sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Petrolândia: Bar e Restaurante Maria Fumaça divulga programação para este final de semana; confira!

Venha curtir o Final de Semana mais animado da cidade no Maria Fumaça com as melhores atrações musicais

O Maria Fumaça é localizado na Orla Fluvial de Petrolândia. Contato: 87 3851-0376.
Divulgação/Maria Fumaça


Confira manchetes dos principais jornais do país nesta sexta-feira 21 de setembro de 2018

 


 
 
 

Nesta sexta-feira 21 de setembro de 2018, o Blog de Assis Ramalho publica as manchetes dos principais jornais do país

Diário Bahia
Crise na Saúde de Itabuna: sai mais um secretário e Upa fecha
A Tarde
Técnicos do Turismo fazem apresentação do Cadastur em Morro de São Paulo
Correio da Bahia
Americano que disputa guarda de filho com baiana rebate acusações
Tribuna da Bahia
Suspeita de envenenar mãe e filhas em Maragojipe se entrega à polícia
O Globo
Em carta, FHC fala em cenário sombrio e faz apelo por união de candidatos de centro
O Dia
Mudanças na indústria vão criar 30 novas profissões
Extra
Câmara do Rio rejeita novo pedido de impeachment de Crivella
Folha de São Paulo
Marina Silva pede na Justiça quebra de patente de remédio de hepatite C
O Estado de São Paulo
Patrícia Pillar desmente boato sobre Ciro e diz que nunca sofreu agressão
Correio Braziliense
Bolsonaro tem febre e passa por drenagem de líquido ao lado do intestino
Valor Econômico
Brasil vai acionar a China na OMC por barreiras ao açúcar
Estado de Minas
Bolsonaro é 'ameaça' para Brasil e América Latina, diz revista internacional The Economist
Jornal do Commercio
Justiça autoriza prorrogação de inquérito sobre facada em Bolsonaro
Diário do Nordeste
Petrobras mantém preço médio da gasolina na máxima de R$ 2,2514
Zero Hora
Horário de verão pode ser proibido em todo o país
Brasil Econômico
Brasileiros poderão receber remessas do exterior em reais a partir de novembro

Por: Rede Brasil de Notícias

Ouça o programa ''Acordando com as Notícias'' com Assis Ramalho de segunda a sábado das 06:00 as 08;30 da manhã na Web Rádio Petrolândia, 24 horas no ar.

O programa apresenta notícias locais, regionais, nacionais, internacionais, política, polícia, economia, cultura, esportes, manchete dos jornais do dia, utilidade pública, entrevistas, entretenimento e muito mais.

A Web Rádio Petrolândia funciona na Internet, no site www.webradiopetrolandia.com.br, com o objetivo de levar a voz de Petrolândia aos petrolandenses em sua própria cidade e além das divisas e fronteiras


Ninguém acerta as 6 dezenas, e Mega-Sena vai a R$ 22 milhões neste sábado (22)


Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.080 da Mega-Sena, sorteado na noite desta quinta-feira (20) em Oliveira (MG).

As sorteadas foram: 10 - 22 - 40 - 46 - 55 - 58

A expectativa de prêmio era de R$ 17 milhões para quem acertasse as seis dezenas. Para o próximo sorteio, a previsão de prêmio na Mega-Sena é de R$ 22 milhões.

A Quina teve 38 acertadores, com prêmio de R$ 43.325,46 para cada. Outras 2.892 pessoas ganharam R$ 813,26 na Quadra.


Petrolândia: Cardiologista Dr Waldir Tenório atende nesta sexta (21) na Mais Saúde


Nesta sexta-feira (21), Dr. Waldir Tenório (Cardiologista) atenderá na Mais Saúde.

Agende sua consulta pelo cel: 87 99601-2932 - 87 99659-3298.

A Clínica Mais Saúde está localizada em Petrolândia na Av. Auspício Valgueiro Barros, em frente à Escola Delmiro Gouveia.

Conveniada dos planos System Saúde e Bradesco Dental, Sulamerica, Fachesf e particulares. A Clínica Mais Saúde realiza coleta para exames laboratoriais, de segunda a sexta-feira.


Confira outros especialistas médicos que também atenderão nesta próxima semana


Petrolândia: Aniversariante, Jailson (Bope Security) recebe parabéns da esposa Eliane


Nesta quinta-feira, 20 de setembro de 2018, foi o aniversário de Jailson da Bope security. Em seu nome e da filha Hryan e do filho Lorenzo, Eliane Pires felicita o marido pela data especial, desejando muita paz, saúde e prosperidade.

Parabéns!



Blog de Assis Ramalho
Informação e fotos: Eliane


quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Petrolândia: Alunos da Escola Agropecuária exibem talento e criatividade no projeto Fazendo Peça





No dia 13 deste mês, a Escola Agropecuária Municipal José de Carvalho Alcântara, realizou a culminância do Projeto Pedagógico Fazendo Peça. Idealizado pelas professoras Ana Paula de Almeida e Maria da Saúde Santos, o projeto teve com público alvo os alunos dos 8ºs e 9ºs anos. Após as atividades trabalhadas na disciplina Língua Portuguesa, o pátio da escola foi transformado em AgroTeatro, com plateia formada pelos alunos, gestores, professores e demais colaboradores da escola, nos turnos da manhã e da tarde.





O Projeto Fazendo Peça incentivou a participação dos estudantes na construção social, intelectual e cultural, com o despertar para o desenvolvimento da leitura e da escrita no gênero textual teatro. Os alunos fizeram leituras e ensaios de textos, produziram figurinos, cenários, cartazes de divulgação, selecionaram trilha sonora e efeitos especiais, e, enfim, apresentaram ao público.

A escolha de clássicos do teatro, como "Romeu e Julieta" (William Shakespeare), "Auto da barca do inferno" (Gil Vicente) e "O Auto da Compadecida" (apenas a longa cena principal da peça de Ariano Suassuna, com uma aluno no papel de João Grilo), demonstra que os alunos não tiveram medo de ousar. A ousadia juntou-se à criatividade, na criação de figurinos e cenários. Entre os jovens atores, vários mostraram talento latente.

