sábado, 28 de setembro de 2019

Petrolândia: Na Missa dos Pescadores, padre critica desigualdade social e altos cachês pagos a artistas: ''você que faz isso vai para o inferno"



Procissão do rio são Francisco e missa dos pescadores atraiu multidão de fiéis à Orla Fluvial da cidade na tarde deste sábado (28/09/2019) - Fotos: Assis Ramalho/BlogAR


 Padre Marcos criticou durante a celebração da Missa a desigualdade entre ricos e pobres

Neste sábado, 28 de setembro de 2019, foi realizada em Petrolândia a procissão dos barcos, na programação da festa do padroeiro São Francisco de Assis. A procissão dos barcos, no lago de Itaparica, transcorreu com normalidade. Após o trajeto nas águas do rio São Francisco, a imagem do padroeiro foi desembarcada na orla fluvial de Petrolândia, conduzida pelos fiéis até o altar montado na prainha onde foi realizada a Missa dos Pescadores, celebrada pelo padre José Marcos da Silva.

Na homilia, padre José Marcos criticou a desigualdade entre ricos e pobres e, ainda, o consumismo exagerado. "Enquanto uns poucos realizam banquetes esplêndidos, muitos não têm pão para sobreviver. Parece que ter e acumular coisas é, para muitas pessoas, o sentido da vida", afirmou o padre, que também criticou as prefeituras que contratam bandas com elevadas quantias de dinheiro, enquanto descuidam de atender aos pobres. ''Você que faz isso, vai para o inferno!''

Por volta das 18h00, acompanhada pelo Coral Vozes do São Francisco, a imagem do padroeiro foi conduzida em procissão pelos fiéis, em procissão da orla fluvial até a Igreja Matriz, 

Ver fotos abaixo

Sobe para 53 número de municípios atingidos por óleo no Nordeste



Subiu para 53 o número de cidades afetadas pela mancha de óleo que atingiu o litoral do Nordeste desde o início do mês.

Segundo o balanço mais recente divulgado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), já são 112 localidades em oito estados afetadas pela mancha. Apenas na Bahia ainda não houve registro do problema.

Uma investigação do Ibama, que monitora a situação desde o dia 2 de setembro, com apoio do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, indica que o petróleo que está poluindo as praias é o mesmo, e a origem não é do Brasil.

Sertão Mais Criativo promove debate sobre cultura, turismo e empreendedorismo em Afogados da Ingazeira



Em uma parceria SEBRAE, EMPETUR e Prefeitura de Afogados, o projeto Sertão mais criativo trouxe para a V Feira do Empreendedorismo um importante debate sobre a importância da cultura para o fortalecimento das atividades turísticas nos municípios do Pajeú.

A consultora em economia criativa, Larissa Almeida, enfatizou a importância do desenvolvimento territorial a partir da perspectiva do turismo. “Grande parte da demanda turística se dá através da cultura. Isso é uma tendência mundial. E o sertão já tem o ativo que o turista procura. É importante que o cidadão tenha consciência do valor cultural que o local onde ele está inserido tem, para que isso possa ser um atrativo turístico.”

A advogada e poetisa Elis Almeida falou sobre o seu trabalho na cadeia produtiva do turismo em Triunfo. Das dificuldades que enfrentou no começo até os dias de hoje, quando se tornou uma referência nesse trabalho, passando inclusive a integrar a RECRIA – Rede Nacional do Turismo Criativo. “Além da poesia, hoje a gente leva a música também aos nossos roteiros turísticos de Triunfo.”

Prefeitura de Petrolândia divulga nota de esclarecimento sobre exposição de menores em show na festa do padroeiro


NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Prefeitura Municipal de Petrolândia-PE vem a público esclarecer que não coaduna com a exposição dos menores, ocorrida na noite do dia 27 da festa do Padroeiro de nossa cidade, repudiando veementemente a atitude da cantora e dos responsáveis pelas crianças.

Informa ainda que o objetivo do evento é promover a cultura e o entretenimento dos munícipes e turistas, da melhor maneira possível, inclusive realizando parcerias com o Ministério Público, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Conselho Tutelar, com o fito de se evitar tais acontecimentos

Primando evitar reincidência da conduta, as medidas legais já estão sendo tomadas junto aos órgãos competentes.

Sem mais, colocamo-nos à disposição.

PREFEITURA MUNICIPAL DE PETROLÂNDIA - CONSTRUINDO O FUTURO COM VOCÊ!

Reajuste anual a servidor deixa de ser obrigatório, decide STF



O Supremo Tribunal Federal (STF) desobrigou o Poder Executivo de conceder reajuste anual a funcionários públicos, desde que haja uma justificativa para isso. A decisão foi tomada na quarta-feira e foi considerada extremamente importante por integrantes da equipe econômica. Caso a posição fosse pela obrigatoriedade da revisão geral anual dos salários, Estados corriam o risco de precisar dar aumentos retroativos para várias categorias, num momento já de profunda crise financeira.

