terça-feira, 2 de junho de 2020

Petrolândia: Casal Valber e Elane está na segunda etapa do desafio Game On - A Maratona do Amor



O casal petrolandense Valber e Elane está firme no Game On - A Maratona do Amor, desafio promovido no Instagram pela rede de lojas D'Leles, com filial em Petrolândia, no Sertão de Pernambuco.

O jovem casal foi selecionado para representar a loja Minas de Petrolândia e, com apoio de visualizações e curtidas em vídeos, passou para a segunda etapa do desafio. Foram 36 mil curtidas/visualizações na primeira fase do desafio.

A loja Minas de Petrolândia agradece o apoio e convida todos a continuarem na torcida por Valber e
Elane. Confira no Instagram @minascalcadospetrolandia.

Assista ao vídeo no Instagram e deixe seu like em https://www.instagram.com/p/CA5VjyynJ6p/?igshid=1fv6ptcmh1at5


 Blog de Assis Ramalho
Com informações da Minas/D'Leles

Alexandre de Moraes toma posse como ministro efetivo do Tribunal Superior Eleitoral


O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), tomou posse na noite desta terça-feira (2/6), como ministro efetivo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em maio deste ano, ele havia sido eleito pelo plenário do STF para ocupar o cargo durante o biênio 2020/2022 e vai ocupar a vaga aberta com a saída da ministra Rosa Weber, que deixou o TSE em razão do término de seu mandato.

Desde abril de 2017, o ministro Alexandre de Moraes atua na Corte Eleitoral como substituto. A cerimônia de posse foi realizada por videoconferência. Conduzida pelo presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, o evento contou com a participação do presidente da República, Jair Bolsonaro, e dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Regionalização do Plano de Convivência com a Covid-19 será formatada com cada região de Pernambuco



Em reunião virtual com prefeitos, Paulo Câmara apresentou detalhes do plano e destacou a importância de incluir aspectos regionais na estratégia (Foto: Hélia Scheppa/SEI)



Em mais uma reunião por videoconferência, o governador Paulo Câmara apresentou, com a participação da Associação Municipalista de Pernambuco – Amupe, os detalhes do “Plano de Monitoramento e Convivência com a Covid-19” para prefeitos do interior. O chefe do Executivo Estadual destacou a ampliação da infraestrutura em saúde no interior e a inclusão no plano de questões sociais e econômicas de todas as macrorregiões de Pernambuco.

A partir da próxima semana, o Governo do Estado, em parceria com a Amupe, irá realizar reuniões setoriais e regionalizadas com os prefeitos, no âmbito do plano. “Fizemos uma reunião com os prefeitos e prefeitas do Estado de Pernambuco, sob a coordenação da Amupe, e apresentamos o Plano de Convivência com a Covid-19, com o olhar da economia, as datas previstas para início da retomada de alguns serviços e como vai ser tocado esse plano. Agora, diante de alguns cenários de estabilização, nós já estamos discutindo como será o futuro, e a participação dos prefeitos é fundamental”, disse o governador.

Paulo Câmara fez questão de enfatizar a importância de envolver os prefeitos nessa questão do Plano de Monitoramento e Convivência com a Covid-19, que determina a retomada gradual e planejada das atividades econômicas em todo o Estado. Pelo cronograma, 32 setores da economia terão as medidas restritivas flexibilizadas.

Anonymous Brasil: Internautas relatam compras com cartão de Bolsonaro


Após o vazamento dos dados pessoais do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), de seus filhos e apoiadores, alguns internautas relataram nas redes sociais que usaram as informações para comprar smartphones, computadores e itens de luxo. O grupo de hackers Anonymous assumiu a autoria do vazamento na madrugada desta terça-feira (2).

As palavras iPhone 11 e MacBook chegaram ser as mais comentadas no Twitter. Alguns usuários da rede afirmaram ter fraudado e adquirido aparelhos em nome do presidente da República. Devido à quantidade de compras, o cartão foi bloqueado e cancelado.

Em meio a piadas sobre assunto, uma internauta chegou a marcar Bolsonaro em um post e agradecer ao presidente pelo novo iPhone.

Além de compras feitas pelo número de cartão de crédito de Bolsonaro, algumas pessoas também filiaram o presidente ao Partido dos Trabalhadores (PT), usando seu CPF. Na manhã desta terça-feira, era possível ver diversos nomes aguardando resposta da legenda quanto à aprovação. O partido anunciou que barrou as inscrições.

Pelas redes sociais o presidente afirmou que a divulgação de seus dados pelo movimento hacktivista Anonymous Brasil é uma "clara medida de intimidação" do grupo. "Medidas legais estão em andamento para que tais crimes não passem impunes."

Estado de Minas

Na Alepe, Antonio Coelho pede adoção de sistema de registro eletrônico de imóveis no estado



O deputado estadual Antonio Coelho (DEM) faz um apelo à Corregedoria Geral de Justiça do Tribunal de Justiça de Pernambuco pela implantação do Sistema de Registro Eletrônico de Imóveis (“SREI”) em todos os serviços notariais do estado. O pedido do parlamentar foi em indicação apresentada nesta terça-feira (2) à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

De acordo com a assesoria do parlamentar, a medida está prevista no art. 76 da Lei nº. 13.465/2017 e foi regulamentada pelo Conselho Nacional de Justiça. Na avaliação de Antonio Coelho, além da segurança da informação, mediante a universalização das bases de dados, o sistema digital garante a continuidade da prestação do serviço público em meio a um ambiente de pandemia da Covid-19 que o país enfrenta, o qual torna necessário que a população se mantenha em isolamento social e, por conseguinte, a suspensão do atendimento presencial nos cartórios.

Bolsonaro diz que 'não pretende apoiar prefeito em lugar nenhum' nas eleições


O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na manhã desta terça-feira (2/6), que não pretende apoiar candidatos a prefeitos nas eleições municipais deste ano. Ele justificou dizendo que tem "muito trabalho" em Brasília para se meter em política neste ano. A fala foi feita na saída do Palácio da Alvorada a um bolsonarista que pedia apoio na corrida eleitoral.

“Não pretendo apoiar prefeito em lugar nenhum. Não pretendo, deixar bem claro. Não tenho partido, para exatamente não se meter em política esse ano. Tenho muito trabalho aqui em Brasília para estar entrando em eleições municipais”, apontou o presidente.

Moro

Pelo segundo dia consecutivo, o chefe do Executivo voltou a criticar o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro, em relação à posse e ao porte de armas. Bolsonaro afirmou que a revogação era papel de Moro após um outro apoiador reclamar sobre as medidas da Polícia Federal que restringem acesso. O homem agradeceu ao presidente pela derrubada da Instrução Normativa 131 e pediu que Bolsonaro mudasse também a portaria que versa sobre armeiros.

Assista a íntegra do vídeo do Canal YouTube Foco do Brasil


Vídeo:YouTube Canal Foco do Brasil

Votação do projeto que cria lei contra fake news é adiada no Senado

(foto: Nelson Junior/Divulgação)

Sem consenso sobre o projeto de lei 2630/2020, que busca combater fake news, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), deixou a discussão para a próxima semana. O assunto começaria a ser debatido nesta terça-feira (2/6) no plenário, mas o autor do PL, senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), e o relator, senador Angelo Coronel (PSD-BA), pediram o adiamento.

