sexta-feira, 10 de abril de 2020

Floresta-PE: Coronavírus muda cara da Sexta-Feira da Paixão; Paróquia divulga imagens



Hoje vivenciamos uma Sexta-Feira Santa atípica, talvez como nunca antes, pois uma pandemia nos impediu que nos reuníssemos na igreja templo para celebrarmos a Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Mas estivemos unidos através da oração, das redes sociais e através da passagem da Imagem do Bom Jesus dos Aflitos e Nossa Senhora das Dores por bairros e ruas de nossa cidade.

Continuemos em oração rogando a Deus pelo fim dessa pandemia que atinge todo o mundo.

Desculpas aos paroquianos florestanos,  
Queremos pedir desculpas a todos os nossos paroquianos, pois infelizmente não conseguimos passar em todas as ruas de nossa cidade. Tenhamos a certeza que as bençãos do Senhor irá chegar sobre todos.

Bom Jesus dos Aflitos, Rogai por Nós!
Nossa Senhora das Dores, Rogais por Nós!

A mensagem e as fotos foram divulgadas na pagina do Facebook da Paróquia de Floresta-PE nesta sexta-feira (10/04/2020)

VEJA BAIXO MAIS FOTOS





 







Blog de Assis Ramalho
Por: Paróquia de Floresta
Fotos: TV Flaresta e Paróquia de Floresta

Vídeo mostra morador de rua sendo agredido por homem em carro; Juninho Pernambucano se mobiliza para ajudar a vítima



Começou a circular, na última quinta-feira (9), na rede social Twitter, um vídeo de violência que causou muita revolta, sendo considerado "um ato de crueldade" por muitos internautas. O episódio aconteceu na cidade de Sinop, no Mato Grosso (veja vídeo abaixo).

Prefeitura do Recife constrói, em 20 dias, hospital de campanha maior que o Hospital da Mulher


Nesta sexta-feira (10), a Prefeitura do Recife entregou a obra do quarto hospital de campanha municipal, que é maior que o Hospital da Mulher do Recife (HMR), o primeiro hospital de grande porte construído pelo Executivo municipal, com 150 leitos em sua estrutura original, antes da pandemia. Com 100 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) e outros 60 de enfermaria erguidos em 20 dias, o novo Hospital Provisório Recife 1, na Rua da Aurora, bairro de Santo Amaro, área central da cidade, tem a maior capacidade de atendimento já montada pela gestão municipal. O prefeito Geraldo Julio entregou a obra pronta ao Hospital do Câncer, que será responsável por gerenciar a unidade, assim como já administra o HMR.

“Salvar vidas é o mais importante no enfrentamento aos desafios dessa pandemia. Hoje ficou pronto o Hospital Provisório Recife 1, que fica na Rua da Aurora, um hospital construído em 20 dias. São 100 leitos de UTI e 60 de enfermaria para receber apenas os pacientes encaminhados pela Central de Regulação do SUS. Essa unidade foi esforço de muita gente dedicada que está empreendendo todos dos esforços para salvar vidas. Este é o quarto hospital de campanha entregue para cuidado exclusivo de pacientes com o coronavírus. Ontem nós entregamos o terceiro hospital de campanha, desta vez no bairro do Ibura, além das UPIs já em funcionamento um em Casa Amarela e o outro em Campina do Barreto”, disse Geraldo Julio.

O Hospital do Câncer, que assinou contrato com a Prefeitura no último dia 30, tem dez dias para iniciar a operação e receber os primeiros pacientes. Com mais de 3 mil m² de área construída, o hospital provisório é mais um dos sete hospitais de campanha do Plano Municipal de Contingência Covid-19 para enfrentamento à pandemia, que chega a 531 leitos previstos, sendo 154 de UTI. Dos sete hospitais de campanha, três já estão em funcionamento nas Policlínicas Amaury Coutinho, na Campina do Barreto, Barros Lima, em Casa Amarela, e Arnaldo Marques, no Ibura. Além desses, estão funcionando 65 leitos no Hospital da Mulher, sendo 31 de UTI. No total, 186 leitos já estão disponíveis para a população.

A Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife estruturou o novo Hospital Provisório Recife 1 em um prédio adaptado para funcionar como unidade de saúde no número 1.675 da Rua da Aurora. No local, serão atendidos apenas os pacientes encaminhados pela Central de Regulação. A unidade será equipada com respiradores pulmonares, raio-x digital portátil, camas hospitalares, monitores de sinais vitais, desfibriladores cardíacos, entre outros itens. O hospital também tem uma área segura para que os profissionais coloquem e tirem os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), além de dormitório e refeitório para a equipe.

Para viabilizar a implantação de todas essas estruturas, a Prefeitura do Recife anunciou, no início deste mês, um pacote para reduzir em mais de R$ 180 milhões as despesas com revisão de contratos de prestação de serviço, consultorias, locação de veículos, combustível, energia elétrica, materiais de consumo, além de novos aluguéis, passagens aéreas e diárias. Nesta semana, também foi anunciada a compra de mais de dez mil equipamentos médico-hospitalares para os hospitais de campanha e a aquisição de um milhão de itens de EPIs para proteção dos trabalhadores da rede municipal. Nesta semana, o prefeito também anunciou que 658 profissionais estão reforçando a rede para enfrentamento à pandemia.

Por Diário de Pernambuco
 

Petrolândia/Eleições 2020: Dr Fábio Lopes participa do quadro ''Por que quero ser vereador da minha cidade'' - Conheça o histórico do pré-candidato pelo grupo de Dr. João





Há cerca de 6 meses para as eleições municipais, o Blog de Assis Ramalho, assim como aconteceu em eleições passadas, abre espaço aos candidatos a vereadores de Petrolândia que desejem expressar sua opinião no quadro ''Por que quero ser vereador da minha cidade''.

Nascido em Carnaubeiras da Penha, quando ainda era distrito da cidade de Floresta, há vinte e nove anos radicado em Petrolândia [se considera petrolandense de coração], o cirurgião-dentista Fábio Odilon Lopes lança sua pré-candidatura a vereador no grupo de Dr João e participa do Quadro ''Por que quero ser vereador da minha cidade''

Veja abaixo o histórico do cirurgião dentista que vai pleitear uma das 11 vagas na Câmara Municipal de Petrolândia.

Fábio Odilon Lopes, conhecido por Dr. Fábio, é cirurgião-dentista há 30 anos e durante todo esse tempo vem prestando serviços odontológicos à população desta cidade de Petrolândia, localidade escolhida com muito carinho para exercer sua profissão e constituir sua família. 

Pernambucano, natural de Floresta/Carnaubeira da Penha, estudou em Recife, mas tão logo concluiu seus estudos retornou ao Sertão, vez que sempre foi apegado às suas raízes e seu sonho era voltar a residir e poder trabalhar em sua região, de forma a poder servir à sua gente.

Passou a ir à Capital esporadicamente, apenas para tratar da saúde, para acompanhar os estudos dos filhos e especialmente para especializar-se em Ortodontia e, posteriormente, em Implantologia. 

Realizados todos os sonhos com relação ao trabalho e com relação à formação dos filhos - hoje quatro médicos - vislumbrou a possibilidade de correr atrás de mais um grande sonho, o de ingressar efetivamente na política local.

Considerou que crescem infinitamente as possibilidades de se fazer mais pelo povo quando se tem um mandato outorgado pelo próprio povo, quando se é representante deste com o objetivo de defender seus interesses, de criar leis em benefício das pessoas em geral e também de defender a aplicação daquelas leis que lhes são favoráveis, especialmente daquelas mais carentes e, por isso mesmo, mais desamparadas. Em suma, ele acredita que ao se assumir, um cargo público de vereador, por exemplo, é que se pode fazer uso de instrumentos legais e eficazes que mais favoreçam os representados. 