A decisão não foi unânime. Seis ministros votaram pela possibilidade de não dar o reajuste, enquanto quatro votaram pelo dever do aumento sob qualquer hipótese. O processo discutia o direito de servidores estaduais de São Paulo a uma indenização por terem ficado com salários congelados no passado. O processo chegou ao STF em 2007 e tem repercussão geral, com efeito sobre toda a administração pública federal, estadual e municipal.

Petrolândia: Hoje tem Aninha Araújo no Maria Fumaça - veja programação de amanhã


A eclética cantora Aninha Araújo é a grande atração deste sábado (28/09/2019) no Bar e Restaurante Maria Fumaça, quiosque localizado na Orla Fluvial de Petrolândia. A apresentação tem início marcado para as 21h00.

O domingo (29/09/2019) vai ser animado a partir das 13h00, com Edy Ferreira. Às 17h00, Henrique Marks encerra a programação, cada vez melhor, do final de semana no Maria Fumaça.

Divulgação/Maria Fumaça

Programa Funarte Cidadã leva arte aos municípios

Fundação lança conjunto de ações dirigidas ao desenvolvimento municipal, a resultados práticos para a população e à cidadania, nas áreas de circo, artes visuais, música, dança, teatro e literatura

Vinculada ao Ministério da Cidadania, A Fundação Nacional de Artes – Funarte realiza, a partir de 2019, um conjunto de ações ligadas a várias linguagens artísticas: o Programa Funarte Cidadã. Ele é dirigido a resultados práticos para o desenvolvimento municipal, o serviço ao cidadão e a inclusão social, por meio das artes – como o circo, a música, a dança, o teatro, as artes visuais e a literatura.

Dentro do programa, a Funarte MG planejou o Projeto Circo – Lona Cultural. Ele prevê a instalação desse equipamento na área externa do complexo cultural, aberta a todas as artes.

O objetivo principal da iniciativa é a descentralização das grandes cidades dos recursos federais para a arte; a difusão das artes em todas as regiões o país; o impulso à inclusão social e à condição cidadã; e o incentivo às economias locais – objetivos estratégicos do Ministério da Cidadania.

Amupe articula criação de Grupo de Trabalho com o Consema/PE para buscar o fim dos lixões



O presidente da Associação Municipalista de Pernambuco – Amupe, José Patriota, participou nessa sexta (27) da 53º reunião extraordinária do Conselho Estadual de Meio Ambiente de Pernambuco (Consema/PE) para discutir meios e estreitar ações em prol da destinação correta do lixo dos municípios. A reunião aconteceu no auditório jornalista Sofia Graciano, no Parque Estadual Dois Irmãos.

O presidente da Amupe sugeriu aos conselheiros uma pauta urgente que se sustenta em três pontos: aumento do limite para aterros sanitários de pequeno porte, passando de 20 toneladas para 35 ou 40; análise jurídica sobre o pleito e a instituição de um Grupo de Trabalho (GT) no Consema/PE para a definição dos critérios.

Em Pernambuco, segundo a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), 99 municípios possuem lixões e apenas 86 municípios destinam resíduos para aterros sanitários, ou seja, 46,48% dos municípios dão um destino correto a seus resíduos sólidos.

Ipem-PE: Prazo para verificação de táxis pelo com final de placa 9 encerra na próxima segunda-feira



O prazo para a verificação anual de taxímetro realizada pelo Instituto de Pesos e Medidas de Pernambuco (Ipem-PE) para táxis com final de placa nove encerra na próxima segunda-feira (30).

O taxista deve agendar o dia e hora para o seu atendimento através do site do Ipem-PE, e apresentar os seguintes documentos no ato da verificação: Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), certificado de verificação do Ipem-PE, GRU quitada, Termo de Permissão da Prefeitura atualizado e Certificado de Inspeção com cópia para os veículos que utilizam o GNV (Gás Veicular), e, nos casos de substituição do veículo, devem trazer também certificado de propriedade.

Petrolândia: Contrate Sandro Ramos para abrilhantar seu evento com músicas instrumentais

Divulgação/Sandro Ramos

Ministério da Cidadania lança concurso de vídeo para jovens de 12 a 18 anos

Edital #amorpelobrasil vai oferecer R$ 2 milhões para produções de todo o país

Com o objetivo de incentivar jovens de todo o Brasil a exercerem a criatividade, mostrarem seus talentos e darem um primeiro passo em um dos setores que mais crescem no mundo, o audiovisual, o Ministério da Cidadania lança o edital #amorpeloBrasil. Ao todo, serão premiados 351 vídeos produzidos com celular por jovens de 12 a 18 anos de todos os estados do País e o Distrito Federal. As produções devem abordar iniciativas que contribuam para a melhoria de vida dos moradores de suas comunidades.

