terça-feira, 30 de junho de 2020

Petrolândia termina o mês de junho com 51 casos confirmados de coronavírus; Confira os números e locais dos casos

Vista aérea de Petrolândia - Foto: Pablo Silva

Nesta terça-feira (30/06), no 105º dia de boletins de acompanhamento do novo coronavírus (Covid-19) em Petrolândia, no Sertão de Pernambuco, a Prefeitura deu sequência a divulgação da localização dos casos ativos.

Com mais 01 caso testado positivo, o município agora soma 51 confirmações (29 recuperados), 17 casos suspeitos, 45 descartados e dois óbitos.

Confira nos quadros abaixo boletim completo e localização dos casos de coronavírus no município.



QUADRO COMPARATIVO AO DIA NTERIOR
Veja abaixo os dados do município na segunda-feira (29/06/2020)



Blog de Assis Ramalho
Com informações da Prefeitura de Petrolândia

Prefeitura de Petrolândia reinaugura UBS Dr. José Hermínio, após reforma e ampliação


A Prefeitura de Petrolândia reinaugurou, nesta terça-feira (30/06), o prédio da Unidade Básica de Saúde Dr. José Hermínio Ferreira Neto, localizada na Quadra 14 da cidade. O prédio, construído há alguns anos, foi reformado e ampliado. A solenidade foi restrita aos funcionários da UBS, com participação da prefeita Jane e da secretária de Saúde, Lívia Leite.

''A Prefeitura inaugurou mais uma linda Unidade Básica de Saúde, com uma estrutura moderna e ampla, a nova UBS Dr. José Hermínio Ferreira Neto, na Quadra 14, vai oferecer serviços ainda melhores para a população''.

Assista ao vídeo, com pronunciamentos, na página da Prefeitura de Petrolândia no Facebook.

Redação do Blog de Assis Ramalho

Floresta: Com mais 4 confirmados e 1 recuperado, prefeitura informa Boletim da Covid-19 desta terça (30/06)


Prefeitura Municipal de Floresta


QUADRO COMPARATIVO AO DIA NTERIOR

Veja abaixo os dados do município no domingo (29/06/2020)

Da Redação do Blog de Assis Ramalho

Tacaratu: Com mais 14 casos confirmados nesta terça (30/06), prefeitura divulga Boletim Epidemiológico oficial, confira



Boletim informativo desta Terça-feira, 30 de Junho de 2020.

A Secretaria Municipal de Saúde de Tacaratu notifica hoje (30) mais quatorze casos de Covid-19 em nosso município.
.
Surgiram também mais vinte e dois casos SUSPEITOS de Covid-19. Apresentando sintomas de Síndrome gripal leve.

Foram DESCARTADOS mais quatro casos suspeitos de Coronavírus.

Confira abaixo números oficiais



Prefeitura Municipal de Tacaratu

Secretária de Saúde do AM é encaminhada para cadeia após ser presa em operação da PF


A secretária de Saúde do Amazonas, Simone Araújo de Oliveira Papaiz, presa em Manaus durante a Operação Sangria, foi encaminhada a uma unidade prisional. O governador do estado, Wilson Lima (PSC), foi alvo de buscas e teve bens bloqueados pela mesma operação, que investiga supostas fraudes e desvios na compra de respiradores, com dispensa de licitação, de uma importadora de vinhos.

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Simone deu entrada no Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF) por volta das 15h30. Além dela, também seguiram para a unidade Luciane Zuffo Vargas de Andrade, dona da empresa Sonoar, e Alcineide Figueiredo Pinheiro, que é ex-gerente de compras da secretaria de saúde. Renata Silva foi presa em São Bernardo do Campo, onde a família mora.

João Paulo Marques dos Santos, ex-secretário de saúde; Perseverando da Trindade Garcia Filho, ex-secretário executivo adjunto de saúde; Fábio José Antunes Passos, dono da FJAP Importadora; e o empresário Cristiano da Silva Cordeiro foram levados para o Central de Recebimento e Triagem.

O governo do Amazonas disse, por meio de nota, que "aguarda o desenrolar e informações mais detalhadas da operação que a Polícia Federal realiza em Manaus para, posteriormente, se pronunciar sobre a ação".

A operação deflagrada nesta manhã cumpriu mandados na sede do governo do estado e na casa do governador. Em um dos endereços, em Manaus, encontraram R$ 13,7 mil em dinheiro em uma gaveta. Também foram na secretaria de saúde, na capital.

Investigadores informaram à TV Globo que o governador Wilson Lima, não quis fornecer a senha de dois celulares apreendidos nesta terça-feira (30). Ele estava em Brasília quando os mandados foram cumpridos.

A PF chegou a pedir a prisão de Lima, mas Falcão disse que, "ao menos neste momento", isso não se justifica.

Segundo a investigação, foram identificadas compras superfaturadas de respiradores; direcionamento na contratação de empresa; lavagem de dinheiro; e montagem de processos para encobrir os crimes praticados com a participação direta do governador.

"No requerimento, a subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo sustenta que as investigações permitiram, até o momento, "evidenciar que se está diante da atuação de uma verdadeira organização criminosa que, instalada nas estruturas estatais do governo do estado do Amazonas, serve-se da situação de calamidade provocada pela pandemia de Covid-19 para obter ganhos financeiros ilícitos, em prejuízo do erário e do atendimento adequado à saúde da população".

Em um dos contratos investigados foi encontrada suspeita de superfaturamento de, pelo menos, R$ 496 mil, segundo a investigação. A força-tarefa também apurou que os respiradores foram adquiridos por valor superior ao maior preço praticado no país durante a pandemia, com diferença de 133%.