Em destaque, as peças "Eu chovo, tu choves, ele chove" (Sylvia Orthof) e "Auto da barca do Inferno" apareceram prontas para exibição, no Centro Cultural Hildebrando Menezes, que deveria ser o palco da cultura petrolandense.

O Blog de Assis Ramalho felicita as professoras Ana Paula e Saúde pela iniciativa, a gestora Geni, a orientadora pedagógica Ana Alcina, e todos os profissionais da Escola Agropecuária pelo apoio, os alunos-atores pelo talento e ousadia, e aos alunos da plateia pela oportunidade de apreciar a arte dramática em sua escola.

Veja abaixo mais detalhes


Petrolândia: Em entrevista a Assis Ramalho, Dr. João diz estar confiante na eleição para deputado e afirma que Petrolândia vai passar a contar com UTI, Clínica de Renal Crônico, Tomografia e Geres; ''Serão mais de 500 empregos''



Confiante de conquistar uma das 49 vagas na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o médico e empresário João Gonçalves Lopes do PCdoB concedeu entrevista à reportagem do Blog de Assis Ramalho e Web Rádio Petrolândia na manhã desta quinta-feira (20), em sua residência, em Petrolândia. Candidato mais bem votado em 2014 para deputado estadual em Petrolândia, com 7.076 votos no município e total de 20.750 votos,  Dr. João Lopes  afirmou que sua popularidade continua em alta e a expectativa é de vitória em outubro próximo.

Confira os principais temas da entrevista concedida pelo candidato.

Sobre a reabertura do Instituto Beneficente Vale do São Francisco (IBVASF) e os benefícios que trouxe para a população de Petrolândia e região

"Nós recomeçamos [a atender] no dia 02 de julho e, no sábado, eu entreguei nas mãos do governador [Paulo Câmara, em visita a Petrolândia] as estatísticas. Em um espaço de dois meses e poucos dias nós fizemos 489 cirurgias, 280 internamentos. Enfim, foram cerca de dois mil e seiscentos procedimentos. A gente tem cerca de dez a quinze cirurgias todos os dias e aí é onde está a pergunta: onde esse povo estava servindo, o que é que esse povo estava sentindo? Eu me realizo dentro de um centro de cirurgia. Eu estou cansado, estou estressado, mas, quando eu entro dentro de uma sala de cirurgia, a gente enfrenta 12, 13, 15 cirurgias e para mim é uma terapia, mesmo que eu sinta cansaço depois.''

Comparando com a eleição de 2014, Dr João afirmou que a possibilidades de se eleger nas eleições deste ano são bem maiores.

''Esta eleição é infinitamente melhor, é infinitamente superior à outra. Em 2014, eu estava em uma legenda que eu sabia que ia para a guilhotina. Era uma legenda alta, o governador Eduardo Campos tinha feito um compromisso comigo de ajuda, e eu sei que ele iria cumprir, se vivo fosse, mas ele morreu e eu fui muito retaliado, fui muito perseguido, eu fiquei só. Fiquei abandonado por apoios de políticos, não por Deus, não pelo povo nem por minha família.''

Dr. João diz acreditar na possibilidade de ser o segundo candidato eleito da chapinha do PCdoB ,que tem como carro chefe o ex-prefeito do Recife, João Paulo.  O médico acredita ser o segundo eleito, proporcionalmente, com a votação da chapinha.

''Tem um grande puxador de votos que é João Paulo, ex-prefeito do Recife, que deve ir lá para 100, 130 mil votos. Então, a projeção é que com João Paulo, ele faz a legenda dele de 73 mil votos, e se ele for para 130 mil votos, nós fazemos quatro, e puxamos o quinto. Então, a projeção é para 16, 17 mil votos se eleger.''

Dr. João diz que Petrolândia está em um marasmo de 12 anos, faz críticas aos deputados votados no município nas últimas eleições, e diz que é a vez de o povo reconhecer o seu trabalho.

''Petrolândia e a região da gente precisa ter políticos sérios, políticos que tenham comprometimento com o povo, que não precise fazer da política um gancho para outras coisas. Petrolândia vem aí há doze anos em um marasmo, puxando para baixo, e em todos os lugares com quem a gente conversa elas falam disso. Eu acho que Petrolândia é a cidade polo [do Sertão] de Itaparica, e ela tem que assumir esse protagonismo. E esse pessoal que está aí, você vê: além do ex-prefeito, da prefeita, dois candidatos a deputado estadual que estão aí, que tiram votos há mais de duas eleições, e eu pergunto: ''O que foi que esse pessoal fez pelo povo de Petrolândia e por Petrolândia? Eu lanço um desafio'' [para receber respostas]. Por isso é que a nossa proposta é diferente, a gente tem um trabalho, tem uma vida. A gente adotou Petrolândia, essa região, como aquele lugar para viver. Para você ver, aqui no Ibvasf a gente tem em torno de 70 funcionários diretos, imagine os indiretos. A gente tem dedicado uma vida, a que raríssimas pessoas desta região não tenham um serviço prestado por Dr. João. E aí eu acho que é a vez deste reconhecimento''.

De acordo com Dr João, o Ibvasf já está transformando o município em um polo de saúde e, a partir de 2019, Petrolândia vai passar a contar com UTI, Clínica de Renal Crônico, Tomografia e Gerência Regional de Saúde-Geres. 

