sexta-feira, 5 de março de 2021

Edital de auxílio emergencial para artistas e agremiações carnavalescas de PE é divulgado; inscrições começam na quarta



A Secretaria Estadual de Cultura de Pernambuco (Secult-PE) divulgou, nesta sexta-feira (5), o edital do Auxílio Emergencial do Ciclo Carnavalesco de Pernambuco.

Ao todo, R$ 3 milhões devem ser destinados a cerca de 450 artistas e agremiações ligados ao carnaval do estado, que não se apresentaram em 2021 devido ao cancelamento da festa por causa da pandemia da Covid-19.

De acordo com o governo estadual, a expectativa é de que cerca de 20 mil pessoas sejam beneficiadas pelo auxílio. As inscrições abrem na quarta-feira (10) e terminam às 18h do dia 25 de março, conforme o edital disponível no site da secretaria.

Para receber o auxílio, é preciso ter domicílio comprovado em Pernambuco e ter participado ao menos uma vez da programação carnavalesca, nos anos de 2018, 2019 ou 2020.

As áreas a serem contempladas pelo edital são as de dança, cultura popular e música. A previsão é de que o resultado seja divulgado no dia 26 de abril. Os pagamentos estão previstos para o dia 30 desse mesmo mês.

O valor a ser pago vai corresponder a 60% do último cachê recebido pelo artista ou pela agremiação nos ciclos carnavalescos dos três anos que o edital abrange. O piso é de R$ 3 mil e o teto é de R$ 15 mil, a serem pagos em parcela única.

Os inscritos devem passar por análise de uma comissão formada por representantes da sociedade civil, integrantes da Secult e da Secretaria de Turismo de Pernambuco.

Por G1 PE

Com mais 1.800 mortes registradas, Brasil bate recorde de média móvel de óbitos pelo sétimo dia seguido


Cemitério Nossa Senhora Aparecida, em Manaus (AM). Capital registra recorde atrás de recorde em número de sepultamentosHugo Barreto/Metrópoles

Com mais 1.800 mortes registradas, a média móvel de óbitos em decorrência da Covid-19 no Brasil bateu recorde pelo 10º dia consecutivo e chegou a 1.419 nesta sexta-feira (5/3). O indicador, em comparação com o verificado há 14 dias, sofreu acréscimo de 33%, demonstrando avanço da doença.

Em relação aos infectados, foram 75.495 nas últimas 24 horas. Os dados são do mais recente balanço divulgado pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). No total, o Brasil já perdeu 262.770 vidas para a doença e computou 10.869.227 casos de contaminação.

Devido ao tempo de incubação do novo coronavírus, adotou-se a recomendação de especialistas para que a média móvel do dia seja comparada à de duas semanas atrás.

Variações na quantidade de mortes ou de casos de até 15%, para mais ou para menos, não são significativas em relação à evolução da pandemia. Já percentuais acima ou abaixo devem ser encarados como tendência de crescimento ou de queda.

Os cálculos são feitos pelo (M)Dados, núcleo de jornalismo de dados do Metrópoles, e se baseiam nos relatórios repassados pelo Ministério da Saúde. Essas informações também alimentam o painel interativo com notícias sobre a pandemia desde o primeiro caso da doença registrado no país.
Média móvel

Acompanhar o avanço da pandemia de Covid-19 com base em dados absolutos de morte ou de casos está longe do ideal. Isso porque eles podem apresentar variações diárias muito grandes, principalmente atrasos nos registros. Nos fins de semana, por exemplo, é comum perceber redução significativa dos números.

Para reduzir esse efeito e produzir uma visão mais fiel do cenário, a média móvel é amplamente utilizada ao redor do mundo. A taxa, então, representa a soma das mortes divulgadas em uma semana dividida por sete. O nome “móvel” é porque varia conforme o total de óbitos dos sete dias anteriores.

Por Portal Metrópoles

Cantor Leonardo diz que morte de assessor em fazenda é uma tragédia: 'Dor que nunca mais pensava sentir na vida'


O cantor Leonardo publicou nas redes sociais uma homenagem ao assessor e amigo Nilton Rodrigues da Silva, conhecido como "Passim", que morreu após ser atingido por tiros em uma fazenda do sertanejo, em Jussara, no oeste de Goiás. Na postagem, o artista definiu o ocorrido como uma "tragédia".

"Perdi meu primo-irmão, amigo, companheiro e parceiro de todas as horas. [...] Estamos sem chão, uma dor que pensava nunca mais sentir na vida", escreveu.

Passim foi encontrado morto no banheiro da suíte em que estava hospedado, na quinta-feira (4), e Leonardo foi uma das primeiras pessoas a ver o corpo. Segundo o delegado Kléber Toledo, o cantor sentiu falta do amigo na hora no almoço, o chamou e, como não obteve resposta, mandou que funcionários arrombassem a porta da suíte.

Nilton Rodrigues, conhecido como Passim, era assessor e amigo do cantor Leonardo — Foto: Reprodução/Instagram

As investigações apontaram que Passim atirou acidentalmente nas próprias mão e na perna esquerda. A Polícia Civil apurou, à princípio, que o assessor estava sozinho no momento do acidente e tentou estancar o sangramento no banheiro, mas não resistiu à hemorragia.

A corporação estima que os tiros foram disparados por volta de 2h, mas o corpo da vítima foi encontrado às 12h30. Segundo a Polícia Civil, inicialmente, o fato havia sido noticiado como possível suicídio, o que foi afastado pelas equipes após uma perícia inicial.

Por Vanessa Martins, G1 GO

A partir das 20h desta sexta (5), em PE, bares, restaurantes, lojas e demais atividades não essenciais devem ser fechados, podendo reabrir apenas às 5h da segunda-feira (8) - Confira o que pode e o que não pode funcionar durante o período de restrições

Nos tempos antes da pandemia: Balneário Roça de Samyr (Petrolândia) - Foto arquivo: Assis Ramalho BlogAR


O decreto estadual que entrou em vigor na quarta (3) em Pernambuco para conter o avanço da Covid-19 limitou o horário de funcionamento de atividades essenciais durante a semana. Aos finais de semana, essas atividades não podem funcionar e praias, parques e clubes ficam fechados. As restrições valem até 17 de março (veja vídeo acima).