Por G1 AM

Paulo Guedes afirma que Carteira Verde e Amarela atenderá 30 milhões do auxílio emergencial


O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou hoje (30) que o programa para geração de empregos formais, com a retomada do projeto Carteira Verde e Amarela, vai atender cerca de 30 milhões de trabalhadores que estão recebendo o auxílio emergencial de R$ 600, por parcela, pago em razão da pandemia da covid-19. A afirmação foi feita em audiência pública virtual, promovida pela Comissão do Congresso que acompanha a situação fiscal e a execução orçamentária e financeira das medidas relacionadas ao novo coronavírus (covid-19).


Segundo o ministro, com o pagamento do auxílio emergencial o governo descobriu “38 milhões de invisíveis no Brasil”. “Simplesmente não há registro. Isso vai desde a pessoa humilde, do faxineiro, do vendedor de balas nos sinais de trânsito que a gente encontra – ou encontrava – todo dia”, disse.

“Entre esses invisíveis, 8, 9, 10 milhões são realmente muito pobres. Já os outros 25 a 30 milhões são empreendedores, são trabalhadores por conta própria, é gente que está por aí se virando, ganhando a vida, e que vai ser objeto de um próximo programa nosso, que vai ser o Verde e Amarelo, para darmos dignidade a essas pessoas que lutam em defesa da própria vida, da vida das suas famílias e que estão completamente desassistidas pelo estado”, disse, na audiência virtual.
Programas sociais

No dia 9 deste mês, Guedes havia informado que haverá a unificação de vários programas sociais para a criação do programa Renda Brasil, que deve incluir os beneficiários do auxílio emergencial.

Já com o programa Carteira Verde e Amarela, umas das bandeiras de campanha de Bolsonaro, o governo pretende flexibilizar direitos trabalhistas como forma de facilitar novas contratações.

Em novembro de 2019, o governo editou a Medida Provisória nº 905, que criou o Contrato de Trabalho Verde e Amarelo, para facilitar a contratação de jovens entre 18 a 29 anos, mas ela perdeu a validade antes de ser aprovada pelo Congresso, em abril deste ano.

Por Agência Brasil
Vídeo: Canal You Tub Foco Brasil

Governo do Estado entrega respiradores e EPIs em Caruaru e Bezerros



Na manhã desta terça-feira (30/06), o secretário de Saúde André Longo esteve nos municípios de Bezerros e Caruaru, localizados no Agreste do Estado. O gestor anunciou a chegada de 20 respiradores para o Hospital Mestre Vitalino e pactuou a abertura de novas vagas de UTI em Bezerros. 

No início da manhã, Longo foi ao Hospital Jesus Pequenino, em Bezerros, onde assinou o termo de cessão de cinco respiradores, cinco monitores multiparamétricos e cinco camas hospitalares para a unidade. Os equipamentos, que serão entregues nesta quarta-feira (1º), vão possibilitar a abertura de 10 novos leitos exclusivos para o tratamento de pacientes com Covid-19 na cidade.

Em seguida, o secretário seguiu para Caruaru, onde anunciou a chegada de mais 20 respiradores ao Hospital Mestre Vitalino - principal referência para o tratamento da Covid-19 no município. Atualmente, a unidade já conta com 110 leitos exclusivos para os pacientes com o novo coronavírus, sendo 60 de Terapia Intensiva.

"O governador Paulo Câmara determinou que nós expandíssemos a capacidade instalada para o acolhimento dos pacientes com a Covid-19 no interior do Estado. Estamos com esse plano em curso e essa cessão de equipamentos para a UTI do Hospital Jesus Pequenino, em Bezerros, faz parte desse esforço do Governo do Estado. O Agreste, hoje, é o foco principal das nossas atenções, por isso essa força-tarefa em Bezerros e também em Caruaru, principal cidade da região, que ganhará novos leitos no Hospital Mestre Vitalino", afirmou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

O gestor ainda lembrou a importância do uso de máscaras e de sair de casa apenas para situações essenciais. "O grande esforço tem que ser do aumento do isolamento social, que melhorou nos últimos dias, mas ainda pode ser ampliado, e da conscientização das pessoas, pois precisamos gerar menos doentes graves. Para isso, é essencial ampliar o distanciamento social e diminuir a transmissibilidade da Covid-19, que estava em alta na região. É preciso o esforço de toda a população, assim como o Polo de Confecções e o comércio que precisam seguir todos os protocolos de higiene e segurança para que possamos controlar a doença", frisou Longo.

Nesta terça, o Governo de Pernambuco também está entregando mais de 85 mil Equipamentos de Proteção Individual para as secretarias de Saúde dos dois municípios. Entre os itens estão máscaras cirúrgicas (70 mil); máscaras do tipo N95 (14 mil), que são indicadas para uso de profissionais que estão em contato direto com os pacientes em procedimentos com risco de geração de aerossol; protetores faciais (1.400) e óculos de proteção (210).

Para fechar a visita ao Agreste, André Longo participou, na sede da IV Gerência Regional de Saúde (IV Geres), em Caruaru, de uma reunião com os secretários de Saúde das duas cidades. Durante o encontro, foi feita uma avaliação da situação epidemiológica da Covid-19 e discutido o andamento dos primeiros dias de isolamento rígido nos dois municípios.

Por Assessoria do Governo de Pernambuco

111 anos de Petrolândia são celebrados pela Central de Adubos


Petrolândia sempre teve o necessário para construir uma história inesquecível. É um orgulho para nós ajudar as gerações dedicadas ao trabalho, à fé e ao bem receber para fazer a cidade frutificar. #aniversário #homenagem #agro #CentralDeAdubos #Petrolândia #deusnocomando

Central de Adubos

Após dois anos, pacotes misteriosos voltam a aparecer em praias do Nordeste


Nesta terça-feira (30/06), banhistas encontraram um pacote misterioso na praia de Piedade, na Grande Recife. Na última segunda-feira (29/06) um objeto parecido foi encontrado na orla de Aver-o-Mar, na Barra de Sirinhaém, na Zona da Mata; em Boa Viagem, no Recife, e em Conceição, Paulista. No domingo (28/06), outra caixa foi vista na praia de Serrambi, em Ipojuca.

