quarta-feira, 19 de junho de 2019

Flávio Leandro e Assisão abrem a festa de São João de Tacaratu nesta quinta (20) - veja programação


Prefeitura Municipal de Tacaratu

Paulo Câmara visita instalações da Masterboi e destaca importância do empreendedorismo para o Estado

 

Dando continuidade à série de visitas realizadas às fábricas do Estado, o governador Paulo Câmara foi recebido, na manhã desta quarta-feira (19.06), pelo presidente da pernambucana Masterboi, Nelson Bezerra, nas instalações da empresa, no Recife. Acompanhado do secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, o governador destacou a importância do reconhecimento aos empreendedores de Pernambuco.

“A Masterboi tem crescido a cada ano e hoje é referência no País em qualidade, no processamento de carne, na venda e no corte. Ficamos satisfeitos em ter uma empresa que emprega tantos pernambucanos e que, ao mesmo tempo, tem um planejamento para o futuro, que é o que falta no Brasil”, avaliou o governador.

Segundo dados internos, a Masterboi emprega cerca de 1,3 mil trabalhadores e está há mais de 20 anos no mercado. Hoje, foi apresentado um planejamento para as próximas décadas, o que, de acordo com Paulo Câmara, é fundamental para o desenvolvimento da economia de Pernambuco. A empresa deu o “start” nas suas operações ainda como açougue, no Mercado Público de Afogados.

De acordo com o presidente da empresa, Nelson Bezerra, mesmo com toda a dificuldade encontrada no cenário nacional, a Masterboi aprendeu a se superar, e já aposta em planos futuros. “Compramos agora a antiga indústria da São Mateus, que era uma empresa de embutidos pernambucana. Estamos nos organizando ainda para, no final de 2020, estar funcionando, mas vai continuar com a mesma marca e com o mesmo produto. Temos também um projeto de fazer um frigorífico aqui em Pernambuco. Recebemos a visita do governador já para ir alinhando os detalhes”, contou o empresário.

A Masterboi conta com unidades nos estados de Pernambuco, Paraíba, Pará e Tocantins, com um Centro de Processamento e Distribuição no Recife, um centro de distribuição em João Pessoa, quatro lojas Atacarejo (Recife e João Pessoa) e dois Frigoríficos Industriais (Nova Olinda e São Geraldo do Araguaia).

Por Assessoria de Comunicação

Fernando Monteiro participa de inauguração de unidade de saúde em Serra Talhada



Seguindo sua rotina de acompanhar de perto a realidade, necessidades e avanços nas cidades pernambucanas, o deputado federal Fernando Monteiro (PP/PE) segue nova agenda pelo interior do Estado. Nesta quarta-feira (19), o deputado esteve em Serra Talhada, no Sertão, para a inauguração da Unidade de Saúde da Família da Caxixola - Dr. Elias Nunes.

O equipamento, orçado em pouco mais de R$ 400 mil, conta com toda a infraestrutura básica para atendimentos iniciais das comunidades no seu entorno, estas abrangendo cerca de quatro mil pessoas, e avaliação para eventuais necessidades de encaminhamentos a unidades maiores. Sala de vacinação, nebulização, consultório odontológico e execução de ações educativas e preventivas estão entre os benefícios permitidos pelo novo espaço de saúde.

“Contamos com algumas unidades em construção, todas estavam paralisadas por falta de recursos. Passamos anos em busca de uma solução. No final do ano passado, falei com Fernando Monteiro e ele, em Brasília, conseguiu a liberação dos recursos para este novo equipamento. Outros virão”, agradeceu o prefeito da cidade, Luciano Duque. Serra Talhada ficou entre as três cidades mais bem avaliadas pelo Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB), com destaque para a queda na mortalidade infantil, acompanhamento a gestantes e cobertura vacinal acima de 95%.

Fernando Monteiro destacou a obrigação de todo gestor de levar saúde a quem mais precisa e aproveitou a ocasião para falar sobre a importância de se descobrir e investir na vocação econômica de cada região, uma das bandeiras do seu mandato. “Cidades de regiões como o Pajeú, juntas, podem gerar muito mais empregos se tiverem oportunidade. A importância de Serra Talhada para o Nordeste, neste contexto, é inquestionável. O sertanejo é um povo guerreiro e que sabe evoluir na diversidade, só precisa de pessoas mais comprometidas e com o olhar atento”, avaliou o deputado.

VOCAÇÕES REGIONAIS
Dando prosseguimento à agenda em Serra Talhada, Fernando Monteiro participou de debate no Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest/Senat) com o secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco, Alberes Lopes; o presidente do Sindicato dos Lojistas de Serra Talhada, Francisco Morato; o presidente do Fecomércio-PE, Bernardo Peixoto; o prefeito Luciano Duque, além de sindicalistas, empresários e lideranças locais. Na pauta, as perspectivas de desenvolvimento para a região. “Cada cidade tem sua vocação. Focando nelas podemos encontrar soluções para o amadurecimento e aperfeiçoamento de sua economia, esse é o caminho”, concluiu Fernando Monteiro.

Por Assessoria

Danilo Cabral requer convocação de ministro para esclarecer sobre usina nuclear em Itacuruba


O deputado federal Danilo Cabral (PSB/PE) protocolou, nesta quarta-feira (19), um requerimento de convocação do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, para esclarecer sobre a instalação de uma usina nuclear em Itacuruba, no Sertão de Pernambuco. O documento foi protocolado na Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia (Cindra) e deverá ser votado na semana que vem.

O parlamentar pernambucano justifica que os rumores de construção da usina precisam ser esclarecidos para a população, visto que ainda não houve nenhuma consulta às comunidades afetadas por essa medida. "A instalação da usina nuclear possui uma localização próxima ao Rio São Francisco, e isso também acaba gerando grande preocupação para a população, devido ao risco de vazamento de material radioativo, além de inúmeras outras consequências, como a diminuição dos peixes do rio; proliferação de doenças; aumento do preço dos produtos e até eventuais alterações do clima", explica Danilo.

Outro ponto defendido por Danilo Cabral é que a legislação estadual proíbe a instalação de uma usina atômica em Pernambuco. De acordo com o Artigo 216 da Constituição Estadual, no capítulo que versa sobre a proteção ao meio ambiente, está proibida a instalação de usinas nucleares no estado enquanto não se esgotar toda a capacidade de produzir energia hidrelétrica e de outras fontes. Ao grave risco ambiental soma-se o questionamento sobre a real necessidade de exploração desse tipo de energia em um estado com enorme potencial de exploração da energia solar, hidroelétrica e eólica.

