sexta-feira, 26 de março de 2021

Corte de luz de famílias de baixa renda por falta de pagamento é proibido pela Aneel; veja regras para clientes da Celpe



Por causa da piora da pandemia, as concessionárias de todo o país estão proibidas de cortar a luz de famílias de baixa renda em caso de falta de pagamento. A determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vale entre esta sexta (26) e o dia 30 de junho.

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) informou que vai cumprir a determinação. Com isso, serão beneficiados cerca de 1 milhão de clientes enquadrados nessa categoria, no estado.

A agência também proibiu o cancelamento da tarifa social de quem atualmente tem o benefício. A medida também beneficia unidades ligadas à saúde, como hospitais e centros de armazenamento de vacinas, além de locais onde existam equipamentos essenciais à vida.

A tarifa social beneficia famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal.

É necessário possuir o Número de Identificação Social (NIS), e ter renda familiar mensal, por pessoa menor, ou igual a meio salário mínimo nacional, independentemente de contar ou não com o Bolsa Família.

Com esse benefício, fica autorizada a redução da tarifa em até 65% para as famílias enquadradas como baixa renda. Para indígenas e quilombolas, a conta chegar ter redução de até 100%.

Por meio de nota, a Celpe informou que “enquanto empresa regulada pela Aneel, cumpre as determinações do órgão regulador”.

A concessionária disse, ainda, que a “suspensão do corte para os clientes baixa renda até do dia 30 de junho não representa isenção do pagamento do consumo” A empresa afirmou que, após o período definido pela Aneel, “as ações retornam ao normal”.

Na nota, a Celpe orientou que os clientes “evitem o acúmulo de contas de energia". Ressaltou que, “caso não honrem seus compromissos financeiros, estarão sujeitos a incidência de juros e multa por atraso, além de ações administrativas de cobrança”.

Inscrição

A Celpe disse que os clientes que não foram inscritos na Tarifa Social podem fazer a solicitação pelo WhatsApp (81) 3217-6990.

É preciso informar o número da conta contrato da Celpe e o NIS. Caso o beneficiário não seja o titular da conta contrato, deverão ser enviadas também pelo aplicativo fotos do CPF e da identidade do portador do NIS.

“Os dados serão confirmados no banco de dados do governo federal. Depois, o prazo para o credenciamento no programa é de cinco dias úteis, com o início do benefício na fatura seguinte”, disse a empresa.

A Celpe distribui energia para os 184 municípios de Pernambuco e para a cidade de Pedras de Fogo, na Paraíba, além de Fernando de Noronha. A empresa tem 3,7 milhões de clientes.

Justiça

Em março de 2020, no início da pandemia, a Justiça de Pernambuco proibiu o corte de energia elétrica de consumidores residenciais durante o período de isolamento.

Ainda segundo a decisão da 3ª Vara Cível do Recife, as pessoas que ficassem sem luz por causa de falta de pagamento deveriam ter o serviço restabelecido, em todo o estado.

Essa determinação vigorou até o fim de 2020, de acordo coma Celpe. Em janeiro deste ano, a empresa informou que só voltou a cortar a energia em caso de falta de pagamento, em meados do mês.

Por G1 PE

Petrolândia: Precisa-se de uma costureira com experiência

 

Precisa-se de uma costureira com experiência. Interessadas devem entrar em contato pelos telefones 9.9977-6586 -  ou  9.9604 - 9752.

Av Marieta Cavalcante  Nº 66 - Quadra 15 de Petrolândia.

Paga-se 1 Salário mínimo.


A informação foi passada à Redação do Blog de Assis Ramalho

Tribunal de Contas de Pernambuco cobra transparência no Plano de Vacinação dos municípios


O Tribunal de Contas de Pernambuco começou a monitorar o cumprimento, por parte dos gestores, da Resolução 122/2021, que determina aos titulares do Poder Executivo (estadual e municipal) a elaboração, publicação e divulgação dos planos de operacionalização da vacinação.

O prazo para divulgação dessas informações nos portais de transparência, que devem ser atualizadas periodicamente, se encerrou no último dia quatro de março. ''Os gestores estaduais e municipais precisam divulgar o Plano de Vacinação, o quantitativo de vacinas recebidas, adquiridas e aplicadas e tudo mais que está estabelecido na Resolução, pois vamos começar a monitorar o cumprimento desses dispositivos”, afirmou a coordenadora de Controle Externo do TCE, Adriana Arantes.