Uma situação semelhante foi registrada em 2018 no Litoral paraibano. Alguns pacotes misteriosos apareceram. O primeiro foi encontrado na praia do Cabo Branco, em João Pessoa. O material, que é uma espécie de pacote de couro, também apareceu em uma praia do município de Lucena, Litoral Norte da Paraíba.

Na época, esses pacotes apareceram em outras praias do Litoral nordestino. Só em Alagoas foram mais de 70, em 13 municípios.

De acordo com o laudo técnico realizado em abril de 2019, os materiais podem ser poluentes ao entrarem em contato com o meio ambiente.

Governo prorroga auxílio emergencial por dois meses, mas quer dividir pagamento em quatro parcelas

Anúncio foi feito pelo ministro Paulo Guedes (Economia). Segundo ele, primeira parcela será de R$ 500; a segunda, de R$ 100; a terceira, de R$ 300; e a quarta, de R$ 300.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou nesta terça-feira (30) a prorrogação do auxílio emergencial, destinado a trabalhadores informais e beneficiários do Bolsa Família.

Segundo Guedes, serão pagas mais quatro parcelas, em dois meses, que somarão R$ 600 por mês, totalizando R$ 1,2 mil. O pagamento será feito da seguinte maneira, segundo o ministro:
R$ 500 no início do mês;
R$ 100 no fim do mês;
R$ 300 no início do mês;
R$ 300 no fim do mês.

O anúncio foi feito em uma cerimônia no Palácio do Planalto, da qual participaram o presidente Jair Bolsonaro, ministros do governo, os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), além de parlamentares e convidados.

Bolsonaro assina decreto que prorroga por mais dois meses o auxílio emergencial de R$ 600 (assista ao vídeo da cerimônia)


O presidente Jair Bolsonaro assinou na tarde desta terça-feira (30) o decreto que prorroga, por mais dois meses, o auxílio emergencial de R$ 600, destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos, desempregados e pessoas de baixa renda durante a pandemia da covid-19. Com isso, cerca de 64,1 milhões de pessoas que tiveram o benefício aprovado receberão mais duas parcelas, no mesmo valor.

"Obviamente, isso tudo não é apenas para deixar a economia funcionando, viva, mas dar o sustento para essas pessoas. Nós aqui que estamos presentes sabemos que R$ 600 é muito pouco, mas para quem não tem nada, é muito", afirmou Bolsonaro em discurso no Palácio do Planalto.

A solenidade de prorrogação do programa foi acompanhada pelos presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado Federal, Davi Alcolumbre. Diversos ministros, além do vice-presidente, Hamilton Mourão, também participaram da cerimônia.

 Veja a íntegra da cerimônia:

Decotelli se demite em carta, e Bolsonaro aceita o pedido

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, - Reprodução

O professor Carlos Alberto Decotelli não é mais ministro da Educação. Decotelli encontrou o presidente Jair Bolsonaro na tarde desta terça-feira e pediu demissão. Decotelli conversou com Bolsonaro, que aceitou o pedido. Decotelli teve uma passagem relâmpago pelo MEC, ficando no cargo menos de uma semana. A repercussão de informações falsas incluídas em seu currículo e a acusação de plágio em sua dissertação de mestrado tornaram sua permanência no cargo insustentável.

No final da tarde de segunda-feira, Decotelli se reuniu com o presidente e após a conversa disse que continuava ministro. Apesar disso, desde ontem Bolsonaro estudava nomes para substituir o ministro da Educação. A situação de Decotelli ficou ainda mais crítica com a divulgação de uma nota pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) negando que o ministro tenha sido professor das escolas da instituição. Segundo a fundação, ele atuou como professor colaborador "apenas nos cursos de educação continuada, nos programas de formação de executivos".

Nesta terça-feira, os nomes de Sergio Sant'Ana, ex-assessor de Weintraub, e Ilona Becskeházy, atual secretária de Educação Básica, continuam circulando como opções para substituir o ministro. Ambos têm o apoio da ala olavista do governo. Além deles, na tarde desta terça, o nome de Gilberto Garcia também começou a circular como opção. Garcia é frei franciscano e já foi membro do Conselho Nacional de Educação (CNE). O professor teria sido indicado por Antônio Veronezi, empresário do setor privado e próximo a Onyx Lorenzoni e ao ex-ministro Abraham Weintraub.

Por: Naira Trindade e Paula Ferreira
O Globo

Aniversário de 111 anos de Petrolândia terá programação online; confira



Nesta quarta-feira, 1º de julho/2020, Petrolândia completa 111 anos. Celebrar uma data tão importante em meio à pandemia do novo coronavírus, quando todos precisam permanecer em casa para conter o avanço da COVID-19, é mais um desafio que o município vai vencer.

Para homenagear a cidade e oferecer à população opções de lazer e cultura, a prefeitura municipal irá disponibilizar uma programação especial em suas redes sociais,

Confira 


Redação do Blog de Assis Ramalho




Após 44 anos Renato Aragão é dispensado pela Globo; contrato se encerra nesta terça-feira (30)


Como tem feito com outros profissionais veteranos ligados ao entretenimento, a Globo comunicou a Renato Aragão que não vai renovar o seu contrato, que se encerra nesta terça-feira (30). O criador de Didi Mocó esteve ligado à emissora por 44 anos. Em conversa com o UOL, o ator e humorista de 85 anos reiterou a disposição de seguir em frente: "Para mim, ampliou meus projetos. Você não sabe como eu estou gostando. É uma nova etapa. Não paro nunca, sempre trabalhando. Eu me considero meio máquina, meio humano", diz.

