quarta-feira, 24 de março de 2021

Governo da Bahia anuncia “lockdown parcial” em Paulo Afonso e mais 8 municípios da região



Apenas os serviços essenciais vão funcionar em 9 municípios da região de Paulo Afonso a partir do próximo sábado (27). A ampliação das medidas restritivas na região foi definida pelo Governo do Estado e prefeituras com o objetivo de frear a disseminação da Covid-19. A ocupação de todos os leitos da UPA chegou 100% e da UTI Covid do HMPA a 90%.

As medidas valem até o dia 05 de abril, portanto, durante toda Semana Santa, nos municípios de Paulo Afonso, Glória, Santa Brígida, Abaré, Chorrochó, Rodelas, Macururé, Pedro Alexandre e Jeremoabo. O decreto com as restrições foi publicado em edição especial no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (24).

Até as 5h da segunda-feira, dia 05 de abril será permitido somente o funcionamento de atividades relacionadas à saúde e ao enfrentamento da pandemia, bem como à comercialização de gêneros alimentícios e feiras livres. Os estabelecimentos que funcionem como mercados poderão comercializar somente gêneros alimentícios, bebidas não alcoólicas e produtos de limpeza e higiene, sendo vedada a venda de bebidas alcoólicas, de 27 de março até as 5h de 05 de abril.

Estabelecimentos comerciais como restaurantes, bares e congêneres devem funcionar com portas fechadas, sendo permitida apenas a entrega em domicílio (delivery) até as 24h. Fica vedada, nos 09 municípios, a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, das 18h de 27 de março até às 5h de 05 de abril.

Também ficam suspensos, de 27 de março a 05 de abril, as atividades presenciais nos órgãos e entidades da Administração Pública Estadual não enquadrados como serviços públicos essenciais e os atendimentos presenciais do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC).

A Secretaria da Segurança Pública (SSP), por meio das polícias Militar e Civil, apoiará as gestões municipais para garantir o cumprimento das medidas restritivas adotadas, em conjunto com Guardas Municipais.

Por PA4

Brasil atinge 300 mil mortos por Covid-19 um dia após recorde de mais de 3 mil vidas perdidas em 24 horas

 

300.000 vidas perdidas. Trezentas mil. Este é o tamanho da tragédia brasileira em um ano de pandemia da Covid-19. Tragédia que, infelizmente, está longe de terminar e dá poucos sinais de que vai melhorar. O número foi atingido mesmo com mudança no sistema de notificação do Ministério da Saúde que causou atrasos no registros de mortes nesta quarta-feira (24).

O país atinge mais uma marca assombrosa um dia depois de registrar, pela primeira vez, mais de três mil mortes em apenas 24 horas. E num momento de colapso nos hospitais, tanto públicos quanto privados. UTIs superlotadas desafiam profissionais de saúde já esgotados.

Com dados novos de 10 estados (AL, BA, GO, MG, MS, MT, PR, RN, SP e TO) desde a véspera, o país soma agora 300.015 óbitos. Casos confirmados de Covid-19 são 12.183.338.

Os níveis de contágio seguem elevados, e governadores e prefeitos tentam conter o avanço do vírus com medidas mais duras de restrição. Ainda assim, o Brasil não chegou a viver nenhum tipo de lockdown completo, como ocorreu em outros países. Sem direcionamento nacional efetivo para lidar com a pandemia, medidas de isolamento seguem sendo desrespeitadas em larga escala.

Esses números poderiam ser ainda maiores não fosse uma mudança no sistema de notificação de Ministério da Saúde – que as secretarias estaduais de saúdes dizem que será abandonada – que passou a exigir mais dados sobre cada vítima da doença no país.

Essa mudança reduziu o número de mortes informadas nesta quarta. São Paulo, por exemplo, notificou 281 mortes no dia – a média até então, era de 532 mortes por dia. Na terça, foram 1.021. Mato Grosso do Sul informou 20 mortes, ante uma média diária de de 29. Em Santa Catarina, o setor responsável disse que a alteração gerou instabilidade e atraso das notificações.

Os dados abaixo indicam o quão preocupante é o cenário da pandemia no país e podem ajudar a entender a necessidade de medidas urgentes:

Os índices de ocupação de leitos de UTI no Brasil têm 'quadro extremamente crítico'. Com exceção do Amazonas e de Roraima, todos os demais estados estão na classificação de "alerta crítico" de lotação, segundo a Fiocruz.

A ameaça de falta de oxigênio hospitalar preocupa autoridades e a população. Seis estados são os mais críticos para falta de oxigênio, segundo a Procuradoria-Geral da República: AC, RO, MT, AP, CE e RN. Outros sete estão em estágio de atenção: PA, BA, MG, SP, PR, SC e RS.
Entidades da saúde estão em alerta para uma potencial crise de desabastecimento dos chamados 'kits intubação'. Medicamentos estão em baixo estoque, e a alta no preço deles chega a 1.700%.
O ritmo de vacinação no país está baixo, segundo especialistas, e também preocupa. Pela 6ª vez, o governo reduziu a previsão de doses das vacinas a serem disponibilizadas.

O ritmo de vacinação ainda lento, as mudanças no calendário de imunização e para a chegada de novas doses, além da escassez da vacina em todo mundo, dificultam a perspectiva de controle da doença.

O Brasil é o país com o maior número diário de mortes por Covid-19 desde 5 de março, quando ultrapassou os Estados Unidos. Entre as cinco nações com mais óbitos, o Brasil sempre teve uma média de mortes próxima à de México, Índia e Reino Unido.

