quinta-feira, maio 05, 2022

Petrolândia: Em entrevista, prefeito Fabiano, vice Rogério e o produtor rural Fernando falam sobre proposição de asfaltar o "Cinturão Verde", estrada que corta a área rural do município

 

Entrevista do Blog de Assis Ramalho e Web Rádio Petrolândia em que o prefeito, o vice e o produtor rural Fernando defendem o projeto. 

Reunião aconteceu no gabinete da Prefeitura de Petrolândia, na manhã de hoje (05/05) Fotos: Assis Ramalho


Em reunião com vereadores, empresários do ramo agropecuário, secretários municipais, líderes comunitários e imprensa local, realizada na manhã desta quinta-feira (05/05), a Prefeitura de Petrolândia anunciou a proposição de asfaltar cerca de 35 km do "Cinturão Verde", estrada que corta a área rural do município e escoa aproximadamente 70% dos produtos agropecuários da cidade. O prefeito Fabiano Marques e o vice Rogério Novaes. A obra é estimada em até R$ 40 milhões, valor que o Município pretende solicitar à Caixa, através do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finasa). Confira no vídeo abaixo a entrevista do Blog de Assis Ramalho e Web Rádio Petrolândia em que o prefeito, o vice e o produtor rural Fernando defendem o projeto. 


O projeto de lei (PL) para autorizar a Prefeitura a contratar operação de crédito com a Caixa foi apresentado ontem (04/05) à Câmara Municipal e gerou discussões. O Executivo requer urgência na tramitação do PL, com a justificativa de entregar Carta Consulta à Caixa no dia 6/05, prazo discutido com representantes da Caixa, para garantir recursos disponíveis do FINASA e a situação de endividamento do Município é favorável. A urgência para tramitação do PL na Câmara Municipal foi justificada em apartes do Coordenador do Sistema de Controle Interno da Prefeitura, José Emilton Couto (Miltão). 

Do outro lado, alguns vereadores, entre eles o presidente da Mesa Diretora Dedé de França, reclamam da exiguidade de tempo para apreciar adequadamente o PL. Os ânimos se exaltaram em alguns momentos da reunião, no gabinete do prefeito Fabiano. Após a apresentação da novidade às duas dezenas de convidados presentes no gabinete do prefeito, facultada a palavra, os vereadores Dedé de França e Said Sousa pediram o respeito do prefeito para com a Casa Legislativa. 

Dedé de França alegou já ter sido apresentado anteriormente projeto de lei, para aprovação "em cima da hora", mas com erros. Mais enfático, o vereador Said fez vários questionamentos sobre o projeto de asfaltamento do "Cinturão Verde", e afirmou que não pediu vistas do PL e sim, solicitou mais informações em ofício com resposta entregue ao final da reunião.

A tensão entre participantes da reunião foi contornada pela ponderação do vice-prefeito Rogério Novaes, que acalmou o ânimo entre prefeito e vereadores. Os vereadores Tércio de João Vicente, Sílvio Rogério, Evaldo da Melancia, Joilton Pereira (que chegou atrasado, por motivo de força maior) também se pronunciaram. Nego Almeida esteve presente. Os vereadores Fabrício Cavalcante, Gil da Cesta Básica e Adelina Martins não estiveram na reunião, convocada na noite de ontem (05).  

Todos os vereadores presentes reconheceram a importância do asfaltamento do "Cinturão Verde" para Petrolândia e declararam ser favoráveis à autorização para endividamento do Município, desde que possam assinar sem receio o Projeto de Lei, para evitar sanções futuras de orgãos fiscalizadores. 

Segundo explicado pelos representantes do Executivo, diferentemente do entendido pelos vereadores, não existe ainda o projeto de asfaltamento, processo que será apresentado à apreciação do Legislativo futuramente, caso a Carta Consulta seja aprovada pela Caixa. Neste momento é solicitada da Câmara Municipal de Petrolândia apenas uma lei autorizativa de endividamento, para provar que o Município está apto a contratar um financiamento com a Caixa, no valor de até R$ 40 milhões, com finalidade restrita ao que determina a referida lei.  

Os vereadores comprometeram-se a apreciar o Projeto de Lei em reunião extraordinária, ainda na tarde de hoje. O ex-presidente da Mesa Diretora, Joilton Pereira, colocou-se à disposição para presidir a sessão, no caso de necessidade da ausência do titular, Dedé de França. 