A partir das 20h desta sexta-feira (5), bares, restaurantes, lojas e demais atividades não essenciais devem ser fechados, podendo reabrir apenas às 5h da segunda-feira (8).

Fora desse horário, somente serviços considerados essenciais, como hospitais e supermercados, têm autorização para funcionamento (veja lista abaixo).

Outra medida anunciada pelo governo foi a proibição de visitas de parentes em presídios do estado. Para evitar aglomerações, a medida vale para os finais de semana da primeira quinzena de março: dias 6 e 13 (sábados) e 7 e 14 (domingos).

Denúncias de desrespeito ao decreto podem ser feitas ao Procon Pernambuco, através do Whatsapp (81) 3181.7000, e também da Polícia Militar, pelo 190.

Confira o que pode e o que não pode funcionar no estado durante o período de restrições:

Academias de ginástica

Esses estabelecimentos não têm autorização para abrir aos fins de semana em Pernambuco, até o dia 17 de março.

Praia

O decreto proibiu banho de mar nos finais de semana. A areia pode ser usada para esporte individual, como caminhada e corrida. Atividades como vôlei, futevôlei, funcional e outras que agreguem pessoas são proibidas.

A proibição também se estende para a prática de exercícios físicos na praia ao lado de um profissional. No caso da pesca, a atividade não é permitida na praia, apenas se for feita em rios e de forma individual.

Comércio de rua

O segmento não tem autorização para funcionar aos sábados e domingos, até o dia 17 de março. A exceção é para feiras livres.

Cruzeiros


O decreto proibiu operações de atracação de cruzeiros e outras embarcações de passageiros de grande porte em todo o estado, inclusive em Fernando de Noronha, até o dia 17 de março.

Delivery de restaurante


O serviço de entrega (delivery) para bares e restaurantes permanece autorizado, tanto no esquema de entrega na residência quanto na retirada do produto na porta do estabelecimento. O consumo presencial de alimentos e bebidas nos restaurantes, no entanto, foi proibido nos fins de semana.

Os restaurantes dentro de shoppings podem funcionar, desde que atuem exclusivamente por meio de delivery. Caso esses espaços funcionem com delivery, deve haver um ponto de retirada do alimento no estacionamento do local, não sendo possível entrar no shopping.

Futebol
A única autorização é para os jogos do Campeonato Pernambucano, que não devem ter público nos estádios. Nos fins de semana, estão proibidas práticas esportivas, como peladas, futebol de várzea ou society.

Igrejas e templos religiosos

Durante os fins de semana, estão proibidos eventos em igrejas, independentemente da religião. Reuniões religiosas foram categorizadas como atividades não essenciais pelo decreto.

Segundo o governo, eventos como batizados e casamentos que haviam sido agendados para os finais de semana até 17 de março devem ser remarcados.

Parques


De acordo com o decreto, foi proibida, durante os fins de semana até 17 de março, a prática de atividades econômicas e sociais nos parques e nas praias. Cabe às prefeituras fechar os parques aos sábados e domingos.

Shoppings

Aos sábados e domingos, até o dia 17 de março, os estabelecimentos devem permanecer fechados. A exceção é para restaurantes que funcionam dentro dos centros de compra, desde que atuem no sistema de delivery ou retirada no estacionamento.

Serviços autorizados

Serviços públicos municipais, estaduais e federais, incluindo, os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além do Tribunal de Contas;
Farmácias e estabelecimentos de venda de produtos médico-hospitalares;
Postos de gasolina;
Serviços essenciais à saúde, como médicos, clínicas, hospitais, laboratórios e demais estabelecimentos relacionados à prestação de serviços na área de saúde;
Serviços de abastecimento de água, gás e demais combustíveis, saneamento, coleta de lixo, energia, telecomunicações e internet;
Clínicas e os hospitais veterinários e assistência a animais;
Serviços funerários;
Hotéis e pousadas, incluídos os restaurantes e afins, localizados em suas dependências, com atendimento restrito aos hóspedes;
Serviços de manutenção predial e prevenção de incêndio;
Serviços de transporte, armazenamento de mercadorias e centrais de distribuição, para assegurar a regular atividade dos estabelecimentos cujo funcionamento não esteja suspenso;
Estabelecimentos industriais e logísticos, bem como os serviços de transporte, armazenamento e distribuição de seus insumos, equipamentos e produtos;
Oficinas de manutenção e conserto de máquinas e equipamentos para indústrias e atividades essenciais, veículos leves e pesados e venda e serviços associados de peças e pneumáticos;
Restaurantes, lanchonetes e similares, por meio de entrega a domicílio e para atendimento presencial exclusivo a caminhoneiros, sem aglomeração;
Serviços de auxílio, cuidado e atenção a idosos pessoas com deficiência e/ou dificuldade de locomoção e do grupo de risco, realizados em domicílio ou em instituições destinadas a esse público;
Serviços de segurança, limpeza, vigilância, portaria e zeladoria em estabelecimentos públicos e privados, condomínios, entidades associativas e similares;
Imprensa;
Serviços de assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade;
Transporte coletivo de passageiros, devendo observar normas complementares;
Supermercados, padarias, mercados e demais estabelecimentos voltados ao abastecimento alimentar da população.

Por G1 PE

Prefeitura de Paulo Afonso acata decisão da Justiça e nova data da 2ª fase do concurso será anunciada até segunda (8), diz secretário



O secretário municipal de Administração, Cléston Andrade, informou nesta quinta-feira (4) ao sitepa4 que a prefeitura de Paulo Afonso atenderá determinação da Justiça sobre o concurso público e que prevalecerá o edital original com a manutenção da cláusula de barreira para a 2ª fase do certame.

