segunda-feira, 15 de março de 2021

Petrolândia: Secretária Patrícia Jaques resume setores e funcionamento dos serviços de saúde (vídeo)



Secretaria de Saúde | Conheça a rede de atenção a Saúde.

Neste vídeo, a secretária de saúde Patrícia Jaques, resume todos os setores e o funcionamento dos serviços de saúde em Petrolândia.

Complementando com as explicações detalhadas de Joane Barboza, diretora do Hospital Municipal e Rafaely Delgado coordenadora da atenção básica.

Estamos construindo uma nova história na saúde de Petrolândia.

Divulgação/texto e vídeo: Prefeitura de Petrolândia





Bolsonaro escolhe médico Marcelo Queiroga para substituir Pazuello no Ministério da Saúde


Marcelo Queiroga é natural de João Pessoa. Formado em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba, fez residência em cardiologia no Hospital Adventista Silvestre, no Rio de Janeiro. Tem especialização em cardiologia, com área de atuação em hemodinâmica e cardiologia intervencionista.

O presidente Jair Bolsonaro escolheu o médico Marcelo Queiroga para substituir Eduardo Pazuello como ministro da Saúde.

Queiroga se reuniu na tarde desta segunda-feira (15) com Bolsonaro no Palácio do Planalto. Segundo o presidente, a nomeação de Queiroga será publicada na edição desta terça-feira do "Diário Oficial da União".



"Foi decidido agora à tarde a indicação do médico, doutor Marcelo Queiroga, para o Ministério da Saúde. Ele é presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia. A conversa foi excelente, já conhecia há alguns anos, então não é uma pessoa que tomei conhecimento há poucos dias. Tem tudo no meu entender para fazer um bom trabalho, dando prosseguimento em tudo que o Pazuello fez até hoje", afirmou Bolsonaro a apoiadores ao chegar no início da noite à residência oficial do Palácio da Alvorada.

Antes de se reunir com Queiroga, Bolsonaro conversou no domingo e nesta segunda com a médica Ludhmila Hajjar. Mas a negociação fracassou, e a médica afirmou que não aceitaria convite para se tornar ministra. A médica, que se especializou no tratamento da Covid, afirmou que não houve "convergência técnica" entre ela e Bolsonaro.

Quarto ministro na pandemia

Presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Marcelo Queiroga será o quarto ministro da Saúde desde o começo da pandemia de Covid, há pouco mais de um ano. O Brasil acumula mais de 278 mil mortes em razão da doença.

Antes de Queiroga, comandaram o ministério o médico e ex-deputado Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS); o médico Nelson Teich; e o general do Exército Eduardo Pazuello.

Marcelo Queiroga é natural de João Pessoa. Formado em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba, fez residência em cardiologia no Hospital Adventista Silvestre, no Rio de Janeiro. Tem especialização em cardiologia, com área de atuação em hemodinâmica e cardiologia intervencionista.

Em dezembro do ano passado, Queiroga foi indicado por Bolsonaro para ser um dos diretores da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). A indicação ainda não foi votada pelo Senado Federal.

No currículo enviado ao Senado, Queiroga informou ser diretor do Departamento de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (Cardiocenter) do Hospital Alberto Urquiza Wanderley, em João Pessoa, e cardiologista do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita (PB).

Por G1 — Brasília
Vídeo: Foco do Brasil

Petrolândia: Cadastro Cultural é prorrogado até o próximo dia 19



PETROLÂNDIA

Cadastro de Produtor Cultural teve inscrição e renovação prorrogadas até sexta-feira (19). A Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer dará suporte on-line, estão suspensas o cadastro presencial. Para mais informações entra em contato com o WhatsApp da Secretaria (87)996185094.

Por Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer 

Por solicitação do deputado Fabrizio Ferraz, obras de requalificação da PE-375 terão início em breve


As obras de requalificação da PE-375 terão início em logo mais. A informação é da Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos de Pernambuco, que comunicou que o serviço começará pelo trecho que liga os municípios de Ibimirim e Inajá, no Sertão pernambucano. A demanda é uma solicitação do deputado estadual Fabrizio Ferraz ao Governo do Estado, apresentada por meio da indicação n° 4944/2021, publicada no Diário Oficial do Poder Legislativo.


“Essa é uma demanda antiga da região e atendendo a um pedido do prefeito de Tacaratu, Washington Ângelo, articulamos junto à Seinfra e ao Governo do Estado para que fosse efetivada o mais rápido possível”, disse o deputado Fabrizio Ferraz.

Fabrizio Ferraz e Washington Ângelo estiveram reunidos com o secretário executivo de Articulação Social da Seinfra, Rodrigo Molina, no último dia 11 de fevereiro, quando foi confirmado que a demanda seria atendida.

