Web Radio Petrolândia

terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Municípios pernambucanos devem divulgar diariamente na internet dados sobre vacinados contra Covid-19, diz MPPE

 


Os prefeitos e secretários de saúde dos 184 municípios de Pernambuco devem assegurar a transparência nas informações sobre a vacinação contra a Covid-19, evitando, assim os “fura-fila”. Uma nova nota técnica do Ministério Público (MPPE) aponta que é preciso divulgar, diariamente, os dados na internet “de forma clara e objetiva”.

Essas práticas estão contidas na Recomendação PGJ n.º 02/2021, expedida nesta terça (26), pelo procurador-geral de Justiça, Paulo Augusto Freitas, a promotores de Justiça de todo o estado.

No texto, está prevista a orientação para que os integrantes do MPPE cobrem dos administradores que tornem público o acesso à lista de pessoas que estão sendo vacinadas, bem como o atendimento aos critérios do Plano Nacional de Imunização.

De acordo com a recomendação, as prefeituras devem divulgar as informações “em site específico, ou mesmo em aba do site oficial do município”, garantindo, assim “a compreensão da população”.

Essa recomendação é destinada aos promotores de Justiça com atuação na Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa, sem caráter vinculativo.

Ainda de acordo com o MPPE, “os prefeitos devem disponibilizar informações como o nome e grupo prioritário a que pertencem, nomes das pessoas já vacinadas, data da vacinação, número de lote da vacina aplicada e nome do responsável pela aplicação da vacina, com alimentação diária das informações”.

O procurador-geral de Justiça disse considera que “imunizar pessoas que não se enquadram nos parâmetros estabelecidos pelas autoridades sanitárias constitui grave irregularidade, ensejando responsabilização por meio de procedimentos administrativos disciplinares, processos de improbidade administrativa e até mesmo persecução em processos criminais, podendo resultar em aplicação de multas e penas privativas de liberdade”.

Conforme definido pelo Ministério da Saúde, os grupos prioritários na primeira etapa da vacinação são:

*Pessoas com 60 anos ou mais vivendo em instituições como abrigos ou casas de repouso, funcionários desses locais;
*Pessoas com deficiência que residem em instituições e respectivos trabalhadores;
*Indígenas vivendo nas terras da respectiva comunidade;
*E trabalhadores da saúde em atividade nos locais de atendimento de pacientes com Covid-19, com prioridade para aqueles na linha de frente do enfrentamento da doença.

Na quarta-feira (20), o MPPE deflagrou ações para intensificar a fiscalização da vacinação. De acordo com o procurador-geral de Justiça do estado, Paulo Augusto Freitas, os infratores podem ser punidos até com detenção e multa (veja vídeo acima).

Na segunda (25), O MPPE afirmou que quem furar a fila da vacinação contra a Covid-19 pode ser enquadrado em 14 tipos de crimes. Eles vão de corrupção a peculato, passando por dano qualificado.

Também na segunda, o número de municípios que receberam recomendações para fiscalizar a imunização chegou a 40.

Por G1 PE

Em reunião com sindicato dos bancários, Amupe critica fechamento de agências do Banco do Brasil


A Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), na pessoa do seu presidente José Patriota e demais prefeitos, participou na manhã desta terça-feira (26), por videoconferência, de reunião com representantes dos sindicatos de bancários para debater o fechamento de agências do Banco do Brasil em 22 municípios pernambucanos, segundo informações dos movimentos e sindicatos de bancários de Pernambuco. O secretário de Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco, Alberes Lopes também participou da reunião.

Para o presidente da Amupe, José Patriota, "o fechamento das agências implica diretamente na vida dos cidadãos, que terão que se deslocar para cidades maiores para receber o seu salário ou resolver questões que seriam de fácil resolução. As cidades perdem também em arrecadação, pois ao receber em um banco fora da sua cidade, a expectativa é que o cidadão gaste parte do dinheiro ali mesmo. A Amupe estará junto de cada município afetado para tentarmos reverter essa situação", concluiu Patriota.

O secretário de Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, afirmou que o Governo do Estado estará junto aos municípios e bancários “para garantir os empregos e os serviços do Banco do Brasil à população de Pernambucano”, disse ele.

Representante dos sindicatos de bancários, o diretor da Contec, Gilberto Antônio Vieira, frisou a importância do não esquecimento do papel social do Banco do Brasil na vida dos brasileiros.

O prefeito de Flores, Marconi Santana, questionou a decisão de fechamento da agência de seu município, pois a mesma "em trinta anos de atuação, nunca apresentou prejuízo". O prefeito de Águas Belas, Luiz Aroldi, classificou o atual momento como crítico, e pediu para que os prefeitos busquem articular com seus deputados a discussão do pleito em Brasília. Já o gestor de São Joaquim do Monte, Eduardo Oliveira, conhecido como Duguinha, ressaltou a dificuldade dos sãojoaquinenses em se deslocarem a agências bancárias mais próximas, possivelmente em Caruaru, segundo ele.

Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe)

Jupi: MPPE propõe ação civil por improbidade administrativa contra secretária de Saúde e fotógrafo que furaram fila da vacinação


O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) ingressou com uma ação civil pública por atos de improbidade administrativa contra o fotógrafo José Guilherme da Silva e a secretária de Saúde de Jupi, Maria Nadir Ferro de Sá. Ambos são acusados de terem desrespeitado as normas de prioridade dos planos Nacional e Estadual de imunização contra a Covid-19, ao receberem a primeira dose da vacina CoronaVac no município, em 19 de janeiro passado.

Os dois tinham conhecimento de que não estavam incluídos nos grupos prioritários da primeira fase, iniciada em todo âmbito nacional. “Ainda assim, não se negaram a receber as doses, agindo com dolo, vontade livre e consciente, desrespeitaram os princípios norteadores da administração pública (atos de improbidade administrativa previstos no art. 11, caput, inc. I, da Lei 8429/92)”, esclarece o texto da ação civil.

Segundo a peça do MPPE, ela se aproveitou do cargo de secretária de Saúde municipal e ele da condição de prestador de serviços ao ente federativo local, para, como se diz popularmente, furarem a fila para a vacinação.

“Eles tomaram as doses em detrimento de todos os agentes de saúde que estão na linha de frente no combate ao coronavírus. Vale frisar que a secretária de Saúde não faz parte do grupo de profissionais de saúde que estão trabalhando na linha de frente no combate à Covid-19. Além disso, não bastasse tomar a vacina mesmo consciente de que não fazia parte do grupo prioritário, a requerida ainda autorizou que aplicassem dose no fotógrafo prestador de serviço, pessoa totalmente fora do grupo de prioridade. O registro da vacinação em pessoa fora da classe prioritária foi amplamente divulgado nas redes sociais”, relata a ação civil. “Vídeos e fotografias foram divulgados na internet, imprensa local e nacional, causando repulsa e reprovação por toda sociedade”, complementa o texto.

“Verifica-se que as disposições da Lei nº 8.429/92 são aplicáveis, no que couber, àquele que, mesmo não sendo agente público, induza ou concorra para a prática do ato de improbidade ou dele se beneficie sob qualquer forma direta ou indireta (artigo 3º), neste contexto inclui-se o requerido, José Guilherme da Silva, em razão da condição de beneficiário direto do ato ilícito praticado por Maria Nadir Ferro de Sá, secretária de Saúde do município”, pontua a ação civil.

“Com base nos eventos narrados tem-se que eles realizaram comportamentos que atentam contra os princípios da administração pública, violando os deveres de honestidade, moralidade, legalidade, imparcialidade e lealdade às instituições”, assinala a peça do MPPE.

Ministério Público de Pernambuco

Petrolândia: Confira escala e nomes de médicos que atenderão nesta quarta (27) na Clínica Mais Saúde; ligue e marque sua consulta

 

A Clínica Mais Saúde, localizada na Av Auspício Valgueiro de Barros, em frente a Escola Delmiro Gouveia, informa atendimento para a esta quarta-feira, 27 de janeiro de 2021.

Confira abaixo!

Telefone para marcação de consultas:
3851 - 0533 - Cel. 87 - 9.9902-8197 -

Confira abaixo profissionais médicos que atenderão na Mais Saúde de Petrolândia nesta quinta (27/01/2021)



Atende na Mais Saúde de Petrolândia nesta quarta-feira (27/01/2021)


Atende na Mais Saúde de Petrolândia nesta quarta-feira (27/01/2021)


Atende na Mais Saúde de Petrolândia nesta quarta-feira (27/01/2021)


Atende na Mais Saúde de Petrolândia nesta quarta-feira (27/01/2021)


Atende na Mais Saúde de Petrolândia nesta quarta-feira (27/01/2021)


Atende na Mais Saúde de Petrolândia nesta quarta-feira (27/01/2021)



SAIBA MAIS SOBRE A MAIS SAÚDE




A Clínica Mais Saúde realiza Exames Laboratoriais de segunda a sexta-feira (veja abaixo).












Adquira já o seu cartão de desconto SYSTEM SAÚDE e ganhe excelentes descontos!SAIBA SOBRE O SYSTEM SAÚDE

Adquira já o seu!






Redação do Blog de Assis Ramalho
Informação: Clinica Mais Saúde




Butantan deve receber no dia 3 insumo para 8,6 milhões de doses

Coletiva de imprensa do governo de SP nesta terça (26) — Foto: Reprodução/TV Globo

O governo de São Paulo afirmou nesta terça-feira (26) que os 5,4 mil litros de insumo para produção da vacina CoronaVac devem chegar ao Instituto Butantan no dia 3 de fevereiro.

