quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Boletim informativo 06 - Plano de saneamento básico de Floresta-PE



Por: Thaís C. Pereira da Silva
Auxiliar de Mobilização Social
COBRAPE – Cia. Brasileira de Projetos e Empreendimentos

Boletim informativo 06 - Plano de saneamento básico de Tacaratu-PE





Por: Thaís C. Pereira da Silva
Auxiliar de Mobilização Social
COBRAPE – Cia. Brasileira de Projetos e Empreendimentos

Petrolândia: Informações importantes sobre a fase inicial da vacinação contra a COVID-19 no município


Neste vídeo, esclarecemos a população sobre os números, em relação as doses recebidas para vacinação ainda na Fase 01 do processo.

A gestão está seguindo todos os protocolos estabelecidos pelo Plano Nacional de Vacinação, estabelecido pelo Ministério da Saúde.

Assista e compartilhe!

Divulgação/Prefeitura de Petrolândia

Quatro homens são detidos levando 600 quilos de carne de cavalo e jumento para vender no Mercado de Afogados


Carne de cavalo e jumento foi encontrada com quatro pessoas no Agreste de Pernambuco — Foto: Adagro/Divulgação

Quatro homens foram detidos pela Polícia Militar (PM) com 600 quilos de carne de cavalo e de jumento, em Passira, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a corporação, o material seria entregue no Mercado de Afogados, na Zona Oeste do Recife, para ser vendido aos consumidores como sendo carne de boi.

O caso ocorreu na noite da quarta-feira (20), por volta das 22h50, e foi confirmado pela corporação nesta quinta-feira (21). Policiais da 6ª Companhia Independente de Policiamento faziam rondas no Sítio Poço do Pau, na zona rural de Passira, quando viram duas caminhonetes com quatro suspeitos.

Os policiais abordaram os homens e verificaram que havia 250 quilos de carne de cavalo e jumento em um carro e 350 quilos, no outro. O material, segundo a polícia, vinha de um abatedouro ilegal localizado no Sítio Poço do Pau.

Além disso, a carne estava sendo transportada sem as condições sanitárias necessárias. À polícia, os homens também disseram que combinavam as vendas por telefone, via WhatsApp.

Eles foram detidos em flagrante por crime contra as relações de consumo e levados à Delegacia de Plantão de Limoeiro, também no Agreste do estado. Os celulares foram encaminhados a perícia.

A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro) informou que a carne será incinerada no Matadouro Regional de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata.

Procurada pelo G1, a Polícia Civil informou que não foi localizado registro dessa ocorrência.

Por G1 PE

Petrolândia: Curso de Enfermagem na Unopar é mais uma conquista para o município; inscrições abertas!


Um grande sonho agora pode ser realizado em Petrolândia, a tão sonhada graduação em enfermagem. A Unopar Petrolândia não medindo esforços para você fazer o vestibular agendado e cursar uma graduação que fará seu futuro brilhar.

A metodologia é pioneira no País e reconhecida pelo MEC como referencial para a educação a distância. Os diplomas são iguais aos do ensino presencial e o sucesso profissional de nossos alunos atesta a qualidade da educação que oferecemos. 

Esta modalidade é perfeitamente aplicável ao curso de Bacharelado em Enfermagem, propiciando flexibilidade de estudo aliada aos benefícios da convivência e aprendizado prático nas atividades presenciais. O polo de apoio presencial na cidade de Petrolândia-PE, os alunos participam das atividades presenciais. 

No polo você assiste às teleaulas ao vivo, transmitidas via satélite, o que permite interação com o professor em tempo real. No polo você também realiza aulas atividades momento em que você estudará conteúdos vinculados à disciplina, sempre com o auxílio de um tutor com formação e especialização na área. 

As atividades assíncronas, ou seja, não presenciais, serão realizadas no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) especialmente preparado para a sua formação. Você poderá participar, ainda, das atividades de pesquisa e extensão realizadas em conjunto com os docentes das disciplinas e colegas de turma, contemplando assim a plenitude do Ensino Superior. Os docentes com os quais desenvolverá seu processo de ensino e aprendizagem são altamente qualificados.

Estamos felizes por essa conquista e por você fazer parte da nossa história de sucesso no Ensino Superior, no curso Superior de Bacharelado em Enfermagem na modalidade de Educação a Distância – EaD ofertaa de forma Semipresencial. Não saia de sua cidade para ter qualificação de verdade, acredite estamos formando turma de todos os interessados de cidades de toda região.