“ Nosso agradecimento ao governador Paulo Câmara e à secretária Fernanda Batista por reconhecerem 

a importância do nosso pleito e autorizarem a execução da obra. Quem ganha é o povo sertanejo”, finalizou o deputado.


Blog de Assis Ramalho

Por Assessoria de Imprensa

Petrolândia: Petroclínica do Bairro Nova Esperança divulga as especialidades médicas para esta semana; confira e marque sua consulta


A Petroclínica do Bairro Nova Esperança, situada nas margens da BR-316, em frente ao Condomínio Dr Francisco Simões, informa atendimento para esta semana; Confira!

Terça-feira (16):
Dra Núbia Lopes, Ultrassonografia em geral - Ginecologista, a partir das 14 horas.

Quarta-feira (17): Enf Joane Barboza ( preventivo com câmera, Depilação a luz intensa pulsada, pré natal e drenagem linfática) - a partir das 15 horas

De segunda a sexta-feira: Dra Rubinara Santana-dentista - a parti das 14horas

Sábado: Endoscopia digestiva - a parti das 10:30h

Atenção cliente amigo: informamos o uso obrigatório de máscaras no nosso estabelecimento e o agendamento prévio de exames e consultas, para que não hajam aglomerações trazer acompanhante somente em casos de extrema necessidade. Contamos com a colaboração de todos.

A Petroclinica conta com uma equipe totalmente qualificada para cuidar da sua saúde:Veja abaixo a relação dos demais profissionais que atendem na Petroclínica.* Dr Rommel Alencar ( fisioterapia em geral)

* Dra Cicera Elisane ( fisioterapia em geral)
* Dra Socorro Carvalho ( ginecologia e ultrassonografia)
* Enf Joane Barboza ( preventivo com câmera, Depilação a luz intensa pulsada, pré natal e drenagem linfática)
* Dr Marcos Bispo ( Gastroendoscopia)
* Dr Italo Porto ( psicólogo)
* Dra Andreza carvalho ( Psicóloga)
* Dr Valmir Mizio ( Psicólogo)
* Dr Emílio Araújo ( Psiquiatra)
* Dr Igaro Cordeiro ( cirurgião dentista- Canal em sessão Única)
* Dra Rubinara Dória ( cirurgiã dentista)
* Dra Edilene Oliveira ( Nutricionista)
* Dra Tamires Greicelli ( Nutricionista )
* Dra Bárbara Lopes ( dermatologia Clínica e estética)
* Dr Cleovan Almeida ( oftalmologista)
* Dra Raylla França ( clínica Médica)
* Dr Ebenone ( Ortopedista)

* Realizamos mamografia Digital
* A Petroclínica também realiza Mamografia Digital

Da Redação do Blog de Assis Ramalho

Governo de Pernambuco decreta quarentena em todo território do Estado; veja o que pode e o que não pode funcionar até o dia 28 de março


Foto registrada de bares fechados na Orla de Petrolândia  no início da pandemia em março de 2020. - Um ano depois a cena se repete - Imagem: Assis Ramalho/BlogAR

Em Pernambuco até o próximo dia 28 ficarão proibidos de funcionar os
 
serviços de - bares e restaurantes; shoppings e galerias comerciais; óticas; salas de cinema e teatros; academias; salão de beleza e similares; comércio varejista de vestuário, calçados, eletroeletrônicos e linha branca, cama, mesa e banho e produtos de armarinho; escolas e universidades (públicas e privadas); clubes sociais , esportivos e agremiações; práticas e competições esportivas; praias, parques e praças; ciclofaixas de lazer, eventos culturais e de lazer, além dos sociais. Igrejas e demais templos religiosos poderão abrir para atividades administrativas e para preparação e realização de celebrações via internet.


Permanecerão ativos os seguintes serviços considerados essenciais: supermercados; padarias; farmácias; postos de combustíveis; petshop; clínicas, ambulatórios e similares; bancos e lotéricas; transporte público; indústrias, atacado e termoelétricas; construção civil; material de construção; materiais e equipamentos de informática; lojas de materiais e equipamentos agrícolas, oficinas e assistências técnicas e lojas de veículos.

O Governo de Pernambuco determinou – após análise do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19 – que a partir da próxima quinta-feira (18.03), até o dia 28 de março, todo o território estadual entrará em quarentena, sendo permitidas, apenas, atividades essenciais. A decisão, comunicada pelo governador Paulo Câmara em pronunciamento, tem o objetivo de conter o novo avanço da doença, que pressiona o sistema de saúde do Estado, registrando atualmente uma taxa de ocupação de UTI acima dos 95%.