Ou seja, “somente realizarão as provas dissertativas os candidatos aprovados nas provas objetivas, classificados até 5 (cinco) vezes o número de vagas da ampla concorrência estabelecidos no Anexo I, respeitados os candidatos empatados na última nota, ficando os demais candidatos reprovados e eliminados do concurso para todos os efeitos.” conforme se verifica no Item 5, do Capítulo VII do referido edital.

Cleston disse que até a próxima segunda-feira (8), será divulgada a nova data da prova e a lista dos candidatos aptos a fazê-la:

“Estamos divulgando até segunda-feira (8) a nova data do concurso com a relação dos candidatos que irão prestar a segunda fase de acordo com os ditames original do edital, de 5 vezes o número de vagas da concorrência ampla, atendendo a decisão do Magistrado. A provável data do concurso deve ser no mês de abril e junto e iremos publicar as demais etapas, incluindo prazos para recurso e homologação.

No último dia 23 de fevereiro, o juiz de Direito da Vara da Fazenda Pública, Cláudio Santos Pantoja Sobrinho, determinou a suspensão do concurso (veja AQUI), ante a ilegalidade do Aditivo ao Edital 001/2021, publicado em 22 de janeiro de 2021, que excluiu a cláusula de barreira “contrariando o princípio da vinculação ao edital, bem como a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal.”

A ação foi impetrada pela candidata Hanna Letícia de Sá Araújo asseverando que houve a previsão adicional de cláusula de barreira, aplicada entre a prova objetiva e a subjetiva, a fim de restringir o número de candidatos que realizariam a fase subjetiva.

Por PA4

Petrolândia: Idosos de 80 a 84 anos serão imunizados contra Covid-19 no sistema de drive-thru no próximo dia 12 a partir das 8:30 na Praça da Matriz

 


Prefeitura de Petrolândia

Secretaria de Saúde, inova mais uma vez!
Formato de vacinação por Drive Thru, o idoso poderá ser vacinado dentro do próprio carro, passando pela praça da matriz, dia 12/03 às 8:30.
 
A Prefeitura de Petrolândia tem compromisso com a saúde da população.

Divulgação-texto e arte: Prefeitura de Petrolândia

Cantor Leonardo estranhou ausência e mandou arrombar porta da suíte onde assessor foi encontrado morto, diz polícia

Assessor do cantor Leonardo morre em fazenda do artista em Jussara, Goiás — Foto: Reprodução/Instagram

O cantor Leonardo foi uma das pessoas que encontrou o corpo do assessor e amigo Nilton Rodrigues da Silva, conhecido como "Passim", na fazenda Talismã, em Jussara, no oeste de Goiás. A Polícia Civil informou que, de acordo com as entrevistas preliminares que fez com pessoas que estavam no local, o artista sentiu falta da vítima e, quando não conseguiu entrar na suíte em que ela estava, mandou funcionários arrombarem a porta.

"[Leonardo] estava com outros funcionários da fazenda e, como o Passim não saía do quarto após ser chamado, o Leonardo, segundo uma funcionária, mandou arrombar a porta", explicou o delegado Kléber Toledo.

Passim foi encontrado morto no banheiro da suíte, na quinta-feira (4). As investigações apontaram, inicialmente, que ele atirou acidentalmente na própria mão e na perna esquerda. A corporação também apurou, à princípio, que o assessor estava sozinho no momento do acidente e tentou estancar o sangramento, mas que não resistiu à hemorragia.

Assessor de Leonardo morreu atingido por tiros provavelmente acidentais, diz polícia

Os policiais estimam que os tiros foram disparados por volta de 2h, mas o corpo da vítima foi encontrado às 12h30. Segundo a Polícia Civil, inicialmente, o fato havia sido noticiado como possível suicídio, o que foi afastado pelas equipes após uma perícia inicial.


Nilton Rodrigues, conhecido como Passim, era assessor e amigo do cantor Leonardo — Foto: Reprodução/Instagram

Segundo as investigações, além de Passim e Leonardo, havia mais duas pessoas na fazenda, e todas dormiam em cômodos distantes.

A Polícia Civil informou que conversou com as pessoas que estavam na propriedade, mas que deve ouvir todas formalmente, na delegacia, durante a investigação. Os laudos periciais também devem ser feitos e analisados.

A corporação identificou a arma como sendo uma Glock 380. O G1 questionou a Polícia Civil, por mensagens enviadas às 10h desta sexta-feira (5), de quem era a arma e se ela estava legalizada, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

A assessoria da Polícia-Técnico Científica (PTC) informou que equipes de Perícia Criminal e de Medicina Legal fizeram a perícia no local e no corpo com o objetivo de fornecer suporte técnico-científico às investigações da polícia.

A assessoria de Leonardo já havia informado, ainda na quinta-feira, que "a morte foi acidental".

Homenagens

Passim trabalhava no meio artístico há cerca de 30 anos. Ele deixa esposa e dois filhos. Até a última atualização desta reportagem, não haviam sido divulgadas informações sobre velório e enterro.

Vários amigos do assessor expressaram luto pela morte dele. Entre eles a esposa de Leonardo, Poliana Rocha, que publicou nas redes sociais textos falando sobre a companhia de Passim e a falta que ele fará:

“Nosso ‘Rambo’, amigo, irmão, companheiro, secretário, filho, fiel escudeiro e muito mais partiu. Estamos um caco, só frangalhos! Amanhã falo com vocês. Estamos sem chão. A vida hoje ficou cinza”, escreveu.

Filho do assessor, Hugo Rodrigues fez uma declaração ao pai, dizendo que não teve como se despedir, mas que Passim deixou "um legado lindo".

"Nos deixou tão de repente, pai. Não tivemos tempo de nos abraçar ou de falar um último 'eu te amo', como dizíamos todos os dias. [...] Nossa trajetória não acabou aqui, pai. Eu vou te encontrar ainda. Me espera, meu velho. Te amo e sempre vou te amar", escreveu o filho.