Cada um dos vencedores vai receber prêmios que variam de R$ 3 mil a R$ 20 mil. As inscrições seguem até o dia 12 de novembro e podem ser feitas por meio do site www.cultura.gov.br/amorpeloBrasil. O edital está publicado no Diário oficial da União de quinta-feira (26).

Vendedores de ilusão: Caso da usina nuclear em Pernambuco - Artigo de Heitor Scalambrini Costa

"Se a energia nuclear é cara, perigosa e poluente qual o motivo para instalar estas usinas em nosso país, no Nordeste brasileiro, ao lado do rio São Francisco?”

Uma forte ofensiva para a construção de novas usinas nucleares do país tomou fôlego no atual governo. Principalmente pelo fato de quem está a frente do Ministério de Minas e Energia é um almirante da marinha brasileira, atuante na área nuclear, tendo sido coordenador do programa Brasil e França para construção de submarinos, inclusive 2 deles movido a energia nuclear.

Além disso, outro fator não declarado abertamente contribuiu para esta ofensiva, o grande interesse de setores militares-civis para que o Brasil tenha sua bomba atômica. Tecnologia não falta ao país para construção deste artefato bélico. A questão atual para ainda não contar com a bomba tupiniquim é de origem econômica, pois seria necessário tornar competitiva a extração do urânio e de toda cadeia produtiva associada. Com as 6 usinas nucleares previstas, aumentaria assim a demanda desde a extração, as diferentes industrias envolvidas no ciclo do combustível nuclear.

Pernambuco é a bola da vez para receber em seu território um complexo nuclear, composto por 6 usinas, com uma potência instalada de 6.600 MW, a um custo total de 30 bilhões de dólares. O município “escolhido” foi o de Itacuruba distante 470 km de Recife, na beira do Rio São Francisco. Conhecido como rio da Integração Nacional, banha 7 estados, beneficiando com suas águas mais de 500 municípios, com 20 milhões de nordestinos dependendo direta ou indiretamente deste grandioso rio e de sua bacia hidrográfica.

Luciana Santos: “Precisamos levar cada vez mais a consciência de gênero às pessoas”


Então governadora em exercício, Luciana Santos recebeu estudantes para discussão sobre empoderamento feminino (Fotos: Heudes Regis/SEI)

Piloto de motovelocidade, árbitra, cientista, professoras, estudantes e governadora em exercício. Essas foram as personagens principais de uma roda de conversa sobre empoderamento feminino que ocorreu na última quarta-feira (25.09), no Salão das Bandeiras do Palácio do Campo das Princesas. Luciana Santos recebeu a visita de representantes dos Núcleos de Gênero das escolas estaduais, que já somam 226 em Pernambuco, promovendo escuta e formação em busca de uma sociedade melhor. Na contramão do retrocesso nacional, o Estado é o único da Federação a possuir essa política nas escolas. Na discussão, temas como preconceito, conquistas na legislação, inversão de valores e até o parâmetro atual de felicidade da mulher.

“É uma maneira de valorizarmos um esforço que tem grande impacto na qualidade de vida das pessoas, porque o machismo é uma cultura muito perversa que causa sofrimento, depressão, violência e que mata. Então, precisamos fazer com que as pessoas adquiram a consciência desse fenômeno da opressão e da desigualdade que existe entre homens e mulheres”, afirmou Luciana Santos, ratificando sua fala com dados alarmantes. Segundo ela, 70% dos assassinatos de mulheres são motivados pelo machismo. “Precisamos dar visibilidade para que as pessoas assumam esse debate e reflitam sobre isso”, finalizou.

14ª edição da Super Mix consolida feira como uma das maiores no segmento no País

Evento chegou ao fim nesta quinta-feira (26), com recorde de 25 mil visitantes e uma movimentação financeira estimada em R$ 1 bilhão (Foto: Divulgação)

Com estandes lotados e confirmando as expectativas de público e de movimentação em negócios, a 14ª feira de negócios Super Mix chegou ao fim nesta quinta-feira (26), no Centro de Convenções de Pernambuco, tendo recebido o maior público de sua história: cerca de 25 mil visitantes. São empresários e consumidores que passaram por 148 estandes, ao longo de três dias.

O evento, considerado o maior do segmento no Norte/Nordeste do Brasil, movimentou em torno de R$ 1 bilhão. A realização é da Associação Pernambucana de Atacadistas e Distribuidores (Aspa) e pela Associação Pernambucana de Supermercados (Apes). Entre os patrocinadores, estão Camponesa, Aurora, Bunge, Banco do Nordeste, Mondelez, ADDiper, Serasa Experian e São Braz.

Para o presidente da Aspa, José Luiz Torres, o resultado da Super Mix em 2019 surpreendeu e segue o esboço de recuperação da economia brasileira após um grave período de crise. “Foi um sucesso absoluto, com expositores bastante contentes com os negócios fechados durante a feira, e também com a perspectiva de parcerias futuras, de outras negociações a serem efetivadas”, ressalta o atacadista.