Assim, filiou-se ao PT, e apresenta-se como pré-candidato a Vereador, tendo optado por acompanhar o conceituado e muito respeitado médico Dr. João, por entender que foi quem mais fez pela saúde, mesmo sem mandato político, e quem mais pode fazer pelo progresso de Petrolândia.

Mantém sua clínica à Rua Auspício Valgueiro Barros, 83, primeiro andar, em frente à antiga Celpe.

Fábio Odilon Lopes, conhecido por Dr. Fábio


Interessados em participar do quadro ''Por que quero ser vereador(a) da minha cidade'' entre em contato com a Redação do Blog de Assis Ramalho.

Celular (87) 99955-1186 (WhatsApp)
E-mail: contato@assisramalho.com.brRedação do Blog de Assis Ramalho

Boletim desta sexta [10/04]: Brasil ultrapassa mil mortes por covid-19; 19,6 mil estão infectados; Veja os números por estado


O número de óbitos decorrentes do novo coronavírus chegou a 1.056 nesta sexta-feira, segundo balanço do Ministerio da Saúde, enquanto a quantidade de pessoas diagnosticadas com a Covid-19 subiu para 19.638. No último balanço do governo, na quinta-feira, o total de infectados chegava a 17.857, com 941 mortes confirmadas.

De acordo com o novo balanço, foram registradas 1.781 novos casos da doença nas últimas 24 horas, um crescimento de 10% em relação ao número de ontem. De quarta para quinta, esse avanço foi de 12%. Já o número de mortes aumentou 12,2% de quinta para sexta. Foram registradas 115 novos óbitos decorrentes da infecção.

São Paulo continua sendo o estado mais afetado, com 8.216 casos e 540 mortes. Em seguida aparece o Rio de Janeiro, com 2.464 casos e 147 mortes. Na lista de estados com maior número de mortes, ainda aparecem Pernambuco (65), Ceará (58) e Amazonas (50). O terceiro em número de casos confirmados é o Ceará: 1.478. Depois aparecem Amazonas (981) e Minas Gerais (698).

A região Sudeste continua com o maior número de casos confirmados até o momento: são 11.678. Em seguida vem o Nordeste, com 3.528 diagnosticados. Depois vem o Sul (1.972), o Nortes (1.505) e o Centro-Oestes (944).

Em relação à letalidade, comparação entre o número de casos pelo número de óbitos, o índice está em 5,4%, o que indica que, para cada 100 pessoas infectadas, 5 morreram. Essa taxa vem crescendo nos últimos dias - na sexta-feira passada ela estava em 4%.

Das 1.056 mortes, 849 tiveram sua investigação concluída. Dessas, são 494 homens e 355 mulheres. Por idade, 77% tinham 60 anos ou mais, assim distribuídos:

- 1 morte entre 0 e 5 anos
- 3 mortes entre 6 e 19 anos
- 9 mortes entre 20 e 29 anos
- 40 mortes entre 30 e 39 anos
- 59 mortes entre 40 e 49 anos
- 104 mortes entre 50 e 59 anos
- 198 mortes entre 60 e 69 anos
- 211 mortes entre 70 e 79 anos
- 176 mortes entre 80 e 89 anos
- 48 mortes entre 90 anos ou mais

Além disso, 74% tinham algum fator de risco. Entre os mortos, 418 tinham alguma doença do coração, 308 sofriam de diabetes, 101 de pneumopatia, 69 de doença neurológica, 59 de doença renal, 53 de imunodepressão, 39 tinham obesidade, e 24 asma. A soma dá mais de 849 porque uma mesma pessoa pode ter mais de uma enfermidade.