Maiores informações, contato: Charlene Torres 87 9 9633-5578 e Wniedia Nascimento 87 9 9931-9191

Blog de Assis Ramalho
Por: Fernando Cruz - Professor e Consultor de Marketing

Índia autoriza exportação da vacina de Oxford para o Brasil

Caixa com doses da vacina de Oxford/AstraZeneca contra a Covid-19 produzidas na Índia são descarregadas no aeroporto internacional de Catmandu, no Nepal, em 21 de janeiro de 2021 — Foto: Niranjan Shrestha/AP

O governo da Índia autorizou as exportações comerciais de vacinas contra a Covid-19, disse o secretário de Relações Exteriores indiano, Harsh Vardhan Shringla, à agência de notícias Reuters. A informação foi confirmada pela TV Globo com o consulado indiano em São Paulo.

As primeiras doses da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela AstraZeneca, que são fabricadas pelo Instituto Serum da Índia (SII), devem ser enviadas para Brasil e Marrocos nesta sexta-feira (22).

Até o momento, a Índia havia apenas enviado remessas de vacinas, gratuitas, a países vizinhos (leia mais abaixo).

Segundo o consulado em São Paulo, um avião do Instituto Serum partirá da Índia na sexta e deve desembarcar no aeroporto de Guarulhos ainda no sábado (22). De lá, o carregamento será enviado para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, para ser etiquetado e armazenado.

O G1 entrou em contato com o Ministério da Saúde a respeito e, até a última atualização desta reportagem, não havia obtido resposta.

Dificuldades na importação

O governo indiano havia suspendido a exportação de doses até iniciar seu próprio programa doméstico de imunização, no fim de semana passado. No início desta semana, enviou carregamentos gratuitos para países vizinhos, incluindo Butão, Maldivas, Bangladesh e Nepal.

O Brasil vinha enfrentando dificuldades para liberar uma carga de 2 milhões de doses que comprou do Instituto Serum. Na quarta (20), o ministro das Relações Exteriores brasileiro, Ernesto Araújo, disse que não havia prazo para receber o carregamento, mas negou que problemas políticos e diplomáticos com a Índia tenham atrasado a entrega.

"Em relação ao prazo para entrega das vacinas que estamos importando da Índia, eu não posso mencionar agora um prazo, mas queria reiterar que está bem encaminhado e que estou conduzindo pessoalmente as conversações com as autoridades da Índia", afirmou o chanceler brasileiro.

Na semana passada, após expectativa de que as vacinas fosse enviadas para o Brasil já no último fim de semana, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Índia, Anurag Srivastava, afirmou que era muito cedo para dar respostas sobre exportações das vacinas produzidas no país, já que a campanha nacional de imunização ainda estava só começando.

Pouco depois, o presidente Jair Bolsonaro afirmou, sem detalhar, que a viagem poderia ocorrer "daqui a dois, três dias".

Nesta segunda (18), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que a diferença de fuso horário complicava as negociações.

Por G1

IFPE terá inscrição gratuita e ampliação da oferta de vagas no processo de ingresso 2021.1


O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE), divulgou, nesta quinta-feira (21), os detalhes do processo de ingresso na instituição para o primeiro semestre de 2021. Em virtude do coronavírus, o tradicional vestibular não será realizado.

Todas as etapas da seleção, no entanto, ocorrerão pela internet. Os candidatos terão opção de utilizar as notas do Enem ou do histórico escolar para concorrer às 4.830 vagas oferecidas nos 16 campi do Instituto - 115 a mais que a oferta do Vestibular 2020.1. Outra novidade é a gratuidade da taxa de inscrição.

Serão reservadas 60% de todas as vagas oferecidas para estudantes oriundos da rede pública de ensino. Haverá ainda cotas para pessoas com deficiência, negras, pardas e indígenas, além de reserva de vagas para moradores da Zona Rural, nos cursos com vocação agrícola.

Os candidatos aos cursos superiores terão duas opções de ingresso, de acordo com o campus: através da nota do Enem, podendo ser consideradas as edições dos anos 2015 a 2019, ou através da análise direta do histórico escolar do Ensino Médio. Todos os campi terão a oferta de vagas divididas igualmente entre as duas opções, exceto o Campus Recife, cujo ingresso se dará apenas através das notas do Enem.