A resolução entrou em vigor no último dia 25 de fevereiro, quando foi publicada no Diário Eletrônico do TCE.

De acordo com o Artigo 3º, a publicação e as respectivas atualizações precisam incluir:

I – Plano de Operacionalização da Vacinação contra COVID-19;

II – Quantitativo de vacinas recebidas do Governo Federal e enviadas a cada um dos Municípios, no caso do Estado, detalhando o fabricante e os critérios de distribuição entre as entidades municipais;

III - Quantitativo de doses adquiridas, de forma direta, pelo Estado e Municípios, detalhando o fabricante;

IV – Quantitativo distribuído pelo Estado para cada unidade própria descentralizada que realizará a vacinação, detalhando o fabricante e os critérios de distribuição;

V – Quantitativo de vacinas recebidas do Estado, no caso dos Municípios, informando o fabricante;

VI – Quantitativo distribuído pelos Municípios para cada unidade própria descentralizada que realizará a vacinação, detalhando o fabricante e os critérios de distribuição;

VII – Dados de todas as vacinações realizadas pelo Estado e pelos Municípios, indicando, no mínimo: a) CPF e nome completo do vacinado; b) circunstância (relativa a idade, condição física ou ocupação profissional) que justifica a pertinência de sua inclusão em grupo prioritário à luz do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a COVID-19, descrevendo, no caso de ser trabalhador da saúde, a função exercida e respectivo local de trabalho; c) nome da vacina/fabricante; d) datas da vacinação (1ª e 2ª doses); e e) local da vacinação;

VIII – Recomendações e resoluções pactuadas pela Comissão Intergestores Bipartite de Pernambuco – CIB-PE, cujas temáticas envolvam a vacinação contra a COVID-19.

O TCE fiscalizará também a consistência das informações divulgadas na lista de vacinados e eventuais descumprimentos às diretrizes estabelecidas no Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19. Será verificado também se houve desrespeito às regras estabelecidas para vacinação de grupos prioritários.

O envio de dados falsos, a omissão de informações e o descumprimento dos prazos previstos para atualização das informações poderão implicar a aplicação de pena de multa pelo TCE-PE, conforme previsto no artigo 73 da Lei Estadual nº 12.600, de 14 de junho de 2004.

Gerência de Jornalismo (GEJO)
TCE-PE

Secretaria de Saúde de Petrolândia divulga número de telefone para atendimento à população



Precisando falar com a Secretaria Municipal de Saúde ?

Agora tem atendimento telefônico funcionando! Para informações referente a saúde do nosso município.

Telefone: (87) 3851 2731

Divulgação/Secretaria de Saúde de Petrolândia

Petrolândia: Dr. Antônio Jatobá (Urologista e e Proctologista) atende na Petroclínica na próxima terça (30); Agende já sua consulta

A Petroclínica, situada na Rua José Benedito da Silva (Por trás da Eletroléo), no centro de Petrolândia, informa que Dr. Antônio Jatobá (Urologista e e Proctologista) atenderá na próxima terça-feira, 30 de março de 2021.


Atenção cliente amigo: informamos o uso obrigatório de máscaras no nosso estabelecimento e o agendamento prévio de exames e consultas, para que não hajam aglomerações trazer acompanhante somente em casos de extrema necessidade. Contamos com a colaboração de todos.

A Petroclínica respeita você e sua saúde!! Consultas com horário marcado para sua segurança e conforto ! Agende já a sua!

Fones : 87 3851-2333 / 87 998050774

AVISO:

A Petroclínica informa a todos os clientes e amigos que estamos funcionando normalmente. Obedecendo a todas as normas de biossegurança estabelecidas pelo ministério da saúde (Uso obrigatório de máscara, Disponibilizando álcool a 70%, horários previamente agendados e permitindo acompanhantes somente em casos de extrema necessidade para evitar aglomerações.

Petroclínica do Bairro Nova Esperança, situada nas margens da BR-316, em frente ao Condomínio Dr Francisco Simões.

SAIBA MAIS SOBRE A PETROCLÍNICA EM PETROLÂNDIA-PE


A Petroclinica conta com uma equipe totalmente qualificada para cuidar da sua saúde:
Veja abaixo a relação dos demais profissionais que atendem na Petroclínica.

