quinta-feira, 25 de julho de 2019

Homem morre vítima de acidente com motocicleta na BR-316 em estrada que liga Petrolândia a Floresta, PE


Um homem faleceu em um acidente com motocicleta na noite desta quinta-feira (25) em Floresta, no Sertão de Pernambuco. A fatalidade aconteceu por volta das 18h30 na BR-316, estrada que liga Floresta a Petrolândia. Genilson Pereira, de idade não divulgada, morreu na hora.

De acordo com as primeiras informações, não oficiais,  a vítima teria se chocado com um animal, e uma carreta teria passado por cima de seu corpo.


Via Blog do Elvis/NE10

Pernambucano morre na Irlanda após cair de janela no terceiro andar de prédio

Sérgio fazia intercâmbio na Irlanda e era natural de Caruaru, no Agreste de Pernambuco — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um estudante pernambucano de 23 anos morreu após cair de uma janela na cidade de Dublin, na Irlanda. Segundo a família do jovem, Sérgio Romero Lucena Nunes Filho estava com amigos no apartamento onde morava, quando se encostou numa janela e caiu do terceiro andar do edifício. O caso ocorreu na quarta-feira (24).

Por meio de nota, o Itamaraty informou que a Embaixada do Brasil em Dublin foi informada sobre o incidente pelas autoridades policiais e "está acompanhando o caso para prestar a assistência consular cabível à família."

Ainda segundo familiares, Sérgio Romero estava há cinco meses no país europeu, fazendo intercâmbio. Ele era formado em odontologia e morava em Caruaru, no Agreste de Pernambuco.

Amiga da família, a jornalista Lea Renata informou que o caso ocorreu por volta da meia-noite, no horário local. "A família soube por volta das 19h da quarta-feira (24). Disseram que ele estava em casa, com amigos, se escorou na janela e caiu. Dois tios dele estão indo para a Irlanda para providenciar o transporte do corpo", afirma Lea.

Ainda por meio de nota, o Itamaraty informou que, em atendimento ao direito à privacidade dos envolvidos, à Lei de Acesso à Informação e ao Decreto 7.724, "não pode comentar detalhes do caso sem autorização expressa dos familiares."

Por G1 PE

Petrolândia: Agenda de atendimento da Clínica Mais Saúde; Confira e marque sua consulta

Veja acima profissionais que atenderão nesta terça (23/07) na Mais Saúde


A Clínica Mais Saúde, localizada na Av Auspício Valgueiro de Barros, em frente a Escola Delmiro Gouveia, informa atendimentos para esta sexta-feira (26/07/2019); confira acima!

Agende sua consulta pelo cel: 87 9.9659-3298 - tel. 87 - .3851-0533

Confira abaixo as vantagens do convênio System Saúde; adquira já o seu!

Veja abaixo empresas e demais profissionais que também formaram parceria com o convênio System Saúde














Veja abaixo todos os especialistas médicos que atendem na Mais Saúde


Dr. Victor Laert - Cirurgião Dentista / Implantes Dentários / Endodontia e Ortodontia

Dra. Ilka Novaes - Cirurgiã Dentista

Dr. Kleber Cantarelli - Cirurgião Dentista e Ortodontia

Dra. Kelciany Carvalho - Cirurgiã Dentista e Prótese

Dr. Waldir Tenório - Cardiologista

Dr. Stephano Kelps - Clínico Geral

Dr. Paulo Elísio - Dermatologista

Dra. Yara Marques - Fisioterapia e Estética

Dr. Leirson Magalhães - Gastroenterologista

Dra. Núbia Lopes - Ginecologista e Ultrassonografia

Dra. Bruna Bastos - Ginecologista Obstetra

Dra. Joélia Magalhães - Nutricionista

Dra. Gracenilda Moura - Psicóloga

Dra. Lidiane Menezes - Psicopedagoga

Dr. Atayde Júnior - Psiquiatra

Dra. Mariana Bezerra - Odontopediatra

Dr. Robson Oliveira - Otorrinolaringologista

Dr. Felipe Guimarães - Reumatologista

Dr. Weslley Bezerra - Urologista

Dra Talita Novaes (Clínica Geral)

Dr Alexandre Torres (Endocrinologista, Clínico Geral e Ultrassom)

Dra Silvia Karla (Terapeuta Ocupacional)

Dr Pedro Roriz (Neurologista)

Dr Raphael Albuquerque - Ortopedista

Dra Priscylla Quirino (Fonoaudióloga)
Redação do Blog de Assis Ramalho
Informação: Clinica Mais Saúde

Petrolândia: Promotor Dr. André Felipe Menezes fará avaliação dos trabalhos da FPI/PE no 'Acordando com as Notícias' nesta sexta (26) na Web Rádio Petrolândia

Promotor Dr. André Felipe Menezes (MPPE) e Janielma Souza (prefeita de Petrolândia

Para falar sobre os trabalhos do Programa de Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco em Pernambuco (FPI/PE),  que teve como objetivo principal combater danos ambientais relacionados à extração mineral, comércio e uso de agrotóxicos, abate ilegal de animais, 
abastecimento de água, saneamento e gerenciamento de resíduos sólidos, bem como a atividades com impacto na fauna e flora, no patrimônio cultural e nas comunidades tradicionais da região,  o representante do Ministério Público de Pernambuco-MPPE, Promotor Dr. André Felipe Menezes, um dos coordenadores da operação, concederá  entrevista no programa Acordando com as Notícias, transmitido pela Web Rádio Petrolândia, na manhã desta sexta-feira (26/07/2019).

O ouvinte pode participar por WhatsApp pelo número (87) 9.9955-1186.

Posteriormente a entrevista será transformada em reportagem no Blog de Assis Ramalho.

