Web Radio Petrolândia

domingo, 26 de maio de 2019

Petrolândia; Corpo de Rodrigo deve chegar por volta das 21h deste domingo (26) em Petrolândia; sepultamento será amanhã às 17h em Tacaratu


De acordo com informações da família, o corpo de Francisco Rodrigo Silva Rodrigues, 20 anos,
foi liberado do IML de Caruaru por volta das 15h30 deste domingo (26/05/2019), de onde foi encaminhado para embalsamento.

Ainda de acordo com as mesmas informações, - se não houver empecilho - o corpo deverá chegar a Petrolândia por volta das 21:00 de hoje e será velado na residencia da família, na rua Artur Vieira de Lima 111 próximo ao posto papai Noel.

O sepultamento está marcado para as 17:00 desta segunda-feira (27), no Cemitério de Tacaratu.

Notícia relacionada

Redação do Blog de Assis Ramalho
Informação: Família

Blog de Assis Ramalho parabeniza os aniversariantes amigos do Facebook deste domingo, 26 de maio; veja lista


Mudam de idade hoje (domingo 26 de maio de 2019) e queremos aqui dedicar este dia especial  a Elizabete Ferraza,  Fabiano Marques,  Ciielly Correia,  Katia Alves,  Tâmara Carvalho Novaes,  Josivane Maria Vana ,  Joana Gomes,  Daniel Santos,  José Carlos ,  José Carlos,  Allef Hipólito   e  Jose Carlos Sandes Sandes  

O Blog de Assis Ramalho presta essa homenagem aos aniversariantes do dia. Felicidades para vocês, nesta data tão especial!

Veja abaixo fotos de aniversariantes de hoje que compõe o Grupo dos 5 mil amigos de Facebook do Blog de Assis Ramalho.

Cidades brasileiras registram atos em apoio ao governo Bolsonaro

Rio de Janeiro, 12h20: Manifestantes reunidos na orla de Copacabana em defesa do presidente Jair Bolsonaro e das medidas do governo — Foto: Reprodução/GloboNews

BRASÍLIA, 10h34: Manifestantes se reúnem em frente ao gramado do Congresso Nacional — Foto: Fernanda Calgaro/G1
SALVADOR, 10H52: Grupo realiza manifestação no Farol da Barra neste domingo (26) — Foto: Itana Alencar/G1

SÃO LUÍS: 11h55. Manifestantes fazem passeata neste domingo (26) em apoio ao governo Bolsonaro na Avenida Litorânea — Foto: Douglas Pinto/TV Mirante

Maceió, 11h: Manifestantes cantam hino nacional na Praça Vera Arruda — Foto: Magda Ataíde/G1

Ao menos 52 cidades em 12 estados e no Distrito Federal tiveram protestos entre a manhã e a tarde deste domingo (26) em defesa do presidente Jair Bolsonaro e de medidas do governo, como a reforma da Previdência e o pacote anticrime apresentado pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro.

As convocações ganharam força após os protestos em defesa da educação do último dia 15, contra os cortes anunciados pelo governopara os ensinos superior e técnico federais.

Neste domingo, grupos de manifestantes saíram em passeatas e carreatas levando bandeiras do Brasil e faixas com frases de apoio a propostas apresentadas pelo governo de Bolsonaro. Até a última atualização desta reportagem, os atos eram pacíficos.

Os atos também apoiavam a reforma ministerial do governo Bolsonaro, com redução de 29 para 22 do número de ministérios. Houve, ainda, pedido de fechamento do Congresso, o que é ilegal, inconstitucional e contra a democracia.

Neste domingo, por volta de 13h15, 52 cidades em 12 estados e no Distrito Federal tinham tido protestos. No dia das manifestações em defesa da educação, às 13h07, 146 cidades de todos os 26 estados e do Distrito Federal tinham registrado atos.

Veja como foram as manifestações

Rio de Janeiro

No Rio, o ato se concentrou na Avenida Atlântica, na orla de Copacabana. Manifestantes usavam, principalmente, roupas com cores verde e amarelo e carregavam bandeiras do Brasil. Vários carros de som se concentraram em dois pontos: na altura do Posto 5 e em frente à Rua Xavier da Silveira.

Por volta de 11h30, o ato se espalhava por cerca de sete quarteirões, da Rua Sá Ferreira até perto da Rua Barão de Ipanema. Alguns trechos concentraram mais gente e outros ficaram mais vazios.