* Dr Rommel Alencar ( fisioterapia em geral)
* Dra Cicera Elisane ( fisioterapia em geral)
* Dra Nubia Lopes ( ginecologia e ultrassonografia)
* Dra Socorro Carvalho ( ginecologia e ultrassonografia)
* Enf Joane Barboza ( preventivo com câmera, Depilação a luz intensa pulsada, pré natal e drenagem linfática)
* Dr Marcos Bispo ( Gastroendoscopia)
* Dr Italo Porto ( psicólogo)
* Dra Andreza carvalho ( Psicóloga)
* Dr Valmir Mizio ( Psicólogo)
* Dr Emílio Araújo ( Psiquiatra)
* Dra Bruna Lopes ( dentista- ortodontia)
* Dr Igaro Cordeiro ( cirurgião dentista- Canal em sessão Única)
* Dra Rubinara Dória ( cirurgiã dentista)
* Dra Edilene Oliveira ( Nutricionista)
* Dra Tamires Greicelli ( Nutricionista )
* Dra Bárbara Lopes ( dermatologia Clínica e estética)
* Dr Cleovan Almeida ( oftalmologista)
* Dra Raylla França ( clínica Médica)
* Dr Ebenone ( Ortopedista)

* Realizamos mamografia Digital
* A Petroclínica também realiza Mamografia Digital

Blog de Assis Ramalho
Informação: Petroclínica

Conselho Nacional de Trânsito prorroga renovação de carteira de motorista em Pernambuco e mais 14 estados; confira


O Conselho Nacional de Trânsito(Contran) prorrogou por tempo indeterminado os prazos para a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), assim como licenciamento, transferência e também para a emissão ou defesa de multas de trânsito em 15 estados. As portarias com as prorrogações começaram a ser publicadas na última quarta-feira (24) no Diário Oficial da União (DOU).

A medida, tomada em razão do agravamento da pandemia do novo coronavírus, vale para o Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e São Paulo e poderá ser aplicada a outros estados.

Os prazos de início da prorrogação variam, conforme a unidade da federação. Segundo o presidente do Contran e diretor-geral do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Frederico Carneiro, a iniciativa visa reduzir os impactos da pandemia.
Prorrogação

“O Contran irá atender todas as 27 unidades da federação que necessitarem da prorrogação dos prazos. Estamos em reunião com os Detrans durante essa semana para ouvir e responder as solicitações e, assim, reduzir os efeitos da pandemia", afirmou.

De acordo com o Contran, os estados poderão solicitar a retomada dos prazos dependendo da evolução do combate à pandemia.

"Cada órgão terá o direito de solicitar o adiamento e a retomada dos prazos, dando maior autonomia para cada um deles, de acordo com a necessidade”, finalizou Carneiro.

Por Rede Brasil de Notícias

MPF, MPPE, MPT e defensorias públicas recomendam suspensão na vacinação de profissionais de saúde que não desempenhem atividade de risco


Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Estado de Pernambuco (MPPE), Ministério Público do Trabalho (MPT) e defensorias públicas da União (DPU) e do Estado de PE (DPPE) expediram recomendações para que seja suspensa a vacinação contra covid-19 de profissionais de saúde que não atuem no atendimento direto a pacientes, na vigilância, na regulação ou na gestão em saúde. Os documentos são direcionados às secretarias de Saúde do Recife e dos municípios pernambucanos na áreas de atribuição da Procuradoria da República em PE (PRPE), órgão do MPF com sede na capital do estado, da Procuradoria da República em Petrolina/Juazeiro, Procuradoria da República em Palmares e Procuradoria da República em Garanhuns (lista de municípios abaixo).

A recomendação aos municípios de abrangência da PRPE tem assinaturas da procuradora da República Mona Lisa Aziz, procurador do Trabalho Ulisses de Carvalho, defensor público Federal André Carneiro Leão e defensora pública Estadual Ana Carolina Khouri. Além dessas, a recomendação à Secretaria de Saúde do Recife conta também com a assinatura da promotora de Justiça Helena Capela. Os documentos expedidos pelas Procuradorias da República em Petrolina/Juazeiro, em Palmares e em Garanhuns são assinados, respectivamente, pelas procuradoras da República Ticiana Nogueira, Natália Soares e Polireda Madaly Medeiros.

