segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

Governo Federal cobra devolução do auxílio emergencial a 1,2 milhão de pessoas


O governo federal envia entre esta segunda (21) e terça-feira (22) mensagens para os celulares de 1,2 milhão de pessoas solicitando a devolução de valores do auxílio emergencial recebidos de forma irregular, informou o Ministério da Cidadania.

Os beneficiários contatados por SMS já tiveram os pagamentos cancelados. A mensagem enviada a esse público, além de cobrar o dinheiro de volta, também orienta sobre a possibilidade do cidadão contestar a suposta irregularidade e a consequente interrupção dos pagamentos.

Criado para amenizar a crise financeira provocada pela pandemia de Covid-19, o auxílio emergencial pagou até nove parcelas para cerca de 68 milhões de brasileiros entre abril e dezembro. O calendário de pagamentos segue em curso.

Os créditos alvo da cobrança do governo foram considerados indevidos porque, durante o período de pagamento do auxílio
emergencial, os contemplados passaram a receber um segundo benefício do governo, como aposentadoria, seguro-desemprego ou entraram no Programa emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda, de acordo com averiguações realizadas pela CGU (Controladoria Geral da União) e pelo TCU (Tribunal de Contas da União).

Em alguns casos, os órgãos controladores também identificaram que os beneficiários conseguiram um emprego ou possuíam renda, valores ou bens incompatíveis com o recebimento do auxílio. Todos aqueles que receberem a mensagem de texto poderão contestar a informação através do site da Dataprev.

O período para contestação termina no próximo dia 31 de dezembro. Após este prazo, não será possível contestar, apenas proceder com a devolução do recurso recebido.

Mensagem do governo e devolução
A mensagem que o governo envia para cobrar a devolução do auxílio deve conter o CPF do beneficiário e o link do site do Ministério da Cidadania. Além disso, o texto é enviado pelo número 28041. Qualquer mensagem enviada de outro número para cobrar a devolução do auxílio deve ser ignorada.

Para devolver o auxílio emergencial, o beneficiário deve acessar o site devolucaoauxilioemergencial.cidadania.gov.br e inserir o CPF. Depois de preenchidas as informações, será emitida uma GRU (Guia de Recolhimento da União), com a qual o cidadão poderá fazer o pagamento nos canais de atendimento do Banco do Brasil, como a internet e os terminais de autoatendimento, além dos guichês de caixa das agências.

Aproximadamente 197 mil pessoas já devolveram valores recebidos indevidamente, totalizando cerca de R$ 230 milhões. O número representa as devoluções feitas pelo site e aplicativo do Auxílio Emergencial.

O canal para denunciar fraudes é o site Fala.Br, plataforma integrada de Ouvidoria e Acesso à Informação da CGU.

Por Folhapress

Petrolândia: Petroclínica divulga as especialidades médicas para esta terça (22/12/2020); confira e marque sua consulta

 


A Petroclínica, situada na na Rua José Benedito da Silva (Por trás da Eletroléo), informa agenda de atendimento para esta terça-feira, 22 de dezembro de 2020. Confira!

Agendamento de consultas e mais informações: 87 99805-0774 ou 3851-2333.

VEJA AGENDA DESTA TERÇA (22)

Dra Rubinara Dória ( Cirurgião dentista)
Dr Rommel Alencar-Fisioterapia
Dra Joane Barboza -preventivo com câmera
Dra Andreza Carvalho ( psicóloga )
Dr Ebenone ( Ortopedista)

Obs: Para que não haja aglomerações, traga acompanhante somente em casos de extrema necessidade. CONTAMOS COM A COLABORAÇÃO DE TODOS.


A Petroclinica conta com uma equipe totalmente qualificada para cuidar da sua saúde:

Veja abaixo a relação dos demais profissionais que atendem na Petroclínica.