Sobre a longa trajetória na Globo, Renato observa: "Muita alegria". E elenca: "Primeiro, Os Trapalhões. São 20 anos de sucesso contínuo. Criei o Criança Esperança, que também foi uma maravilha. Depois a Turma do Didi. Fiz muita coisa, tive muita alegria na TV Globo, não tenho nada de ruim para falar. Estou muito feliz com ela". E acrescenta: "Nós chegamos a um acordo. Contrato é uma coisa simbólica. Continuo trabalhando na Rede Globo por projetos pontuais e faço projetos em outras plataformas. É a oportunidade de fazer também em outro lugar", diz ele.

O humorista não revela com quem está conversando. "Não posso falar porque são coisas em negociação". Mas especula-se que há projetos sendo discutidos na Netflix e na Amazon. À frente dos Trapalhões, Renato Aragão estreou na Globo em 1977, após três anos (1974-76) na Tupi. Exibido aos domingos, antes do "Fantástico", o humorístico ficou no ar até agosto de 1995. As mortes de Zacarias (1934-1990) e Mussum (1941-1994) levaram ao fim do programa,

Em 1998, Renato estreou outro dominical, "A Turma do Didi", exibido até 2010. Também gravou inúmeros especiais neste longo período na emissora carioca, além de ter sido por muito tempo a cara da Globo na campanha Criança Esperança.

O último trabalho na emissora ocorreu em 2017. A Globo ensaiou uma volta dos Trapalhões, num formato híbrido, que não funcionou bem. Didi e Dedé Santana interagiam com um quarteto formado por Didico (Lucas Veloso), Dedeco (Bruno Gissoni), Mussa (Mumuzinho) e Zaca (Gui Santana), sobrinhos dos personagens originais. A experiência rendeu apenas uma temporada, de dez episódios.

Em paralelo à atividade na televisão, Renato já protagonizou 42 filmes, realizados entre 1965 e 2017. O último foi "Os Saltimbancos Trapalhões: Rumo a Hollywood". Um novo projeto, com a Globo Filmes, foi adiado, segundo ele próprio informou em abril.

Sintonizado com as novas mídias, Renato abriu uma conta no Instagram, que hoje tem 3,5 milhões de seguidores. E esta semana comemorou 1 milhão de seguidores no TikTok, a rede social do momento. "É uma brincadeira séria", diz.

"Não paro de trabalhar", repete Renato. "Tenho muitas ideias acumuladas. Está tudo na fila. Didi tem projetos de filmes e seriados. Muita coisa boa para lançar daqui a pouco".

A situação de Renato é semelhante a que enfrentaram nos últimos meses Aguinaldo Silva, Miguel Falabella, Zeca Camargo, Vera Fischer e José de Abreu, entre outros. A Globo não renovou os contratos destes profissionais, argumentando estar implantando um novo modelo de "gestão de talentos".

Cortando custos, a emissora deixa aberta a possibilidade de voltar a contratar estes profissionais experientes por obra, para a realização de trabalhos específicos. Em nota postada no Instagram nesta manhã, Renato Aragão comentou a sua nova situação:

Mauricio Stycer
Colunista do UOL

Com diferença de um dia, casal de pastores morre por Covid-19 no ES

Casal de pastores morreu com Covid-19 — Foto: Kristiane Paranhos/Arquivo pessoal

Vítima da Covid-19, um casal de pastores morreu com apenas um dia de diferença neste final de semana no Espírito Santo.

Wilber Vieira Barbosa, de 62 anos, e Ana Lúcia, de 57, estavam internados no Hospital Jayme Santos Neves, na Serra, na Grande Vitória, quando o quadro de saúde deles piorou e evoluiu para óbito.

O casal estava junto há 40 anos. Wilber e Ana Lúcia fazem parte das mais de 1.600 mortes já confirmadas por Covid-19 no Espírito Santo. Eles deixaram três filhas, uma delas grávida, e oito netos.

Uma das filhas, Kristiane de Jesus Barbosa Paranhos, contou que o casal começou a sentir os primeiros sintomas no dia 6 de junho.

Como ela já tinha pegado Covid-19, decidiu levar os pais para uma consulta no Pronto Atendimento de Coqueiral de Itaparica. Lá, os dois testaram positivo para o novo coronavírus.

“Quando peguei Covid-19, me isolei no período e não tive contato nenhum com meus pais por causa das comorbidades deles. Meu pai tinha pressão alta e obesidade e já tinha uma massa no pulmão. A minha mãe tinha pressão alta e diabetes”, contou Kristiane.

Depois do resultado do teste, o casal ficou seis dias em isolamento dentro de casa. Neste período, os sintomas pioraram e a filha levou os pais para o Pronto Atendimento de Cobilândia.

No dia seguinte à internação, Ana Lúcia e Wilber foram transferidos para o Hospital Estadual Jayme Santos Neves em estado grave.

“No dia 12, eu fui trabalhar de manhã e recebi uma mensagem da minha mãe pedindo para ir para casa porque ela ia morrer. Chegando em casa, eu já peguei os dois e levei para o hospital. Antes de ir, ele conseguiu se sentar e disse 'vamos agradecer'. Hoje eu tenho convicção de que naquele momento ele estava agradecendo porque ele sabia que não iria voltar”, relatou a filha.

Esta foi a última vez que ela teve contato com os pais. Depois disso, em uma visita ao hospital para saber o estado de saúde do casal, Kristiane esteve na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e pode vê-los pelo vidro.

“É o pior quadro que eu poderia imaginar. Os dois estavam muito debilitados”. A morte do pai foi confirmada no último sábado (27) e da mãe no domingo (28).

Para a filha que tinha contato diário com os pais, a perda dos dois é dolorosa. Por isso, ela pede para que a população siga as recomendações para evitar o contágio.