A conexão proporcionada entre varejistas de Pernambuco e de outros Estados do Nordeste, como Paraíba, Alagoas e Sergipe, além das parcerias fechadas com representantes de empresas do interior de Pernambuco, estão entre os pontos positivos da feira, na opinião de João Alves Cavalcanti, presidente da Apes. “Foi uma edição excelente, com uma tendência de negócios futuros sendo consolidados, de boas negociações”, afirma o presidente da entidade. Ele aponta alguns dos destaques do evento, como os produtos de gêneros alimentícios e as novas tecnologias. “O Mercado Modelo inovou com o serviço de self checkout, enquanto empresas como a Prosegur trouxeram exemplos como o cofre eletrônico, que leva segurança aos estabelecimentos”, destacou.

Entre as empresas patrocinadoras da Super Mix, a São Braz foi uma das que comemorou a participação nos três dias de atividades. Walber Santos, diretor comercial da São Braz, celebrou com satisfação o oitavo ano consecutivo junto ao evento como patrocinadora. “O balanço de 2019 foi fantástico, porque recebemos muita gente do interior do Estado, de cidades como Limoeiro e Palmares. A preparação prévia, através das edições da Super Mix Itinerante, foi fundamental para este crescimento”, acredita Walber.

A São Braz lançou durante a feira produtos como a Batata Palha Temperada e a Batata Scrusch (frita ondulada, no sabor de barbecue), além do café Blend 53, com embalagem para atrair o público jovem, que está aprendendo a tomar cafés especiais.

Sócio-diretor da Ki-Caldo, Osmar Basso também reitera o lado positivo da Super Mix. “Para nós, é um momento de ampliar ainda mais a interação entre os clientes e os fornecedores. Confio no Brasil. Apesar dos altos e baixos que enfrentamos, é preciso seguir em frente”, defende Osmar, que lembra a tendência das pessoas em substituir os alimentos que consumiam antes, por outros cada vez mais saudáveis.

Neste ponto, o feijão continua sendo o carro-chefe da empresa, que aproveitou a Super Mix para lançar novidades como massa para tapioca, açúcar mascavo, ervilha e grão-de-bico.

Quem também elogiou o desempenho da Super Mix foi Luiz Kamarowski, um dos sócios da Lira Alimentos, de Mogi das Cruzes (SP), detentora de marcas como Charque Tropical, Ki Charque e Iguaçu Meat, de carne de charque, jerked beef e miúdos salgados secos.

“Fazia anos que não participava da feira e fiquei impressionado. Foi muito prestigiado, com estandes e corredores cheios. Para nós, que atuamos distribuindo nosso próprio produto e acabamos de inaugurar um novo centro de distribuição em Maceió, é uma responsabilidade muito maior e muito bom participar de eventos como este”, afirmou Luiz.



--

Mia Comunicação

Mais de 20 municípios pernambucanos estão aptos a aderir ao programa Criança Feliz


Em Pernambuco, 23 cidades estão elegíveis a aderir ao Criança Feliz, programa que busca ampliar e fortalecer a rede de atenção e o cuidado integral às crianças na primeira infância. Lançado em 2016 pelo Governo Federal, a iniciativa visa acompanhar através de visitas domiciliares o desenvolvimento de crianças de 0 a 6 anos de idade e facilitar o acesso delas, de suas famílias e das gestantes às políticas e serviços públicos de saúde, educação, assistência social, cultura e direitos humanos.

Para aderir, é preciso que o município tenha Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) com registro no Cadastro Nacional do Sistema Único de Assistência Social (CadSuas) e pelo menos 140 pessoas do público prioritário do Criança Feliz. Com essas premissas, o gestor da assistência social deverá acessar o sistema Rede SUAS com seu CPF e senha, preencher o Termo de Adesão e encaminhá-lo para aprovação do Conselho Municipal de Assistência Social, documento que deverá ser inserido no sistema. No Estado, 160 cidades já aderiram à iniciativa.

Mulher vítima de violência doméstica terá direito a receber auxílio-doença



A decisão foi tomada na apreciação de um recurso interposto por uma vítima que teve seu pedido de afastamento do emprego negado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que o (INSS) deverá arcar com a subsistência da mulher que tiver de se afastar do trabalho para se proteger de violência doméstica.

A mulher, que tem o seu nome mantido em sigilo em razão de segredo judicial, mudou-se e deixou de comparecer ao emprego alegando que ainda se sentia insegura, mesmo depois da aplicação de medidas protetivas. Ela sofria ameaças de morte de seu ex-companheiro.

A Tristeza no Anhangabaú - Artigo de Fernando Rizzonlo



Ainda me lembro de que há anos, quando passava uns dias em Porto Alegre, alguns gaúchos amigos me perguntavam com frequência o que era esse tal de “Anhangabaú” de que tanto ouviam falar nos noticiários, como referência ao centro de São Paulo.

