sexta-feira, 25 de dezembro de 2020

Petrolinense receber 1ª dose da vacina contra Covid-19 nos EUA

A petrolinense Celina Reis no momento que recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19. — Foto: Arquivo Pessoal/Celina Reis

Em 2021, os planos são de visitar Petrolina logo após o fim da pandemia. — Foto: Arquivo Pessoal/Celina Reis Cavalcanti

Depois de meses de expectativa, finalmente a intérprete Celina Reis Cavalcanti, de 35 anos, pôde sentir um pouco de alívio. Na última terça-feira (22), a pernambucana de Petrolina, no Sertão, recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19, nos Estados Unidos, onde mora há 13 anos.

"Foi um misto de sentimentos. Tomei a vacina de coração aberto, com muita esperança e certeza que vai dar tudo certo", lembra Celina.

A intérprete se mudou para os Estados Unidos em 2007. Atualmente, mora em Worcester, no estado de Massachusetts. Por trabalhar em um Hospital Universitário da cidade e estar exposta ao vírus, as equipes das áreas de saúde foram as primeiras a receber a vacina.

Celina se vacinou também com a intenção de proteger os pais que já são idosos. Ela está há noves meses sem receber o carinho dos amores da vida dela. Mesmo após tomar a primeira dose da vacina da Pfizer, a intérprete ainda não se aproxima deles. "Eles levam e pegam minha filha na escolinha, me ajudam com as demais tarefas, mas ainda não tenho contato", uma situação que a deixa triste mas esperançosa que terá um fim em breve.

A segunda dose está marcada para o dia 12 de janeiro. A imunização de fato só deve acontecer em média após 20 dias, quando fará exames para verificar se realmente desenvolveu anticorpos da doença. A previsão é que os pais sejam chamados para tomar a vacina em 30 dias.

Embora estivesse com receio de tomar a vacina por ser bastante alérgica, Celina não sentiu nenhum efeito colateral. "Eles avisaram que o braço poderia ficar um pouquinho dormente, sentir um desconforto ao levantar e abaixar os braços, mas graças a Deus não senti nada".

Às pessoas que estão com medo de serem vacinadas, a petrolinense aconselha. "A ciência está o tempo inteiro nos mostrando que o mundo sem vacina seria mil vezes pior. Os fatos, a medicina nos mostram que os riscos da vacina são muito menores que o da doença em si".

Com familiares em Petrolina que tiveram Covid-19 e sentiram as complicações da doença, a intérprete lamenta a forma que a doença é tratada no Brasil. "Torço de coração de que uma solução seja encontrada o quanto antes".

"O nosso país precisa, já chega de tantas impunidades. Não dá para brincar com a saúde das pessoas".

Sobre a primeira coisa que fará quando finalmente estiver imunizada, Celina não tem dúvidas. "Vou correr para a casa dos meus pais", conta, esperançosa. Em 2021, os planos são de visitar Petrolina logo após o fim da pandemia. "Se tudo der certo a gente chega por aí para curtir com o resto da família".

Por G1 Petrolina

Batida entre carro e caminhão mata cinco pessoas em Montes Claros (MG)

 


Cinco pessoas morreram em um acidente na manhã desta sexta-feira (25/12), na BR-135, em Montes Claros, Norte de Minas Gerais. Um carro e um caminhão bateram de frente na rodovia.

O acidente ocorreu por volta das 9h20, a 10 quilômetros de uma praça de pedágio, no km 392.

Segundo o Corpo de Bombeiros, todas as pessoas que morreram estavam no carro, um Versa prata, de acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), que atende o trecho. O caminhoneiro não tem ferimentos aparentes.

Pouco antes do meio-dia, os bombeiros trabalhavam para retirar os corpos das vítimas das ferragens. A rodovia ficou interditada.