Desde janeiro, quando o presidente norte-americano Joe Biden tomou posse e intensificou a política de vacinação, os EUA reduziram drasticamente o número diário de mortes. Enquanto isso, o Brasil passou por considerável piora nos números da pandemia. Hoje, o país tem mais mortes do que todos os 27 países da União Europeia somados.


Escalada de mortes

O registro do primeiro óbito por Covid-19 no Brasil ocorreu em 12 de março. Foram necessários 149 dias para que o número chegasse a 100 mil – marca atingida em 8 de agosto do ano passado.

De 100 mil mortos a 200 mil, em 7 de janeiro, foram outros 152 dias. O ritmo crescente dos contágios visto desde o começo do ano fez com que caísse para apenas 76 dias o intervalo até as últimas 100 mil mortes que possibilitaram a marca de 300 mil desta quarta-feira.

O ritmo assustador na alta de mortes traz consigo outras marcas tristes. A média móvel de óbitos completou 25 recordes seguidos até a terça-feira (23), quando chegou a 2.349.

Por G1

Governadores de 16 estados assinam carta à Câmara e Senado pedindo volta de R$ 600 no auxílio emergencial



Nesta quarta-feira (24), governadores de 16 estados assinaram uma carta aos presidentes da Câmara dos Deputados e ao Senado pedindo a aprovação de um auxílio emergencial no valor de R$ 600, com os mesmos critérios que haviam no ano passado para recebimento do benefício.

Como justificativa, a carta lembra a crise sanitária vivida no país por causa da Covid-19 e a necessidade de um apoio financeiro aos mais pobres. Nessa terça-feira (23), o Brasil bateu novamente o recorde de mortes por Covid-19 confirmadas em 24 horas. Foram mais de 3 mil em um único dia.

"Temos o cenário dramático de quase 300 mil vidas perdidas. Diariamente, vemos recorde de mortes, lotação de leitos hospitalares, ameaça de falta de medicamentos e esgotamento das equipes de saúde. O calendário nacional de vacinação e a obtenção de novas doses de imunizantes contra a Covid-19 estão mais lentas do que as respostas que precisamos para reverter esse quadro", diz a carta.

Atualmente, o governo federal avalia a criação do novo auxílio emergencial com mudança nas regras de recebimento e nos valores do benefício. As novas regras estão em uma medida provisória assinada na última quinta-feira (18) pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Ela prevê o pagamento de quatro parcelas mensais, até julho.

Pelas novas regras, ficaram estabelecidos pagamentos de R$ 150 para pessoas solteiras, R$ 250 para casais e R$ 375 para mães que sustentam individualmente suas famílias — apenas uma pessoa por família será beneficiada.

Além disso, o auxílio só será pago a famílias com renda total de até três salários mínimos por mês, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. Segundo o governo, o benefício deverá ser pago a 45,6 milhões de famílias.

Para quem está no Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso. A pessoa receberá o benefício com maior valor, seja a parcela paga no âmbito do programa, seja o valor do Auxílio Emergencial.

Assinam a carta os governadores:

Renan Filho - Governador do Estado de Alagoas
Waldez Góes - Governador do Estado do Amapá
Rui Costa - Governador do Estado da Bahia
Camilo Santana - Governador do Estado do Ceará
Renato Casagrande - Governador do Estado do Espírito Santo
Flávio Dino - Governador do Estado do Maranhão
Reinaldo Azambuja - Governador do Estado de Mato Grosso do Sul
Helder Barbalho - Governador do Estado do Pará
João Azevêdo - Governador do Estado da Paraíba
Ratinho Junior - Governador do Estado do Paraná
Paulo Câmara - Governador do Estado de Pernambuco
Wellington Dias - Governador do Estado do Piauí
Fátima Bezerra - Governadora do Estado do Rio Grande do Norte
Eduardo Leite - Governador do Estado do Rio Grande do Sul
João Dória - Governador do Estado de São Paulo
Belivaldo Chagas - Governador do Estado de Sergipe


Leia na íntegra a carta dos 16 governadores aos presidentes das Câmara dos Deputados e do Senado Federal sobre o valor do auxílio emergencial:

"Os Governadores dos Estados abaixo assinados apoiam a iniciativa das 300 organizações que compõem a “Campanha Renda Básica que Queremos” e solicitam a adoção das providências necessárias para garantir segurança de renda à população, associada às medidas de distanciamento social, essenciais para serem adotadas neste momento de intenso aumento de casos e mortes decorrentes da Covid-19.

Temos o cenário dramático de quase 300 mil vidas perdidas. Diariamente, vemos recorde de mortes, lotação de leitos hospitalares, ameaça de falta de medicamentos e esgotamento das equipes de saúde. O calendário nacional de vacinação e a obtenção de novas doses de imunizantes contra a Covid-19 estão mais lentas do que as respostas que precisamos para reverter esse quadro.

Agir contra esse cenário requer medidas sanitárias e garantia de uma renda emergencial. Somente com essas medidas seremos capazes de evitar o avanço da morte. Por isso, entendemos que a redução dos valores do auxílio emergencial é inadequada para a eficácia da proteção da população. Enquanto a vacinação não acontecer em massa, precisamos garantir renda para a população mais vulnerável.

Por isso, solicitamos ao Congresso Nacional que disponibilize os recursos necessários para o Auxílio Emergencial em níveis que superem os valores noticiados de R$ 150,00, R$ 250,00 e R$ 375,00.

