quinta-feira, 9 de abril de 2020

Prefeitura de Paulo Afonso diz que irá recorrer de decisão do Ministério Público Federal e que barreiras sanitárias estão mantidas



Nota oficial da prefeitura de Paulo Afonso

Considerando a decisão judicial proferida nos autos da ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal, a Prefeitura de Paulo Afonso vem a público esclarecer:

Paulo Afonso [Justiça Federal]: Liminar determina retirada de barreiras que impedem entrada de veículos na cidade, diz MPF (BA)

É fato público e notório que o Município de Paulo Afonso restringiu o ingresso de turistas e indivíduos de outras localidades no território municipal, nos dias 08, 09 e 10 de abril, o que fez com fundamento no art. 8° e 9°, do Decreto de n°. 5.766, de 20 de Março.

A ação judicial fora protocolada no plantão judicial e a liminar foi concedida por um juiz federal plantonista de Salvador, limitada a não realização do fechamento das fronteiras do Município.

A prefeitura entende que a decisão vai de encontro ao quanto decido pelo Supremo Tribunal Federal e irá recorrer da decisão para sua reforma.

Cumpre esclarecer a população que as barreiras sanitárias estão mantidas e continuarão realizando a triagem sanitária.

Por PA4.COM.BR

Petrolândia: Grupo de Teatro 70X7 divulga nota de esclarecimento sobre o adiamento da encenação da Paixão de Cristo 2020

Imagens da Via Sacra/2019 da Paixão e Morte de Jesus Cristo, encenada por jovens da Paróquia de São Francisco de Assis - Grupo de Teatro 70x7. -foto: Assis Ramalho/BlogAR

O Grupo de Teatro 70X7 comunica mais uma vez, em respeito aos que estão ainda em dúvida e ainda nos questionam sobre a encenação da Paixão de Cristo 2020.

Como todos sabem o ministério da Saúde recomenda o cancelamento ou adiamento de eventos com grande participação de pessoas em razão da epidemia do novo coronavírus (Covid-19).

Seguindo esta recomendação acompanhado da decisão Diocesana de Floresta, ADIAMOS A ENCENAÇÃO DA PAIXÃO DE CRISTO que seria realizada na sexta feira da paixão dia 10/03 na praça da Matriz, não temos data ainda, pois estamos aguardando o fim/controle desta pandemia.

Assim que tivermos nova data, informaremos a todos, O COVID-19 não é brincadeira, e todo cuidado é pouco, não deixem de se prevenir, cuidem uns dos outros, sigam as recomendações em favor de todos, e principalmente OREM, POIS SÓ JESUS PARA TER MISERICÓRDIA DE TODOS NÓS.

Agradecemos a compreensão.
COMISSÃO ORGANIZADORA

Paulo Afonso [Justiça Federal]: Liminar determina retirada de barreiras que impedem entrada de veículos na cidade, diz MPF (BA)


Atendendo a pedido feito por meio de ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal (MPF) na noite de ontem (08), a Justiça concedeu medida liminar nesta tarde (09) suspendendo os artigos 8º e 9º do Decreto Municipal 5.766/2020 editado pelo prefeito de Paulo Afonso (BA). Em ato ilegal, a norma proibiu o acesso à cidade, exceto em casos de emergência ou urgência para tratamento de saúde. A liminar determinou ao município de Paulo Afonso que se abstenha de restringir ou impedir a entrada e saída de pessoas e veículos do território do município, sob pena de multa diária de R$ 50 mil.

O decreto foi assinado pelo prefeito de Paulo Afonso em 20 de março, definindo medidas preventivas ao contágio do novo coronavírus, inclusive a restrição de acesso à cidade, que foi realizada a partir desta quarta-feira (08). Para o procurador da República Ruy Mello, autor da ação, ao decretar a restrição “de forma ampla e indefinida temporalmente, o decreto impõe verdadeira lesão a direitos fundamentais dispostos de forma expressa na Constituição, em real afronta à liberdade de locomoção”, além de causar distinção entre os cidadãos brasileiros.

“O decreto municipal estabeleceu restrição ao transporte e circulação de pessoas, sem se distinguir entre pessoas sadias e aquelas que, pelo menos, haja suspeita de contaminação”, explicou o procurador na ação proposta durante o plantão do MPF na noite desta quarta-feira.

Bloqueio da rodovia gera riscos de acidentes e de sobrecarga do sistema de saúde.

Conforme informações divulgadas no Instagram da prefeitura e prestadas ao MPF pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), as chamadas “barreiras sanitárias” foram instaladas ontem (08) na rodovia BA 210. A PRF informou, ainda, que a medida causou, na rodovia federal BR110, “uma dramática diminuição da velocidade e enormes engarrafamentos, o que gera grandes riscos de acidentes graves, especialmente engavetamentos, que podem gerar mortos e feridos graves o que, além da perda de vidas e dos danos materiais, poderá gerar sobrecarga sobre o sistema de saúde da própria cidade”. A PRF destacou, ainda o impacto negativo no tráfego e fluxo de veículos de carga e de emergência, gerando prejuízos no “momento em que é fundamental manter os corredores de abastecimento funcionando da melhor maneira possível.”