Ao todo, cinco municípios da região do Sertão de Itaparica foram visitados. Além de Petrolândia, Floresta, Itacuruba, Jatobá e Tacaratu estiveram no roteiro da FPI, que encerra-se nesta sexta-feira, 26 de julho de 2019.

Ouça o programa ''Acordando com as Notícias'' com Assis Ramalho de segunda a sábado das 06:30 as 08;30 da manhã na Web Rádio Petrolândia, 24 horas no ar. O programa apresenta notícias locais, regionais, nacionais, internacionais, política, polícia, economia, cultura, esportes, manchete dos jornais do dia, utilidade pública, entrevistas, entretenimento e muito mais.

Durante o programa, o ouvinte pode participar por WhatsApp pelo número (87) 9.9955-1186.

A Web Rádio Petrolândia funciona na Internet, no site www.webradiopetrolandia.com.br, com o objetivo de levar a voz de Petrolândia aos petrolandenses em sua própria cidade e além das divisas e fronteiras.

Matadouro e açougue de Itacuruba são interditados em ação da FPI/PE

Foto: FPI/PE
O matadouro e o açougue público do município de Itacuruba, distante cerca de 467 quilômetros do Recife, foram interditados nesta quarta-feira (24), durante uma operação da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia do São Francisco em Pernambuco (FPI/PE). Os equipamentos apresentavam vários problemas na infraestrutura, precariedade nas instalações elétricas, deficiências higiênico-sanitárias, ausência de instrumentos e falta de registro nos órgãos competentes.

Em vistoria na área do açougue, os técnicos da FPI observaram que carnes, pescados e derivados – que necessitam de refrigeração – eram comercializados sem expositor e proteção contra moscas e poeira. As mesas e os balcões também não possuíam impermeabilização nem seguiam a padronização necessária exigida. Ainda foi contatado que os permissionários não faziam uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e dispunham de ferramentas proibidas em lei para o manuseio de produtos.

Já no matadouro, havia uma série de falhas que comprometiam o bem-estar animal, como a falta de disponibilidade de água no local de espera para o abate, e a ausência de pistola pneumática. As condições higiênicas e sanitárias eram inadequadas para a realização da atividade, havia sujeira do telhado, azulejos quebrados na parede e falhas na limpeza dos ambientes. Além disso, foi observada a precariedade do sistema elétrico que colocava em risco a segurança de quem estava no local.

FPI – Sob coordenação do Ministério Público Federal (MPF) e do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), com apoio do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), as entidades participantes do programa são: Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro); ONG Animalia; ONG Agendha; Agência Nacional de Mineração (ANM); Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac); Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa); CemaFauna Caatinga/Univasf; Agência de Bacia Peixe Vivo; Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH); Fundação Nacional de Saúde (Funasa); Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe); Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra); Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan); Secretaria de Defesa Social (Polícia Militar, Polícia Civil, Instituto de Criminalística e Corpo Bombeiros Militar); Polícia Rodoviária Federal (PRF); Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Por MPPE

Petrolândia: Difusora Vanguarda divulga ganhador do sorteio de uma bateria (Geraldo Pedro da Silva, da Quadra 08)


Divulgação: Ailton Araújo/Difusora Vanguarda

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico suspende seleção de bolsistas


O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) suspendeu, até o dia 30 de setembro, a segunda fase de um processo de seleção de bolsistas no Brasil e no exterior, por falta de recursos. A retomada do financiamento de projetos que contribuam para o desenvolvimento científico e tecnológico e a inovação no Brasil depende, agora, da liberação de um crédito suplementar.

Os detalhes do processo seletivo foram divulgados em junho do ano passado, pela agência vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia Inovações e Comunicações (MCTIC). A chamada pública (CNPq Nº 22/2018) criou oportunidades para que propostas de doutorado e pós-doutorado selecionadas fossem financiadas com recursos do orçamento do CNPq. O valor global é estimado em R$ 60 milhões, mas a liberação do dinheiro depende de disponibilidade orçamentária e financeira do conselho.

A primeira fase da chamada pública foi cumprida e a previsão é que as bolsas sejam concedidas até agosto deste ano. Para essa fase, foram liberados R$ 51 milhões. Para a segunda fase, que foi suspensa, as bolsas começariam a ser pagas entre setembro deste ano e fevereiro de 2020. De acordo com a previsão global do edital, restam R$ 9 milhões a serem liberados.

"O processo foi suspenso no aguardo de uma recomposição orçamentária, tendo em vista que o orçamento aprovado para 2019 tem um déficit de cerca de R$ 300 milhões na rubrica de bolsas. Se houver um crédito suplementar destinado ao CNPq, as bolsas poderão ser concedidas, no limite dos recursos que forem destinados", destacou, em nota, o CNPq.
Reação

A suspensão gerou reação de entidades ligadas à ciência no Brasil, como a Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped), o Fórum Nacional de Diretores de Faculdades, Centros de Educação ou Equivalentes das Universidades Públicas Brasileiras e a Associação Nacional de Pesquisadores em Financiamento da Educação.

Em nota conjunta, as entidades lamentaram a redução dos investimentos em Ciência e Tecnologia alertando para um possível desmonte das condições de produção e internacionalização no Brasil.

"Historicamente e em todos os países com boa produção científica, a pesquisa com diálogo nacional e internacional se faz com regularidade e planejamento. As inscrições para seleção de bolsas especiais no país e exterior significam protocolos entre universidades, diálogo com supervisores no Brasil e no exterior. Não é possível produção científica quando pesquisadores não podem planejar suas ações e ao inscrever-se em um edital não sabem se ele existirá até o final", afirmam as entidades.