Parte dos manifestantes pedia o fechamento do Congresso, o que é ilegal, inconstitucional e viola a democracia.

No sul do estado do Rio de Janeiro, ao menos três cidades também tiveram protestos: Resende, Volta Redonda e Três Rios.

No interior do estado, naro neste domingo (26). Por volta das 10h30, manifestantes começaram a ser reunir em frente à Igreja Nossa Senhora do Rosário, na BR-101,

Em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense cerca de 200 pessoas se reuniram em frente à Igreja Nossa Senhora do Rosário, segundo organizadores. Já em Macaé, os organizadores estimam que 5 mil pessoas estivessem participando de atos pró-Bolsonaro nesta manhã.

Distrito Federal

Em Brasília, por volta das 9h, parte do grupo se concentrava no Museu da República, na região central da capital. Outra parte foi para o gramado do Congresso Nacional. Segundo a Polícia Militar do DF, às 10h30 cerca de 2 mil pessoas estavam na Esplanada. Às 11h20, a corporação já falava em 10 mil manifestantes.

São Paulo

No interior de São Paulo, manifestantes de Campinas encheram o Largo do Rosário, na região central. A organização estimou 5 mil participantes, enquanto a PM calculou 3 mil.

Em Sorocaba, o ato ocorreu em frente à Prefeitura da cidade.

Em São Carlos, os manifestantes se reuniram na praça do Mercadão. Segundo a organização do evento, por volta das 10h30 cerca de 500 pessoas participavam do ato. Já a Polícia Militar calculou cerca de 300.

Em Bauru, às 10h20, aproximadamente 100 carros e 30 motosestavam agrupados em carreata, segundo os manifestantes. Todo o trajeto era acompanhado pelo helicóptero da Polícia Militar.

Em São José do Rio Preto, os manifestantes se reuniram em frente ao Mercado Municipal, no centro da cidade. Segundo os organizadores, 1500 pessoas participaram do ato. Segundo a PM, que acompanha a manifestação, 1 mil pessoas participaram.

Em Mogi das Cruzes, o grupo começou a se reunir às 10h na Avenida Cívica. Os manifestantes se revezam em discurso no microfone com palavras de apoio a Bolsonaro e às medidas do governo. De acordo com a Polícia Militar eram cerca de 200 pessoas. Segundo a organização, o número de participantes variava entre 250 e 300 pessoas.

Em Piracicaba, manifestantes se reuniram no Centro. Havia um carro de som, vários cartazes e camisetas nas cores da bandeira do Brasil. Às 11h35, organizadores e Guarda Municipal estimavam adesão de pelo menos 2,3 mil pessoas.

Na região central de Ribeirão Preto, a Polícia Militar estimou uma adesão de 6 mil pessoas ao movimento e os organizadores, de 7 mil manifestantes. A dispersão ocorreu por volta das 11h45.

Mato Grosso

Em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, às 11h cerca de 300 pessoas protestavam, segundo os organizadores. A Polícia Militar informou que não vai divulgar números.

Paraná

Em Foz do Iguaçu, região Oeste do Paraná, manifestantes começaram a se reunir por volta das 9h na Praça do Mitre vestidos com roupa verde e amarelo. No ato, foram usados dois caminhões que eram utilizados pelo Exército na década de 70 e agora pertencem a um colecionador. Por volta das 11h, cerca de 1 mil pessoas estavam concentradas na praça, ainda conforme a organização.

Acre

No Vale do Paraíba, moradores de Jacareí se reuniram por volta das 10h30 na Praça Charles Gates. Segundo a organização do evento, cerca de 450 pessoas participam do ato. A Polícia Militar contabilizou cerca de 100.

Bahia

Em Salvador, o ato teve início por volta das 10h no Farol da Barra, e o grupo começou a se dispersar às 11h40. Os manifestantes cantaram o hino nacional e gritaram palavras de ordem, com pedidos de "avança, Brasil". A organização e a Polícia Militar não divulgaram estimativa de público.

Também houve ato em Feira de Santana, a cerca de 100 quilômetros da capital baiana, e em Itabuna, no sul do estado, onde cerca de 500 pessoas foram ao ato.

Minas Gerais


Em Belo Horizonte, a concentração do protesto começou por volta das 10h, na Praça da Liberdade, na região Centro-Sul da capital. Os manifestantes se vestiram, em grande parte, de verde e amarelo.

Em Uberaba, na região do Triângulo Mineiro, cerca de 400 pessoas participavam do ato no fim da manhã, segundo organizadores. A Polícia Militar não fez estimativa.