O cantor Zé Felipe, filho de Leonardo, postou vídeo com Passim em sua rede social e disse que "não dá para acreditar" na perda do amigo (veja abaixo).

A gravação compartilhada mostra um momento de brincadeira e descontração em que Zé Felipe pede para que o amigo não morra nunca.

"Se você morrer, eu desenterro você e ponho em pé de novo", diz Zé Felipe.

Por Vanessa Martins, G1 GO

Renato acerta renovação e fica no Grêmio na temporada 2021 e Atlético-MG confirma Cuca como novo técnico


Agora está confirmado: Renato fica no Grêmio na temporada 2021. Técnico mais longevo do futebol brasileiro, ele assinou um novo vínculo até o final do ano para seguir no Tricolor pela sexta temporada consecutiva. O anúncio oficial foi feito pelo clube logo após a publicação desta notícia.

O desfecho das negociações para a renovação encerra uma novela sobre a permanência ou não do treinador e permite ao clube acelerar o planejamento para a temporada de 2021, ainda que não tenha concluído a temporada de 2020.

A negociação já estava encaminhada desde a semana anterior ao primeiro jogo contra o Palmeiras na final da Copa do Brasil, no dia 28, quando o Tricolor foi superado na Arena por 1 a 0. O jogo da volta ocorre neste domingo, no Allianz Parque, em São Paulo.

Em entrevista aos canais oficiais do clube, o presidente Romildo Bolzan Jr. e Renato falaram sobre acerto. Os dois estão em Atibaia, no interior paulista, onde o Grêmio está concentrado para a final da Copa do Brasil.

– Essa renovação se dá antes da final da Copa do Brasil exatamente porque acreditamos no projeto que tem que se reciclar, se renovar, e que vai ser renovado. E que vai cada vez ser melhorado, cada vez mais será reforçado. Temos a expectativa de logo em seguida começar outros campeonatos, o ano segue e continuidade do projeto cada vez mais consistente é fundamental – disse Romildo.

– Agradeço ao senhor (presidente), à diretoria do Grêmio, e em especial à nossa torcida. Vamos dar sequência nos nossos projetos que são fundamentais nesse grande clube e, acima de tudo, trabalhar bastante com os guris. Se Deus quiser, quem sabe a gente possa aproveitar mais alguns esse ano, é fundamental o trabalho que a gente tem feito com a base, e buscar mais títulos, que é o nosso objetivo – acrescentou Renato.

Neste fim de temporada, o Atlético-MG esteve em negociações com Renato e o tinha o técnico do Grêmio como prioridade após a saída de Jorge Sampaoli. Mas as conversas não evoluíram, e o Galo acertou com Cuca.

Contratado em setembro de 2016, Renato está há mais de quatro anos e meio no cargo e vai manter-se como técnico da elite do futebol brasileiro por mais tempo no comando de uma equipe.

Em sua terceira passagem pelo Grêmio, o ídolo se tornou o técnico com mais jogos na história do clube, ganhou uma estátua na Arena e conquistou os títulos da Copa do Brasil de 2016, da Libertadores de 2017, da Recopa Sul-Americana de 2018 e dos estaduais de 2018, 2019 e 2020, além de uma Recopa Gaúcha.


CUCA É DO GALO

Cuca é, oficialmente, o novo treinador do Atlético-MG.

Depois de buscar no mercado um substituto de Jorge Sampaoli, e até mirar mais em Renato Gaúcho, a diretoria do Galo foi atrás de um outro plano e viu no técnico campeão da Libertadores 2013 o nome ideal, diante das circunstâncias do mercado, para o acerto. Aos 57 anos, volta ao clube mineiro após sete anos.

Na última terça-feira, houve reunião entre a diretoria do Atlético e o staff do treinador, que se encontra em Curitiba cuidando de assuntos familiares - principalmente da internação da mãe, que se recupera de Covid-19. O ge adiantava um desfecho positivo no encontro. Cuca retorna ao Atlético para um contrato de dois anos, com possibilidade de ampliação até dezembro de 2023.

A comitiva de Cuca é formada pelos auxiliares Cuquinha (seu irmão) e Eudes Pedro. O Atlético contratou também Cristiano Nunes para fazer parte da equipe de preparadores físicos do clube. Cristiano havia se desligado do Internacional, e é mais um ex-profissional do Colorado que chega ao Galo. Antes, foram o diretor Rodrigo Caetano, o analista de mercado Alessandro Brito e o coordenador da base Erasmo Damiani.

Rejeição de parte da torcida

Nas redes sociais, uma parcela da torcida tem se manifestado de forma contrária à contratação do treinador com a hashtag #CucaNão. O protesto tem a ver com um episódio ocorrido em 1987, na Suíça. Durante uma excursão do Grêmio à Europa, Cuca (então jogador) e os companheiros de clube, Eduardo Hamester, Fernando Castoldi e Henrique foram acusados de terem tido relação sexual com uma menina de 13 anos.

Após quase um mês detidos em Berna, os quatro jogadores foram liberados. Dois anos depois, em 1989, Cuca, Eduardo e Henrique foram condenados por atentado ao pudor com uso de violência. Fernando foi absolvido da acusação de atentado ao pudor e condenado por estar envolvido no ato de violência. Cuca deu sua versão sobre o assunto pela primeira vez ao blog da Marília Ruiz, do Uol. Ele se diz inocente.

O Atlético, desde o começo da negociação, sabia da criação de polêmicas e vem se preparando, institucionalmente, para apoiar o treinador perante a opinião pública. No anúncio, o clube deu o seguinte posicionamento:

"Sobre os antigos episódios envolvendo o nome do treinador (e que vieram à tona recentemente), o Clube entende que o assunto está superado, em face das últimas declarações dadas por ele. O Clube Atlético Mineiro afirma confiar no treinador, em suas palavras e, principalmente, em sua conduta: sempre proba e séria, inclusive durante o período em que treinou o nosso time. O Clube afirma, ainda, ter absoluto respeito pelas mulheres, defende a bandeira da igualdade e repudia qualquer ato de violência ou discriminação, contra quem quer que seja".