Os líderes das bancadas no Senado concordaram que é preciso mais tempo para amadurecer o debate. A matéria será discutida em meio a críticas de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro à operação da Polícia Federal que apura assédio virtual e fake news contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Apesar de ser um assunto em alta, as regras e os limites que serão estabelecidos na nova Lei Brasileira de Liberdade, Responsabilidade e Transparência geram controvérsia. Os senadores tendem a aprovar uma versão mais enxuta do texto inicial, apresentado por Vieira. Em busca de consenso, ele sugeriu algumas mudanças ao relator, nesta segunda-feira (1/6).

“Considerando que o relatório não foi apresentado até o momento e que é importante que todos tenham segurança quanto ao seu conteúdo, solicitei a retirada de pauta do PL 2630. Reitero a urgência de que seja apreciado e votado pelo Senado, mas garantindo ampla publicidade e debate”, escreveu Vieira, no Twitter.

O autor do PL sugere que o texto deixe de definir o que é “desinformação” e não crie mecanismos para intervenção das empresas no conteúdo das mensagens, quando identificarem que elas são falsas. Pela nova proposta, as plataformas não poderão remover publicações, ainda que sejam fake news. As empresas devem atuar para evitar que as contas distribuam esse tipo de conteúdo.

“O projeto não trata mais da desinformação em si, mas das ferramentas usadas para disseminar a desinformação”, explicou Felipe Rigoni (PSB-ES), coautor da matéria. Ele participou de coletiva de imprensa nesta segunda, por videoconferência, com Vieira e com a deputada Tabata Amaral (PDT-SP), que também assina o PL. O objetivo das mudanças é “tirar de circulação as ferramentas que são usadas criminosamente: contas falsas e redes ilegais de distribuição de desinformação”, resumiu Vieira.

Entre as regras previstas, o PL proíbe a criação de perfis falsos e o pagamento para impulsionar mensagens. Além disso, o novo texto sugere que as plataformas solicitem a identidade dos usuários antes da criação de perfis e limitem o número de contas por pessoa.

Os parlamentares também propuseram ao relator que as contas automatizadas (robôs) sejam identificadas como tal para a plataforma e para os demais usuários. Os operadores e administradores de contas vinculadas ao poder público deverão ser identificados publicamente, de acordo com o texto revisado ontem.

Com isso, toda a sociedade deverá saber quem usa as contas oficias da Presidência da República, por exemplo. Além disso, o uso de verbas públicas para promover qualquer ação proibida pela lei será classificado como improbidade administrativa.

O texto também muda as leis de lavagem de dinheiro e de organização criminosa. A pena a quem usar contas falsas ou automatizadas não identificadas será aumentada se a pessoa fizer parte de alguma organização. 

O texto prevê a criação de um Comitê Gestor da Internet, que deverá elaborar um código de conduta para empresas e usuários, de forma mais detalhada. 

Por Correio Braziliense

Inajá-PE: Projeto fará testes rápidos de Covid-19 e distribuirá cestas básicas para moradores da comunidade rural, nesta sexta (05/06)

Campanha Miséria que Habita  Foto: Divulgação

Uma campanha do projeto Miséria que Habita distribui, nesta sexta-feira (5), testes rápidos de Covid-19 para moradores da comunidade rural de Inajá, no Sertão de Pernambuco. A ação também irá entregar cestas básicas à população.

Com a crescente do número de casos fatais do coronavírus no País, o projeto viu a necessidade de colaborar com um diagnóstico rápido nas áreas com menor índice de salubridade. "Ainda que os testes sejam distribuídos [pelo Ministério da Saúde], muita gente ainda vai ficar sem saber se está infectado ou não, dando prosseguimento à disseminação do vírus", reflete o fotógrafo e organizador do projeto, Henrique de Campos.

O projeto já beneficiou cerca de 600 famílias carentes de vários estado com alimentos e produtos de higiene pessoal e conta com apoio de artistas como Maria Casadevall, Luiza Brunet, Karina Ramil, Eduardo Pelizzari, Rappin Hood, Marina Lima, os Jornalistas Celso Zucatelli e Fábio Ramalho.

O objetivo do programa é fazer o possível para diminuir a probabilidade de contaminação em ambientes de alto risco, como os retiros e asilos. A campanha de arrecadação que levanta fundos para a compra de alimentos e produtos de higiene contra o Covid-19 ainda está no ar.

Para ajudar e acompanhar as ações, os interessados podem acessar as redes sociais do projeto e o site que arrecada as doações.

Saiba como doar e acompanhar as ações

Site: www.mqh.org.br/covid19
Instagram: @miseriaquehabita
Facebook: facebook.com/miseriaquehabita
Por: Portal FolhaPE

Belém do São Francisco: Secretaria de Saúde disponibiliza álcool em gel 70% em locais públicos da cidade


A Prefeitura Municipal de Belém do São Francisco, no Sertão de Pernambuco, através da secretaria de saúde, disponibiliza a toda população Totens que fornecem álcool em gel 70% de forma gratuita.

Os equipamentos possuem um sistema de dispensão do produto e deve ser sancionado na base, com ajuda dos pés, evitando o contato com as mãos. O objetivo é proporcionar a população oportunidade de higienizar as mãos em varios espaços publicos da cidade, entre eles, o Hospital Dr. Jose Alventino Lima, a sede da prefeitura,as unidades basicas de saude, o CESPE entre outros.




Da Redação do Blog de Assis Ramalho
Informações e fotos: Julio Cesar

Petrolândia: Confira escala e nomes de médicos que atenderão nesta quarta [03/06] na Clínica Mais Saúde; ligue e marque sua consulta

 

A Clínica Mais Saúde, localizada na Av Auspício Valgueiro de Barros, em frente a Escola Delmiro Gouveia, informa atendimento para esta quarta-feira, 03 de junho de 2020; confira!

Confira abaixo profissionais médicos que atenderão na Mais Saúde de Petrolândia nesta quarta-feira (03)

Presidente do DEM, ACM Neto diz que Sara Winter foi expulsa do partido: 'Flerta com tendências autoritárias inaceitáveis'


Presidente do Partido Democratas (DEM), o prefeito de Salvador, ACM Neto, informou que assinou a expulsão sumária de Sara Winter da sigla. O anúncio foi feito pelo prefeito na manhã desta terça-feira (2).

A expulsão do partido pelo presidente do DEM foi tomada dias após Sara Winter, ativista política da direita brasileira e apoiadora do presidente Jair Bolsonaro, liderar uma manifestação com referências a grupos neonazistas e de supremacistas brancos americanos, no sábado (30), na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (leia mais abaixo).

De acordo com a ACM Neto, a decisão foi tomada porque ela "desrespeitou a democracia e flertou com tendências inaceitáveis".

