UNESP (Universidade Estadual Paulista); Maria Fernanda Vischi D´Ottavio, nutricionista do Check-up do Hospital do Coração (HCor); Marina Andres, ginecologista da BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo; e Vanderli Marchiori, presidente da Associação Paulista de Fitoterapia; Thais Manfrinato, nutricionista do A.C. Camargo Cancer Center.

Saiba mais sobre o alho


Chloé Pinheiro
Colaboração para o VivaBem

Governo de Pernambuco detalha protocolo para reabertura de escolas e faculdades. Veja algumas regras

CHICO BEZERRA/ PJG

O protocolo que escolas, faculdades, universidades e cursos livres deverão seguir, em Pernambuco, para retomada das aulas presenciais será detalhado nesta quarta-feira (15), às 16h, pelo governo estadual. No fim da manhã, o Executivo divulgou algumas dessas regras, que envolvem distanciamento social, medidas de proteção, prevenção, monitoramento e comunicação nas unidades de ensino, públicas e privadas. No Estado, a suspensão das aulas presenciais, por causa da covid-19, completa quatro meses no próximo sábado (18).

Mas a informação sobre as datas para reabertura dos estabelecimentos de ensino não será dada nesta quarta-feira, segundo o governo. A elaboração do protocolo foi coordenada pelo secretário de Educação de Pernambuco, Frederico Amancio, que vai detalhar o protocolo em coletiva de imprensa transmitida no canal oficial do Governo de Pernambuco no Youtube.

Medidas como uso obrigatório de máscara por alunos, professores e funcionários e distanciamento mínimo de 1,5 metro dos estudantes em sala de aula são algumas das regras. Antes de concluir o documento, o secretário de Educação ouviu diversos representantes da educação pública e particular.

Embora tenha havido essa escuta, o governo decidiu abrir uma consulta pública para que a sociedade em geral possa apresentar sugestões ao documento. Até sexta-feira da próxima semana, dia 24 de julho, interessados em contribuir com o protocolo deverão acessá-lo no site da Secretaria de Educação de Pernambuco. As regras reúnem recomendações para educação básica, ensino superior e cursos livres (cursos de línguas, técnicos, de qualificação profissional e outros).

“Nosso objetivo ao divulgar o protocolo setorial da educação é fazer com que as instituições de ensino possam realizar seu planejamento e tomar as providências necessárias para o retorno dos estudantes às salas de aula. É importante ressaltar que as instituições, sejam das redes pública ou privada, poderão estabelecer protocolos com medidas complementares, desde que sigam as orientações gerais do documento apresentado pelo governo de Pernambuco”, destaca o secretário Frederico Amancio.

Decreto assinado pelo governador Paulo Câmara mantem as unidades de ensino fechadas até o dia 31 de julho por causa da pandemia da covid-19. O decreto foi publicado pela primeira vez em 18 de março. Segundo o Estado, adefinição das datas de reabertura do setor educacional depende do cenário epidemiológico do novo coronavírus
SUGESTÃO

O Sindicato das Escolas Particulares de Pernambuco (Sinepe) entregou ao governo estadual, no dia 3 de julho, uma proposta com calendário para retomada das aulas presenciais. A entidade sugeriu que a reabertura começasse em 21 de julho, com turmas da educação infantil, o 1º e o 9º ano do ensino fundamental e as três séries do ensino médio.

Considerando que a consulta pública estará aberta até 24 de julho, já é certo que a data apresentada pelo sindicato, portanto, não vai ser a adotada pelo governo.

No material repassado ao Estado, os donos de escola também indicaram que as turmas poderiam reiniciar com 50% dos alunos. A outra metade ficaria em casa, com aula remota. A adoção de atividades online foi a saída encontrada por diversas redes, públicas e privadas, para que os estudantes não ficassem tanto tempo sem aulas. 