Já os que concorrerão às vagas dos cursos técnicos nas modalidades Integrado e Subsequente deverão apresentar histórico escolar. No caso do Integrado, serão levadas em conta as notas obtidas do 6º até o 8º ano do Ensino Fundamental. Já no Subsequente, serão avaliadas as notas do 1º e 2º anos do Ensino Médio. O objetivo é não prejudicar estudantes no último ano de seus respectivos níveis que tiveram as atividades de ensino paralisadas por conta da pandemia.

As inscrições ocorrerão pelo endereço cvest.ifpe.edu.br, a partir desta segunda-feira (25) até o dia 21 de fevereiro. Durante o procedimento, o candidato deverá inserir a pontuação obtida nas disciplinas ou provas solicitadas, devendo assinalar se pretende concorrer às vagas ofertadas por meio da Análise de Desempenho Escolar do Ensino Médio ou da Nota Geral do Enem, no caso dos cursos superiores. Também será necessário anexar documentos comprobatórios das notas, que não poderá exceder 5 MB, em formatos PDF, JPEG, JPG, TIFF ou PNG.

ENEM

Quem optar pelas notas do Enem deverá anexar Boletim Individual, de acordo com a edição escolhida. O documento precisa conter o nome completo do candidato, a edição do Enem, número de inscrição, CPF, e a íntegra das pontuações obtidas. Só serão aceitas as notas de uma edição do Exame. O candidato deverá ainda inserir manualmente a nota obtida em cada área (Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias e Redação).

HISTÓRICO ESCOLAR

Já quem escolher histórico escolar deverá anexar a cópia digital da frente e do verso do documento, que necessita apresentar o nome completo do candidato, carimbo e a assinatura ou certificado digital do responsável pela escola. Caso não seja possível anexar o Histórico Escolar o candidato poderá anexar declaração com as médias das disciplinas do primeiro e segundo ano, assinatura e carimbo do responsável pela escola.

Os que optarem pelo histórico escolar deverão estar atentos às exigências do edital que estabelece regras em relação às diferenças curriculares. Nas escolas nas quais a oferta de determinadas disciplinas é subdivida, o candidato deverá informar a média das subdivisões das disciplinas equivalentes. Dessa forma, a média de Língua Portuguesa, por exemplo, deverá ser realizada com base nas notas de Gramática, Redação e Literatura. Se em vez de subdivisão houver aglutinação de disciplinas, o candidato deverá repetir a nota. Por exemplo, se o histórico não apresentar as disciplinas de Física, Química e Biologia, mas apresentar a disciplina Ciências, o candidato deverá utilizar as notas de Ciências no formulário de inscrição, repetindo-a. Outros casos específicos são detalhados no edital.

MÚSICA

No caso dos candidatos aos cursos da área de música, tanto superior quanto técnico, haverá ainda uma etapa adicional de performance que ocorrerá por meio da submissão de um vídeo, no período de 22 a 23 de fevereiro. Todos os procedimentos para gravação do material também estão descritos no edital. A divulgação do listão está prevista para o dia 15 de março. Quem for aprovado deverá realizar matrícula a partir do dia 17 de março. As datas tanto da matrícula quanto do início das aulas variam de acordo com o campus escolhido.

Os candidatos poderão esclarecer dúvidas referentes ao processo de ingresso pelo e-mail ingresso@ifpe.edu.br ou diretamente nos campi onde concorrerão à vaga. Em cada uma das unidades, há telefones e e-mails de contato, além dos dias e horários específicos para atendimento presencial. Todas essas informações também estão disponíveis no edital.

Por Folha de Pernambuco

Boletim desta quinta (21/01/2021): Com mais 1.985 casos e 35 óbitos, Pernambuco chega a 246.799 confirmações e 10.133 mortes por Covid-19



Foram confirmados, nesta quinta-feira (21), 1.985 novos casos e 35 óbitos por Covid-19 em Pernambuco. Com isso, o estado passou a contabilizar 246.799 confirmações e 10.133 mortes de pessoas que foram infectadas pelo novo coronavírus desde março de 2020.

De acordo com o governo do estado, 55 dos 1.985 casos registrados nesta quinta foram de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Outros 1.930 foram de pessoas com quadro clínico considerado leve. Considerando essa divisão, o estado registrou ao todo 30.492 casos graves e 216.307 casos leves.

Já as mortes confirmadas nesta quinta ocorreram entre os dias 29 de outubro de 2020 e a quarta (20). Outras informações devem ser repassadas ao longo do dia pelo governo do estado.

