Web Radio Petrolândia

quarta-feira, 12 de março de 2014

Petrolândia: Termina greve dos professores e aulas são reiniciadas nesta quinta, dia 13


Foi confirmado no início da noite desta quarta-feira, 12, o fim da greve dos professores da rede municipal de Petrolândia, no Sertão de Itaparica.

A paralisação por melhores salários e condições de trabalho, entre outras reivindicações foi deflagrada em assembleia da categoria, realizada no dia 20 de fevereiro. O movimento foi encerrado após negociações que aconteceram em reunião na Câmara de Vereadores, nessa terça (11), entre os representantes dos professores e o prefeito Lourival Simões, com a participação dos vereadores.

Conforme informação da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Educação, as aulas voltam ao normal nesta quinta-feira, dia 13.

Notícias relacionadas(clique para ler)
>Servidores da educação de Petrolândia entram em greve por tempo indeterminado
>Professores em greve realizam passeata e apitaço no centro da cidade
>Em greve há nove dias, professores realizam novo protesto no centro da cidade

Redação do Blog de Assis Ramalho
Foto: Assis Ramalho

SINTAG-PE e IF Sertão promovem 4º Encontro Estadual de Técnicos Agrícolas e Ex-Alunos no dia 3 de maio

Fonte: SINTAG-PE

Petrolândia: CLD anuncia seleção para assessor de crédito do Crediamigo no início de abril


A Agência de Empregos CLD, de Petrolândia, comunica que haverá seleção para assessor de crédito do Crediamigo na primeira semana do mês de abril.

Os interessados devem entregar currículos na Agência de Empregos CLD, na SEDETUR, com Neguinha ou Carlenildo, ou na Agência do BNB em Floresta.

O assessor de crédito do Crediamigo trabalha no acompanhamento do crédito e na prospecção de novos negócios.

CLD Agência de Empregos e Empreendimentos Turísticos oferece serviços de turismo, cursos profissionalizantes, segurança particular, serviços de assessoria e recursos humanos, conserto e manutenção de micros, seleção e recrutamento de mão-de-obra, eventos, publicidades, conveniência, currículos, xerox, digitações, de documentos, passagens aéreas e pesquisas no Internet.

CLD Agência de Empregos e Empreendimentos Turísticos ME
Rua Maria Gomes da Costa, 177, em frente à Praça da Quadra 12
Petrolândia (PE)
Telefone/Celular: (087) 9999-8654, 9633-9518 e 3851-1809
E-mail: agenciadeemprego_cld@hotmail.com
carlenildogabriel1@hotmail.com


Redação do Blog de Assis Ramalho
Informações: Carlenildo Gabriel/CLD Agência de Empregos

Marco Civil da Internet: e eu com isso?

Entenda o que muda na sua vida com a aprovação deste projeto.

Nas próximas horas, uma batalha decisiva pelos seus direitos na internet será travada no Congresso Nacional. O Marco Civil da Internet (PL 2126/2011) será votado de forma pioneira no Brasil, definindo as regras de um jogo que está sendo debatido e disputado em todo o mundo.

A reportagem é de Pedro Ekman, publicada em Carta Capital.

De onde veio isso?

Esse não é um projeto só do governo brasileiro, ele foi construído coletivamente definindo direitos e deveres dos cidadãos e empresas na internet. O enorme esforço de diversos setores da sociedade deu forma ao projeto com o maior consenso possível para a garantia dos principais direitos civis na internet.
1. Liberdade de expressão

O que acontece hoje?

Hoje, o que você escreve na rede pode ser eliminado sem qualquer chance de defesa. A velha e boa censura, que aterrorizou o país durante a ditadura militar, é uma prática corrente na internet, com a diferença que não é mais necessário um órgão especializado do Estado autoritário para se retirar textos, imagens, vídeos e qualquer tipo de conteúdo do ar. Basta um telefonema, ou um email de quem não queira ver o conteúdo divulgado. A falta de leis que se refiram à internet cria uma insegurança jurídica para os sites que hospedam os conteúdos e, com o receio de serem responsabilizados pelo que foi publicado pelos seus clientes como se fossem eles mesmos os responsáveis, simplesmente retiram o conteúdo do ar. Isso faz, por exemplo, com que prefeitos que não gostam de críticas ameacem processar por difamação um provedor que hospeda um blog. Ou que corporações da indústria cultural notifiquem o youtube para retirada de conteúdos que utilizem obras protegidas por direito autoral .