Por Agência Brasil

Ex- prefeito de Juazeiro (BA) e atual assistente especial no gabinete do governador da Bahia, petrolandense Isaac Carvalho fala de seus projetos políticos e anuncia apoio a reeleição de Paulo Bomfim a prefeitura em entrevista na Web Rádio Petrolândia


Em recente passagem pela cidade de Petrolândia, o ex-prefeito de Juazeiro da Bahia - por dois mandatos - e atual assistente especial no gabinete do governador da Bahia (Rui Costa), o petrolandense Isaac Carvalho foi entrevistado ao vivo pelo radialista e blogueiro Assis Ramalho, no programa Acordando com as Notícias, transmitido pela Web Rádio Petrolândia.

A entrevista em que afirma que vai apoiar a candidatura a reeleição de Paulo Bomfim a prefeitura de Juazeiro, e comenta os motivos pelos quais a justiça o impediu de assumir a função de deputado federal, está disponível no final desta reportagem por meio de vídeo.

Natural da cidade de Petrolândia (PE), filho mais velho de uma família de cinco irmãos, Isaac chegou à região de Juazeiro com seus pais – Celso Cavalcante de Carvalho (in memorian) e Josélia Cavalcante de Carvalho, quando ainda tinha dois anos de idade. Com eles vieram os primeiros grupos de colonos trazidos pela CODEVASF (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba) para iniciar um projeto piloto na área de agricultura irrigada – o Projeto Mandacaru. Também foi no projeto Mandacaru que viveu toda sua infância e parte da adolescência.

Isaac sempre acompanhou seu pai nos trabalhos do campo e no mercadinho da família, demonstrando seu espírito empreendedor. Logo que chegou ao perímetro irrigado, o pai de Isaac, Seu Celso de Carvalho, se tornou líder do núcleo e, em seguida, assumiu o cargo de presidente da Cooperativa dos Produtores do Mandacaru.

Com o aumento da produção agrícola na região, a família de Isaac dá inicio a um grande projeto e funda em 17 de novembro de 1993, em Juazeiro, a JUAGRO – loja de implementos e equipamentos agrícola. Dois anos depois, Isaac perde o pai em um acidente de carro e passa a assumir a frente dos negócios da família.

Isaac Carvalho estudou todo ensino médio e fundamental no Escola Piloto, no Mandacaru. Logo depois, veio morar na cidade onde concluiu os estudos formando-se em técnico agrícola pela Escola Agrotécnica de Juazeiro, em técnico contábil pelo Colégio Dr. Edson Ribeiro e em administração de empresas pela AIEC – Associação Internacional de Educação Continuada da Faculdade de Administração de Brasília – FAAB.

Em 05 de outubro de 2008, Isaac Carvalho é eleito prefeito de Juazeiro/BA pelo Partido Comunista do Brasil (PC do B) com 36.262 votos (38,21%).

Durante a gestão iniciada em 2009, Isaac mostrou compromisso com a gestão pública, sanando dívidas herdadas de outras gestões, organizando a máquina administrativa, pagando salários em dia, sendo o único prefeito de Juazeiro que não atrasou salário. Além disso, Isaac se destacou pela articulação política, elaboração de projetos e captação de recursos. Outros destaques foram os investimentos em educação, com aumento salarial de 85,76%, além de ampliar e climatizar 22 escolas municipais. A política de atração de novos investimentos facilitou a volta de grandes empreendimentos, públicos e privados, para Juazeiro, fazendo com que a cidade seja destaque na geração de empregos.

Em 7 de outubro 2012, Isaac Carvalho entra para a história política de Juazeiro e se torna o primeiro prefeito reeleito, com 55.982 votos, equivalente a 54, 58% dos votos válidos.

Eleito deputado federal no último pleito, em 2018, Isaac Carvalho recebeu mais de 100 mil votos, mas não foi diplomado porque o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) derrubou a liminar que sustentava sua candidatura argumentando ter sido enquadrado na Lei da Ficha Limpa. ''Foi tudo politicagem ''disse Isaac, que também fala de suas origens, sua tragetória política e o que pensa para o futuro.

Assista abaixo a integra da entrevista


Redação do Blog de Assis Ramalho

Alunas do IF Sertão-PE campus Floresta conquistam medalhas de ouro em campeonato de Jiu-Jitsu, em Paulo Afonso-BA






Duas alunas do campus Floresta do IF Sertão-PE conquistaram medalhas de ouro e bronze no Open PA de Jiu-Jitsu 2019, que aconteceu no último dia 21, no ginásio Luís Eduardo Magalhães em Paulo Afonso-BA. A competição organizada pela prefeitura da cidade reuniu mais de 450 atletas de 5 estados do nordeste, e fez parte das comemorações dos 61 anos de emancipação política de Paulo Afonso.

Gabriele Lorena, aluna do 3º ano do Ensino Médio Integrado ao Técnico em Agropecuária, competiu em duas categorias, na Adulto Leve faixa Azul, para atletas de até 64kg, e na categoria Absoluto, para a qual não há limite de peso. Na modalidade Adulto Leve faixa azul Gabriele conquistou a medalha de ouro após vencer duas lutas. Já na modalidade Absoluto, disputando com três atletas mais experientes, Gabriele ficou com a terceira colocação. “Foi uma competição muito organizada, gostei do meu desenvolvimento na minha categoria, e no absoluto não tenho muito do que reclamar por que estavam todas acima de mim, mas eu gostei“, comentou a atleta.

A aluna, que trocou as sapatilhas de balé pelo Jiu Jitsu aos 9 anos de idade permanece focada para as próximas competições e participa, no mês de outubro, da Copa Reis do Tatame, também em Paulo Afonso-BA, cuja premiação inclui a passagem para outro campeonato em Salvador. “Esse será o último campeonato que eu disputo esse ano, e ano que vem quero tentar ir para o Nacional de Jiu Jitsu“, completa Gabriele.