Por G1 PE

São Paulo decide não mudar comissão técnica após maior goleada da história do Morumbi


A diretoria do São Paulo já definiu que não mudará o comando técnico do time de futebol depois da maior derrota já sofrida na história do Morumbi. Fernando Diniz segue e repete uma história de seu atual coordenador, Muricy Ramalho.

Em 1996, Muricy era o treinador numa goleada por 5 a 0 sofrida para o Corinthians, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. O técnico foi mantido e seguiu até o final do Campeonato Paulista, do qual terminou como vice-campeão.


Como em qualquer grande derrota no futebol brasileiro, está claro que a estabilidade de Diniz diminui. Uma nova sequência sem vencer pode provocar novos tremores de terra no Centro de Treinamento da Barra Funda. Mas a decisão atual é correta.

Obviamente, é preciso descobrir o que acontece com o São Paulo. A maior acusação e mais repetida desde quarta-feira à noite é de que o time não tem alternativas táticas.

Há uma outra hipótese. O time não consegue mais fazer bem o que sabe fazer de melhor: as movimentações do ataque, as trocas de posições dos meias, que muitas vezes agrupavam-se dos mesmo lado, as tabelas entre Luciano e Brenner, a saída de jogo.

Dos onze gols sofridos pelo São Paulo, em 2021, cinco foram motivadas por erros de passes na saída da defesa para o ataque.



Blog de Assis Ramalho
Por GE

Petrolândia: Posto de combustível Papai Noel completa três anos de excelente serviço à população de Petrolândia e cidades circunvizinhas

 


Há três anos era inaugurado em Petrolândia o Posto de Combustível Papai Noel, mais um empreendimento do casal Geraldo e Socorro Severo, localizado na rua Arthur Vieira, 144 - Centro de Petrolândia, esquina com a Avenida Djalma Wanderley (paralela à BR-316).

Com o intuito de prestar mais um excelente serviço à população do município de Petrolândia e cidades circunvizinhas, o casal Geraldo e Socorro Severo investiu no novo projeto para colaborar ainda mais com o desenvolvimento econômico de Petrolândia, com geração de emprego e renda. O Posto de Combustível Papai Noel tem como diferencial serviços realizados com segurança, qualidade e bom preço. O projeto segue as normas exigidas pelo mercado, com a mais nova concepção de imagem em postos de serviços.

O Posto de Combustível Papai Noel, que trabalha com a DISLUB, é composto por modernas bombas para abastecimento, amplo estacionamento, além de uma variedade de produtos e serviços, visando conforto e comodidade aos seus clientes. O Posto de Combustível Papai Noel também conta com Loja de Conveniência HORA D.

Posto de Combustível Papai Noel
Org. Geraldo Severo (Melinha) e Socorro
Rua Arthur Vieira Lima, 144 - Centro(paralela à BR-316).
Petrolândia (PE)
Telefone: (87) 3851-2283
Horário de funcionamento: De segunda à segunda das 6h às 22 horas.

Clique abaixo e relembre a inauguração festiva do Posto de combustível Papai Noel
>> Petrolândia: Posto de combustível Papai Noel é inaugurado festivamente

Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Assis Ramalho

Petrolândia: Dr Marcos Bispo (Gastroenterologista) atende na Petroclínica neste sábado (23/01); marque sua consulta


A Petroclínica, situada na na Rua José Benedito da Silva (Por trás da Eletroléo), informa que Dr Marcos Bispo (Gastroenterologista - Endoscopia digestiva) atenderá neste sábado, 23 de janeiro de 2021.

Atenção cliente amigo: informamos o uso obrigatório de máscaras no nosso estabelecimento e o agendamento prévio de exames e consultas, para que não hajam aglomerações trazer acompanhante somente em casos de extrema necessidade. Contamos com a colaboração de todos.

A Petroclínica respeita você e sua saúde!! Consultas com horário marcado para sua segurança e conforto ! Agende já a sua!

Fones : 87 3851-2333 / 87 998050774

SAIBA MAIS SOBRE A PETROCLÍNICA


A Petroclinica conta com uma equipe totalmente qualificada para cuidar da sua saúde:
Veja abaixo a relação dos demais profissionais que atendem na Petroclínica.