"O Brasil possui mais de 15 mil megawatts de potência instalada de outras usinas e as duas usinas nucleares de Angra representam apenas 1,1% de tudo isso. Isso demonstra que o potencial energético de usinas nucleares é irrisório em comparação com outras modalidades de captação de energia. Esperamos que o ministro possa esclarecer e explicar sobre a construção da usina para toda população, especialmente para os pernambucanos, que são os mais afetados", critica o parlamentar.

A próxima reunião da Comissão está marcada para a próxima quarta-feira (26).

Deputado Federal Danilo Cabral (PSB-PE)
Assessoria de Comunicação

Petrolândia: Dr. Fábio Odilon Lopes recepciona amigos em sua residência para comemorar aniversário da esposa Maria Leice Gonçalves Lopes


O cirurgião dentista Dr. Fábio Odilon Lopes abriu as portas de sua residência na noite de sexta-feira (14/06/2019), para receber parentes e amigos em comum por ocasião da comemoração do aniversário de sua esposa, a advogada Maria Leice Gonçalves Lopes.

Em clima de muita descontração, o evento se estendeu por toda a noite e foi brindada com a apresentação artística da eclética dupla Zé Epifânio e Zelminha.

Os cantores apresentaram um repertório musical com clássicos da música brasileira, forró pé de serra, entre outros gêneros musicais.

Parabéns para a aniversariante!

Ver abaixo, fotos e vídeo

Petrolândia: Atendimento do Ortopedista Dr. Érico Herbert nesta semana na Policlínica será no sábado (22) a partir das 8 horas


A Policlínica de Petrolândia (Clínica de Dr. Amiltom Viana), situada na Av. Auspício Valgueiro Barros, 62 - Centro, em frente ao CAT dos Bombeiros (antigo escritório da Celpe), informa que nesta semana Dr. Érico Herbert, ortopedista, atenderá no sábado (22/06/2019) a partir das 8h00 da manhã.

Também avisa que nas próximas semanas, retornará ao dia normal de atendimento que é nas sextas-feiras.

Agende sua consulta pelos números (87) 3851-2497 ou 99618-8877.


Blog de Assis Ramalho
Informação: Policlínica

Operação contra suspeitos de roubar e fraudar veículos prende 24 pessoas em Alagoas e Pernambuco

 
Balanço da operação Echo foi divulgado nesta quarta-feira (19), em Maceió — Foto: Divulgação/SSP-AL

A Operação Echo, de combate a uma organização criminosa envolvida com roubo, furto e adulteração de veículos em Alagoas e Pernambuco, terminou com a prisão de 22 pessoas e a apreensão de armas de fogo, carros, motos e mais de 100 celulares. As informações foram divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública alagoana (SSP-AL) nesta quarta-feira (19).

A operação foi realizada na terça (18) em Maceió, Coruripe, Delmiro Gouveia, Arapiraca, em Alagoas; e Iati, Águas Belas e Garanhuns, em Pernambuco.

Vinte e duas pessoas foram presas e dois foram mortos em confronto com a polícia. Durante a operação, foram apreendidos:

43 motocicletas (a serem periciadas);
37 carros (a serem periciados);
5 armas de fogo;
Mais de 100 celulares e equipamentos eletrônicos

A operação foi batizada de Echo pelo fato de os suspeitos já possuírem passagem pela polícia pelos mesmos crimes, sendo roubo de veículos, adulteração de sinal veicular e falsificação de documentos. A investigação foi iniciada em dezembro de 2018, iniciada por conta do alto número de roubos de veículos em Arapiraca e região.

A força tarefa criada para investigar descobriu que os integrantes da organização criminosa tinham funções específicas. Cédulas em branco roubadas das Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) em AL e PE eram utilizadas para realizar a clonagem dos veículos.

Depois de feita a clonagem, os suspeitos com função de vendedor, vendiam os veículos em feiras, redes sociais e aplicativos. Nas redes sociais, também eram criados grupos para avisar onde havia bloqueios policiais, para que não fossem parados durante os roubos.

Ao todo, foram cumpridos 135 mandados expedidos pela 17ª Vara Criminal de Maceió, sendo 34 de prisão e 101 de busca e apreensão.

A operação mobilizou cerca de 150 viaturas das forças de segurança de Alagoas e Pernambuco. Foram empregados militares dos Batalhões de Operações Especiais (Bope), Radiopatrulha (BPRp), Rodoviário (BPRv), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Batalhão de Guardas (BPDG), 1º, 3º, 4º, 5º, 7º, 8º, 9º e 10º batalhões, além das 1ª, 2ª e 3ª Companhias Independentes de Polícia.

A Polícia Civil alagoana atuou por meio das Delegacias de Repressão ao Narcotráfico (DNARC), da Regional, (4º DP), e da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Arapiraca.

Por Derek Gustavo, G1 AL

‘Se tiver irregularidade da minha parte, eu saio’, diz Moro após vazamentos


O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou nesta 4ª feira (19.jun.2019) que se forem encontradas irregularidades no seu comportamento enquanto juiz da Lava Jato, ele deixa seu cargo no governo. “Vamos fazer o escrutínio público e se houver irregularidade da minha parte, eu saio. Mas não houve”, disse.

A declaração foi dada durante audiência pública no Senado. Moro foi voluntariamente prestar esclarecimentos aos senadores após vazamentos de conversas suas com o coordenador da operação Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol. Nas conversas, Moro direciona Dallagnol acerca de alguns procedimentos da investigação.

“Eu já falei publicamente, pode divulgar tudo”, disse sobre as conversas. “Se não tiver alteração, sem sensacionalismo.”

O ex-juiz disse que não tem como afirmar que as mensagens não foram editadas ou alteradas. Ainda assim, ele disse durante a audiência que não viu “ilegalidades ou qualquer especie de desvio ético” nos conversas divulgadas.

Moro ainda afirmou que está convicto de sua atuação como juiz e negou que tenha rompido a isonomia do seu cargo ao ter conversas com integrantes do Ministério Público.

Poder 360

Petrolândia: Arraiá da Minas será realizado nesta sexta (21) com show de preços e muito forró ''pé de serra''



Nesta sexta-feira (21/06/2019), em clima junino, a loja Minas Calçados de Petrolândia festejará o São João no melhor estilo, ao som do autêntico forró pé-de-serra, ao vivo, comandado pela banda Dido do Acordeon & Bagaceira na Roça.

Alem da oportunidade de aproveitar o show de preços baixos que a Minas proporciona, o cliente ainda poderá desfrutar de deliciosas comidas típicas da festa mais tradicional do setanejo.