O objetivo é suspender imediatamente a vacinação dos profissionais de saúde que atuem em estabelecimentos de serviços de interesse à saúde, como academias de ginásticas, clubes, salões de beleza, clínicas de estética, óticas, estúdios de tatuagem e estabelecimentos de saúde animal. A úncia exceção é para os profissionais que já tenham recebido a primeira dose da vacina, que poderão receber a segunda, para evitar desperdício do imunizante.

Também não devem ser incluídos na fase atual da vacinação: os profissionais de saúde inativos, aposentados ou que estejam trabalhando em sistema de teletrabalho; os profissionais que, mesmo habilitados em áreas de saúde, desempenhem atividades exclusivamente acadêmicas, como professores ou pesquisadores de instituições de ensino; e os profissionais que atuam sem contato físico direto com o paciente. Na recomendação, requer-se ainda que seja ampliada a vacinação das pessoas idosas, avançando nas faixas etárias ate atingir todos o grupo dos maiores de 60 anos e, na sequencia, dos grupos prioritários previstos no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19 (PNO).

Alto risco - A atuação do Ministério Público e da Defensoria Pública busca garantir o cumprimento do PNO e demais normas nacionais relativas ao combate à pandemia de covid-19. As instituições consideraram também roteiro da Organização da Mundial da Saúde (OMS) para Priorização na Aplicação de Vacinas Covid-19 em contexto de escassez de insumos e transmissão comunitária da doença, como no caso do Brasil. Nesse cenário, devem ser grupos prioritários do primeiro estágio da vacinação os trabalhadores da saúde “com alto ou muito alto risco de adquirir e transmitir infecções”, assim definidos aqueles que trabalham diretamente no atendimento de pacientes confirmados ou casos suspeitos da doença, bem como idosos, definidos em faixas etárias de maior risco.

De acordo com o roteiro da OMS, no estágio dois da vacinação têm prioridade os idosos não contemplados no primeiro estágio e as pessoas com comorbidades ou com estado de saúde que indique risco significativamente maior para desenvolver formas graves da doença ou vir a óbito, antes de qualquer outra categoria profissional, inclusive de outros profissionais de saúde.

Ao expedir a recomendação, os órgãos consideraram também medida do município do Recife que ampliou a vacinação para todos os profissionais de saúde maiores de 50 anos em atividade, exigindo no caso dos profissionais autônomos, como comprovação, apenas o registro no respectivo conselho de classe e uma autodeclaração, o que contraria as orientações internacionais e nacionais sobre a vacinação para combate à pandemia.

As instituições estabeleceram prazo de 48 horas, a contar da notificação, para que as secretarias de Saúde informem sobre o acatamento das recomendações, bem como sobre as medidas a serem implementadas. Em caso de descumprimento, poderão ser adotadas as medidas administrativas e judiciais cabíveis.

Municípios destinatários das recomendações:

- Abrangência da PRPE: Recife (veja a íntegra da recomendação), Abreu e Lima, Carpina, Igarassu, Lagoa do Itaenga, Olinda, São Lourenço, Chã de Alegria, Ilha de Itamaracá, Araçoiaba, Limoeiro, Tracunhaém, Bom Jardim, Feira Nova, Paudalho, Buenos Aires, Camaragibe, Jaboatão Dos Guararapes, Paulista, Moreno, Glória Do Goitá, Pombos, Itapissuma, João Alfredo, Machados, Lagoa do Carro, Nazaré da Mata, Vitória de Santo Antão (íntegra da recomendação)

- Abrangência da PRM Petrolina/Juazeiro: Afrânio, Dormentes, Lagoa Grande, Petrolina, Santa Maria da Boa Vista, Campo Alegre de Lourdes, Casa Nova, Curaçá, Juazeiro, Pilão Arcado, Remanso, Sento Sé, Sobradinho, Uauá (íntegra da recomendação)

- Abrangência da PRM Palmares: Água Preta, Barreiros, Belém de Maria, Catende, Gameleira, Jaqueira, Joaquim Nabuco, Maraial, Palmares, Ribeirão, São Benedito do Sul, São José da Coroa Grande, Tamandaré, Xexéu