"Nós tivemos essa sinalização, de que a liberação desses lotes será feita de uma maneira muito rápida, começando por esses 5,4 mil litros que foram anunciados no dia de ontem [segunda-feira, 25] e chegarão aqui na próxima semana, com previsão do dia 3 de fevereiro", afirmou Dimas Covas, diretor do Instituto.

Segundo Dimas Covas, com a chegada da matéria-prima, o Butantan produzirá, em 20 dias, cerca de 8,6 milhões de doses do imunizante.

O anúncio foi feito em coletiva de imprensa nesta manhã, após uma conferência entre o governo paulista e o embaixador da China no Brasil, Yang Waning.

De acordo com Dimas Covas, outros 5,6 mil litros estão em processo "avançado de liberação" pelo governo chinês.

A expectativa do Instituto Butantan é a de receber, até abril, o total de insumo para produção das 40 milhões de doses contratadas.

O acordo feito entre o Instituto e o laboratório chinês Sinovac prevê o recebimento total de 46 milhões de doses. Desse montante, 6 milhões foram importadas prontas da China.

"Na sequência, há um outro volume de 5,6 mil litros, que também foi anunciado pelo embaixador, que também está em processo de liberação. Com esses dois lotes, totalizando 11 mil litros, nós regularizaremos as nossas entregas ao Ministério [da Saúde] e o restante que deverá vir no que já está planejado até o final de abril, as 40 milhões de doses que temos contratadas até este momento", completou Dimas Covas.

Aporte adicional

Ainda na coletiva, o diretor afirmou que existe a possibilidade de o Instituto receber um aporte adicional de doses, conforme previsto em contrato, mas tal negociação depende da manifestação do Ministério da Saúde. Segundo Dimas Covas, um ofício sobre o assunto foi enviado ao Ministério na última sexta-feira (22).

"Existe a possibilidade de um adicional de 54 milhões de doses, mas para isso precisamos de uma manifestação do Ministério da Saúde. Na última sexta-feira (22), enviei um ofíci

o solicitando essa manifestação para que nós possamos programar essa produção. O quanto antes tiver essa definição, o quanto antes faremos esse planejamento, e o quanto antes traremos essa vacina para o Brasil", afirmou Dimas Covas.

Embates com governo federal

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), voltou a dizer que a liberação dos insumos só ocorreu após esforços do governo estadual e acusou o presidente Jair Bolsonaro de oportunismo.

"Todas as demandas foram conduzidas pelo Instituto Butantan e pelo governo de São Paulo e continua assim. Nós cuidamos disso e cuidamos bem, por isso que as vacinas chegaram até o Brasil e chegaram bem", disse Doria nesta terça.

"Surfar por algo que não é verdadeiro, não é boa conduta", completou.

Nesta segunda (25), Bolsonaro publicou em uma rede social que a Embaixada da China no Brasil informou que os insumos estavam liberados. No mesmo dia, o governador se manifestou por meio das redes sociais.

O embaixador participou virtualmente da coletiva desta terça (26) e defendeu o Brasil como um importante parceiro da China.

“O Brasil é um país importante e parceiro de grande significado da China, mantemos uma relação amistosa, tradicional entre os dois países, incluindo o estado de São Paulo, o maior o estado do Brasil que tem mantido uma boa relação com a China. E valorizamos muito nosso relacionamento tradicional e amistoso”, afirmou Yang Wanming.

Em outubro, Bolsonaro chegou a suspender um acordo entre o Ministério da Saúde e o Butantan para a compra de 46 milhões de doses da CoronaVac.

Na ocasião, o presidente disse em uma rede social que os brasileiros não seriam "cobaia" de ninguém e se referiu à CoronaVac como a "vacina chinesa de João Doria".

Em novembro, quando os testes da CoronaVac foram interrompidos devido a morte de um dos voluntários, o presidente chegou a dizer que a vacina causava "morte, invalidez, anomalia". A morte do voluntário não ocorreu por causa da vacina.

Apoio

Nesta segunda (25), o governador de São Paulo reuniu o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), presencialmente, e os ex-presidentes José Sarney (MDB) e Michel Temer (MDB), que participaram de forma virtual, em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes.

Na última quinta-feira (21), o governo de São Paulo relatou que teria pedido ao ex-presidente Michel Temer que entrasse nas negociações para liberar a importação dos insumos.

Reunião de ex-presidentes

Apesar da presença dos ex-presidentes, Doria disse que esse o evento não era um ato político, mas uma ação em defesa da vida, com a vitória da ciência. Segundo ele, todos os ex-presidentes foram convidados, mas somente três participaram do evento.

Os ex-presidentes Dilma Rousseff (PT), Lula (PT) e Fernando Collor (PROS) foram convidados, mas recusaram o convite.

Doses da CoronaVac

A CoronaVac é uma vacina contra Covid-19 baseada em vírus inativado e desenvolvida pela Sinovac em parceria com o Butantan. Parte das doses foi entregue pela Sinovac já pronta para uso, enquanto outra parte é formulada pelo instituto em São Paulo.