"Assinei a expulsão sumária de Sara Winter. Ela desrespeitou a democracia com movimentos que flertam com tendências autoritárias que são inaceitáveis para nosso país. As atitudes dela confrontam com o espírito dos democratas, com a atuação firme de defesa da democracia", disse.

ACM Neto também afirmou que a democracia é inegociável para o partido e que a decisão da expulsão é uma forma de mostrar que não compactua com os posicionamentos de Sara Winter.

"Para o Democratas, a democracia é inegociável. Não vamos compactuar com qualquer tipo de movimento contra a democracia. Ela era filiada e disputou eleição, mas não tinha qualquer participação ativa dentro do partido, porém estava filiada ao Democratas. Aplicamos o estatuto nosso código de ética, para atitudes condenáveis", disse o prefeito de Salvador.

Alvo de operação da PF, Sara Winter chama Alexandre de Moraes de ...

Na semana passada, Sara Winter também foi alvo de busca e apreensão no inquérito "das fake news" do Supremo Tribunal Federal (STF) que investiga supostas produção de notícias falsas e mira pessoas aliadas a Bolsonaro.

Movimento antidemocrático

O ato chefiado por Sara Winter no sábado (30), também conhecido como marcha dos 300, reuniu menos de 30 pessoas, que vestiam preto, usavam máscaras e empunhavam tochas de fogo.

As imagens gravadas no local provocaram reações entre internautas, que apontaram semelhanças com os atos do grupo supremacista Klu Klux Klan.

Durante o ato, o grupo gritou palavras de ordem contra o ministro Alexandre de Moraes, relator do inquérito das fake news no STF.

Sara Winter é uma das 29 pessoas investigadas nesse inquérito. Nas redes sociais, ela publicou um vídeo no qual afirma que "vai infernizar" a vida de Moraes.

Ainda no sábado, horas antes do protesto chefiado por ela, a Procuradoria Geral da República (PGR) enviou à primeira instância o pedido do ministro para apuração de possível prática de crimes pela ativista, entre eles o crime de honra e de incitação da subversão da ordem política ou social.

Ligação com movimentos feministas

Hoje apoiadora do presidente e contra o movimento feminista, em 2014 Sara Winter entrou com pedido de cassação do mandato de Bolsonaro, quando o atual presidente do país atuava como deputado. Na época, Bolsonaro havia declarado que "não estupraria a ex-ministra Maria do Rosário porque ela não merece".

Por G1 BA

Belém do São Francisco-PE: Barco vira no meio do Rio São Francisco e tripulantes são resgatados por pescadores


Uma embarcação de pequeno porte virou na tarde dessa segunda feira (01/05) no meio do Velho Chico no município de Belém do São Francisco, no Sertão de Pernambuco. Na embarcação encontrava-se cerca de 5 crianças, inclusive um bebe de colo e 4 adultos que foram resgatados por pescadores que passavam próximo do local no momento do naufrágio.

Segundo informações do nosso parceiro Julio Cesar, todos os tripulantes foram resgatados com vida e passam bem. Até o fechamento dessa matéria não fomos informados sobre a causa do acidente, nem ainda de onde saiu e pra onde ia a embarcação. O que se sabe sobre o acidente, é que o mesmo aconteceu em uma das ilhas próximas a cidade.

Informações e fotos: Julio Cesar

Governo oferece garantia em empréstimo para pequena e média empresa


O Ministério da Economia e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) oferecerão garantia emergencial para reduzir risco de pequenas e médias empresas na concessão de crédito. Medida provisória publicada hoje (2) no Diário Oficial da União cria o Programa Emergencial de Acesso ao Crédito, com o objetivo de facilitar, durante o período de calamidade, o acesso de pequenas e médias empresas (PMEs) a novos empréstimos.

Segundo o Ministério da Economia, o modelo de estímulo ao crédito por meio da concessão de garantias foi usado por muitos países como medida para mitigar os efeitos da covid-19 no setor produtivo. O ministério acrescenta que no Brasil, durante este período, a carteira de crédito das instituições financeiras referente às grandes empresas aumentou de forma mais acelerada em comparação às pequenas e médias, tendo em vista o ambiente de incerteza e a expectativa de maior inadimplência desse segmento.

Com a publicação da Medida Provisória nº 975, o Ministério da Economia fica autorizado de imediato a aportar R$ 5 bilhões no Programa Emergencial de Acesso ao Crédito. O programa será operado pelo BNDES, nos moldes do Fundo Garantidor para Investimentos (FGI). Novos aportes do Tesouro poderão ser realizados até o final do ano de 2020, no valor total de até R$ 20 bilhões, por decisão do Ministério da Economia, conforme a performance do programa e necessidade de concessão de garantias.

O BNDES ficará responsável pela administração dos recursos e outorga das garantias aos agentes financeiros que emprestarem recursos no âmbito do Programa Emergencial do Acesso ao Crédito. A prestação de garantia será de até 80% do valor de cada operação da empresa com o agente financeiro.

De acordo com o ministério, os bancos terão que zelar por uma inadimplência controlada de sua carteira, incluindo todo o processo de recuperação de crédito. Para cada R$ 1 real destinado ao fundo, o ministério estima que possa garantir e destravar até R$ 5 reais em financiamentos às pequenas e médias.

O Programa Emergencial de Acesso ao Crédito vai oferecer garantias para os empréstimos realizados até dezembro de 2020 às empresas com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 300 milhões (apurado em 2019). Ainda segundo o ministério, a utilização dos recursos será livre, portanto, as empresas beneficiadas poderão reforçar o seu capital de giro. O programa deverá estar regulamentado e operacional ao final do mês de junho.

Segundo cálculos da equipe técnica do Governo Federal, a constituição do programa tem relação positiva entre o custo fiscal do aporte e a efetividade da aplicação. “Esses estudos prévios estimam que, para cada R$ 100 do Tesouro Nacional aplicados no programa, há potencial de impacto de R$ 100 em salários de empregados nas firmas apoiadas, sem contar os benefícios indiretos da preservação dos negócios”, conclui o ministério.

Por Agência Brasil

CEAPE oferta Curso Técnico de Enfermagem com 50% de desconto; aproveite!


Você gostaria de se destacar no mercado de trabalho?

Que tal investir na sua formação técnica?

O CEAPE está ofertando o Curso Técnico de Enfermagem com 50% de desconto nas 03 primeiras mensalidades.

Não perca tempo! Faça já sua matrícula!

Aproveite nossa promoção e garanta sua vaga.

Faça a diferença no mercado de trabalho!!!

Para mais informações, entre em contato com nossa Central de Relacionamento pelo WhatsApp (87) 9.9999-1355

Material didático incluso!

Da Redação do Blog de Assis Ramalho
Informação: CEAPE 

Prazo de pagamento da inscrição no Enem é prorrogado para o dia 10


O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) ampliou para o dia 10 deste mês o prazo para pagamento do boleto do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020.

Os novos boletos serão disponibilizados a partir de amanhã (3). Para acessá-los, é necessário que os candidatos inscritos entrem na Página do Participante e gerem um novo documento de pagamento.

Segundo o Inep, mais de 5,7 milhões de pessoas já tiveram suas inscrições confirmadas.