''Nós hoje já estamos transformando Petrolândia em um polo de saúde. Hoje a gente traz gente de 14 municípios. Nós batemos na questão do credenciamento do Ibvasf, que foi uma luta árdua, muito difícil e, graças a Renildo Calheiros [deputado federal, e candidato a reeleição], Luciana Santos [candidata a vice-governadora na Chapa de Paulo Câmara], que chegaram ao governador e que depois que ele tomou conhecimento da importância deste serviço para a população de Petrolândia e da região, foi que ele viu com outros olhos. Inclusive a gente tem nas propostas  a criação de uma UTI, que é necessário aqui em Petrolândia. Em Paulo Afonso, até hoje não tem. Mas já estamos acordados, só falta sair um financiamento, e já está autorizado a nós implantarmos uma UTI de dez leitos aqui em Petrolândia. É uma realidade. Também a gente já tinha comprado um aparelho de tomografia, e ele está aí para montar, Não foi montado, devido à parada dos atendimentos do Ibvasf por que o que o Ibvasf recebia não dava para pagar entre 70% e 80% do que gastava. E isso aí já está garantido também. O governador olhou e disse que era um hospital completo e disse ''Secretário, vamos aumentar a parceria com Itaparica, e com toda a região. É preciso, e é um pedido meu, que é a implementação de um Centro de Hemodiálise''. Isso a gente já tinha esse projeto desde Eduardo [Campos]. Uma UTI, Tomografia e uma Clínica de Renal Crônico. Só sabe do sofrimento de um paciente de renal crônico, quem vive com ele, aquelas pessoas que o cercam. Outra coisa que vai ser realizado no início de 2019, se ele for reeleito, e vai, se Deus quiser, ele vai implantar a Geres de Saúde da Microrregião de Itaparica. Ele garantiu que agora em 2019 vai ser uma das primeiras atitude dele aqui na região de Itaparica. Isso gerará, com certeza, mais de 500 empregos. Uma UTI, uma Clínica de Renal Crônico, uma Tomografia e uma Geres de Saúde, imagine o pulo que Petrolândia e região não vai dar. Aí eu pergunto: Por que esses outros políticos de mandato não tinha a ideia de ver as verdadeiras necessidades do povo da região? Com fé em Deus, vamos fazer um mandato diferenciado para o povo reconhecer e saber diferenciar o joio do trigo''.

Ainda na entrevista Dr João fala de outros temas relevantes ao município de Petrolândia, e das eleições deste ano.

Assista abaixo à íntegra da entrevista


Redação do Blog de Assis Ramalho



Em carta aos eleitores, FHC pede serenidade aos partidos e diz que momento é decisivo para a Nação


O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) divulgou uma carta na noite desta quinta-feira (20) direcionada aos eleitores, na qual pede serenidade e prega união entre partidos para que o futuro presidente promova os ajustes necessários para evitar uma "crise econômica ainda mais profunda".

"Em minha já longa vida recordo-me de poucos momentos tão decisivos para o futuro do Brasil em que as soluções dos grandes desafios dependeram do povo", diz o ex-presidente na abertura da carta, referindo-se às eleições que ocorrem em outubro.

Veja abaixo a íntegra da carta de Fernando Henrique Cardoso:

Carta aos eleitores e eleitoras

Em poucas semanas escolheremos os candidatos que passarão ao segundo turno. Em minha já longa vida recordo-me de poucos momentos tão decisivos para o futuro do Brasil em que as soluções dos grandes desafios dependeram do povo. Que hoje dependam, é mérito do próprio povo e de dirigentes políticos que lutaram contra o autoritarismo nas ruas e no Congresso e criaram as condições para a promulgação, há trinta anos, da Constituição que nos rege.

Em plena vigência do estado de direito nosso primeiro compromisso há de ser com a continuidade da democracia. Ganhe quem ganhar, o povo terá decidido soberanamente o vencedor e ponto final.

A democracia para mim é um valor pétreo. Mas ela não opera no vazio. Em poucas ocasiões vi condições políticas e sociais tão desafiadoras quanto as atuais. Fui ministro de um governo fruto de outro impeachment, processo sempre traumático. Na época, a inflação beirava 1000 por cento ao ano. O presidente Itamar Franco percebeu que a coesão política era essencial para enfrentar os problemas. Formou um ministério com políticos de vários partidos, incluída a oposição ao seu governo, tal era sua angústia com o possível despedaçamento do país. Com meu apoio e de muitas outras pessoas, lançou-se a estabilizar a economia. Criara as bases políticas para tanto.


Parceria entre SARA, Incra e UFRPE visa fortalecer ações em área de assentamento


Projeto experimental Fazenda 21, da Via do Trabalho, foi apresentado nesta quinta-feira (20/09) no auditório do IPA (Foto: Adriano Manoel/IPA)

Um evento realizado no auditório do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), nesta quinta-feira (20/09), reuniu representantes de entidades estaduais, bem como agricultores e agricultoras familiares, para apresentação de projeto experimental em um assentamento do Estado. Tendo como base a proposta da organização social Via do Trabalho, o projeto do Assentamento Fazenda 21, localizado em Jaboatão dos Guararapes, visa a inserção do grupo em um novo modelo de reforma agrária, sustentado no agronegócio da agricultura familiar.

No último mês de agosto, foi celebrado um acordo de cooperação entre a Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (SARA), o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), referente ao projeto. A partir desse acordo, serão realizadas ações estruturadoras no assentamento, por meio da atuação dos agentes do IPA e Iterpe, órgãos vinculados à SARA, incluindo acompanhamento técnico e promoção do acesso dos beneficiados aos programas de apoio à agricultura familiar nos âmbitos federal e estadual; o apoio ao processo de formação e capacitação das famílias, dentre outros.


Médicos da rede municipal do Recife decretam greve por tempo indeterminado


Imagem: Simepe/Divulgação

Os médicos da rede municipal do Recife decretaram greve por tempo indeterminado. A decisão por unanimidade foi tomada em assembleia realizada no fim da manhã desta quinta-feira (20), no auditório da Associação Médica (AMPE), no bairro da Boa Vista. A categoria denuncia a falta de medicamentos, insegurança e de condições de estrutura de trabalho. Eles pedem ainda a realização de concurso público para ampliar o quadro de profissionais de saúde, que foi prometido mas não cumprido pela Prefeitura do Recife.