Ação civil pública – Na ação, além da liminar, já concedida, o MPF requer que a Justiça declare a ilegalidade e a inconstitucionalidade dos artigos 8º e 9º do Decreto Municipal n.º 5.766/2020, e que o município de Paulo Afonso/BA se abstenha de editar novos atos normativos que tenham por conteúdo a restrição/limitação/proibição de ingresso, saída e locomoção de pessoas e veículos no território municipal, sob alegação de enfrentamento à pandemia COVID-19.

Resposta da prefeitura de Paulo Afonso

O site entrou em contato com o procurador geral do Município de Paulo Afonso, Ígor Montalvão, para falar sobre a decisão. O advogado informou que vai emitir uma nota tão logo a prefeitura seja intimada na forma da lei, mas adiantou que as barreiras não serão retiradas, que os acessos serão liberados e que as triagens com as equipes de saúde continuarão.

Confira a íntegra da ação ajuizada pelo MPF em 8 de abril de 2020

Por PA4.COM.BR

Advogado da Paraíba e defensor público é assassinado em tentativa de assalto em Pernambuco

O carro de Levi Borges, um Toyota SW4 SRV branco, está na frente do condomínio. A mala do carro está aberta e tem manchas de sangue na lataria do veículo. O local foi isolado. 

O defensor público da Paraíba e advogado, Levi Borges de Lima, morreu após ser atingido por tiro no início da tarde desta quinta-feira (9) na saída de um condomínio na praia do Paiva, na cidade de Cabo de Santo Agostinho, em Pernambuco.

O crime aconteceu na portaria do imóvel e teria sido praticado por dois homens, que fugiram. As câmeras do condomínio apontam que o advogado chegava ao local no próprio carro, ao lado da esposa, quando foi rendido com uma arma na cabeça. Ele abriu a porta e desceu do veículo. Nesse momento, o criminoso atirou e ele caiu em frente ao portão de visitantes. O assassino teria tentado entrar no veículo, mas percebeu que havia outra pessoa dentro do carro, voltou e disparou novamente no advogado, que tinha acabado de levantar do chão. Em seguida, entra em um outro carro onde havia uma segunda pessoa esperando por ele.

A vítima foi levada com vida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barra de Jangada, onde morreu. O carro de Levi Borges, um Toyota SW4 SRV branco com placa da Paraíba, está na frente do condomínio Morada da Península. A mala do carro está aberta e tem manchas de sangue na lataria do veículo. O local foi isolado pela Polícia Civil.

No condomínio, as pessoas não querem falar sobre o assunto. Uma equipe de policiais civis do Cabo de Santo Agostinho está apurando o crime. Segundo a assessoria de imprensa da UPA, o corpo do advogado ainda está na unidade à espera do Instituto de Medicina Legal (IML).

A cena do crime segue preservada enquanto policiais se reúnem na área interna do condomínio Morada da Península com alguns moradores, representantes da Associação de Moradores do Paiva e seguranças privados.

Do lado de fora, não há aglomeração de pessoas. Apenas carros estacionados e alguns poucos curiosos passam pelo local. Segundo informações coletadas no local, várias pessoas que estavam no condomínio presenciaram o crime.

Policiais investigam as câmeras de segurança da rodovia privada Rota dos Coqueiros para identificar o carro onde estavam os suspeitos. Na hora do crime, o advogado ia visitar a filha, a juíza Andréa Rose Borges Cartaxo, que mora no condomínio.

O advogado era casado com a também juíza Mariza Borges de Lima. Em setembro do ano passado, Andréa recebeu da Assembleia Legislativa de Pernambuco o título honorífico de Cidadã Pernambucana. Ela é natural da Paraíba. Levi Borges era defensor público aposentado da Paraíba.

Por Diário de Pernambuco
Foto: Diário de Pernambuco e Portal WSCOM

Petrolândia - Boletim desta quinta [09/04]: Campanha Doação Solidária já distribuiu mais de 230 cestas básicas; continue colaborando


Da Redação do Blog de Assis Ramalho

Justiça pede explicações ao governo de PE sobre EPIs e afastamento de profissionais após ação do Conselho de Enfermagem

Prédio da Justiça Federal em Pernambuco, no bairro do Jiquiá, no Recife — Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press

Uma ação civil pública do Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco (Coren/PE) solicitou o fornecimento de Equipamentos de Proteção Individual à categoria e o afastamento de profissionais que façam parte dos grupos de risco do novo coronavírus. Diante disso, a Justiça Federal de Pernambuco deu um prazo de 72 horas, a partir da quarta (8), para que o governo de Pernambuco se pronuncie sobre as solicitações.

Entre os pedidos do Coren/PE estão o fornecimento de equipamentos como máscara de proteção respiratória e gorro ou touca para os profissionais que realizam procedimentos como aspiração traqueal, ventilação mecânica e ventilação manual. O Conselho também pede a distribuição de óculos ou protetor facial, avental ou capote e luvas.

Além do uso de EPIs, o Conselho também pede o afastamento de profissionais de enfermagem com 60 anos ou mais, gestantes, portadores de doença respiratória, cardíaca ou renal crônicas, portadores de tuberculose, hanseníase e outras doenças infecciosas crônicas, além de transplantados e portadores de outras doenças que possam representar risco durante a pandemia.

Os pedidos foram feitos a partir de denúncias de profissionais de enfermagem sobre a falta de EPIs e do não afastamento de profissionais dos grupos de risco.

