domingo, 3 de setembro de 2017

Inscrições para o Desafio Município Inovador são encerradas dia 6

O prêmio, que abrange profissionais de todos os municípios pernambucanos, seleciona ideias inovadoras na área da educação

Foram prorrogadas, até o dia 6 de setembro, as inscrições para o Desafio Município Inovador. Promovido pela Escola de Inovação e Políticas Públicas (EIPP), instituição vinculada à Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), o prêmio seleciona ideias inovadoras para melhorar e resolver problemas na área de educação.

A participação abrange os profissionais de educação, entre professores, diretores e gestores municipais de todas as cidades de Pernambuco. O projeto selecionará as 15 melhores propostas e oferecerá às equipes workshops com especialistas em políticas públicas. Ao final da seleção, o plano que mais se destacar em inovação será premiado com o equivalente a R$ 100 mil em cursos, capacitações, oficinas e consultorias para o desenvolvimento e a implementação do projeto.

Petrolândia: A Boutique do Bode tem cortes especiais de caprinos e ovinos. Confira a tabela de preços.


A Boutique do Bode, localizada na Av. Auspício Valgueiro Barros, 490, na Quadra 10 de Petrolândia, próximo ao Atacado Sanfrancisco, tem cortes especiais de caprinos e ovinos. Costela desossada, vazio, filé, guisado, buchadinha, rins e muito outros cortes, comercializados diretamente do produtor para o consumidor. 

Na Boutique do Bode a carne é de animais de confinamento, com alta qualidade, e a higiene é prioridade. Os cortes são embalados a vácuo.

Confira a Tabela de Preços da Boutique do Bode (setembro/2017)

Carne CAPRINA/OVINA
*Quarto/ banda - 15,00 (kg)
* Fígado - 10,00 (unid.)
*Espetinho - 2,20 (unid.)
*Carne para guisar - 14,00 (kg)
*Bucho/tripa - 10,00 (kg)
*Costela desossada - 20,00 (kg)
*Retalhada sem osso - 26,00 (kg)
*Pernil - 20,00 (kg)
*Pururuca - 17,00 (kg)
*Picanha - 28,00 (kg)
*Osso para pirão - 3,00 (kg)

Mais informações: 87 99946-3912.

Boutique do Bode

Maior açude do Ceará, Castanhão chega a menor volume de sua história

Vista geral do canal de transposição do Açude Castanhão, no Ceará (Foto: Divulgação/Ministério da Integração Nacional)

Maior açude público de usos múltiplos do Brasil, o Castanhão, no Ceará, chegou esta semana ao volume mais baixo de toda a sua história. Atualmente, o reservatório mantém 4,46% de toda a sua capacidade de 6,7 bilhões de metros cúbicos (m³). Uma marca semelhante a essa só havia sido atingida em 2004, quando era recém-inaugurado e estava pegando os primeiros aportes de água.

Pelos cálculos da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do estado (Cogerh), essa quantidade de água deve ser suficiente para manter os usos do açude, que já estão reduzidos, até por volta de janeiro de 2018. Após essa data a situação será reavaliada considerando os prognósticos do período chuvoso do Ceará, que começa em fevereiro e se estende até maio. O volume total disponível atualmente é de 298,5 milhões de m³. Desses, 75 milhões de m³ correspondem ao chamado volume morto.

Seleção pública simplificada para Serviços de Verificação de Óbito em Pernambuco recebe inscrições até dia 13


A Secretaria Estadual de Saúde (SES) abriu seleção pública simplificada para a contratação temporária de 45 profissionais para atuarem no nível central da SES, nos Serviços de Verificação de Óbito (SVO), unidades do Recife e Caruaru, e nos hospitais do Grande Recife e Regionais. As inscrições para a seleção pública, que terá validade de dois anos prorrogável por igual período, serão gratuitas e realizadas presencialmente ou via sedex até o dia 13 de setembro. Do total de vagas, 5% estão reservadas para pessoas com deficiência.