A atleta Yasmin Moraes, aluna do curso técnico subsequente em agropecuária do campus Floresta do IF Sertão-PE, é faixa branca em Jiu Jitsu e pratica a modalidade a pouco mais de um ano, no entanto, Yasmin já era adepta das artes marciais e praticava judô desde 2017. “Comecei no judô por meio de um programa escolar na cidade de Juazeiro da Bahia, quando retornei à Floresta, em 2018, logo entrei para o Jiu-Jitsu e não saio mais, quando não estou no IF, estou no Jiu-Jitsu, todo mundo sabe, é uma questão de compromisso“, conta Yasmin.

No Open PA de Jiu-Jitsu Yasmin conquistou a medalha de ouro na Categoria Adulto Leve faixa branca até 64kg, e disputando também na categoria Absoluto garantiu a terceira colocação. “Fiz quatro lutas e perdi a última, já estava cansada, é sempre bem desgastante um campeonato mas é quando a gente vê que os treinos valem à pena, eu treino no mínimo três vezes por semana“.

Yasmim se dedica muito ao esporte, e revela que até mesmo quando pensou em participar da seleção para se tornar aluna do IF Sertão-PE escolheu o turno do curso pretendido pensado no horário dos treinos, que são noturnos. Para Yasmin, que já conseguiu os primeiros patrocínios, o esporte foi uma influência positiva em vários aspectos da vida, inclusive nos estudos. “Eu nunca fui tão dedicada a algo, costumava iniciar as coisas e não concluía. O esporte me ajudou muito a dar continuidade às coisas até o final, é tanto que faço o curso técnico aqui no IF, vou terminar e já pretendo ingressar numa faculdade; e foi o curso no IF que me influenciou muito a escolher minha futura faculdade de engenharia agronômica“, finaliza a atleta.

Assessoria de Comunicação do IF-Sertão Campus Floresta

Acusado de matar ex-namorada a facadas em Pesqueira-PE foi preso na rodoviária de Paulo Afonso-BA


Um homem que estava foragido da Justiça com dois mandados em aberto foi preso na tarde de quarta-feira (24), por volta das 17 horas, na rodoviária de Paulo Afonso. Ele é suspeito de cometer um homicídio e roubo a mão armada.

O suspeito de 41 anos, é acusado de matar a ex-namorada a facadas, crime ocorrido na cidade de Pesqueira-PE. Contra o mesmo havia um mandado de prisão em aberto que foi expedido pela Justiça de Pernambuco. O homem também responde por roubo a mão armada em São Paulo, onde chegou a ser preso, mas fugiu do sistema prisional.

Policiais Militares foram informados que uma pessoa foragida da Justiça estaria na rodoviária da cidade. Durante as buscas o suspeito foi localizado e após averiguação foi constatado o duplo mandado.

Após ter as ordens de prisão cumpridas, o homem foi conduzido à delegacia de polícia de Paulo Afonso, onde foram adotadas as medidas cabíveis.

Por Blog do Chico Sabe Tudo

Dupla é detida com 35 kg de maconha na BR-232, em São Caetano, PE

Droga foi encontrada dentro de um carro em São Caetano — Foto: PRF/Divulgação

Dois jovens de 22 anos foram detidos com 35 kg de maconha na madrugada desta quinta-feira (25), na BR-232, em São Caetano, no Agreste de Pernambuco. A droga havia saído de Belém de São Francisco, no Sertão, e seria entregue em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.

O flagrante foi realizado no quilômetro 145 da rodovia, em uma fiscalização integrada da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Batalhão Integrado Especializado da Polícia Militar (Biesp).

Ao verificar o porta-malas e o interior do segundo veículo, os policiais encontraram a droga dentro de três sacos de lixo. O motorista do primeiro veículo informou que havia sido contratado pelo outro condutor para acompanhar o transporte do entorpecente.

A dupla foi detida e encaminhada à Delegacia de Polícia Civil de Belo Jardim, para a continuidade dos procedimentos legais.

Por G1 Caruaru

'Não vão encontrar nada que comprometa', diz Bolsonaro após ação de hackers

Presidente Jair Bolsonaro em solenidade no Colégio Militar da Polícia Militar do Amazonas, em Manaus, nesta quinta-feira (25) — Foto: Rodrigo Carneiro/Rede Amazônica

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (25) que eventuais ações de hackers em seu aparelho celular "não vão encontrar nada que comprometa".

Bolsonaro foi questionado, durante entrevista coletiva em Manaus, sobre o Ministério da Justiça e Segurança Pública ter divulgado que foi comunicado pela Polícia Federal que celulares usados por Bolsonaro foram alvo de invasão dos supostos hackers presos na última terça-feira (23).

"Eu achar que meu telefone não estava sendo monitorado por alguém seria muita infantilidade. Não apenas por eu ser capitão do Exército, conhecedor da questão da inteligência. Sempre tomei cuidado nas informações estratégicas, essas não são passadas via telefone. Então, não estou nenhum um pouco preocupado se porventura algo vazar aqui no meu telefone. Não vão encontrar nada que comprometa. [...]. Perderam tempo comigo", declarou.

Bolsonaro explicou que discute apenas pessoalmente, no gabinete, questões tratadas com outros chefes de estado, como "no tocante à Venezuela" e "questões estratégicas para o Brasil".

Em junho, quando começaram a ser divulgadas pelo site The Intercept conversas do ministro Sergio Moro pelo aplicativo de mensagens Telegram, Bolsonaro disse não seguir recomendação do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) de utilizar um celular protegido com um programa de criptografia para se comunicar. Ele afirmou, naquela ocasião, não ter "nada a esconder".