Por meio de nota, o governo de Pernambuco informou que tem reforçado o envio de EPIs para 52 unidades da rede estadual. Na primeira semana de abril, 1,2 milhão de itens foram encaminhados a hospitais e postos de saúde. Os lotes entregues têm água sanitária, álcool em gel, capotes, gorros, sapatilhas, luvas, óculos cirúrgicos e máscaras.

O governo informou, ainda, ter feito a compra de 1 milhão de máscaras N95, de uso exclusivo de profissionais de saúde. Ao todo, 150 mil foram entregues pelos fornecedores. Na quarta (8), o poder executivo também anunciou um conjunto de ações para reforçar a produção de máscaras e outros EPIs pelo Polo de Confecções do Agreste.

O G1 procurou o poder executivo sobre o pedido de afastamento de profissionais de enfermagem que fazem parte dos grupos de risco, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

Óbitos de técnicas de enfermagem

Duas técnicas de enfermagem que atuavam no Hospital Getúlio Vargas (HGV), na Zona Oeste do Recife, tiveram confirmação da Covid-19 e faleceram no sábado (4) e no domingo (5). De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, uma das mulheres estava de férias e outra não atuava diretamente no tratamento de pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave.

Através da SES e do HGV, o governo do estado lamentou a morte das duas servidoras. Na segunda (6), o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), anunciou um projeto de lei para conceder pensão integral às famílias de servidores que morrerem com Covid-19 (veja vídeo acima).

Por G1 PE

Enfermeiras da cidade de Jatobá-PE relatam como foi o acidente que vitimou casal de jovens da cidade de Ouricuri-PE


Um acidente de carro ocorrido nesta quarta-feira (08) por volta das 17hs30 deixou duas pessoas mortas e outras quatro feridas, em Jatobá, Sertão de Pernambuco, próximo da entrada do Distrito de Volta do Moxotó.

As seis pessoas, sendo duas crianças, estavam em uma Hilux SW4, de cor branca e placa PDA-6490, que colidiu com o veículo Strada que tinha duas enfermeiras do município de Jatobá em seu interior. Após a colisão a Hilux SW4 capotou várias vezes e saiu da pista.

Nossa redação esteve em contato com as duas enfermeiras as quais nos passaram como ocorreu o acidente.

VEJA RELATO DAS ENFERMEIRAS

Por volta das 17hs20 ambas estavam no acostamento que dá acesso a entrada do Distrito de Volta do Moxotó, como estão à frente do controle da Pandemia que assola todo o País as mesmas acompanhavam os trabalhos de prevenção ao coronavírus.

Ainda no acostamento a condutora visualizou pelo retrovisor que a BR estava limpa, deu sinal e quando fazia a curva do nada veio a Hilux SW4 ao seu encontro colidindo na lateral dianteira do lado do motorista, vale lembrar que ambos os veículos estavam na mesma mão.

A Hilux perdeu o controle, capotou várias vezes e saiu da pista, as enfermeiras mesmo em meio ao desespero prontamente se dirigiram as vítimas e as socorreram. O homem que veio a óbito estava com o cinto o enforcando o qual foi cortado por uma das enfermeiras e logo após elas socorreram as duas crianças que estavam com vida.

Em seguida as mesmas acionaram todo aparato de veículos do Hospital Municipal, da Prefeitura de Jatobá e Polícia Militar, que rapidamente chegaram ao local e prosseguiram com o socorro médico.

O homem foi socorrido e levado para um hospital em Paulo Afonso (BA), enquanto a mulher foi levada para Arapiraca (AL), as crianças foram levadas para o Hospital de Itaparica, ao chegarem o atendimento foi unânime do zelador ao médico plantonista que prestaram todo apoio necessário.

Sobre as crianças, foi acionado o Conselho Tutelar, Assistência Social e a noite as mesmas foram levadas para a Cidade de Paulo Afonso, onde eram esperadas por seus avós que também estavam no veículo, mas felizmente sobreviveram.



As vítimas fatais FRANCISMARY LIMA SENA GOMES E FRANCISCO ABELVAN GOMES DA SILVA tratam-se do pai e da mãe das duas crianças, que, juntamente com dois idosos que seriam avós delas, sobreviveram.
.
Por  Portal Jatobá

Receita Federal regulariza CPFs com pendências para pagamento de auxílio emergencial


A Receita Federal informou hoje (9) que, em razão do atual estado de calamidade pública e da necessidade de pagamento do auxilio emergencial, foram alterados os procedimentos internos para regularizar os CPFs que apresentavam pendências eleitorais.

Segundo a Receita, foi iniciado na madrugada de hoje o processamento para regularizar os CPFs suspensos por pendências eleitorais. A Receita disse que a regularização não está sendo possível neste momento junto aos cartórios eleitorais pois estão fechados por conta da pandemia da covid-19.

A previsão é que esse processamento se encerre amanhã (10). A Receita informou que o reconhecimento pela Caixa da regularização vai depender do tempo de processamento dos sistemas do banco.
Documento

O número do CPF é obrigatório para os trabalhadores informais, microempreenderores individuais, autônomos e desempregados que quiserem se inscrever para receber o auxílio emergencial do governo federal, no valor de R$ 600. É com um CPF ativo que a pessoa é identificada na Receita Federal. O trabalhador deverá se cadastrar no aplicativo Caixa Auxílio Emergencial ou no site Auxílio Caixa.