Também houve protestos em Ipatinga, Timóteo e Governador Valadares, no Leste de Minas. Os atos foram pacíficos.

Em Varginha, cerca de 150 pessoas participaram da manifestação. Também houve atos em Poços de Caldas e Pouso Alegre, onde 150 veículos participaram de carreata.

Maranhão
Em São Luís, manifestantes se reuniram na Avenida Litorânea. O hino nacional foi executado, e bandeiras do Brasil se espalhavam pela via.

Pernambuco

Em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, por volta das 9h20 os manifestantes se concentravam em frente ao Polo Cultural (antiga Estação Ferroviária), no Centro.

Alagoas

Em Alagoas, manifestantes percorreram a orla de Maceió. O grupo se concentrou às 9h30 na Praça Vera Arruda vestido de verde e amarelo. O ato seguia pacífico e, segundo a organização, às 12h, cerca de 20 mil pessoas estavam na manifestação. A Polícia Militar não acompanhava o protesto.

Santa Catarina

No Vale do Itajaí, ao menos 70 pessoas se reuniram em frente à Igreja Matriz São Pedro Apóstolo, em Gaspar.

Por G1

Petrolândia: Domingão no Maria Fumaça tem Edy Ferreira e Eduardo Barbosa & Forró Estilizado


Edy Ferreira (13h00) e Eduardo Barbosa & Forró Estilizado (17h00) são as grandes atrações deste domingo (26/05/2019) no Bar e Restaurante Maria Fumaça, localizado na Orla Fluvial de Petrolândia.

Excelente cardápio e boa música na Orla de Petrolândia, você desfruta no cada vez melhor Maria Fumaça, organização de Pedrinho e família.

Contato: 87 3851-0376
Acompanhe no Instagram @mariafumaca.oficial

Blog de Assis Ramalho
Com informações do Maria Fumaça

Petrolândia perde Dona Nicinha da 'Casa dos Garotos' esposa de Gilberto Menezes

 
Dona Nicinha e o esposo Gilberto Menezes em seu estabelecimento comercial, ''Casa dos Garotos'': Crédito da foto: José Torres dos Santos (Petrolândia ontem, hoje e sempre)

Faleceu na manhã deste domingo (26), em Brasília (DF),  Dona Nicinha, esposa de seu Gilberto Menezes. Em sua página de rede social, a escritora Paula Francinete Rubens Menezes deixou a seguinte mensagem.

Eunice Vasconcelos , nossa Dona NICINHA, trabalhou na Radio Clube de Pernambuco, casou-se e veio morar em Petrolândia. Na falta de filhos inventou a Casa dos Garotos,a loja encantada da nossa infância cujo festa anual de aniversário nos premiava, entre outras coisas, com sessões de cinema inesquecíveis. Sempre apoiada pelo marido, adotou todos os cães e gatos desamparados da cidade. Dedicou sua vida a eles, até a velhice impedi-la. 

Hoje ela se foi... Certamente Deus lhe reservou um bom lugar pertinho de São Francisco. Segue em paz, Dona Nicinha!


Por Paula Francinete  Rubens Menezes

Petrolândia: Jovem sofre forte queda de moto no centro da cidade e morre a caminho de hospital do Recife


O jovem Francisco Rodrigo Silva Rodrigues, 20 anos,  morreu em decorrência de uma queda de moto na noite deste sábado (25/05/2019), às 21:45h, na Avenida Manoel Borba - no centro de Petrolândia.

Francisco, que mora em Petrolândia, chegou a ser socorrido pela Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros, que o conduziu ao Hospital Municipal Dr. Francisco Simões de Lima. Após ser medicado, foi encaminhado para o Hospital da Restauração, no Recife. No percurso, ele foi atendido no Hospital Regional de Caruaru, onde faleceu.

O hospital Dr Francisco Simões de Lima, a princípio, não soube informar que horas o corpo deverá chegar a Petrolândia.

Informações: Corpo de Bombeiros e Hospital Municipal Dr Francisco Simões de Lima

Redação do Blog de Assis Ramalho
Foto: Divulgação/internet 

Petrolândia: Corpo do ex-vereador Zildo Rodrigues já está sendo velado na Câmara de Vereadores; sepultamento será hoje às 16 hs



O corpo do ex-vereador Zildo Rodrigues, já  está sendo velado na Câmara de Vereadores, na Avenida dos Três Poderes, no centro da cidade, e o sepultamento será realizado neste domingo (26/05/2019), às 16h00, no Cemitério São Francisco.