Parabéns para Eduardo Cardoso, gerente da Minas - Petrolândia, por mais um Arraiá que será proporcionado aos clientes da Minas.

Na Minas você encontra calçados, confecções masculinas e femininas, relógios, óculos, roupa íntima, malas e bolsas, carteiras e cintos, bijuterias e semijóias, tudo com bom atendimento e ambiente climatizado, para seu conforto.

A loja Minas é completamente reformada e ampliada, com ambiente climatizado, está à sua espera para escolher os sapatos, roupas e acessórios para renovar o seu guarda-roupa neste final de ano.

Minas Calçados
Gerência Eduardo Cardoso
Rua Cecília Delgado, 62 - Centro
Petrolândia - PE
Ao lado da Panificadora e Lanchonete Veneza


Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Assis Ramalho

Medida Cautelar alerta a prefeitura de Floresta sobre festas juninas


A conselheira Teresa Duere expediu, monocraticamente, uma Medida Cautelar para determinar que a Prefeitura de Floresta se abstenha de utilizar recursos públicos com festividades juninas enquanto estiverem em aberto parcelas da folha de pessoal do município.

A Cautelar, que será publicada nesta quinta-feira (20) no Diário Oficial do TCE, teve origem a partir de Representação Interna do Ministério Público de Contas, assinada pela Procuradora Geral Germana Laureano. A representação teve como base a recomendação conjunta TCE/MPCO/MPPE n.º 01/2019, que alertou os prefeitos dos 184 municípios pernambucanos que evitem a realização de despesas com festas juninas, especialmente shows, quando a folha de pessoal do município estiver em atraso, inclusive nos casos que atinjam apenas uma parcela dos servidores, como comissionados e temporários.

De acordo com a Cautelar, há uma declaração subscrita pelo Prefeito Ricardo Ferraz (Ofício n.º 264/2019-GP), dando conta da existência de valor total de R$ 364.000,00 em aberto da folha de pessoal daquele ente, sendo R$ 258.000,00 referentes aos servidores contratados e R$ 106.000,00 atinentes a cargos comissionados. Porém, mesmo com o valor em aberto, destaca o relatório de auditoria que “o ente anunciou a sua grade de festividades juninas na última quarta-feira (12/06), com programação de shows a acontecer nos próximos dias 19, 21, 22 e 23 do mês corrente.

Considerando a expressividade dos valores que serão despendidos para viabilizar as festividades, a conselheira entendeu ser necessária a expedição de Medida Cautelar por parte desta Corte de Contas, determinando à Prefeitura de Floresta que apenas promova os eventos, após o pagamento dos salários, de forma integral, dos seus servidores, inclusive dos contratados, referentes ao mês de maio de 2019.

A prefeitura informou que está tomando as providências e já encaminhou os esclarecimentos ao Tribunal. A documentação está sendo analisada pela conselheira Teresa Duere.

Por Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco

Senador Weverton Rocha confronta Moro em audiência: Por que agora provas ilícitas não valem?


O Senador Weverton Rocha (PDT-MA) confrontou o ministro da Justiça, Sérgio Moro, durante sabatina ao ex-juiz na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) na manhã desta quarta-feira (19). “No seu pacote anticorrupção o senhor apoiou o uso de provas obtidas por meio ilícitos; por que agora as provas ilícitas de seus diálogos não valem?”, questionou o senador.

O ex-juiz da Lava Jato e agora ministro de Bolsonaro é questionado desde as 10h da manhã sobre suas condutas e ações revelados por diálogos no aplicativo Telegram obtidos pelo site The Intercept Brasil.

Moro não respondeu a esta e outras perguntas feitas por Weverton Rocha: “nunca teve intimamente sentimento de parcialidade em relação aos processos da Lava Jato?”; “mantinha tratativas semelhantes às observadas com o promotor Deltan Dallagnol com advogados dos acusados?”; ou mesmo se não deveria se afastar do ministério da Justiça “para preservar a imagem de super-herói que lhe foi atribuída”.

Dallagnol é chefe da força-tarefa da Lava Jato no MPF (Ministério Público Federal).

Sérgio Moro se limitou a questionar as mensagens vazadas entre ele e promotores da força-tarefa da operação Lava Jato, afirmando que foram obtidas por hackers de forma ilegal, sem comprovação de que não tenham sido adulteradas. Também se utilizou de um recurso que criticava quando interrogava seus acusados:


“Não lembro de mensagens que eu mandei um mês atrás; querem que eu me lembre de mensagens enviadas dois, três anos atrás?”, perguntou o ministro, que ainda subestimou o conteúdo divulgado: “No que foi veiculado, tirando o gritante sensacionalismo, não se vislumbra ali qualquer ilicitude”.

Questionado se não haveria corrupção de sua parte ao aceitar o cargo de ministro em troca de uma futura indicação ao STF (Supremo Tribunal Federal) por parte de Jair Bolsonaro, Moro disse apenas não conhecer o presidente antes de novembro de 2018 e que aceitou o cargo somente para continuar “o combate à grande corrupção”.

Sérgio Moro continua sendo sabatinado por senadores de oposição ao governo, enquanto senadores da base de apoio utilizam o tempo para blindar o ministro e voluntariamente o defender das acusações.

Por Forum

Petrolândia: Comercial Nutrideal avisa aos seus clientes que o estabelecimento estará aberto no feriado desta quinta, domingo e segunda (feriado de São João)


O Comercial Nutrideal, empresa familiar de Petrolândia, sediada na Av. Auspício Valgueiro Barros, na Quadra 12, no prédio do antigo Comercial Cavalcante, avisa aos seus clientes que o estabelecimento estará aberto nesta quinta-feira (Feriado Corpus Christi), domingo e segunda-feira (Feriado de São João).

O Comercial Nutrideal, com ampla variedade de gêneros alimentícios, produtos de higiene, limpeza, conservas e frios, funciona normalmente de segunda a sábado, até às 19h00. Para comodidade de seus clientes, abre também aos domingos até o meio dia.

Redação do Blog de Assis RamalhoInformação: Comercial Nutrideal

Em Arcoverde, Prefeitura de Petrolândia participa de Programa Busca Ativa Escolar - Selo Unicef



O Selo Unicef realizou nessa terça-feira (18), em Arcoverde, uma Formação sobre a Busca Ativa Escolar FORA DA ESCOLA NÃO PODE!

O objetivo da ação é lembrar aos municípios que crianças e adolescentes precisam estar estudando, tendo a educação como ponto fundamental para um futuro com mais qualidade. A formação aconteceu na cidade de Arcoverde.