Por Agência Brasil

“Transporte intermunicipal só entra em Paulo Afonso com alvará sanitário”, diz secretário


Desde ontem, quarta-feira (08), a cidade de Paulo Afonso, vem adotando medida mais rígidas, no controle de fluxo de pessoas de outras cidades que entram no município.

Conforme o que foi determinado, os acessos ao município estarão fechados nos dias 08,09 e 10 de abril, com exceção para casos de urgências e emergenciais.

Em conversa com a nossa reportagem, o secretário de Saúde, Guiarone Garibalde, afirmou que durante este período, o transporte intermunicipal, só passará pelas barreiras sanitárias, caso o veículo esteja regularizado, com o alvará sanitário.

“ Gostaria de informar que a empresa Atlântico, não está sendo privilegiada neste trajeto, é que a mesma, tem uma licitação pra fazer este transporte, e está atendendo as recomendações sanitárias de proteção aos seus usuários contra o coronavírus, ou seja, é a única presa regular com os cuidados higiênicos. E as vans elas não tem alvará sanitário, e se não tiver não vai entrar, não importa de onde venha, não vai entrar.

Já o transporte inter municipal de Glória à Paulo Afonso, será autorizado. “ Ontem recebemos o prefeito David Calvacante, e fizemos um acordo. As vans que vier pra Paulo Afonso, vão passar por nossa inspeção, pelo processo de desinfecção, nos horários das 6h da manhã, até às 13h, com uma capacidade de 50%, com todos os passageiros sentados. Glória fica à 10Km de Paulo Afonso, e necessita de mais, do abastecimento do comercio e e agências bancárias ”, disse Guiarone.

Por Agência de Notícias RBN

Remédio de piolho pode matar o novo coronavírus em 48 horas, diz estudo


Um remédio usado comumente contra parasitas, a ivermectina, poderia ser empregado com eficácia também no combate à Covid-19. Um estudo feito na Austrália por pesquisadores da Universidade de Melbourne e do Hospital Royal Melbourne in vitro mostrou que o medicamento é capaz de matar o novo coronavírus em 48 horas.

Instituições de todo o mundo testam a eficácia de diversas drogas, já usadas para outras doenças, no combate ao novo coronavírus. Entre elas estão a cloroquina, alguns remédios usados no tratamento da aids e, agora, a ivermectina.

"Nos casos como este, de uma nova epidemia, é muito difícil criarmos uma droga inteiramente nova", explica Fernando Bozza, infectologista da Fiocruz. "Uma das estratégias que usamos no mundo todo e tentar reposicionar alguma outra droga já conhecida Ou seja, testar sua eficácia na nova doença."

A ivermectina é usada tradicionalmente como um remédio contra parasitas, como piolhos, mas já foi testada também contra dengue, zika, e H1N1. "Nós descobrimos que uma única dose consegue, essencialmente, remover todo o RNA viral (da covid-19) em 48 horas. Em 24 horas já há uma redução significativa", explicou Kylie Wagstaff, principal autora do estudo.

A especialista ressaltou, no entanto, que o estudo foi feito in vitro, com células. Testes em seres humanos ainda são necessários. "A ivermectina é um remédio muito usado e considerado seguro", disse. "Mas precisamos descobrir agora que dosagem seria mais eficaz em humanos. Este é o nosso próximo passo."

Segundo Kylie, em uma pandemia como a atual, o uso de um remédio já conhecido e a forma mais rápida de se chegar a um tratamento eficaz. "Com não existe nenhum tratamento aprovado, se temos um composto que já está disponível em todo o mundo e se revela eficaz, isso pode ajudar as pessoas. Sendo realista, vai demorar ainda um tempo até conseguirmos uma vacina."

Por Correio Braziliense

Boletim da manhã de quinta-feira (09/04): Pernambuco tem 10 novas mortes e mais 154 novos casos de coronavírus. Total de infectados chega a 555


Em novo balanço divulgado pela Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES-PE), nesta quinta-feira (9), Pernambuco conta com 154 novos casos de coronavírus. Com isso, o Estado totaliza 555 casos confirmados da doença. Ainda foram confirmados mais 10 óbitos (4 mulheres e 6 homens, com idades entre 49 e 93 anos), ocorridos entre os dias 5 e 7 de abril. Com isso, somam 56 mortes pela Covid-19.

Assim, Pernambuco registrou novo recorde de resultados liberados da covid-19 em um único dia. Com mais 154 casos, superou o número dessa terça-feira (7), quando foram confirmados 129 casos entre a segunda e terça-feira. Sobre o recorde da terça, a SES-PE explicou que o aumento do número dos casos foi causado pela ampliação da testagem do novo vírus no Estado e que, muitos dos laboratórios privados não processam exames nos finais de semana, ou seja, muitos desses casos foram acumulados ao longo do final de semana.

O governador Paulo Câmara (PSB) endereçou aos pernambucanos o pedido de que não viajem na Semana Santa. A declaração foi dada nesta quinta-feira (9), véspera de feriado.