Exatamente há um ano, no início da pandemia, os Governadores manifestaram-se favoráveis à implantação de uma renda básica no País. Hoje, mais do que nunca, é comprovada a sua necessidade, urgência e o impacto que se pode alcançar. Por isso, neste momento, defendemos auxílio emergencial de R$ 600,00, com os mesmos critérios de acesso de 2020.

Não obstante o exposto acima, os signatários desta carta entendem a importância de o País não se desviar de seu compromisso com a responsabilidade fiscal. É importante entender o esforço de mitigação da crise atual para os mais vulneráveis como extraordinário e temporário. Logo à frente precisaremos voltar a uma trajetória de ajustamento fiscal que compatibilize os necessários programas sociais com um financiamento responsável dos mesmos.


Brasília, 24 de março de 2021."

Por G1

Petrolândia: Dr. Paulo Sobreira (Pediatra) atende na Climagem às terças e quintas-feiras a partir das14h; agende já a sua consulta

 


A CLIMAGEM - Clínica de Atendimento Médico e Diagnóstico por Imagem, informa que Dr. Paulo Sobreira (Pediatra) atende às terças e quintas-feiras a partir das14 horas.

As consultas podem ser agendadas no local ou pelos telefones (87) 3851-1195 e (87) 99818-5164.


A CLIMAGEM - Clínica Médica e Diagnóstico por Imagem, com responsabilidade técnica de Dr. Antonio Marcos de Souza, está situada na Av. Marquês de Olinda, 32, centro de Petrolândia, próximo à Pousada e Empório Atenize.

Atendimento de segunda a sexta-feira, das 08h00 às 12h00 e das 14h00 às 18h00.


Da Redação do Blog de Assis Ramalho
Informação: Climagem

Celpe prorroga prazo para clientes pagarem conta atrasada com desconto


A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) prorrogou até o dia 16 de abril a Campanha Saldão 30%. A decisão foi anunciada nesta terça-feira (23) à tarde. A iniciativa tem como finalidade zerar a cobrança de juros, correção e multa dos clientes que possuem contas de energia elétrica com mais de 180 dias de atraso no pagamento, podendo chegar a um desconto de até 30% no valor total da dívida.

Na campanha, a concessionária permite a quitação do débito à vista ou dividido em até doze parcelas no cartão de crédito. A intenção da companhia é contribuir com a recuperação financeira dos consumidores que tiveram dificuldade de liquidez durante a pandemia. Todo o processo é realizado de forma virtual, evitando assim aglomeração nas lojas da concessionária.

O Saldão 30% poderá ser aproveitado por clientes de todas as classes, podendo ser residencial, comercial, industrial, poder público ou qualquer outro que possua faturas com mais de seis meses de atraso no pagamento. As contas de energia em aberto com menos de seis meses de atraso não se enquadram na campanha.

O cliente que deseja participar do Saldão deve entrar no portal de negociações da Celpe (clique aqui e acesse) e realizar todo processo, finalizando com a escolha da forma de pagamento. Lembrando que na opção pela divisão em 12 parcelas, a pessoa deve pagar os juros do cartão de crédito.

A Campanha Saldão 30% é mais uma iniciativa da Celpe com a finalidade de contribuir com seus clientes durante a pandemia. Nos últimos 12 meses, a concessionária ampliou suas formas de pagamento digital, com possibilidades de quitação via PicPay, Pix, RecargaPay e débito em conta, além dos agentes bancários tradicionais.

A fatura pode ser entregue via e-mail, para evitar contato com o papel e contribuir com o isolamento social e meio ambiente. O atendimento ao público foi ampliado ou passou a ser feito também pelo Whatsapp (32176990), Facebook, teleatendimento (116), site oficial (www.celpe.com.br) e nas tradicionais lojas de atendimento, que estão seguindo todos os protocolos sanitários visando a segurança dos clientes e dos atendentes.

Marcelo Queiroga diz que meta do governo é vacinar 1 milhão por dia


Marcelo QueirogaIgo Estrela/ Metrópoles
Marcelo Queiroga diz que meta do governo é vacinar 1 milhão por dia

Em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (24/3), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que o principal compromisso do governo é implementar uma forte campanha de vacinação. A expectativa do novo ministro é triplicar o ritmo de imunização e vacinar, diariamente, 1 milhão de pessoas contra a Covid-19. Hoje, são aplicadas cerca de 300 mil doses por dia




“Sabemos que 95% da população brasileira deseja ser imunizada, e temos que fazer todos os esforços para que o programa de vacinação tenha concretude. O Brasil é o quinto país em aplicação de vacinas. É verdade que a nossa população é muito grande e que precisamos avançar”, diz Queiroga.

Segundo ele, a meta de 1 milhão de doses por dia é plausível e há condições de ampliar ainda mais a campanha. “Não quero me comprometer além disso, porque precisamos procurar mais vacinas. Temos a indústria nacional de vacinas, e estamos buscando outras disponíveis”, ressaltou.

Por Metrópoles

Petrolândia tem CL Extintores - Vendas, recargas, manutenções, Instalações, Projetos e Atestado de Regularidade

 


 Empresário Lucena, Sargento Reformado do Corpo de Bombeiros



Com cada vez mais incidentes de incêndio em residências e pontos comerciais nos últimos anos, a atenção vem sendo redobrada para um item de segurança muito presente e importante no combate ao fogo: os extintores de incêndio.