Durante o período de quarentena, ficarão proibidos de funcionar os serviços de bares e restaurantes; shoppings e galerias comerciais; óticas; salas de cinema e teatros; academias; salão de beleza e similares; comércio varejista de vestuário, calçados, eletroeletrônicos e linha branca, cama, mesa e banho e produtos de armarinho; escolas e universidades (públicas e privadas); clubes sociais , esportivos e agremiações; práticas e competições esportivas; praias, parques e praças; ciclofaixas de lazer, eventos culturais e de lazer, além dos sociais. Igrejas e demais templos religiosos poderão abrir para atividades administrativas e para preparação e realização de celebrações via internet.

“Estamos em um novo pico da crise e de ameaça crescente. É preciso reverter essa tendência para proteger cada vida e vencer. Adotamos novas medidas sociais e econômicas buscando reduzir o impacto da pandemia, mesmo diante de uma crise que também atinge o governo", destacou Paulo Câmara, ressaltando que uma decisão nesse sentido não é simples, mas não pode haver omissão de nenhuma das partes envolvidas. “Nenhum governo vai vencer essa doença sozinho. Só é possível superar a pandemia se cada pessoa, família, empresa, cada um de nós for agente de proteção, de cuidado, guerreiros e guerreiras da vida”, reforçou.

Permanecerão ativos os seguintes serviços considerados essenciais: supermercados; padarias; farmácias; postos de combustíveis; petshop; clínicas, ambulatórios e similares; bancos e lotéricas; transporte público; indústrias, atacado e termoelétricas; construção civil; material de construção; materiais e equipamentos de informática; lojas de materiais e equipamentos agrícolas, oficinas e assistências técnicas e lojas de veículos.

“Vamos fazer desses 11 dias o nosso momento de virada. Será difícil para o Estado inteiro, mas precisa ser o nosso movimento realmente coletivo, em que estaremos juntos e conscientes para vencer o vírus e trazer de volta paz, tranquilidade, esperança e ainda mais trabalho pelo futuro da nossa gente”, completou Paulo Câmara.

Por Assessoria do Governo de Pernambuco

Em entrevista à CNN, Ludhmila Hajjar diz ter sofrido ameaças de morte após convite para Ministério (Vídeo)

A cardiologista Ludhmila Hajjar recusou o convite para assumir o Ministério da Saúde

A cardiologista Ludhmila Hajjar afirmou à CNN que sofreu ataques e ameaças de morte depois de ser convidada para assumir o Ministério da Saúde pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Ela recusou a oferta, nesta segunda-feira (15), por 'motivos técnicos'.

"Recebi ataques, ameaças de morte que duraram a noite, tentativas de invasão em hotel que eu estava, fui agredida, [enviaram] áudio e vídeo falsos com perfis, mas estou firme aqui e vou voltar para São Paulo para continuar minha missão, que é ser médica", disse Hajjar, em entrevista.

"Vou continuar atendendo pessoas de esquerda e de direita. Isso, talvez, para algumas pessoas muito radicais – e que estão defendendo o discurso da polarização – é algo que me diminui. Pelo contrário. Se eu fizesse isso, não seria médica, não estaria exercendo a profissão, negaria o juramento que fiz no dia que me formei na universidade de Brasília."

Ela disse que teve que deixar o hotel onde estava hospedada, em Brasília, com cuidado porque tinha sofrido ameaças de morte, mas negou que isso tenha afetado seus planos.


"Onde estou? Aqui, falando para o Brasil. Onde estarei à tarde? Atendendo meus pacientes. Onde estarei amanhã? À disposição do Brasil. Isso [ameaças] não vai mudar o que eu eu penso, o que eu falo e o que eu acho", afirmou.

"Essa polarização, esse radicalismo, essa maldade utilizada em redes sociais, isso hoje é um atraso para o Brasil e vidas estão indo embora por causa disso, porque se criou uma narrativa baseada em algo que não tem lógica, não tem fundamento."

Ao ser questionada novamente pelos ataques, ela afirmou ter ficado um pouco assustada, mas disse que não foi isso que teve mais peso em sua decisão de não assumir a vaga.

"Sei que isso passa, que são pessoas que não tem fundamento, que são radicais, que estão polarizando o país (...) Realmente fiquei assustada, tive meu celular publicado em vários grupos de WhatsApp, duas tentativas de entrada no meu quarto do hotel durante a noite – coisas absurdas, indescritíveis, inimagináveis", afirmou.

A médica afirmou que comentou sobre esses episódios com o presidente Bolsonaro e que ele também relatou ter recebido o que chamou de "quantidade infinita de informações" e de "coisas irreais".

"Digamos que, para alguns, esse nosso encontro não fosse tão agradável e essas pessoas fizeram de tudo para que não houvesse uma convergência entre nós."
Falta de convergência

Ao falar sobre o que faltou para que pudesse aceitar o convite para a pasta, Hajjar falou em "falta de linhas de convergência".