Representando Petrolândia, estiveram presentes: a articuladora do Selo Unicef e coordenadora da Busca Ativa no município, Andreza Carvalho; os supervisores de busca ativa da Secretaria Municipal de Educação; membros da Secretaria de Saúde e Assistência Social.

Prefeitura de Petrolândia

Neymar manda recado ao PSG: ‘Quero voltar à minha casa de onde nunca devia ter saído’


Neymar não quer mais permanecer no Paris Saint-Germain. O atual desejo do camisa 10 é retornar à cidade onde foi feliz: Barcelona. Segundo o jornal catalão “Mundo Deportivo” desta quarta-feira, o atacante teria enviado uma mensagem ao presidente do PSG, Nasser Al-Khelaïfi, em que pedia para que o deixassem sair.

“Não quero jogar mais aqui. Quero voltar à minha casa de onde nunca devia ter saído”, estampa a capa do diário.

Conforme a publicação, Neymar fez o pedido antes da entrevista do dono do PSG à revista “France Football”, quando ele afirmou que o jogador não foi obrigado ao assinar com o clube francês.

“Quero jogadores dispostos a dar tudo para defender a honra e a camisola do clube, que estejam comprometidos com o projeto. Os que não querem, ou que não compreendam isto, logo veremos e logo falaremos. Há contratos a respeitar, mas agora a prioridade é garantir a adesão total ao nosso projeto", afirmou o presidente do PSG, mostrando alguma abertura à saída do brasileiro, que custou 220 milhões de euros.

Já o canal espanhol “TV Gol” informou que o brasileiro já está procurando uma casa em Barcelona. Ainda de acordo com o canal, a ideia do jogador é de voltar a viver na mesma casa onde ficou por quatro anos quando se mudou para a cidade. Para isso, ele já teria entrado em contato com o dono de sua antiga residência.

No entanto, a emissora admite não saber se a casa será para que Neymar volte a morar na Catalunha - ou se ele quer apenas ter um local fixo na região.


Por Esxtra - RJ

Presidente dos Correios anuncia saída do cargo e envia carta a funcionários


O presidente dos Correios, general Juarez Aparecido de Paula Cunha, anunciou pelo Twitter sua saída do cargo. Acusado de "agir como sindicalista" pelo presidente Jair Bolsonaro, ele teve sua demissão anunciada pelo presidente durante um café da manhã com jornalistas na sexta passada.

Após o anúncio de Bolsonaro, Cunha foi trabalhar normalmente na segunda-feira, 17, e, em vez de limpar as gavetas, avisou para um auditório lotado que não sairia até a formalização da demissão: "Só vou sair daqui a hora que chegar oficialmente. Aí eu saio, senão, não saio, não". Terminou a palestra aplaudido e vestindo boné de carteiro.

Após o anúncio de Bolsonaro, Cunha foi trabalhar normalmente na segunda-feira, 17, e, em vez de limpar as gavetas, avisou para um auditório lotado que não sairia até a formalização da demissão: "Só vou sair daqui a hora que chegar oficialmente. Aí eu saio, senão, não saio, não". Terminou a palestra aplaudido e vestindo boné de carteiro.

Leia a carta de Juarez Cunha aos funcionários dos Correios, na íntegra:

"DESPEDIDA DOS CORREIOS

Meus caros amigos e amigas dos Correios!

Após sete meses à frente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, me afasto do vosso convívio com a consciência tranquila de ter empenhado o melhor dos meus esforços a serviço desta Empresa.

Foram sete meses de trabalho em equipe, num ambiente de muito profissionalismo, dedicação, camaradagem e cooperação, onde obtivemos excelentes resultados.

Os índices da qualidade operacional superaram todas as metas, a recuperação financeira no último ano apresenta resultados muito favoráveis e as perspectivas futuras são excelentes. Nossa Empresa prossegue num franco processo de recuperação iniciado em 2018.

A criação do Projeto Balcão do Cidadão me enche de orgulho, pois os Correios continuarão levando ao cidadão brasileiro, particularmente das localidades mais remotas, seu apoio, traduzido em cidadania e integração nacional.

Orientei minhas decisões com base na ética, na meritocracia e na restrição à influência político partidária. Fundamentei minha liderança na busca dos melhores resultados, no fortalecimento do espírito de corpo e no exemplo. Obtive um eco positivo no âmbito da maioria dos empregados, que alavancaram o moral, a confiança e o orgulho de pertencerem a esta empresa centenária. Meus amigos!

Há 50 anos, prestei meu sagrado compromisso perante a Bandeira do Brasil. Naquele momento, jurei tratar com afeição os irmãos de armas e com bondade os subordinados. Nunca deixei de cumprir com este juramento. Durante minha longa carreira militar, atingindo o mais alto posto no Exército, cumpri com retidão as palavras professadas diante do nosso invicto Pavilhão Nacional.

Assim como defendi e respeitei todos os soldados do Exército de Caxias, também respeitei e defendi todos os empregados dedicados que orgulhosamente envergam o uniforme azul e amarelo.

Se não fosse para exercitar minhas firmes convicções, eu não poderia ser o Presidente dos Correios. Se não fosse para recuperar os Correios, no contexto da recuperação do nosso País, eu não teria aceitado este grande desafio.

Esse é um momento de serenidade e confiança no futuro. Todos os integrantes da Empresa, desde a Diretoria Executiva até o Carteiro mais jovem, devem se conscientizar da necessidade de prosseguir na jornada de recuperação e modernização da ECT. Há ainda muito por fazer, existem muitos obstáculos a ultrapassar, mas nenhuma barreira poderá reter as ações empreendidas com coragem, dedicação e confiança.

O meu muito obrigado a todos que contribuíram com minha gestão nestes poucos meses. A missão ainda não está cumprida, mas confiamos que esta briosa organização, com 356 anos completos, ainda tem muito a oferecer ao País.

Brasil Acima de Tudo! Correios no Coração de Todos!"

Por Portal Terra

Blog de Assis Ramalho parabeniza os aniversariantes amigos do Facebook desta quarta-feira, 19 de junho; veja lista


Mudam de idade hoje (Quarta-feira 19 de junho de 2019) e queremos aqui dedicar este dia especial
a  Nayelly Souza,  Vitória Vivi,  Josefa Gomes Queiroz,  Ismael Cunha,  Valda Marques Carvalho,  MicheleLima JovaciLima,  Josimar Inacio .  Erivaldo Ferreira,  Lilia Martins,  Tibaca Cross,  Helkys Xavier,  Jayran Marlen,  Simone Luiz,  Ancilon Firmino de Menezes  e  Raycia Crys - Petrolândia. 