 Zildo, que é pai de Joilton Pereira, atual presidente da Câmara Municipal de Petrolândia, faleceu aos 75 anos, no início da noite de ontem -  no Hospital Municipal Dr Francisco Simões de Lima

A família agradece a todos que compareceram a este ato de fé e solidariedade humana.

Notícia relacionada

Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Assis Ramalho/BlogAR

Petrolândia: Centro de Referência de Assistência Social-CRAS realiza bonito evento em comemoração ao Dia das Mães


O Centro de Referência de Assistência  Social-CRAS, nessa sexta-feira dia 24/05 realizou uma tarde com momentos especiais para as mães dos grupos referentes ao CRAS.

Foram diversas homenagens, sorteios, Oficina de porta chave em biscuit (confeccionado por Adhalis) e algumas mães fizeram homenagem cantando musicas de recordações antigas.

A banda da Casa das Juventudes foi um sucesso, onde os meninos encerraram cantando forró pé de serra e comemorando esse momento maravilhoso com todas mães do CRAS.

O CRAS agradece as lojas que patrocinaram os presentes que foram sorteados entre as mães: Eletro leo/Minas Calçados/Trupé Calçados/KLD Papelaria Kelly/Comercial Rocha/Sara Baby/Atacadão São Paulo/Salmo Leite/Bijulandia.

O Blog de Assis Ramalho parabeniza a equipe do Centro de Referência de Assistência Social-CRAS, pela bonita festa em homenagem as mães.

Ver fotos > CRAS promove momentos especiais para as mães

Ver abaixo, vídeo e fotos



Redação do Blog de Assis Ramalho
Por; Centro de Referência de Assistência  Social-CRAS


Profissões de risco garantem aposentadoria integral no INSS; regras podem ser modificadas caso seja aprovada a proposta de reforma da Previdência

Direito à aposentadoria especial alcançado antes da reforma é mais vantajoso para o trabalhador.

O trabalho com risco à saúde dá direito a um dos benefícios mais vantajosos do INSS: a aposentadoria especial por insalubridade. Mas as regras para quem exerce esse tipo de atividade serão modificada em caso de aprovação da proposta da reforma da Previdência do governo de Jair Bolsonaro.

Clique e leia a reportagem completa

Por https://agora.folha.uol.com.br/

Petrolândia: Calendário marcação de consultas e exames de 27 a 31 de maio de 2019 na Secretaria de Saúde


Obs: Para marcação de Consultas é obrigatório: A Requisição Médica, Identidade, Cartão do SUS, Cartão de Consulta atualizado do Hospital.


Por: Secretaria Municipal de Saúde de Petrolândia

Manifestações testam neste domingo apoio ao governo de Jair Bolsonaro


O presidente Jair Bolsonaro passará por um teste de força nas manifestações de rua convocadas para este domingo em defesa do governo. Embora tenha agido, nos últimos dias, para desvincular os atos de qualquer patrocínio do Palácio do Planalto, Bolsonaro foi alertado por aliados de que essas mobilizações viraram uma "armadilha" para sua gestão porque todos sabem como começam, mas nunca como terminam. Por meio das redes sociais, organizadores haviam convocado até sábado atos em pelo menos 312 cidades brasileiras.

Estão registradas também mobilizações em 10 municípios no exterior, sendo seis cidades nos Estados Unidos. A estimativa leva em conta eventos que têm locais e horários já definidos. São Paulo lidera o número de municípios que têm manifestações programadas, com 63 cidades. Minas Gerais é o segundo, com 39 mobilizações programadas. Para o governo, porém, a agenda das ruas se tornou uma encruzilhada. O receio da equipe de Bolsonaro é que, se não houver uma adesão de peso às manifestações, isso seja interpretado como um sinal de perda de popularidade em uma temporada de dificuldades na política e na economia. Até o momento, não há indicação de problemas com a segurança nos atos, mas o Planalto monitora as redes sociais para verificar a possibilidade de participação de "infiltrados" ou ativistas "black blocs".

Há o temor de que, se houver confusão, isso possa ser debitado na conta do governo. Não foi à toa que Bolsonaro repudiou a defesa do fechamento do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF) nas manifestações. Depois de dizer que o problema do Brasil é a classe política e de compartilhar uma mensagem pelo WhatsApp afirmando que o País é "ingovernável" fora dos conchavos, sem poupar nem mesmo a Justiça, o presidente afirmou que quem apoiar pautas contra o Congresso e o Judiciário "estará na manifestação errada". "Isso é manifestação a favor de (Nicolás) Maduro, não de Bolsonaro", afirmou ele, em uma alusão ao regime comandado pelo presidente da Venezuela. O Estado apurou que a frase do presidente, dita no café da manhã com jornalistas, na quinta-feira passada, foi discutida por sua equipe de comunicação.