Para o nível central, serão quatro apoiadores institucionais, sendo um sanitarista e três apoiadores para atuarem no sistema de informação em saúde; no SVO Caruaru, também serão lotados quatro apoiadores, sendo um enfermeiro sanitarista e três auxiliares de necrópsia. Já para o SVO Recife serão lotados nove profissionais, sendo um apoiador sanitarista, um enfermeiro, um enfermeiro sanitarista, uma vaga de codificador de causa básica e cinco auxiliares de necrópsia. Vinte e oito vagas serão para Vigilância Epidemiológica Hospitalar para as cinco grandes emergências no Grande Recife e hospitais regionais.

Arena de Pernambuco sedia Grande Celebração dos 27 anos da Comunidade Obra de Maria no dia 1º de outubro


No dia 1º de outubro (domingo), um grande encontro acontecerá na comemoração dos 27 anos da Obra de Maria em Pernambuco. Juntos, em um só lugar: Padres Marcelo Rossi, Reginaldo Manzotti, Antônio Maria, João Carlos, Damião Silva, com participação especial da Orquestra Criança Cidadã, a partir das 13h00, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata.

Essa data ficará marcada pela volta do Padre Marcelo Rossi aos palcos em Pernambuco. Fiéis aguardam ansiosos por esse momento que será celebrado com muita fé, louvor e adoração!

O evento está sendo organizado pela Obra de Maria, com apoio da RCC BRASIL (Renovação Carismática Católica).

Os ingressos já começaram a ser vendidos na Comunidade Obra de Maria, Paulinas Livraria, Loja Condomínio e no site www.guicheweb.com.br

Comunidade Obra de Maria

Excursão de Recife a Xingó/Piranhas/Petrolândia acontece de 29/09 a 02/10. Compre sua passagem!

Marcos/Divuglação

Petrolândia tem três representantes na Academia de Letras do Sertão Pernambucano


Liduína Silva, Paula Rubens e Jadilson Ferraz, imortais das Letras do Sertão (Foto: Reprodução Facebook Paula Rubens Menezes)
 

"Muito honrada por fazer parte da Academia de Letras do Sertão Pernambucano representando a literatura do meu Sertão de Itaparica", declarou em rede social a escritora petrolandense Paula Rubens ao anunciar a posse na Cadeira Nº 17, cujo patrona é Hildebrando de Menezes. A solenidade aconteceu na noite desse sábado (02), no auditório da Faculdade Integração do Sertão (FIS), em Serra Talhada, sede da ALESPE. Paula Rubens é autora do livro "O Jatobá que virou mar". 

Ao lado de Paula Rubens, foram empossados mais dois representantes de Petrolândia: a poetisa e fotógrafa Liduína Silva e o empresário, produtor cultural, cantor, compositor e escritor Jadilson Ferraz. 

Segundo o Professor, Escritor e Presidente da ALESPE, Alberto Rodrigues, em depoimento ao Blog do Finfa, a entidade veio para unir os diversos gêneros literários do Sertão pernambucano em torno de um mesmo ideal. “Nosso objetivo inicial é que a Academia se fortaleça com a participação das varias microrregiões do Sertão. Vamos reunir os representantes dos sertões do Moxotó, do Pajeú, do Central, do Araripe, de Itaparica e do São Francisco”, explicou Rodrigues.


“A ALESPE surge com uma ferramenta que servirá para ajudar na projeção da nossa literatura, dos nossos escritores, da nossa cultura e da nossa história, bem como, disseminar as obras dos nossos escritores pelo Brasil, e quem sabe até pelo mundo”.

A ALESPE foi criada oficialmente em 18 de setembro 2010, pelos escritores serra-talhadenses: Dierson Tomaz Ribeiro, Francisco de Assis Duarte, Itamar Inácio de Souza Freire e Jaime Gonçalves de Lima. A Academia será formada por 40 membros. Os ocupantes das 13 cadeiras vazias serão escolhidos conforme os critérios embelecidos no estatuto aprovado na solenidade de posse.