De volta ao Galo


Cuca estava livre no mercado após deixar o Santos, com trabalho bem avaliado no clube mineiro, principalmente pelo vice-campeonato da Libertadores 2020. Inclusive, Cuca recebeu gancho de dois jogos na Conmebol - pela expulsão na final em confusão com Marcos Rocha, e precisará cumprir a pena sob o comando do Atlético.

Juntos, Cuca e Atlético venceram dois títulos do Mineiro, além da máxima glória da história do clube na Copa Libertadores. Em dezembro de 2013, com o terceiro lugar no Mundial de Clubes no Marrocos, Cuca decidiu sair do Atlético, após proposta milionária da China (Shandong Luneng).

Por Globoesporte


Governo suspende recursos para cultura em cidades com restrições



Fotos  Assis Ramalho

O governo suspendeu o repasse de novos recursos para atividades culturais em estados e municípios que adotaram restrição de locomoção e de atividades econômicas como medida de combate à pandemia de covid-19.

A portaria da Secretaria Nacional de Fomento e Incentivo à Cultura foi publicada hoje (5) no Diário Oficial da União.

“Só serão analisadas e publicadas no Diário Oficial da União as propostas culturais, que envolvam interação presencial com o público, cujo local da execução não esteja em ente federativo em que haja restrição de circulação, toque de recolher, lockdown ou outras ações que impeçam a execução do projeto”, diz o texto da portaria.

A medida vale por 15 dias, mas pode ser prorrogada ou suspensa, “a depender da manutenção ou não das medidas restritivas nos referidos entes da Federação”.

Em nota, a Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo explicou, com isso, serão priorizadas as análises das propostas culturais que possam ser executadas, entre elas reformas de museus, patrimônios tombados e eventos online.

“A Secretaria de Incentivo e Fomento à Cultura, pasta da Secretaria Especial da Cultura, emitiu uma portaria para agilizar os projetos com reais possibilidades de execução. Essa é uma medida que visa garantir eficiência e probidade da aplicação dos recursos públicos, tendo em vista que não haveria justificativa para liberar recurso público de um projeto que, no momento, não possa ser executado”, diz a nota.

Por Agência Brasil


Ministério da Saúde inclui professores e funcionários de escolas públicas e privadas no grupo prioritário da vacina contra a Covid


Servidores e professores da Escola Estadual de Jatobá em Petrolândia(Foto-arquivo Assis Ramalho)

O Ministério da Saúde (MS) incluiu professores e funcionários de escolas públicas e privadas (do ensino básico e superior) na lista de grupos prioritários para a imunização contra a Covid-19. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (5/3), pelo Ministério da Educação (MEC).

e acordo com o MEC, a inclusão foi realizada após o ministro da Educação, Milton Ribeiro, enviar um ofício à Casa Civil solicitando a entrada dos professores na lista de grupos prioritários. Os profissionais da área aparecem no documento oficial do Plano de Vacinação Contra a Covid-19, disponível na página da Saúde.

Segundo o documento, fazem parte desse grupo “todos os professores e funcionários das escolas públicas e privadas do ensino básico (creche, pré-escolas, ensino fundamental, ensino médio, profissionalizantes e EJA) e do ensino superior”.

Para serem vacinados, os profissionais deverão apresentar um documento que comprove vínculo ativo com a escola ou uma declaração emitida pela instituição de ensino.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, sinalizou interesse em vacinar professores, após pressão de políticos e profissionais da área. Em reunião com a Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), no dia 24 de fevereiro, o titular da Saúde disse aos gestores municipais que, no mês de março, adicionaria funcionários da educação aos grupos prioritários.

Apesar do anúncio do Ministério da Educação, a Saúde informou, em nota, que professores sempre fizeram parte do grupo prioritário, mas que, no momento, não há previsão de datas para iniciar a imunização desses profissionais. Segundo a pasta, “não há ampla disponibilidade da vacina no mercado mundial”.

“Neste momento, não há ampla disponibilidade da vacina no mercado mundial, e por isso a pasta definiu a priorização da vacinação para determinados grupos, considerando a necessidade de preservação do funcionamento dos serviços de saúde; a proteção dos indivíduos com maior risco de desenvolver formas graves da doença; a proteção dos demais indivíduos vulneráveis aos maiores impactos da pandemia; além da preservação do funcionamento dos serviços essenciais”, informou.

Por Portal Metrópoles

Boletim desta sexta-feira (05/03/2021) Pernambuco confirma 1.685 novos casos e mais 22 óbitos por Covid-19; Estado registra pior semana do ano e pode ter medidas mais rígidas




A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quinta-feira (4), 1.685 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados, 82 (5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.603 (95%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 304.732 casos confirmados da doença, sendo 32.722 graves e 272.010 leves.

Também foram confirmados 22 óbitos, ocorridos entre 5 de janeiro de 2021 e 3 de março de 2021. Com isso, o Estado totaliza 11.090 mortes pela Covid-19. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

Covid-19: Pernambuco registra pior semana do ano, podendo adotar medidas mais rígidas

Pernambuco registrou, na última semana, o pior cenário do ano em aceleração de casos da Covid-19. A realidade exerceu grande pressão no sistema de saúde, interferindo diretamente no número de leitos e o registro de atendimentos em todos os municípios. A causa, segundo o secretário de Saúde, André Longo, em coletiva na tarde desta quinta-feira (4), é atribuída a recorrência da falta de cuidados da população, que segue promovendo aglomerações e festas clandestinas, com difícil fiscalização pelo poder público. Por enquanto, não há previsão da decretação de lockdown ou mesmo da suspensão do ensino presencial. Para o gestor, no entanto, se não houver mais zelo pela vida, a perspectiva é de piora para os próximos dias.