A expectativa é de que cerca de 300 mil inscritos devam efetuar o pagamento para confirmar a participação no Enem 2020.

Por meio de nota, o Inep informou, ainda, que a prorrogação se deve às dificuldades decorrentes do cenário de pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Por Agência Brasil

Falso médico tratou câncer terminal como coronavírus, diz família

Homem que clonou documentos para atuar em unidade de saúde celebrando Dia do Médico. — Foto: Reprodução/Facebook

Após um homem ter sido preso pela Polícia Federal por falsidade ideológica e exercício ilegal de medicina em um hospital de Praia Grande, no litoral de São Paulo, prestando atendimento a pessoas com o novo coronavírus, familiares de pacientes do falso médico procuraram a Polícia Civil para registrar boletim de ocorrência. O G1 conseguiu contato com algumas dessas famílias, que relataram descaso e arrogância do homem, que ainda não teve seu nome divulgado.

O falso médico usava o nome e o registro do Conselho Regional de Medicina do oftalmologista colombiano Dr. Henry Cantor Bernal. O verdadeiro especialista contou que soube que havia sido vítima de clonagem ao receber um aviso de um colega brasileiro que estaria participando de um processo seletivo para fazer plantões no hospital de São Caetano do Sul (SP) em 2018. Ele mora na Colômbia há 16 anos.

Uma das pessoas que procurou a Polícia Civil foi o jovem Eduardo Felipe dos Santos Alves. Ele relatou o atendimento que foi prestado à sua avó, Maria José dos Santos, de 66 anos, que deu entrada no hospital em estado terminal de um câncer. Na ocasião, o médico teria diagnosticado que ela estava com coronavírus, sem ao menos abordar a questão do câncer.

"Minha avó foi internada por neoplasia de colo e metástase óssea e uma equipe de enfermeiros liderada por este médico pediu para fazer uma tomografia e raio-x", conta. "Voltaram dizendo que ela estava com suspeita de Covid-19, tirando ela da ala comum e colocando na separada para coronavírus, onde não tínhamos acesso."

"A gente só tinha informações através do boletim médico passado por ele. Sempre tínhamos problemas, porque ele mentia para a gente, dizendo que ela tinha comido bem e que estava melhorando. Queria dar alta pra ela", diz.

Os resultados dos exames que comprovariam ou descartariam o novo coronavírus nunca chegaram. No último boletim, de sábado (30), o falso médico mudou o tom otimista e avisou a família que a idosa teria descido para a ala de emergência, tendo apenas mais dois dias de vida. Ela faleceu no mesmo dia.

"Ela respirava bem e sem aparelhos durante todo o tempo que esteve conosco por perto. Não liberamos o corpo ainda, sequer sei se realmente é ela ali dentro. Queremos o resultado desses exames para ter um velório digno", diz.

Além de atuar no Hospital Irmã Dulce em Praia Grande, onde foi preso, ele também trabalhou na PAM Rodoviária, em Guarujá, até o início de fevereiro deste ano. Mônica Cristina da Silva acompanhou a mãe, Olinda da Cruz Balula, de 79 anos, enquanto ela foi paciente dele na unidade de saúde. Ela conta que os dois tiveram uma discussão.

"Nós brigamos porque ele deu alta para a minha mãe quando ela visivelmente não estava bem. Ele mandou ela pra casa com uma sonda vesical e se recusou a mandar tirar", conta. "Ele disse que tinha 20 anos de medicina e quem seria eu pra questioná-lo. Virou as costas depois disso e foi embora."

A mãe dela, segundo o relato, só piorou e precisou passar por diversos médicos, que constatavam que a idosa não poderia estar com o equipamento. "Todos perguntavam o que aquilo estava fazendo ali. Mas não sou especialista, acreditei que era um médico atendendo ela."

Pouco tempo depois, em dezembro, a idosa foi internada novamente e acabou falecendo de infecção generalizada. "Não digo que ele a matou, porque ela estava mal, mas tenho certeza que se ele não tivesse mandado ela para casa com aquilo, ela teria vivido mais."

"Eu nunca esqueceria o rosto dele. Assim que vi que ele não era médico e cuidou da minha mãe, tudo voltou. Fiquei muito mal, não consegui acreditar", desabafa.

Contratação

Procurada pelo G1, a Secretaria de Saúde de Guarujá informou que o nome citado pela reportagem fez parte do quadro de funcionários da terceirizada responsável pela gestão da Unidade de Pronto Atendimento Dr. Matheus Santamaria, conhecido como PAM da Rodoviária, até o último dia 2 de fevereiro.

Quando admitido, o mesmo apresentou todos os documentos exigidos de um profissional médico, inclusive seu registro no Conselho Regional de Medicina, de acordo com a administração municipal. Cabe ressaltar que, por sua data de desligamento, não realizou qualquer atendimento nos protocolos adotados pela Cidade no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

A pasta se colocou à disposição para contribuir com as investigações e dará apoio à Organização Social (O.S.) para lavratura de boletim de ocorrência na Delegacia Sede da Policia Civil.

A direção do Hospital Municipal Irmã Dulce, de Praia Grande, esclareceu ao G1 que o homem em questão não era funcionário da unidade, e sim de uma empresa médica que presta serviços ao hospital. Tal empresa já foi acionada pelo Irmã Dulce, de acordo com a assessoria, em busca de esclarecimentos para a tomada das devidas providências.

A direção informou, ainda, que foram apresentadas ao Irmã Dulce, tanto por parte da prestadora de serviços quanto de seu empregado, as devidas documentações exigidas para que o mesmo pudesse iniciar suas atividades na unidade, como registro no Conselho Regional de Medicina. Desta forma, a direção da unidade informou que registrará um boletim de ocorrência sobre o caso e segue à disposição para maiores esclarecimentos.

Por Juliana Steil, G1 Santos

Ministro pede à PF investigação sobre vazamento de supostos dados de Bolsonaro e filhos


O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, pediu à Polícia Federal abertura de inquérito para investigar o vazamento de supostos dados pessoais do presidente Jair Bolsonaro, seus filhos, ministros, empresário e políticos bolsonaristas.

O vazamento ocorreu na noite desta segunda-feira (1º) pelo grupo de hackers Anonymous Brasil.

Os hackers vazaram supostos dados cadastrais, como endereços e telefones pessoais e de vários contatos de familiares e outros, além de informações sobre suposto patrimônio dos atingidos.

Pouco depois da publicação, a rede social apagou as postagens. O Twitter também baniu o perfil do Anonymous Brasil, por violar as regras da empresa.

Entre as vitimas dos ataques do Anonymous estão o presidente, seus filhos (o senador Flávio Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro e o vereador Carlos Bolsonaro); os ministros da Educação, Abraham Weintraub, a ministra da Mulher e Direitos Humanos, Damares Alves, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP) e o empresário Luciano Hang, apoiador do governo.

Douglas Garcia confirmou o vazamento de seus dados e acusou a ação criminosa dos hackers, em rede social. Ele disse que registrará boletim de ocorrência policial sobre a invasão.