Com a paralisação, a partir desta sexta-feira (21), ficam suspensos os serviços de exame e consultas estarão suspensas. Segundo o Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe), o atenimento nas urgências e emergências de saúde, maternidades e Capes municipais será mantido mesmo com o movimento.


Compesa inicia obra para abastecimento de água do distrito de Guadalajara, em Paudalho

Foto: Divulgação/Compesa

O presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, assinou hoje (20), a ordem de serviço para início das obras de ampliação do Sistema de Abastecimento de Água do distrito de Guadalajara, no município de Paudalho, Zona da Mata Norte. O investimento foi autorizado pelo governador Paulo Câmara, em atendimento a um pleito antigo da comunidade para que a Compesa assumisse os serviços, cuja operação é de responsabilidade da prefeitura. A partir dessa obra, a Compesa fará os investimentos para ampliar o sistema, e preparar a estação de tratamento para entregar água de qualidade à população.

Além de autorizar a Compesa a elaborar o projeto e contratar a obra, o governador Paulo Câmara viabilizou os recursos para executar o empreendimento, no valor de R$ 3 milhões. "A previsão é que, dentro de oito meses, a obra seja concluída e entregue um novo sistema de abastecimento aos mais de dez mil moradores de Guadalajara, que passará a receber água com qualidade e regularidade", adianta o presidente da Compesa, Roberto Tavares.


Gonzaga Patriota recebe apoio popular durante carreata em Arcoverde


O deputado federal Gonzaga Patriota (PSB), candidato à reeleição, foi recebido com festa por uma multidão na noite desta quarta-feira (19), em Arcoverde, para inauguração do seu Ponto 4000 na cidade. 

Antes do ato de inauguração, Patriota realizou uma grande carreata com concentração em frente à Ivel, na Av. José Bonifácio que seguiu pelas principais ruas e avenidas de Arcoverde. Com mais de 100 veículos, entre carros e motos, o evento foi uma verdadeira festa da democracia onde muitas pessoas reafirmaram o desejo da reeleição do parlamentar.


Bolsonaro passa por drenagem após tomografia indicar líquido ao lado do intestino, diz boletim


O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, foi submetido nesta quinta-feira (20) a uma drenagem após exame de tomografia indicar a presença de líquido ao lado do intestino, segundo informou o boletim médico do Hospital Israelita Albert Einstein.

Ainda de acordo com o centro médico, devido à elevação da temperatura (37,7 °C), foi realizada uma tomografia computadorizada de tórax e abdômen "que evidenciou pequena coleção de líquido ao lado do intestino."

O político passou por uma "drenagem guiada por imagem, sem intercorrências. Está com dreno no local e evolui sem dor".

Bolsonaro está internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, desde 7 de setembro, um dia após sofrer uma facada no abdômen durante ato de campanha e passar por cirurgia em Juiz de Fora (MG). Na semana passada, ele precisou passar por nova cirurgiapara desobstruir o intestino.


Viagem de Dom Pedro II à cachoeira de Paulo Afonso completa 159 anos no dia 20 de outubro


Cachoeira de Paulo Afonso, em fotografia perdida no incêndio da Biblioteca Nacional (RJ)

Cachoeira de 'Paulo Affonce' desenhada por Pedro II | Foto: Museu Imperial (RJ)
Mapa com a rota da visita imperial ao Nordeste (então Norte), em 1859 | Foto: Museu Imperial (RJ)

O traço de aventureiro é um dos que mais se destacaram na personalidade multifacetada do imperador dom Pedro II. Também ficou famoso por receber louvores exagerados e representar certa mistificação saudosista (para aqueles que a ele atribuem qualidades excepcionais). Tudo retrato da literatura apologética sobre esse personagem histórico. O fato é que a força da tradição explica a permanência do seu nome até hoje no imaginário brasileiro.  A constatação é do jornalista Davi Roberto Bandeira da Silva, ao abrir a reportagem 'A Cachoeira do imperador', adaptada para a web por Caroline Svitras em publicação na versão online da revista Leituras da História (Edição 73, Editora Escala), em 5 de maio de 2017.

Durante a sessão imperial, em 11 de setembro de 1859, d. Pedro II avisou: “Para melhor conhecer as Províncias do meu Império, cujos melhoramentos morais e materiais são alvo de meus constantes desejos e dos esforços do meu governo, decidi visitar as que ficam ao norte da do Rio de Janeiro.” Ele realmente adorava viajar, impulsionado pela curiosidade de conhecer novas paisagens, populações diferentes, admirar a flora e a fauna. E entre as muitas viagens e explorações feitas, o imperador registrou em seu diário a história de sua visita à exuberante cachoeira de Paulo Afonso, nos sertões das Alagoas.

Viagem insólita

Em 1859, d. Pedro II iniciou sua visita às Províncias do Norte do Brasil (hoje Nordeste brasileiro). Foram 134 dias de andanças, paradas e festas nas Províncias para receber o imperador. O roteiro, como não podia deixar de ser, incluiu a famosa cachoeira de Paulo Afonso, por sua beleza e por estar em uma região estratégica, pois o imperador buscava obter mais apoio para seu governo, contextualizando, pois, a iniciativa viageira. O nome Paulo Afonso é dado à cachoeira como uma homenagem ao sertanista Paulo de Viveiros Afonso, que explorou a região. Alguns registros informam que por volta de 1725, o aludido sertanista teria recebido uma sesmaria situada na margem esquerda do Rio São Francisco. O donatário teria ocupado, além das terras recebidas, algumas porções de terras existentes do lado baiano, onde fundou uma aldeia denominada Tapera de Paulo Afonso.

De fato, após a longa estadia imperial, foram distribuídos muitos títulos nobiliárquicos de modo a assegurar suporte governamental. E, além disso, tempos depois, a realeza autorizou a construção de uma ferrovia na região, que seria denominada Paulo Afonso. O empreendimento iniciou as atividades em 1882, porém, como se constatou depois, foi um projeto que só traria prejuízos financeiros, sendo, por fim, desativado em 1964.