Tentei explicar de forma simplista que era um nome indígena dado a um vale que existia no centro da capital paulistana. Na realidade, “Anhangabaú” é palavra em tupi-guarani que significa “rios dos malefícios do diabo”. Os indígenas acreditavam que as águas do riacho Anhangabaú provocavam doenças físicas e espirituais.

Em quase todas as cidades há folclore, elementos que ajudam a contar a história do lugar, e o Anhangabaú não foge à regra. E foi caminhando numa tarde de segunda-feira que me deparei com uma multidão, por volta de mil pessoas, muitas deitadas no chão, outras chorando e contando histórias aos que estavam ao seu lado numa fila interminável. Muito sutilmente, procurei me aproximar de um idoso na fila, que mais parecia um morador de rua, pois estava deitado no velho e famoso “papelão de chão”, utilizado pelos moradores de rua na capital para diminuir o impacto do frio que existe entre o chão e seu corpo.

Petrolândia: Blog de Assis Ramalho parabeniza os aniversariantes amigos do Facebook deste sábado, 28 de setembro; veja lista


Mudam de idade hoje (Sábado 28 de setembro de 2019) e queremos aqui dedicar este dia especial a Cleidinha Santos , Vinicius Pereira , Dani Barros, Elissandro Vieira , Fran Rodigue, Rejane Santos , Josabeth Julia, Ildemir Andrade, Jonatas Silva , Jeovanio Rezende, Clecia Keka, Thayna Lisboa, Jocelma Porfirio e Amanda Xavier

Veja abaixo fotos de aniversariantes de hoje que compõe o Grupo dos 5 mil amigos de Facebook do Blog de Assis Ramalho

Petrolândia: XI Encontro dos Filhos e Amigos de Petrolândia acontece neste sábado (28) na Casa de Show Velho Chico; reserve sua mesa!


O XI Encontro de Filhos e Amigos de Petrolândia será realizado neste sábado, 28 de setembro de 2019, na Casa de Shows Velho Chico. O evento será animado pela Banda SUPER OARA. Também terá a participação da cantora Jhenifer Melo.

Mesas à venda - Zé Sandes (87 - 9.9610-8555
Karina/Romeu - 87 - 9.9955-0875
Nazareth/Miguel - 87 - 9.9635-9811

Redação do Blog de Assis Ramalho
Informação: Júnior Biu - Presidente do Lions Clube de Petrolândia

Em Audiência no Congresso Nacional, Mychel Ferraz defende Expansão da Agricultura Irrigada com uso Sustentável da Água




No último dia 26 o coordenador de Desenvolvimento Regional do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Mychel Ferraz participou de Audiência no Congresso Nacional, onde fez defesa da Expansão da Agricultura Irrigada com uso Sustentável da Água  fomento e expansão da agricultura irrigada  ..

Em rede social, o Coordenador florestano destacou a importância da Audiência no Congresso Nacional.

Na quinta-feira (26), pela manhã no Congresso Nacional, participamos da Audiência Pública na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. Nossa participação teve foco nos Desafios e Oportunidades da Irrigação no Campo. Explanamos a experiência do MAPA no uso dos intrumentos: Assistência Técnica, Credito e Pesquisa para o fomento e expansão da agricultura irrigada; e, o aprimoramento do manejo das áreas já irrigadas; com vistas assegurar a elevação da produção e da produtividade, uso racional da água e a agregação de valor da agricultura brasileira. Nosso maior desafio, nos próximos 25 anos, é produzir 80% dos alimentos para atender a necessidade humana provinientes de cultivos irrigados.

Por Assessoria de Comunicação
Mychel Ferraz - Coordenador de Desenvolvimento Regional do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA)

Jatobá 24 anos: É aqui que os nossos sonhos se encontram - Por Climério Lima

É preciso reconhecer que avançamos bastante nesses 24 anos em relação aos problemas que enfrentavamos na Cidade Livre.

Há vinte e quatro anos esse outdoor na entrada da Vila Jatobá dizia: JATOBÁ TEM FUTURO. Fazia parte da campanha do plebiscito pela nossa emancipação.

Jamais deixei de acreditar nessa frase, mesmo diante dos quadros difíceis que fomos nos metendo ao longo do tempo, especialmente pelas escolhas erradas que fizemos.

É preciso reconhecer que avançamos bastante nesses 24 anos em relação aos problemas que infrentavavamos na Cidade Livre. Claro que é triste o fato de não termos bancos, os correios quase não funcionarem e termos retrocedido em vários outros campos, como por exemplo a questão cultural, mas é preciso entender que um conjunto de fatores contribuíram para chegarmos aonde chegamos.

Precisamos identificar esses erros e corrigí-los porque, apesar de não parecer, nossa cidade tem jeito é muito jeito.

Porém, para encontrarmos esse jeito, é preciso EMANCIPARMOS Jatobá novamente.