ALGUMAS REGRAS

O governo estadual já antecipou algumas regras que compõem o protocolo para reabertura das unidades de ensino:

- Distância mínima de um metro e meio entre os estudantes

- Também distância mínima de 1,5 metro entre os trabalhadores em educação e colaboradores em todos os ambientes da unidade de ensino

- Obrigatório o uso de máscara por todas as dependências das unidades de ensino (devendo ser observadas orientações específicas quando se tratar de crianças até dois anos de idade)

- Promoção de diferentes intervalos de entrada, saída e alimentação para evitar aglomerações nas dependências da escola

- Adiamento de todo e qualquer evento presencial na escola

- Suspensão das atividades esportivas coletivas

- Alunos, trabalhadores em educação e demais colaboradores devem receber orientações para evitarem contatos próximos, como apertos de mãos, beijos e abraços

- Horários das refeições devem ser alternados e a escola deve estabelecer o distanciamento de dois metros durante a alimentação dos estudantes

- Oferta de álcool 70% e locais para lavagem frequente das mãos

- Reforço da limpeza e desinfecção dos ambientes e das superfícies mais tocadas, como mesas, cadeiras, maçanetas, banheiros e áreas comuns, antes e durante o expediente

- Uso de meios de comunicação disponíveis (comunicação interna e redes sociais) para orientar os estudantes, trabalhadores em educação e colaboradores em ações de higiene necessária para as mãos e objetos, utilização e troca da máscara de proteção e como se alimentar com segurança.

Por Diário de Pernambuco


Boletim desta quarta [15/07]: Pernambuco confirma novos 1.384 casos de coronavírus nas últimas 24 horas e 57 mortes

Entre os casos confirmados nesta quarta, 163 (12%) são considerados graves que se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.221 (88%) são leves


Em boletim divulgado na manhã desta quarta-feira (15), a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) afirmou que foram confirmados mais 1.384 casos do novo coronavírus em Pernambuco nas últimas 24 horas. Além disso, também foram confirmadas 57 novas mortes em decorrência da covid-19. Agora, o Estado totaliza 74.960 casos de pessoas infectadas, desde o início da pandemia, com 5.772 vidas perdidas.

Entre os casos confirmados nesta quarta, 163 (12%) são considerados graves que se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.221 (88%) são leves, ou seja, os pacientes não demandaram internamento hospitalar e que estavam na fase final da doença ou já curados. Do total de casos, 21.484 se enquadram como graves e 53.476, leves.

As mortes confirmadas nas últimas 24 horas ocorreram desde o dia 22 de abril, em que 35 (61%) ocorreram de 22 de abril a 11 de julho. Já os outros 22 (39%) óbitos aconteceram nos últimos três dias. Os detalhes epidemiológicos serão repassados pela SES-PE ao longo do dia.

Casos leves vão começar a ser testados em Pernambuco

O secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, anunciou que testes para detecção do novo coronavírus serão realizados no Estado em todas as pessoas que apresentarem suspeita de covid-19. A declaração foi feita nessa terça-feira (14) durante coletiva de imprensa transmitida pela internet. Segundo André Longo, serão ofertados exames RT-PCR (no ínicio dos sintomas) e testes rápidos (voltados a pessoas que já passaram mais de sete dias do início dos sintomas).

A ampliação da testagem pode ajudar a reduzir a subnotificação de infecções pelo novo coronavírus. Para agendar os exames, as secretarias de cada cidade poderão montar suas estratégias ou fazer adesão ao Atende em Casa - ferramenta já disponível para a população de 178 municípios pernambucanos. O aplicativo está disponível pelo site do Atende em Casa e para smartphones com sistema Android.

A orientação anterior, em Pernambuco, era de que os testes fossem realizados prioritariamente em casos graves (aqueles que exigem internação), mortes, profissionais de saúde e outros grupos específicos. O Atende em Casa também já está responsável pelo agendamento da testagem de todos os trabalhadores dos serviços essenciais que apresentam sintomas sugestivos da covid-19. Nos municípios que ainda não contam com o Atende em Casa para a marcação, a população deve procurar a secretaria municipal de saúde para poder ser testado.

Por Jornal do Commercio


Para evitar contágio, TSE excluirá biometria nas eleições municipais


O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, decidiu excluir a necessidade de identificação biométrica, por meio de impressão digital, nas eleições municipais deste ano, tendo em vista o risco de contágio por covid-19.

A decisão foi tomada após uma primeira reunião de técnicos do tribunal com os médicos David Uip, do Hospital Sírio Libanês, Marília Santini, da Fundação Fiocruz, e Luís Fernando Aranha Camargo, do Hospital Albert Einstein.

As três instituições firmaram parceria com o TSE para a elaboração de um protocolo de segurança que reduza o risco de contágio durante a votação. Segundo o tribunal, a consultoria sanitária é prestada sem custos.