O Instituto Butantan necessita dos insumos para retomar o processo de envase da CoronaVac em São Paulo.

No último domingo (17), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o uso emergencial dos 6 milhões de doses importadas prontas da China. Um cronograma firmado entre o Instituto Butantan e o Ministério da Saúde prevê a entrega de 8,7 milhões de doses da vacina até 31 de janeiro. Desse total, 6 milhões foram entregues ao longo desta última semana.

Na segunda-feira (18), o Butantan fez um pedido de uso emergencial para 4,8 milhões de doses da CoronaVac envasadas no instituto, o que foi aprovado.

No entanto, de acordo com o Butantan, após processo de envase e conferência do lote, o total de doses envasadas foi de 4,1 milhões de doses. Desses 4,1 milhões de doses, 900 mil foram liberadas na sexta-feira (22).

Por G1

Confira o calendário do 13º do Bolsa Família de Pernambuco, e saiba se tem direito e como receber valor máximo (vídeo)


Pernambuco anunciou nesta terça-feira (26) o calendário do pagamento do 13º do Bolsa Família 2020/2021. Todas as famílias que receberam o benefício do programa em Pernambuco por pelo menos seis meses no período de fevereiro de 2020 a janeiro de 2021 irão receber o pagamento do 13º.

. (Assista vídeo abaixo)


O pagamento é em parcela única, de até R$ 150. Para receber o máximo, o beneficiário precisa comprar produtos cadastrando o CPF na Nota Fiscal Eletrônica dos produtos relativos ao programa, como alimentos, vestuário, calçados e material de limpeza. Nos casos de recebimento no valor abaixo de R$ 150, a família receberá o 13º no mesmo valor do Bolsa Família.

Em coletiva on-line, o Governo do Estado informou que os nascidos de janeiro a abril receberão o benefício com datas no mês de fevereiro de acordo com o último número do Número de Identificação Social (NIS). Os nascidos de maio a agosto receberão o pagamento durante o mês de março, de acordo com o NIS. Por último, os nascidos de setembro a agosto receberão em abril, na data também de acordo com o NIS.

O pagamento será realizado com o mesmo cartão que a família recebe o benefício do programa Bolsa Família. O beneficiário poderá receber seu dinheiro nas agências da Caixa Econômica Federal, terminais de autoatendimento, revendedores lotéricos ou estabelecimentos alternativos credenciados.

De acordo com o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, “o 13º do Bolsa Família dialoga com quem precisa”.

Quem recebe?
Todas as famílias que recebem o Bolsa Família em Pernambuco, que tenham recebido pelo menos 6 meses do benefício, no período de fevereiro/2020 a janeiro/2021

Como receber?
Comprar produtos cadastrando o CPF na Nota Fiscal Eletrônica dos produtos relativos ao Programa, que são: gás de cozinha, vestuário
calçados, material de Limpeza e higiene pessoal e medicamentos

Locais de pagamento
O pagamento será realizado com o mesmo cartão que a família já recebe o benefício do Programa Bolsa Família, nas agências da Caixa Econômica Federal, terminais de autoatendimento, revendedores lotéricos ou estabelecimentos alternativos credenciados.

Dados do Programa
- 1.190.295 famílias beneficiárias;
- R$ 154.606.815,27 disponibilizados;
- R$ 258.585.990,20 em Notas fiscais eletrônicas registrados pelos participantes do Programa;
- R$ 12.927.251,11 valor acrescido aos benefícios com a inserção do CPF nas notas fiscais;
- 60,7% das famílias receberam valor máximo (R$ 150,00);
- 16,7% das famílias aumentaram o valor do benefício com a inserção do CPF na Nota Fiscal.



Blog de Assis Ramalho
Folha de Pernambuco
Vídeo: TV JORNAL

Colisão entre moto e ônibus deixa homem morto na BR-232, em Custódia


Motociclista não resistiu aos ferimentos e morreu no local — Foto: PRF/Divulgação

Uma colisão entre uma moto e um ônibus, na manhã da segunda-feira (25), deixou um homem morto no km 325 da BR-232, em Custódia, no Sertão de Pernambuco.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), um motociclista foi cruzar a rodovia para acessar a PE-280 quando foi atingido por um ônibus que estava passando na BR-232.

O motociclista não resistiu aos ferimentos e morreu no local. As pessoas que estavam dentro do ônibus não ficaram feridas. O motorista realizou o teste do bafômetro e o resultado foi normal.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). O caso foi repassado para a Polícia Civil, que irá conduzir as investigações do caso.

Por G1 Caruaru

Boletim desta terça-feira (26/01/2021): Com mais 2.124 casos da Covid-19 e 22 óbitos, Pernambuco totaliza 253.415 infectados e 10.222 mortes

Com mais 2.124 casos da Covid-19 e 22 óbitos registrados no estado nesta terça-feira (26), Pernambuco passou a totalizar 253.415 infectados pelo novo coronavírus e 10.222 mortes causadas pela doença na pandemia. Os dados são contabilizados desde março de 2020.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) informou que os novos registros no estado incluem 79 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 2.045 quadros leves da Covid-19. Com isso, Pernambuco chegou a 30.800 pacientes graves e 222.615 leves.