Vale lembrar que o equipamento deve ser recarregado anualmente - apenas o de CO2 deve ser inspecionado a cada seis meses, e recarregado se houver necessidade.

Para isso, o município de Petrolândia, no Sertão de Pernambuco, conta com os competentes serviços da CL Extintores, sob a adminstração de Lucen - Sargento Reformado do Corpo de Bombeiros.

CL EXTINTORES - Vendas, Recargas, Manutenção, Instalações, Projetos e Atestado de Regularidade.

A CL Extintores fica situada na Rua Maria Francisca da Conceição, Quadra 04, próximo a Policlínica, no no centro de Petrolândia.

Contato: Cel. (87) 9.9670-2530 - (81) 9.9747-5795

CL EXTINTORES é nova parceria comercial do Blog de Assis Ramalho e Web Rádio Petrolândia

 Empresário Lucena, Sargento Reformado do Corpo de Bombeiros

Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Assis Ramalho/BlogAR

Colisão entre caminhão e carro na BR-408 deixa homem morto e mulher e bebê feridos no município de Aliança, na Zona da Mata de Pernambuco


Colisão entre carro e caminhão ocorreu por volta das 10h desta quarta-feira (24) na BR-408, em Aliança, na Zona da Mata de Pernambuco — Foto: PRF/Divulgação

Uma colisão entre um carro e um caminhão na BR-408 deixou um homem morto e uma mulher e um bebê feridos na manhã desta quarta-feira (24).

O acidente ocorreu por volta das 10h, no quilômetro 36,2 da rodovia, no município de Aliança, na Zona da Mata de Pernambuco, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

“Estava chovendo e a suspeita é de que o motorista tenha perdido o controle do veículo em uma curva e colidiu no caminhão. O motorista do caminhão saiu do local antes da chegada da viatura”, informou a PRF, em nota.

Ainda segundo a corporação, o motorista do carro morreu no local da colisão. Uma mulher e um bebê com aproximadamente 1 ano de idade ficaram feridos e foram socorridos inicialmente para um hospital em Aliança, com possibilidade de transferência para uma unidade de saúde no Recife.

O nome e a idade do motorista do carro não foram informados. Como a PRF também não divulgou o nome da mulher e do bebê feridos, a reportagem não teve acesso ao estado de saúde deles.

Policiais rodoviários federais foram até o local do acidente para sinalizar desvios e organizar o trânsito nesse trecho da estrada.

Por G1 PE

Petrolândia: Dr. Cleovan Almeida (Oftamologista) atende na Petroclínica neste sábado (27/03); Agende sua consulta


A Petroclínica, situada na Rua José Benedito da Silva (Por trás da Eletroléo), no centro de Petrolândia, informa que Dr. Cleovan Almeida (Oftamologista) atenderá neste sábado, 27 de março de 2021.

Atenção cliente amigo: informamos o uso obrigatório de máscaras no nosso estabelecimento e o agendamento prévio de exames e consultas, para que não hajam aglomerações trazer acompanhante somente em casos de extrema necessidade. Contamos com a colaboração de todos.

A Petroclínica respeita você e sua saúde!! Consultas com horário marcado para sua segurança e conforto ! Agende já a sua!

Fones : 87 3851-2333 / 87 998050774

ATENÇÃO!
Cumprindo procedimentos no combate à Covid-19, a Petroclínica anuncia aos clientes atendimento normal durante o período de quarentena

Petroclínica, situada na na Rua José Benedito da Silva (Por trás da Eletroléo) centro de Petrolândia


AVISO:

A Petroclínica informa a todos os clientes e amigos que estamos funcionando normalmente. Obedecendo a todas as normas de biossegurança estabelecidas pelo ministério da saúde (Uso obrigatório de máscara, Disponibilizando álcool a 70%, horários previamente agendados e permitindo acompanhantes somente em casos de extrema necessidade para evitar aglomerações.

Petroclínica do Bairro Nova Esperança, situada nas margens da BR-316, em frente ao Condomínio Dr Francisco Simões.


SAIBA MAIS SOBRE A PETROCLÍNICA EM PETROLÂNDIA-PE


A Petroclinica conta com uma equipe totalmente qualificada para cuidar da sua saúde:
Veja abaixo a relação dos demais profissionais que atendem na Petroclínica.

* Dr Rommel Alencar ( fisioterapia em geral)
* Dra Cicera Elisane ( fisioterapia em geral)
* Dra Nubia Lopes ( ginecologia e ultrassonografia)
* Dra Socorro Carvalho ( ginecologia e ultrassonografia)
* Enf Joane Barboza ( preventivo com câmera, Depilação a luz intensa pulsada, pré natal e drenagem linfática)
* Dr Marcos Bispo ( Gastroendoscopia)
* Dr Italo Porto ( psicólogo)
* Dra Andreza carvalho ( Psicóloga)
* Dr Valmir Mizio ( Psicólogo)
* Dr Emílio Araújo ( Psiquiatra)
* Dra Bruna Lopes ( dentista- ortodontia)
* Dr Igaro Cordeiro ( cirurgião dentista- Canal em sessão Única)
* Dra Rubinara Dória ( cirurgiã dentista)
* Dra Edilene Oliveira ( Nutricionista)
* Dra Tamires Greicelli ( Nutricionista )
* Dra Bárbara Lopes ( dermatologia Clínica e estética)
* Dr Cleovan Almeida ( oftalmologista)
* Dra Raylla França ( clínica Médica)
* Dr Ebenone ( Ortopedista)

* Realizamos mamografia Digital
* A Petroclínica também realiza Mamografia Digital

Da Redação do Blog de Assis Ramalho

 

Petrolândia: Secretaria de Saúde anuncia mais um médico para o município; Dr. Danilo Jorge [Especialista em Ultrassonografia]

 

Mais um MÉDICO ESPECIALISTA na Saúde de Petrolândia.
Dr. Danilo Jorge, Médico Especialista em Ultrassonografia, agora disponível para atender toda a população de Petrolândia.