A viagem teve início em Salvador, na Bahia, no dia 12 de outubro de 1859. Nessa data, o imperador e toda a comitiva – exceto a imperatriz Teresa Cristina, que permaneceu em Salvador – seguiram viagem no vapor Apa. Estavam a bordo o presidente da Província de Sergipe, Manuel da Cunha Galvão; o conselheiro João de Almeida, ministro do Império; visconde de Sapucaí, camarista; e o barão de Atalaia, além de comandantes, capitães de bordo, senhores de engenho, diretores de escolas, correspondentes de jornais e outros convidados.

No percurso, o imperador consultava as notas escritas por Silva Caroatá e Vieira de Carvalho; além disso, tinha em mãos o mapa elaborado pelo engenheiro Henrique Halfeld, que, por ordem do Império, desenvolveu estudos técnicos entre os anos de 1852 e 1854, na região do Rio São Francisco.

A primeira parada foi no dia 14 de outubro de 1859, em Piaçabucu, Alagoas, quando o Apa atracou, ocasião na qual o monarca foi recebido com muita festa e música de rabecas. Simpático, ele percorreu rapidamente o povoado alagoano, visitou a capela e o colégio, cumprimentou a todos e se foi. Antes de galgar as águas do Rio São Francisco rumo a Penedo, em Alagoas, o soberano avisou, de antemão, ao presidente daquela Província, Manuel Pinto de Souza Dantas, também a bordo, que pretendia excursionar pela Província das Alagoas por no máximo 15 dias. E lá se foram. No mesmo dia, houve o transbordo na Ilha do Betume e o grupo chegou ao seu destino, dessa vez, a bordo da embarcação Pirajá.

“Viva o imperador!”

Em Penedo, d. Pedro II foi recebido mais uma vez com euforia pela entusiasmada multidão que ali aguardava a frota imperial, aos gritos frenéticos de “Viva o Imperador!” Em seguida, foi conduzido pelos representantes locais, além das autoridades civis, eclesiásticas e do povo em geral. Ele, normalmente, desembarcava trajando calça branca, paletó preto e chapéu de palha coberto de pano de linho. Todo esse aparato receptivo ao desembarque imperial revela aspectos simbólicos que consubstanciam a força política da cidade, em que pesem as ostensivas adulações, nos ritos de chegada, encurtando a distância entre os governantes e o povo, sempre distante do contexto decisório.
Em solo, o monarca participou do te-déum (cântico de Ação de Graças) e, como de costume, visitou as igrejas, fazendo observações sobre os traços mais interessantes da arquitetura; conversou com os jovens nos colégios e visitou as fábricas de produção de óleo de mamona, de preparo de arroz e os alambiques de aguardente. Após tantos compromissos, ao deixar Penedo, em 16 de outubro, continuou o estafante percurso rumo a invadir o sertão.

Prosseguindo em seu itinerário, o imperador, ao visitar Propriá, no Sergipe, fez mais um exercício de suas funções, entre as quais podemos destacar sua preocupação de vistoriar escolas, capelas, hospitais e assistir ao te-déum. Lá, demorou-se algum tempo, salientou o despreparo dos professores e a inutilidade das aulas ministradas em alguns colégios. Como de costume, o roteiro era quase sempre o mesmo: fez doações polpudas à Igreja, aos pobres e comprou a liberdade de escravos. Afinal, o principal objetivo da viagem era ganhar apoio, atendendo aos interesses políticos locais e preservando sua figura de majestade. Frisa, entretanto, que foi impossível deixar de perceber a extrema miséria da população.

Seguindo o roteiro, ainda por Alagoas, deixou no diário sua impressão sobre a vila de Pão de Açúcar: “O nome da vila não é bem cabido, pois que o morro é antes um mamilo pedregoso do que Pão de Açúcar.” Continuando a jornada, o vapor Pirajá atraca na povoação de Piranhas, onde Pedro II destaca a aparência pobre do lugarejo: “O aspecto do lugar é tristíssimo e o calor é horrível.” Dali em diante, o trajeto seria feito a cavalo, sob o comando do guia, major Manuel Calaça, proprietário de grande fazenda naquela região, que passava informações curiosas sobre a fauna e a flora do sertão, falando muito, por exemplo, sobre o xiquexique, o mandacaru e a quixabeira. O monarca ficou impressionado com a vegetação da caatinga, bem como destacou os trajes, os costumes e o desembaraço dos nativos sertanejos.

Prestes a comemorar seus 34 anos, Pedro II enfrentou muitas dificuldades durante o trajeto à cachoeira – devido à extensa distância, ao calor insuportável e à escassez de água. Por outro lado, mostrou-se afável, apesar do visível incômodo com o intenso clima do sertão. O jovem monarca traçou, no diário, relevantes esboços dos lugares por onde passava e de seus acidentes geográficos.
Deslumbrante…

Ao amanhecer do dia 20 de outubro de 1859, o imperador chegou à famosa cachoeira de Paulo Afonso. Pôs-se logo a apear e a percorrer vários pontos da cachoeira, examinando tudo o que observava na natureza que, ainda não sabia ele, futuramente seria sacrificada pelos interesses do progresso nacional.

Ao começar a descida pelos rochedos, ele se deparou com a magnífica vista. Não hesitou diante do risco das quedas e escalou trechos perigosos na ida à furna dos morcegos, inclusive “dando, contudo, três quedas nesta última exploração” – devido a essa incidência, escreveu no diário. Em suas anotações, em um misto de admiração, de espanto e de alegria, registrou: “Tentar descrever a cachoeira em poucas páginas, e cabalmente, seria impossível, e sinto que o tempo só me permitisse tirar esboços muito imperfeitos.” O correspondente do Jornal do Commércio evidenciou o contentamento do monarca diante daquele cenário: “Havia alguma coisa de solene na contemplação silenciosa do Imperador: a fadiga da viagem desaparecia de sua fisionomia.” Passou a noite em um barracão erguido pelo coronel Pedro Vieira, que não poupou esforços a fim de que nada faltasse à comitiva imperial.