*Dr Rommel Alencar- fisioterapia em geral
*Dra Nubia Lopes - ginecologia e ultrassonografia
*Joane Barboza - preventivo com câmera, depilação a Luz intensa pulsada e drenagem linfática
*Dr Alexandre Salomao - Endoscopia Digestiva alta/ gastroenterologia
*Dr Igaro cordeiro - cirurgião dentista (canal em sessão única )
*Dra Cicero Elisane- fisioterapia em geral e a domicílio
*Dra Socorro Carvalho- ginecologia e ultrassonografia em geral
*Dr Italo Porto -psicologia
*Dra Lariça Bulhoes - pediatria e dermatologia clinica
* Dr Marcos Bispo -Endoscopia digestiva/ gastroenterologia
*Dr Emílio Araújo- psiquiatria
*Dr Magnun Aurélio - clínico geral
*Dra Andreza carvalho -psicologia
*Dra Gizele Rodrigues- nutricionista
*Vicente Monteiro- otorrinolaringologia
*Dra Bruna Lopes - cirurgiã dentista
*Dra Rubinara Doria (dentista)

A Petroclínica também realiza Mamografia Digital

Da Redação do Blog de Assis Ramalho

Joe Biden, presidente eleito dos Estados Unidos, toma a primeira dose da vacina contra a Covid-19


Mike Pence tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19Mike Pence tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, recebeu nesta segunda-feira (21) a vacina contra a Covid-19. Biden estava acompanhado de sua esposa, Jill, e foi vacinado em Newark, Delaware.

"O que quero dizer é que devemos muito a essas pessoas", disse Biden após receber a injeção. "Os cientistas e as pessoas que criaram isso, os trabalhadores da linha de frente, as pessoas que realmente fizeram o trabalho clínico, é simplesmente incrível. Gostaria de ter tempo para levá-los por todo o hospital para ver o quão ocupados e incríveis todos vocês são. E nós devemos muito a vocês, realmente devemos."

O imunizante administrado a ele, que assume a presidência em menos de um mês - no dia 20 de janeiro de 2021 - é o produzido pela farmacêutica Pfizer e a empresa de biotecnologia BioNTech, registrada para uso emergencial no país em 12 de dezembro. Joe Biden faz parte do grupo prioritário para o recebimento da vacina por conta de sua idade, 78 anos.

Sobre a vacinação em público, o democrata já havia declarado em entrevista que gostaria de fazê-lo, como forma de dar o exemplo para a população americana: "Eu não quero cortar a fila, mas quero garantir que demonstremos aos americanos que a vacina é segura".

Donald Trump, atual presidente do país, ainda não se decidiu se irá tomar a vacina publicamente ou de forma privada, segundo fontes próximas a equipe do gabinete. Ele deve receber o imunizante quando autorizado pela equipe médica da Casa Branca. Seu vice, Mike Pence, se vacinou publicamente na sexta-feira (18).

A vice-presidente eleita Kamala Harris, e o segundo-cavalheiro, Doug Emhof, deverão receber o imunizante na semana seguinte, de acordo com Jen Psaki, porta-voz do governo de transição.

Desde sua campanha eleitoral, que resultou na vitória das eleições presidenciais em novembro, Joe Biden defende uma agenda de combate à pandemia mais dura que seu adversário, e antecessor, Donald Trump. 

"Há um trabalho urgente a nossa frente. Manter a pandemia sob controle, vacinar a nação contra esse vírus e fornecer a ajuda ecônomica imediata tão necessária para americanos que estão sofrendo. E então, reconstruiremos nossa economia melhor que nunca", pontuou Biden em discurso após a vitória presidencial na votação do Colégio Eleitoral americano, no dia 14 de dezembro.

Desde que sua vitória foi projetada pela CNN e outros veículos, em 7 de novembro, a articulação de projetos de combate à pandemia e nomeações para a equipe de saúde começaram a borbulhar os anúncios da equipe de transição.

Na terça-feira da semana anterior (8), Biden delineou quais serão suas principais medidas de combate à pandemia nos 100 primeiros dias de governo: ampliar a obrigatoriedade do uso de máscaras, aplicação de pelo menos 100 milhões de doses da vacina e priorizar o retorno dos alunos às salas de aula em escolas e universidades.