A saúde avança, médicos especialistas para atender o nosso povo.

Divulgação/Prefeitura de Petrolândia

Carga de 26,5 mil maços de cigarro do Paraguai avaliada em R$ 132 mil é apreendida em Serra Talhada


Uma carga de 26,5 mil maços de cigarro do Paraguai, que era transportada em um caminhão, foi apreendida na terça-feira (23), na BR-232, em Serra Talhada, no Sertão pernambucano. Na ocasião, dois homens foram detidos pela Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Segundo a PRF, os policiais encontraram um caminhão quebrado no acostamento da rodovia. Ao verificar o compartimento de carga do veículo, foram encontradas 530 caixas de cigarro, avaliadas em R$ 132.500. O motorista informou que havia sido contratado para transportar o veículo do Piauí até o Recife.

A equipe descobriu também que um carro realizava a escolta do caminhão e conseguiu apreender o veículo na rodovia. O motorista foi detido e encaminhado junto com o caminhoneiro à Delegacia de Polícia Federal de Salgueiro, que irá continuar com as investigações do caso.

Por G1 Caruaru

Ministro da Cidadania diz que governo estuda mudanças no Bolsa Família



O ministro da Cidadania, João Roma, afirmou hoje (24) que o governo avalia fazer mudanças no programa Bolsa Família. De acordo com o ministro, há um estudo em discussão na pasta tratando da ampliação do programa. Em audiência na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados, Roma disse que haverá uma reunião na próxima semana com integrantes da Frente Parlamentar Mista de Renda Básica para debater o tema, mas não deu maiores detalhes.

“Há uma estudo no ministério buscando o fortalecimento do programa Bolsa Família. Tenho conversado com diversos colegas parlamentares, de diversas correntes, sobre o tema e inclusive pré-agendamos uma reunião, no dia 29 de março, com a Frente Parlamentar de Renda, onde vamos discutir um pouco para que a gente possa buscar agregar e construir uma proposta de ampliação do programa”, afirmou.

A intenção do governo, disse Roma, é que a mudança no programa seja implantada a partir de agosto, após o final do pagamento do auxílio emergencial, previsto para julho. Na audiência, o ministro reafirmou ainda que o pagamento da nova rodada do auxílio emergencial será realizado a partir do mês de abril. De acordo com Roma, a pasta está finalizando os contratos com a Dataprev e a Caixa Econômica Federal (CEF) para finalizar o calendário de pagamentos.

“Estou confiante em conseguir executar o pagamento já agora no mês de abril, de uma forma tranquila, transparente, evitando aglomerações, dando o máximo de informações e recursos digitais também, para que essas famílias possam receber esses recursos”, disse Roma.

A nova rodada de pagamento do auxílio será paga em três valores diferentes. Serão R$ 150 para os beneficiários que moram sós; R$ 250 para famílias e R$ 375 às mulheres que são chefes de família. No total, serão pagas quatro parcelas nos meses de abril, maio, junho e julho. A previsão é que 46 milhões de famílias deverão ser beneficiadas com a medida.

“Essa nova rodada de auxílio deve abranger cerca de 46 milhões de beneficiários. Acredito que teremos números precisos no final da próxima semana com o detalhamento inclusive de quais públicos específicos poderemos dispor”, disse Roma.

Por Agência Brasil

Por engano, doméstica joga R$ 10 mil da patroa no lixo em Pernambuco; dinheiro é encontrado após rastreio


Uma empregada doméstica colocou no lixo, sem querer, uma sacola com R$ 10 mil da patroa, no Recife. O dinheiro acabou sendo levado pelo caminhão da coleta e uma verdadeira operação com direito a rastreamento por GPS foi montada para recuperar o montante. Os coletores de lixo reviraram cerca de três toneladas de lixo durante três horas até encontrarem as cédulas.

Tudo começou quando a patroa deixou o dinheiro dentro de uma sacola em cima de um móvel. A empregada, que não sabia o que havia no pacote e pensava que era lixo, recolheu e colocou na calçada junto com o restante dos resíduos da casa.

“Quando a senhora sentiu falta do dinheiro, ligou para a Emlurb e falou com a secretária do diretor. Eu estava passando na hora e disse: ‘vamos ajudar’. Fomos à sala de controle operacional para localizar o carro”, explicou o gerente-geral de Fiscalização e Limpeza da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb), Avelino Pontes.

Todos os caminhões que fazem a coleta de lixo no Recife são equipados com GPS, que realizam o rastreamento em tempo real. Com o auxílio dessa tecnologia, foi possível localizar o caminhão que havia passado na rua. O motorista então recolheu o veículo para a Diretoria de Limpeza Urbana, na avenida Recife.

No pátio da diretoria, o caminhão foi descarregado e teve início a busca pelo pacote dos R$ 10 mil. “O caminhão já estava pela metade. Depois do lixo dessa residência, fez mais 15 ruas e tinha uma média de três toneladas. Descarregamos e os garis começaram a busca, foram quase três horas. Na primeira leva, catamos todo o lixo e não achamos”, acrescentou Avelino.