"Acho que o presidente ficou muito preocupado de a minha gestão não agradar alguns grupos ao mesmo tempo de eu sofrer muitos ataques de outros por, realmente, pensar um pouco diferente de algumas linhas", disse.

"Acho que foi, realmente, [falta de] convergência de ideias. Acho que o ministro tem que vir para ajudar o presidente, para deixar o ambiente tranquilo e acho que isso, esse ambiente, não foi possível de ser criado entre nós e, de uma maneira muito honrosa, digo que que fiquei muito honrada pela lembrança do meu nome e acho que saio com esse convite muito grata", completou.

"Foi muito bom ter podido conversar com ele [Bolsonaro], ter exposto minhas ideias e desejo ao Brasil muita sorte na condução da pandemia."

Por Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo

Ludhmila Hajjar recusa convite do presidente Jair Bolsonaro para ser ministra da Saúde

ludhmila hajjarWanezza Soares/Divulgação

A médica cardiologista Ludhmila Hajjar recusou, na manhã desta segunda-feira (15/3), o convite do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para assumir o Ministério da Saúde, atualmente dirigido pelo general Eduardo Pazuello. Ela comunicou a decisão diretamente a Bolsonaro, no Palácio do Planalto.

 “Infelizmente, acho que esse não é o momento para que eu assuma a pasta, principalmente por motivos técnicos. Eu sou médica, cientista, tenho todas as minhas expectativas em relação à pandemia. Eu acho que isto está acima de qualquer ideologia, essa é a minha posição. Eu fiquei honrada com o convite, mas pautei minha vida toda na ciência”, disse Hajjar, momentos após recusar a pasta, em entrevista à CNN.

No domingo (14/3), veio a público informação de que o chefe do Executivo federal estava disposto a substituir Eduardo Pazuello do cargo de ministro. O titular da Saúde, por sua vez, havia colocado o posto à disposição do presidente. No mesmo dia, Bolsonaro se reuniu, no Palácio da Alvorada, com Hajjar, para discutir a sucessão

À tarde, o mandatário da República se reuniu com Pazuello e Ludhmila Hajjar. Mesmo assim, à noite, o Ministério da Saúde informou que o atual titular seguiria no comando da pasta

“Não estou doente, o presidente não pediu o meu cargo, mas o entregarei assim que o presidente pedir. Sigo como ministro da Saúde no combate ao coronavírus e salvando mais vidas”, afirmou Pazuello, por meio de sua assessoria de imprensa.

Com a possível sucessão, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), saiu em defesa de Hajjar. “Coloquei os atributos necessários para o bom desempenho à frente da pandemia: capacidade técnica e de diálogo político com os inúmeros entes federativos e instâncias técnicas. São exatamente as qualidades que enxergo na doutora Ludhmila [Hajjar]”, escreveu Lira em uma publicação no Twitter.
Ameaças

Defensora da vacina, a cardiologista reforça o discurso da necessidade de imunização no país e é totalmente contra o tratamento precoce, ferrenhamente defendido por Jair Bolsonaro, em especial, o uso da cloroquina

xatamente por essas posições, Hajjar relatou que passou a ser ameaçada por bolsonaristas. Outro motivo para os ataques foi o apoio que ela recebeu do presidente da Câmara, Arthur Lira, e do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Sites direitistas também publicaram vídeos em que a médica aparece em uma live com a ex-presidente Dilma Rousseff e em fotos ao lado do ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Hajjar é doutora em anestesiologia, coordenou UTIs cardiológicas de diversos hospitais de ponta do país e já tratou contra a Covid-19 diversas figuras do cenário político. Em entrevista ao Metrópoles no fim de fevereiro, Ludhmila defendeu a celeridade na aquisição de imunizantes contra a Covid-19.

A médica foi a responsável pelo tratamento de Covid-19 do ministro Bruno Dantas, do Tribunal de Contas da União (TCU), e do ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM-RJ), entre outros políticos.

Por Portal Metrópoles

Petrolândia e região têm Rede SAF, plano que vale por muitos e oferece acesso a cremação - conheça todas as vantagens!

 




Com escritório, Centro de Velório 24 horas e showroom de urnas funerárias, a recém-inaugurada unidade da Rede SAF, informa que dispõe de novo plano, com acesso à cremação, método alternativo ao sepultamento tradicional. A Rede SAF oferece planos com proteção completa para toda a família. O SAF permite ainda inclusão de 1 a 3 dependentes sem vínculo de parentesco.

Além da cobertura funerária, os planos SAF (Básico, Clássico e Diplomata) oferecem empréstimo de materiais para convalescentes e descontos em estabelecimentos credenciados, como clínicas médicas, odontológicas, farmácias, diversos profissionais liberais e lojas comerciais.