O barão de Jequiá, o barão de Atalaia, o doutor Titara, o doutor Oiticica, o major Calaça, o tenente Joaquim Siqueira Torres (futuro barão de Água Branca) e o 2º tenente Augusto Mendonça foram alguns dos que acompanharam a visita imperial à cachoeira, além de muita gente que lá aguardava – vinda dos diversos lugares da região. Em face da educação rígida a que fora submetido, d. Pedro II se revelou nas visitas uma pessoa com inteligência orgulhosa, mas totalmente despojado da mesquinhez aristocrática.

Logo na manhã seguinte, 21 de outubro, a comitiva retornou, seguindo itinerário inverso. A tropa imperial chegou no dia 24 de outubro de 1859 em Penedo, de onde seguiu para a Bahia. Em Alagoas, ao todo, o percurso em navio a vapor foi de 212 km e a cavalo 60 km.

Justificando a importância dessa viagem, acredita-se, porém, que o objetivo primordial da visita à cachoeira não foi o simples desejo de tomar conhecimento, embevecido, da portentosa queda d’água, conforme exclama extasiado o monarca: “(…) O arco-íris produzido pela poeira d’água completava esta cena majestosa.” O valor da honrosa paisagem da cachoeira – por mais decantado que possa ter sido, ou descrito e louvado por nossos literatos – não compensaria o que se perdeu, sobretudo em tempo e esforço, com a interrupção da atividade cotidiana de líder da nação que, à luz das leis, era o emblema da unidade nacional. Em vista disso, foi o aspecto político que naturalmente envolveu a presença da maior autoridade do país na região, ancorado pelo Poder Moderador, que servia de “para-choque” entre os dois grandes partidos políticos: o Conservador e o Liberal, que então digladiavam.

Assim, é sob essa perspectiva que se torna plenamente compreensível a estafante viagem de dom Pedro II pelo Norte do país, que contribuiu para difundir, em massa, vários títulos nobiliárquicos em função de interesses determinados. Portanto, classificá-la como simplesmente aventureira seria minimizar o legado de sua controvertida vida política e cultural. Do mesmo modo, seu pioneirismo como desbravador ao apresentar as recordações sertanejas dos lugares visitados em um conjunto de informações (geográficas, etnográficas e paisagísticas) de inestimável valor para o Brasil.

Coincidentemente, aliás, na ocasião do banimento do território nacional da família imperial, em 1889, pelas forças da recém-proclamada República, Pedro II embarcou às pressas em um navio chamado Alagoas. Na ocasião, o então abnegado monarca, interrogou em alto e bom som: “Já que estou no Alagoas, por que não me levam para Penedo?” Certamente, seria bem-vindo…

A cachoeira do imperador: Em seu diário, d. Pedro II narra a exuberante paisagem da cachoeira de Paulo Afonso sem destacar os importantes contatos políticos que motivaram sua viagem>http://leiturasdahistoria.com.br/a-cachoeira-do-imperador/

Fonte: Leituras da História


Itamaraty demite diplomata agressor de mulheres


O diplomata brasileiro Renato de Ávila Viana foi demitido hoje (20) pelo Ministério das Relações Exteriores, depois de mais uma denúncia por agressão a mulheres. Ele chegou a ser preso em Brasília, mas foi liberado após pagar fiança. A exoneração está publicada na seção 2 do Diário Oficial da União desta quinta-feira.

Viana é reincidente, e em seu histórico há outras acusações de violência contra namoradas. Primeiro-secretário na carreira diplomática, ele respondia a um processo interno por ter espancado uma outra namorada. Anteriormente, foi denunciado por agredir uma colega diplomata e há registros de violência cometidos por ele em outros países.


Mendonça Filho diz a educadores, em Olinda, que fez mudanças estruturais no MEC para garantir um salto de qualidade na Educação

 Fotos: Bruno Campos

Ao participar de um encontro com professores e profissionais da Educação de Olinda, nesta quarta-feira (19/09), o ex-ministro da Educação e candidato ao Senado, Mendonça Filho, afirmou que sua gestão no MEC foi marcada por mudanças estruturais para dar um salto de qualidade na Educação. O evento, que lotou a quadra do Colégio São Bento, no bairro do Varadouro, contou com a presença do prefeito de Olinda, professor Lupércio, deputado federal e candidato à reeleição, Augusto Coutinho, a candidata a deputada estadual, Cláudia de Lupércio e o também candidato ao Senado, Bruno Araújo.

Mendonça citou o Novo Ensino Médio, a entrega da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a nacionalização das escolas em tempo integral, as políticas nacionais de Formação de Professores e de Alfabetização, as mudanças no Enem, com realização das provas em dois domingos e o Novo Fies a juros zero como um conjunto de ações que tiveram como foco a qualidade da Educação.“Tenho uma trajetória longa, passei por muitos cargos, mas o que mais me orgulho foi de ter sido ministro da Educação. A Educação é o principal caminho para transformar a realidade de vida dos nossos jovens e nossas crianças”, destacou.


Município do Agreste Meridional é contemplado com a entrega de kits de caráter produtivo


Equipamentos, que tem a função de estruturar a produção de alimentos e forragem animal, serão entregues nesta sexta, 21 (Foto: Edilson Júnior/SARA-PE)

Em continuidade às entregas que vêm sendo realizadas pelo Governo de Pernambuco, através da Secretária de Agricultura e Reforma Agrária (SARA), serão disponibilizados 150 kits de caráter produtivo nesta sexta-feira (21) aos agricultores familiares do município de Lajedo, no Agreste Meridional.

Contratado através do convênio 012/2011, o caráter produtivo faz parte do Programa Segunda Água (Cisternas Calçadão), financiado com recursos do Governo Federal, via Ministério de Desenvolvimento Social, que tem como convenente o Governo do Estado por meio da Secretaria Executiva de Agricultura Familiar (SEAF/SARA). Cabe ressaltar que a tecnologia social cisterna calçadão, neste convênio, é acompanhada do caráter produtivo, que tem um investimento médio de R$ 26 milhões e será entregue para cada beneficiário que recebeu a referida cisterna.