Casa das Juventudes de Petrolândia entrega material didático do curso de Inclusão Digital

A Casa das Juventudes de Petrolândia, juntamente com a Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Juventude do município, realizou a entrega do material didático do curso de Inclusão Digital (Informática) aos jovens participantes da capacitação. 

Os jovens participam também de aulas práticas em laboratório de informática disponível na Casa das Juventudes.

Para ver mais fotos, clique aqui>Entrega de cartilhas Casa das Juventudes

Informações e fotos: Casa das Juventudes de Petrolândia

Petrolândia: Restaurante Donna Júlia anuncia rodízio de pizza para esta quarta-feira(12)

 

O Restaurante Donna Júlia, organização de Leonardo e Callynny, anuncia para esta quarta-feira (12), um especial de rodízio de pizza. São pizzas doces e salgadas com mais de dez porções para você se deliciar a partir das 19 horas.

O Restaurante Donna Júlia também oferece diariamente cardápio variado, com grande diversidade de massas, carnes, saladas, sobremesas etc, trabalhando com self-service, prato comercial e marmitas. Para conforto dos clientes, o ambiente é climatizado.

Restaurante Donna Júlia
Tempero diferente para seu dia a dia
Av. Djalma Wanderley, 397-B (pátio do Posto Rodrigás)
Petrolândia (PE)
Horário de funcionamento: Diariamente das 6h30 às 21h30, exceto domingos à noite.
Telefone: 87-3851-2121


Da Redação do Blog de Assis Ramalho 
Fotos: Assis Ramalho

Petrolândia: Ainda há vagas para os cursos gratuitos do Pronatec (IF Sertão). Inscrições até sexta, dia 14


José Mário Freire, do apoio acadêmico e administrativo do Pronatec (Polo Petrolandia), informa à comunidade de Petrolândia que há vagas remanescentes nos cursos gratuitos do Pronatec FIC (Formação Inicial e Continuada), ministrados pelo IF-Sertão, a serem realizados nesta cidade. 

Os cursos com vagas ainda disponíveis são:

* Agente de Desenvolvimento Cooperativista: 12 vagas
* Agricultura Familiar: 02 vagas
* Ovinocultor (criador de cabras e ovelhas): 22 vagas
* Recepcionista: 06 vagas
* Vendedor: 10 vagas

Há também cadastro reserva para todos os cursos.

Os candidatos interessados em fazer sua pré-matrícula devem comparecer até sexta-feira, 14 de março, à Secretaria de Desenvolvimento Social e procurar a servidora Sílvia, com a seguinte documentação: comprovante de residência (em Petrolândia), CPF, RG, Cartão do Bolsa Família, comprovante de escolaridade.

A aula inaugural dos curso será dia 19 de março, quarta-feira, no Auditório da Câmara Municipal, às 19h00, com a presença de autoridades do município e representantes do IF Sertão - Caampus Floresta e alunos matriculados.

Informações: José Mário Freire (apoio acadêmico e administrativo Pronatec/Polo Petrolandia)

Para ampliar acesso à água, famílias do semiárido vão receber cisternas calçadão e de enxurrada



Famílias dos nove estados do semiárido brasileiro vão receber cisternas para ampliar o acesso à água destinada à produção de alimentos e criação de pequenos animais.

Em julho de 2013, a Fundação Banco do Brasil (FBB) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) formalizaram convênio para a construção de 6 mil unidades de cisternas calçadão e a mesma quantidade de cisternas de enxurrada nos estados do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, da Paraíba, de Pernambuco, Alagoas, Sergipe, da Bahia e de Minas Gerais. O BNDES destinou R$ 126 milhões para o projeto.

Segundo a FBB, serão usadas tecnologias sociais (técnicas ou produtos desenvolvidos na interação com a comunidade e que representem efetivas soluções de transformação social) reaplicadas para captação de água da chuva. Os dois modelos de cisternas captam água da chuva, têm capacidade de armazenar até 52 mil litros de água e são construídas perto da casa das famílias. A cisterna enxurrada deve ser instalada no caminho por onde passa a enxurrada, enquanto a calçadão é um pouco maior para captar água em áreas em declive.