O Blog de Assis Ramalho felicita os Imortais do Sertão de Pernambuco, em especial os representantes de Petrolândia e do Sertão de Itaparica.


Blog de Assis Ramalho
Com informações de Blog do Finfa e Paula Rubens
Fotos: Paula Rubens, Itapetim.net e Simone Fidélis

Petrolândia: Dr. Cleobenisson Cruz atende nesta segunda-feira (4) na MedClinic


A MedClinic Clínica Especializada informa que o Cardiologista e Clinico Geral Dr. Cleobenisson Cruz atende - excepcionalmente - nesta segunda-feira (4).

O médico realizará: consultas cardiológicas, parecer cardiológico (risco cirúrgico), MAPA, Holter, eletrocardiograma, ecocardiograma,teste ergométrico etc.

Agende sua consulta pelos telefones: (87) 3851 1879 (87) 996273816. (87) 996302907. (87) 996383333

A MedClinic está localizada na Av. Deputado Milvernes Cruz Lima, 292, na Orla de Petrolândia.

Blog de Assis Ramalho
Com informações da MedClinic

Identificadas as seis vítimas do acidente com ônibus de Alagoas na BR-146, em MG


O Instituto Médico Legal (IML) de Patrocínio-MG identificou na manhã deste domingo (03), as seis vítimas fatais do acidente envolvendo um ônibus de turismo que saiu de Arapiraca com destino para São Paulo. O acidente ocorreu durante a madrugada desse sábado (02), na rodovia BR-146, próximo a Serra do Salitre, no Alto Paranaíba, em Minas Gerais.

As vítimas fatais identificadas por um passageiro e parentes que estiveram no IML de Patrocínio são elas: Tharlyson Deivid Roseno dos Santos, 27 anos, natural de Girau do Ponciano (AL); Afrânio Faria Lopes, 39 anos, natural de Arapiraca (AL). Somente este dois portavam documentos.

Os outros quatro identificados são: Sônia Alzira Barbosa; José Felipe, 19 anos; de Coruripe; e uma jovem mulher identificada como Cristiane Francisca de Lima, 23 anos. Já o motorista, identificado apenas como Oziel, está no IML de Araxá.

Filiado ao PSDB, prefeito de Ouricuri participa de ato da caravana de Lula e elogia "o maior presidente da história"


A caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo Nordeste tem feito tanto sucesso que até políticos de partidos adversários do PT têm rendido homenagens a Lula. Foi o que aconteceu na última quinta-feira (31), em Ouricuri, no Sertão do Araripe pernambucano, uma das cidades com atos da caravana. 

Lula foi recebido pelo prefeito Ricardo Ramos, filiado há anos ao PSDB, com o discurso de que “todas as forças deram as mãos para receber o maior presidente da história”. Ramos ainda entregou a Lula uma bandeira da cidade de Ouricuri e um gibão, vestimenta típica dos vaqueiros nordestinos.

Chico Gregório/Ouricuri em Foco

Suspeito de assalto capota carro roubado na BR 101, no Cabo de Santo Agostinho

Jovem teve ferimentos graves e foi socorrido para o Hospital da Restauração (Foto: Divulgação/PRF-PE)

Um suspeito de assalto, de 22 anos, ficou ferido gravemente após capotar um carro roubado, nesse sábado (02), na BR 101, no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada e encontrou R$ 1.677,00 em posse do suspeito.

Ao chegarem no local do acidente, os agentes encontraram um homem sendo atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Em seguida, uma mulher chegou ao local e informou que após ter seu carro roubado, foi obrigada a dirigir pelo jovem que estava sendo socorrido. Ela disse ainda que foi liberada um pouco depois e o suspeito assumiu a direção do veículo.