Em Petrolândia, a unidade da Rede SAF está localizada na avenida Manoel Borba, nº 189, próximo ao Bradesco, em instalações climatizada, acolhedoras e com acessibilidade. Mais informações por telefone na unidade da Rede SAF em Petrolândia pelo número (87 3851-1601) ou na Matriz, em Salgueiro (87 3871-1183). Saiba mais em www.redesaf.com.br

Conheça abaixo as instalações da Rede SAF em Petrolândia.

CENTRO DE VELÓRIO




Blog de Assis Ramalho
Com informações da Rede SAF
Fotos: Lúcia Xavier





Congresso promulga emenda para pagamento de auxílio emergencial que deve ter valores entre R$ 150 e R$ 375



Em sessão solene remota do Congresso Nacional nesta segunda-feira (15), deputados e senadores promulgaram a Emenda Constitucional 109/2021. O texto é resultado da aprovação da proposta de emenda à Constituição Emergencial, a PEC Emergencial. Aprovada no Senado no dia 4 de março e confirmada pela Câmara na madrugada da última sexta-feira (12), a norma abre caminho para que o governo federal pague, em 2021, um novo auxílio emergencial aos mais afetados pela pandemia de covid-19.

A expectativa do governo é oferecer mais quatro parcelas do auxílio, que deve ter valores entre R$ 150 e R$ 375, a depender da composição familiar. A definição sobre valores e quantidade de parcelas será definida por meio de medida provisória, a ser editada pelo governo nos próximos dias. A primeira fase de pagamentos do auxílio chegou a R$ 292 bilhões para cerca de 68 milhões de pessoas, em duas rodadas: na primeira, foram pagas parcelas de R$ 600 por cinco meses; na segunda, chamada de “auxílio residual”, foram parcelas de R$ 300 durante quatro meses e com um público-alvo menor. Desta vez serão destinados R$ 44 bilhões por fora do teto de gastos.
Mudanças

Durante a análise da PEC na Câmara, foram excluídos do texto pontos como o que proibia promoção funcional ou progressão de carreira de qualquer servidor ou empregado público. Também foi retirada toda a parte que proibia a vinculação de qualquer receita pública a fundos específicos.
Gatilho

A emenda constitucional dá mais rigidez à aplicação de medidas de contenção fiscal, controle de despesas com pessoal e redução de incentivos tributários. Para a União, medidas de contenção de despesas com pessoal e com isenções tributárias serão acionadas quando for atingido um gatilho relacionado às despesas obrigatórias.

Já para estados, Distrito Federal e municípios, por causa da autonomia federativa, as medidas serão facultativas. Mas se os órgãos e poderes do ente federado não adotarem todas as medidas, o estado ou município em questão ficará impedido de obter garantia de outro ente federativo para empréstimos. Eles também não poderão fazer novas dívidas com outro ente da Federação ou mesmo renegociar ou postergar pagamentos de dívidas existentes.

A PEC 186/19 prevê ainda que uma lei complementar sobre sustentabilidade da dívida poderá autorizar a aplicação dessas restrições. Na lei devem ser definidos, por exemplo, níveis de compatibilidade dos resultados fiscais com a trajetória da dívida e planejamento de venda de estatais para reduzir seu montante.

Por Agência Brasil

Petrolândia: Aviso importante sobre serviços de rede coletora, rede condominial e reposição de paralelepípedos, na rua Tancredo Neves da Quadra 1



Nesta terça-feira (16), a empresa Soma Engenharia irá executar serviços de rede coletora, rede condominial e reposição de paralelepípedos, na rua Tancredo Neves da Quadra 1. Pedimos a compreensão da população pelos transtornos que esta obra poderá causar. Vale ressaltar que os benefícios será muito maior que os transtornos gerados momentaneamente.

Divulgação/Prefeitura de Petrolândia

Último dia! IBGE encerra hoje inscrições para mais de 22 mil vagas de agente censitário



O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IGBE) encerra nesta segunda-feira (15/3) as inscrições para 22.409 vagas para o cargo de agente censitário.
 
Os interessados podem realizar os cadastros até às 23h59 (horário de Brasília) desta segunda(15), por meio do site do Cebraspe.

Neste edital, a realização de processo seletivo simplificado é para a contratação temporária de pessoal para o preenchimento de 5.450 vagas para a função de agente censitário municipal (ACM) e de 16.959 vagas para a função de agente censitário supervisor (ACS), para a realização do Censo Demográfico 2021.

Confira os editais aqui!

Os cargos exigem nível médio completo. Para o cargo de agente municipal, a remuneração é de R$ 2.100, para 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias. Já para agentes supervisores, o salário é de R$ 1.700, para a mesma carga horária.

O contratado também terá auxílio-alimentação, auxílio-transporte e auxílio pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais.

Os contratos terão vigência de 30 dias, podendo ser sucessivamente prorrogados por apostilamento, por igual período, estritamente de acordo com a necessidade do trabalho e/ou disponibilidade de recursos orçamentários. Por questões administrativas, o último contrato poderá ter vigência menor que 30 dias.