Por Jornal do Commercio

Petrolina: Secretaria Municipal de Saúde confirma quarto caso do novo coronavírus


O quarto caso de infecção pelo novo coronavírus foi confirmado nesta quinta-feira (09) em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. O paciente, de 68 anos, tem histórico de viagem a cidade de Fortaleza, no Ceará. Ele teve contato com um caso confirmado da doença.

O homem está internado em isolamento em um hospital da rede privada em Petrolina. Ele já estava sendo monitorado pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde e fez o exame no último dia 3 de abril.

O monitoramento do paciente segue sendo realizado pela Secretaria Municipal de Saúde. As pessoas que tiveram contato com este paciente estão em isolamento domiciliar, e também estão sendo monitoradas, como recomenda o Ministério da Saúde.

Dos quatro casos testados positivo para Covid-19 em Petrolina, um já está recuperado. Os outros pacientes estão internados em hospitais das redes pública e privada. Na quarta (8), o estado de Pernambuco contabilizava 401 confirmações de pacientes com a doença. Em relação aos óbitos, havia 46 registros de pessoas que faleceram com a Covid-19.

Por G1 Petrolina

Jatobá: Acidente na BR-110 - divisa de Jatobá-PE e Delmiro Gouveia-AL - mata casal da cidade de Ouricuri-PE



Um acidente de carro deixou duas pessoas mortas e outras quatro feridas, na tarde de ontem, quarta-feira (8), na rodovia BR-110, em Jatobá, Pernambuco, próximo da entrada do povoado São Sebastião, município de Delmiro Gouveia (AL).

As seis pessoas, sendo duas crianças, estavam no mesmo veículo, uma Toyota Hilux SW4, de cor branca e placa PDA-6490, que, por razões ainda desconhecidas, capotou várias vezes e saiu da pista.

De acordo com populares, as duas vítimas fatais tratam-se do pai e da mãe das duas crianças, que, juntamente com dois idosos que seriam avós delas, sobreviveram.

O homem foi socorrido e levado para um hospital em Paulo Afonso (BA), enquanto a mulher foi levada para Arapiraca (AL). O estado de saúde das duas crianças não foi divulgado e nem para quais hospitais elas foram socorridas.

Segundo as primeiras informações colhidas pelo Blog Cariri Filho, os ocupantes do veiculo são da cidade de Ouricuri-PE, no Sertão do Araripe pernambucano.

O veiculo era guiado pelo empresário Pantica do Mercado que estava ladeado de sua esposa. Abelvan e Meury (casal), morreram no acidente, estavam no banco de trás com duas crianças.

Via Blog Cariri Filho

Petrolândia: 2ª etapa da vacinação contra a gripe tem início na próxima quinta (16/04); veja quem deve tomar a vacina

Blog de Assis Ramalho
Informação: Silvânia - Coordenadora do PNI [Programa Nacional de Imunizações]

Petrolândia/Bairro Nova Esperança: Após matéria do Blog, Compesa realiza conserto de vazamento em tubulação; Presidente da ABNE agradece a companhia de água




Após matéria publicada por este Blog, sobre um vazamento de água que estava ocorrendo em rua do bairro Nova Esperança, a Compesa fez os devidos concertos.

A informação foi passada à nossa reportagem pelo Presidente da associação de moradores do bairro Nova Esperança, Jucélio Mangueira, que enviou a seguinte nota de agradecimento a administração e funcionários da Compesa/Petrolândia.

Jucelio Mangueira -  presidente da associação de moradores do bairro Nova esperança vem a público através deste blog agradecer a administração da Compesa e seus profissionais pelo reparo dos vazamentos de água em ruas do bairro, com concerto realizado após denúncia. 


Obs: É pena que não posso dizer o mesmo com o setor de infraestrutura da prefeitura quê passamos mas de três anos cobrando melhorias nas ruas do bairro a sr prefeita Jane resolveu mandar passa a máquina nas ruas deixando às Ruas pior do que já estava e não voltaram para concluir do serviço, mas gostaria de dizer a sra. prefeita Jane que, nem tudo que eu quero estar ao meu alcance, mais isso não me faz pensar que devo desistir, mas saiba quê eu vou continuar cobrando melhorias para o bairro Nova esperança.


Atenciosamente, 
Jucélio Vital Lisboa (Jucélio Mangueira)
Presidente da Associação do Bairro Nova Esperança (ABNE) - Petrolândia

Petrolândia: Aberta parcialmente, O Boticário informa atendimento via ligações [WhatsApp]



Blog de Assis Ramalho
Informação: O Boticário/Petrolândia

FGTS: saque de R$ 1.045 vai ser automático para quem tem conta ativa ou inativa com saldo


O saque emergencial do FGTS no valor de R$ 1.045, disponibilizado a partir de 15 de junho deste ano, vai seguir o mesmo procedimento do saque imediato implementado pelo Governo Federal no ano passado. Os trabalhadores terão acesso ao dinheiro a partir do crédito em conta ou poderão sacar na agências da Caixa Econômica Federal.

"Os saques serão efetuados conforme cronograma de atendimento, critérios e forma estabelecidos pela Caixa Econômica Federal, permitido o crédito automático para conta de depósitos de poupança de titularidade do trabalhador previamente aberta na nessa instituição financeira, desde que o trabalhador não se manifeste negativamente, ou o crédito em conta bancária de qualquer instituição financeira, indicada pelo trabalhador, desde que seja de sua titularidade", diz a Medida Provisória 946/2020.