Veja abaixo fotos de aniversariantes de hoje que compõe o Grupo dos 5 mil amigos de Facebook do Blog de Assis Ramalho

Prefeita de Petrolândia articula apoio de vários órgãos para realização da Exposertão 2019


 Na companhia dos secretários da agricultura, Fábio Menezes, e de Desenvolvimento Econômico, Rogério Viana, a prefeita Jane Souza discutiu a participação de diversos parceiros na realização da quinta edição da Feira de Negócios e Empreendedorismo de Petrolândia - Exposertão.

"Durante o dia de hoje estivemos alinhando parcerias com o superintendente Adriano Dias, do Senar, o Presidente do Sistema Fecomércio, Bernado Sobrinho, com o secretário de agricultura, Dilson Peixoto, e com as Secretárias Executivas de Empreendedorismo e Qualificação – representadas por Álvaro Jordão e Luiz Gonzaga - sobre a participação desses órgãos nesse evento tão importante para o desenvolvimento de Pernambuco", frisou a Prefeita Jane Souza.
 


Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Petrolândia

Moro discordou de investigações contra FHC, diz site


Novas conversas atribuídas ao então juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba, Sérgio Moro, e o coordenador da força-tarefa da Lava-Jato, procurador Deltan Dallagnol, foram publicadas na noite desta terça-feira pelo site The Intercept.

Nos trechos, o procurador e o então juiz teriam ajeitado a condução das investigações envolvendo o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC) com a intenção de não afastar possível apoio que o tucano dava às investigações da operação.

Na conversa, Moro teria questionado Dallagnol sobre a necessidade de o Ministério Público Federal (MPF) ter remetido o inquérito contra FHC para São Paulo. No entendimento do então juiz a medida poderia prejudicar a boa relação, principalmente por se tratar de crimes quase prescritos. “Tem alguma coisa mesmo séria do FHC? O que vi na TV pareceu muito fraco?”, questiona Moro, querendo saber também se tratava-se do “caixa 2 e 96”.

Dallagnol responde o então juiz afirmando que “em príncípio sim, o que tem é muito fraco”; Moro volta a indagar se o caso não estaria prescrito, mas Dallagnol esclarece a ele que o possível vencimento do caso de investigação não chegou a ser avaliado pela equipe que remeteu o caso para São Paulo. O procurador completa: “Suponho que de propósito. Talvez para passar recado de imparcialidade”.

A estratégia, no entanto, é criticada por Sérgio Moro. “Ah, não sei. Acho questionável pois melindra alguém cujo apoio é importante”.

Na sequência, o The Intercept publicou uma série de trechos em que os procuradores traçam estratégias para que o PSDB fosse incluído em fases da operação, principalmente, para dar a opinião pública a mensagem de que a Lava-Jato seria imparcial, tese fortemente levantada por integrantes da esquerda e apoiadores do ex-presidente Lula.

Em uma das conversas, que segundo o site teriam ocorrido em 17 de novembro de 2015, outro procurador que integra a força-tarefa, Roberson Pozzobon,o sugeriu que em uma das fases o Instituto Lula e o Instituto Fernando Henrique Cardoso fosse alvo de ações ao mesmo tempo. “Assim ninguém poderia indevidamente criticar nossa atuação como se tivesse vies partidário”, justificou Pozzobon

Nas imagens, disponibilizadas por Pozzobon no grupo de procuradores, a informação de uma secretaria do iFHC que dava a opção de depósito direto na conta do instituto como doação ou a possibilidade de contratação de novo serviço. Ela negociava com a Brasken, braço petroquimico da Odebrecht. O serviço, no entanto, não foi especificado. Apesar disso, o episódio foi tratado como “fratura exposta” por Pozzobon.

Sérgio Moro deve ir ao Senado às 9h desta quarta-feira (19), para prestar esclarecimentos na Comissão de Constituição e Justiça da Casa. Ele vai ao local na condição de convidado.

Procurado pela reportagem, o Ministério da Justiça informou que Sérgio Moro não reconhece a autenticidade das mensagens. Ele também negou interferência no caso envolvendo o ex-presidente.

“Sobre as supostas mensagens divulgadas, esclarecemos:

- O Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, não reconhece a autenticidade de supostas mensagens obtidas por meios criminosos, que podem ter sido editadas e manipuladas, e que teriam sido transmitidas há dois ou três anos.

- Nunca houve interferência no suposto caso envolvendo o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que foi remetido diretamente pelo Supremo Tribunal Federa a outro Juízo, tendo este reconhecido a prescrição.

- A atuação do Ministro como juiz federal sempre se pautou pela aplicação correta da lei a casos de corrupção e lavagem de dinheiro.

- As conclusões da matéria veiculada pelo site Intercept sequer são autorizadas pelo próprio texto das supostas mensagens, sendo mero sensacionalismo”

Por Jornal Estado de Minas

Operação São João reforça fiscalização nas rodovias federais de Pernambuco

 


A fiscalização nas rodovias federais de Pernambuco será intensificada a partir de quarta-feira (19), com a Operação São João 2019 da Polícia Rodoviária Federal (PRF). As ações seguem até a segunda-feira (24), com o objetivo de melhorar a fluidez do trânsito e reforçar a segurança viária em todo o estado.

Em virtude das festividades juninas, a movimentação de veículos tende a aumentar nas BRs 232, 104, 407 e 428, que levam a Gravatá, Bezerros e Caruaru, no Agreste, além de Arcoverde e Petrolina, no Sertão. Esses municípios concentram os principais polos juninos do estado e atraem turistas de todo o país. A estimativa é de que cerca de 45 mil veículos trafeguem pela BR 232, um aumento de 50% em relação aos dias normais.

A fiscalização visa reduzir o número de acidentes com feridos ou mortes, tendo como foco as infrações graves, como o consumo de bebida alcoólica, ultrapassagens em local proibido e o uso irregular de motocicletas. Durante as abordagens, serão verificados a documentação pessoal e do veículo, o estado de conservação do automóvel, o uso do farol baixo e se todos utilizam o cinto de segurança.

Ações educativas serão realizadas com o intuito de alertar motoristas e passageiros sobre condutas que podem salvar vidas no trânsito. As abordagens procuram orientar sobre o perigo da imprudência na direção dos veículos, que responde por mais de 90% dos acidentes nas rodovias federais.

O Núcleo de Operações Especiais e os Grupos de Motociclistas, Operações com Cães e de Patrulhamento Tático da PRF, que são compostos por policiais especializados no enfrentamento ao crime, irão reforçar a segurança durante esse período. As atividades visam evitar assaltos, receptação de veículos roubados, porte ilegal de arma e tráfico de entorpecentes.