Inscrições
Será admitida a inscrição somente via internet, no endereço eletrônico http://www.cebraspe.org.br/concursos/ibge_20_agente, das 10 horas do dia 19 de fevereiro 2021 às 23 horas e 59 minutos de 15 de março de 2021 (horário oficial de Brasília/DF). A taxa é de R$ 39,49.Etapas

Para estes cargos, haverão prova objetiva de língua portugues, raciocínio lógico, ética, noções de administração e conhecimentos técnicos. A prova objetiva terá a duração de 4 horas e será aplicada em 18 de abril.

Algumas atribuições

Agente censitário municipal

Saiba Mais

IBGE abre inscrições para 6.500 vagas temporárias

IBGE abre inscrições de mais 180 mil vagas e lança simulador de ganhos

IBGE publica editais com mais de 204 mil vagas para o Censo 2021

Acompanhar as atividades da coleta de dados, garantindo a perfeita cobertura da área territorial, o cumprimento dos prazos e a qualidade das informações coletadas; acompanhar o Agente Censitário Supervisor no início da coleta da pesquisa urbanística do entorno de domicílios para obter o conhecimento prático; acompanhar sistematicamente o andamento da coleta de dados nas áreas de atuação de cada Agente Censitário Supervisor, por meio dos relatórios dos Sistemas Gerenciais, e adotar as providências cabíveis, com vistas ao bom andamento dos trabalhos, à total cobertura da área territorial, ao cumprimento dos prazos e à qualidade; equipar, administrar, organizar e zelar pelo Posto de Coleta, adotando providências para garantir seu adequado funcionamento; adotar as providências relativas à contratação, prorrogação de contratos e desligamento de Recenseadores; acompanhar o registro de frequência dos Agentes Censitários Supervisores (ACS) e operar o sistema administrativo existente no Posto de Coleta; coordenar as atividades censitárias sob sua responsabilidade, orientando os trabalhos das equipes de campo de sua área de atuação, obedecendo às instruções técnicas, operacionais, administrativas e de informática estabelecidas nos manuais e nas normas vigentes; coordenar as reuniões de preparação e execução do censo e outros.

Agente censitário supervisor

Acompanhar os recenseadores em campo para esclarecimento de dúvidas quanto à identificação dos limites dos setores censitários e percursos, visando à cobertura correta de suas áreas de trabalho; monitorar a produtividade dos Recenseadores; adotar as providências relativas à contratação, prorrogação de contratos e desligamento de Recenseadores; auxiliar os Recenseadores na solução dos casos de recusa ou resistência de informantes em atendê-los; colaborar na organização e na administração do Posto de Coleta; planejar, organizar, supervisionar e avaliar a execução da coleta de dados realizada pelos Recenseadores, fazendo uso dos sistemas disponibilizados e de visitas em campo, quando necessárias, para garantir a cobertura da área territorial; dirigir veículo oficial ou locado pela Instituição, caso possua habilitação; elaborar e transcrever textos e/ou planilhas em dispositivos eletrônicos; fazer registros administrativos e de controle da coleta de dados e outros.

Por Agência Brasil




Petrolândia: Aniversariante do dia, 'Maurício Gato' recebe os parabéns da família e amigos

Nesta segunda-feira, 15 de março de 2021, o petrolandense Maurício, popularmente conhecido por Maurício Gato, comemora mais um ano de vida.

Na oportunidade a esposa Maria do Carmo (Cota), filhos Marcinha, Aninha e Mauricinho. e os seus amigos desejam muita saúde, paz e felicidade.

As felicitações são também do Blog de Assis Ramalho e da Web Rádio Petrolândia

PARABÉNS!!!

Da Redação do Blog de Assis Ramalho
Informação e foto: Família

Projeto do deputado Fabrizio Ferraz garante abono de faltas aos profissionais da segurança que se ausentarem das salas de aula em razão do serviço


Na Assembleia Legislativa de Pernambuco, o deputado estadual Fabrizio Ferraz apresentou um projeto de lei que dispõe sobre o abono de faltas em instituições de ensino para estudantes que sejam policiais civis, militares, penais, bombeiros militares ou agentes socioeducativos, ausentes em decorrência do serviço. De acordo com o parlamentar, a matéria faz parte de um pacote de medidas do seu mandato que visa a valorização dos profissionais da segurança e a defesa dos direitos da categoria.

“ Não acreditamos ser correto que esses profissionais tenham suas carreiras acadêmicas prejudicadas quando estiverem a serviço da sociedade. Essa é uma matéria justa e importante, que iremos defender na Alepe para que se torne lei em Pernambuco”, defendeu o deputado.