Desde o início da semana, auxiliares de Bolsonaro já diziam que passeatas pró-governo, capitaneadas pelo próprio governo, eram "coisa de Maduro", e não de democracia. O Planalto tem pedido agora que o novo foco das manifestações seja a defesa da reforma da Previdência e da segurança pública, além da Operação Lava Jato e do pacote anticrime do ministro da Justiça, Sérgio Moro. Nos grupos mais significativos que estão à frente das convocações, a Previdência, o pacote anticrime, a aprovação da MP 870 e críticas a parlamentares do Centrão são temas centrais dos atos deste domingo.
PSL insiste na convocação

Apesar de Bolsonaro ter desestimulado ministros e aliados a comparecer às manifestações, parlamentares de seu partido, o PSL, continuam fazendo convocações pelas redes sociais, pedindo apoio ao governo. "A bancada do PSL está liberada para participar dos atos. Nós deixamos claro as nossas pautas, mas, além disso, a responsabilidade é de cada parlamentar, que tem suas próprias bandeiras", resumiu o deputado Delegado Waldir (GO), líder do PSL na Câmara. "Essas passeatas podem acabar sendo um tiro pela culatra para o governo. Se forem contra o Congresso, vão explodir de vez as pontes de diálogo com o Legislativo. Se houver pouca gente, ficará claro que o presidente perdeu força", provocou o deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), o Paulinho da Força.

Para o líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), o momento é de lutar para que o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) volte para o comando de Moro. Ao votar a medida provisória da reforma administrativa, na semana passada, a Câmara devolveu o controle do Coaf para o Ministério da Economia, mas o texto ainda terá de passar pelo crivo do Senado. A convocação para os atos deste domingo também dividiu ministros do Supremo. "Eu acho uma manifestação normal e legítima, como todas as outras que aconteceram. É a democracia", observou Alexandre de Moraes.

O ministro Marco Aurélio Mello, por sua vez, classificou como "inusitada" a convocação de manifestações a favor de Bolsonaro. Mapeamento da Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas (DAPP-FGV) identificou que os ataques ao Congresso Nacional, em especial ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e a parlamentares do Centrão, geraram a maior mobilização nas redes sociais nos últimos dias. O levantamento leva em conta apenas mensagens publicadas no Twitter entre os dias 17 e 24 de maio. No período analisado, as menções ao Congresso foram a maioria: 512 mil mensagens. Os outros termos mais citados pelos perfis pró-Bolsonaro foram Reforma da Previdência - 405 mil -, pacote anticrime, com 335 mil, MP 870, com 232 mil, e STF, com 177 mil. No total, 2,54 milhões geraram debate em torno dos atos. O DAPP identificou queda no número de menções das manifestações ao fim da semana. Já o pico foi na quarta de manhã - 41.529 mensagens -, quando Bolsonaro disse que não iria aos atos.

Por Correio do Povo

Petrolândia: Loja Di Fátima - correspondente Bradesco expresso recebe Prêmio Excelência 2019

 

Foi realizado em Petrolândia, a entrega do Prêmio Excelência 2019 concedido pela TLN Pesquisas e Eventos aos destaques a personalidades, profissionais e empresas que se destacaram em pesquisa de opinião pública, realizada em Petrolândia no início do ano.

A Loja Difátima que também oferece os serviços de Correspondente Bancário Bradesco expresso recebeu o certificado de Prêmio Excelência 2019.

A loja Difátima, em Petrolândia, é o lugar onde você encontra tudo para em confecções infantis, masculinas e femininas, perfumaria, cosméticos, jóias e bijuterias, acessórios em geral (bolsas, carteiras e cintos), moda praia e moda fitness.

A Difátima também oferece os serviços de Correspondente Bancário Bradesco, com depósitos, saques, abertura de contas e propostas de empréstimos, além de pagamento de contas. Você também pode recarregar o seu celular Tim ou Claro na Difátima. O atendimento prestativo é do amigo Naldo e esposa Fátima.

Quer reforçar o seu orçamento? Consulte Fátima Freire na Difátima e seja uma revendedora Hermes ou Avon.