Apesar de ser um valor alto, o dinheiro estava agrupado em notas de R$ 100. Ou seja, não era um pacote muito grande e pesado. Foi então que a estratégia de busca no meio do lixo mudou.

“Para achar esse pacotinho vamos ter que abrir saco por saco. Foi quando começamos com a segunda busca. O esforço dos meninos foi enorme, ficaram o tempo todo abaixados, foi um trabalho muito bonito. Na segunda busca, acharam. Já foi no finalzinho, estavam perdendo a esperança”, completou Avelino.

Coletor há cinco anos, Lucas Gomes da Silva, de 26, conta que a busca pelo dinheiro foi difícil, mas houve alívio ao final. Ele diz que, nesse tempo de trabalho, nunca passou por nada parecido.

"O dinheiro estava enrolado num saco plástico preto. Pegamos sem saber, colocamos para dentro do carro e continuamos a coleta", contou.

No meio das buscas, Lucas diz que chegou a perder a esperança em achar as cédulas, mas seguiram em frente. "Quando a gente estava perdendo a esperança, um amigo meu estava ciscando com um garfo e então a gente achou. Agradeceram a gente", completou.

"Foi uma sensação de alívio", contou a dona do dinheiro sobre o fim das buscas. “Agradeceram e ficaram muito felizes de termos achado, ainda mais nessa situação de crise que estamos vivendo. A senhora relatou que o dinheiro era para pagar alguém por algum serviço prestado”, finalizou Avelino Pontes.

Por Folha de Pernambuco

Vídeo! Em reunião, Bolsonaro e presidente de cada poder criam comitê para combate da pandemia; assista discursos


Um pacto entre os poderes da República foi firmado, nesta quarta-feira (24), em um encontro entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) com os presidentes do Legislativo, Judiciário e Tribunal de Contas, com a presença de governadores. No encontro, foi criado um comitê com os representantes de cada poder, para traçar uma estratégia articulada na crise sanitária.

O encontro foi realizado no dia seguinte do Brasil ultrapassar a marca de 3 mil mortos pela Covid-19 em um único dia pela primeira vez - tal quantidade de mortos só havia sido superada pelos Estados Unidos, no auge da pandemia ainda governado por Donald Trump - e na data em que o país deve chegar a 300 mil mortos pela doença.

div 

Adotando o mesmo tom que usou no seu pronunciamento na noite desta terça (23), que contrasta com o discurso adotado desde o início da pandemia, quando desaconselhou o uso de máscara e o distanciamento e desacreditou a vacina, Bolsonaro pregou a união entre os poderes. "Uma reunião bastante proveitosa. Mais do que a harmonia, imperou a solidariedade e a intenção de minimizarmos os efeitos da pandemia. A vida em primeiro lugar", declarou.

Segundo o presidente, o comitê servirá para unificar o combate à pandemia da Covid-19. Ele citou, ainda, que houve unanimidades na reunião, a exemplo da necessidade de vacinação em massa. Depois, voltou a insistir na "possibilidade de tratamento precoce, que respeita o direito e o dever do médico de tratar os infectados". A gravidade das variantes do vírus foi destacada por Bolsonaro. "Uma nova cepa, um novo vírus pareceu e nós obviamente nos preocupamos para dar um tratamento adequado a essas pessoas", disse, conclamando a união entre os poderes como o caminho para o País enfrentar a pandemia.

O segundo a se pronunciar foi o novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que elogiou o que foi encaminhado no encontro. "Participamos de uma reunião de alto nível. A conclusão é o fortalecimento do Sistema Único de Saúde e a articulação dos três níveis da União", afirmou. Segundo Queiroga, essa organização conjunta vai prover com agilidade uma campanha de vacinação mais eficiente.

Entre as medidas que serão tomadas, o ministro destacou a "criação de protocolo assistenciais capazes de mudar a história da doença" e voltou a enaltecer o SUS. "O sistema de saúde do Brasil dará a resposta que a população brasileira quer, para que cumpramos nosso dever como poder público e consigamos o apoio e o respeito da sociedade civil", afirmou.

Senado
O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) estava afinado com os discursos dos que o antecederam, pedindo harmonia no enfrentamento da doença. "O momento impõe o dever cívico, patriótico e de responsabilidade a união. Essa união significa um pacto nacional liderado por quem a sociedade espera que lidere, que é o senhor presidente da República, Jair Bolsonaro, já com a compreensão de que medidas precisam ser tomadas. E, sob a liderança política, haver a liderança técnica contundente e urgente através do dr. Marcelo Queiroga", frisou.

"Os poderes são independentes, mas devem ser harmônicos. Estejamos todos imbuídos desse propósito colaborativo", disse. Pacheco explicou que durante o encontro recebeu a tarefa de ser o mediador junto aos governadores, ouvindo a demanda de todos.

Câmara dos Deputados
No mesmo tom que seu colega de parlamento, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP) adotou um discurso de conciliação, pedindo a despolitização do combate ao coronavírus.

"A união de todos para que nós consigamos comunicar melhor, despolitizar a pandemia, desarmar os espíritos e tratarmos o problema como de todos nós, um problema nacional", ponderou. "Falarmos uma linguagem só, um acompanhamento diário e responsável de informação para que nossa população tenha toda a assistência, com acompanhamento, para que possamos ter rumos e termos um único discurso, uma única orientação nacional conduzida pelo Ministério da Saúde", pontuou.