Precisamos nos emancipar dos votos vendidos, dos conchavos e apoios escusos em troca de cargos, dos candidatos sem vínculo com a nossa história, dos vaidosos pelo poder, dos muitos lobos disfarçados em pele de cordeiro que vivem a nos rodear.

A tarefa não é simples, mas emancipar, há vinte e quatro anos também parecia uma montanha intransponível e os jatobaenses se juntaram e conseguiram.

É preciso despertar em cada um de nós uma energia capaz de crermos no futuro novamente, resgatar, quem sabe, a esperança dos tempos da Cidade Livre que pulsava mesmo nas grandes dificuldades.

Fui a um evento certa vez, quando estava secretário de educação e me perguntaram como Jatobá poderia se desenvolver entre as gigantes Paulo Afonso e Petrolândia? Respondi que o melhor do sanduíche está no meio e que se fizermos a coisa certa, temos potencial para dependermos o mínimo possível dessas cidades.

Contudo, enquanto a crença no futuro ainda vai surgindo tímida, nos resta dizer: Parabéns Jatobá pelos 24 anos!

Que sejamos capazes de fazer da nossa cidade tudo o que sonhamos e que seja esse o lugar no mundo onde os nossos sonhos se encontram.

Climério Lima

Conta de energia vai ficar mais barata em outubro


A conta de luz dos brasileiros ficará mais barata em relação aos últimos meses a partir de terça-feira (1º), com a implantação da bandeira tarifária amarela, informou nesta sexta (27) a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Com isso, a cada 100 kWh (quilowatts-hora consumidos) serão acrescentados R$ 1,50 à fatura das famílias. Neste mês de setembro, está valendo a bandeira vermelha 1, que acrescenta R$ 4 a cada 100 kWh. Em agosto, também foi acionada a mesma tarifa.

Segundo a agência, a medida foi adotada porque outubro é um mês de transição entre a estação seca (inverno) e o período úmido (primavera e verão) e, por isso, a previsão para os níveis dos reservatórios é positiva.

BANDEIRAS (criadas em 2015, sinalizam o custo real da energia):

- Bandeira verde: tarifa não tem acréscimo;
- Bandeira amarela: tarifa tem acréscimo de R$ 1,50 para cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos;
- Bandeira vermelha 1: tarifa tem acréscimo de R$ 4 para cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos;
- Bandeira vermelha 2: tarifa tem acréscimo de R$ 6 para cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos.

Fonte: Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica)


Da Redação do Blog de Assis Ramalho

Saiba quem recebe a pensão por morte do INSS por toda vida - Por Dr José Luiz Neto


Os pensionistas do INSS têm direitos garantidos por lei. Entre eles está o de receber a pensão por toda a vida, caso tenham mais de 44 anos de idade na data de início do benefício.

A regra foi instituída em 2015, na minirreforma previdenciária de Dilma Rousseff. Outro benefício garantido atualmente é o de acumular a pensão com a aposentadoria.

Hoje, a viúva pode receber as duas rendas, de forma integral. Com a reforma da Previdência, a regra vai mudar. O acúmulo ainda será permitido, mas haverá um redutor sobre o benefício que for menor.

Além disso, a reforma vai alterar o percentual da pensão para quem ficar viúva ou viúvo depois da mudança na regra. O benefício será de 50% da média salarial do segurado que morreu mais 10% por dependente.

O pensionista tem direito aos atrasados da espera pelo benefício. Eles podem ser maiores ou menores, dependendo da data do pedido. A lei 13.846, de 18 de junho deste ano, alterou os prazos.

Quem tem mais de 16 anos deve solicitar a pensão em até 90 dias após a morte do segurado. Com isso, recebe os atrasados desde o falecimento.

Caso contrário, os retroativos serão pagos, mas com base na data do pedido e não na da morte. É importante lembrar que o direito à pensão não prescreve, ou seja, ela pode ser solicitada a qualquer tempo.

No caso dos menores de 16 anos, a nova lei determina que eles devem pedir a pensão em até 180 dias para receber os atrasados desde a data morte. Caso contrário, recebem um valor menor, desde o pedido. Neste caso, a lei não é benéfica, pois criou um prazo que não existia.

O prazo para pedir a revisão do benefício do INSS caso tenha ocorrido algum erro que diminuiu a renda é de até dez anos. Esse limite, chamado de prazo decadencial, vale para aposentadorias e pensões.

*JOSÉ LUIZ NETO. É advogado Do Escritório
Luiz Neto Advogados Associados
www.luiznetoa.dv.br / advluizneto@gmail.com

Fonte: FOLHA / INSS.

Riquezas da Caatinga serão destacadas na Câmara Federal na terça-feira (1º/10)


Na próxima terça-feira (1º), estudiosos do ecossistema do bioma Caatinga e em Mudanças do Clima, como os da Rede Nacional de Pesquisadores (Ecolume), coordenada pelo Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), darão visibilidade à biodiversidade e às oportunidades socioeconômicas para as populações sertanejas durante a audiência pública na Câmara Federal, intitulada Riquezas e Potencialidades da Caatinga. A iniciativa é dos parlamentares Túlio Gadelha, Tadeu Alencar e Rodrigo Agostinho.