Haddad representa o avanço na educação que Temer e seus aliados destruíram, afirma Humberto


Em uma agenda movimentada na noite dessa quarta-feira (19) pela Mata Norte e Agreste Setentrional de Pernambuco, o líder de Oposição a Temer no Senado, Humberto Costa (PT), transformou a educação no mote para diferenciar o que chamou de avanços nos governos Lula e Dilma e "o desmonte provido por Temer e sua turma".

Segundo Humberto, candidato à reeleição ao Senado, o indicado por Lula à disputa para a Presidência da República, Fernando Haddad, encarna as mudanças que revolucionaram o Brasil, como o ProUni, o Fies, o Enem, o Pronatec e o Ciência sem Fronteiras, que deram a mais de 10 milhões de jovens a oportunidade de ingressarem numa universidade e construírem o próprio futuro.


TSE extingue representação do PSL contra PT por suposta desconformidade em jingle da campanha

Segundo a equipe de Bolsonaro, a música continha os versos "Olha Lula lá" e "Chama, chama que o homem dá jeito", mas os versos eram "Olha ela lá", referindo-se a uma estrela, símbolo do Partido dos Trabalhadores, e "chama que o 13 dá jeito". 

Por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta quinta-feira (20), extinguir uma representação do candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, contra a campanha do PT ao Palácio do Planalto. Os ministros do TSE tomaram a decisão depois de concluírem que houve "alterações significativas" entre a degravação do jingle petista - entregue pela defesa de Bolsonaro à Corte Eleitoral - e o que teria sido efetivamente veiculado na televisão.

O caso girou em torno de propaganda exibida no programa de televisão da campanha do PT em 4 de setembro, três dias depois de o plenário do TSE ter barrado a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao Palácio do Planalto.

Em 8 de setembro, o relator do caso, ministro Carlos Horbach, deu uma liminar a favor de Bolsonaro para impedir a veiculação da peça, por entender que ela promovia a figura de Lula.

No entanto, em parecer encaminhado ao TSE, o Ministério Público Eleitoral apontou incongruência entre a degravação do jingle apresentada pela equipe jurídica de Bolsonaro e a propaganda efetivamente veiculada no horário eleitoral.


Arroz e feijão são os alimentos mais desperdiçados no Brasil

Pesquisa mostra que a dupla representa 38% da comida jogada fora. No Brasil, a média de alimentos desperdiçados por domicílio é de 353 gramas por dia. Individualmente a média é de 114 gramas por dia (Antonio Cruz/Agência Brasil)

Base da alimentação do brasileiro, o arroz e o feijão representam 38% do montante de alimentos jogado fora no país. O dado faz parte da pesquisa sobre hábitos de consumo e desperdício de alimentos, do projeto Diálogos Setoriais União Europeia – Brasil, liderado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) com apoio da Fundação Getulio Vargas (FGV).

A pesquisa ouviu 1.764 famílias de diferentes classes sociais e de todas as regiões brasileiras. O ranking dos alimentos mais desperdiçados mostra arroz (22%), carne bovina (20%), feijão (16%) e frango (15%) com os maiores percentuais relativos ao total desperdiçado. “A grande surpresa foram as carnes aparecerem com um índice tão alto de desperdício, um produto de alto valor agregado, de alto valor nutricional e que é desperdiçado. E destaco ainda o leite, que é o quinto grande grupo mais jogado fora”, disse o professor de marketing da Escola de Administração de Empresas de São Paulo, da FGV, Carlos Eduardo Lourenço.

Os dados detalhados da pesquisa foram apresentados hoje (20) no Seminário Internacional Perdas e Desperdício de Alimentos em Cadeias Agroalimentares: Oportunidades para Políticas Públicas, na sede da Embrapa, em Brasília (DF).


Petrolândia: Depredado há meses, orelhão é símbolo de descaso e desprezo pelos telefones públicos

Orelhão quebrado há meses, em frente ao Atacado Sanfrancisco, na Quadra 12 (Foto: Lúcia Xavier)

Em Petrolândia, situada a quase 500 km da capital Recife, a democratização do acesso à telefonia móvel, em celulares e smartphones, junto com o crescimento da Internet via rádio e cabo, fizeram alguns produtos se tornarem obsoletos e alguns até saírem de cena, como os aparelhos de fax, hoje em desuso. Outro meio de comunicação que perdeu espaço foi o telefone fixo, encontrado em poucas residências, atualmente. Mas, nada se compara ao que aconteceu com o telefone público, o popular orelhão, depredados desde sempre e mais desprezados do que nunca.

O orelhão da foto, situado na Avenida Auspício Valgueiro Barros, em frente ao Atacado Sanfrancisco, na Quadra 12, está quebrado há meses, talvez anos, pois funcionava durante curtos períodos. Por algum tempo, era apenas um, depois virou par, mas não demorou em operação. O equipamento foi depredado e, no lugar, ficou só o monumento ao desperdício de dinheiro, à falta de educação e ao desrespeito com a necessidade alheia, porque ainda existem pessoas que precisam de telefone público. 

Há algumas décadas, havia filas para usar telefones públicos, num tempo em que o acesso à telefonia fixa era burocratizado e (muito mais) caro, a telefonia móvel não existia ou era luxo e a maioria da população não podia ter nenhuma delas. Hoje, já existem jovens que nunca precisaram comprar cartões telefônicos (ainda são vendidos na cidade?) nem usar um orelhão para resolver algo na vida.

Em Petrolândia, ainda há alguns orelhões ativos, mas a maioria continua à mercê do descaso e da depredação.