O pronunciamento em destaque na reunião foi do empresário do setor rural Fernando, estabelecido em Petrolândia com propriedade modelo em aplicação de investimentos. O ex-vereador enalteceu a ousadia do prefeito Fabiano Marques em buscar recursos para Petrolândia, em especial para o sonhado asfaltamento das estradas rurais e, como cliente bancário do setor rural, ressaltou o porquê da urgência de tramitação do projeto na Câmara de Vereadores. Fernando ainda explanou os benefícios do asfaltamento do "Cinturão Verde" para o crescimento de Petrolândia. 

Destaque também para a fala do empresário Cézar Cavalcante, sócio administrador da Central de Adubos (Filial Petrolândia). O empresário informou que 70% do PIB de Petrolândia advém do setor agropecuário, relatou os prejuízos arcados pelos produtores devido à falta de estradas com boa trafegabilidade, como perdas nas cargas de mercadorias e preços mais baixos na entrega do produto. 

Após mais alguns pronunciamentos dos convidados e esclarecimentos de dúvidas, a reunião foi encerrada com a entrega de ofício resposta ao vereador Said.  

O "Cinturão Verde" de Petrolândia é o conjunto de estradas vicinais que se estendem por Petrolândia e ligam os Projetos de Irrigação Apolônio Sales, Icó-Mandantes, Limão Bravo e comunidades vizinhas, à BR-316. Ligada à BR-110 e à "Reta do Mirim" (ou "Reta de Ibimirim"), a BR-316 é principal rodovia de escoamento da produção agropecuária de Petrolândia e municípios vizinhos. Com infraestrutura da malha viária rural defasada em mais de 30 anos, o asfaltamento das principais estradas da zona rural é uma benfeitoria primordial para complementar a instalação dos perímetros irrigados e atrair novos investimentos de grande porte para a zona rural. O turismo é outro setor a ser positivamente impactado.
 
Entre outras informações, Fabiano citou os elevados gastos da Prefeitura com a manutenção das estradas rurais, vias que poderão ser mantidas sem grandes intervenções em obras por até 20 anos, se houver asfaltamento. De acordo com o prefeito, se aprovado, o financiamento será aplicado no prazo de até dois anos, com pagamentos liberados após medições do andamento da obra de asfaltamento, que depende também de licitação do Município. O pagamento do investimento ocorrerá ao longo de 12 anos. 

Durante a reunião, Fabiano antecipou outra novidade para o Município. A Prefeitura Municipal terá sua própria Usina de Asfalto, equipamento com o qual poderá realizar o recapeamento asfáltico de ruas que já são asfaltadas no município. O prefeito apontou que uma das dificuldades iniciais será a licitação da matéria-prima, pois o produto é um derivado do petróleo e o valor está em alta no mercado. 

Segundo a Caixa, a linha de crédito Finasa é voltada ao Setor Público para apoiar investimentos em infraestrutura, mobilidade, equipamentos, iluminação, construção de escolas, creches, hospitais, entre outros. As etapas para contratação do Finasa são: Carta Consulta, Análise de Risco, Análise Técnica, Aprovação da CAIXA, Compliance e Assinatura do Contrato.

Redação do Blog de Assis Ramalho

D'Leles Petrolândia promove manhã especial nesta sexta (06) com evento "Mainha é um show"

Divulgação/D'Leles Petrolândia

Petrolândia: MPPE recomenda ações para reduzir poluição sonora e melhorar organização em eventos artísticos


O Ministério Público de Pernambuco, através da Promotoria de Justiça de Petrolândia, no Sertão do Estado, após apreciação dos processos relativos aos eventos  Prime Beer Fest e Esquenta Atlântida, previstos para realização neste sábado (07), expediu a Recomendação Nº 001/2022, que trata sobre os eventos em geral com música ao vivo, em logradouros públicos, casas de shows, restaurantes e assemelhados. 

Confira abaixo a reprodução da Recomendação Nº 001/2022









Blog de Assis Ramalho
Com informações do MPPE

Asfaltamento do "Cinturão Verde" de Petrolândia-PE pode ser viabilizado pela Prefeitura com recursos da Caixa




Reunião aconteceu no gabinete da Prefeitura de Petrolândia, na manhã de hoje (05/05) Fotos: Assis Ramalho


Em reunião com vereadores, empresários do ramo agropecuário, secretários municipais, líderes comunitários e imprensa local, realizada na manhã desta quinta-feira (05/05), a Prefeitura de Petrolândia anunciou a proposição de asfaltar cerca de 35 km do "Cinturão Verde", estrada que corta a área rural do município e escoa aproximadamente 70% dos produtos agropecuários da cidade.