Segundo o diretor do FGTS, Gustavo Tillmann, a medida contempla contas ativas e inativas de trabalhadores empregados e desempregados. "Ela preserva as políticas de FGTS. Vai ser uma medida de fácil implementação, facilitando o acesso do trabalhador ao recurso. A maioria vai fazer em crédito em conta", explica.

Os trabalhadores poderão ainda desfazer o crédito de R$ 1.045 até o dia 30 de agosto. Os procedimentos para a desistência do recurso ainda vão ser definidos pelo agente operador do FGTS.

De acordo com o secretário especial da Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, 80% das contas de FGTS serão zeradas a partir da concessão do recurso.

"Essa medida vem para o enfrentamento do novo coronavírus. Todas as camadas sociais vão ser afetadas pelas medidas. Outras vão ser anunciadas em breve pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e devem contemplar mais faixas de renda", disse em coletiva nesta tarde de quarta-feira (8).

O secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, disse ainda que cerca de 60,8 milhões de trabalhadores serão beneficiados pelo saque emergencial. "Vão ser sacados até R$ 36,2 bilhões. Cerca de 30,7 milhões de pessoas poderão sacar todo o seu recurso".

Na hipótese de o titular possuir mais de uma conta vinculada, o saque será feito na seguinte ordem:

I - contas vinculadas relativas a contratos de trabalho extintos, com início pela conta que tiver o menor saldo; e

II - demais contas vinculadas, com início pela conta que tiver o menor saldo.


Por Diário do Nordeste

Oficial da Polícia Militar do Ceará morre aos 50 anos após ser diagnosticado com Covid-19



O tenente-coronel da Polícia Militar do Ceará (PMCE) João Océlio Atanazio Alves, de 50 anos, morreu nesta quarta-feira (8). De acordo com a PMCE, Alves tinha sido diagnosticado com a Covid-19 há poucos dias e estava hospitalizado em Fortaleza, interior do Ceará. De acordo com pessoas próximas ao oficial, ele tinha hipertensão e, nos últimos dias, já respirava com auxílio de aparelhos.

Atualmente, Océlio Alves estava no comando do 3º Batalhão Policial Militar. Em nota de pesar, a PMCE afirmou que o “Comando da Corporação se entristece com a notícia e solidariza com a dor dos familiares e amigos, ao tempo em que coloca o aparato da Instituição à disposição”.

O comandante-geral da PMCE, coronel Alexandre Ávila, afirmou que a Corporação está de luto. O oficial ingressou na PMCE em março de 1991. Ao longo da carreira, ele já esteve à frente do Batalhâo de Policiamento Turístico (BPTur) e do 12º Batalhão, em Caucaia.

Outros militares
No fim do mês passado, o Comando Geral da PM informou que está acompanhando casos de policiais militares que estão de licença médica por apresentar problemas ligados à síndromes respiratórias e, consequentemente, precisarem se manter em isolamento, sob a suspeita de terem sido infectados pelo novo coronavírus. No entanto, não foi informado quantos servidores da Corporação foram afastados por estas condições.

Por Diário do Nordeste

Trabalhadores informais sem conta em banco ainda não sabem como receberão o auxílio emergencial


Desinformação, incertezas e muitas dúvidas. Este foi o cenário que a reportagem do JC encontrou entre possíveis beneficiários do auxílio emergencial do Governo Federal, que não possuem conta bancária. A primeira etapa de pagamento está prevista para acontecer a partir desta quinta-feira (9) e a principal dúvida é como será feito o pagamento dos chamados “desbancarizados” .

A artesã Karla Patricia, de 37 anos, está entre os 48 milhões brasileiros adultos que não tem conta em banco, segundo relatório do Banco Mundial (relativo a 2017). Karla ontem (9), vendia máscaras de pano em frente a uma agência da Caixa, na Zona Norte do Recife. Ela não teve nenhuma dificuldade para se inscrever no programa de auxílio emergencial através do aplicativo para celular. Mas, como não tem movimentação bancária, não sabe ainda como irá receber o dinheiro. “Sei que depois que o cadastro é aprovado a gente vai receber um código numérico. Mas não sei se o saque será feito com esse código naqueles caixas eletrônicos 24 horas ou em agências”, indaga. Ela disse ainda que vai continuar “acompanhando o processo através do aplicativo”, e espera que o governo informe como será o procedimento.

AJUDA

Se o ambiente é de incertezas para quem tem habilidade com o uso de recursos digitais, para quem não sabe mexer com sites ou aplicativos a situação é de dependência de outra pessoa. Josicleide Gomes, de 54 anos trabalha com a venda de refeições no mercado de Casa Amarela. Ela também não tem conta em banco e recorreu a filha para fazer o cadastro no auxílio emergencial. “Sei apenas que ela fez no celular. Agora, como eu vou receber o dinheiro não sei. Espero que minha filha resolva”, disse a comerciante.