Recomendações ao dirigir sob chuva

Ao se deparar com chuva, o motorista deve reduzir a velocidade, manter uma distância segura dos outros veículos e manter o farol acesso durante todo o percurso. É importante substituir as paletas do limpador de parabrisa quando o equipamento estiver ressecado ou ineficiente, além de calibrar os pneus.

Em caso de aquaplanagem, quando os pneus perdem o contato com o asfalto ao passar por poças d´água, o motorista deve retirar o pé do acelerador, manter a direção firme e evitar frear de forma brusca. Isso evita derrapagens e saídas de pista nesses locais.

Cuidado nas ultrapassagens

A ultrapassagem de outro veículo só deve ser realizada em locais permitidos, quando o motorista tiver a certeza de que isso não colocará em risco a segurança do trânsito. Para isso, ele deve utilizar as setas de direção, verificar se o veículo que segue atrás não iniciou uma ultrapassagem, além de avaliar o tempo e a distância necessários para efetuar essa manobra.

As colisões frontais, que geralmente ocorrem em ultrapassagens indevidas, representam.

Por Assessoria da PRF

Petrolândia: Prefeita Jane discute possível implantação de grande empreendimento de geração de energia solar em Petrolândia


Na tarde dessa terça-feira (18), a Prefeita Jane Souza discutiu em Recife, com o diretor presidente da Quinturaré, Paulo Alexandre Ferreira, um projeto de grande porte de geração de energia solar para Petrolândia.

"Temos grande potencial para geração de energias alternativas e através desse seguimento de energia solar podemos gerar trabalho e renda para nossos munícipes. Estamos prospectando investimentos a médio prazo que trarão impactos positivos em nossa economia", destacou a Prefeita.

Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Petrolândia

Moro diz que vazamento de mensagens é tentativa de inocentar corruptos


Em entrevista ao programa do Ratinho, do SBT, exibida na noite desta terça-feira (18), o ministro da Justiça, Sergio Moro, voltou a negar irregularidades na troca de mensagens com o procurador Deltan Dallagnol, chefe da força-tarefa da Lava Jato, e disse que tem "absoluta confiança" de que sempre agiu conforme a lei.

Assista ao vídeo abaixo



Por Folha Press

Bolsonaro sanciona lei de combate a fraudes no INSS


O presidente Jair Bolsonaro sancionou hoje (18), em cerimônia no Palácio do Planalto, a lei de combate a fraudes previdenciárias. A nova legislação é resultado da Medida Provisória 871, aprovada pelo Congresso Nacional no último dia 3 de junho. O texto cria um programa de revisão de benefícios com indícios de irregularidades e autoriza o pagamento de um bônus para os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para cada processo analisado fora do horário de trabalho. A proposta também exige um cadastro para o trabalhador rural feito pelo governo, e não mais pelos sindicatos, como é feito hoje. Em relação ao auxílio-reclusão, o benefício só será concedido para pena em regime fechado, e não mais para o semiaberto. Além disso, a lei amplia o número de contribuições mínimas exigidas para a requisição do benefício pela família do detento.

"Esta lei que o presidente sanciona endurece os processos de combate aos sonegadores, retira uma série de vácuos que existem na legislação, permite que o nosso INSS possa permanecer rígido e íntegro para prestar um serviço à sociedade que dele precisa. Ela combate fraude, por exemplo, na questão da prestação do serviço dado pelo trabalhador rural, e agora nós vamos ter a convicção de que o direito do trabalhador rural será respeitado, aquele segurado especial que realmente precisa, porque estamos resolvendo a questão do cadastro. E estamos resolvendo a questão que existia anteriormente no auxílio-reclusão", afirmou o secretário especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, em discurso durante a solenidade.

O texto prevê que o INSS terá acesso a dados da Receita Federal, do Sistema Único de Saúde (SUS) e das movimentações do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O acesso aos dados médicos pode ainda incluir entidades privadas por meio de convênio. O governo avalia que a medida vai economizar R$ 9,8 bilhões com a revisão de 5,5 milhões de beneficíos previdenciários. No alvo, estão indícios de irregularidades em auxílios-doença, aposentadorias por invalidez e Benefícios de Prestação Continuada (BPC).

Caso haja algum indício de irregularidade, o beneficiário terá 30 dias para apresentar defesa, sendo 60 dias para o trabalhador rural, para o agricultor familiar e para o segurado especial. Se não apresentar a defesa no prazo ou ela for considerada insuficiente, o benefício será suspenso, cabendo recurso em até 30 dias.

"Estamos estabelecendo um processo que ao longo dos próximos anos vai permitir que quase 6 milhões de processos paralisados no INSS possam ser auditados pelos peritos médicos, pelos técnicos do INSS. Desses processos, 30% têm indícios de irregularidades. Na hora que eles são auditados, de 15% a 18% se constata irregularidade. Isso é um ralo extraordinário que existia no sistema previdenciário", acrescentou Marinho.

A gratificação a servidores e peritos médicos, prevista na lei, ainda depende da aprovação de dois projetos de lei que tramitam no Congresso Nacional, que abrem crédito suplementar para custear o pente-fino. Segundo Rogério Marinho, os projetos devem ser votados na Comissão Mista de Orçamento na semana que vem e a expectativa é que sejam votados em sessão no Congresso Nacional antes do recesso parlamentar, em julho.

Após a cerimônia de sanção da lei, o presidente Jair Bolsonaro afirmou a jornalistas que é melhor combater fraudes do que aumentar impostos. "No BPC tem fraude, no Bolsa Família tem fraude. Lamentavelmente, é um país que se acostumou com a fraude. Estamos buscando um ponto de inflexão e mostrar para a população que, um vez faltando recursos, a primeira ação nossa é combater a fraude e não aumentar imposto ou seja lá o que for", disse.
Entenda as principais mudanças promovidas pela lei de combate a fraudes em benefícios previdenciários:
Auxílio-reclusão

O benefício, que é pago a dependentes de presos, como filhos, enteados, cônjuges, pais e irmãos, passou a ter carência (prazo mínimo) de 24 contribuições para ser requerido. Antes, bastava que o segurado tenha feito uma única contribuição ao INSS, antes de ser preso, para que o benefício pudesse ser concedido aos dependentes. Além disso, o benefício só será concedido a dependentes de presos em regime fechado, e não mais no semiaberto, como ocorria até então. Pela lei, a comprovação de baixa renda levará em conta a média dos 12 últimos salários do segurado e não apenas a do último mês antes da prisão, o que deve alterar o valor do benefício pago. Passou a ser proibida ainda a acumulação do auxílio-reclusão com outros benefícios.