Coreia do Norte anuncia teste com bomba de hidrogênio

Foto: EFE/EPA/KCNA

A Coreia do Norte testou hoje (3) sua bomba atômica mais potente até o momento, um artefato termonuclear ou bomba H, que, segundo o regime, pode ser instalado em um míssil intercontinental. Se confirmado, isso representa um importante e perigoso aumento de suas capacidades militares. As informações são da agência de notícias espanhola EFE.

O sexto experimento nuclear norte-coreano e segundo supostamente realizado com um artefato termonuclear culmina um período de frenética atividade armamentista por parte do regime de Kim Jong-un, após testar mais de uma dezena de mísseis balísticos desde o começo do ano, entre eles dois intercontinentais.

Essa intensificação coincidiu com a chegada de Donald Trump à Casa Branca, em janeiro passado – o de hoje é o primeiro teste atômico norte-coreano sob seu mandato –, e gerou uma das piores crises de segurança na região nos últimos anos.

Petrolândia: Com atendimento da psiquiatria Lourdes Barbosa, a Petroclínica apoia a campanha Setembro Amarelo


Setembro Amarelo: a Petroclínica apóia essa causa! Setembro é o mês de prevenção ao suicídio. Falar, conversar sobre seu problema é a melhor prevenção! 

Nesta segunda-feira (04), a psiquiatra Dra Lourdes Barbosa atende na Petroclínica, situada na Av. Auspício Valgueiro Barros, 436 - Quadra 09 de Petrolândia.

Agendamento de consultas: 87 99805-0774 e 3851-2333.


Divulgação/Petroclínica

Petrolândia: Homem de 34 anos é encontrado morto a golpes de pedra na Orla Fluvial


Fotos: Assis Ramalho



Um homem identificado como José Ailson das Neves, de 34 anos, foi encontrado morto na manhã deste domingo (3), nas proximidades da Orla Fluvial de Petrolândia, no Sertão de Pernambuco. O homem foi assassinado com golpes desferidos com pedras, encontradas junto ao corpo. Por enquanto, a autoria do crime é desconhecida. 

Até a publicação desta matéria, uma equipe da Polícia Militar, além do Corpo de Bombeiros, estavam no local do crime, e o corpo ainda não havia sido retirado do local.

José Aílson era solteiro e residia na rua Presidente Eurico Gaspar Dutra, na Quadra 10 de Petrolândia. Ele era homossexual.

O caso deve ser investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Petrolândia, e o corpo será encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) em Caruaru, no Agreste do Estado.

Foi o terceiro homicídio registrado em Petrolândia neste ano.


Redação do Blog de Assis Ramalho 
Fotos: Assis Ramalho e família da vítima

Toda noção de supremacia é tradução da ignorância. Entrevista IHU On-line com Marcos Rolim

O provincianismo é arcaico, assim como o machismo, a misoginia, o racismo e a homofobia. A intolerância passou a se reproduzir também pela ação de agentes do Estado, que tratam as garantias individuais como ameaças e que zombam dos direitos humanos, nos aproximam perigosamente da mentalidade fascista que é profundamente arcaica (Foto: Júlio Cordeiro)

Há processos e características do Rio Grande do Sul que remetem à obscuridade de tempos remotos, conforme Marcos Rolim. “O provincianismo é arcaico, assim como o machismo, a misoginia, o racismo e a homofobia. O desprezo pelos ideais republicanos e pela democracia, a facilidade com que o preconceito se transforma em paisagem; a opção pela mitologia e pelo dogmatismo em todas as frentes, à direita e à esquerda, isso também é arcaico”, descreve. Rolim amplia a análise: “O gosto pelas cerimônias e pelos discursos que nada dizem; a opção pela formalidade, pelos rituais e o desprezo pela ciência, tudo isso respira Idade Média”.

A crise se agrava porque a intolerância “passou a se reproduzir também pela ação de agentes do Estado, que tratam as garantias individuais como ameaças e que zombam dos direitos humanos, nos aproximam perigosamente da mentalidade fascista que é profundamente arcaica”.