Por Estado de Minas

Confira preço de cebola na região do Vale do São Francisco



As comemorações natalinas em alguns municípios do Vale do São Francisco, provocou alteração na programação de feiras livres. O que não foi diferente em Cabrobó e Belém, principalmente nos Ceasas para comercialização da cebola. Em Belém do São Francisco a feira aconteceu na quinta-feira (24), já em Cabrobó a feira será realizada no sábado dia 26.

Não há como ter certeza se em Cabrobó o preço do produto seguirá os mesmos praticados em Belém do São Francisco, normalmente não há grandes diferenças de preços do saco com 20Kg da cebola de uma feira para outra. Por essa razão é possível que os preços de Cabrobó no sábado, sejam os mesmos da feira de ontem em Belém do São Francisco.

O saco de 20Kg foi comercializado em Belém do São Francisco com preços diferenciados, a Cebola Amarela misturada ficou a R$ 24,00 e a R$ 22,00 a Roxa. Já a cebola selecionada ou totalmente maquinada tipo (3) foi comercializada a R$ 30,00 e a tipo (2) a R$ 24,00. A cebola Roxa foi comercializada a tipo (3) a R$ 30,00 e a tipo (2) a R$ a 20,00.

Por Didi Galvão

Presidente do Sindicato Rural de Ibimirim morre vítima de Covid-19; irmão presta homenagem ao agrônomo Cícero Henrique



Amigo, conterrâneo e jornalista Assis Ramalho. Faleceu na tarde de ontem, 24 de dezembro, no Hospital Regional de Arcoverde, o Presidente do Sindicato Rural de Ibimirim, o agrônomo Cícero Henrique de 60 anos de idade. Vítima do Coronovirus, estava hospitalizado desde o início do mês. O velório, somente para a família, está acontecendo na cidade de Ibimirim, onde será sepultado.

"A FÉ NÃO COSTUMA FAIÁ"

Que a fé não costuma "faiá" … já cantarolava Gilberto Gil com aquela melodia gostosa cheia de ritmo. Dizem os cristãos também que “a fé move montanhas”, não é? O acreditar em algo maior, que transcende a nossa existência material na Terra, pode, de verdade, mover montanhas. Acreditar na força superior, independentemente do nome que se dá, muda a relação com o mundo. E mudar o mundo me parece uma aspiração do amigo/irmão CÍCERO HENRIQUE. Trazer ESPERANÇA para um mundo tão cheio de vazios me parece um caminho que CÍCERO HENRIQUE buscou em vida.
Amigão, estou ausente por motivos dessa terrível doença(Covid 19) que nos separou DEFINITIVAMENTE. Eu de cá e você de lá, nem assim se sinta só, estou mandando esse recado em forma de "bilhete", pra gente se abraçar. Daqui estou acompanhando as homenagens de despedida ao velho amigo, que é testemunha das tuas bravuras na perseistência de sonhos e que sempre procurou a correnteza do sucesso que avistavas na nascente da fonte que jorra otimismo e luta. Compartilho com tua luta e agora a arrancada FINAL e que você cruze todas as encruzilhadas, sob a luz que te encaminha, mesmo por veredas espinhosas, mas um bom timoneiro não teme as tempestades e um bom vaqueiro não desiste de entrar por entre espinhos nos juremais das caatingas nordestinas ou chapadas. Vá semeando alegria e defendendo a luta do homem rural. DEUS SEJA LOUVADO.

Do irmão e amigo, Bira Delgado- Paraíba- 25-12-2020

Blog de Assis Ramalho
Por  Bira Delgado

Petrolândia: Quer saborear uma boa pizza nesta sexta, aniversário de Jesus? Faça seu pedido a Pizzaria Delivery C&J sem sair de casa, com entrega grátis

 

Hoje é sexta-feira, aniversário de Jesus e dia de saborear uma boa Pizza em família!

Fique em casa e faça seu pedido pelo telefone (87) 9 9802-3309 (Zap) - preço R$ 10,00, Delivery Gratis!