Na última semana, Ferraz, que é presidente da Comissão de Segurança Pública e Defesa Social da Assembleia, também apresentou uma proposição que estabelece a reserva de unidades residenciais dos programas habitacionais de Pernambuco para policiais militares, civis, penais, bombeiros e agentes socioeducativos. As duas matérias seguem em tramitação na Casa Legislativa e devem ser encaminhadas às comissões esta semana. “ A aprovação desses projetos será um justo reconhecimento àqueles que trabalham diariamente para garantir a nossa segurança e o bem estar social”, finalizou Fabrizio Ferraz

Blog de Assis Ramalho
Por Assessoria de Imprensa

Petrolândia: Hospital Municipal Dr Francisco Simões de Lima disponibiliza atendimento tefefônico para melhor atender a população



Agora você pode falar com todos os setores do hospital ( Dr Francisco Simões de Lima)  através do telefone (87) 3851-1192.

Atenção, o horário para informações sobre pacientes internados é das 10h às 12h e das 16h às 18h.
A prefeitura faz gestão nos mínimos detalhes.

Divulgação/Prefeitura de Petrolândia

Ludhmila Hajjar recusará convite para o Ministério da Saúde, diz jornal



Após se reunir com o presidente Jair Bolsonaro no domingo (14), a cardiologista Ludhmila Hajjar deve recusar o convite para assumir o Ministério da Saúde. De acordo com a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, a decisão da médica foi comunicada a políticos que a apoiam.

Ainda conforme a colunista, a reunião de ontem entre Bolsonaro, a médica e o atual ministro da pasta, foi tensa e inconclusiva. Na conversa foram abordados diversos assuntos relacionados à pandemia como necessidade de apoio a medidas duras de isolamento social, a urgência da vacinação em massa e tratamentos precoces, defendidos por Bolsonaro, mas ainda não confirmados por estudos científicos.

Segundo a Folha, não houve consenso sobre como o Ministério da Saúde poderia passar a tratar desses temas. Bolsonaro e Ludhmila ficaram de se encontrar novamente nesta segunda (15).

A pressão pela saída de Eduardo Pazuello do ministério aumentou nos últimos dias na capital federal. Investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e na mira de parlamentares do Centrão que buscam emplacar um nome na pasta, o general tem sua continuidade no governo ameaçada em meio aos recordes sucessivos de mortes por covid-19 no País.

Além de Ludhmila, o nome do presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), Marcelo Queiroga, também chegou a ser sugerido como opção a Bolsonaro

ISTOÉ

Governo autoriza reajuste de até 4,88% em remédios


A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) autorizou um aumento de até 4,88% nos preços de remédios. O reajuste foi publicado na edição desta segunda-feira (15) do Diário Oficial da União e já pode ser aplicado pelas farmacêuticas.

A regulação é válida para um universo de mais de 19 mil medicamentos disponíveis no mercado varejista brasileiro.

A decisão foi tomada pelo Comitê Técnico-Executivo da CMED, órgão vinculado à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), em reunião no último dia 12. Por meio da entidade, o governo controla o reajuste de preços de medicamentos periodicamente -- estabalecendo o aumento máximo que esses produtos podem atingir no mercado brasileiro.

O ajuste de preços vem 15 dias antes do usual, já que resolução da CMED estabelecia que os preços deveriam ser modificados em 31 de março de cada ano. A portaria não esclarece a antecipação.

No ano passado, o presidente Jair Bolsonaro anunciou um acordo com a indústria farmacêutica para que o reajuste anual de todos os remédios fosse adiado por 60 dias, por conta da crise provocada pela pandemia de coronavírus.

Em junho, a CMED autorizou um aumento nos preços de remédios de até 5,21%

G1


Filha de educadora é vítima da Covid-19 em Glória (BA); nas redes sociais, amigos lamentaram a morte de Andressa

 

Faleceu neste domingo (14), vítima da covid-19, Andressa Castor, filha da educadora e comerciante Eliomar Castor, de Glória, Bahia. Andressa estava internada na UTI Covid do HMPA – Hospital Municipal de Paulo Afonso.

A informação foi confirmada pelo vereador Antônio Marcos que é amigo da família. “Infelizmente é verdade, lamentamos a triste partida de uma pessoa tão querida aqui no nosso município”, disse o parlamentar.

“Às 15:30, o corpo de Andressa Castor estará chegando ao entroncamento de Glória. O cortejo segue pela cidade, passando em frente a sua casa, logo depois, seguirá para o Olhos D’água do Souza, sendo que lá, no cemitério, só poderão entrar 9 pessoas.”, informou Antônio Marcos.

Andressa era sobrinha do também vereador Missão de Dotor e do secretário municipal Nido de Dotor. Os dois são irmãos de Eliomar que é proprietária do famoso quiosque da Eliomar da Orla de Glória.