Quatro presos pela PF por interceptações

A informação sobre a interceptação do aparelho de Bolsonaro foi divulgada pelo governo após a prisão, na última terça-feira (23) pela Polícia Federal, de quatro pessoas na Operação Spoofing, que apura a ação de hackers nos celulares do ministro da Justiça, Sergio Moro, e outras autoridades.

Aparelhos telefônicos do desembargador federal Abel Gomes, do juiz federal Flávio Gomes, do delegado da PF de São Paulo Rafael Fernandes e do delegado da PF em Campinas Flávio Reis também foram interceptados.

Os presos pela PF na terça-feira são Walter Delgatti Neto (conhecido como "Vermelho"), o DJ Gustavo Henrique Elias Santos, Danilo Cristiano Marques e Suelen Priscila de Oliveira. Todos os homens têm passagem pela polícia.

Segundo o advogado Ariovaldo Moreira, que faz a defesa do DJ Gustavo Henrique Elias Santos, seu cliente disse em depoimento à Polícia Federal que Delgatti Neto, apontado como o hacker que invadiu os celulares, queria vender ao PT as mensagens que obteve.

Moreira deu as declarações depois dos depoimentos prestados por Gustavo Santos e por Suelen Priscila de Oliveira na Superintendência da Polícia Federal em Brasília, onde estão presos.

PT fala em ‘armação’ contra o partido

O PT emitiu nota na qual afirma que o inquérito que apura a atuação de supostos hackers para invadir o celular do ministro Sergio Moro (Justiça) se tornou uma "armação" contra o partido.

"O ministro Sergio Moro, responsável pela farsa judicial contra o ex-presidente Lula, comanda agora um inquérito da Polícia Federal com o claro objetivo de produzir mais uma armação contra o PT. As investigações da PF sobre as pessoas presas em São Paulo confirmam a autenticidade das conversas ilegais e escandalosas que Moro tentou desqualificar nas últimas semanas", diz a nota do partido.

Viagem a Manaus e fala sobre Nordeste

Bolsonaro foi a Manaus para visitar o Colégio Militar da PM da capital amazonense, onde entregou medalhas a estudantes premiados na Olimpíada de Matemático. Após a cerimônia, Bolsonaro voltou a comentar sobre o Nordeste.

Na última sexta-feira (19), o presidente se envolveu em polêmica causada por declaração sobre governadores da região. Em conversa informal com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, o presidente afirmou que "daqueles governadores de 'paraíba', o pior é o do Maranhão". Nesta terça, em visita à Bahia, Bolsonaro disse que ama o Nordeste.

"Alguém acha que eu ofendi o povo nordestino quando cochichei no ouvido de um deputado uma questão do Maranhão e da Paraíba? Agora está uma briga realmente. Estive lá em Bahia, fui muito questionado pelo povo dizendo que não é verdade, que o pior governador do Brasil é do Maranhão. Uns dizem que é da Bahia, uns dizem que é do Ceará, outros dizem que é da Paraíba, do Piauí. Está uma briga terrível. O que nós queremos também é libertar o Nordeste desse julgo. Parece que eles fazem parte, eles são massa de manobra da esquerda. Tem que deixar de existir. E como resolver isso aí? Na educação e no conhecimento", disse.

Por Rickardo Marques e Diego Toledano, G1

Celulares usados por Bolsonaro também foram alvo de hackers, diz Ministério da Justiça



A Polícia Federal (PF) informou ao Ministério da Justiça e Segurança Pública que celulares utilizados pelo presidente Jair Bolsonaro também foram alvos de ataque do grupo de hackers preso na última terça-feira (23) em operação da PF.

A operação Spoofing, autorizada pelo juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara da Justiça Federal, em Brasília, investiga invasão do celular do ministro Sérgio Moro, de um desembargador, um juiz federal e dois delegados da Polícia Federal. A operação foi deflagrada nesta terça-feira (23) nas cidades de São Paulo, Araraquara e Ribeirão Preto.

Por meio de nota, o Ministério da Justiça e Segurança Pública informou que Bolsonaro foi devidamente comunicado sobre o fato por uma questão de segurança nacional. A nota não informa se os hackers conseguiram obter alguma informação dos aparelhos usados pelo presidente.

"O Ministério da Justiça e Segurança Pública foi, por questão de segurança nacional, informado pela Polícia Federal de que aparelhos celulares utilizados pelo Sr. Presidente da República foram alvos de ataques pelo grupo de hackers preso na última terça feira. Por questão de segurança nacional, o fato foi devidamente comunicado ao Sr. Presidente da República."



A Polícia Federal prendeu na terça-feira quatro pessoas, na Operação Spoofing, por suspeita de invasão no celulares de autoridades, entre as quais, o ministro da Justiça, Sérgio Moro. Foram presos:

Gustavo Henrique Elias Santos: era DJ e já foi preso por receptação e falsificação de documentos; foi detido pela PF em São Paulo
Suelen Priscila de Oliveira: mulher de Gustavo, não tinha passagem pela polícia; foi presa junto com o marido em São Paulo
Walter Delgatti Neto: conhecido como Vermelho, já foi preso por falsidade ideológica e por tráfico de drogas; foi preso em Ribeirão Preto pela PF
Danilo Cristiano Marques: foi preso em Araraquara e já teve condenação por roubo

A PF estima que cerca de 1 mil pessoas foram alvo dos supostos hackers. De acordo com a polícia, foi encontrado com um dos detidos uma conta do ministro da Economia, Paulo Guedes, no aplicativo de mensagens Telegram.