Petrolândia: Em entrevista a Assis Ramalho, Pe. Giovanni fala do sentimento de gratidão ao se despedir da paróquia local

Padre Giovanni Malacrida
Padre Giovanni em entrevista a Assis Ramalho
Foto: Sizenando Alves

O padre Giovanni Malacrida deixou oficialmente a Paróquida de São Francisco de Assis, em Petrolândia, na manhã no último domingo (09), com a chegada do seu substituto, Padre Fernando. A missa celebrada por Dom Gabriel, bispo da Diocese de Floresta, na Igreja Matriz de Petrolândia marcou a transição de párocos. 

Às vésperas de sua transferência para a Catedral de Floresta, padre Giovanni foi entrevistado por Assis Ramalho. Confira a entrevista abaixo. 

Assis Ramalho: Padre Giovanni, o senhor está de partida para a cidade de Floresta, deixando Petrolândia após mais de dez anos. O que o senhor sente neste momento?

Padre Giovanni: O que eu estou sentindo neste momento, sem dúvida, é um sentimento de gratidão. A bênção ao povo de Petrolândia por ter me recebido tão bem durante esses mais de dez anos, e para mim não está sendo fácil deixar uma caminhada onde eu fiz muitos amigos. Pelo outro lado, eu entendo o povo, que lamenta a minha saída, assim como eu também sinto em ter de deixar Petrolândia. Mas eu estou encarando tudo isso com uma certa serenidade, porque o bispo, Dom Gabriel (Diocese de Floresta) precisava desta tranferência e eu entendi que era a vontade de Deus que houvesse esta transferência, e a gente tem que aceitar com naturalidade e viver esse novo momento da minha vida.

Assis Ramalho: Padre Giovanni já chegou a derramar algumas lágrimas, após a definição da transferência?

Padre Giovanni: (Risos) Eu tenho tentado me segurar, mas eu tenho visto que muitas outras pessoas manifestaram sentimentos por mim, que é uma coisa bonita, porque são sentimentos de coração, de atenção e de agradecimentos. E isso é muito bonito.

Assis Ramalho: O senhor considera que foram dez anos de afinidade com o povo de Petrolândia?

Padre Giovanni: Se foi de afinidade eu não sei, porque quem deve dizer isso é o povo, mas eu sei que foram mais de dez anos, onde eu consegui lidar bem com todos, e durante esse tempo eu tive uma experiência muito positiva. Por isso, eu agradeço a Deus por ter me colocado aqui, em Petrolândia, e ter conhecido tantas pessoas boas, pessoas verdadeiras.

Assis Ramalho: Um padre, é claro, tem sentimentos iguais a outras pessoas. O que mais mexeu no coração, no sentimento de Padre Giovani: o dia em que deixou a sua cidade, sua família na Itália para vir para o Brasil, precisamente para o Rio de Janeiro, o dia em que teve de deixar o Rio de Janeiro para vir para Petrolândia, ou agora, que o senhor está saindo de Petrolândia para a cidade de Floresta?

Padre Giovanni: Essa pergunta é muito difícil pra mim responder. Mas eu sempre vivi esses momentos de separação, no caso de minha família, da minha terra, com muita tranquilidade, apesar de ser difícil. Graças a Deus, Deus me deu um temperamento que não tem me deixado muito sofrido e dolorido. Quando eu saí de lá (da cidade de Bormida, na Itália), foi uma escolha que eu fiz, é claro, de acordo com o bispo de lá. Depois, quando eu achei nescessário deixar a experiência do Rio de Janeiro, eu também saí com muita serenidade. Lá eu passei 13 anos, onde também fiz grandes laços de amizades, inclusive continuo mantendo com alguns até hoje. E agora, eu saiu daqui (de Petrolândia), também com serenidade, mesmo sentindo um pouco, porque você corta, eu diria, que não a amizade, mas os laços do dia a dia. Mas eu estou indo para uma cidade que fica perto de Petrolândia, diferente de quando eu saí da Itália para o Rio de Janeiro, e do Rio de Janeiro para Petrolândia, que foi de uma grande distância de uma para a outra.

Assis Ramalho: Já fez visita ao povo de Floresta, onde o senhor vai passar a conviver a partir de agora?

Padre Giovanni: Eu já estive em Floresta várias vezes, mais ainda não conheço. Sinceramente eu não sei como vai ser. O que eu sei é que vai ser um recomeço, onde eu vou conviver em Floresta com um outro padre, e eu espero que a gente possa ter um bom entrosamento. É evidente que nos primeiros dias a gente vai procurar escutar as pessoas, comhecer, e em conjunto, com o padre Nando, ver o que fazer para melhora de todos.