Na política, o cenário é desalentador, tanto que nas últimas décadas o estado teve sua influência reduzida. “O motivo mais forte para esse resultado é que não produzimos novas gerações de políticos especialmente capacitados, intelectual e moralmente”, afirma em entrevista concedida por e-mail à IHU On-Line.

Feira de São Cristóvão, no Rio, comemora 72 anos de cultura e tradições nordestinas

A Feira de São Cristóvão, no Rio de Janeiro, é um espaço que celebra as tradições e a cultura nordestina (Foto: Tânia Rêgo/Arquivo Agência Brasil)

A Feira de São Cristóvão, conhecida também como Feira dos Nordestinos, comemorou 72 anos, nesse sábado (02), com a distribuição de um bolo de cinco metros ao público, na Praça dos Repentistas, no Centro Municipal Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas, no Rio de Janeiro. Os primeiros movimentos que deram origem à feira começaram em 1945. Em 2003, o antigo pavilhão de eventos localizado em São Cristóvão, na zona norte do Rio, foi reformado pela prefeitura e transformado no Centro de Tradições, para onde a feira foi transferida.

Pela primeira vez em sua história, a feira tem uma mulher, ex-feirante, como gestora. A paraibana Magna Fernandes começou a vender no local aos 18 anos, em barracas de lona na rua. Hoje, com 35 anos de idade, ela enfrenta o desafio de administrar o espaço que reúne 700 barracas e cerca de 250 restaurantes, com produtos típicos das regiões Norte e Nordeste.

“A gente quer inventar, arrumar, renovar. Apesar da crise que vive o Brasil, nós estamos tentando fazer o que podemos”, disse Magna. Ela pretende solucionar alguns problemas de luz e melhorar a feira. “Esse é o maior projeto nosso: colocar luz individual para os feirantes, água também individual; fazer algumas obras nos camarins; mudar a cara da feira”.

Com identificação de problemas, Ministério quer melhorar a execução da Saúde Mental

Um dos problemas identificados é a subnotificação da produção dos CAPS. Cerca de 16% dessas unidades – de um total de 2.465 -, ou seja, 385 serviços, não registraram atendimentos nos últimos três meses. Em 2016, mais de 200 centros não registraram qualquer tipo de produção durante o ano todo.

O Ministério da Saúde prepara diagnóstico da Saúde Mental em todo o país. Nos últimos meses, a partir de levantamento nacional, a pasta identificou diversas inconsistências em ações nos estados e municípios, como má gestão dos recursos destinados às obras, baixa ocupação de leitos de saúde mental em hospital geral, e subnotificação nos registros de atendimentos e produção. Com o objetivo de elaborar medidas efetivas para aprimorar o controle e o modelo de financiamento, o Ministério da Saúde criou um Grupo de Trabalho, que já conta com atuação ativa de representantes da União, estados e municípios. Atualmente, o orçamento federal destinado à saúde mental é de R$ 1,3 bilhão por ano.

“Todos esses problemas apontados podem ser resultado de subnotificação ou de serviços inexistentes. Com a criação do grupo de trabalho, o Ministério da Saúde quer de forma tripartite, com apoio das secretarias municipais e estaduais de Saúde, buscar a melhor forma de monitorar, fortalecer e qualificar o atendimento à população, que busca os serviços relacionados à saúde mental”, afirma o secretário de Atenção à Saúde, Francisco Figueiredo.

Em dez anos, a pasta repassou mais de R$ 185 milhões para financiar serviços que não foram concretizados. Os valores, não corrigidos pela inflação, destinaram-se à habilitação de leitos para internação em hospitais gerais, criação e custeio de Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), Unidades de Acolhimento, Residências Terapêuticas e construção de obras. A ausência da execução dos serviços está presente em todas as regiões do país.