Os suspeitos prestaram depoimento à Polícia Federal e estão presos em Brasília. O advogado Ariovaldo Moreira, que representa o DJ Gustavo Henrique Elias Santos, disse que o cliente relatou à PF que que Vermelho desejava vender ao PT as mensagens que obteve de autoridades.

Após a divulgação das declarações do advogado, o PT emitiu nota na qual afirma que o inquérito que apura a atuação de supostos hackers para invadir o celular do ministro Sérgio Moro (Justiça) se tornou uma "armação" contra o partido.


Blog de Assis Ramalho parabeniza os aniversariantes amigos do Facebook desta quinta-feira, 25 de julho; veja lista



Mudam de idade hoje (Quinta-feira 25 de julho de 2019) e queremos aqui dedicar este dia especial a  Negadell Dell Santos , Lilian Menezes,  Marcelo Firmino ,  Milena Beatriz,  Eusa Fonseca,  Edvalda Bedor,  Hélio Andrade,  Tom Silva ,  Salete Antonio Andrade  e  Jailson Batista 

Veja abaixo fotos de aniversariantes de hoje que compõe o Grupo dos 5 mil amigos de Facebook do Blog de Assis Ramalho

PF: suspeitos de hackear celular de Moro podem ter feito mil vítimas


A Polícia Federal (PF) informou hoje (24), em coletiva de imprensa, que mil números telefônicos diferentes podem ter sido alvo da quadrilha suspeita de hackear o aplicativo de mensagens Telegram do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e de outras autoridades. O ministro da Economia, Paulo Guedes, também pode estar entre as vítimas.

"Aparentemente, mil números telefônicos diferentes foram alvo desse mesmo modus operandi dessa quadrilha. Há possibilidade, ainda não temos uma identificação e nem começamos a fazer isso, mas há possibilidade de um número muito grande de possíveis vítimas desse mesmo tipo ataque que está sendo investigado agora", disse o coordenador geral de Inteligência da PF, João Vianey Xavier Filho.

A PF investiga se o ministro da Economia foi vítima do mesmo grupo. "No momento da busca e apreensão, no celular de um dos indivíduos estava uma conta no aplicativo de mensagens vinculada com o nome Paulo Guedes. A gente tem que confirmar isso de forma pericial, mas é forte indicativo de que a conta seja realmente a do ministro", explicou o diretor do Instituto Nacional de Criminalística, Luiz Spricigo Júnior.

De acordo com Filho, os números telefônicos supostamente atacados serão identificados para que se possa aferir a extensão exata dos ataques. A PF vai encaminhar ainda nesta quarta-feira um ofício para o presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) solicitando uma reunião para buscar formas de sanar as fragilidades encontradas na investigação.
Atuação

De acordo com a PF, a investigação é conduzida desde pelo menos abril, quando procuradores da Força Tarefa da Lava Jato passaram a relatar algumas ligações recebidas em seus aparelhos originadas do próprio número. Em junho, Moro e outras autoridades informaram ocorrência semelhante.

A polícia conseguiu então chegar aos números de IP, que são relacionados à conexão à internet, dos dispositivos que supostamente executaram os ataques. Também foi identificado o tipo de equipamento que os indivíduos usavam. "Um dos equipamentos era um celular exatamente da marca e modelo que foi identificado na posse dos indivíduos", diz Júnior.

De acordo com Filho, na residência de um dos alvos, foi localizado pela PF um computador contendo "atalhos de conexão a várias contas de aplicativo de mensagem". Segundo ele, tudo indica que havia captura sistemática de contas desses aplicativos. "Não há como confirmar, o levantamento é preliminar, mas tudo indica, e aparentemente isso vai ser melhor esclarecido mais adiante, que o conteúdo das mensagens dessas contas capturadas era baixado nos dispositivos, nos computadores dos investigados", diz Filho.

A PF deverá detalhar as formas de atuação dos investigados em laudo pericial, a ser encaminhado ainda esta semana.
Fraudes bancárias

De acordo com a PF, o grupo era especializado em fraudes bancárias por meio da internet. "O perfil dessas pessoas é de estelionato bancário eletrônico. Eles estão,

em vários graus diferentes de envolvimento, de alguma forma ou de outra, vinculados a fraudes bancárias eletrônicas, praticadas mediante internet banking, mediante engenharia social com contato de possíveis vítimas e fraudes em cartões de crédito e débito", diz Filho. Segundo ele, foi localizada na casa de um dos alvos quase R$ 100 mil em espécie.
Twitter

Por meio de seu perfil na rede social Twitter, Moro parabenizou a PF, o Ministério Público Federal (MPF) e a Justiça Federal pelas investigações.

Por Agência Brasil

Petrolândia: Quinta do Clone de Caipirinha no Maria Fumaça terá apresentação de Marcinho Ferreira, às 20h00


Com promoção do Clone de Caipirinha, o Maria Fumaça realiza na noite de hoje (25/07/2019) a Quinta do Clone. A animação musical é do cantor Marcinho Ferreira, a partir das 20h00.

Aproveite sua noite no cada vez melhor Maria Fumaça, a melhor música, a melhor culinária na Orla Fluvial de Petrolândia.

Contato: 87 3851-0376. Acompanhe o Maria Fumaça no Instagram @mariafumaca.oficial.

Divulgação/Maria Fumaça

Corpo de grávida soterrada em Abreu e Lima é localizado por Bombeiros

Breno e Maria Eduarda esperavam filho para o fim deste mês de julho - Cortesia

O corpo da grávida Maria Eduarda Silva, soterrada pela barreira que deslizou em Caetés I, Abreu e Lima, foi localizado pelo Corpo de Bombeiros por volta das 23h59 dessa quarta-feira (24). Ela era a última pessoa desaparecida na tragédia ocorrida em virtude das fortes chuvas que castigaram a Região Metropolitana do Recife na madrugada de terça (23) para quarta. O desastre resultou em cento e quarenta milímetros de água, cinco mortos, uma pessoa hospitalizada em estado grave, muita lama e uma família em pedaços. Na vizinhança do desastre, muitos foram obrigados a deixar suas casas, por orientação da Defesa Civil.