Com relação aos 22 óbitos, eles aconteceram entre o dia 12 de janeiro e a segunda-feira (25). "Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde", informou o governo de Pernambuco, em nota.

Por G1 PE

Municípios de Pernambuco devem receber doses para vacinar idosos com 85 anos ou mais contra Covid-19 até esta terça

Caixa da vacina de Oxford, que chegou a Pernambuco na madrugada de domingo (24) — Foto: Heudes Regis/Governo de Pernambuco

Com a chegada de 84 mil doses da vacina Astrazeneca/Oxford a Pernambuco, o secretário de Saúde do estado, André Longo, espera que, até a meia-noite desta terça (26), todos os municípios tenham recebido as remessas para vacinar idosos com mais de 85 anos (veja vídeo acima). As doses já começaram a ser distribuídas.

A imunização fica a cargo de cada cidade, mas o estado pede às prefeituras a montagem de planos de comunicação para que a vacina chegue, de fato, ao público-alvo da vez. Alguns municípios, como o Recife, anunciaram que começam a vacinar na quarta-feira (27).

"Cada município deve montar a estratégia de acordo com a própria realidade. Todos os municípios têm capacidade para vacinar, mas cabe a cada um decidir se vai adotar drive-thru, busca ativa ou outra estratégia", disse o secretário estadual de Saúde.


Segundo o secretário, a população a partir de 85 anos foi priorizada neste momento devido a altas taxas de mortalidade e de internação nos leitos da rede pública de Pernambuco.

"Mais de 2,7 mil pessoas nessa faixa etária morreram no estado. A taxa de mortalidade é muito alta para quem desenvolve Síndrome Respiratória Aguda Grave. Atualmente, também temos 60 pessoas com essa idade internadas em UTI", disse Longo.

Com as 84 mil doses, a expectativa é imunizar cerca de 71,5 mil idosos com 85 anos ou mais. Há uma margem maior porque o estado considera um percentual de perda, já que que cada frasco da vacina de Oxford contém um total para dez doses.

"Vai ter casos em que vai ser possível retirar as dez doses, mas vai ter frasco que só vai dar para nove. A perda é algo em torno de 5%", explicou o secretário.

No caso da vacina de Oxford, a segunda dose pode ser aplicada em até três meses, mas o governo acredita que, até 10 de fevereiro, o imunizante contra a Covid-19 do mesmo fabricante chegue novamente ao estado.

Segundo Longo, se chegarem de fato 10 milhões de doses da Astrazeneca/Oxford ao Brasil, Pernambuco espera receber 450 mil. Quanto às 3,2 milhões da CoronaVac do Instituto Butantan, o estado espera receber 144 mil doses.

"Pelas notícias que chegam, é muito provável que consigamos cumprir a primeira fase do cronograma do Plano Nacional de Imunização. Temos uma perspectiva realista", afirmou o secretário.

Além dos idosos com 85 anos ou mais, a primeira fase do calendário de vacinação engloba trabalhadores de saúde, indígenas em aldeias, deficientes institucionalizados e idosos com 75 anos ou mais. Ao todo, são 666.010 pessoas, segundo a Secretaria Estadual de Saúde.

Até esta terça (26), o estado contabilizava 26 pacientes vindos do Amazonas a Pernambuco. A distribuição ocorre entre os hospitais das Clínicas e Alfa.

A respeito da variante brasileira do novo coronavírus, presente em pacientes do Amazonas, Longo informou que o estado tem feito o monitoramento, mas, até então, não havia detectado em pernambucanos.

"Estamos atentos a isso, a vigilância tem testado os trabalhadores. Ainda não se tem muito conhecimento, mas há estudos que dizem que essa variante é mais transmissível", afirmou.

Por G1 PE

Bolsonaro diz que governo é a favor de aquisição de 33 milhões de doses da AstraZeneca por empresas brasileiras (vídeo)


O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira (26) que o governo federal assinou uma carta de intenções favorável à compra de 33 milhões de doses da vacina da AstraZeneca por empresas do Brasil.

Ainda de acordo com Bolsonaro, o governo defende que metade dessas doses sejam doadas para o SUS e, a outra metade, aplicada em funcionários dessas empresas, para garantir que a economia do país não pare.

Bolsonaro informou que foi procurado na semana passada por um grupo de empresários que quer o apoio do governo para a compra das doses.


A vacina desenvolvida pela farmacêutica AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford, tem autorização para uso emergencial no Brasil. O governo federal fez um acordo para obter 100 milhões de doses desse imunizante. Os 33 milhões almejados pelos empresários não estão nesse acordo. Além disso, a Fiocruz poderá produzir doses no país.