O encontro reunirá especialistas que vêm realizando trabalhos no tema. A gestora do Ecolume, Francis Lacerda, do Laboratório de Mudanças Climáticas do IPA, será uma palestrante convidada. A audiência iniciará às 14h, no plenário 8, anexo II, da Câmara dos Deputados. O debate será feito pela Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Casa, presidida por Rodrigo Agostinho (PSB-SP), em conjunto com as Comissões de Direitos Humanos e Minorias, e de Cultura.

Para o deputado Agostinho, passou da hora da Caatinga ser valorizada. “As pessoas lembram da Amazônia e do Cerrado. A Caatinga, por sua vez, presente em 11% do território do País, em oito estados do NE e em MG, precisa de reconhecimento também. É um dos mais importantes do Brasil. Tem diversidade sociocultural e biológica gigantesca e necessita de ter a sua legislação específica. Vamos fazer um debate de alto nível, aprofundar as discussões e trazer políticas públicas para o bioma”, fala.

“Será uma oportunidade de redescobrirmos as riquezas do Sertão”, diz a professora da UFPE, Márcia Vanusa, integrante do Ecolume, estudiosa da biodiversidade da Caatinga e suas potencialidades bioeconômicas. O espaço será oportuno para mostrar parte das riquezas e potencialidades do bioma. E tais questões se ampliam, como diz Francis, se observadas pelos ângulos promissores e demandados pelos efeitos das mudanças do clima sobre uma região com uma das maiores incidências solares do mundo, bem como com uma biosfera adaptada e populações resilientes.

“Como nordestino, tenho uma atenção especial à Caatinga, que é um patrimônio biológico e corresponde a 70% da região NE. E diante das alterações do clima que afetam a todos, precisamos discutir e encontrar soluções para o controle do aquecimento global, o acesso à água e saneamento, a bioeconomia e, consequentemente, a sustentabilidade hídrica, elétrica e alimentar da população”, diz o deputado Túlio (PDT-PE).

Foi com base nessas questões que o Ecolume foi criado no final de 2017, financiado pelo CNPq, do Ministério de Ciência e Tecnologia. Atua em quatro frentes de ação na Caatinga para mitigação e adaptação aos efeitos das mudanças do clima. São elas: energética, alimentar, hídrica e bioeconômicas. E é formada por cientistas de dezenas de instituições federais, estaduais e locais, a exemplo da UFPE, Embrapa e dos Institutos nacionais de Pesquisas Espaciais (Inpe) e do Semiárido (Insa).

Dentre as tecnologias em desenvolvimento pelo Ecolume, destaca-se o primeiro protótipo de sistema agrovoltaico no Brasil, instalado no Sertão do Moxotó pernambucano. A rede tem demonstrado oportunidades que se abrem no Sertão em tempos de mudanças do clima, através das riquezas do bioma, com destaque ao sol em abundância e à adaptação milenar da vegetação local às altas temperaturas e solos e clima secos do semiárido, bem como uma população resiliente e culturalmente rica.

“Pode haver sim um ciclo virtuoso na Caatinga, desde que haja proteção do bioma enquanto prioridade nacional e com políticas públicas, como defende o presidente da Comissão de Desenvolvimento Sustentável da Câmara Federal”, realça Francis, meteorologista, mestra em climatologia e doutora em Recursos Hídricos. A implantação do sistema agrovoltaíco pode ser uma boa solução, por exemplo. A tecnologia pioneira e de baixo custo produz energia elétrica consorciada com alimento de forma sustentável e circular, mantendo o bioma preservado, potencializando a produção de energia e agricultura familiar, racionalizando o uso da água.

Por Assessoria de Imprensa Ecolume/IPA

Jatobá: Neste sábado (28) acontecerá seletiva categoria de base com equipe de Fernando Sanches no Estádio do Adecita


Neste sábado (28) acontecerá seletiva categoria de base com equipe de Fernando Sanches no Estádio do Adecita das 08hs as 14hs. O evento contará com a presença do atleta e olheiro Mário Vitor e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Jatobá, Prefeita Goreti Varjão, Itomar Varjão e Edísio Bezerra.

Por Portal Jatobá 

Caravana do 13º do Bolsa Família estará no Sertão do São Francisco, Itaparica, Central, Moxotó, além da Zona da Mata Norte e Mata Sul, a partir de segunda (30/09)




A Caravana do Bolsa Família volta a circular pelos municípios pernambucanos na próxima semana. A partir de segunda-feira (30), as equipes da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude estarão presentes em municípios do Sertão do São Francisco, Itaparica, Central, Moxotó, além da Zona da Mata Norte e Mata Sul. O próximo ciclo de encontros visitará 19 cidades até o dia 04 de outubro.