Tudo isso e mais você só na Difátima, onde você encontra peças em promoção a 25 reais a unidade,

DIFÁTIMA
Org. Fátima Freire e Naldo
Av. Auspício Valgueiro Barros, 517 - Quadra 12
Petrolândia (PE)
Telefone: (87) 3851-2151
Celular: (87) 9929-7823



Redação do Blog de Assis Ramalho

Confira manchetes dos principais jornais do país neste domingo 26 de maio de 2019

Neste domingo 26 de maio de 2019, o Blog de Assis Ramalho publica as manchetes dos principais jornais do país; confira abaixo

Família alagoana morre em acidente de carro na BR-423, em Garanhuns

As vítimas morreram no localFOTO: PRF / Divulgação

Três pessoas da mesma família morreram após o carro em que elas estavam bater de frente com um caminhão no Km-87,8 da BR-423, em Garanhuns, no Agreste pernambucano. As vítimas, identificadas como Patrícia Monteiro, 42, e Kalline Monteiro, 36, eram parentes e morreram no local. O motorista, Iury Monteiro, 23, também veio a óbito. As vítimas eram da cidade de Belém, no estado de Alagoas. O acidente acontecem na manhã deste sábado (25). 

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o caminhão atingiu a traseira do carro modelo Ônix, onde estava a família. O impacto foi tão forte que o veículo foi arremessado para o outro lado da rodovia e atingiu frontalmente uma carreta que vinha no sentido contrário. O motorista do caminhão que acertou a parte traseira do carro da família fugiu sem prestar socorro. Já o da carreta permaneceu no local. Ainda de acordo com a PRF, o motorista da carreta passou pelo teste do bafômetro, que acusou negativo para alcoolemia.

Os corpos foram retirados das ferragens pelo Corpo de Bombeiros e Samu, e em seguida encaminhados para o IML de Caruaru, onde deverão passar por perícia. O caso será investigado pela Polícia Civil.

O Corpo de Bombeiros e o Samu foram acionados para a ocorrência e retiraram os corpos das ferragens. O Instituto de Criminalística (IC) realizou perícia no local e os corpos foram encaminhados para o IML de Caruaru, no Agreste pernambucano. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Por Diário de Pernambuco
Fotos/Crédito: PRF e Portal Agreste Violento

Policial aposentado mata esposa e tenta suicídio no RJ


O policial militar da reserva Antonio Carlos Maghelly Piloupas, de 51 anos, foi autuado em flagrante, na madrugada deste sábado, acusado de ter matado a tiros a esposa, Priscila de Araújo Piloupas, de 29. O crime aconteceu na Rua Francisca Vidal Pilares, Zona Norte do Rio.

Priscila morreu no local e Antonio Carlos foi autuado por feminicídio. O militar tentou suicídio e foi encaminhado para o Hospital municipal Salgado Filho, no Méier, onde está sob custódia. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da capital.

Por Jornal Extra-RJ

Jornalista, pré-candidato a prefeitura nas eleições de 2020, é assassinado no RJ


O jornalista do Jornal O Maricá e pré-candidato a prefeitura de Maricá para as eleições de 2020, pelo partido Avante, Robson Giorno, foi assassinado, na noite deste sábado, na Avenida Prefeito Ivan Mundin, via que corta os bairros Eldorado e Araçatiba, em Maricá, município da Região Metropolitana do Rio.

De acordo com a polícia, agentes da PM foram acionados para o local do crime, após serem alertados sobre um homicídio a tiros na Avenida Prefeito Ivan Mundin.

Informações de redes sociais, ainda não confirmadas pela polícia, afirmam que Giorno, como o jornalista era conhecido, chegava em casa a pé quando um carro de cor prata passou na frente do imóvel e começou a atirar contra a vítima.

Policiais civis também foram ao local do crime para realizarem a perícia. A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) está responsável pelas investigações do caso.

Sobre o caso, a prefeitura de Maricá emitiu uma nota em que lamentou a morte de Giorno e disse que repudia qualquer ato de violência:

A Prefeitura de Maricá manifesta seu pesar pela morte trágica do jornalista Robson Giorno e espera que as investigações conduzam rapidamente à identificação e punição dos responsáveis. Assim como reiteramos nosso compromisso com a liberdade de imprensa e de expressão, repudiamos também qualquer ato de violência. Reafirmamos ainda nossa permanente preocupação com a segurança de todos os que vivem e trabalham em Maricá. Nossos sentimentos à família.

Por Jornal Extra-RJ