Dentre os rostos que testemunharam as buscas no Córrego da Areia estava Breno José da Silva, 28, companheiro de Maria Eduarda. Estava para fazer dois anos que os dois estavam juntos. “Eu falei com ela às 23h43 de ontem. Ela me perguntou se eu estava bem, disse que estava chovendo muito e me mandou beijo. Daí umas 7h30, amigo, primo, tia dela, todos ligando para mim, avisando que tinha acontecido uma tragédia, mas eu não sabia que tinha sido tão grave assim”, relata.

Maria Eduarda morava com Breno em Itamaracá, também na Grande Recife, mas decidiu passar o final de sua gravidez em Abreu e Lima, na casa dos pais, Ariana Teresa Xavier, 39, e Silvano da Silva, 49. “Agora estou aqui, na esperança de encontrá-la viva. Com muita dor no coração, mas enfim”, desabafou o companheiro, antes da mulher ser localizada sem vida.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 6h52 de quarta. A primeira pessoa a ser socorrida foi Ariana, que segue internada em estado grave no Hospital Miguel Arraes, em Paulista. Além de Maria Eduarda, Ariana tinha outros dois filhos: Mariana Xavier da Silva, 18, e Luís Henrique da Silva, 15. A primeira chegou a ser resgatada viva, mas morreu a caminho do hospital. Já Luís foi encontrado sem vida na lama. Outra pessoa morta no deslizamento foi Adalmir Ferreira dos Santos, 53. Ele morava só e era vizinho da família atingida pela chuva.

Responsável pela equipe de resgate, composta por mais de 10 bombeiros, o major Kléber Dallas fazia questão de frisar que a grávida estava desaparecida, e não morta. Uma torre de luz foi instalada para ajudar nos trabalhos, que viraram a madrugada. “Continuamos até ela ser localizada”, pontuou.

Vizinhança solidária
Diante do desastre, reinou a solidariedade. Muitos moradores do bairro de Caetés I foram até o local ajudar nas buscas. Um deles era o servidor público João Vitor Amaral da Silva, 34. “Já teve outros deslizamentos, mas esse vai ficar na história. Foi o mais valente. E isso só acontece porque não existe prevenção nas barreiras do município. A população sofre, a cidade sangra, e os gestores não se antenam a isso”, disse.

Perto do resgate, o mecânico Lúcio Oliveira, 35, observava estarrecido da varanda de sua residência. “Conhecia todo mundo que foi afetado. Eram todos pessoas muito boas. Quando vim morar aqui, há 22 anos, eles já estavam aqui. Já tinha visto barreira cair em outros lugares, mas desse jeito, nunca”, disse. Com a casa condenada pela Defesa Civil, ele foi pernoitar na casa dos pais.

Quem também precisou ir embora foi o operador de máquinas Leandro Antonio, 34: “Minha casa sofreu uma rachadura na barreira, mas a Defesa Civil não me deu lona. Eu que tive que comprar para poder colocar”. Casado e pai de um filho, vai passar um tempo com a sogra. “Eles falam que é melhor sair para não acontecer coisa pior. Mas falar é fácil. Eu tenho a casa da minha sogra, mas se eu não tivesse, e aí? Ia ter que procurar um abrigo”, apontou.

Para esta quinta-feira, a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) prevê que vai continuar chovendo - mas com intensidade fraca a moderada. A Prefeitura de Abreu e Lima decretou estado de emergência. Em nota, o executivo abreu-limense alega que instaurou uma operação para atender desabrigados e que as equipes de Defesa Civil mantiveram o trabalho de monitoramento das áreas de risco e instalação de lonas plásticas. Mas, em síntese, o sentimento da população de Caetés I foi dito pela líder comunitária Salomé Araújo, 49: “Caetés nunca mais será a mesma. O que aconteceu aqui, não tem conserto”.

Por Diário de Pernambuco

Saiba quem são os quatro presos sob suspeita de hackear autoridades


Os quatro presos pela Polícia Federal nesta terça (23) sob suspeita de um suposto ataque hacker contra autoridades, entre eles o ministro Sergio Moro (Justiça), têm entre 25 e 33 anos e são naturais de Araraquara (a 278 km de São Paulo), mas viviam em cidades diferentes.

Na decisão em que autorizou a prisão temporária dos suspeitos, o juiz federal Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal do Distrito Federal, afirma que há "fortes indícios" contra eles.

O magistrado diz que os sinais são de que eles "integram organização criminosa para a prática de crimes e se uniram para violar o sigilo telefônico de diversas autoridades brasileiras via invasão do aplicativo Telegram".

Os presos, de forma temporária, se chamam Gustavo Henrique Elias Santos, Suelen Priscila de Oliveira, Danilo Cristiano Marques e Walter Delgatti Neto. O juiz determinou a quebra do sigilo bancário deles no período de 1º de janeiro a 17 de julho deste ano e o bloqueio acima de R$ 1.000 em suas contas.

A Folha de S.Paulo fez uma pesquisa de imóveis e terrenos dos quatro em cartórios do estado de São Paulo, mas não foram localizados registros em seus CPFs.

Saiba quem são eles:
Gustavo Henrique Elias Santos, 28.
Preso na zona sul da capital, Gustavo era conhecido como DJ Guto Dubra em Araraquara.Ele organizava a festa Harlem Shake (um tipo de música eletrônica que foi fenômeno em 2013) em cidades no interior de São Paulo.