“Nossa família sempre foi unida. Foi muito difícil, porque a gente tinha esperança. Meu coração está dilacerado. Eu nunca imaginei ficar sem os dois. Eles eram tudo para nós. A dor de perder o pai e a mãe ao mesmo tempo é algo surreal, parece que está rasgando meu corpo. O vírus é real. A UTI do hospital está lotada de paciente, o necrotério está cheio, os contêineres com corpos estão lotados. Nós precisamos ter a empatia de cuidar um do outro neste momento”, declarou.

Sem poder se despedir, família e amigos fizeram uma carreata em homenagem ao casal.

Por G1 ES

É HOJE! Nesta terça tem 'Fala Petrolândia' ao vivo, com o tema Educação


HOJE TEM FALA PETROLÂNDIA AO VIVO, COM O TEMA EDUCAÇÃO.

A LIVE COMEÇA ÀS 19H30

Conecte e participe conosco.

Você pode assistir em todos os locais, confira:

> Facebook: Facebook.com/fabianopetrolandia
> Instagram: Instagram.com/fabianomarques14
> YouTube: youtube.com/channel/UC_F2fBT_jT-_pXJFB5kKQNQ

FALA PETROLÂNDIA, HOJE ÀS 19H30.
Peco que além de acompanhar a

Nossa live, que vocês nos ajudem na divulgação,para que nós possamos alcançar mais pessoas ouvindo as nossas propostas para cada tema de nossa querida cidade ! Conto com vocês.

Fabiano Jaques Marques

FGV diz que Decotelli não foi professor e indicado ao MEC pode sair hoje


Nota da Fundação Getulio Vargas (FGV) informando que Carlos Alberto Decotelli não foi pesquisador ou professor da instituição pode fazer com que o ministro nomeado da Educação deixe o governo ainda nesta terça-feira, dia 30. O presidente Jair Bolsonaro ficou irritado ao saber de mais uma incoerência no currículo do indicado, que já teve doutorado e pós-doutorado questionados por universidades estrangeiras e é acusado de plágio no mestrado. A intenção do governo é a de que ele faça uma carta de demissão, enquanto o Planalto procura nomes para substituí-lo.

Segundo o Estadão apurou, Decotelli já perdeu o apoio do grupo militar que o indicou ao governo. A nota da FGV dizia que Decotelli cursou mestrado na FGV, concluído em 2008. "Prof. Decotelli atuou apenas nos cursos de educação continuada, nos programas de formação de executivos e não como professor de qualquer das escolas da Fundação", completa o texto. A situação é comum na instituição em cursos com esse perfil, professores são chamados como pessoa jurídica e atuam apenas em cursos específicos.

Nesta segunda-feira, dia 29, o presidente chamou Decotelli para uma conversa e postou nas redes sociais que o economista estava sendo vítima de críticas para desmoralizá-lo. Mas deu um recado: "O Sr. Decotelli não pretende ser um problema para a sua pasta (Governo), bem como, está ciente de seu equívoco." E não indicou que haveria posse, anteriormente marcada para esta terça. Decotelli saiu da reunião dizendo que era o ministro da Educação.

Governo vai prorrogar auxílio, mas pagamento será dividido em três parcelas

O ministro da Economia, Paulo Guedes, informou nesta terça-feira (30/06) que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vai anunciar ainda hoje a prorrogação dos R$ 600 do auxílio emergencial. O valor, contudo, será dividido em três parcelas. Em julho, será pago o valor integral, mas em agosto serão feitas duas parcelas.

“Temos aquele dilema. Ou você dá um valor alto por pouco tempo ou dá valor mais baixo e estica um pouco. Vamos por essa solução”, afirmou Guedes, em audiência pública por videoconferência na Comissão Mista do Congresso Nacional que monitora a execução orçamentária e financeira das medidas relacionadas à covid-19.

Com essa mudança, o governo pretende passar a sensação de prolongamento do recurso para o beneficiário do auxílio emergencial. Na prática, portanto, os valores continuam os mesmos já previstos.

Lei de autoria do deputado Fabrizio Ferraz assegura direito dos advogados


O texto da lei nº 16.944/2020, de autoria do deputado estadual Fabrizio Ferraz, estabelece a fixação obrigatória de cartazes em dependências de todos os órgãos jurisdicionais, carcerários e policiais, em Pernambuco, exibindo a frase “Violar direito ou prerrogativa de advogado é crime”, conforme previsto na lei federal n° 13.469/2019. De acordo com Ferraz, que é advogado por formação, trata-se de mais um reforço legal que visa a garantia dos direitos constitucionais da categoria.

“A necessidade de criminalizar as condutas que violam direito ou prerrogativa do advogado era uma demanda antiga da classe e foi finalmente vencida. A lei de nossa autoria vem para reforçar essa norma, que está prevista na legislação federal”, disse. O parlamentar defendeu ainda que a medida não prevê nenhum tipo de privilégio ao segmento. “ O objetivo é assegurar ao advogado a liberdade de exercer de forma plena sua atividade, tão essencial para a manutenção da justiça e dos direitos sociais”, finalizou.

Assessoria de Imprensa do Deputado Estadual Fabrízio Ferraz

TCM determina à Prefeitura de Paulo Afonso suspender pagamentos por festa "Forró Esperança"


Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios determinaram ao prefeito de Paulo Afonso, Luiz Barbosa de Deus, que se abstenha de realizar empenhos e pagamentos relacionados ao evento “Forró Esperança”, até que se comprove a regularidade das despesas. A liminar, em medida cautelar concedida de forma monocrática pelo conselheiro Paolo Marconi, foi ratificada na sessão plenária do TCM desta terça-feira (30/06), realizada por meio eletrônico.