O ajudante de cozinha Reinaldo Sales Cavalcanti, de 39 anos, trabalha informalmente. Ele não sabe lidar com internet e, por isso, ainda não se cadastrou para receber a ajuda de R$ 600. “Mas vou correr atrás, eu tenho direito, né?”, pergunta. Ele “ouviu dizer” que era preciso abrir uma conta para receber a quantia e procurou uma casa lotérica para se inscrever no programa. “Eu achava também que ia receber lá mesmo as parcelas do auxílio, mas o rapaz da lotérica me disse que não era lá não. Que eu tinha que ir na Caixa”, diz Reinaldo, já programando para ir ao banco na próxima segunda-feira.

Para o advogado previdenciarista Elizeu Leite, o grande desafio do governo será incluir essas pessoas que não tem autonomia digital em um sistema totalmente tecnológico. “Mesmo o governo anunciando que os trabalhadores informais, que não tem conta bancária, terão uma espécie de conta virtual, sem taxas e sem cartão, o problema não termina aí. Essas pessoas terão que lidar com uma rotina bancária de senhas e códigos, o que pode ser um terreno amplo para a ação de golpistas”, diz Elizeu.

Outra situação indesejável que pode acontecer, aponta o advogado, é de trabalhadores informais que se enquadram nas condições para receber o benefício não sacarem o dinheiro por puro desconhecimento. “Vai acabar acontecendo o que o governo mais quer evitar. A procura pelas agências bancárias por aqueles que não tem a quem recorrer”. Para o advogado, a alternativa é a sociedade civil se organizar através de Ongs ou grupos de voluntários, para ajudar quem tiver dificuldades em fazer o cadastro e operar a conta por onde será pago o benefício. Elizeu diz ainda que o sistema de cadastro e pagamento do auxílio emergencial não poderia ser diferente pela urgência que o momento pede, mas deixa evidente a exclusão digital e financeira que existe entre os mais pobres.

Por Jornal do Commercio

STF proíbe Bolsonaro de interferir em decisões de estados e municípios sobre coronavírus


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes decidiu nesta quarta-feira que não compete à presidência da República interferir nas decisões dos governos estaduais sobre restrição de serviços e circulação de pessoas adotadas durante a pandemia de coronavírus. A decisão tem caráter liminar, ou seja, é provisória e pode ser revista por uma das Turmas ou pelo Pleno do STF.

Segundo o ministro, a Constituição determina que estados, municípios e o Distrito Federal adotem medidas restritivas como o fechamento do comércio, escolas e suspensão de atividades culturais.

Moraes proferiu a decisão ao analisar a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental nº 672 proposta pela Ordem dos Advogados do Brasil. Segundo a OAB, houve, por parte do governo federal, uma “tentativa de esvaziar e descaracterizar a atuação dos demais entes federados, na linha da impensada campanha publicitária ‘O Brasil Não Pode Parar’. A referida campanha foi veiculada por canais oficiais e, posteriormente, excluída pelo próprio governo e proibida pelo STF, por meio de decisão do ministro Luís Roberto Barroso.
Derrota de Bolsonaro

A decisão do STF significa uma derrota para Bolsonaro, declaradamente contrário às medidas de Distanciamento Social Ampliado (DSA) – estratégia não limitada a grupos específicos, exigindo que todos os setores da sociedade permaneçam isoladas.

Em seu pronunciamento em rede de rádio e televisão nesta quarta-feira, o presidente da República recuou ao tratar do tema. “Respeito a autonomia dos governadores e prefeitos. Muitas medidas de isolamento são de responsabilidade dos mesmos. O governo federal não foi consultado sobre sua amplitude”, disse.

Por Correio Braziliense

Bolsonaro pede volta ao trabalho, 'observadas as normas do Ministério da Saúde', e diz que medidas de isolamento são 'responsabilidade exclusiva' dos governadores e prefeitos


O presidente Jair Bolsonaro afirmou na noite desta quarta-feira (8), durante pronunciamento em rede nacional de televisão, que é dos governadores a "responsabilidade exclusiva" das medidas de isolamento social motivadas pela pandemia do novo coronavírus.

Ele disse ter "certeza que a grande maioria" quer voltar a trabalhar e que essa é a orientação dada a todos os ministros, "observadas as normas do Ministério da Saúde".

Foi o quinto pronunciamento de Bolsonaro na TV sobre a crise do coronavírus (leia a íntegra mais abaixo).

"Respeito a autonomia dos governadores e prefeitos. Muitas medidas, de forma restritiva ou não, são de responsabilidade exclusiva dos mesmos. O governo federal não foi consultado sobre sua amplitude ou duração", afirmou.

Poucos antes do pronunciamento do presidente, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu, ao analisar ação movida pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que o governo federal não pode derrubar decisões de estados e municípios sobre isolamento social, quarentena, atividades de ensino, restrições ao comércio e à circulação de pessoas.

O presidente afirmou ter "certeza" de que a "grande maioria" dos brasileiros quer retornar ao trabalho e disse ter dado essa orientação aos ministros, "observadas as normas do Ministério da Saúde". De acordo com Bolsonaro, há dois problemas a resolver: "o vírus e o desemprego", que, segundo afirmou, devem ser tratados "simultaneamente".

"As consequências do tratamento não podem ser mais danosas que a própria doença. O desemprego também leva à pobreza, à fome, à miséria, enfim, à própria morte", declarou.

De acordo com pesquisa do instituto Datafolha divulgada na última segunda-feira (6), 76% dos entrevistados acreditam que o mais importante neste momento é ficar em casa; 18%, segundo o levantamento, querem acabar com o isolamento.