- Abrangência da PRM Garanhuns: Águas Belas, Angelim, Bom Conselho, Brejão, Caetés, Calçado, Canhotinho, Capoeiras, Correntes, Garanhuns, Iati, Ibirajuba, Jucati, Jupi, Lagoa do Ouro, Lajedo, Palmeirina, Paranatama, Quipapá, Saloá, São Bento do Una, São João, Terezinha, Alagoinha, Arcoverde, Buíque, Ibimirim, Inajá, Itaíba, Manari, Pedra, Pesqueira, Poção, Sertânia, Tupanatinga, Venturosa (íntegra da recomendação)

Assessoria de Comunicação Social
Procuradoria da República em Pernambuco

Deputado Fabrizio Ferraz reúne Compesa e lideranças de Itacuruba


Por meio de videoconferência, o deputado estadual Fabrizio Ferraz reuniu a diretora- presidente da Compesa, Manuela Marinho, e lideranças de diversas comunidades de Itacuruba, no Sertão de Itaparica. No encontro conduzido pelo parlamentar, foi discutida a grande dificuldade dos que vivem na zona rural do município diante da constante falta d’água e da falta de saneamento básico.

“Eu sou sertanejo, oriundo da zona rural, e conheço de perto a realidade dessa região. Precisamos nos unir e por em prática um plano de ações para que essa situação seja resolvida. Não dá para continuar como está, sobretudo diante de uma pandemia”, disse o deputado.

O cacique Adriano Pajeú, líder da Aldeia Pajeú, lamentou a situação. “A nossa Aldeia abriga 205 famílias, são 530 pessoas. Mas hoje, devido à falta d’água, infelizmente, apenas 12 famílias estão fixas na comunidade. Não dá para viver sem água, sem saneamento. Ninguém aguenta”, disse.

A diretora-presidente da Compesa, Manuela Marinho, garantiu que irá enviar equipes técnicas para buscar soluções adequadas para cada comunidade. “ Nós iremos enviar nossos técnicos para que acompanhem a situação de perto e conversem com a comunidade. Vamos em busca de uma solução definitiva, afirmou.

Por fim, o deputado Fabrizio Ferraz se colocou à disposição para contribuir com emendas parlamentares a fim de custear os projetos necessários para resolver a situação. “Não vamos sossegar até que a água chegue para todas essas famílias”, finalizou o parlamentar.

Blog de Assis Ramalho
Por Assessoria de Imprensa


Petrolândia: Câmera de segurança flagra momento de assassinato ao lado da igreja matriz; Polícia Civil pede colaboração da população para esclarecimento do crime


Um crime brutal foi registrado na manhã do domingo de carnaval (14), ao lado da igreja matriz, no Centro de Petrolândia, no Sertão de Pernambuco.

A vítima foi assassinada com golpe provocado por uma barra de concreto na cabeça.

A vítima foi o senhor José Carlos dos Santos, 63 anos, conhecido por ''Dê'', o mesmo vivia vez por outra em situação de rua, tinha problemas mentais e era alcoólatra.



A Polícia Civil divulgou um vídeo captado por uma câmera de segurança (assista ao final da matéria), que registrou a momento exato do assassinato.

As imagens foram editadas no momento do crime por conter cenas fortes. A vítima foi assassinada com golpe provocado por uma barra de concreto na cabeça, enquanto dormia ao lado da igreja matriz no centro da cidade.
 
A Delegacia de Petrolândia, sob comando do Delgado Dr. Roberto Fonseca pede para quem puder dar informações sobre o suspeito entrar em contato através dos contatos: (87) 9 9611-5538 -WhatsApp ou (87) 3851-0719, garantido seu anonimato.

Imagens enviadas pela polícia civil
Edição: Alex Santos/Blog Petrolândia Notícias
Informações: Delegacia de Polícia Civil de Petrolândia

Novo Plano de Convivência com a Covid-19: Veja como ficam atividades e serviços em Petrolândia e nos demais municípios de Pernambuco a partir de 1º de abril


Av. Manoel Borba - centro de Petrolândia - Foto/Assis Ramalho/BlogAR

Pernambuco entra em 1º de abril no novo Plano de Convivência com a Covid-19. O anúncio foi feito pelo governador do Estado, Paulo Câmara, em pronunciamento nessa quinta-feira (25).

A instauração do "novo normal" começa imediatamente ao fim da quarentena mais rígida, que foi prorrogada até 31 de março.

O novo Plano de Convivência prevê as regras até o dia 25 de abril, um domingo. Até lá, atividades econômicas poderão reabrir das 10h às 20h nos dias de semana e das 9h às 17h aos sábados, domingos e feriados.