No final da reunião, o prefeito Fabiano Marques e o vice Rogério Novaes, junto com o agricultor Fernando, concederam entrevista à reportagem do Blog de Assis Ramalho e Web Rádio Petrolândia e falaram sobre a importândia de asfalttar o "Cinturão Verde", VEJA  ABAIXO



A obra é estimada em até R$ 40 milhões, valor que o Município pretende solicitar à Caixa, através do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finasa). Confira no vídeo abaixo a entrevista do Blog de Assis Ramalho e Web Rádio Petrolândia em que o prefeito, o vice e o produtor rural Fernando defendem o projeto. 

O projeto de lei (PL) para autorizar a Prefeitura a contratar operação de crédito com a Caixa foi apresentado ontem (04/05) à Câmara Municipal e gerou discussões. O Executivo requer urgência na tramitação do PL, com a justificativa de entregar Carta Consulta à Caixa no dia 6/05, prazo discutido com representantes da Caixa, para garantir recursos disponíveis do FINASA e a situação de endividamento do Município é favorável. A urgência para tramitação do PL na Câmara Municipal foi justificada em apartes do Coordenador do Sistema de Controle Interno da Prefeitura, José Emilton Couto (Miltão). 

Do outro lado, alguns vereadores, entre eles o presidente da Mesa Diretora Dedé de França, reclamam da exiguidade de tempo para apreciar adequadamente o PL. Os ânimos se exaltaram em alguns momentos da reunião, no gabinete do prefeito Fabiano. Após a apresentação da novidade às duas dezenas de convidados presentes no gabinete do prefeito, facultada a palavra, os vereadores Dedé de França e Said Sousa pediram o respeito do prefeito para com a Casa Legislativa. 

Dedé de França alegou já ter sido apresentado anteriormente projeto de lei, para aprovação "em cima da hora", mas com erros. Mais enfático, o vereador Said fez vários questionamentos sobre o projeto de asfaltamento do "Cinturão Verde", e afirmou que não pediu vistas do PL e sim, solicitou mais informações em ofício com resposta entregue ao final da reunião.

A tensão entre participantes da reunião foi contornada pela ponderação do vice-prefeito Rogério Novaes, que acalmou o ânimo entre prefeito e vereadores. Os vereadores Tércio de João Vicente, Sílvio Rogério, Evaldo da Melancia, Joilton Pereira (que chegou atrasado, por motivo de força maior) também se pronunciaram. Nego Almeida esteve presente. Os vereadores Fabrício Cavalcante, Gil da Cesta Básica e Adelina Martins não estiveram na reunião, convocada na noite de ontem (05).  

Todos os vereadores presentes reconheceram a importância do asfaltamento do "Cinturão Verde" para Petrolândia e declararam ser favoráveis à autorização para endividamento do Município, desde que possam assinar sem receio o Projeto de Lei, para evitar sanções futuras de orgãos fiscalizadores. 

Segundo explicado pelos representantes do Executivo, diferentemente do entendido pelos vereadores, não existe ainda o projeto de asfaltamento, processo que será apresentado à apreciação do Legislativo futuramente, caso a Carta Consulta seja aprovada pela Caixa. Neste momento é solicitada da Câmara Municipal de Petrolândia apenas uma lei autorizativa de endividamento, para provar que o Município está apto a contratar um financiamento com a Caixa, no valor de até R$ 40 milhões, com finalidade restrita ao que determina a referida lei.  

Os vereadores comprometeram-se a apreciar o Projeto de Lei em reunião extraordinária, ainda na tarde de hoje. O ex-presidente da Mesa Diretora, Joilton Pereira, colocou-se à disposição para presidir a sessão, no caso de necessidade da ausência do titular, Dedé de França. 

O pronunciamento em destaque na reunião foi do empresário do setor rural Fernando, estabelecido em Petrolândia com propriedade modelo em aplicação de investimentos. O ex-vereador enalteceu a ousadia do prefeito Fabiano Marques em buscar recursos para Petrolândia, em especial para o sonhado asfaltamento das estradas rurais e, como cliente bancário do setor rural, ressaltou o porquê da urgência de tramitação do projeto na Câmara de Vereadores. Fernando ainda explanou os benefícios do asfaltamento do "Cinturão Verde" para o crescimento de Petrolândia. 