Segundo ele, ainda hoje se reunirá com os líderes partidários para votar na pauta do dia temas relacionados à pandemia, como a ampliação de leitos, solução dos problemas de oxigênio e insumos, entre outros.

Supremo Tribunal Federal (STF)
De acordo com o ministro Luiz Fux, presidente do STF, por sua natureza, o poder judiciário não pode participar diretamente desse comitê. Contudo, "com os problemas da pandemia que exigem soluções rápidas, vamos traçar estratégias para evitar a judicialização", explicou.

Tribunal de Contas da União (TCU)
O presidente do TCU, José Múcio Monteiro Filho, disse ter saído otimista da reunião pois houve convergência. "Aquilo que foi proposto pelo presidente do Senado foi acolhido pelo presidente da República, que indicou que estará a fente do comando dessa comissão", afirmou. "É um ponto em que há convergência de todos para salvar vidas".

José Mucio ainda destacou o papel que terá a diplomacia brasileira para negociar e cobrar sensibilidade dos países que estão com estoque de vacina, bem como sensibilizar os laboratórios para que o país receba mais doses.

Por Folha de Pernambuco
Vídeo: Foco do Brasil

Boletim desta quarta-feira (24/03/2021): Pernambuco registra recorde de casos de Covid-19 com 2.738 infectados em 24 horas



Pernambuco registrou 2.738 casos de Covid-19 em 24 horas, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), nesta quarta-feira (24). É o maior total de diagnósticos positivos notificados em um único dia desde o início da pandemia no Estado.

A marca mais alta registrada anteriormente era de 2.512, em 30 de dezembro de 2020. Com a atualização, Pernambuco totaliza 336.236 casos de Covid-19.

Entre os notificados nesta quarta, 133, o equivalente a 5%, são de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 2.605 (95%) são leves.

O boletim desta quarta também confirma 45 mortes, ocorridas entre os dias 16 de fevereiro e essa terça-feira (23). Com isso, o Estado totaliza 11.807 mortes pela Covid-19.

Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela SES-PE.

Total de casos confirmados em 24h desde o início da pandemia, em março
1º) 2.738 (24 de março de 2021)
2º) 2.512 (30 de dezembro de 2020)
3º) 2.482 (16 de março de 2021)
4º) 2.279 (16 de maio de 2020)
5º) 2.226 (18 de fevereiro de 2021)

Total de casos confirmados em 24h em 2021
1º) 2.738 (24 de março de 2021)
2º) 2.482 (16 de março de 2021)
3º) 2.245 (17 de março de 2021)
4º) 2.226 (18 de fevereiro de 2021)
5º) 2.172 (23 de março de 2021)

Total de mortes confirmadas em 24h desde o início da pandemia, em março
1º) 140 (27 de maio de 2020)
2º) 132 (22 de maio de 2020)
3º) 124 (18 de maio de 2020)
4º) 122 (16 de junho de 2020)
4º) 122 (4 de junho de 2020)
5º) 103 (9 de junho de 2020)
5º) 103 (29 de maio de 2020)

Total de mortes confirmados em 24h em 2021
1º) 64 (23 de março de 2021)
2º) 60 (16 de março de 2021)
3º) 53 (18 de março de 2021)
4º) 51 (19 de março de 2021)
5º) 49 (12 de março de 2021)

Por Folha de Pernambuco

Butantan entrega mais 2,2 milhões de doses de vacina CoronaVac



Mais 2,2 milhões de doses da vacina CoronaVac fabricadas pelo Instituto Butantan contra o novo coronavírus foram liberadas nesta quarta-feira (24), para uso em todo o país. Desde o começo do mês de março foram entregues 14,3 milhões de doses, quantitativo maior do que o disponibilizado em janeiro e fevereiro juntos, o que representa a produção de quase 25 mil vacinas por hora, informou o órgão.

Segundo o governador de São Paulo, João Doria, o volume de vacinas distribuído é quatro vezes maior do que a Espanha aplicou e o dobro das doses da Alemanha. “Hoje o Butantan é um orgulho para o Brasil, um orgulho para os brasileiros que já tiveram a oportunidade de receberem as suas vacinas”, destacou Doria.

Com o novo carregamento, o total de imunizantes oferecidos por São Paulo ao Programa Nacional de Imunizações chega a 27,8 milhões de doses desde o início das entregas, em 17 de janeiro. Até o fim de abril, o total de vacinas garantidas pelo Butantan ao país somará 46 milhões de doses.

O Butantan deve entregar outras 54 milhões de doses para vacinação dos brasileiros até o dia 30 de agosto, totalizando 100 milhões de unidades. Atualmente, 85% das vacinas disponíveis no país contra a covid-19 são fabricadas pelo Butantan.

A produção da vacina segue em ritmo constante e acelerado. No último dia 4, uma remessa de 8,2 mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), correspondente a cerca de 14 milhões de doses, desembarcou em São Paulo para produção local.

Outros 11 mil litros de insumos enviados pela biofarmacêutica Sinovac, parceira internacional no desenvolvimento do imunizante mais usado no Brasil contra a covid-19, chegaram ao país em fevereiro.

Até o fim de março, o Butantan aguarda nova carga de IFA correspondente a cerca de 6 milhões de doses, o que permitirá o cumprimento integral do acordo inicial de 46 milhões de doses contratadas pelo Ministério da Saúde.

De acordo com o Instituto Butantan, o órgão formou uma força-tarefa para acelerar a produção de doses da vacina para todo o país. Uma das medidas foi dobrar o quadro de funcionários na linha de envase para atender à demanda urgente por imunizantes contra o novo coronavírus.