Praias poderão voltar a ter atividades físicas individuais e as aulas presenciais serão liberadas em 5 de abril, após o feriadão da Páscoa.


Igrejas e atividades religiosas poderão ocorrer entre 5h e 20h durante a semana e 5h e 17h aos finais de semana e feriados. Os mesmos horários valem para a academias e serviços de alimentação (bares, restaurantes e lanchonetes).

O Plano de Convivência considera os feriados da Sexta-Feira da Paixão, em 2 de abril, e de Tiradentes, em 21 de abril. Nesses dias, valem as regras de fim de semana.

Veja os detalhes do novo Plano de Convivência com a Covid-19:

Academias e similares
- Suspensos até 31 de março
- 1º a 25 de abril: abrem de 5h às 20h durante a semana e de 5h às 17h aos finais de semana e feriados com 30% da capacidade

Serviços de alimentação
- Suspensos até 31 de março
- 1º a 25 de abril: abrem de 5h às 20h durante a semana e de 9h às 17h aos finais de semana e feriados com 50% da capacidade
- Delivery, drive trhu e ponto de coleta podem seguir funcionando após as 20h durante a semana e depois das 17h aos finais de semana

Ciclofaixas destinadas a atividades de lazer ou recreativas
- Suspensas até 31 de março
- Liberadas a partir de 1º de abril

Clubes sociais, esportivos e agremiações
- Suspensos até 25 de abril

Comércio varejista - Centro e bairros
- Suspensos até 31 de março, segue apenas com delivery
- 1º a 25 de abril: abrem de 10h às 20h durante a semana e de 9h às 17h aos finais de semana e feriados
- 1 cliente a cada 10 m² para circulação e 1 cliente a cada 5 m² para lojas

Competições e práticas esportivas coletivas, profissionais ou voltadas ao lazer
- Suspensas até 25 de abril

Escolas e universidades públicas e privadas
- Suspensas até 31 de março
- 1º a 25 de abril: abrem de 6h às 22h durante a semana e de 9h às 17h aos finais de semana e feriados com 50% da capacidade
- Liberação vale para Superior, Médio, Fundamental I e II e Infantil

Escritórios comerciais e prestação de serviços
- Suspensos até 31 de março
- 1º a 25 de abril: abrem de 10h às 20h durante a semana e de 9h às 17h aos finais de semana e feriados com 50% da capacidade
- Estações de trabalho devem ter 1,5 de distanciamento entre si

Eventos corporativos, sociais e culturais
- Suspensos até 25 de abril
Igrejas e atividades religiosas
- Suspensas até 31 de março
- 1º a 25 de abril: abrem de 5h às 20h durante a semana e de 9h às 17h aos finais de semana e feriados com 30% de capacidade e limite máximo de 100 pessoas

Museus, cinemas e teatros
- Suspensos até 25 de abril

Praias marítimas e fluviais, inclusive calçadões, parques e praças
- Fechadas até 31 de março e reabrem em 1º de abril
- Proibido uso de guarda-sol e cadeiras e proibidas a comercialização de bebidas e comidas

Shoppings centers e galerias comerciais

- Suspensos até 31 de março
- 1º a 25 de abril: abrem de 10h às 20h durante a semana e de 9h às 17h aos finais de semana e feriados
- 1 cliente a cada 10 m² para circulação e 1 cliente a cada 5 m² para lojas

Blog de Assis Ramalho
Informação: Assessoria do Governo de Pernambuco


Boletim desta sexta-feira (26/03/2021): Com mais 2.227 infectados, PE bate recorde pelo 3º dia seguido na média móvel de casos da Covid-19 desde início da pandemia


Com a confirmação de 2.227 casos da Covid-19 em Pernambuco nesta sexta-feira (26), o estado atingiu, pelo terceiro dia consecutivo, recorde na média móvel de diagnósticos da doença desde o início da pandemia, de 1.960. Com os novos pacientes, o estado passou a totalizar 341.249 infectados pelo novo coronavírus.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) também confirmou, nesta sexta-feira (26), 62 óbitos, ocorridos entre o dia 10 de outubro de 2020 e a quinta-feira (25). Com esses novos registros de mortes, a média móvel de falecimentos em Pernambuco subiu para 43, a mais alta desde 11 de agosto do ano passado.