Dois fatores pesaram para excluir a biometria. Primeiro, o leitor de impressões digitais não pode ser higienizado com frequência, como a cada utilização. Também pesou o fato de que a identificação biométrica tende a causar filas maiores, favorecendo aglomerações, já que o processo é mais demorado do que a simples coleta de assinatura.
Recesso judiciário

A exclusão da biometria será incluída em resoluções para as eleições deste ano que devem ser apreciadas pelo plenário do TSE a partir de agosto, após a volta do recesso judiciário.

A Justiça Eleitoral iniciou o cadastramento biométrico em 2008, e já colheu as impressões digitais de 119.717.190 eleitores, que estariam aptos a votar pelo novo sistema. O TSE planeja cadastrar todos o eleitorado de mais de 150,5 milhões de pessoas até 2022.

O cadastramento biométrico é obrigatório. O eleitor que não comparecer ao cartório eleitoral para a revisão cadastral pode ter o título cancelado e ficará inapto a votar, caso perca o prazo estipulado pela Justiça Eleitoral para cada município.

Neste ano, porém, devido à pandemia, o TSE suspendeu o cancelamento de 2,5 milhões de documentos.

Ainda em virtude da pandemia, o Congresso Nacional promulgou há duas semanas uma emenda à Constituição que adiou o primeiro turno das eleições municipais de 4 de outubro para 15 de novembro. O segundo turno foi alterado de 25 de outubro para 29 de novembro.

Por Agência Brasil

Petrolândia agora conta com Centro de Atendimento para Enfrentamento à Covid-19


Petrolândia agora conta com o Centro de Atendimento para Enfrentamento à Covid-19, que iniciou o seu funcionamento nesta terça-feira, 14 de julho.

O novo equipamento municipal fica na Avenida Manoel Pereira de Lima – Quadra 14, e funcionará de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 12h e das 14h às 17h30.

No Centro de Atendimento contra a Covid-19, os usuários vão contar com acompanhamento médico, de enfermeiros e técnicos de enfermagem, ressaltando que o funcionamento é especifico para sintomáticos respiratórios.

O Centro ainda realizará atendimentos e agendamento para realização de testes para COVID-19, de acordo com os protocolos, quando houver indicativo para tal procedimento.

Apesar do momento de dificuldade pelo qual passa todos os municípios, a Prefeitura de Petrolândia segue buscando alternativas para minimizar os efeitos causados pela pandemia do coronavírus.

Prefeitura de Petrolândia

Após perder o pai, motorista de ambulância também morre vítima da Covid-19, em Ipubi, Pernambuco

Jorge Paulo, motorista de ambulância em Ipubi, morreu com a Covid-19 — Foto: Arquivo pessoal

Após 34 dias lutando contra a Covid-19, o motorista de ambulância, Jorge Paulo Bento dos Santos, de 41 anos, morreu. Ele estava internado na UTI do Hospital Santa Maria, em Araripina, no Sertão de Pernambuco. Jorge atuava na linha de frente contra a pandemia, na Unidade Básica de Saúde Pajeú, no município de Ipubi, também no Sertão.

Na segunda-feira (13), parentes, amigos e colegas de trabalho fizeram uma homenagem ao motorista, que foi o primeiro profissional de saúde de Ipubi a morrer vítima da Covid-19. Até o momento, o município pernambucano tem 154 casos confirmados, com 12 óbitos e 81 curas.

Por G1 Petrolina

Acidente entre caminhões na PE-53 deixa um dos motoristas preso às ferragens e ele morre na rodovia

Colisão entre dois caminhões deixou um homem morto na PE-53 — Foto: Reprodução/WhatsApp

Um acidente entre um caminhão de carga e um caminhão de transporte de combustível causou a morte de um dos motoristas, na noite da terça-feira (14). A vítima foi um homem de 31 anos que ficou preso às ferragens e morreu no local da colisão, na PE-53.

A colisão frontal entre os dois veículos aconteceu por volta das 19h no quilômetro 7, em um trecho da rodovia estadual que fica próximo à Usina Petribu, no município de Carpina, na Zona da Mata Norte do estado.

Em nota, o Corpo de Bombeiros informou que o motorista do caminhão de carga foi retirado das ferragens e veio a óbito no local do acidente.