Por Agência Brasil

Petrobras anuncia redução nos preços da gasolina e do diesel a partir desta quinta-feira (25)



A Petrobras vai reduzir o preço da gasolina e do diesel nas refinarias a partir desta quinta-feira (25), informou a companhia. É a segunda queda no preço da gasolina este ano e a primeira do diesel.

O preço médio de venda da gasolina passará a ser de R$ 2,59 por litro, queda de R$ 0,11 (-3,71%). O preço do diesel passa a ser de R$ 2,75, queda de R$ 0,11 (-3,85%).

A redução no diesel vem após cinco altas consecutivas este ano. Já a gasolina subiu seis vezes antes de ter o preço reduzido na semana passada.

Troca de comando

As sucessivas altas nos combustíveis este ano irritaram o presidente Jair Bolsonaro, que indicou o general Joaquim Silva e Luna para substituir o presidente Roberto Castello Branco do comando.

Troca de comando

As sucessivas altas nos combustíveis este ano irritaram o presidente Jair Bolsonaro, que indicou o general Joaquim Silva e Luna para substituir o presidente Roberto Castello Branco do comando

Por G1

Petrolândia: Compesa informa falta de água para conserto de vazamentona na Rua Genésio Alves, na Quadra 02

 

A equipe de manutenção da Compesa já está no local realizando os devidos reparos na Rua Genésio Alves, na Quadra 02 - Fotos: Assis Ramalho/BlogAR



Estouramento também atingiu  a rua engenheiro Brandão Cavalcante na Quadra 02

Por motivo de um cano estourado na rua Genésio Alves, na Quadra 02, a Compesa fechou, na manhã desta quarta (24),  a rede de abastecimento para conserto.  A equipe de manutenção já está no local realizando os reparos.

''Asim que for concluído o conserto voltaremos ao abastecimento normal'' anuncia a direção do Escritória da Compesa´Petrolândia

Blog de Assis Ramalho
Fotos: Assis Ramalho

Tacaratu: Confira escala e nomes de médicos que atenderão nesta quarta-feira (24/03) na Clínica e Laboratório Jaques; ligue e marque sua consulta




A Clínica e Laboratório Jaques, situada em Tacaratu na Rua Cavalcante Nozinho, 253, informa atendimento para esta quarta-feira, 24 de março de 2021. Confira abaixo!

Telefone para marcação de consultas:

(87) 3843 - 1106 - Cel. 87 - 9.9931-4556-




Atende na Clínica e Laboratório Jaques de Tacaratu nesta quarta (24/03/2021)

 

Atende na Clínica e Laboratório Jaques de Tacaratu nesta quarta (24/03/2021)



Atende na Clínica e Laboratório Jaques de Tacaratu nesta quarta (24/03/2021)


Atende na Clínica e Laboratório Jaques de Tacaratu nesta quarta (24/03/2021)


Atende na Clínica e Laboratório Jaques de Tacaratu nesta quarta (24/03/2021)

Blog de Assis Ramalho
Informação: Clínica e Laboratório Jaques - Tacaratu

Para prevenção e combate ao vírus da covid-19, Bolsonaro recebe hoje governadores e presidentes de outros Poderes



O presidente Jair Bolsonaro recebe hoje (24), no Palácio da Alvorada, governadores e presidentes dos outros Poderes da República. De acordo com a Presidência, o objetivo do encontro é “fortalecer o ambiente de união nacional para prevenção e combate ao vírus da covid-19, além de ser um espaço para discussão de ações institucionais conjuntas”.

Participam da reunião os presidentes do Senado Federal, Rodrigo Pacheco; da Câmara dos Deputados, Arthur Lira; e do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, bem como o procurador-geral da República, Augusto Aras. O vice-presidente Hamilton Mourão também estará presente, além de governadores das cinco regiões do país.

O novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, estará no encontro, ao lado do ex-titular da pasta Eduardo Pazuello. A troca do comando do Ministério da Saúde foi oficializada ontem (23) pelo presidente Bolsonaro.

No encontro, há ainda a previsão de participação de toda a equipe ministerial do governo, como os ministros da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça; da Economia, Paulo Guedes; da Defesa, Fernando Azevedo; da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos; do Meio Ambiente, Ricardo Salles; e da Advocacia-Geral da União, José Levi. A presença do vice-presidente do Tribunal de Contas da União, Bruno Dantas, também é esperada.

Por Agência Brasil

Petrolândia: Confira escala e nomes de médicos que atenderão nesta quarta-feira (24/03) na Clínica e Laboratório Jaques; ligue e marque sua consulta

A Clínica e Laboratório Jaques, situada em Petrolândia na Av. Djalma Wanderley, nº 1128, entre o Hospital Municipal e o Batalhão da Polícia Militar, informa atendimento para esta quarta-feira, 24 de março de 2021. Confira acima!

Telefone para marcação de consultas: (87) 3851 0505 - (87) 9.9983-6517

Divulgação/Clínica e Laboratório Jaques

Petrolândia: ALUGA-SE quartos com banheiro na quadra 14; interessados devem procurar Euclides Modas

 

ALUGA-SE quartos contendo banheiro, situados na rua Avamir Pedro de Souza, na Quadra 14, próximo a Marquinhos do gás. Interessados devem procurar Euclides Modas pelo Celular: (87) 9.9992-6350.
Redação do Blog de Assis Ramalho