O boletim também tem dados de óbitos e hospitalizações graves por cor. Os brancos respondem por 64,5% dos óbitos e 73,9% das hospitalizações. Os pardos são 28,5% dos mortos e 18,9% dos hospitalizados. Os pretos são respectivamente 4,3% e 4,2%. Os amarelos respondem por 2,5% dos mortos e 2,8% dos internados graves. Por fim, os indígenas são 0,2% nos dois casos. Nessa conta, já estão excluídos 341 óbitos e 1.942 internações com "raça/cor ignorada".

Veja os números por estado:

Região Norte - 1.505 casos e 68 mortes

Acre - 60 casos e 2 mortes

Amazonas - 981 casos e 50 mortes

Amapá - 166 casos e 2 mortes

Pará - 170 casos e 9 mortes

Rondônia - 32 casos e 2 mortes

Roraima - 63 casos e 3 mortes

Tocantinss - 23 casos e 0 morte
Região Nordeste - 3.528 casos e 194 mortes

Alagoas - 45 casos e 3 mortes

Bahia - 604 casos e 19 mortes

Ceará - 1.468 casos e 58 mortes

Maranhão - 293 casos e 16 mortes

Paraíba - 79 casos e 11 mortes

Pernambuco - 684 casos e 65 mortes

Piauí - 40 casos e 7 mortes

Rio Grande do Norte - 263 casos e 11 mortes

Sergipe - 42 casos e 4mortes
Região Sudeste - 11.678 casos e 711 mortes

Espírito Santo - 300 casos e 7 mortes

Minas Gerais - 698 casos e 17 mortes

Rio de Janeiro - 2.464 casos e 147 mortes

São Paulo - 8.216 casos e 540 mortes
Região Centro-Oeste - 955 casos e 26 mortes

Distiro Federal - 555 casos e 14 mortes

Goiás - 191 casos e 8 mortes

Mato Grosso do Sul - 97 casos e 2 mortes

Mato Grosso - 112 casos e 2 mortes
Região Sul - 1.972 casos e 57 mortes

Paraná - 643 casos e 25 mortes

Rio Grande do Sul - 636 casos e 14 mortes

Santa Catarina - 693 casos e 18 mortes

Por O Globo

SUS recebe da ANS repasse recorde de R$ 1,15 bilhão


A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) repassou em 2019 ao Sistema Único de Saúde (SUS), por meio do Fundo Nacional de Saúde, o recorde de R$ 1,15 bilhão, alta de 47% em relação ao ano anterior. O diretor de Desenvolvimento Setorial da ANS, Rodrigo Aguiar, disse à Agência Brasil que os repasses vêm crescendo ao longo dos últimos cinco anos e, especialmente, nos três últimos anos, quando somaram R$ 2,5 bilhões.

“O repasse concentrou bastante nesse último período quando a gente conseguiu ter as estruturas e os processos adequados para realizar de forma mais eficiente esse repasse”, comentou o diretor.

Aguiar disse que desde que a ANS foi criada, em 2000, foram repassados ao SUS R$ 4 bilhões. Esses recursos são oriundos da cobrança feita pela ANS às operadoras de planos de saúde por procedimentos feitos pelo SUS em beneficiários dos planos. Segundo informou Rodrigo Aguiar, foram cobrados das operadoras, desde o início do processo de ressarcimento ao SUS, R$ 5,95 bilhões. Esse montante equivale a 3,86 milhões de atendimentos de clientes dos planos de saúde efetuados no SUS.

Desses R$ 5,95 bilhões, uma parcela de R$ 1,62 bilhão se refere a cobranças feitas em 2019, quando ocorreu o aumento de cerca de 58% no valor dos atendimentos cobrados e em torno de 38% na quantidade de atendimentos a beneficiários de planos de saúde no SUS cobrados pela agência.

“Quando um beneficiário de uma operadora de plano de saúde utiliza a rede do SUS, a gente recebe um arquivo do Ministério da Saúde, através do Datasus, geralmente um ano depois, com todos os procedimentos realizados na rede pública, naquele período. A partir desse arquivo é que a gente faz a cobrança às operadoras”, explicou Aguiar. O valor cobrado também tem sido crescente.