Carlos Bolsonaro confirmou o vazamento de seu dados. Ele acusou, numa rede social, "a turma pró- democracia" pelo vazamento, sem apresentar provas.

Procurado, o Palácio do Planalto ainda não havia se manifestado até a última atualização desta reportagem.

Em nota, o Ministério da Mulher e dos Direitos Humanos disse que repudia o vazamento e que se trata de uma violação aos direitos fundamentais.

"Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos repudia a divulgação criminosa de dados, em clara violação aos direitos fundamentais à intimidade, à vida privada, à honra e à imagem. A divergência de ideias jamais deveria ser justificativa para a prática de ação totalitária e antidemocrática como esta. Que os responsáveis sejam devidamente identificados e processados, nos termos da lei", afirmou o ministério comandado por Damares Alves.

Por Gabriel Palma, TV Globo — Brasília

Boletim desta terça [02/06]: Pernambuco registra mais 608 pacientes e 58 óbitos por Covid-19 e chega a 35.508 casos e 2.933 mortes


Mais 608 casos e 58 óbitos por conta da Covid-19 foram confirmados em Pernambuco nesta terça-feira (2). Com isso, o estado passou a contabilizar 35.508 registros dessa doença causada pelo novo coronavírus, além de 2.933 mortes provocadas por ela. Esses números começaram a ser registrados em março, com o início da pandemia.

Dos registros de novos pacientes com Covid-19 divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) no boletim desta terça-feira (2), 262 apresentam Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 346 têm quadros leves. Até a data citada, Pernambuco totaliza 14.797 casos graves e 20.711 leves da doença.

Os detalhes epidemiológicos das novas confirmações de casos e óbitos devido à Covid-19, como municípios onde ocorreram e as faixas etárias e comorbidades das vítimas, serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

Por G1 PE
Imagem: JC

Profissionais de beleza têm linha de crédito especial em Pernambuco


A Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE) começa a operar uma nova linha de crédito que é voltada para microempresários que atuam nos ramos de salões de beleza, barbearias e clínicas de estética. O valor, de até R$ 4 mil, é válido para pessoas jurídicas ou pessoas físicas como manicures, depiladores, barbeiros e cabeleireiros que atam como autônomos (veja vídeo acima).

"Essa linha de crédito é uma parceria com o Sinbeleza (Sindicato Patronal dos Salões de Beleza de Pernambuco). A gente está disponibilizando um total de R$ 6 milhões e essa linha tem um valor máximo de R$ 4 mil, com juros de 1,49%. E o microempreendedor que optar por essa linha poderá pagar em até 15 meses, com três meses de carência. Ou seja, no período da carência ele não pagará juros, nem principal", disse Marcelo Barros, presidente da Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE).

Segundo Marcelo, o setor de beleza foi muito atingido neste momento de pandemia do novo coronavírus. De acordo com o cronograma do Plano de Flexibilização de Convívio das Atividades Econômicas com a Covid-19, a reabertura parcial do setor está prevista para o dia 15 de junho.

"Então esse recurso será importante para esses microempresários, para a compra de equipamentos de proteção individual, displays de álcool. Ou seja, todos os itens que os protocolos vão exigir para uma reabertura segura", completou Marcelo Barros.

Se houver atraso nos pagamentos, os juros sobem para 2%, pois se perde o bônus de adimplência. De acordo com Cinthia Almeida, presidente do Sindicato Patronal dos Salões de Beleza de Pernambuco (Sinbeleza-PE), o microcrédito foi um pedido da categoria à Secretaria Estadual do Trabalho para ajudar a reduzir os prejuízos com a suspensão das atividades.

Marcelo Barros explicou como o microempreendedor pode adquirir o crédito.

"Nós temos um site que tem todas as informações. Não é preciso que seja uma empresa formal, pode ser um microempreendedor individual, um MEI, pode ser informal, enfim. O nosso objetivo é tentar reduzir esse problema que é sério para o seguimento como salões de beleza, barbearias, clínicas de estética. Todos esses profissionais podem entrar em contato com o presidente da Agência de Empreendedorismo de Pernambuco e obter todas as informações. E a gente tem um time de agentes de crédito que pode orientar o microempresário".

Ainda segundo o presidente da AGE, vão acontecer conversas com o Sinbeleza e com os microempresários para avaliar a situação financeira dos salões após os três meses de carência. Se perceberem que o condição ainda está apertada, o período de carência pode ser aumentado.

Por G1 PE

Estados anunciam flexibilização em época de alta circulação de vírus respiratórios, alerta Fiocruz


Os anúncios de flexibilização das medidas de isolamento contra a Covid-19, feitos em vários estados, estão ocorrendo na época em que há maior circulação de vírus respiratórios no país, segundo séries históricas do InfoGripe, sistema de monitoramento da Fiocruz.

Avaliando os dados dos últimos anos considerados "regulares" (período de 2010 a 2015 e o ano de 2017), a incidência de síndrome respiratória aguda grave (SRAG), que está associada à circulação dos vírus respiratórios, costuma ser maior exatamente nesta época na maior parte do país.

A incidência representa o número de casos de uma doença para cada 100 mil habitantes de uma determinada região.

Para entender padrões de circulação de vírus respiratórios, o país é classificado em quatro "regionais": norte, sul, central e leste. Os períodos de maior ou menor circulação coincidem com características climáticas, explica Marcelo Gomes, coordenador do InfoGripe.

"Os padrões são distintos. A gente não tem um território homogêneo em termos de vírus respiratórios porque o clima não é homogêneo. Esse é o principal fator", explica Gomes.

"Como tem um país continental, tem perfis climáticos diferentes. Se a gente olha o mapa climático do Brasil, consegue fazer uma divisão territorial que é similar ao que vê com base no perfil de circulação de síndromes respiratórias agudas graves", esclarece.

Conforme esse padrão, na regional leste, a incidência de SRAG começa a aumentar de meados para final de abril (semana epidemiológica 17) e só começa a cair de meados para final de junho (semana 25), para ter uma queda maior em meados de julho (semana 29).

A semana epidemiológica é uma convenção usada internacionalmente que vai de domingo ao sábado de uma determinada semana. Nesta segunda-feira (1º), o Brasil está no segundo dia da semana epidemiológica 23.

Isso significa dizer que, na prática, os estados de Espírito Santo, Rio de Janeiro, Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará ainda estão no meio da época de maior incidência de SRAG (veja gráfico).

Apesar disso, já houve sinalizações de abertura por governos e prefeituras da região. Em Pernambuco, o governo decidiu, no domingo (31), que não vai renovar a quarentena no Grande Recife. Na Bahia, várias prefeituras decidiram reabrir os comércios a partir desta segunda ou estudam a medida. Outras já haviam feito o mesmo.

Retomadas semelhantes também foram determinadas ou são planejadas no Rio Grande do Norte, no Espírito Santo e no Ceará, onde comerciantes furaram o bloqueio total (lockdown) no sábado (30). O estado é o terceiro com maior número de casos no país, segundo levantamento do Ministério da Saúde.