A denúncia com pedido de medida cautelar foi oferecida e assinada por procuradores Ministério Público de Contas junto ao TCM, em razão da realização “em plena pandemia decorrente da Covid-19”, de evento junino com a participação de 33 artistas e bandas locais em um mini trio, no período de 23 a 30 de junho de 2020. Para os procuradores do MPC a realização do evento “viola os princípios da moralidade administrativa, da razoabilidade, da eficiência e da probidade, que devem nortear a atuação discricionária do gestor público, impedindo que este adote condutas incongruentes ou contraditórias com a realidade fática e o interesse público”.

Boletim desta terça [30/06]: Pernambuco registra mais 382 casos 47 mortes e chega a 4.829 óbitos


Pernambuco registrou, nesta terça-feira (30), 382 novos casos de Covid-19 e mais 47 mortes de pacientes com a doença causada pelo novo coronavírus. Com isso, o estado tem, ao todo, 58.858 confirmações e 4.829 óbitos contabilizados desde o começo da pandemia, em março.

Segundo o boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), dos 382 casos confirmados nesta terça, 240 são casos leves, o que representa 63% do total. Esses pacientes não precisaram de internamento hospitalar, estavam na fase final da doença ou já estavam curados, explicou o governo.

As outras 142 que tiveram diagnóstico positivo para a doença e representam 37% dos novos casos foram enquadradas como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag).

A SES apontou, ainda, que os 47 novos óbitos ocorreram desde o dia 3 de maio. Não foi informado quantas dessas mortes ocorreram nos últimos dias. Os detalhes epidemiológicos devem ser repassados ao longo do dia.

Por G1

Teste com hidroxicloroquina deve recomeçar após aprovação britânica


Um teste global concebido para analisar se os remédios antimalária hidroxicloroquina e cloroquina podem evitar infecções da covid-19 deve recomeçar depois de ser aprovado por agências reguladoras do Reino Unido.

A Agência Regulatória de Remédios e Produtos de Saúde tomou a decisão a respeito do que é conhecido como teste Copcov depois que outro teste britânico de hidroxicloroquina mostrar que o remédio não oferece benefícios no tratamento de pacientes já infectados com covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus.

O estudo Copcov foi suspenso após os resultados do teste de tratamento e aguarda análise.

Trata-se de um teste aleatório com placebo que visa recrutar 40 mil profissionais de saúde e outros trabalhadores em risco em todo o mundo, e está sendo realizado pela Unidade de Pesquisa de Medicina Tropical Mahidol Oxford da Universidade de Oxford na capital tailandesa Bangcoc.

Em março, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que a hidroxicloroquina poderia ser um divisor de águas e depois disse que ele mesmo a estava usando, apesar de a Agência de Alimentos e Remédios (FDA), o organismo regulador norte-americano, alertar que sua eficiência e sua segurança não estão comprovados.

Mais tarde, a FDA revogou a autorização do uso de emergência para os remédios para tratar covid-19 depois que testes mostraram que elas não trazem benefícios no tratamento.

Mas White, que está coliderando o teste Copcov, disse que estudos dos remédios como medicamentos preventivos em potencial ainda não geraram uma resposta conclusiva.

"A hidroxicloroquina ainda pode prevenir infecções, e isto precisa ser determinado em um teste aleatório controlado", disse ele em um comunicado. "A dúvida sobre se ela poder evitar ou não a covid-19 continua tão pertinente como sempre."

A equipe de White disse que o recrutamento de profissionais de saúde britânicos será retomado nesta semana e que existem planos em andamento para novos locais de testes na Tailândia e no sudeste da Ásia, na África e na América do Sul. Os resultados são esperados até o final deste ano.

Por Agência Brasil

Bolsonaro sanciona lei de auxílio financeiro para o setor cultural

O texto prevê o pagamento de três parcelas de um auxílio emergencial de R$ 600 mensais para os trabalhadores da área cultural, além de um subsídio para manutenção de espaços artísticos e culturais, microempresas e pequenas empresas culturais, cooperativas e organizações comunitárias. Esse subsídio mensal terá valor entre R$ 3 mil e R$ 10 mil, de acordo com critérios estabelecidos pelos gestores locais.


O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que institui auxílio financeiro de R$ 3 bilhões para o setor cultural devido à pandemia de covid-19. O valor será repassado, em parcela única, para estados, municípios e Distrito Federal, responsáveis pela aplicação dos recursos. A Lei nº 14.017/2020, chamada de Lei Aldir Blanc, foi publicada hoje (30) no Diário Oficial da União.

O texto prevê o pagamento de três parcelas de um auxílio emergencial de R$ 600 mensais para os trabalhadores da área cultural, além de um subsídio para manutenção de espaços artísticos e culturais, microempresas e pequenas empresas culturais, cooperativas e organizações comunitárias. Esse subsídio mensal terá valor entre R$ 3 mil e R$ 10 mil, de acordo com critérios estabelecidos pelos gestores locais.

Em contrapartida, após a reabertura, os espaços beneficiados deverão realizar atividades a alunos de escolas públicas, prioritariamente, ou para a comunidade, de forma gratuita. Não poderão receber o benefício espaços culturais criados pela administração pública de qualquer esfera, bem como aqueles vinculados a grupos empresariais e espaços geridos pelos serviços sociais do Sistema S.

Trabalhadores do setor cultural e microempresas e empresas de pequeno porte também terão acesso a linhas de crédito específicas para fomento de atividades e aquisição de equipamentos e condições especiais para renegociação de débitos, oferecidas por instituições financeiras federais.

De acordo com a lei, poderão ser realizados editais, chamadas públicas e prêmios, entre outros artifícios, para a manutenção e o desenvolvimento de atividades de economia criativa e economia solidária, cursos, manifestações culturais, produções audiovisuais, bem como atividades artísticas e culturais que possam ser transmitidas pela internet ou por meio de plataformas digitais.