Esquecidas pelos livros, descobertas de astrônomas pioneiras do século 19 são resgatadas em Harvard

Fotos: Harvard College Observatory
Cientistas aparecem de mãos dadas em foto de 1918; na direita da imagem está Edward Pickering, que contratou muitas pesquisadoras. 

Em um porão apertado da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, uma equipe de mulheres trabalha para documentar a rica história de suas predecessoras, mulheres astrônomas.

Mais de 40 anos antes de as mulheres americanas ganharem o direito ao voto, elas se destacavam no Observatório de Harvard College fazendo grandes descobertas sobre o espaço.

Entre 1885 e 1927, o observatório empregou cerca de 80 mulheres que estudavam fotografias de estrelas em chapas de vidro. Elas encontravam galáxias e nebulosas e criavam métodos para medir distâncias no espaço.

Essas mulheres eram famosas - os jornais escreviam sobre elas, e artigos científicos levavam suas assinaturas. Mas, no século seguinte, elas foram praticamente esquecidas.

Porém, uma descoberta recente de milhares de páginas com cálculos escritos por essas astrônomas voltou a jogar luz sobre seu legado.

Criado no Recife, cobogó continua forte nos projetos contemporâneos


Projeto de Lúcio Costa para o Parque Guinle, um clássico carioca (Foto: Camilla Maia)

Cada feixe de luz que cruza os furos de um cobogó é uma ode aos trópicos. Este charmoso elemento arquitetônico tem os pés fincados no Brasil, mais precisamente no Recife, onde foi patenteado em 1929. O próprio nome de batismo guarda o registro de sua autoria. Trata-se da junção das primeiras sílabas dos sobrenomes de seus criadores: Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann e Antônio de Góis. Tendo o modernismo como um de seus momentos mais prósperos, nunca saiu de moda e, ao longo das décadas, se reinventou em versões que transitam entre as mais diferentes formas e ambientes.

Referência em pesquisas de azulejaria, a arquiteta e urbanista Dora Alcântara conta que os três colegas criaram inicialmente peças de concreto vazadas, para que fossem usadas em substituição ao pau-a-pique.

— A malha daquela técnica de vedação tradicional, feita em madeira, ao ser substituída pelo concreto, poderia desempenhar, também, uma função estrutural — conta ela. — Mas o invento, apesar de engenhoso, não teve o maior sucesso inicialmente.

Segundo a arquiteta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) Sandra Branco, o cobogó ganhou projeção mesmo com o modernismo, num primeiro momento na arquitetura de Luis Nunes, no Recife, ainda em blocos de concreto. Depois, veio um novo impulso com projetos no Rio, assinados por nomes como Lúcio Costa, Jorge Moreira e Oscar Niemeyer, já utilizando sua versão em cerâmica.

Velha Petrolândia, uma saudade que não passa: História da Estação do Trem e do Cais Dom Pedro II


Estação de Petrolândia em 1959, com um trem de composição de carga que acompanhava na época as duas viagens semanais do trem misto que ligava Petrolândia a Piranhas, em Alagoas, pela margem esquerda do rio, tentativa do tempo do Império de ligação do sistema fluvial do rio São Francisco com o mar, já que não se poderia utilizar o curso d'água na área das cachoeiras de Itaparica e Paulo Afonso e do profundo canyon que vai até perto daquela cidade alagoana (Folha da Manhã, 5/7/1959). 

Cais Dom Pedro II, junto à estação ferroviária, em foto publicada em 1958.

Em frente à estação estava o cais onde atracariam as embarcações a vapor para a integração "ferrovia-hidrovia". Havia também um barracão que servia como garagem para as locomotivas, carros e vagões. Em fins de 1964, a estação e a cidade que então existia eram relatadas assim em uma reportagem da época: "Petrolândia foi uma das primeiras cidades ribeirinhas a receber a energia de Paulo Afonso. Mas essa energia não representou para Petrolandia o mesmo motivo de progresso que foi para outras cidades do vale. Petrolandia parece que parou no tempo. A estação de trem, com vagões que evocam a conquista do Oeste americano, a velha locomotiva esquecida na gare (...)" (Folha de S. Paulo, 31/10/1964). A nova cidade de Petrolândia foi reconstruída próxima à antiga.