Nesses estados, explica Gomes, a maior circulação dos vírus está associada não ao frio, mas à maior quantidade de chuvas. "No Norte, Nordeste, é mais lógico, na verdade, falar de estações em período chuvoso e período não chuvoso, e não de inverno e verão", diz.

Sul e Sudeste

Já na regional sul, que engloba os estados do Sul, São Paulo e Minas Gerais, o momento de maior incidência de SRAG ainda está no início: ela começa a ter mais casos entre meados e final de maio (semana 21) até os dias entre o final de julho e início de agosto (semana 31).

Apesar disso, vários estados na região também já começaram a sinalizar aberturas: no Paraná, o governo estabeleceu, na semana passada, regras para funcionamento de shoppings e centros comerciais. Em São Paulo, o governo anunciou flexibilizações e aberturas econômicas a partir desta segunda.

Em Porto Alegre, a prefeitura liberou o funcionamento de bares, restaurantes, shoppings e museus, com restrições, no dia 19. Já em Belo Horizonte, o chegou a iniciar a abertura gradual no dia 25, mas decidiu não continuar a retomada. Em Santa Catarina, os casos de Covid-19 triplicaram depois da abertura do comércio, em meados de abril.

Para Gomes, do ponto de vista epidemiológico e de saúde pública, uma abertura agora é precipitada e arriscada.

"Em termos de vírus respiratórios, quanto mais a gente interage, do ponto de vista populacional, com outras pessoas, quanto mais circula na cidade, frequenta ambientes com maior número de pessoas, mais fácil é a transmissão. Então a gente está facilitando [ao abrir]", avalia Marcelo Gomes, coordenador do InfoGripe.

Centro

Na parte central do país (estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Piauí, Maranhão e Distrito Federal), a época de maior incidência de SRAG ainda não começou para este ano.

Por estar localizada entre o Norte e o Sul, a época do pico de SRAG varia: pode ser ou no final de março (semana 13) ou em meados de julho (semana 29).

"Ela acaba ficando no meio do caminho. Quando tem um surto forte no começo do ano na regional norte, isso muitas vezes também acaba fazendo com que o padrão da regional centro também seja mais cedo", explica Gomes.

"Quando a gente tem o volume mais forte no Sul – que é o mais comum – mas não teve essa introdução antecipada pelo Norte, aí a regional centro acaba sendo influenciada pela regional sul, então o pico é mais para o meio do ano", acrescenta o coordenador do InfoGripe.

Ele explica que, pela curva de crescimento dos casos nessa região, a época de maior incidência de SRAG ainda não passou. O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, alertou que o efeito da pandemia no interior do país ainda está por vir.

Mesmo assim, também há flexibilizações ocorrendo nos estados. A segunda maior cidade do Maranhão reabriu o comércio, e também houve suspensão de algumas restrições no Distrito Federal.

Norte

A regional norte (que engloba Acre, Rondônia, Amazonas, Roraima, Amapá e Pará) é a única em que o pior pode já ter passado. A maior incidência de SRAG normalmente começa em meados de março (semana 12) e começar a cair no início de maio (semana 19), diminuindo mais no final de junho (semana 26).

Em uma transmissão vivo na última sexta-feira (29), o secretário substituto de Vigilância em Saúde interino, Eduardo Macário, pontuou que a região Norte já vive o fim da sazonalidade das doenças respiratórias.

"A dinâmica da transmissão do Covid é diferente em relação a cada localidade. Estamos passando já por um término do período de sazonalidade para a transmissão de vírus respiratórios nas regiões Norte e Nordeste, e por isso que elas foram as mais afetadas nesse momento em termos de pressão hospitalar e também do número de casos e de óbitos", disse.


O Amazonas e o Pará anunciaram, na semana passada, planos de abertura a partir desta segunda (1º).

Aumento de casos e leitos lotados

Para Marcelo Gomes, coordenador do InfoGripe, um dos fatores que devem ser considerados ao considerar o relaxamento das medidas é, justamente, o número de novos casos. Se esse número ainda estiver aumentando ou mesmo se estabilizando, significa que o vírus ainda está presente.

"Se ainda não começou a cair, é porque ainda não está sendo difícil para o vírus encontrar novos indivíduos para infectar", avalia.

Um dia depois do anúncio de flexibilizações em São Paulo, por exemplo, o estado registrou o número mais alto de novos casos casos para um período de 24 horas desde o início da pandemia: 6.382.

Outro fator a ser considerado na abertura é a capacidade hospitalar para atender novos pacientes, afirma Gomes.

"Se ainda não está numa fase de declínio – não apenas decair, mas decair bastante o número de novos casos – a gente não deveria falar em flexibilização do isolamento social, porque a rede hospitalar ainda está sobrecarregada e a gente ainda está com o vírus circulando. Se flexibilizar, vai ter um aumento do número de novos casos com uma rede que não vai conseguir dar conta", avalia.

Por Lara Pinheiro, G1

Petrolândia/Tacaratu/Agrovila 04 da Reta: Comunidade Quilombola e família felicita Cícero Abraão (Neguinho) pela passagem de seu aniversário


Nesta terça-feira, 02 de junho de 2020, a comunidade quilombola borda do lago da agrovila 4 da reta, parabeniza o seu líder e presidente da associação quilombola Cícero Abraão, conhecido como Neguinho do Vitorinha, desejando muita paz, saúde e felicidade.
Veja mensagem

Hoje os parabéns vai pra esse cara alem de ser um exemplo de pai e um cara trapalhador que nunca deixou de luta pelo seus ideais .parabéns felicidade muitos anos vida Cicero Abraao da Silva mais conhecido como Neguinho quilombola da agrovila 04 da reta quilombola.

São os votos de sua mae . esposa .filhos. netos. Nora .genro. irmãos e toda família e de todos os associados da associação quilombola parabéns neguinho quilombola.

Redação do Blog de Assis Ramalho
Por: Associação quilombola da agrovila 04 da reta

Corpo carbonizado é encontrado dentro de carro em chamas, na BR-104, em Caruaru

Corpo carbonizado foi encontrado dentro, em Caruaru — Foto: PRF/Divulgação

Um corpo carbonizado foi encontrado dentro de um carro em chamas na noite da segunda-feira (1º) na BR-104, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo foi localizado no km 45 da rodovia.

Ao chegar no local, o Corpo de Bombeiros estava apagando as chamas. Dentro do veículo foi encontrado o corpo carbonizado. Não foi possível identificar a vítima e nem o sexo. A Polícia Civil vai investigar o caso.

pOR g1 cARUARU

[Bate papo desta terça/02/06]: Bolsonaro fala em negligência de Sérgio Moro, Cloroquina e mais! - assista ao vídeo


Presidente Jair Bolsonaro fala em negligência de Sérgio Moro, Cloroquina e mais! 02/06/2020.

Vídeo: Canal Foco do Brasil - YouTube




Petrolândia: Ateliê da Márcia continua com promoções de máscaras; aproveite!