Ainda segundo informações do 7° Grupamento de Bombeiros de Carpina, o condutor do caminhão de transporte de combustível teve ferimentos leves e foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A ocorrência foi finalizada por volta das 22h50.

Por G1 PE

Conta de luz terá reajuste médio de 3,9% no país


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, nesta terça-feira, um reajuste de 26% na receita anual das empresas de transmissão de eletricidade. A alta vai representar um aumento médio de 3,9% nas contas de luz dos consumidores, segundo a Aneel.

Para reduzir os efeitos na conta de luz, a agência já aprovou, junto com o BNDES, um empréstimo bilionário para as distribuidoras de energia. Na prática, esse empréstimo vai diluir os efeitos do coronavírus e da alta da receita das transmissoras de 2021 até 2025.

A conta de luz é composta por um conjunto de fatores, como a compra de energia, pagamentos de subsídios e a contratação de redes de transmissão. O que a Aneel aprovou nesta terça-feira foi aumentar a receita das transmissoras, com o impacto sendo repassado para os consumidores.

O faturamento anual das concessionárias do segmento saltará dos atuais R$ 27,63 bilhões para R$ 34,98.

A maior parte do aumento da receita foi provocado pela derrubada de decisões da Justiça que impediam a remuneração de antiga rede de transmissão, controversa criada ainda em 2012. Outra parcela de aumento é resultado do início da operação de linhas de transmissão licitadas mais recentemente e reforços na rede.

Por Extra-RJ

COVID-19: vacina dos EUA alcança resultados positivos e avança para última fase de testes


O laboratório Moderna, com sede nos Estados Unidos, anunciou nesta terça-feira (14) que sua vacina contra a COVID-19 provocou “robustos anticorpos neutralizantes” depois de duas imunizações. As aspas fazem parte de publicação científica feita pelo Jornal de Medicina da Nova Inglaterra.

O resultado positivo permite que a empresa avance para a fase 3 do cronograma, marcada para o próximo dia 27, quando 30 mil pessoas, todas moradoras dos EUA, devem servir de cobaias.

“É a fase de avaliação de eficácia pré-mercado. Essa é a última fase de desenvolvimento. Se o produto for aprovado nesta fase, ele segue para ser aprovado ou não pelas agências reguladoras, no caso do Brasil a Anvisa”, explica o diretor da Sociedade Mineira de Infectologia, Antônio Toledo Júnior.

A vacina da moderna usa o material genético do novo coronavírus, o chamado RNA, para induzir nosso organismo a produzir anticorpos para lutar contra o micro-organismo causador da COVID-19.

Segundo o infectologista Antônio Toledo Júnior, no entanto, é válido ressaltar que nenhuma dos imunizantes amplamente usados no mundo hoje foram desenvolvidos a partir desse método.

Nas fases 1 e 2 de testes da vacina do laboratório Moderna, 45 adultos saudáveis entre 18 e 55 anos receberam o imunizante.

Em todos eles, os pesquisadores encontraram anticorpos capazes de neutralizar o novo coronavírus. Eles receberam três doses do produto: uma mais leve, outra intermediária e uma última mais pesada.

Para a última fase, o laboratório optou por usar a dose intermediária, que contém 100 microgramas do imunizante. Todos os pacientes que passaram pelas fases 1 e 2 apresentaram reações à vacina, como dor de cabeça, mialgia, fadiga e dor no local de aplicação.

Para Antônio Toledo Júnior, no entanto, essas reações são esperadas.

“Como a lógica da vacina é estimular o sistema de defesa, então toda vacina pode resultar em efeito colateral. Mas isso é comum, porque é secundário em relação à ativação do sistema de defesa do corpo humano”, pontua o diretor da Sociedade Mineira de Infectologia.

Ressalva

Por outro lado, uma preocupação manifestada por Antônio Toledo Júnior diz respeito ao volume de pessoas a serem testadas pelo laboratório Moderna.

Isso porque os 30 mil habitantes analisados – a maioria deles de estados duramente atingidos pela doença, como Texas, Arizona e Carolina do Sul e do Norte – podem não ser a amostragem ideal.