No discurso e nos créditos de um dos vídeos de um do seu perfil do YouTube, menciona apoio do ex-vereador Ronaldo Napeloso, investigado pela Polícia Federal e condenado por lavagem de dinheiro e fraude processual em 2017.

Um DJ que era seu amigo e preferiu não se identificar, disse que a prisão de Gustavo foi um choque para as pessoas que o conheciam e o viam tocar em festas da cidade.

"Ele tocava em todas as baladas da cidade. A notícia da prisão foi um choque para todo mundo", afirmou à reportagem um DJ amigo de Gustavo, que preferiu não se identificar. Gustavo já foi preso por ter receptado uma caminhonete Hilux em 2013.

Julgado em 2015, foi condenado a cumprir seis anos e seis meses em regime semiaberto. O advogado Ariovaldo Moreira, que também o defende no caso do ataque hacker, recorreu e pediu redução da pena. Assim, Gustavo passou ao regime aberto.

Gustavo movimentou R$ 424 mil entre 18 de abril de 2018 e 29 de junho de 2018, tendo uma renda mensal de R$ 2.866.

Suelen Priscila de Oliveira, 25.
Era mulher de Gustavo Elias Santos e também foi presa em São Paulo, no mesmo endereço dele, na zona sul.

Suelen movimentou, segundo documento judicial, R$ 203 mil de 7 de março a 29 de maio de 2019, sendo que sua renda mensal registrada seria de R$ 2.192.

Walter Delgatti Neto, 30
Conhecido como "Vermelho". Preso em Ribeirão Preto (a 313 km de São Paulo), se apresentava como uma "pessoa influente" de Araraquara. Dizia ser investidor e afirmou, pelo menos uma vez, ter conta bancária na Suíça.

Também fingia ser aluno de medicina da USP, o que não era verdade. Delgatti foi alvo de um mandado de busca e apreensão em sua casa, também em 2015, depois que uma garota de 17 anos, então namorada de seu irmão, o acusou de tê-la dopado e estuprado -ela depois refez seu primeiro depoimento.

Em sua página no Twitter, fazia críticas ao presidente Jair Bolsonaro e a Sergio Moro. Chegou a responder ao coordenador da Lava Jato em Curitiba, procurador Deltan Dallagnol, sobre como identificar se o conteúdo vazado do seu celular era verídico. Compartilhava páginas de sites ligados à esquerda, mas era filiado ao DEM desde 2007.

Danilo Cristiano Marques, 33
Preso em Araraquara, tinha uma microempresa que fazia "comércio varejista especializado de equipamentos de telefonia e comunicação". O nome fantasia era "Pousada e Comércio Chatuba".

Por: Folhapress

Corpo encontrado carbonizado e enterrado em quintal de casa é de professora desaparecida no Ceará

Maria Ticiane Ferreira Nascimento estava desaparecida desde o dia 14 de julho. — Foto: Arquivo pessoal

Um homem foi preso na noite desta quarta-feira (24) suspeito de matar e enterrar o corpo da própria mulher no quintal de casa, em Acaraú, no Ceará. A vítima, que estava desaparecida desde o dia 14 de julho, foi encontrada carbonizada nos fundos da residência.

O corpo foi recolhido ainda na noite da quarta-feira (24) e levado para o núcleo da Perícia Forense de Sobral, onde familiares reconheceram que ela se tratava da professora Maria Ticiane Ferreira Nascimento, de 26 anos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o companheiro de Ticiane, o paulista Ivanildo Manuel dos Santos Nascimento, 27 anos, que havia registrado um Boletim de Ocorrência pelo desaparecimento da mulher no último dia 16, confessou o crime e alegou que a motivação foi por ela estar traindo.

Diante da confissão do crime, um mandado de prisão foi decretado contra o suspeito que foi detido e levado para o Complexo de Delegacias Especializadas, em Fortaleza, onde permanece à disposição da Justiça.

Casal estava junto há 14 anos e tem quatro filhos

A professora Maria Ticiane Ferreira Nascimento e o técnico de laboratório Ivanildo Manuel dos Santos Nascimento estavam juntos há 14 anos e tinham quatro filhos, de 11 anos, 10 anos, 5 anos e 3 anos.

De acordo com Santana Maria dos Santos Nascimento, tia da vítima, no dia do desaparecimento, Ivanildo Manuel chegou na casa dos familiares de Ticiane, em Acaraú, de manhã bem cedo, com os filhos do casal. “A gente perguntou pela Ticiane e o Ivanildo disse que ela tinha saído e ele não tinha conseguido falar com ela”, afirma.

Santana Maria relata que ao longo do dia a professora não apareceu e os familiares ficaram questionando Ivanildo. “A gente ficou fazendo perguntas e ele disse que a Ticiane tinha ido embora de casa levando roupas e dinheiro”.

Conforme a tia da jovem, os dias foram passando e a família começou a desconfiar da versão de Ivanildo, já que a vítima havia deixado todos os documentos em casa. “Cheguei a perguntar a ele porque não ia procurar descobrir o paradeiro da Ticiane e ele só respondia que não deixaria de trabalhar para ir em busca da mulher que poderia estar com outro”, enfatizou.

Segundo Santana, após prestar depoimentos na delegacia de Acaraú, o marido da sobrinha confessou o crime. “A gente não esperava que isso fosse acontecer, pois eram um casal unido e a família estava sempre junta”.

Os familiares descrevem Maria Ticiane como uma pessoa alegre, que tinha muitos amigos e zelava pelos filhos. A jovem trabalhava em duas escolas da cidade de Acaraú.

Por G1 CE