* Dr Rommel Alencar ( fisioterapia em geral)
* Dra Cicera Elisane ( fisioterapia em geral)
* Dra Nubia Lopes ( ginecologia e ultrassonografia)
* Dra Socorro Carvalho ( ginecologia e ultrassonografia)
* Enf Joane Barboza ( preventivo com câmera, Depilação a luz intensa pulsada, pré natal e drenagem linfática)
* Dr Marcos Bispo ( Gastroendoscopia)
* Dr Italo Porto ( psicólogo)
* Dra Andreza carvalho ( Psicóloga)
* Dr Valmir Mizio ( Psicólogo)
* Dr Emílio Araújo ( Psiquiatra)
* Dra Bruna Lopes ( dentista- ortodontia)
* Dr Igaro Cordeiro ( cirurgião dentista- Canal em sessão Única)
* Dra Rubinara Dória ( cirurgiã dentista)
* Dra Edilene Oliveira ( Nutricionista)
* Dra Tamires Greicelli ( Nutricionista )
* Dra Bárbara Lopes ( dermatologia Clínica e estética)
* Dr Cleovan Almeida ( oftalmologista)
* Dra Raylla França ( clínica Médica)
* Dr Ebenone ( Ortopedista)

* Realizamos mamografia Digital
* A Petroclínica também realiza Mamografia Digital

Da Redação do Blog de Assis Ramalho


Petrolândia: Dra. Bárbara Lopes (Dermatologia Clínica e Estética) atende na Petroclínica nesta sexta (22); marque sua consulta


A Petroclínica, situada na na Rua José Benedito da Silva (Por trás da Eletroléo), informa que que Dra Bárbara Lopes - Dermatologia, Clínica e Estética - irá atender nesta sexta-feira, 22 de janeiro de 2021.

Atenção cliente amigo: informamos o uso obrigatório de máscaras no nosso estabelecimento e o agendamento prévio de exames e consultas, para que não hajam aglomerações trazer acompanhante somente em casos de extrema necessidade. Contamos com a colaboração de todos.

A Petroclínica respeita você e sua saúde!! Consultas com horário marcado para sua segurança e conforto ! Agende já a sua!

Fones : 87 3851-2333 / 87 998050774

SAIBA MAIS SOBRE A PETROCLÍNICA


A Petroclinica conta com uma equipe totalmente qualificada para cuidar da sua saúde:
Veja abaixo a relação dos demais profissionais que atendem na Petroclínica.

* Dr Rommel Alencar ( fisioterapia em geral)
* Dra Cicera Elisane ( fisioterapia em geral)
* Dra Nubia Lopes ( ginecologia e ultrassonografia)
* Dra Socorro Carvalho ( ginecologia e ultrassonografia)
* Enf Joane Barboza ( preventivo com câmera, Depilação a luz intensa pulsada, pré natal e drenagem linfática)
* Dr Marcos Bispo ( Gastroendoscopia)
* Dr Italo Porto ( psicólogo)
* Dra Andreza carvalho ( Psicóloga)
* Dr Valmir Mizio ( Psicólogo)
* Dr Emílio Araújo ( Psiquiatra)
* Dra Bruna Lopes ( dentista- ortodontia)
* Dr Igaro Cordeiro ( cirurgião dentista- Canal em sessão Única)
* Dra Rubinara Dória ( cirurgiã dentista)
* Dra Edilene Oliveira ( Nutricionista)
* Dra Tamires Greicelli ( Nutricionista )
* Dra Bárbara Lopes ( dermatologia Clínica e estética)
* Dr Cleovan Almeida ( oftalmologista)
* Dra Raylla França ( clínica Médica)
* Dr Ebenone ( Ortopedista)

* Realizamos mamografia Digital
* A Petroclínica também realiza Mamografia Digital

Da Redação do Blog de Assis Ramalho

Incêndio atinge fábrica de vacina contra Covid-19 na Índia

Incêndio em prédios do Instituto Serum, na cidade de Pune, na Índia, em 21 de janeiro de 2021 — Foto: AFP

Indianos observam incêndio no Instituto Serum, em Pune, em 21 de janeiro de 2021 — Foto: AFP

Um incêndio atingiu um edifício do Instituto Serum, a empresa da Índia que produz vacinas com tecnologia da AstraZeneca e da Universidade de Oxford, nesta quinta-feira (21), na cidade de Pune.

O estoque de vacinas e a indústria onde elas são feitas estão seguras, segundo o jornal "Times of India". Atualmente, o Instituto Serum produz cerca de 50 milhões de doses da vacina por mês em outras unidades do complexo

A empresa também vai começar a produzir as vacinas desenvolvidas pela empresa norte-americana Novavax.

Segundo o diretor-executivo da empresa, Adar Poonawalla, a unidade que pegou fogo produz vacinas para o rotavírus. Ele estima que a perda nessa linha de produção será de até 40% do volume de doses.