Nas redes sociais, amigos lamentaram a morte de Andressa, entre eles o ex-vereador Alex Almeida: “Meus sinceros sentimentos a toda família Castor, em especial a Eliomar, Pedro, Vinícius e Leozinho. Que Deus dê força e consolo a todos vocês. Que Andressa descanse em paz. #diatriste”

Por PA4

Nascidos em janeiro já podem atualizar dados no Caixa Tem


Às vésperas de retomar o pagamento do auxílio emergencial, a Caixa Econômica Federal convida os usuários do aplicativo Caixa Tem a atualizar os dados cadastrais no aplicativo. O procedimento pode ser feito a partir deste domingo (14) pelos clientes nascidos em janeiro.

A atualização é feita inteiramente pelo celular, bastando o usuário seguir as instruções do aplicativo, usado para movimentar as contas poupança digitais. Segundo a Caixa, o procedimento pretende trazer mais segurança para o recebimento de benefícios e prevenir fraudes.

Ao entrar no aplicativo, o usuário deve acessar a conversa “Atualize seu cadastro”. Em seguida, é necessário enviar uma foto (selfie) e os documentos pessoais (identidade, CPF e comprovante de endereço).

O calendário de atualização seguirá um cronograma escalonado, conforme o mês de nascimento dos clientes. O cronograma continua na terça-feira (16) para os nascidos em fevereiro, na quinta-feira (18) para os nascidos em março, até encerrar em 31 de março, para os nascidos em dezembro.
Confira o cronograma completo abaixo:

Mês de nascimento

Data de atualização

Janeiro

14/3 (domingo)


Fevereiro

16/3 (terça)


Março

18/3 (quinta)


Abril

20/3 (sábado)


Maio

22/3 (segunda)


Junho

23/3 (terça)


Julho

24/3 (quarta)


Agosto

25/3 (quinta)


Setembro

26/3 (sexta)


Outubro

29/3 (segunda)


Novembro

30/3 (terça)


Dezembro

31/3 (quarta)


No ano passado, a Caixa abriu mais de 105 milhões de contas poupança digitais, das quais 35 milhões para brasileiros que nunca tiveram contas em banco. Além do auxílio emergencial, o Caixa Tem foi usado para o pagamento do saque emergencial do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e do Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm).

Uma lei sancionada no fim de outubro autorizou a ampliação do uso das contas poupança digitais para o pagamento de outros benefícios sociais e previdenciários. Desde dezembro, os beneficiários do Bolsa Família e do abono salarial passaram a receber por essa modalidade.

Por Agência Brasil

Pazuello diz que segue ministro e que Bolsonaro não pediu cargo



O Ministério da Saúde informou, no início da noite deste domingo (14/3), que o atual ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, segue no comando da pasta e que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não pediu para que o general do Exército entregue o cargo.

“Não estou doente, o presidente não pediu o meu cargo, mas o entregarei assim que o presidente pedir. Sigo como ministro da Saúde no combate ao coronavírus e salvando mais vidas”, afirmou Pazuello, por meio de sua assessoria de imprensa.

Segundo nota do Ministério da Saúde, “esclarecemos, ainda, que Pazuello se encontra em perfeito estado de saúde e não há nenhum pedido de demissão do ministro ao presidente da República”.

Polêmica

A negativa de Pazuello ocorre momentos após integrantes do governo confirmarem que o titular da Saúde não permanecerá no cargo.

Ministro próximo a Bolsonaro confirmou ao Metrópoles o movimento de troca, mas disse que o processo pode levar alguns dias. O representante do primeiro escalão afirmou que Pazuello enfrenta problemas de saúde relacionados à pressão e ao coração e teria chegado a seu limite no governo.

De acordo com informações de integrantes do governo, a pressão para a saída do ministro foi muito forte e se intensificou depois de reunião com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), na tarde de sábado (13/3), no Palácio da Alvorada.

Após o encontro com Lira, Bolsonaro se dirigiu para o hotel de trânsito dos oficiais, no Setor Militar, onde teria comunicado sua decisão ao ministro, na noite de sábado.
Substituta

Bolsonaro inclusive já se reuniu com a professora da Universidade de São Paulo (USP) e médica cardiologista Ludhmila Hajjar, no Palácio da Alvorada. Ela é cotada para a vaga de Pazuello.

O encontro ocorreu por volta das 15h20. A Secretaria Especial de Comunicação Social confirmou a agenda de Bolsonaro com a especialista.

Ludhmila Hajjar estudou na Universidade de Brasília (UnB) e é cardiologista intensivista da Rede D’Or, além de professora associada da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Ela foi a responsável pelo tratamento de Covid-19 do ministro Bruno Dantas, do Tribunal de Contas da União (TCU), e do ex-presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM-RJ), entre outros políticos.

Por Portal Metrópoles