Ele também divulgou alguns nomes de sua equipe de Saúde, que inclui o médico infectologista Anthony Fauci, nome mundialmente relevante da área. Fauci atuará como consultor médico chefe do presidente sobre coronavírus e também continuará em sua função como diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas.

Luana Franzão*, da CNN, em São Paulo

Veja quem são os ganhadores dos 7 automóveis 0km do primeiro sorteio da Central de Adubos; nos próximos dias serão sorteados mais 3 veículos (02 Renaut Kwid 0km e 01 Hilux cabine dupla)

 

A Central de Adubos, maior loja de produtos agropecuários do Vale São Francisco, em alusão a comemoração dos 10 anos de atividades, promoveu neste sábado, 19 de dezembro de 2020, sorteio de 
sete automóveis Renaut Kwid 0km cada. Veja lista abaixo!

Se você cliente não ganhou dessa vez, ainda tem mais 02 automóveis Renaut Kwid 0km e 01 Hilux cabine dupla.

Veja data dos próximos sorteios:

Dia 26/12: 01 Renaut Kwid 0km.
Dia 09 de janeiro/2021: 01 Renaut Kwid 0km.
Dia 30 de janeiro/2021 - PRÊMIO FINAL - valendo 01 Hilux cabine dupla

Continue comprando porque o próximo sorteado pode ser seu! Boa sorte!

Veja a lista dos ganhadores de sábado (19/12/2020):

GANHADORA DE JUAZEIRO
Rosângela Alves da Silva
Passagem do Sargento Salitre

GANHADOR DE PETROLINA F1
Teodoro José Martins
Projeto Senador Nilo Coelho N3

GANHADOR DE PETROLINA F2
José Eraldo Aires Bezerra
Projeto Senador Nilo Coelho N4

GANHADOR DE PETROLANDIA PE
Cícero Lourival Salustiano da Silva
Belém do São Francisco

GANHADOR IRECE (BA)
José Avelino Borges da Silva
Fazenda Sol do Paraguaçu Mucugê BA

GANHADOR DE JOÃO DOURADO (BA) 
Raimundo Nonato Rodrigues
Floresta BA

GANHADOR ITABAIANA (SE)

Normando Alves
Itabaiana SE

O sorteio que foi transmitido ao vivo diretamente da Loja filial de Petrolândia. Assista abaixo a íntegra por meio do canal YouTube da Central de Adubos:


Na Central de Adubos é assim: quanto mais você comprar mais chances têm de ganhar!!! 

A Central de Adubos avisa que todos os cupons depositados nas lojas ainda estão com validade para os próximos sorteios

Central de Adubos,a maior loja de produtos agropecuários do Vale São Francisco. É SHOW PAPAI!

Petrolândia: Segunda-feira de promoção na Pizzaria Delivery C&J; uma por R$ 10,00 e 3 por apenas 25 reais - aproveite e agende o seu pedido!

 

Hoje tem promoção na Pizzaria Delivery C&J - uma por R$ 10,00 e 3 por apenas 25 reais .

Fique em casa e faça seu pedido pelo telefone (87) 9 9802-3309 (Zap).

A Pizzaria Delivery C&J avisa que aceita cartão de credito, debito e refeição.

Organização: Carlos.

Da Redação do Blog de Assis Ramalho

União Europeia autoriza vacina da Pfizer, e imunização deve começar dia 27


A Comissão Europeia deu, nesta segunda-feira (21), a aprovação final à vacina contra o coronavírus desenvolvida em conjunto pela Pfizer e pela BioNTech.

Horas antes, a agência de regulação de produtos médicos da Europa (EMA, na sigla em inglês) havia dado a luz verde ao produto.

A presidente da comissão, a alemã Ursula von der Leyen, já afirmou que o plano é começar a campanha de vacinação no dia 27 de dezembro.

Alemanha, França, Áustria e Itália já disseram que pretendem começar na data. Cada país será responsável pela vacinação em seu território.