Enquanto perdurar a pandemia de covid-19, a concessão de recursos no âmbito do Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac), dos programas federais de apoio ao audiovisual e demais políticas federais para a cultura deverão priorizar o fomento de atividades que possam ser transmitidas pela internet, por meio de redes sociais e plataformas digitais ou meios de comunicação não presenciais. Os recursos de apoio e fomento também poderão ser adiantados, mesmo que a realização das atividades somente seja possível após o fim das medidas de isolamento social.

As atividades do setor - cinemas, museus, shows musicais e teatrais, entre outros - foram umas das primeiras a parar, como medida de prevenção à disseminação do novo coronavírus no país. De acordo com a pesquisa Percepção dos Impactos da Covid-19 nos Setores Culturais e Criativos do Brasil, mais de 40% das organizações ligadas aos dois setores disseram ter registrado perda de receita entre 50% e 100%.

O nome da lei homenageia o escritor e compositor Aldir Blanc, que morreu no mês passado, no Rio de Janeiro, aos 73 anos, após contrair covid-19.
Auxílio emergencial

O auxílio emergencial de R$ 600 mensais para os trabalhadores da área cultural deverá ser prorrogado, assim como o auxílio concedido pelo governo federal aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados.

Para receber o benefício, os trabalhadores da cultura com atividades interrompidas deverão comprovar, de forma documental ou autodeclaratória, terem atuado social ou profissionalmente nas áreas artística e cultural nos 24 meses imediatamente anteriores à data de publicação da lei. Eles não podem ter emprego formal ativo e receber benefício previdenciário ou assistencial, ressalvado o Bolsa Família.

Além disso, devem ter renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos, o que for maior; e não ter recebido, em 2018, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70.

O recebimento dessa renda emergencial também está limitado a dois membros da mesma unidade familiar e a mulher chefe de família receberá duas cotas. O trabalhador que já recebe o auxílio do governo federal não poderá receber o auxílio cultural.

Por Agência Brasil

Adega de vinhos foi usada para superfaturar compra de respiradores pelo governo do Amazonas, diz MPF

Mandados de busca e apreensão e de prisão temporária são cumpridos na sede do governo do estado e na secretaria de saúde. Segundo a investigação, equipamentos foram adquiridos de uma importadora de vinhos. Wilson Lima teve bens bloqueados. Secretária de saúde foi presa.

O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), é alvo de buscas e bloqueio de bens na Operação Sangria, deflagrada nesta terça-feira (30) pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal (MPF). A força-tarefa prendeu a secretária de saúde do estado, Simone Papaiz.

A investigação aponta supostas fraudes e desvios na compra de respiradores, com dispensa de licitação, de uma importadora de vinhos — os equipamentos deveriam ser destinados ao combate ao novo coronavírus, que causa a doença Covid-19. A PF cumpre os mandados na sede do governo do estado e na secretaria de saúde, em Manaus.

O governo do Amazonas disse que "aguarda o desenrolar e informações mais detalhadas da operação que a Polícia Federal realiza em Manaus para, posteriormente, se pronunciar sobre a ação". A nota enviada ao G1 também informa que Lima, que estava em Brasília para cumprir agenda de trabalho, está retornando para Manaus.

Esta é a terceira operação da PF sobre coronavírus que tem como alvo um governador de estado. Antes de Lima, Helder Barbalho (MDB), do Pará; e Wilson Witzel (PSC), do Rio de Janeiro, foram alvos.

A operação cumpre mandados de prisão temporária contra oito pessoas, além de buscas e apreensões em 14 endereços de pessoas ligadas a Lima. As medidas foram determinadas pelo ministro Francisco Falcão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), e incluem o bloqueio de bens no valor R$ 2,976 milhões, de 13 pessoas físicas e jurídicas, incluindo Lima.

A PF chegou a pedir a prisão de Lima, mas Falcão disse que, "ao menos neste momento", isso não se justifica.

Falcão autorizou a prisão temporária de: Simone Araujo de Oliveira Papaiz, secretária de saúde; João Paulo Marques dos Santos, ex-secretário de saúde; Perseverando da Trindade Garcia Filho, ex-secretário executivo adjunto de saúde; Alcineide Figueiredo Pinheiro, ex-gerente de compras da secretaria de saúde; Fábio José Antunes Passos; Cristiano da Silva Cordeiro; Luciane Zuffo Vargas de Andrade; Renata de Cássia Dias Mansur Silva. O G1 tenta contato com as respectivas defesas.

Segundo a investigação, foram identificadas compras superfaturadas de respiradores; direcionamento na contratação de empresa; lavagem de dinheiro; e montagem de processos para encobrir os crimes praticados com a participação direta do governador.

No requerimento, a subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo sustenta que as investigações permitiram, até o momento, "evidenciar que se está diante da atuação de uma verdadeira organização criminosa que, instalada nas estruturas estatais do governo do estado do Amazonas, serve-se da situação de calamidade provocada pela pandemia de Covid-19 para obter ganhos financeiros ilícitos, em prejuízo do erário e do atendimento adequado à saúde da população".

Em um dos contratos investigados foi encontrada suspeita de superfaturamento de, pelo menos, R$ 496 mil, segundo a investigação. A força-tarefa também apurou que os respiradores foram adquiridos por valor superior ao maior preço praticado no país durante a pandemia, com diferença de 133%.

Como funcionava o suposto esquema com a importadora de vinhos

Segundo o esquema identificado e divulgado pelo MPF e pela PF, o governo do estado comprou, com dispensa de licitação, 28 respiradores de uma importadora de vinhos.

Em uma manobra conhecida como triangulação, uma empresa fornecedora de equipamentos de saúde, que já havia firmado contratos com o governo, vendeu respiradores à adega por R$ 2,480 milhões. No mesmo dia, a importadora de vinhos revendeu os equipamentos para o estado por R$ 2,976 milhões.