A Pizzaria Delivery C&J avisa que aceita cartão de credito, debito e refeição.

Organização: Carlos.

Da Redação do Blog de Assis Ramalho

Boletim desta sexta (25/12): Com mais 1.109 casos e 21 óbitos, Pernambuco soma 214.562 infectados e 9.544 mortos por Covid-19



A Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou, nesta sexta-feira (25), 1.109 novos casos e 21 óbitos por Covid-19. Com esses dados, o estado passou a totalizar 214.562 pacientes infectados pela doença, além de 9.544 mortos.

De acordo com o governo do estado, 29 dos 1.109 casos confirmados nesta sexta eram de Síndrome Respiratória Aguda Grave. Outros 1.080 são de pessoas que tiveram quadro clínico classificado como leve.

Com essa divisão, o estado passou a totalizar 29.150 casos graves e 185.412 casos leves.

Em relação aos óbitos confirmados nesta sexta ocorreram entre os dias 21 de maio e 23/12. Outros detalhes epidemiológicos devem ser informados ao longo do dia pela SES.

Por G1 PE

Em sua mensagem de Natal, Papa defende que países compartilhem vacinas contra covid-19



O papa Francisco pediu nesta sexta-feira (25), em sua mensagem de Natal, que as nações compartilhem as vacinas contra a covid-19. Ele afirmou que os muros do nacionalismo não podem ser construídos para impedir uma pandemia que não conhece fronteiras.

Em um sinal dos tempos, Francisco entregou a tradicional mensagem "Urbi et Orbi" (Para a cidade e para o mundo) de um púlpito dentro do Vaticano, em vez de fazer o pronunciamento da varanda central da Basílica de São Pedro, diante de dezenas de milhares de pessoas.

A pandemia e seus efeitos sociais e econômicos dominaram a mensagem, na qual Francisco apelou à unidade global e à ajuda às nações que sofrem com conflitos e crises humanitárias.

“Neste momento da história, marcado pela crise ecológica e graves desequilíbrios econômicos e sociais agravados pela pandemia do novo coronavírus, é tanto mais importante que nos reconheçamos como irmãos”, disse.

Lembrando que a saúde é uma questão internacional, ele pareceu criticar o chamado "nacionalismo da vacina", que as autoridades da ONU [Organização das Nações Unidas] temem que poderá piorar a pandemia se os países pobres receberem o imunizante por último.

“Que o filho de Deus renove nos dirigentes políticos e governamentais um espírito de cooperação internacional, a começar pela saúde, para que todos tenham acesso a vacinas e tratamento. Diante de um desafio que não conhece fronteiras, não podemos erguer muros. Todos nós estamos no mesmo barco", disse ele.

Os italianos estão sob bloqueio nacional durante grande parte do período de férias de Natal e Ano Novo. As restrições significam que as pessoas não podem ir à Praça de São Pedro ou à basílica para eventos papais.

Por Agência Brasil

Petrolândia: Restaurante Águia, bom atendimento e culinária tradicional na BR-316, deseja boas festas aos clientes e amigos


Restaurante Águia, bom atendimento e culinária tradicional na BR-316 desponta como o melhor restaurante popular da região



Com sabores, aromas e modos de preparo tipicamente caseiros, o Restaurante Águia, organização de Lenivaldo Félix (Irmão), localizado no Km 375 da rodovia BR-316, em Petrolândia, tem ambiente aconchegante e desponta como o melhor restaurante popular da região.

O Restaurante Águia, localizado na Av. Djalma Wanderley, nº 250, funciona diariamente para café, almoço e jantar, com opções variadas em self service (sem balança), com acompanhamentos assados na brasa ou guisados, à escolha do cliente. Consulte sobre serviço de marmitas e quentinhas pelos telefones abaixo.

Restaurante Águia, conquistou a preferencia do cliente na categoria restaurante popular.

O Restaurante Águia, na organização de Lenivaldo Félix (Irmão), deseja boas festas e um feliz 2021 aos clientes e amigos! 