As redes de TV indianas mostram uma coluna de fumaça cinza acima da sede da empresa.

Em uma rede social, Poonawalla, o diretor-executivo, agradeceu a todos pela preocupação e pelas “Até agora, o mais importante é que não houve vidas perdidas e nem grandes lesões por causa do fogo, apesar de alguns andares terem sido destruídos”, afirmou.

Os bombeiros afirmaram que ao menos cinco caminhões foram enviados para combater o fogo no prédio e que o fogo foi controlado.

Ainda não se sabe o que causou o incêndio.

Maior produtor do mundo

O Instituto Serum é o maior fabricante de vacinas do planeta. Lá são produzidas 1,5 bilhão de doses de para várias doenças, de poliomielite a caxumba. A estimativa é que seis em cada dez crianças no mundo recebam pelo menos uma vacina fabricada pela empresa indiana.

Nesta semana, a Índia começou a exportar as vacinas produzidas pelo Instituto Serum para seis países, mas não para o Brasil.

Questões diplomáticas

O Brasil espera a liberação da exportação de dois milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca que estão na Índia, mas as relações diplomáticas entre os dois governos enfrentam dificuldades há três meses por causa da posição assumida pelo Brasil numa reunião na Organização Mundial do Comércio (OMC).

A reunião foi em meados de outubro de 2020.

A África do Sul e a Índia apresentaram um pedido ao Conselho de Propriedade Intelectual da Organização Mundial do Comércio para suspender temporariamente os direitos de patentes de insumos e equipamentos médicos para combater a Covid-19, até que a maioria da população mundial estivesse vacinada.

O acordo de propriedade intelectual da OMC já prevê a flexibilização dos direitos de patentes em casos como esse, mas é preciso liberar um produto de cada vez em cada país, e o argumento era de que não havia tempo a perder.

Os representantes do governo brasileiro se manifestaram dizendo que “não estavam convencidos que a suspensão dos direitos de propriedade iria garantir a nós um aumento significativo de acesso aos produtos, e poderia dar um sinal errado a inovadores e até prejudicar esforços para produzir as soluções que precisamos”.

Por G1


Eventos sociais e corporativos são suspensos em Pernambuco

 

O Comitê de Enfrentamento à Covid-19 em Pernambuco decidiu, com base nos indicadores epidemiológicos desta semana, adotar mais uma medida restritiva no Plano de Convivência, em todo o Estado. A partir da próxima segunda-feira (25.01), está proibida a realização de eventos de qualquer natureza, sejam corporativos ou sociais. A restrição, anunciada durante a coletiva online do Governo de Pernambuco nesta quarta-feira (20.01), é válida por 30 dias.

“Os eventos sociais e corporativos que podiam ser realizados, até então, com a capacidade máxima de 150 pessoas, estão suspensos”, reforçou o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes, que aproveitou para falar sobre as ações de fiscalização nas praias, realizadas no ultimo final de semana. “É preciso que nós continuemos avançando, cumprindo os protocolos, tanto os comerciantes quanto os cidadãos e banhistas, que procuram a praia como opção de lazer. Neste final de semana, continuaremos com a campanha de conscientização, para que possamos manter esse ambiente de lazer aberto", afirmou.

Por sua vez, o secretário estadual de Saúde, André Longo, ressaltou que o abandono da máscara tornou-se preocupante nos parques públicos. "Caso não haja uma melhora no comportamento social nesses espaços de convivência e as prefeituras não sejam mais rigorosas na fiscalização, iremos avaliar o fechamento dos parque em todo Estado”, advertiu. Longo ressaltou, ainda, que mesmo com o inicio da vacinação no Estado é necessário manter os cuidados com as normas sanitárias.

“Reconhecemos a importância da imunização, mas precisamos ter em mente que nos primeiros meses não teremos vacinas suficientes para imunizar a maioria da população, sendo necessária a continuação dos cuidados sanitários. Mesmo os que receberem a vacina não poderão abdicar dos protocolos, seja porque o organismo precisa de um tempo para maturar a proteção e, mesmo depois da segunda dose, é preciso esperar que boa parte da população já tenha sido imunizada para que tenhamos uma proteção coletiva”, explicou o secretário.