Com mais essas 62 vidas perdidas devido à pandemia, o estado passou a totalizar 11.915 mortos pela Covid-19. Os registros começaram a ser feitos em março de 2020.

Casos leves e graves

Das 2.227 confirmações da doença nesta sexta-feira (26), 148 pessoas tiveram diagnóstico de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e outras 2.079 apresentaram o quadro leve da Covid-19. Com isso, o estado chegou a 35.304 casos graves e 305.945 formas leves da doença.

Por G1 PE


Petrolândia: Clínica Jaques Parabeniza Dra.Ana Patrícia Jaques pelo seu dia !!


 Divulgação: Clínica e Laboratório Jaques

Petrolândia: Posto Rical divulga tabela de preço qualidade; CONFIRA!




 Divulgação: Grupo Rical

Petrolândia recebe nesta sexta (26/03) mais 500 doses da vacina contra a Covid-19; veja o que cada cidade de Pernambuco vai receber

Novo lote de vacinas contra a Covid-19 chegou a Pernambuco nesta sexta-feira (26) 
Pernambuco recebeu, nesta sexta-feira (26), mais doses 177 mil doses da vacina contra a Covid-19. A remessa era esperada para a quinta-feira (25), mas houve um atraso na entrega (veja vídeo acima). Com o novo lote, o governo orientou que todas as cidades comecem a vacinar idosos a partir de 65 anos (confira quantas doses cada município recebe mais abaixo).
O voo aterrissou no Aeroporto Internacional do Recife, na Zona Sul da capital, às 7h56. Ao todo, chegaram o estado 133.200 doses da vacina CoronaVac e outras 44.720 doses da vacina AstraZeneca/Oxford/Fiocruz.
A Secretaria de Saúde do estado explicou que o atraso se deu devido a mudanças no Ministério da Saúde. As 17 caixas com imunizantes, ao serem desembarcadas do avião, seguem para a Central de Distribuição da secretaria.

Ainda na quinta, o governo do estado anunciou a ampliação da campanha para idoso acima de 65 anos em todas as cidades (veja vídeo abaixo). De acordo com o governo, 100% dos idosos com mais de 70 anos devem ser vacinados. A imunização de quilombolas também segue sendo feita no estado.
Com esse recebimento, Pernambuco deve passar a totalizar 1.438.880 doses de vacinas contra a Covid-19 recebidas desde janeiro, início da campanha de imunização. Desse total, 1.192.160 foram vacinas CoronaVac e outras 246.720 vacinas AstraZeneca/Oxford/Fiocruz.

Os imunizantes CoronaVac precisam de uma segunda dose em um intervalo de 14 a 28 dias. Já as vacinas AstraZeneca/Oxford/Fiocruz precisam de uma segunda dose com um intervalo de até três meses para completar a imunização.