As preparações para o início da campanha acontecem no mesmo momento em que há a identificação de uma variante mais transmissível do vírus no Reino Unido. Vários países europeus fecharam suas fronteiras aos viajantes que têm o país como origem.

Segundo a EMA, é provável que a vacina funcione para essa nova variante.

Motivação da campanha

A pandemia matou cerca de 470 mil europeus. As infecções se aceleraram nos últimos meses, e, consequentemente, a economia piorou.

Governos de diferentes países voltaram a impor medidas restritivas para tentar impedir a propagação do coronavírus.

Para vacinar a população em massa, foram convocados estudantes de medicina, médicos aposentados, farmacêuticos e soldados. É uma campanha de escala sem precedente.

Há grupos prioritários para receber a injeção: profissionais da saúde e idosos que vivem em asilos.

De acordo com os planos da maioria dos países europeus, a população em geral só será vacinada no meio de 2021.

A meta é alcançar uma cobertura de 70% da população do bloco (cerca de 450 milhões de pessoas nos 27 países).

Por G1

Em Santa Catarina, Bolsonaro envia mensagem a pescadores


De folga, em São Francisco do Sul, no norte de Santa Catarina, o presidente da República, Jair Bolsonaro, publicou em suas redes sociais nesta segunda-feira (21) imagens de um passeio feito pela manhã no Farol da Ilha da Paz.

Vestido com a camisa do Joinville Esporte Clube, ao lado do secretário nacional de Aquicultura e Pesca, o catarinense Jorge Seif Junior, o presidente mandou uma mensagem aos pescadores pelo rádio da base naval e assinou o livro de visitas do ponto turístico.

Além de votos de Natal e Ano Novo, Bolsonaro comemorou com os pescadores a liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Kássio Nunes Marques, que liberou a pesca de rede de arrasto nas 12 milhas náuticas da faixa marítima da zona costeira do Rio Grande do Sul, prática que era proibida por lei estadual desde 2018.

"Um ano de muitas entregas, muito trabalho. A última ação nossa foi permitir que os pescadores de Santa Catarina e Paraná possam pescar nos mares do Rio Grande do Sul. Conseguimos uma liminar com o ministro Kássio Marques, revogando uma lei estadual, entre outras coisas", afirmou.

Pela manhã o presidente também praticou pesca em alto mar. Bolsonaro está hospedado no Forte Marechal Luz, na Praia do Forte, e deve ficar em Santa Catarina até o próximo dia 23.

Por Agência Brasil

Boletim desta segunda-feira (21/12): Pernambuco registra 709 novos casos e oito mortes por Covid-19

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), confirmou novos 709 casos da Covid-19 em Pernambuco, nesta segunda-feira (21). Segundo a pasta, dos confirmados 38 são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 671 são leves.

A atualização ainda notifica oito novas mortes causadas pela doença do coronavírus Sars-CoV-2. Os óbitos ocorreram entre 26 de agosto e o último sábado (19).

De acordo com o boletim desta segunda-feira, o Estado agora acumula 208.135 casos confirmados (28.969 graves e 179.166 leves) e 9.443 mortes.

Mais detalhes epidemiológicos com o panorama da Covid-19 em Pernambuco serão divulgados ainda nesta segunda-feira pela SES-PE.

Por Folha de Pernambuco

Petrolândia/Tacaratu/Jatobá: Clínica e Laboratório Jaques anuncia recesso de final de ano; confira datas

 


Clínica e Laboratório Jaques

Prêmio da Mega da Virada deve chegar a R$ 300 ; Em Petrolândia as apostas são realizadas nas Lotérica Styllus e Lotérica Nogueira


Já começaram as apostas para a Mega da Virada que, segundo estimativas da Caixa, deve ter uma premiação de R$ 300 milhões este ano. As apostas poderão ser feitas até as 17h (horário de Brasília) do dia 31 de dezembro nas lotéricas de todo do país, pelo portal Loterias Caixa ou pelo app Loterias CAIXA, disponível para usuários das plataformas Android e iOS; e pelo internet banking da Caixa.