DISTRIBUIÇÃO DAS VACINAS – Apenas 18 horas após a chegada da primeira remessa de vacinas contra a Covid-19 na Central de Armazenamento e Distribuição de Vacinas do Estado, dentro do maior esforço logístico envolvendo todas as 12 Gerências Regionais de Saúde (Geres), a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) conseguiu realizar a distribuição e concluir a entrega das doses para todas as unidades administrativas da SES-PE. Na manhã desta quarta-feira (20.01), 100% dos municípios pernambucanos já estavam com suas doses, aptos para imunizar a população.

Esta semana, Pernambuco registrou leve flutuação nos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), com 708 casos notificados – uma diferença de apenas 27 casos (3%) em relação a semana 1 e um aumento de 17% na comparação de 15 dias. Em relação às solicitações de leitos na Central de Regulação Estadual, entre as duas primeiras semanas deste ano houve redução de 10% nos pedidos de vagas de enfermaria, mas um aumento de 5,3% nos pedidos de internação nas UTIs. “Diante desse cenário, o comitê decidiu pela adoção da nova medida restritiva. Gostaria, contudo, de elogiar o comportamento da população e dos comerciantes na maioria das praias durante o último final de semana. O recado foi absorvido e as medidas de distanciamento e os cuidados sanitários foram adotados na maior parte das faixas de areia", enfatizou André Longo.

Por Assessoria do governo de Pernambuco

INSS: o que muda nas regras para pedir aposentadoria e pensão em 2021


A reforma da previdência completou um ano em novembro de 2019 e trouxe uma série de mudanças para o brasileiro conseguir a aposentadoria. Entre elas, há as regras de transição que terão mudanças em 2021. Além disso, portaria divulgada no final de dezembro do ano passado aumentou as faixas etárias de beneficiários para recebimento da pensão por morte.

As regras transitórias para aposentadoria são uma espécie de "meio termo" para os segurados que já estavam contribuindo ao INSS antes da reforma, mas que ainda não concluíram os requisitos para dar entrada na aposentadoria.

O objetivo é permitir que os atuais trabalhadores se aposentem antes da idade mínima estabelecida pela reforma (65 anos para homens e 62 anos para mulheres). E o segurado poderá sempre optar pela forma mais vantajosa.

Se o segurado já cumpria os requisitos para se aposentar antes de 13 de novembro de 2019 e ainda não pediu o benefício, ou pediu em data posterior, terá o direito respeitado no momento em que o INSS conceder a sua aposentadoria - e ficam valendo as regras de antes da reforma.

O advogado especialista em Direito Previdenciário e sócio do escritório Aith, Badari e Luchin Advogados, João Badari, alerta que é fundamental que o segurado fique atento às principais mudanças que irão ocorrer neste ano e realize um planejamento adequado.

Veja o que muda na pensão por morte e nas regras de transição para aposentadoria em 2021, de acordo com Badari:

Pensão por morte

O governo estabeleceu no final do ano passado nova regra para a pensão por morte, que acrescentou um ano em cada faixa etária para o recebimento do benefício por cônjuges e companheiros. A regra vale para óbitos ocorridos a partir de 1º de janeiro de 2021, de acordo com as seguintes faixas etárias:

se tiver menos de 22 anos de idade, a pensão será paga por 3 anos;
se tiver entre 22 e 27 anos de idade, a pensão será paga por 6 anos;
se tiver entre 28 e 30 anos de idade, a pensão será paga por 10 anos;
se tiver entre 31 e 41 anos de idade, a pensão será paga por 15 anos;
se tiver entre 42 e 44 anos de idade, a pensão será paga por 20 anos;
se tiver 45 anos ou mais, a pensão será vitalícia.

Para óbitos ocorridos até 31 de dezembro de 2020, continuam valendo as regras anteriores, mesmo que o pedido da pensão por morte seja feito neste ano.

Se o segurado faleceu em dezembro de 2020, e sua esposa tinha 44 anos, por exemplo, o pagamento da pensão será vitalício. Se o óbito ocorrer em janeiro de 2021, a pensão só será vitalícia se a esposa tiver 45 anos na data do falecimento do seu marido. Se tiver 44 anos, receberá o benefício por 20 anos.

Para ter direito é preciso que o segurado tenha contribuído por 18 meses antes do óbito e pelo menos dois anos após o início do casamento ou da união estável.

Transição por sistema de pontos

Pelo chamado sistema de pontos, o trabalhador deverá alcançar uma pontuação que resulta da soma de sua idade mais o tempo de contribuição. O número está em 87 para as mulheres e 97 para os homens, respeitando o tempo mínimo de contribuição (35 anos para homens e 30 anos para mulheres). A transição prevê um aumento de 1 ponto a cada ano, chegando a 100 para mulheres (em 2033) e 105 para os homens (em 2028).