Doses de vacina contra Covid-19 de Pernambuco

MunicípioDoses de CoronaVac para pessoas com 65 a 69 anosDoses de AstraZeneca para pessoas com 65 a 69 anosDoses de CoronaVac para idosos entre 70 e 74 anosDoses de AstraZeneca para quilombolasTotal de doses recebidas
Abreu e Lima740190750-1680
Araçoiaba1107033030540
Afogados da Ingazeira27030160280740
Afrânio12040190260610
Agrestina16050190-400
Água Preta180703308201400
Águas Belas270301206801100
Alagoinha10070280-450
Aliança26050210340860
Altinho18030130-340
Amaraji12020100310550
Angelim7030100-200
Araripina4401105406101700
Arcoverde4801205508902040
Barra de Guabiraba702080-170
Barreiros23060220-510
Belém de Maria70208010180
Belém do São Francisco12030140100390
Belo Jardim480120560-1160
Betânia90301107701000
Bezerros440110550601160
Bodocó2306027020580
Bom Conselho3108037014002160
Bom Jardim31080340-730
Bonito26070290-620
Brejão602070140290
Brejinho502070-140
Brejo da Madre de Deus29080320-690
Buenos Aires9030100-220
Buíque32080360130890
Cabo de Santo Agostinho120103101170013490
Cabrobó17050200460880
Cachoeirinha13040150-320
Caetés1805019070490
Calçado702080-170
Calumbi502050-120
Camaragibe10602701130-2460
Camocim de São Félix14040150-330
Camutanga602070-150
Canhotinho16040200560960
Capoeiras14040160230570
Carnaíba1504016080430
Carnaubeira da Penha702080170340
Carpina570150570-1290
Caruaru197050022102304910
Casinhas10030120-250
Catende2306025060600
Cedro702090-180
Chã de Alegria10030110-240
Chã Grande1504017020380
Condado17050190-410
Correntes1404014010330
Cortês702070-160
Cumaru9030100-220
Cupira1604019010400
Custódia260703006901320
Dormentes12030150-300
Escada36090360-810
Exu1905026010510
Feira Nova17050190-410
Fernando de Noronha000-0
Ferreiros9030100-220
Flores18050220100550
Floresta1705021070500
Frei Miguelinho13040170-340
Gameleira15040150-340
Garanhuns9002309901,2902121
Glória do Goitá20050240-490
Goiana5101305309302100
Granito501070-130
Gravatá560140610-1310
Iati13040150190510
Ibimirim17050200-420
Ibirajuba502080-150
Igarassu730180720-1630
Iguaracy10030120130380
Ilha de Itamaracá15040140-330
Inajá8020110240450
Ingazeira40105050150
Ipojuca360903902101050
Ipubi150401900380
Itacuruba30104040120
Itaíba190502201,050461
Itambé22060230-510
Itapetim1304014040350
Itapissuma15040160-350
Itaquitinga10030100-230
Jaboatão dos Guararapes484012104830-10880
Jaqueira60206010150
Jataúba11030130-270
Jatobá12030130-280
João Alfredo250703009201540
Joaquim Nabuco802090-190
Jucati802080-180
Jupi10030110-240
Jurema1103013010280
Lagoa de Itaenga14040170-350
Lagoa do Carro1203012080350
Lagoa do Ouro10030120-250
Lagoa dos Gatos11030130150420
Lagoa Grande1203015010310
Lajedo2607032040690
Limoeiro430110500-1040
Macaparana20050200-450
Machados8020100-200
Manari1103012060320
Maraial602060-140
Mirandiba10030110410650
Moreilândia702090-180
Moreno420110420-950
Nazaré da Mata26070270-600
Olinda306077033707807980
Orobó19050200-440
Orocó7020100660850
Ouricuri390100500901080
Palmares34090370-800
Palmeirina60207060210
Panelas1905024010490
Paranatama8020900190
Parnamirim1404019010380
Passira210602307901290
Paudalho31080340-730
Paulista27606902770-6220
Pedra14040170-350
Pesqueira440110490901130
Petrolândia2005022030500
Petrolina15603901720203690
Poção802090-190
Pombos1805019070490
Primavera802080-180
Quipapá15040180240610
Quixaba60206060200
Recife13330334013950-30620
Riacho das Almas14040170300650
Ribeirão28070300-650
Rio Formoso1003012030280
Sairé7020100-190
Salgadinho80201000200
Salgueiro340904002,260832
Saloá1103014010290
Sanharó14040170-350
Santa Cruz10030140-270
Santa Cruz da Baixa Verde903011030260
Santa Cruz do Capibaribe42011043010970
Santa Filomena1003013030290
Santa Maria da Boa Vista220602409001420
Santa Maria do Cambucá9030120-240
Santa Terezinha802010010210
São Benedito do Sul9030100140360
São Bento do Una3701003902601120
São Caitano21060250340860
São João1604016010370
São Joaquim do Monte14040170-350
São José da Coroa Grande11030130-270
São José do Belmonte2607031080720
São José do Egito270703109901640
São Lourenço da Mata720180720-1620
São Vicente Ferrer12030120-270
Serra Talhada5101306102401490
Serrita12030150-300
Sertânia2306029080660
Sirinhaém19050210-450
Solidão401050-100
Surubim460120550-1130
Tabira210602400510
Tacaimbó10030110-240
Tacaratu1705019050460
Tamandaré12030130-280
Taquaritinga do Norte17050180-400
Terezinha50206040170
Terra Nova60208020180
Timbaúba390100410-900
Toritama14040140-320
Tracunhaém802090-190
Trindade15040180-370
Triunfo12030150100400
Tupanatinga1504018090460
Tuparetama702090-180
Venturosa12030140-290
Verdejante7020900180
Vertente do Lério602070-150
Vertentes13040170-340
Vicência170501708701260
Vitória de Santo Antão9302401000-2170
Xexéu802080-180