Divulgação

Petrolândia/Sobrado-Icó/São Paulo: Família comunica o falecimento de ALAIDE GOMES DA SILVA


Por: Maria Helela, sobrinha de Alaíde Gomes da Silva

É com pesar que comunico à família, amigos e conterrâneos, o falecimento de ALAIDE GOMES DA SILVA, ocorrido em São Paulo, onde residia. Natural do Sobrado-Icó neste município, deixa filhas, netos (as), sobrinhas (os), genros, irmão (a), e muitos amigos do Sobrado-Icó.
Tia Alaíde, mulher sertaneja saiu do interior para tentar melhoras na capital, e com muita garra, junto a seu esposo (Nô de Estevo), criou uma linda família, mulher alegre, religiosa e muito batalhadora deixa um exemplo de vida para todos nós.

Que Deus conforte o coração de toda família, e que sua passagem seja repleta de paz e luz!
Meus sentimentos à toda nossa família.

Por: Maria Helena - Helena da Biblioteca

Depoimentos sobre fake news começam hoje; STF decide sobre inquérito dia 10

Sara terá que prestar depoimento hoje, na PF. Ela estava à frente do ato que pretendeu intimidar o STF, sábado

Opresidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, marcou para o próximo dia 10 o julgamento, pelo plenário, da ação que questiona a tramitação do inquérito que apura ataques e ameaças aos ministros e a disseminação de fake news. Essa investigação está no centro da crise entre o governo e a Corte. Enquanto isso, também ontem, a Polícia Federal intimou apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, que estão entre os investigados, a prestarem depoimento.

A ação judicial em questão foi apresentada pelo partido Rede Sustentabilidade, em 23 de março do ano passado, nove dias após a abertura do inquérito das Fake News. A legenda — que, na sexta-feira passada, pediu a extinção da ação — questiona o fato de o procedimento ter sido instaurado de ofício por Toffoli, ou seja, sem a provocação da Procuradoria-Geral da República. O pedido do partido também contesta a escolha do ministro Alexandre de Moraes como relator da investigação, sem que tenha havido sorteio entre os integrantes do STF, como ocorre normalmente.

Na semana passada, a PF cumpriu 29 mandados de busca e apreensão em endereços relacionados a empresários, blogueiros e outros apoiadores de Bolsonaro, suspeitos de participar, segundo Alexandre de Moraes, de uma “organização criminosa” montada para atacar adversários do presidente nas redes sociais. Horas depois da ação, o presidente voltou a atacar o STF e ameaçou não mais acatar decisões da Corte, elevando ainda mais a temperatura da crise.

Outro pedido de suspensão do inquérito das Fake News no STF foi apresentado pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, ao ministro Edson Fachin. A solicitação foi feita na quarta-feira da semana passada, horas depois da operação de busca e apreensão da PF contra apoiadores de Bolsonaro. O magistrado decidiu enviar o pedido de Aras para o plenário definir, mas o julgamento não foi marcado.

Intimações

Ontem, a PF entregou intimações a bolsonaristas acusados de serem linha auxiliar do chamado Gabinete do Ódio, que dissemina mentiras e ataques contra os adversários do presidente e contra as instgituições da República. Um delas foi para Sara Winter, organizadora do acampamento 300 de Brasília, que reagiu pelas redes sociais. Ela confirmou o recebimento da intimação, mas garantiu que não vai comparecer para o depoimento, hoje, às 14h. “A PF acabou de sair da minha casa, entraram ilegalmente, não se identificaram e vieram deixar uma intimação pra depor daqui a dois dias. Eu não vou! Vão me prender? Me tratar como bandido? Vão ter que se prestar a isso!”, escreveu ela, no Twitter.

Ela também gravou um vídeo em que diz se recusar a obedecer a intimação. “Eu vou incorrer em crime de desobediência porque eu me nego a ir nessa bosta. Eu não vou!”, grita nas imagens. No fim de semana, ela esteve no grupo que fez um protesto em frente ao STF, em que os participantes usavam máscara e empunhavam tochas, à semelhança do grupo racista americano Ku Klux Klan.

O blogueiro Allan dos Santos, outro alvo do inquérito do STF, também afirmou, ontem, no Twitter, ter sido intimado pela PF para prestar depoimento –– marcado para amanhã. Segundo ele, a ida da PF à sua casa foi um “golpe”. “PF na minha casa novamente. Já disse e repito: o golpe já foi dado”, escreveu.

Outro intimado foi o militante bolsonarista Winston Lima, que terá de comparecer à sede da PF na quinta-feira.

Correio Braziliense

Conheça as 11 etapas do plano para reabertura de 100% das atividades econômicas de Pernambuco


Centro comercial de Petrolândia-PE - fotos: Assis Ramalho

Pernambuco está no que o governo do Estado chama de 4º nível no que diz respeito à retomada das atividades econômicas. Do atual estágio até o nível número 1, quando chegaríamos a um "novo normal", com 100% da cadeia produtiva operando sob a vigência de novos protocolos de higienização e distanciamento social, há um hiato de tempo que nem mesmo o poder público é capaz de precisar. Na apresentação do plano de convivência para retomada da atividade econômica, feita nesta segunda-feira (1º) pelos secretários de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, e Planejamento, Alexandre Rebelo, o Estado só tem previsão concreta de datas até o dia 15 de junho, e mesmo assim pode revê-las mediante o avanço de casos ou não da Covid-19.

Até a implementação de um isolamento social mais rigoroso, o lockdown, Pernambuco estava na fase 5 da manutenção das atividades econômicas. "Foram cinco etapas que vivemos até agora, em 75 dias. Conseguimos romper a trajetória do crescimento dos casos, chegando no dia 31 de maio, a gente vê a redução do fator de crescimento dessa doença (covid-19). O plano de flexibilização e convívio das atividades econômicas com a covid-19 é um momento de extrema cautela na transição desse momento de isolamento rígido.Vamos acompanhar semanalmente, para liberaçãodos setores econômicos, o crescimento de casos da Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), o indicador de óbitos por covid-19 e Srag, além da demanda sobre o sistema de saúde", explica Rebelo.

Na fase 5, antes do lockdown, estavam permitidos no Estado o comércio atacadista essencial; lojas de material de construção (delivery e coleta); serviços de escritório e setor público (emergencial); serviços de alimentação – bares, restaurante, lanchonetes (delivery, coleta e estradas) e Feira e Polo de Confecção, apenas para coleta e delivery, além dos serviços essenciais.


Até aí, o governo afirma ter mantido atividades que representam pelo menos 71% do valor agregado do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado e abarcando 57% dos trabalhadores formais. Mesmo assim, seguiu sendo pressionado por empresários. Após 15 dias de lockdown que, segundo o governo, foram suficientes para estabilizar os efeitos da pandemia em Pernambuco, a ideia agora é avançar para até 100% do valor agregado do PIB, num calendário que mais vai depender da avaliação médica do que econômica.

"Estamos voltando ao que estava funcionando antes da quarentena mais rígida. Semana a semana, faremos o acompanhamento dos dados de saúde. Se as curvas obedecerem as projeções que são feitas, iremos validar a implantação de mais uma etapa. Pode, eventualmente, na avaliação de uma semana epidemiológica, tomarmos a decisão de postergar a implantação de mais uma etapa. Tudo vai depender dos indicadores de saúde", diz o secretário Bruno Schwambach.