Em 2021, o número passará para 88 pontos para mulheres e 98 pontos para os homens. Por exemplo, se em 2020 uma mulher com 57 anos de idade e 30 de contribuição poderia se aposentar, em 2021 será preciso ter, no mínimo, 58 anos de idade e 30 de contribuição (poderá dar entrada também com 57 anos e 6 meses de idade e 30 anos e 6 meses de contribuição, ou 57 anos de idade e 31 de contribuição.)

A regra tende a beneficiar quem começou a trabalhar mais cedo. É aplicável para qualquer pessoa que já está no mercado de trabalho e é a que atinge o maior número de trabalhadores.

O valor da aposentadoria seguirá a regra de 60% do valor do benefício integral por 15 anos de contribuição para mulheres e 20 para os homens, crescendo 2% a cada ano a mais. O percentual poderá passar de 100% do salário médio de contribuição, mas o valor é limitado ao teto do INSS (atualmente em R$ 6.101,06).

Transição por tempo de contribuição + idade mínima

Nessa regra, a idade mínima começa em 56 anos para mulheres e 61 para os homens, subindo meio ponto a cada ano até que a idade de 65 (homens) e 62 (mulheres) seja atingida. Em 12 anos acaba a transição para as mulheres e em 8 anos para os homens. Nesse modelo, também é exigido um tempo mínimo de contribuição: 30 anos para mulheres e 35 para homens.

Em 2021, as mulheres precisarão ter 57 anos e os homens, 62 anos, com o mínimo de 35 anos de contribuição para os homens e 30 para as mulheres.

A remuneração será calculada a partir da média de todos os salários de contribuição, com a aplicação da regra de 60% do valor do benefício integral por 15/20 anos de contribuição, crescendo 2% a cada ano a mais. O percentual poderá passar de 100% do salário médio de contribuição, mas o valor é limitado ao teto do INSS (atualmente em R$ 6.101,06).

Transição por idade

Nessa regra, para os homens, a idade mínima continua sendo de 65 anos. Para as mulheres começa em 60 anos. Mas, desde 2020, a idade mínima de aposentadoria da mulher é acrescida de seis meses a cada ano, até chegar a 62 anos em 2023. O tempo mínimo de contribuição exigido é de 15 anos para ambos os sexos.

Portanto, a mudança nessa regra de transição é só para as mulheres, que terão que completar 61 anos em 2021. A remuneração será calculada a partir da média de todos os salários de contribuição, com a aplicação da regra de 60% do valor do benefício integral por 15/20 anos de contribuição, crescendo 2% a cada ano a mais. O percentual poderá passar de 100% do salário médio de contribuição, mas o valor é limitado ao teto do INSS (atualmente em R$ 6.101,06).

Transição com pedágio de 50%

Nessa regra, quem estava a, no máximo, 2 anos de cumprir o tempo mínimo de contribuição (35 anos para homens e 30 anos para mulheres) na data da aprovação da reforma, poderá se aposentar sem a idade mínima, mas vai pagar um pedágio de 50% do tempo que falta. Por exemplo, quem estiver a um ano da aposentadoria deverá trabalhar mais seis meses, totalizando um ano e meio.

Neste caso nada muda. Isso porque o segurado continuará tendo que cumprir os 50% de pedágio.

Porém, nesta regra incide o fator previdenciário - fórmula matemática que envolve três fatores: idade no momento da aposentadoria, tempo de contribuição e a expectativa de sobrevida calculada pelo IBGE no ano em que a aposentadoria foi requerida.

As projeções do IBGE mostram que a expectativa de vida ao nascer cresce a cada ano, com base em projeções demográficas que analisam a população como um todo. E, à medida que a expectativa de sobrevida (por quanto tempo as pessoas viverão após determinada idade) também sobe, com as pessoas vivendo mais, essa tendência reduz o valor da aposentadoria pelo fator previdenciário. Ou faz com que o segurado tenha de trabalhar mais para ter o mesmo benefício.

Como a tabela de expectativa de vida subiu recentemente, o trabalhador terá que trabalhar cerca de 2 meses a mais em 2021 para compensar o fator previdenciário e manter o mesmo benefício que receberia antes de dezembro de 2020. Ou o fator previdenciário poderá prejudicar o segurado e reduzir o valor final do benefício em até 40%.

O valor do benefício será a média das 100% maiores contribuições, reduzido pelo fator previdenciário.