A estação de Jatobá foi inaugurada em 1883, como ponta de linha da E. F. Paulo Afonso, condição que manteve durante toda a vida ativa da ferrovia. Chamou-se, por algum tempo, Itaparica, e finalmente Petrolândia. Foi demolida pela CHESF juntamente com toda a cidade de Petrolândia, meses antes do enchimento do reservatório de Itaparica, em fevereiro de 1988.

Blog de Assis Ramalho
Por Estações Ferroviárias do Brasil

Petrolândia: Dra. Núbia Lopes atende para exames de ultrassonografia neste domingo (03) na Petroclínica


Neste domingo (03), Dra. Núbia Lopes vai atender na Petroclínica, em Petrolândia, para a realização de exames de ultrassonografia em geral.

A Petroclínica está localizada na Av. Auspício Valgueiro Barros, 436 - Quadra 09, em frente ao Atacado Sanfrancisco. Contato: 87 3851-2333 ou 99805-0774 (whatsapp).

Petroclínica/Divulgação

Petrolândia: Rooshow Piscinas, antiga Palhoça do Tchello, abre neste domingo (03) a partir das 9 da manhã


Divulgação/Rosário Rooshow

Ônibus que seguia de Alagoas para SP estava superlotado durante acidente que deixou mortos e feridos na BR-146


O ônibus de turismo que seguia de Alagoas para São Paulo e se envolveu em um grave acidente na BR-146, no Alto Paranaíba, estava superlotado. A afirmação é de dois passageiros que foram ouvidos pela delegada da Polícia Civil de Patrocínio, Ana Cláudia Passos, na tarde deste sábado (2).

A Polícia Civil iniciou as investigações para apurar as causas do acidente ainda pela manhã e começou a ouvir testemunhas. De acordo com a delegada, os passageiros contaram que 66 pessoas estavam no interior do veículo, que tinha 46 poltronas. O comando da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) de Patos de Minas informa 45 lugares e 52 passageiros, incluindo o motorista.

Entre os passageiros, estavam crianças no colo das mães e outras dormindo em colchões, no assoalho do veículo.

Motorista diz que corria por medo de assalto

Mesmo condenado e ameaçado de prisão, Lula desembarca no Piauí e é recebido por uma multidão


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou ao Piauí e foi recebido por uma multidão. Ele cumpre agendas como parte de sua caravana pelo Nordeste, que encerra na próxima semana, em São Luis (MA).

Quatro cidades piauienses serão visitadas pela caravana petista. Passará ainda pelas cidades de Picos, Altos e Teresina. Lula permanece no Piauí até a próxima segunda-feira (04), quando receberá título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal.

O ex-presidente fez um discurso rápido, relembrando ações que ajudaram a mudar a vida do sertanejo piauiense. Destacou programas sociais como o Fome Zero, lançado em Guaribas (PI), e cobrou do governador Wellington Dias uma visita ao município. "Quero que você me leve a Guaribas. Estou começando a ficar preocupado porque ele [Wellington] nunca me levou a Guaribas", disse.

Lula disse que nenhum dos projetos lançados em seu governo seriam possíveis de serem executados no Piauí, sem a ajuda do "índio". "Wellington Dias sempre aparecia com projetos em Brasília. E ele conseguia dinheiro para o Piauí, porque projeto é mais que ideia, é trabalho".

Mencionou os programas Minha Casa Minha Vida, Prouni, Pronatec, Luz Para Todos, e o Bolsa Família. Diz que a viagem pelo Nordeste vem lhe ajudando a entender que o povo agora gosta de uma vida melhor, de fazer faculdade, andar de avião e comer melhor, e que antes do PT o povo pobre era tratado como escória da humanidade.