O valor de uma aposta simples da Mega, com seis números, é de R$ 4,50. No caso do Bolão Caixa, o preço mínimo de apostas é de R$ 10. Com isso, o valor mínimo da cota é de R$ 5. De acordo com a Caixa, é possível que seja cobrada, a critério da lotérica, uma tarifa de serviço adicional de até 35% do valor da cota, para o bolão.

As apostas pela internet só podem ser feitas por pessoas maiores de 18 anos, após o preenchimento de um pequeno cadastro. Nesse caso, o pagamento deve ser feito por cartão de crédito, e o valor mínimo do conjunto de apostas é de R$ 30, podendo chegar a R$ 945 por dia.

Como a Mega da Virada não acumula, caso ninguém acerte as seis dezenas, o prêmio será rateado entre os acertadores de cinco números, e assim sucessivamente conforme as faixas de premiação.

De acordo com o banco, "se apenas um ganhador acertar as seis dezenas da Mega da Virada e aplicar o prêmio estimado na poupança, terá uma renda mensal de R$ 347,7 mil".

Em Petrolândia as apostas são realizadas nas Lotérica Styllus e Lotérica Nogueira.

Lotérica Styllus, Av. Manoel Borba, no centro de Petrolândia, esquina com Av. dos Três Poderes.

Lotérica Nogueira, situada na Av. Auspício Valgueiro Barros, 591, na
Quadra 12 de Petrolândia.

Auxílio Emergencial: Caixa paga última parcela a 5,8 milhões nesta segunda


A Caixa Econômica Federal (CEF) paga nesta segunda-feira (21) a última parcela do Auxílio Emergencial a 5,8 milhões de trabalhadores.

Entre os beneficiários, 1,6 milhão fazem parte do Bolsa Família, cujo número do NIS encerra em 8 e vão receber a última parcela do benefício, de R$ 300. A última parcela será paga a todos os beneficiários desse público até 23 de dezembro.

Os demais 4,2 milhões são trabalhadores que não fazem parte do Bolsa Família. Desses, 4,1 milhões vão receber uma parcela do Auxílio Emergencial extensão, de R$ 300; enquanto outros cerca de 64 mil ainda vão receber parcela de R$ 600 (veja abaixo quem recebe). O calendário para beneficiários desse grupo vai até 29 de dezembro.

Para os trabalhadores fora do Bolsa, a ajuda paga nesta segunda será creditada em conta poupança social digital da Caixa, que poderá ser usada inicialmente para pagamento de contas e compras por meio do cartão virtual. Saques e transferências para quem receber o crédito nesta segunda serão liberados no dia 20 de janeiro (veja nos calendários mais abaixo).

VEJA QUEM RECEBE NESTA SEGUNDA:

1,6 milhão de trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família, cujo número do NIS encerra em 8, recebem a 4ª e última parcela de R$ 300
Cerca de 64 mil trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em setembro:
- aprovados que receberam 4 parcelas recebem a última parcela de R$ 600
- aprovados que receberam de 1 a 3 parcelas recebem parcelas de R$ 600 restantes até a 5ª
3,3 milhões de trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos em setembro:
- aprovados que já receberam todas as parcelas de R$ 600 (e qualquer número de parcelas de R$ 300) recebem a última parcela de R$ 300
900 mil trabalhadores do Cadastro Único e inscritos via site e app, nascidos de janeiro a setembro:
- aprovados que receberam a primeira parcela de R$ 600 em julho vão receber uma parcela de R$ 300

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br.

Calendários de pagamento

Veja abaixo os calendários de pagamento.

BENEFICIÁRIOS DO BOLSA FAMÍLIA


Auxílio Emergencial - Beneficiários do Bolsa Família — Foto: Economia G1


BENEFICIÁRIOS FORA DO BOLSA FAMÍLIA

Clique aqui para ver o calendário completo dos pagamentos

Por G1