Assis Ramalho: Gostaria que o senhor deixasse uma mensagem para o povo de Petrolândia.

Padre Giovanni: Que o povo de Petrolândia continue levando adiante o caminho que tentamos fazer juntos nesses anos. Inclusive, eu peço que acolham bem esse novo padre que está chegando, que é o padre Fernando, que junto com o padre Antônio, vão assumir os trabalho aqui na Paróquia. E que o povo seja bom com eles assim como foi comigo. É claro que vai ficar um pouco de saudade de mim, mas que não vivam de saudades. Vivam sabendo que a vida continua e que o mais importante não é padre Giovanni, padre Antônio nem padre Fernando, o importante é que todos sigam o caminho de Cristo, porque ele é o verdadeiro ideal, ele é o verdadeiro pastor, e nós somos pequenos instrumentos que podemos ajudar na caminhada dos outros.

Assis Ramalho: Muito obrigado pela atenção com a nossa reportagem, muito obrigado por tudo que o senhor fez pela comunidade de Petrolândia, parabéns pelo seu carisma e pela sua simplicidade, e quem sabe um dia o senhor possa a voltar a ser padre aqui na nossa cidade. Também desejo boa sorte para o senhor em sua nova jornada na cidade de Floresta.

Padre Giovanni: Na verdade, não é muito comum um padre voltar para um lugar onde já esteve, mas fica aberta essa possibilidade. Eu também quero agradecer de todo coração a você, Assis, por sua simpatia, por sua amizade. Eu estou deixando esta paróquia, mas levo no coração os amigos de verdade e a amizade continua. Muito obrigado.

Assis Ramalho: Mas se o senhor for chamado para voltar a celebrar uma missa aqui em Petrolândia, por exemplo, durante a festa do padroeiro São Francisco de Assis, o senhor vem?

Padre Giovanni: Se o convite chegar, eu venho correndo.

Padre Giovanni recebeu o Título de Cidadão Honorário de Petrolândia, no dia 22 de fevereiro de 2013.

Notícias relacionadas(clique para ler)
>Petrolândia: Missa de despedida de padre Giovanni é marcada por emoção dos fiéis
>Petrolândia: Padre Giovanni Malacrida e Sizenando Alves recebem títulos de "Cidadão Honorário" da cidade 

Prefeitura de Floresta promove Campanha de Vacinação Contra o HPV

Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Floresta

Petrolândia: MPPE instaura Inquérito Civil para apurar denúncia de irregularidades em licitação


O Ministério Público de Pernambuco, representado pela Promotora de Justiça Sarah Lemos Silva, da Comarca de Petrolândia, expediu a Portaria 005/2014, em que é instaurado Inquérito Civil para apurar denúncias de irregularidades apresentadas pelo vereador Rogério Gomes de Sá (Rogério Novaes) contra a Prefeitura Municipal de Petrolândia, em referência à compra de carteiras escolares para escolas do município à Delta Produtos e Serviços Ltda, no valor de R$ 721.240,00, mediante processo de inexigibilidade de licitação.

A Delta Produtos e Serviços representa a Desk Móveis Escolares e Produtos Plásticos, fabricante do mobiliário padronizado adotado para as escolas de Petrolândia.

Para ver o documento na íntegra>MPPE Inquérito Civil

Redação do Blog de Assis Ramalho
Informações: MPPE

Professores exonerados de Inajá fazem ato em frente ao TCE

Foto: Hélia Scheppa/JC Imagem


Munidos de faixas com ataques à gestão do prefeito Leonardo Martins (PSDB), cerca de 100 pessoas, profissionais concursados da área de Educação exonerados no ano passado, protestam no começo da tarde desta terça-feira contra perseguição política no município de Inajá, Sertão do Moxotó.

Ao todo, 317 concursados alegam terem sido exonerados por decreto logo depois que a nova gestão assumiu, em fevereiro do ano passado. Conseguiram liminar Justiça para voltarem aos postos, mas foram surpreendidos com novo desligamento.

Em todo ano passado, segundo o coordenador-geral do Sindicato dos Profissionais do Magistério das Redes Municipais de Pernambuco (Sinduprom-PE), Josenildo Vieira, os profissionais só receberam apenas quatro meses de salário. "Estão sem 13º, férias, nada, desde novembro", acrescentou. Os manifestantes terão uma audiência às 14h30 no Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE).

Fonte: Jornal do Commercio