O Ministério da Saúde defende o isolamento amplo como forma de conter a disseminação do coronavírus, mesma recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS). Esse foi um dos motivos das divergências entre Bolsonaro e Luiz Henrique Mandetta, que ameaçaram de demissão o ministro da Saúde. Nesta quarta, os dois se reuniram no Palácio do Planalto. Após o encontro, Mandetta disse que o "comandante do time" é Bolsonaro.

"Tenho certeza de que a grande maioria dos brasileiros quer voltar a trabalhar. Esta sempre foi minha orientação a todos os ministros, observadas as normas do Ministério da Saúde", disse o presidente no pronunciamento.

Bolsonaro ainda elencou no pronunciamento medidas adotadas pelo governo para enfrentar a crise e também aproveitou o pronunciamento para defender o emprego da substância hidroxicloroquina no tratamento da covid-19, doença causada pelo coronavírus.

"Fruto de minha conversa direta com o primeiro-ministro da Índia, receberemos até sábado matéria-prima para continuarmos produzindo a hidroxicloroquina, de modo a podermos tratar pacientes da covid-19, bem como malária, lúpus e artrite", afirmou.

Íntegra

Leia a íntegra do pronunciamento:

Boa noite

Vivemos um momento ímpar em nossa história.

Ser Presidente da República é olhar o todo, e não apenas as partes. Não restam dúvidas de que o nosso objetivo principal sempre foi salvar vidas.

Gostaria, antes de mais nada, de me solidarizar com as famílias que perderam seus entes queridos nesta guerra que estamos enfrentando.

Tenho a responsabilidade de decidir sobre as questões do País de forma ampla, usando a equipe de ministros que escolhi para conduzir os destinos da Nação. Todos devem estar sintonizados migo.

Sempre afirmei que tínhamos dois problemas a resolver, o vírus e o desemprego, que deveriam ser tratados simultaneamente.

Respeito a autonomia dos governadores e prefeitos. Muitas medidas, de forma restritiva ou não, são de responsabilidade exclusiva dos mesmos. O Governo Federal não foi consultado sobre sua amplitude ou duração. Espero que brevemente saiamos juntos e mais fortes para que possamos melhor desenvolver o nosso país.

Como afirmou o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, cada país tem suas particularidades, ou seja, a solução não é a mesma para todos. Os mais humildes não podem deixar de se locomover para buscar o seu pão de cada dia.

As consequências do tratamento não podem ser mais danosas que a própria doença. O desemprego também leva à pobreza, à fome, à miséria, enfim, à própria morte. Com esse espírito, instruí meus ministros.

Após ouvir médicos, pesquisadores e Chefes de Estado de outros países, passei a divulgar, nos últimos 40 dias, a possibilidade de tratamento da doença desde sua fase inicial.

Há pouco, conversei com o Dr. Roberto Kalil. Cumprimentei-o pela honestidade e compromisso com o Juramento de Hipócrates, ao assumir que não só usou a Hidroxicloroquina, bem como a ministrou para dezenas de pacientes. Todos estão salvos.

Disse-me mais: que, mesmo não tendo finalizado o protocolo de testes, ministrou o medicamento agora, para não se arrepender no futuro. Essa decisão poderá entrar para a história como tendo salvo milhares de vidas no Brasil. Nossos parabéns ao Dr. Kalil.

Temos mais boas notícias. Fruto de minha conversa direta com o Primeiro-Ministro da Índia, receberemos, até sábado, matéria-prima para continuarmos produzindo a hidroxicloroquina, de modo a podermos tratar pacientes da COVID-19, bem como malária, lúpus e artrite. Agradeço ao Primeiro-Ministro Narendra Modi e ao povo indiano por esta ajuda tão oportuna ao povo brasileiro.

A partir de amanhã, começaremos a pagar os R$ 600,00 de auxílio emergencial para apoiar trabalhadores informais, desempregados e microempreendedores durante três meses.

Concedemos, também, a isenção do pagamento da conta de energia elétrica aos beneficiários da tarifa social, por 3 meses, atendendo a mais de 9 milhões de famílias que tenham suas contas de até R$ 150,00.

Disponibilizamos 60 bilhões via Caixa Econômica Federal para capital de giro destinados a micro, pequenas e médias empresas e à construção civil.

Os beneficiários do Bolsa Família, que são quase 60 milhões de pessoas, também receberão um abono complementar do Auxílio Emergencial.

Autorizamos, ainda, para junho, um saque de até R$ 1.045,00 aos que têm conta vinculada ao FGTS.

Repatriamos mais de 11 mil brasileiros que estavam no exterior, num esforço capitaneado pelo Itamaraty, Ministério da Defesa e Embratur.

Tenho certeza de que a grande maioria dos brasileiros quer voltar a trabalhar.

Esta sempre foi minha orientação a todos os ministros, observadas as normas do Ministério da Saúde.

Quando deixar a Presidência, pretendo passar ao meu sucessor um Brasil muito melhor do que aquele que encontrei em janeiro do ano passado.

Sigamos João 8:32: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará!”

Desejo a todos uma Sexta-Feira Santa de reflexão e um Feliz Domingo de Páscoa!

Deus abençoe o nosso Brasil!


Por G1