Redação do Blog de Assis Ramalho


Petrolândia: Construção das praças das Quadras 5, 14 e 16 são sugeridas pelo vereador Toinho de Eugênio


Foto: Assis Ramalho/Arquivo BlogAR

O vereador Antonio Pereira de Barros, o Toinho de Eugênio, apresentou em sessão da Câmara Municipal de Petrolândia a indicação para construção das praças das Quadras 05, 14 e 16, na área urbana. Leia abaixo a indicação, na íntegra.

Indicação Nº 083/2018.

Ementa: Indica a necessidade de Construção das Praças das Quadras 05, 14 e 16, nesta cidade.

Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal de Petrolândia, o Vereador que esta subscreve nos termos regimentais vigentes, indica a V. Ex.ª, no sentido de que seja oficiado a Exma. Sra. Prefeita, Janielma de Souza, e Secretaria competente, que seja feita a Construção das Praças das Quadras 05, 14 e 16, nesta cidade..

Justificativa

Justifico o presente pleito, informando que, quase todas as quadras já dispõem de suas praças, e as referidas quadras acima, merecem que sejam construídas , pois a população vem cobrando constantemente.


Carro roubado é encontrado com Policial Militar em Garanhuns

Ilustrativa

Um carro roubado foi encontrado com um policial militar na quarta-feira (19) em Garanhuns, Agreste de Pernambuco.

A Polícia Militar estava apurando uma denúncia de carro abandonado. Ao chegar no local, foi verificado que o veículo possuía queixa de roubo. Em seguida, moradores das proximidades indicaram a casa do suposto proprietário do veículo.


Homem é preso e carga de produtos alimentícios avaliada em R$90 mil é recuperada em Cabrobó, PE

Carga avaliada em R$90 mil é recuperada em Cabrobó — Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Uma carga de produtos alimentícios avaliada em R$90 mil foi recuperada e um homem foi preso em fragrante na quarta-feira (19) em Cabrobó, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil (PC), o roubo ocorreu no dia 22 de agosto, na BR-428, no Povoado de Caraíbas, em Santa Maria da Boa Vista.

Após investigação policial, John Leno Alves Cavalcanti foi abordado e preso na quarta-feira (19) enquanto dirigia um veículo em Cabrobó. Ele estava de posse de parte da mercadoria e o restante foi encontrado em um depósito localizado em sua residência.Além da carga, também foi apreendida na casa, uma arma de fogo com numeração suprimida.


TCE-PE desenvolve projeto para destinação de lixo em municípios de pequeno porte



A equipe do Núcleo de Engenharia do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) reuniu-se na última semana com um especialista da Universidade de Pernambuco (UPE), representantes de três municípios e técnicos da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) para discutir um projeto de destinação adequada do lixo em municípios de pequeno porte.

O encontro definiu os preparativos do projeto piloto que busca viabilizar soluções para o destino de resíduos sólidos e o reaproveitamento energético de rejeitos em municípios de até 30 mil habitantes. Rejeitos são resíduos sólidos que não podem ser reutilizados nem reciclados. O objetivo do Tribunal, com apoio da CPRH é, a partir da técnica do professor especialista Sérgio Perez (UPE), oferecer soluções individualizadas para as prefeituras.

"O papel do Tribunal, como órgão técnico, é de mediação. O objetivo é facilitar esse projeto que tem grande potencial, mas depende da ação das prefeituras. A busca é por soluções de baixo custo e que consigam um bom resultado", disse Paulo Henrique Cavalcanti, da Gerência de Auditorias de Obras Municipais/Sul.


Ciro Gomes tem o melhor desempenho no 2º turno

O candidato do PDT é o único que venceria o confronto direto contra Jair Bolsonaro, abrindo uma vantagem de seis pontos percentuais (Foto: Arte/DP)

A nova pesquisa do Datafolha, com a maior amostragem já realizada pelo instituto na atual corrida presidencial - 8.596 entrevistas em 323 cidades do país - simulou cenários de 2º turno envolvendo os cinco candidatos com melhor desempenho no levantamento do 1º turno: Jair Bolsonaro (28%); Fernando Haddad (16%), Ciro Gomes (13%), Geraldo Alckmin (9%) e Marina Silva (7%). O candidato do PDT, Ciro Gomes, é o único que vence em todas as projeções. Entre os cinco principais candidatos à presidência, também é que apresenta a menor rejeição.

Os dois cenários mais factíveis para o 2º turno, neste momento, envolvem Jair Bolsonaro (PSL) contra Fernando Haddad (PT) ou Ciro Gomes (PDT), já que os dois últimos estão tecnicamente empatados na pesquisa do 1º turno. Na primeira projeção, o candidato do PSL está numericamente empatado com o do PT: 41% x 41%. Já na simulação contra Ciro Gomes, Bolsonaro tem uma desvantagem de seis pontos. O candidato do PDT venceria no 2º turno com 45% contra 39%.


Júlio Cavalcanti reforça campanha de Zeca e Fabíola em Buíque

Fotos: Assessoria/Divulgação

Em um grande encontro que lotou o Bleskina Hall, em Buíque, o deputado federal e candidato à reeleição Zeca Cavalcanti (PTB), apresentou a população de Buíque as suas propostas para seu segundo mandato. Estava acompanhado da candidata a deputada estadual Fabíola Cabral, do deputado estadual Julio Cavalcanti e da ex-vice-prefeita Miriam Briano.

Presentes os vereadores Dão Tavares, Luís Cristiano e Jordão Briano. Ex-vereadores Vandelson, Damião Tomé e Edvar Coelho do Catimbau; o ex-prefeito Blesman Modesto, o ex-vice-prefeito Luiz de Bizunga.

Assim como vem fazendo em várias cidades, o deputado estadual Júlio Cavalcanti ((PTB) vem reforçando a campanha de seu irmão e deputado federal Zeca Cavalcanti na região, assim como a candidata a deputada estadual Fabiola Cabral. Segundo Júlio, “Buíque e a região precisa garantir o mandato de Zeca e eleger Fabíola para fortalecer a luta por mais obras e desenvolvimento para o município”.