“O fato foi muito agravado com a ocorrência de confraternizações e até mesmo viagens que muitos fizeram para destinos badalados, em estados vizinhos, se contaminando e contribuindo para esta situação”, disse Longo. Segundo ele, o período de sazonalidade dos vírus respiratórios, entre o final de fevereiro e início de março, também é preocupante. “Neste conjunto de situações, ainda temos a circulação de novas variantes do vírus em nosso território, cooperando para uma maior velocidade na transmissão”, explicou.

De acordo com governo do estado, o balanço foi de crescimento na faixa de 14% a 20% na notificação de casos graves, em relação as semanas anteriores. Pela primeira vez no ano, foi superada a marca de mil solicitações de leitos em uma única semana, chegando a 1.074 pacientes com problemas de ordem respiratória e que precisaram de internamento, dos quais 619 foram alocados em leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e 455 em leitos de enfermaria. A Secretaria Estadual de Saúde (SES) assegurou a abertura, a partir desta sexta-feira (5), de mais 20 leitos no Hospital Memorial Jaboatão, na Região Metropolitana do Recife, e de mais 20 para os próximos dias, totalizando 40.

Escolas
Mesmo com o aumento dos casos do novo coronavírus, o governo do estado demonstra acreditar que o ambiente escolar é considerado seguro, sem indicativo de uma suspensão severa do ensino presencial para os próximos dias. “Temos discutido em conjunto com a secretaria de educação e a avaliação, até esse momento, é que as escolas São ambientes seguros para esses jovens muito mais do que as baladas, por exemplo, que muitos tem frequentado, além do veraneios em casas de praia e outras atividades”, afirmou André Longo.

Lockdown
Apesar de reconhecer que a ocupação de leitos para casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) tem se mantido acima de 80%, o secretário de Saúde de Pernambuco não deu previsão para a decretação de maiores restrições, com o chamado lockdown e teceu críticas à falta de apoio do governo do presidente Jair Bolsonaro. “É um processo que tem sido acompanhado, diariamente, observando todos os números. Vamos reavaliar durante este fim de semana, inclusive com o comitê de enfrentamento reunido, no sábado e domingo, sob a liderança do governador Paulo Câmara. Novas medidas podem ser adotadas a qualquer momento”, disse André Longo, que continuou: “Existe uma grande complexidade na decretação de um lockdown sem apoio e sem uma coordenação nacional do governo federal. Eles se omitem deste processo e se recusam a realizar uma ampla campanha de comunicação para orientar a população sobre a importância das medidas restritivas”, apontou.

Por Diário de Pernambuco

Petrolândia: ROCAM da 4ª CIPM detém suspeito por posse ilegal de entorpecente na Quadra 11


Um homem de 30 anos foi detido, na madrugada dessa sexta-feira (05/03), na Avenida Djalma Wanderley, na Quadra 11. Segundo o registro da ocorrência da 4ª CIPM,  durante rondas e abordagens visando o combate os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) e Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) na cidade de Petrolândia, a equipe da ROCAM avistou um indivíduo em atitude suspeita, cavando o chão, atrás do muro da Escola Municipal Dr. Francisco Simões de Lima. Ao perceber o efetivo policial, o suspeito levantou-se rapidamente do local. De imediato, foi feita a abordagem policial e no local da escavação havia 5g de entorpecentes (maconha). 

Diante do fato, o entorpecente foi apreendido, com um ponto de tráfico debelado, e o suspeito foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Petrolândia, onde foi lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência.

Blog de Assis Ramalho
Com informações/foto da 4ª CIPM

Governo de Pernambuco oferece gratuidade no transporte público para quem perdeu emprego durante a pandemia

Projeto que institui o Programa de Transporte Social foi enviado nesta quinta-feira (05/03) à Assembleia Legislativa pelo governador Paulo Câmara

O Governo de Pernambuco vai oferecer acesso gratuito a usuários do transporte público de passageiros da Região Metropolitana do Recife que perderam o emprego durante a pandemia do novo coronavírus. O projeto de lei, assinado pelo governador Paulo Câmara, foi enviado nesta quinta-feira (04.03) à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) para ser votado pelos deputados estaduais. A proposta, denominada Programa de Transporte Social do Sistema de Transporte Público da Região Metropolitana do Recife - STPP/RMR, é direcionada aos usuários que residem no Grande Recife, demitidos a partir de março de 2020, e que ganhavam até dois salários mínimos.

“O nosso objetivo é concentrar os esforços para permitir aos desempregados um maior acesso ao transporte, especialmente aos que perderam o emprego durante a crise sanitária. Não mediremos esforços para minimizar os efeitos da pandemia junto à população”, afirmou o governador Paulo Câmara, que enviou o projeto à Alepe em caráter de urgência.

Prefeito de Exu questiona TCE sobre pagamento a motoristas de transporte escolar


O Pleno do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) respondeu, nessa quarta-feira (03), consulta do prefeito do município de Exu, Raimundo Pinto Saraiva Sobrinho, sobre pagamento, em tempos de pandemia, aos microempreendedores individuais responsáveis pelo transporte escolar. O relator foi o conselheiro Marcos Loreto.

Na consulta (n° 20100066-0), o prefeito questionou o TCE sobre a possibilidade de o município que tenha suspendido o serviço de transporte escolar durante a pandemia, por categorizar-se de não essencial, efetuar o pagamento de um percentual do valor mensal do contrato para os Microempreendedores Individuais, responsáveis pelo transporte escolar dos alunos, como forma de garantir a subsistência dos trabalhadores e suas famílias durante o período de paralisação, tendo a obrigação de que tais valores sejam descontados posteriormente quando ocorrer o retorno das atividades.

Em sua resposta, com base em parecer do Ministério Público de Contas de autoria da procuradora-geral adjunta, Eliana Lapenda, o relator respondeu que, primeiramente, a Administração Pública deve realizar análise prévia e individualizada dos custos de cada item do contrato, com a participação das partes envolvidas. E, caso opte pela suspensão do contrato, deverá haver ponderação acerca das exigências quanto às garantias exigidas pela Lei de Licitações e Contratos, respeitando a capacidade de cada contratado.