“Esse número é bem grande. É uma realidade da COVID-19: apesar de ser uma doença grave, ela atinge um percentual pequeno da população. Quando você pega as vacinas chinesa e inglesa, eles (os pesquisadores) estão testando só em profissionais de saúde. Como essas pessoas têm maior chance de adoecer, eu preciso de uma amostragem menor para provar que meu produto funciona”, opina.

“Não adianta que vacinar um número grande de pessoas e elas terem um baixo risco de infecção (pelo novo coronavírus)”, completa.

Outras vacinas

Entre as dezenas vacinas contra a COVID-19 que estão em desenvolvimento no mundo, duas delas se destacam, além dessa do laboratório estadunidense: uma da Universidade Oxford, no Reino Unido; e outra da empresa farmacêutica Sinovac, da China.

Ambas estão na chamada fase 3 dos testes e usam brasileiros como cobaias para a tentativa de aprovação dos seus produtos.

Porém, elas têm diferenças em relação ao material do laboratório dos EUA, em relação ao método de produção.

O trabalho de Oxford se volta à chamada vacina de vetores virais. A partir do adenovírus de chimpanzé, obtém-se um adenovírus geneticamente modificado, que não pode ser replicado.

Esse micro-organismo carrega uma proteína do novo coronavírus, o que incita nosso corpo a produzir anticorpos.

É exatamente a mesma estratégia usada nos estudos para criação de uma vacina contra a dengue, explica o infectologista Antônio Toledo Júnior.

Já a pesquisa chinesa se concentra na chamada vacina de vírus. Os pesquisadores usam amostras do novo coronavírus inativadas, incapazes de causar a doença.

É a mesma estratégia adotada pelos imunizantes contra sarampo e poliomielite. O desafio? Provar a segurança dessa vacina.

Ações

Após anunciar os testes positivos com sua vacina e avançar para a fase 3, o laboratório Moderna, sediado nos EUA, viu suas ações dispararem na bolsa de valores.

No mercado de ações Nasdaq, a farmacêutica registrou alta de 4,54%. No horário comercial, o fechamento foi de 75,05 dólares: um reflexo da busca da humanidade por uma proteção contra a COVID-19.

Por Estado de Minas

Centrão diz que Nordeste é estratégico para Bolsonaro


O presidente Jair Bolsonaro ainda nem foi liberado pelos médicos para voltar ao trabalho, mas já assumiu compromisso com um dos principais coronéis do Centrão, o senador Ciro Nogueira, do PP do Piauí.

Bolsonaro confirmou para 23 de julho presença em um evento no Parque Nacional da Serra da Capivara, em São Raimundo Nonato, no Sul do Piauí, onde visitará o Museu do Homem Americano. A viagem também incluirá uma passagem pela cidade baiana de Campo Alegre de Lourdes, a 66 Km de São Raimundo.

Essa viagem deveria ter acontecido em 10 de julho, mas o presidente da República teve de adiar sua agenda ao ser diagnosticado com a covid-19. Depois de ser liberado da quarentena pelos médicos, ele quer retomar as viagens pelo país para tentar melhorar a popularidade.

O Nordeste tornou-se estratégico nessa empreitada. Bolsonaro e os filhos consideraram “espetaculares” os resultados da recente viagem que ele fez ao Ceará para inaugurar um trecho das obras da transposição do Rio São Francisco. Para o Planalto, Bolsonaro ganhou muitos pontos com a população mais pobre do Nordeste, reduto ainda dominado pelo PT.

O senador Ciro Nogueira é um dos artífices dessa nova fase de Bolsonaro, de viajar para o Brasil inaugurando obras. Ele acredita que o presidente precisa sair mais de Brasília para criar uma agenda positiva para o governo. E o Nordeste deve ser visto como fundamental nessa empreitada.

Ciro tenta se fortalecer

O coronel do Centrão também está buscando tirar proveito da presença de Bolsonaro na região que ele domina eleitoralmente. Desde o início do mês, ele vem fazendo uma ampla campanha no estado para dizer que está aproximando o Piauí do governo federal.

Ciro Nogueira é um especialista no assuno. Tirou enorme proveito da proximidade que tinha com os governos petitas. Tanto que acabou como um dos principais investigados da Lava-Jato. Mas, para Bolsonaro, isso é passado. O importante é o apoio que o Centrão está lhe dando no Congresso, inclusive, para afastar qualquer possibilidade impeachment.

Por Correio Braziliense