Após receber valores milionários em sua conta, a adega os repassou integralmente à organização de saúde. A investigação diz que encontrou registros que comprovam a ligação entre agentes públicos e empresários envolvidos na fraude.

Por G1

Prefeitura de Petrolândia inicia hoje pagamento de servidores referente ao mês de junho

Imagem

A Prefeitura de Petrolândia definiu cronograma de pagamentos de servidores para o período de junho deste ano. Nesta terça-feira (30), ao longo do dia, serão pagos os efetivos da saúde.

Veja o quadro abaixo e ique por dentro do calendário de pagamentos da Folha Salarial da prefeitura de Petrolândia.

Imagem

Prefeitura de Petrolândia

Petrolândia: Dra Ilka Gominho (Ginecologista Obstetra) atende nesta terça (30/06) na MedClinic; agende sua consulta


A MedClinic Clínica Especializada informa que Dra Ilka Gominho (Ginecologista Obstetra) atenderá na Medclinic nesta terça-feira, 30 de junho de 2020.

Agende sua consulta pelos telefones: 87 9.9946-1544 - 87 38511879

Dra Ilka Gominho
Ginecologista e obstetra
Acompanhamento de gestantes
Preventivo
Colposcopia
Pré-natal

Confira abaixo agenda completa de atendimento da semana da MedClinic

Polícia Federal apura desvio na compra de respiradores no Amazonas


A Polícia Federal (PF) cumpre nesta terça-feira (30) no Amazonas 20 mandados de busca e apreensão e oito de prisão temporária de investigados por fraude e superfaturamento nas ações de combate à pandemia do novo coronavírus no estado. A ação investiga compras superfaturadas de respiradores, direcionamento na contratação de empresa, lavagem de dinheiro e montagem de processos para encobrir os crimes que teriam sido praticados com a participação direta do governador do estado, Wilson Lima (PSC).

As medidas foram determinadas pelo ministro Francisco Falcão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), e incluem o bloqueio de bens no valor R$ 2,976 milhões, de 13 pessoas físicas e jurídicas.

No esquema identificado pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela PF, o governo do estado comprou, com dispensa de licitação, 28 respiradores de por meio de uma importadora de vinhos. Nesse contrato a suspeita de superfaturamento é de R$ 496 mil. Os equipamentos vendidos pela importadora foram adquiridos de uma empresa fornecedora de equipamentos de saúde por R$ 2,480 milhões e revendidos, no mesmo dia, por R$ 2,976 milhões ao estado.

“Os fatos ilícitos investigados têm sido praticados sob o comando e orientação do governador do estado do Amazonas, Wilson Lima, o qual detém o domínio completo e final não apenas dos atos relativos à aquisição de respiradores para enfrentamento da pandemia, mas também de todas as demais ações governamentais relacionadas à questão", afirma a subprocuradora-geral da República, Lindôra Araújo, em nota publicada hoje pelo MPF.

Até o fechamento desta reportagem o governo do Amazonas ainda não havia se pronunciado sobre a investigação.

Por Agência Brasil

Petrolândia: Posto Rical é garantia de qualidade na hora de abastecer o seu automóvel


Posto Rical


Da Redação do Blog de Assis Ramalho

Capotamento deixa dois homens mortos e um ferido em Delmiro Gouveia (AL)


Dois homens morreram e um terceiro ficou gravemente ferido após o veículo em que eles estavam capotar, no fim da noite dessa segunda-feira (29), na estrada do Povoado Rabeca, na zona rural do município de Delmiro Gouveia, no Sertão de Alagoas.

De acordo com informações repassadas pela assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), o capotamento só aconteceu porque o automóvel bateu em uma pedra grande que estava na pista, surpreendendo o condutor.

Com a colisão, o motorista perdeu o controle da direção e o carro virou algumas vezes na estrada. Dois rapazes ficaram presos às ferragens e morreram no local, minutos após o acidente. Já o terceiro sobreviveu, foi atendido pelos militares e, em seguida, conduzido a um hospital de emergência, por uma equipe do Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência].

O estado de saúde do ferido, no entanto, não foi divulgado. Os corpos dos dois homens foram recolhidos pelo Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca e devem ser liberados, nesta manhã de terça-feira (30), para que os familiares providenciem os sepultamentos.

Por Gazeta Web
Foto: Alagoas 24h - Sertão 142

Petrolândia: Feirinha da 13 muda de local para revitalização dos canteiros da Avenida Auspício Valgueiro Barros





Às vésperas do início da campanha eleitoral, a Prefeitura de Petrolândia tem se desdobrado para realizar - e divulgar - novas obras e ações de governo, ao mesmo tempo em que, em meio à pandemia, luta para fazer a reabertura da economia sem permitir o descontrole dos casos de coronavírus no município. Uma dessas obras, licitada desde fevereiro passado, é a revitalização dos canteiros centrais da Avenida Auspício Valgueiro Barros, uma das vias mais movimentadas da cidade.

Para realização dos serviços, a feirinha da 13, realizada às margens da avenida, entre as Quadras 10 e 13, foi transferida provisoriamente para o largo da mesma via, no largo em frente ao Supermercado Almeida, entre as Quadras 04 e 07. Além da área da feirinha da Quadra 13, a revitaliação também vai melhorar as condições dos canteiros no largo em frente ao Supermercado Sanfrancisco e Atacadão, entre as Quadras 09 e 12.

De acordo com o secretário de Serviços Urbanos de Petrolândia, Marcos Rogério Viana, em resposta à reportagem do Blog de Assis Ramalho, após a intervenção no local de realização original, a feirinha retornará ao mesmo lugar, e, segundo ele, o largo em frente ao Supermercado Almeida também será revitalizado.

Confira abaixo mais fotos