Rodrigo Aguiar explicou que quanto mais a ANS tornar o processo eficiente e menores forem os prazos de processamento desses dados, de instauração dos processos e encaminhamento às operadoras, “maior a nossa capacidade de cobrança e, por conseguinte, maior também a capacidade de arrecadação”.
Destaques

De acordo com a ANS, os maiores valores cobrados no grupo de internações são para transplantes de rim, tratamentos de doenças bacterianas e cirurgias múltiplas. Já hemodiálise, radioterapia, acompanhamento de pacientes pós-transplante e hormonioterapia do adenocarcinoma de próstata se destacam pelos maiores valores cobrados entre os atendimentos ambulatoriais de média e alta complexidade.

Em relação ao local de ocorrência, São Paulo lidera em termos de número de atendimentos cobrados com Guia de Recolhimento da União (GRU) entre 2000 e 2019, com um total de R$ 2,351 bilhões. O segundo colocado, Minas Gerais, registra três vezes menos que São Paulo, ou seja, R$ 730,28 milhões. Rodrigo Aguiar esclareceu que os números relativos a São Paulo têm ligação direta com a cobertura populacional.

“São Paulo é o estado que tem mais cidadãos beneficiários de planos de saúde e tem a ver também com a densidade demográfica. É muita gente em um único estado. Por isso, acaba tendo essa cobrança e essa arrecadação bem maiores que os outros”. Já em Roraima acontece o inverso. Além de ter a menor densidade populacional, o estado também tem a arrecadação menor, da ordem de R$ 4,09 milhões no acumulado de 2000 a 2019.
Dívida ativa

Quando a operadora de plano de saúde não paga voluntariamente à ANS os valores apurados, ela é inscrita na dívida ativa e no Cadastro Informativo de Créditos Não Quitados do Setor Público Federal (Cadin), ficando também sujeita à cobrança judicial posterior. Em 2019, a ANS encaminhou R$ 105,5 milhões para a dívida ativa. Desde o ano 2000, o ressarcimento ao SUS já encaminhou R$ 1,08 bilhão para inscrição em dívida ativa, sendo R$ 525,63 milhões somente no período de 2015 a 2019. Entre 2001 e 2019, as quantias depositadas em juízo correspondem a R$ 490,7 milhões, segundo a ANS.

Aguiar informou que houve redução significativa nos últimos anos de operadoras inscritas na dívida ativa, “porque a gente conseguiu que as operadoras pagassem mais nos últimos anos”. A ANS estima que, atualmente, encontram-se em depósitos judiciais com GRU expedida R$ 720 milhões, dos quais R$ 170,4 milhões referentes a GRUs vencidas no ano passado.
Expectativas

O diretor de Desenvolvimento Setorial da ANS afirmou que o ano de 2020 será muito desafiador. “A gente vinha com boas expectativas de, pelo menos, manter o nível de arrecadação mas, com o impacto que a gente vem tomando por conta do coronavírus e, principalmente, por conta de uma medida provisória que suspendeu os prazos processuais da administração pública até o final do ano, é muito possível que a gente tenha uma queda acentuada na arrecadação este ano, ao contrário do que se esperava antes de sermos tomados pela crise decorrente do coronavírus”.

Rodrigo Aguiar avaliou que a arrecadação deste ano deverá ficar bem abaixo do recorde registrado em 2019.