O INSS deverá celebrar convênios com órgãos responsáveis pelo sistema penitenciário. A ideia é evitar a concessão indevida de auxílio-reclusão a pessoas fictícias ou a quem não esteja cumprindo pena.

Pensão por morte

A nova lei passou a exigir prova documental para a comprovação de relações de união estável ou de dependência econômica, que dão direito à pensão por morte. Atualmente, a Justiça reconhece relações desse tipo com base apenas em prova testemunhal. Para o recebimento desde a data do óbito, filhos menores de 16 anos precisarão requerer o benefício em até 180 dias após o falecimento do segurado. Pela regra em vigor, esse prazo não existe para menores de 16 anos.

A lei também acabou com pagamentos em duplicidade, nos casos em que a Justiça reconheça um novo dependente, como filho ou cônjuge. Pela legislação atual, se uma relação de dependência é reconhecida, esse novo dependente recebe o benefício de forma retroativa, sem que haja desconto ou devolução de valores por parte dos demais beneficiários. A partir de agora, assim que a ação judicial de reconhecimento de paternidade ou condição de companheiro for ajuizada, parte do benefício ficará retida até o julgamento final da ação, de modo a cobrir a eventual despesa do INSS com pagamentos em duplicidade. Esses ajustes valerão também para o Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) da União.

Aposentadoria rural

A lei prevê a criação, pelos Ministérios da Economia e da Agricultura, em parceria com órgãos federais, estaduais e municipais, de um cadastro de segurados especiais, que inclui quem tem direito à aposentadoria rural. Esse documento é o que vai alimentar o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), que passará a ser a única forma de comprovar o tempo de trabalho rural sem contribuição a partir de 2020.

Para o período anterior a 2020, a forma de comprovação passa a ser uma autodeclaração do trabalhador rural, homologada pelas entidades do Programa Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural na Agricultura Familiar e na Reforma Agrária (Pronater), ligado ao Ministério da Agricultura. A autodeclaração homologada será analisada pelo INSS que, em caso de irregularidade, poderá exigir outros documentos previstos em lei. A autodeclaração homologada pelas entidades do Pronater substitui a atual declaração dos sindicatos de trabalhadores rurais.

Combate a irregularidades

A nova lei criou o Programa Especial para Análise de Benefícios com Indícios de Irregularidade (Programa Especial) e o Programa de Revisão de Benefícios por Incapacidade (Programa de Revisão). O Programa Especial terá como foco a análise de benefícios com indícios de irregularidade. Esse trabalho será realizado por técnicos e analistas do INSS. Instituiu-se uma gratificação de R$ 57,50, por servidor, para cada processo concluído. Atualmente, há 3 milhões de processos pendentes. Ato do presidente do INSS fixará os parâmetros de atuação, inclusive as metas de aumento de produtividade, para participar do Programa Especial.

Peritos médicos federais serão responsáveis pela execução do Programa de Revisão, destinado aos benefícios por incapacidade sem perícia médica há mais de seis meses e que não tenham data de cessação (encerramento) estipulada ou indicação de reabilitação profissional. Também serão alvo da revisão os mais de 2,5 milhões de benefícios de prestação continuada (BPC) sem avaliação pericial há mais de dois anos. A cada perícia realizada dentro do Programa de Revisão, será paga uma gratificação no valor de R$ 61,72 ao perito médico. O Programa inclui outros benefícios de natureza previdenciária, assistencial, trabalhista ou tributária. O Programa Especial e o Programa Revisão são as ações com maior impacto fiscal na economia de R$ 9,8 bilhões previstas pela lei.

O governo também vai promover a revisão de afastamentos e aposentadorias de servidores públicos. Em outra frente, a isenção tributária concedida a portadores de doenças graves passará a ter controle mais rigoroso. Atualmente, a comprovação é feita, exclusivamente, com base em análise documental, que agora incluirá a exigência de perícia médica.

Para atender a nova demanda de perícias médicas em diversas áreas da administração pública federal, a lei criou a carreira de Perito Médico Federal, vinculada à Secretaria de Previdência da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. A nova carreira será formada por peritos médicos previdenciários que atualmente compõem o quadro do INSS.

Os bancos agora estão obrigados a devolver valores referentes a benefícios depositados após o óbito do beneficiário. Os cartórios de registro também deverão informar, em até 24 horas, a expedição de uma certidão de óbito. Antes, esse prazo era de até 60 dias, o que fazia com que aposentadoria de uma pessoa falecida continuasse sendo paga.

Por Agência Brasil

Petrolândia: Dr João esteve no Recife levando demanda para implantação de clínica de hemodiálise e UTI em Petrolândia


O Hospital e Maternidade Instituto Beneficente do Vale do São Francisco (IBVASF) recebeu reformas em toda a sua área construída para ampliar e melhorar sua estrutura voltada aos pacientes, bem como, aos planos de ampliação dos serviços (UTI / clínica de hemodiálise).

Após as reformas, Dr. João esteve no Recife durante segunda (17) e terça (18) conversando sobre essa importante demanda para o povo de Petrolândia e região, assim como já deu início a sua luta para viabilizar recursos com intuito de colocar em prática a próxima etapa: liberação, obras e funcionamento, respectivamente.

Dr. João agradece a todos que depositaram o voto de confiança em seu trabalho e reforça que estará na luta para instalação de uma clínica de hemodiálise e uma UTI na cidade de Petrolândia.

Por Assessoria do Comunicação
Hospital e Maternidade Instituto Beneficente do Vale do São Francisco (IBVASF)

Assista à entrevista de Sérgio Moro no Programa do Ratinho, exibido na noite desta terça (18); Apresentador diz que ministro é 'único herói brasileiro no momento'


O ministro da Justiça, Sérgio Moro, foi o convidado da noite desta terça-feira (18) do Programa do Ratinho. Ele participou do quadro Dois Dedos de Prosa e concedeu uma longa entrevista ao apresentador Carlos Massa.

“Estou muito orgulhoso por receber um herói sem capa, o único herói brasileiro no momento”, derreteu-se Ratinho ao receber o ex-juiz federal. Moro respondeu a perguntas não só feitas pelo apresentador, mas também pela própria população.
Conteúdo recomendado:Entrevista com Sérgio Moro derruba a audiência do Programa do Ratinho; confira prévia

Ele falou de temas como porte de armas, combate às drogas, luta contra a corrupção, o desafio da segurança pública e, claro, de sua atuação como juiz federal à frente da controversa Operação Lava-Jato.

