Postagens

Mostrando postagens de Março 16, 2012
Publicidade

Prefeito de Petrolândia e Secretário de Agricultura e reforma Agrária de Pernambuco negociam com invasores do reservatório da Chesf

Imagem
Neste momento, o Prefeito de Petroândia, acompanhado com o Secretário de Agricultura do Estado de Pernambuco, Ranilson Ramos acaba de chegar ao reservatório da Chesf, localizado no Sítio Quixabinha, divisa entre os Municípios de Tacaratu e Petrolândia  para negociar com os invasores do MST. Na manhã de domingo (04), mais de 700 famílias invadiram a estação de recepção e bombeamento e acamparam numa área pertencente à Chesf. Os ocupantes da área são assentados ligados ao MST. Eles reivindicam que a Chesf providencie o abastecimento de água para os assentamentos. Diversas agrovilas possuem perímetros irrigados, entre elas as Agrovilas do Bloco 02 da Reta, onde são produzidas frutas e verduras. O fornecimento de água para os empreendimentos rurais foi interrompido no domingo, quando lideranças do MST ocuparam o Reservatório da Chesf, situado no sítio Quixabinha, e fecharam a válvula. Os agricultores interromperam a irrigação em protesto. Eles afirmam que, em 2005, fizeram a

Governo Federal se compromete a promover política de direitos dos atingidos por barragens

Imagem
Foto: Alexandre Souza Depois de promover atos de protestos em diversas cidades esta semana, o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) assinou nesta quinta-feira(15) um acordo com o governo federal garantindo o cumprimento de várias reivindicações da categoria. Entre os 15 itens estabelecidos está a elaboração de uma proposta de decreto para promover uma política de direitos dos atingidos por barragens, que deve estar pronta ainda no primeiro semestre deste ano. O documento, assinado pelo ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da Presidência da República, e pela Coordenação Nacional do MAB, também estabelece a construção de uma metodologia para que seja feito um diagnóstico da dívida social do Estado brasileiro com os atingidos por barragens, que deverá subsidiar as ações para a reparação dos danos. A Secretaria-Geral da Presidência da República se comprometeu a fazer um estudo com a participação do MAB para identificar possíveis fundos que possam destinar recursos fina

Publicidade