Por Agência Brasil

Petrolândia: Blog de Assis Ramalho parabeniza os aniversariantes amigos do Facebook desta sexta-feira, 10 de abril de 2020; veja lista


Mudam de idade hoje (Sexta-feira 10 de abril de 2020) e queremos aqui dedicar este dia especial a Lurdynha Barbosa , Vitor Silva , Felipy Amorim , Clebson Gomes de Sá , Margarida Dória , Marina Andrelina Pereira, Inacio Alves, Marta Magaly, Érica Valéria, Lourinaldo Donato, Camiila Ellen e Maria Socorro
Veja abaixo fotos de aniversariantes de hoje que compõe o Grupo dos 5 mil amigos de Facebook do Blog de Assis Ramalho

Bolsonaro vai a hospital, farmácia e prédio de Brasília e cumprimenta apoiadores 'Ninguém vai tolher meu direito de ir e vir' [Veja vídeo]

Durante a visita que fez ao Sudoeste de Brasília, na manhã desta sexta-feira (10/4), em que esteve em uma farmácia e no prédio onde mora o filho Renan, o presidente Jair Bolsonaro também cumprimentou apoiadores na região.


O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), aproveitou a Sexta-feira Santa (10) para fazer um novo passeio por Brasília, contrariando novamente as recomendações sanitárias de isolamento social para evitar a propagação do novo coronavírus. Bolsonaro deixou o Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência, pouco depois das 9 horas. Na saída, a comitiva do presidente evitou passar pela portaria principal, onde tradicionalmente os jornalistas e apoiadores permanecem à espera de Bolsonaro.

Ele se dirigiu primeiro ao Hospital das Forças Armadas (HFA). Ainda não há informações oficiais sobre o motivo da visita ao HFA. Questionado, ele não quis dizer o que foi fazer no hospital. Na agenda oficial não constava esse compromisso.

Em seguida, às 10h30, o presidente parou em uma drogaria, onde tirou fotos com apoiadores. "Ninguém vai tolher meu direito de ir e vir", afirmou. Veja vídeo abaixo

Atestado médico já pode ser enviado ao INSS pela internet


O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já começou a receber atestado médico pela internet, sem necessidade de perícia. O atestado pode ser enviado pelo site ou aplicativo Meu INSS.

A Portaria Conjunta 9.381, que permite o início do procedimento, foi publicada no Diário Oficial da União. Entre outras medidas, a portaria permite também a antecipação no valor de R$ 1.045 para segurados que solicitarem o auxílio-doença. A concessão se dará sem a realização de perícia médica, enquanto perdurar o regime de plantão reduzido de atendimento nas agências da Previdência Social.
Para requerer o auxílio-doença, o atestado deverá estar legível e sem rasuras; conter a assinatura do profissional emitente e carimbo de identificação, com registro do conselho de classe; conter as informações sobre a doença ou Classificação Internacional de Doenças (CID); e conter o prazo estimado de repouso necessário.

O beneficiário poderá requerer a prorrogação da antecipação do auxílio-doença, com base no prazo de afastamento da atividade informado no atestado médico anterior ou mediante apresentação de novo atestado médico.

Por Agência Brasil

Ministério da Saúde libera mais R$ 4 bilhões a estados e municípios para ações de combate à covid-19


O Ministério da Saúde liberou mais R$ 4 bilhões a estados e municípios para ações de combate à covid-19. O valor é um adicional ao que já recebem para custeio de ações e serviços relacionados à saúde e pode ser utilizado para compra de materiais e insumos, abrir novos leitos e custear profissionais.

A Portaria nº 774/2020 com a liberação foi publicada ontem (9) em edição extra do Diário Oficial da União. O valor corresponde a uma parcela mensal extra do que cada estado ou município já recebe para ações de média e alta complexidade ou atenção primária.

Em mensagem nas redes sociais, o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, disse que os recursos já foram depositados nas contas dos fundos estaduais e municipais de saúde. “A gente acha que, com isso, eles [os gestores de saúde] podem adquirir os equipamentos de proteção individual (EPIs) que a gente começa a trazer da China. Está começando o mercado chinês a se organizar, estamos conseguindo trazer”, disse.

De acordo com o ministro, a primeira carga com 40 milhões de máscaras vinda da China, de uma compra de 240 milhões de máscaras, deve chegar ao país na terça-feira (14). O esforço da equipe do Ministério da Saúde é de trazer 40 milhões por semana. Um edital será aberto para que empresas interessadas em ofertar esses insumos possam se cadastrar.