Banco do Nordeste planeja reforçar parceria de desenvolvimento com a Prefeitura de Tacaratu


O Banco do Nordeste, através da Agência Floresta-PE, realizou reunião institucional, no dia 24 passado, com o Prefeito Washington Angelo de Araujo, do município de Tacaratu, situado no Sertão de Itaparica, em Pernambuco. Participaram da reunião o prefeito tacaratuense, Washington Angelo de Araújo, o Gerente Geral da Agência de Floresta, Raimundo Moreira de Almeida Neto e o Agente de Desenvolvimento, Adelmo de Souza Azevedo, além de assessores do Crediamigo. 

Na visita ao BNB, o Prefeito Washington, conheceu os principais produtos e serviços e as linhas de crédito para investimentos produtivos, no âmbito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, com destaques aos programas de Microfinanças, Programa AGROAMIGO, voltado para o segmento rural e Programa CREDIAMIGO, voltado para o segmento urbano.

O Programa Agroamigo foi criado em 2005 como o Programa de Microfinança Rural do Banco do Nordeste, com o objetivo principal de financiar crédito para a área rural, adotando metodologia própria de atendimento e se propondo a melhorar o perfil social e econômico do Agricultor familiar.

EIPP publica editais para duas especializações em diferentes áreas do conhecimento

Serão 50 vagas para cada pós-graduação e as duas serão na modalidade EAD

A Escola de Inovação e Políticas Públicas da Fundação Joaquim Nabuco (EIPP/Fundaj) publicou editais para promover dois cursos de pós-graduação. As duas especializações são gratuitas, com duração aproximada de 18 meses e na modalidade EAD, em virtude da pandemia do coronavírus. Serão disponibilizadas 50 vagas para cada uma.

A Especialização em Gestão Pública e Inovação será voltada para profissionais graduados em diferentes áreas de conhecimento que atuem em algum nível da esfera pública. Os alunos terão disciplinas voltadas para economia, inovação e tecnologias na gestão do setor público. Serão duas etapas para a seleção dos alunos: análise de documentos e dos pré-projetos e entrevistas. As inscrições no processo seletivo vão de 29 de abril a 07 de maio e a previsão de início das aulas é em julho de 2021.

O outro curso com edital divulgado foi a Especialização em Economia e Desenvolvimento Regional. A pós-graduação será composta de 13 disciplinas realizadas em plataforma de educação a distância disponibilizada pela Fundação Joaquim Nabuco.

Petrolândia: Hoje (05/03) é dia de saborear o baião-de-dois no Maria Fumaça, na Orla

 


Nesta sexta, 05/03, é dia de saborear o baião-de-dois do Bar e Restaurante Maria Fumaça, quiosque localizado na Orla Fluvial de Petrolândia, com ambiente confortável e deliciosas opções em carnes e peixes. 

Bar e Restaurante Maria Fumaça, cada vez melhor!

Em Pernambuco, IPA acompanha distribuição de cestas básicas aos Povos de Terreiros


O diretor de Extensão Rural do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Luís dos Anjos e o coordenador do Núcleo de Acompanhamento de Convênio, Fillipe Ferraz, acompanharam na manhã dessa quinta-feira (04), a entrega de cestas básicas aos Povos de Terreiros, no bairro de Água Fria, no Recife.

Durante a cerimônia de entrega das cestas básicas, Luís dos Anjos ressaltou a importância do trabalho social e colocou à disposição a Extensão Rural do IPA para reforçar a assistência técnica aos Povos de Terreiros, principalmente nesse momento de pandemia. “Isso ajuda na produção de alimentos e fortalece a agricultura familiar, esse é nosso papel, e teremos a maior satisfação em poder contribuir com esse trabalho”, complementou o diretor.

As cestas são frutos de emenda parlamentar estadual das deputadas Juntas, encaminhadas para o IPA, com execução via convênios pelo Centro Sabiá. É mais uma emenda parlamentar que chega ao Instituto Agronômico de Pernambuco e segue para benefícios de instituições.

Fiocruz detecta variantes do coronavírus em três regiões do país

Variantes são potencialmente mais transmissíveis

Variantes do coronavírus Sars-CoV-2 foram detectadas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) como prevalentes em três regiões do país. Por meio de testagens com o novo protocolo de RT-PCR, desenvolvido pela Fiocruz Amazônia, foi descoberto que em 10 estados das regiões Sul, Sudeste e Nordeste a predominância é das variantes conhecidas, que podem ser a P1, identificada inicialmente no Amazonas, B.1.1.7, no Reino Unido, e B.1.351, na África do Sul.

Essas variantes são potencialmente mais transmissíveis e podem estar relacionadas aos aumentos vertiginosos de novos casos nos estados que fizeram parte da pesquisa da Fiocruz. “Dos oito estados avaliados neste recorte apenas dois não tiveram prevalência da mutação associada às variantes de preocupação superior a 50 %: caso de Minas Gerais, com 30,3% das amostras testadas como positivo para a mutação e, Alagoas, com 42,6%. Nos demais estados, mais de 50% das amostras foram identificadas com a mutação associada às ‘variantes de preocupação’”, informou a Fiocruz em comunicado técnico divulgado nesta quinta-feira (4) .

Ministério da Saúde prevê até 3 mil mortes diárias em março




A cúpula do Ministério da Saúde espera qu o Brasil atravesse nas próximas duas semanas o pior momento da pandemia. O Valor apurou que, no entorno do ministro Eduardo Pazuello, a expectativa é que haja uma explosão de casos e mortes no período, com os óbitos ultrapassando a barreira dos 3.000 por dia.