A primeira cidade a receber a caravana é Santa Maria da Boa Vista, no Sertão de São Francisco, na próxima segunda-feira, às 9h, na Quadra da Escola Municipal Prefeito Barrinho. No mesmo dia, às 15h, o município de Orocó também recebe informações do programa estadual. O encontro será no Centro de Atividades.

Nos encontros realizados, o Governo de Pernambuco, por meio da SDSCJ, repassa todos os detalhes do programa estadual para beneficiários e técnicos que lidam diretamente com o público do Bolsa Família com o objetivo de esclarecer a população sobre o iniciativa.

O 13º do Bolsa Família é uma iniciativa da gestão estadual que vai conceder anualmente uma parcela extra do benefício de até R$ 150,00. Atualmente, 1.178.788 famílias pernambucanas são atendidas pelo Bolsa Família, o que representa 36% da população do Estado. Com isso, a gestão estadual irá injetar cerca de R$ 175 milhões na economia por ano.

Para quem recebe abaixo de R$ 150,00, o programa estadual prevê a ampliação do valor através da inserção do CPF na Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica – NFC-e. Essa norma já está em vigor desde o dia 29 de março e é válida para os 14 mil estabelecimentos credenciados com nota fiscal eletrônica. O período de apuração vai até 31 de janeiro de 2020. Para participar do Programa, não será necessário fazer inscrição ou adesão, basta ser beneficiário do Bolsa Família e estar regular com as exigências do Programa Federal.

Assessoria do Governo de Pernambuco


Da Redação do Blog de Assis Ramalho

'Vamos vender tudo', diz Onyx sobre privatizações de estatais


Em palestra direcionada a empresários na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul, nesta sexta-feira (27), o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, voltou a defender o plano de privatizações de estatais do governo federal.

"Nós temos, hoje, 22 empresas estatais em processo de privatização. A tese é o seguinte: cabe ao estado prover a defesa, a segurança, a saúde em parceria com a sociedade, a educação, e ponto final. O resto, quem tem que fazer, são os brasileiros e as brasileiras. E nós vamos vender tudo, devolvendo à sociedade brasileira o que é dela", disse, sendo interrompido por aplausos do público presente.

No dia 26 de agosto, o governo federal anunciou o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) para privatizar nove empresas estatais. Segundo Onyx, o Brasil possui R$ 1,4 trilhão em carteira. Nesta sexta, ele afirmou que o governo, até o fim do ano, deve realizar leilões de rodovias, empresas de energia, comunicação, óleo e aço.

Na sequência, mencionou a importância, do ponto de vista do governo, em vender as empresas estatais, adotando uma postura inversa à política dos governos anteriores.

"Porque, Deus nos livre!, mas o dia que eles (PT) voltarem, eles não vão ter nada para parasitar, porque vai estar tudo vendido", acrescentou.

O ministro ainda defendeu o acordo de livre comércio entre Mercosul e UE, Reforma da Previdência e Lei da Liberdade Econômica como medidas importantes para manter a estabilidade e fortalecer a economia do país.

O ministro-chefe também participou de uma visita à Universidade de Caxias do Sul (UCS), ao Hospital Tachini, em Bento Gonçalves, e encerrará a agenda no estado em um jantar comemorativo oferecido pelos 30 anos da Vinícola Miolo.

Por Greici Matos, RBS TV e G1 RS

Gasolina e diesel voltam a subir nos postos após altas da Petrobras nas refinarias


Os preços médios do diesel e da gasolina voltaram a avançar nos postos brasileiros ao longo desta semana, após três altas praticadas neste mês pela Petrobras nas refinarias em ambos os combustíveis, mostraram dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nesta sexta-feira.

O preço médio do diesel, combustível mais comercializado do Brasil, teve uma alta de 2,5% nesta semana, ante a anterior, para 3,67 reais por litro. Já o da gasolina avançou 1,2% no período, para 4,368 reais por litro. O etanol teve alta de 0,9%, para 2,87 reais por litro.

Nesta sexta-feira, a Petrobras elevou a gasolina em 2,62% nas refinarias, após uma outra alta de 3,5% que havia ocorrido na semana passada. Ambas as altas ocorreram após instalações da saudita Saudi Aramco terem sido alvo de ataques, em um movimento que impulsionou os preços globais de petróleo.

O diesel havia sofrido um aumento de 4,16% em 19 de setembro e de 2,52% em 13 de setembro. Antes disso, os dois combustíveis passaram por altas no início do mês.

Os repasses dos ajustes no preço dos combustíveis da Petrobras nas refinarias para ao consumidor final, nos postos, dependem de diversos fatores, como impostos, margens de distribuição e revenda e mistura de biocombustíveis.

Já as cotações da estatal nas refinarias têm como base a paridade de importação, formada pelos preços internacionais mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo, além de uma margem que cobre os riscos.

G1