“Com isso a gente pacifica o mercado brasileiro. E isso, doravante pacificado, a gente já repassa os recursos para que os estados e municípios comprem, a iniciativa privada já está comprando. O mercado está começando a se normalizar, o de EPIs”, explicou o ministro.

Já sobre os respiradores, Mandetta disse que ainda há dificuldade. Segundo ele, foi feito uma acordo com a indústria nacional para elevar de 800 para 15 mil a produção de respiradores mecânicos em 90 dias.

O ministro da Saúde reforçou a orientação da pasta para manter o isolamento social. De acordo com Mandetta, na próxima semana “vamos colher os frutos da difícil redução da mobilidade social”, determinada por estados e municípios nas últimas duas semanas. “Hoje eu vi que o pessoal começou a andar mais, vamos pagar esse preço ali na frente. Esse vírus adora aglomeração, adora contato, adora que as pessoas achem que ele é inofensivo. E aí, as cidades podem pegar a transmissão sustentada [ou comunitária]”, ressaltou.

Por Agência Brasil

Agrodan e Univasf firmam parceria para projetos nas áreas de ensino, pesquisa e extensão

 




Parceria busca aproximar universidade de empresas exportadoras, que possuem grande relevância na região

“Em nosso trabalho, sempre teremos o que aprender e o que ensinar”, afirma Paulo Dantas, diretor presidente da Agrodan. E com essa visão, a empresa, maior produtora e exportadora de mangas do Brasil, fechou, no mês de março, uma parceria com a Universidade Federal do Vale do São Francisco – UNIVASF. O trabalho conjunto terá uma duração inicial de cinco anos e focará em áreas de interesse mútuo dos envolvidos.

A iniciativa partiu da Assessoria de Relações Internacionais (ARI), no âmbito do Programa de Internacionalização da Univasf, e teve o acordo assinado pelo vice-reitor no exercício do cargo de reitor, Telio Nobre Leite, e por Paulo Dantas. A parceria terá projetos e planos específicos apresentados por membros da comunidade acadêmica, que poderão ser realizados estágios para docentes, discentes e técnicos da universidade, projetos para desenvolvimento comunitário e atendimento a populações em estado de vulnerabilidade social, capacitações técnicas para funcionários da Agrodan, desenvolvimento de ações que visem a promoção conjunta da imagem internacional do Vale do São Francisco, entre outros.

Para Paulo Dantas, a parceria agregará muito valor para ambos. “A Agrodan é uma referência no agronegócio no Brasil e no mundo. Temos muitas práticas de sucesso para apresentar à Univasf, assim como sabemos que a equipe da universidade, sejam alunos ou profissionais, poderão trazer muitas inovações e melhorias para nós.”, afirmou o diretor.

O assessor de Relações Internacionais da Univasf, Isnaldo Coêlho, ressalta que o leque de possibilidades de interação institucional com as empresas que atuam na fruticultura na região é muito vasto. “Nosso objetivo com esta iniciativa é aglutinar as instituições de ensino e pesquisa e as empresas da região que tenham interesse em promover ações conjuntas, que, entre outros aspectos, possam fortalecer ainda mais a imagem do Vale do São Francisco no país e no exterior, já que somos uma forte região exportadora”, concluiu.

Por Agrodan - Agropecuária Roriz Dantas

Petrolândia: Loja Frank Eletro deseja uma Feliz Semana Santa aos clientes e amigos


Da Redação do Blog de Assis Ramalho

Diante da Pandemia, Prefeitura de Jatobá-PE reforça distribuição de cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade


A Prefeitura Municipal de Jatobá, através da Secretaria de Assistência Social, continua a distribuição de cestas básicas para as famílias atendidas pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

A secretaria já atende mensalmente um número expressivo de famílias. A ação está sendo reforçada, excepcionalmente por conta da pandemia do novo coronavírus. Nos dias 06 a 08 de abril a Prefeitura distribuiu 450 Cestas Básicas, sendo 300 pela Assistência Social e 150 com recursos devolvidos pela Câmara de Vereadores.