O diagnóstico decorre de uma tempestade perfeita: o alastramento do vírus em todo o país, impulsionado pelas aglomerações no fim do ano e no Carnaval; a dificuldade da população de manter-se em isolamento social; a circulação no país de novas variantes mais contagiosas e com grande carga viral; a iminência de um colapso do sistema hospitalar em diversos Estados ao mesmo tempo; e a falta de vacinas disponíveis para imunizar os brasileiros.

As atenções da pasta estão voltadas sobretudo para a região Sul. No Rio Grande do Sul, por exemplo, a ocupação de leitos de UTI tem estado próximo ou acima de 100% durante toda a semana. Na região Norte, embora o número de casos seja menor, há preocupações quanto à pouca disponibilidade de leitos. Os alertas também já dispararam quanto à situação. de Estados como Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo

.Na visão da equipe de Pazuello, São Paulo tem conseguido até o momento evitar o pior por possuir a maior rede hospitalar do Brasil. Principal porta de entrada do país, o Estado mais populoso da federação registrou 60 mil das cerca de 260 mil mortes pelo coronavírus em solo brasileiro. Para a equipe de Pazuello, se um colapso hospitalar ocorrer Na visão da equipe de Pazuello, São Paulo tem conseguido até o momento evitar o pior por possuir a maior rede hospitalar do Brasil. Principal porta de entrada do país, o Estado mais populoso da federação registrou 60 mil das cerca de 260 mil mortes pelo coronavírus em solo brasileiro. Para a equipe de Pazuello, se um colapso hospitalar ocorrer ali, os números dessa “tragédia anunciada” podem subir exponencialmente.

A cúpula da Saúde entende que não há muito no momento o que fazer, a não ser estimular a reabertura de hospitais de campanha nos Estados. O governo federal também cogita novas instalações desse tipo já nos próximos dias.

As ações de fechamento e restrições à circulação de pessoas estão nas mãos dos Estados. O governo federal não vai decretar lockdown nacional, escorado em decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e também por acreditar que as decisões devem ser tomadas levando em critérios regionais.

Para o médio prazo, as projeções da equipe de Pazuello são mais otimistas. A estimativa é que a vacinação começará a se acelerar a partir deste mês, com a maior produção do Butantan e da Fiocruz. Em abril, ambos já deverão estar produzindo 1,4 milhão de doses diárias.

Com as diversas vacinas importadas começando a chegar, a expectativa de Pazuello é vacinar 70 milhões de pessoas até o fim de junho. Fazem parte desse grupo prioritário idosos com mais de 60 anos, pessoas com comorbidades e médicos, professores, policiais, indígenas, entre outros

.Na quarta-feira, o Ministério da Saúde anunciou a intenção de comprar 100 milhões de doses da vacina da Pfizer e outras 38 milhões de doses da vacina da Janssen, braço farmacêutico da Johnson & Johnson.

Segundo um cronograma ao qual o Valor teve acesso, o ministério espera para o primeiro semestre a chegada de apenas 9 milhões de doses desse total, todas da Pfizer. Outras 30 milhões de doses da fabricante americana devem chegar entre julho e setembro. As entregas se aceleram no último trimestre, com 61 milhões de doses. Segundo um cronograma ao qual o Valor teve acesso, o ministério espera para o primeiro semestre a chegada de apenas 9 milhões de doses desse total, todas da Pfizer. Outras 30 milhões de doses da fabricante americana devem chegar entre julho e setembro. As entregas se aceleram no último trimestre, com 61 milhões de doses.

Já a Janssen deve entregar 16,9 milhões de doses em setembro e 21,1 milhões de doses em dezembro, segundo ficou apalavrado entre o ministério e a farmacêutica.

O Ministério da Saúde pretende autorizar a compra de vacinas por empresas e entes privados somente quando os grupos prioritários estiverem imunizados. Isso será feito por decreto, e as empresas terão que doar metade dos lotes para o Plano Nacional de Imunização (PNI).

O governo, porém, jogará toda sua força política para evitar que Estados façam o mesmo. O ministério já sinalizou aos laboratórios, com quem mantém contratos bilionários, que negociar com governadores individualmente ou em grupo não agradaria o governo federal.A impressão de governadores que estiveram reunidos com Pazuello nesta semana foi a mesma: dificilmente conseguirão adquirir vacinas separadamente ou em consórcios.

Planalto e Saúde tentam evitar que o governo federal perca o protagonismo na imunização - como aconteceu em janeiro, quando o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), vacinou a primeira pessoa em território nacional com transmissão ao vivo pela TV.

Ontem, um grupo de 14 governadores enviou carta a Jair Bolsonaro pedindo a providências “imediatas” para a compra de novas doses de vacinas contra a covid-19. Eles citaram um “aumento exponencial dos casos de infecção e do número de óbitos” nos últimos dias. E disseram que estão “no limite de suas forças e possibilidades”.

Pazuello espera que toda a população esteja vacinada até o fim do ano. E pretende deixar o cargo somente quando isso acontecer. Segundo interlocutores, os partidos do Centrão já entenderam que dificilmente Bolsonaro trocará o auxiliar, de sua extrema confiança, durante a pandemia.

O número diário de 3.000 mortes, caso seja alcançado, não será um recorde mundial. Os Estados Unidos já chegaram a registrar mais de 5.000 mortes por dia no início de fevereiro, segundo a Universidade Johns Hopkins.

Bolsonaro desistiu nesta semana de fazer um pronunciamento em cadeia de rádio e TV sobre vacinação. A fala seria veiculada inicialmente na terça-feira, dia em que as mortes pelo coronavírus atingiram um recorde de 1.726, segundo o consórcio de veículos de imprensa. Foi, então, adiada para a quarta. Mas, diante de um novo recorde de 1.840 mortes, ele desistiu de vez da ideia.

Ontem, o presidente criticou o isolamento social e pediu que se pare de “frescura” e “mimimi”.

A despeito da fala de Bolsonaro, porém, a expectativa geral é que a escalada de mortes continue.

Por Fabio Murakawa — Valor Econômico com G1 de Brasília