"Semana passada nós fomos procurados por um representante de empresários e nós assinamos carta de intenções favorável a isso, para que 33 milhões de doses da Oxford viessem do Reino Unido para o Brasil, a custo zero para o governo. E metade dessas doses, 16,5 milhões, entrariam aqui para o SUS e estariam então no programa nacional de imunização, seguindo aqueles critérios, e outros 16,5 milhões ficariam com esses empresários para que fossem vacinados, então, os seus empregados, para que a economia não parasse", afirmou o presidente em uma live do banco Credit Suisse.

Em nota, a AstraZeneca informou que, por ora, não tem condições de vender doses para o setor privado.

"No momento, todas as doses da vacina estão disponíveis por meio de acordos firmados com governos e organizações multilaterais ao redor do mundo, incluindo da Covax Facility [consórcio coordenado pela Organização Mundial da Saúde (OMS)], não sendo possível disponibilizar vacinas para o mercado privado", disse a farmacêutica.

Na live, Bolsonaro ressaltou que o governo vai estimular, no que for possível, o sucesso da proposta das empresas junto à AstraZeneca.

"No que puder essa proposta ir à frente, nós estaremos estimulando, porque com 33 milhões de graça aqui no Brasil, para nós ajudaria, e muito, a economia e aqueles que por ventura queiram se vacinar, porque a nossa proposta é voluntariado, o façam para ficar livre do vírus", disse o presidente.

Vacinação

Em sua fala no evento, Bolsonaro afirmou que a vacinação contra a Covid-19 dará "segurança" aos brasileiros e garantirá que a economia "não deixe de funcionar".

"Brevemente estaremos entre os primeiros lugares para dar mais conforto à população, segurança a todos e de modo que a nossa economia não deixe de funcionar", disse Bolsonaro.

A declaração contrasta com falas públicas do presidente nos últimos meses, em que ele desestimulou a aplicação da vacina, levantando dúvidas sobre a eficácia dos imunizantes e repetindo que ele próprio não se vacinaria.

Ao longo da pandemia, Bolsonaro questionou mais de uma vez a eficiência da vacina CoronaVac, produzida no Brasil pela empresa chinesa em parceria com o Instituto Butantan, ligado ao estado de São Paulo, governador por João Doria (PSDB), seu adversário político..

Nesta terça, o presidente disse que sempre se mostrou favorável ao uso de vacinas aprovadas pela Anvisa - a CoronaVac, além da vacina de Oxford, teve uso emergencial liberado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e também está sendo aplicada no país.

Segundo consórcio de veículos de imprensa, na segunda-feira (25) 17 estados e o Distrito Federal vacinaram 685.201 pessoas.

Teto de gastos

Bolsonaro afirmou ainda que o governo manterá em 2021 o "firme compromisso" com a regra do teto de gastos do orçamento. No ano passado, o presidente admitiu que o governo discutia a possibilidade de quebrar o teto, declaração que teve reação negativa junto ao mercado. O evento do Credit Suisse era voltado a investidores.

"No âmbito fiscal, manteremos firme o compromisso com a regra do teto de despesas como âncora de sustentabilidade e de credibilidade econômica", disse.

O presidente também declarou, sem citar especificamente o auxílio emergencial, que medidas adotadas para lidar com a crise da pandemia não se tornarão permanentes.

"Não vamos deixar que medidas temporárias relacionadas com a crise se tornem compromissos permanentes de despesas. Nossos objetivo é passar da recuperação baseada no apoio ao consumo para um crescimento sustentado pelo dinamismo do setor privado", afirmou.

Bolsonaro também se comprometeu a acelerar privatizações e concessões, bem como a agenda de reformas, que não avançou no Congresso no ano passado.

"Também vamos avançar na tramitação de reformas fiscal, tributária e administrativa em parceria com Congresso Nacional e a sociedade brasileira", afirmou o presidente.

Por Alexandro Martello e Guilherme Mazui, G1 — Brasília

Policial civil morre em acidente de moto na BR 104 em Alagoas



O policial civil Genivaldo Lopes, 60, morreu em decorrência de um acidente de trânsito registrado no final da tarde desta segunda (25) em um trecho da BR 104, em União dos Palmares, AL. De acordo com informações apuradas pela reportagem do Alagoas 24 Horas, o policial seguia de Ibateguara para União, onde cumpriria o plantão na Delegacia Regional de União dos Palmares.

Por Alagoas 24 Horas

Governo federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas



O governo federal vai pagar, na próxima quinta-feira (28), mais de R$ 248 milhões de auxílio emergencial para 196 mil pessoas. A portaria do Ministério da Cidadania foi publicada hoje (26) no Diário Oficial da União, após análise das contestações e revisões decorrentes de atualizações de dados governamentais.