Restaurante Águia
Av. Djalma Wanderley, 250 - Centro
Petrolândia (PE)
Celular: (87) 9.9998-0006


Confira fotos abaixo













Redação do Blog de Assis Ramalho


Brasileiro fora do país terá 2ª dose ainda em 2020


Leandro e Midian com os filhos gêmeos de cinco anos começaram a se vacinar nos EAU — Foto: Amanda Leal/Arquivo Pessoal

A vacina contra a Covid-19 já é realidade até mesmo em países que não são aqueles de origem das grandes farmacêuticas como Estados Unidos, Inglaterra, China e Rússia.

Brasileiros que moram nos Emirados Árabes Unidos (EAU), por exemplo, como Midian Almeida e Leandro Lima, casal de 45 anos que deixou São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre, para morar em Abu Dhabi há mais de cinco anos, já estão sendo imunizados.

Ele, que é professor de jiu-jitsu, tomou a primeira dose da vacina desenvolvida pela chinesa Sinopharm (que não está entre as vacinas previstas para o Brasil) há cerca de duas semanas. No fim do mês, tomará a segunda dose e, 15 dias depois, a terceira e última.

Como trabalha para o governo e para as forças armadas, foi imunizado logo no início da campanha nacional. Já ela, cantora e instrumentista, deve tomar a primeira dose na próxima semana, pois tem asma e é do grupo de risco para o coronavírus.

"Meu marido não teve problema nenhum. Disse que não sentiu absolutamente nada", afirma Midian. "Eu sou bastante religiosa, não sou adepta a teorias de conspiração, mas ficava apreensiva. Tenho dois filhos pequenos, não sabemos como vai ser. Mas aí tu começa a ler e a ouvir médicos e cientistas e vê que é o curso natural da vida", complementa.

As imunizações são agendadas e acontecem em centros de vacinação. As exigências são ter mais de 18 anos e bom estado de saúde. No início, segundo ela, a procura foi grande, mas o processo bastante ágil e simples facilitou a adesão do público.

"O governo comprou e disponibilizou na rede pública. Duas semanas de campanha para todos se vacinarem. Só agenda no órgão do governo e faz. Demora 5 minutos. A gente não sabe a efetividade, mas é uma maneira de as pessoas se sentirem seguras", comenta a artista.

Medidas rígidas

De acordo com os estudos da farmacêutica, a eficácia nos testes foi de 86%. Mas a proteção não depende apenas dela. As medidas rígidas de segurança sanitária ajudaram para que os Emirados Árabes Unidos tenham registrado 645 mortes, conforme levantamento da Johns Hopkins University.


Midian conta que teve a atenção chamada por uma mulher em um mercado por estar a uma distância inferior ao determinado, e também relata que um amigo foi multado em 3 mil dirrãs (cerca de R$ 4,2 mil) porque um policial considerou que ele estava próximo demais do mecânico que fazia reparos em seu carro.


"Nos meses de verão (junho a agosto), tinha toque de recolher. [Era] 20h e todo mundo ia pra casa, com mensagem por celular, e começavam a sanitizar as ruas. Moro em um avenida principal, e dava pra ver que faziam um trabalho de limpeza, [aplicavam] multas altíssimas a quem desobedecesse protocolos como o distanciamento. Reuniões com muitas pessoas não podem, só parentes de primeiro grau e no máximo 10 pessoas", cita.

'Vejo o cuidado que um governo tem com seus cidadãos'

Nos Emirados Árabes, a vacina não é obrigatória, mas recomendável a todos os cidadãos ou residentes. Em Dubai, outro emirado próximo, onde Midian trabalha aos finais de semana, a vacina aplicada é da Pfizer e BioNTech.

Embora seja um emirado mais flexível nas normas, a artista conta que precisava fazer teste para a Covid-19 antes de ingressar em Dubai todas as vezes que ia ao local onde se apresenta.