“Durante a Lava-Jato foi descoberto um gigantesco esquema de corrupção. Ainda tem muita coisa a ser investigada, mas hoje meu papel é dar estrutura e autonomia aos órgãos de investigação. Não estou envolvido no cotidiano desses casos, mas temos tido operações relevantes. Há muita coisa a ser feita”, afirmou o ministro.
Político, eu?

O ministro ainda destacou que, ao contrário do que se diz em algumas rodas, não tem a menor intenção de levantar bandeiras políticas. “Eu era juiz federal, sempre com aquela sombra do retrocesso ameaçando nosso trabalho. Aceitei o convite para o ministério, mas desde que o governo tivesse atenção voltada para o combate à corrupção”, justificou.

Quando o assunto, porém, foi o vazamento de conversas particulares com o procurador Deltan Dallagnol, via aplicativos de mensagens, Moro não se mostrou tão contundente. “Sobre as mensagens, não posso confirmar porque não tenho mais essas mensagens. Existe um grupo criminoso organizado com o objetivo de obstaculizar a Lava Jato”, alegou..
No link abaixo, você confere a íntegra da entrevista concedida por Sérgio Moro ao Programa do Ratinho.


Estado de Minas

Saiba o valor de todos os cachês dos artistas no São João e São Pedro 2019 de Paulo Afonso


Na Copa Vela de 2012, a prefeitura de Paulo Afonso desembolsou impressionantes R$ 480.000,00 para pagar o cachê de um único artista, o da cantora Ivete Sangalo.

Passados sete anos, a prefeitura realizará toda a festa de São João do centro, e do São Pedro do BTN com um valor inferior ao que foi pago para a juazeirense.

A soma das mais de 20 atrações nacionais e locais que se apresentarão a partir da próxima quinta-feira, dia 20, será de R$ R$ 426.900,00. Ou seja, ainda sobrariam R$ 53.100,00.

Os números divulgados no portal transparência, são realmente bem mais modestos que eventos anteriores promovidos pela prefeitura. O maior cachê vai para Amado Batista, que irá se apresentar no dia 29 de junho no São Pedro do BTN, ele receberá R$ 190.000,00 (cento e noventa mil reais).

Adelmário Coelho, R$ 70.000,00 e Samyra Show por R$ 50.000,00 completam a lista dos maiores cachês de 2019.

Veja o ranking abaixo:

-R$ 190.000,00 (Amado Batista);

-R$ 70.000,00 (Adelmário Coelho);

-R$ 50.000,00 (Samyra Show);

-R$ 18.000,00 (Júlio Cézar);

-R$ 15.000,00 (Joquinha Gonzaga);

-R$ 8.000,00 (Helinho Ventura);

-*R$ 42.900,00 (Anderson e Banda, Ruben Brasil, Rahmon Lima, Luanderson e Forró Seis Cordas, Salvio Emanuel, Sala de Reboko, Apriginho, Juquinha do Forró, Cláudio Lima e Roberinho do Forró);

-*R$ 33.000,00 (Junior Guerra, Loz Kuatros, Artur Ezzer, Anderson e Banda, Marília Santos e G2).

Por PA4.COM.BR

Senado autoriza empréstimo de US$ 37 milhões para Pernambuco


O Senado aprovou nesta terça-feira (18) um empréstimo no valor de 37 milhões de dólares para Pernambuco. Os recursos fazem parte de uma linha de crédito do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para os Estados melhorarem a gestão fiscal.

Segundo o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), o governo federal está liberando a contratação de empréstimos com bancos internacionais como forma de modernizar a estrutura tributária e ampliar a capacidade de arrecadação dos estados.

“Estamos concretizando um instrumento importante de modernização do Fisco pernambucano para ampliar a arrecadação de receita própria no sentido de dar as condições do estado enfrentar essa grave crise que o país enfrenta”, afirmou Fernando Bezerra, que atuou para acelerar a liberação do empréstimo.

A mensagem autorizando a operação de crédito foi assinada pelo presidente Jair Bolsonaro em 29 de maio e encaminhada para o Senado, onde foi aprovada pela Comissão de Assuntos Econômicos e depois pelo plenário.

Via Blog do Magno

Prefeitura divulga programação de Ciclo Junino e Emancipação política de Petrolândia


A Prefeitura Municipal de Petrolândia divulgou na tarde desta terça-feira (18) a programação oficial do Ciclo Junino e Emancipação Política da cidade.

As festividades foram divididas em diferentes polos e reunirão atrações culturais, artistas locais e nomes nacionalmente conhecidos. Entre eles, Avine Vinny, Walkyria Santos e Jonas Esticado animarão as noites que marcam o encerramento da festa, com a celebração dos 110 anos de Emancipação Política de Petrolândia.

O Ciclo Junino de Petrolândia, que tem como tema “Isso aqui tá bom demais” teve início na última quinta-feira (13) com a festa de Santo Antônio e o Arraiá Cultural das Escolas do Projeto Icó Mandantes, com quermesse, apresentações culturais e o cantor Keven Vip animando a primeira noite de festa.

A partir do dia 21 a programação continua no Mercado Público com o Forró na Feira, que terá o cantor Maninho Diniz como atração, às 10h.

Nos 25, 26 e 27 de junho, teremos o Arraiá Cultural na Praça da Matriz com apresentações culturais em todas as noites e ainda: Luciano e Balanço do Papai no dia 25, Forró Red Xote no dia 26 e Eduardo Barbosa e Forró Estilizado no dia 27; sempre a partir das 19h.

De 28 de junho a 1º de julho, Os Três do Cariri, Helinho Ventura, Valdinho Paes, Carol e Forrozão Capim, João Victor, Avine Vinny, Elayne Tyne, Walkyria Santos e Jonas esticado farão parte da tradicional festa de São Pedro e Emancipação Política de Petrolândia e prometem animar as quatro noites de shows na Praça da Matriz, que começarão sempre a partir das 22h.

Forró na Feira 21 de junho - Mercado Público

- Maninho Diniz

Arraiá Cultural 25 de junho – Praça da Matriz

- Apresentações Culturais
- Luciano e Balanço do Papai

26 de junho – Praça da Matriz
- Apresentações Culturais
- Forró Red Xote

27 de junho – Praça da Matriz
- Apresentações Culturais
- Eduardo Barbosa e Forró Estilizado

São Pedro e Emancipação Política

28 de junho – Praça da Matriz
- Os Três do Cariri - Helinho Ventura

29 de junho – Praça da Matriz
- Valdinho Paes - Carol e Forrozão Capim

30 de junho – Praça da Matriz
- João Victor - Avine Vinny
- Elayne Tyne

01 de julho – Praça da Matriz
- Walkyria Santos
- Jonas Esticado

Prefeitura de Petrolândia