O grupo de beneficiários inclui cerca de 191 mil pessoas que contestaram a suspensão do benefício no site da Dataprev, entre 7 e 16 de novembro e entre 13 e 31 de dezembro de 2020, além de outras cinco mil pessoas que tiveram os pagamentos reavaliados em janeiro de 2021. Eles receberão de uma só vez todas as parcelas a que têm direito.

De acordo com o ministério, entre as 196 mil pessoas, há 8,3 mil que receberão a segunda, a terceira, a quarta e a quinta parcelas do Auxílio Emergencial. Outras 40,9 mil pessoas receberão as três últimas parcelas. Uma terceira faixa, de quase 68,1 mil cidadãos, receberá a quarta e a quinta parcelas. Por último, 78,3 mil vão embolsar somente a quinta parcela.

Os recursos serão depositados na poupança social digital da Caixa e já estarão disponíveis no dia 28, tanto para movimentação por meio do aplicativo Caixa Tem, quanto para saques e transferências para outros bancos.
Compras pela internet

Com o Caixa Tem é possível fazer compras na internet e nas maquininhas em diversos estabelecimentos comerciais, por meio do cartão de débito virtual e QR Code. O beneficiário também pode pagar boletos e contas, como água e telefone, pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas, e transferir os recursos sem o pagamento de tarifas.

Para o saque em espécie, é preciso fazer o login no aplicativo Caixa Tem, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”.

Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora. Esse código deve ser utilizado para a retirada do dinheiro, que pode ser feita nas lotéricas, correspondentes Caixa Aqui ou mesmo nas agências.

Por Agência Brasil

Petrolândia: É AMANHÃ! Ortopedista Dr. Érico Herbert atende na Policlínica nesta quarta (27/01) a partir das 14:00

 


A Policlínica de Petrolândia, situada na Av. Auspício Valgueiro Barros, 62 - Centro, em frente ao CAT dos Bombeiros (antigo escritório da Celpe), informa que Dr. Érico Herbert, ortopedista, atende nesta quarta-feira (27/01/2021) a partir das 14h00.

Agende sua consulta pelos números (87) 3851-2497 ou 99618-8877.

DR. Érico Herbert também atende na Policlínica às sextas-feiras a partir das 8 horas da manhã.


Blog de Assis Ramalho
Informação: Policlínica

SBT arma esquema de Copa do Mundo para final da “Libertadores” - Palmeiras x Santos às 17h

Mauro Betting, Téo José e Jorginho, da equipe de esportes do SBTDIVULGAÇÃO

O departamento de esportes do SBT conseguiu, junto à Conmebol, o credenciamento de toda a sua equipe para a transmissão de Santos e Palmeiras, final da “Libertadores da América”, sábado próximo.

Era só isso que faltava, por causa dos protocolos que devem ser obedecidos e o crescimento de números de casos de Covid-19.

Isto significa que todos os trabalhos serão realizados a partir do Maracanã, com o narrador Téo José, os comentaristas Mauro Beting e Jorginho, além dos repórteres André Galvão e Fernanda Arantes.

Além disso, os clubes serão acompanhados desde o desembarque no Rio de Janeiro e durante o período de concentração, com flashes durante a programação a partir desses próximos dias.

Aliás, no próprio sábado, às 16h, irá ao ar um especial do “Arena SBT”, ao vivo, com a apresentação de Benjamin Back. 

Um trabalho de cobertura esportiva, segundo seus idealizadores, que o SBT nunca realizou e que contará com a participação e colaboração de todas as emissoras da rede, entre próprias e afiliadas.

Canais da Disney

A Final da Libertadores também ganhará uma grande cobertura dos canais esportivos da Disney – Fox Sports e ESPN.

O jogo entre Santos e Palmeiras, só no FS, terá narração de Nivaldo Prieto, comentários de Paulo Calçade, Zinho e Carlos Eugênio Simon.

Pós jogo na ESPN Brasil, imediatamente após a partida, com um “Linha de Passe Especial”, apresentação do Paulo Andrade e participação de toda a sua equipe de comentaristas.


Por R7

Paulo Câmara divulga nesta terça (26) calendário do 13º do Bolsa Família


Com o pagamento, de acordo com o governo, devem ser injetados, aproximadamente, R$ 150 milhões na economia pernambucana

O governador Paulo Câmara anunciará, a partir das 11h desta terça-feira (26/01/2021), o calendário de pagamento do 13º do Bolsa Família referente ao ano de 2020, que será realizado nos meses de fevereiro, março e abril deste ano, conforme cronograma do programa estadual.

O evento terá transmissão online diretamente do Palácio do Campo das Princesas, através do canal oficial do Governo de Pernambuco, no Youtube. 

Rádio Jornal

Petrolândia: Novo presidente da AVEPE, Darley toma posse na 3ª pelada do ano







Tomou posse neste domingo, 24 de janeiro de 2021, o novo presidente da AVEPE (Associação dos Veteranos Desportistas de Petrolândia), o sócio Darley.