A forma como as informações foram disseminadas, por parte do governo central, é considerada por ela determinante para o baixo número de óbitos registrados, em comparação com o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, onde moram seus familiares.

"Tenho uma irmã que se recuperou da Covid e está tratando as sequelas. Teve que ver de perto para entender, uma vez que tem um governo que não acredita e propaga informações que não são as ideais. Do outro lado do mundo vejo o cuidado que um governo tem com seus cidadãos e co-cidadãos. Temos direito a um teste gratuito por mês. Estão cuidando do país. Isso é uma coisa gritante. Fico chocada com esse desmerecimento que o governo brasileiro dá [à pandemia]", critica.

Por Matheus Beck, G1 RS

Petrolândia: Hoje é dia de Baião de Dois no Bar e Restaurante Maria Fumaça, na Orla da cidade

Contato: 87 3851-0376.


Divulgação/Maria Fumaça
 

Juíza do TJ-RJ morta pelo ex-marido na véspera de Nata atendeu a pedido da filha pequena para que dispensasse escolta



Um pedido feito por uma das três filhas da juíza Viviane Vieira do Amaral Arronenzi, de 45 anos, que foi morta pelo ex-marido nesta véspera de Natal, influenciou a magistrada a dispensar a escolta que lhe era oferecida pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ). A menina alegava para mãe que o pai não “era bandido”.

Viviane, que já havia sido ameaçada e agredida pelo ex-marido, Paulo José Arronenzi, de 52 anos, com quem fora casada de 2009 a 2020, comunicou a Comissão de Segurança TJ, menos de dois meses depois de solicitar os seguranças, que não queria mais ser acompanhada por eles, atendendo ao desejo da criança.


A escolta foi colocada à disposição de Viviane depois de um pedido dela. A juíza tinha como proteção dois carros, com seis homens armados e com habilidades em artes marciais, lhe acompanhando durante 24 horas por dia.

Nesta véspera de Natal, contudo, ao deixar as filhas no condomínio de Viviane, na Barra da Tijuca, Paulo José a esfaqueou. Ela morreu no local e ele foi preso em flagrante e levado para a Divisão de Homicídios (DH). As filhas pequenas — gêmeas de 9 anos e uma de 12 — presenciaram a cena.

Em vídeo que circula nas redes sociais, é possível escutar os gritos das meninas clamando para que o homem parasse de golpear a mãe delas.

Em comunicado, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) "lamentou profundamente a morte da juíza Viviane Vieira do Amaral Arronenzi, vítima de feminicídio na Barra da Tijuca nesta quinta-feira (24/12)".

Jornal Extra-RJ

Petrolândia: Mensagem de Boas Festas da Petroclínica


Nesta hora de alegria, de paz e amor, a nossa empresa agradece a todos os clientes que ao longo do ano nos ajudaram a evoluir e confiaram no nosso profissionalismo e competência.

Desejamos que nos lares de cada um de vocês, exista alimento e alegria para noites agradáveis em família. Aproveitem cada segundo desta época ao lado de quem mais amam!Feliz Natal...

Petroclínica 

Petrolândia: ''Desejo a todos um NATAL de muito amor, reflexão e felicidade'' Fabrício Cavalcante


Hoje celebramos o nascimento de CRISTO. Pela primeira vez, em muitos anos, estaremos mais conectados com o verdadeiro sentido desta data, encontrando na ESPERANÇA motivos para sermos gratos, solidários e felizes. 

Nesta noite de natal, olhando o céu decorado por 590 estrelas, farei uma prece. Pedirei pelas famílias petrolandenses. Muitas estarão incompletas por conta da pandemia. A elas, meu abraço fraterno. Pedirei também muitas bênçãos, saúde e positividade. Afinal, o aniversariante veio ao mundo para nos ensinar.

Desejo a todos um NATAL de muito amor, reflexão e felicidade.

Fabrício Cavalcante