Já foram feitas aquisições de mais um quantitativo de cestas para contemplar um maior número de famílias em situação de vulnerabilidade, o que está apenas dependendo do fornecedor realizar a entrega.

A Prefeita Goreti Varjão (SD), informou que a gestão também tomou a iniciativa de adquirir 1.600 unidades de água Sanitária e 1.600 Barras de Sabão que foram acrescentadas as cestas e continuarão nas entregas posteriores. Destacou ainda que a equipe da Assistência Social está levando as cestas para aquelas pessoas que residem na Zona Rural e não tem condições de se dirigir a sede do município.

“Nós estamos trabalhando e atentos a situação do município e das pessoas que mais precisam e para isso estamos reforçando o programa neste momento em que vivemos uma situação de isolamento social, sem podermos sair para trabalhar”, disse a Prefeita Goreti Varjão (SD).

Por Portal Jatobá
ASCOM PMJ

Petrolândia: Aniversariante desta sexta-feira (10), Adriana Silva recebe os parabéns do marido Edmilson do Plano Saf


Adriana Silva, residente em Petrolândia, é aniversariante desta sexta-feira da Paixão 10 de abril de 2020, e recebe no Blog de Assis Ramalho o carinho e os parabéns do marido Edmilson da Silva Oliveira. Ambos são funcionários/administradores da Rede SAF em Petrolândia.

As felicitações também são do Blog de Assis Ramalho e da Web Rádio Petrolândia.

Parabéns!!!

Ver abaixo mais fotos da aniversariante

Petrolândia: Prefeitura avisa que não haverá coleta de lixo nesta Sexta-Feira Santa; Atividades voltam à normalidade a partir de segunda-feira


A Secretaria de Serviços Urbano, informa a todos os moradores de Petrolândia, que como acontece sempre nos feriados, o carro da coleta não irá passar HOJE (10/04) Sexta-feira Santa

E assim pedimos aos moradores das quadras 9 até a 17, Centro e Orla, que não coloquem o lixo nas calçadas HOJE

Para evitar que os animais de rua, rasguem os sacos, sacolas, e revire baldes e depósitos, espalhando o lixo pelas ruas!

Apartir de amanhã (11/04), retomaremos as atividades normais!

Agradecemos a compreensão de todos!

Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de PETROLÂNDIA.

Petrolândia: [Covid-19]: Semana Santa sem encenação da Paixão de Cristo, veja fotos e vídeo desta Sexta-feira (10/04/2020) no mirante da serrota


 
 

A tradicional encenação da Paixão de Cristo, momento mais emblemático das celebrações da Semana Santa, não foi realizada em 2020 em Petrolândia, no Sertão do Pernambuco. O motivo é a suspensão das cerimônias presenciais evitando aglomerações e consequentemente as chances de disseminação do novo coronavírus.

A representação - que em todos os anos é realizada por jovens da Paróquia de São Francisco de Assis, que lembra a paixão e morte de Jesus, foi adiada para uma outra data a ser anunciada após o fim/controle desta pandemia.

Na manhã de hoje (10/04/2020) a reportagem do Blog de Assis Ramalho e da Web Rádio Petrolândia, fez visita ao mirante da serrota, local próximo a cidade, onde tradicionalmente é realizada as encenações da trajetória de Jesus Cristo, até a morte.

Ao contrários de outros anos, encontramos por lá pouco fiéis que faziam suas orações. Também aproveitavam a oportunidade para registrar fotos da bonita paisagem. Conversamos com alguns deles.

(Veja abaixo o vídeo).



REVIVENDO A SEMANA SANTA DE 2019 EM PETROLÂNDIA