A cerimônia de transição  aconteceu na sede própria da associação, logo após o tradicional baba da manhã. Foi o terceiro realizado no ano que se inicia.

O novo mandatário disse que no próximo domingo vai anunciar os  nomes que irão compor a nova diretoria para a temporada de 2021.

 AVEPE (Associação dos Veteranos Desportistas de Petrolândia)
Presidente eleito 2021: Darley
Vice-presidente eleito 2021: Rocha


A AVEPE foi fundada no ano de 1989 com a finalidade de dar oportunidade a atletas que muito deram ao futebol de Petrolândia. Hoje dispõe de sede própria, sendo uma das associações referência entre as cidades da região do médio São Francisco. Todos os domingos acontece a tradicional pelada. Logo depois, os sócios participam de animada confraternização, em que são servidos comes e bebes.

Redação do Blog de Assis Ramalho

Influencer namorada de prefeito em Roraima é vacinada contra Covid após ser nomeada secretária e MP pede exoneração

Digital influencer Danyele , de 25 anos, é enfermeira e foi nomeada pelo namorado Pedro Henrique Machado (PSD) seis dias antes de começar a vacinação na cidade. Ministério Público afirmou que ela usou do 'vínculo de afeto com atual gestor do Município para ser imunizada'.

O Ministério Público de Roraima (MPRR) recomendou nesta segunda-feira (25) a exoneração da enfermeira Danyele Santos Negreiros, de 25 anos, do cargo de secretária-adjunta de Saúde de Alto Alegre. A medida ocorre após a jovem, que é digital influencer e namorada do prefeito do município, Pedro Henrique Machado (PSD), ser vacinada contra a Covid-19 seis dias depois de ser nomeada.

Dany Negreiro, como é conhecida nas redes sociais, foi nomeada pelo namorado no dia 15 de janeiro. A vacinação em Alto Alegre se iniciou na última quinta-feira (21).

Fotos e vídeos compartilhados pelo próprio prefeito mostram quando Danyela recebeu a vacina. Além de ser imunizada, a influencer também foi quem aplicou as primeiras vacinas nos profissionais de saúde da cidade.

Danyele Negreiro ao ser vacinada contra Covid-19 em Alto Alegre, em Roraima — Foto: Reprodução/Facebook/Prefeitura de Alto Alegre

Ao pedir a exoneração dela do cargo, o MPRR afirmou que ela não atua na linha de frente contra a Covid-19, portanto, não integra nenhum grupo prioritário de imunização. O pedido é do promotor de Justiça Paulo André Trindade.

“A atual secretária violou os princípios da legalidade, moralidade e eficiência ao se valer do cargo e do vínculo de afeto com atual gestor do Município para ser imunizada, mesmo ciente da condição de estar fora da linha de frente do enfrentamento e exposição ao risco de contrair a Covid-19″, citou o MPRR.

O município de Alto Alegre fica no Norte do estado, distante cerca de distante 73 km da capital Boa Vista, e recebeu 294 doses da CoronaVac.

O G1 ligou nesta segunda para o prefeito Pedro Henrique e para Danyele Negreiros, mas as ligações não foram atendidas. As mensagens enviadas também não foram respondidas até a última atualização da reportagem.

Na semana passada, após a vacinação, ao ser questionado sobre a namorada ter sido imunizada, o prefeito afirmou que ela atendia em postos de saúde da cidade desde junho do ano passado. O nome dela, no entanto, não consta na lista de servidores do portal da transparência da cidade. Sobre isso, ele disse que iria verificar o que havia ocorrido.

As fotos da imunização de Danyele também foram publicadas no perfil oficial da prefeitura de Alto Alegre. As imagens ainda estavam disponíveis até às 15h29 dessa segunda-feira (25).

Danyele Negreiros aparece aplicando a primeira dose da Coronavac e também sendo imunizada no perfil da Prefeitura de Alto Alegre — Foto: Reprodução/Instagram/prefeituradealtoalegre

Na apuração sobre Danyele ter recebido a vacina o MPRR também identificou que uma auxiliar técnica de cirurgião dentista, vinculada à uma clínica particular, também furou a fila ao receber uma dose da Coronavac, mesmo sem fazer parte da lista do grupo prioritário.

Diante disso, o promotor também recomendou que o prefeito e o secretário de Saúde interrompam a vacinação no município, para que “promovam a transparência e correção no plano de vacinação”, além de encaminhar lista com nomes e funções das pessoas imunizadas, no prazo de 24 horas, à Promotoria da cidade.

Após o envio da lista, a aplicação da vacina deverá voltar em 48 horas, seguindo irrestritamente o Plano Nacional de Imunização. Tanto Danyele, quanto a auxiliar técnica, devem ficar sem receber a segunda dose, conforme recomendou o MPRR.

Procurado, o governo do estado, responsável por distribuir as vacinas, informou que “a logística de aplicação das vacinas está sob a coordenação de cada município.”

Por G1