De forma geral, para todos os setores, será adotado um novo protocolo obedecendo determinações de distanciamento social, higiene, monitoramento e comunicação. Deverá ser mantida a distância mínima de 1,5 metros; escalonamento de horário de refeição dos colaboradores; evitar compartilhamento de objetos de uso pessoal; dividir as equipes de trabalho em grupos para evitar aglomerações; no caso de filas, demarcar os espaços no chão e manter barreiras físicas no caso de atendimento direto aos clientes.

Também será necessário uso e fornecimento de álcool 70%; uso e fornecimento de máscaras; além de limpeza e desinfecção de superfícies tocadas, áreas comuns e banheiros de uso coletivo. As empresas também deverão comunicar a todos os trabalhadores e clientes sobre os procedimentos em relação à doença. Além dessas determinações, 15 setores seguirão ainda protocolos próprios.

A fiscalização será mantida como está sendo feita atualmente, com atuação conjunta de órgãos estaduais e municipais, com previsão da aplicação de multas e até mesmo exclusão do alvará de funcionamento.

O que muda a partir de agora?

Desta segunda-feira (1º) até o dia 8 de junho, o que já era considerado atividade essencial continua a funcionar normalmente, com avanços em alguns segmentos, por conta das restrições que haviam sido impostas durante o lockdown.

Hoje, Pernambuco está no nível 4 do plano de reabertura, introduzindo a etapa 4.1. Nela estão permitidos, além dos serviços essenciais: varejo de bairro; varejo de centro;shoppings; centros comerciais e praças de alimentação e comércio atacadista no sistema de delivery. As lojas de material de construção avançam do delivery para abertura normal da loja, seguindo protocolo de higienização e distanciamento entre os clientes.
Reabertura a partir do dia 8 de junho

Se tudo ocorrer conforme o esperado pelo governo, em relação ao avanço da doença, no dia 8 de junho, o Estado entra na etapa 4.2, liberando a construção civil e o comércio atacadista. No caso da construção, fica restrita a capacidade de operar com até 50% da capacidade no horário de 9h às 18h. O interior do Estado, segue a regra de horário, sem limitação da capacidade. No caso do comércio atacadista, segue apenas a mesma regra de horário, implantando também protocolos de higiene e distanciamento.
Reabertura no dia 15 de junho

Na etapa 4.3, no dia 15 de junho, a expectativa é liberar o funcionamento de lojas de varejo com até 200 m² em bairros e distritos. Contemplando também salões de beleza e serviços de estética, que deverão se adaptar para atender um cliente por vez, com agendamento e medidas de higienização. Nessa etapa, os shoppings centers, centros comerciais e praças de alimentação também poderão passar a oferecer serviços de retirada, além do delivery, com horário de funcionamento das 12h às 18h. Treinos de equipes de futebol também poderão ser retomados.

O que vem depois:

O dia 15 de junho, é a última previsão com data estabelecida. A partir da etapa 4.4, o governo já não tem, ou pelo menos não divulgou, a previsibilidade periódica de cada segmento. Nessa etapa, serviços médicos, odontológicos e veterinários passam a poder funcionar no mesmo esquema de salões de beleza, citado anteriormente. O varejo, independentemente do tamanho da loja, poderá abrir das 9h às 18h nos bairros, e a construção civil poderá voltar à carga máxima de funcionários. Concessionárias e locadoras também ficam liberadas, seguindo novos protocolos de funcionamento.

O nível três do plano de reabertura está dividido em três etapas. Na primeira (3.1), Feira e Polo de confecção voltam às atividades com novos protocolos de funcionamento. Varejo do Centro começa a ser liberado (lojas 200m²), assim como os shoppings centers e atividades esportivas (com novos protocolos).

O governo passa então para a fase 3.2, com serviço público e serviços de escritórios com 1/3 da mão de obra. Academias voltam a abrir também nessa fase apenas piscinas e locais com prática de esportes sem contato.

Na fase 3.3, serviço público e escritórios avançam para 50% da capacidade. Varejo do Centro amplia a abertura para todas as lojas, com novos protocolos. Bares, restaurantes e lanchonetes ficam liberados a funcionar com 50% da capacidade.

Cinemas e academias

Com o fim da fase 3, o governo, também ser previsão de data, chega a fase 2. Nesse caso, fica permitida a capacidade máxima nos escritórios e serviço público. As academias operam em 50%, e teatros, cinemas e museus começa a abrir com 1/3 da capacidade.

Por fim, no nível 1, o governo passa a liberar o funcionamento de todos os setores, com novos protocolos. Ficam restritos ainda eventos esportivos, que só passam a funcionar em plena capacidade na fase 1.2.

Até lá, o Estado terá cumprido cinco fases e 11 etapas do plano de reabertura e convivência da atividade econômica com a covid-19. O governo promete estabelecer a ampliação de testagem RT-PCR e reforço no monitoramento dos casos, além da utilização de um aplicativo de tracing - Dycovid - que permitirá monitorar casos infectados e orientar população sobre riscos de contágio por proximidade. Tudo isso, como já dito, fica a depender do nosso comportamento social e da evolução da doença no Estado.

Por Jornal do Commercio

Petrolândia: Loja Frank Eletro - Entrega gratúita em sua casa!


Imagine você a partir de agora comprar no conforto da sua casa, livre do trânsito, da chuva, do calor, da poluição, do barulho, da correria e ainda receber seu móvel ou eletrodoméstico de forma simples, barato e na melhor ocasião: modernizar sua casa.

Agora pense em acessar uma infinidade de novos móveis, eletrodomésticos entre outras novidades que está na Franck eletro de seu interesse, simplesmente acessando o instagram da loja ou ligando para os telefones 87 9 9800-5878 ou 3851-0277. Juntar as duas coisas, além de prático, é muito produtivo, e essa é a proposta da Franck Eletro.

Quem acompanha nossa página do instagram sabe que estamos sempre informando as melhores novidades para vocês. Tudo que é tendência, inovação de mercado sabe do que estamos anunciando. Então vamos começar essa semana trazendo uma novidade incrível, bem do jeitinho que você cliente amigo adora!!!

Então, aguarde novidades que vão te surpreender.

Da Redação do Blog de Assis Ramalho

Petrolândia: Prefeitura anuncia mais um caso positivo de coronavírus e cidade contabiliza 09 confirmações e um óbito; veja os números oficiais divulgados pela Secretaria de Saúde


Petrolândia registrou nesta segunda-feira, 01 de junho, através de teste rápido, o 9° (nono) caso confirmado de COVID-19.

Dos 03 suspeitos até ontem, 2 foram descartados. Com isso, sobe para 17 o número de casos descartados.

Até o momento, seguimos com 05 casos recuperados em Petrolândia.

Confira o boletim informativo com atualização diária dos casos de coronavírus em Petrolândia, Pernambuco e no Brasil no site: www.petrolandiacontraovirus.com.br/boletim.

Nas redes sociais da Prefeitura, os boletins são publicados a qualquer momento, sempre que surgem alguma mudança nos números do município.

Por Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Petrolândia