Destaque também para a fala do empresário Cézar Cavalcante, sócio administrador da Central de Adubos (Filial Petrolândia). O empresário informou que 70% do PIB de Petrolândia advém do setor agropecuário, relatou os prejuízos arcados pelos produtores devido à falta de estradas com boa trafegabilidade, como perdas nas cargas de mercadorias e preços mais baixos na entrega do produto. 

Após mais alguns pronunciamentos dos convidados e esclarecimentos de dúvidas, a reunião foi encerrada com a entrega de ofício resposta ao vereador Said.  

O "Cinturão Verde" de Petrolândia é o conjunto de estradas vicinais que se estendem por Petrolândia e ligam os Projetos de Irrigação Apolônio Sales, Icó-Mandantes, Limão Bravo e comunidades vizinhas, à BR-316. Ligada à BR-110 e à "Reta do Mirim" (ou "Reta de Ibimirim"), a BR-316 é principal rodovia de escoamento da produção agropecuária de Petrolândia e municípios vizinhos. Com infraestrutura da malha viária rural defasada em mais de 30 anos, o asfaltamento das principais estradas da zona rural é uma benfeitoria primordial para complementar a instalação dos perímetros irrigados e atrair novos investimentos de grande porte para a zona rural. O turismo é outro setor a ser positivamente impactado.
 
Entre outras informações, Fabiano citou os elevados gastos da Prefeitura com a manutenção das estradas rurais, vias que poderão ser mantidas sem grandes intervenções em obras por até 20 anos, se houver asfaltamento. De acordo com o prefeito, se aprovado, o financiamento será aplicado no prazo de até dois anos, com pagamentos liberados após medições do andamento da obra de asfaltamento, que depende também de licitação do Município. O pagamento do investimento ocorrerá ao longo de 12 anos. 

Durante a reunião, Fabiano antecipou outra novidade para o Município. A Prefeitura Municipal terá sua própria Usina de Asfalto, equipamento com o qual poderá realizar o recapeamento asfáltico de ruas que já são asfaltadas no município. O prefeito apontou que uma das dificuldades iniciais será a licitação da matéria-prima, pois o produto é um derivado do petróleo e o valor está em alta no mercado. 

Segundo a Caixa, a linha de crédito Finasa é voltada ao Setor Público para apoiar investimentos em infraestrutura, mobilidade, equipamentos, iluminação, construção de escolas, creches, hospitais, entre outros. As etapas para contratação do Finasa são: Carta Consulta, Análise de Risco, Análise Técnica, Aprovação da CAIXA, Compliance e Assinatura do Contrato.

Redação do Blog de Assis Ramalho

Petrolândia: Farmácia Dehon muda de nome, agora é DHFARMA

 


A Farmácia DEHON mudou de nome, agora é DHFARMA. A empresa foi inaugurada em Petrolândia no mês de agosto de 2017, e em pouco tempo conquistou o público prestando atendimento especializado aos moradores de Petrolândia e cidades vizinhas.

Com a loja inaugurada em Petrolândia, as Farmácias Dehon, agora DHFARMA, passou a ter sete pontos de atendimento à população pernambucana, sendo três lojas em Águas Belas, duas em Garanhuns e uma em Bom Conselho, no Agreste Pernambucano. Petrolândia marca a expansão das Farmácias DHFARMA ao Sertão de Pernambuco.

Farmácia DHFARMA , empresa que tem o objetivo de levar a toda população do Sertão de Itaparica medicamentos, produtos de belezas, perfumarias, entre outros produtos a preços mais acessíveis.

A Farmácia DHFARMA, o caminho da saúde, tem uma equipe de profissionais capacitados, prontos para atender você.

O horário de funcionamento da Farmácia DHFARMA em Petrolândia é das 7 às 22h00, de segunda a sábado, e das 9 às 21h00, aos domingos e feriados.

Farmácia DHFARMA - Tel. 3851 - 1206

PISO SALARIAL DOS ENFERMEIROS: Saiba os próximos passos após aprovação do projeto




Após a aprovação na Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (5), profissionais de enfermagem aguardam a sanção do projeto que estabelece o piso salarial da categoria pelo presidente Jair Bolsonaro. Embora pareça simples a aprovação dos novos salários para enfermeiros, técnicos de enfermagem e parteiras, a sanção depende de um acordo de fontes de financiamento.

A deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC), relatora do projeto, afirmou que o piso salarial somente irá à sanção presidencial após a votação da PEC 122/15, do Senado, que proíbe a União de criar despesas aos demais entes federativos sem prever a transferência de recursos para o custeio.

"Conforme assumido com a enfermagem brasileira, não será na semana que vem que este projeto seguirá para sanção presidencial, mas sim tão logo garantirmos o respectivo financiamento", apontou Zanotto.

Carmen Zanotto estimou que a proposta tem impacto de R$ 50 milhões ao ano na União, mas não calculou os gastos dos entes públicos e do setor privado. Ela afirmou que o Congresso vai viabilizar recursos para garantir o piso salarial.

Prefeitura de Jatobá/PE dá início à distribuição de uniforme escolar a partir desta quinta (05/05/2022)



A fim de garantir maior qualidade e dignidade no ensino dos alunos matriculados na rede municipal, bem como fazer nascer o sentimento de pertencimento à realidade escolar a que faz parte, a partir desta quinta-feira (05/05) todas as escolas da rede municipal poderão iniciar a distribuição do uniforme escolar, conforme cronograma criado pela própria escola.
 
Para que o processo ensino-aprendizagem ocorra com qualidade, a educação deve ser tratada com a atenção que ela merece, sendo assim, a entrega do fardamento, somada à melhoria na infraestrutura das escolas, à realização de oficinas e formações pedagógicas, à disponibilização de transporte escolar adequado e ao acesso à merenda escolar digna e saudável demonstra o comprometimento do nosso trabalho com o principal elemento de transformação humana: a educação.
 
Muito vem sendo feito e ainda mais está por vir para que continuemos a entregar uma educação de qualidade aos nossos alunos.
 
No ato da entrega, os alunos da Educação Infantil e do Fundamental I estarão recebendo 2 bermudas e 2 camisas; já os alunos do Fundamental II e da EJA, receberão 2 camisas.
Em alusão ao título de Capital da Tilápia, o fardamento escolar vem com curvas sinuosas para destacar a atividade que impulsiona a economia do Município.
Pedimos aos responsáveis pelos alunos que entrem em contato com as escolas a fim de que se informem quanto ao dia e horário de entrega do fardamento.

Blog de Assis Ramalho
Fonte: Prefeitura Municipal de Jatobá

Segurados com NIS finais 4 e 9 recebem primeira parcela do 13º



O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) paga nesta quinta-feira (5) a antecipação do décimo terceiro a aposentados e pensionistas que recebem mais de um salário mínimo e que têm dígitos finais do Número de Inscrição Social (NIS).4 e 9.

A previsão é que, até sexta-feira (6), mais de 31 milhões de segurados recebam a primeira parcela. Confira o calendário de pagamento:

Quem ganha o salário mínimo

Final do NIS Primeira parcela Segunda parcela
1 25 de abril 25 de maio
2 26 de abril 26 de maio
3 27 de abril 27 de maio
4 28 de abril 30 de maio
5 29 de abril 31 de maio
6 2 de maio 1º de junho
7 3 de maio 2 de junho
8 4 de maio 3 de junho
9 5 de maio 6 de junho
0 6 de maio 7 de junho

Confira manchetes dos principais jornais do país desta quinta-feira 05 de maio de 2022

 



Paraná Pesquisas: Lula tem 40% das intenções de voto; Bolsonaro, 35,2%


Levantamento do instituto Paraná Pesquisas, publicado nesta quarta-feira (4/5), aponta que a diferença nas intenções de voto entre Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL) caiu para apenas 4,8 pontos percentuais na pesquisa estimulada. O petista tem 40% das intenções de voto; Bolsonaro, 35,2%.

Os números compreendem cenário com os seguintes candidatos: Lula (40%); Bolsonaro (35,2%); Ciro Gomes, do PDT, (7,4%); João Doria, do PSDB, (3,2%); André Janones, do Avante, (2,4%); Simone Teber, do MDB (0,7%); Luciano Bivar, do União Brasil (0,2%); e Luiz Felipe d’Avila, do Novo (0,1%).

Entre os respondentes, 7,2% disseram que votariam branco, nulo ou em nenhum dos candidatos apresentados. Outros 3,5% disseram não saber em quem votariam.

O estudo foi realizado em todas as unidades federativas, entre os dias 28 de abril e 3 de maio, com 2.020 pessoas. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-09280/2022. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais, com grau de confiança de 95%.

A diferença entre os dois líderes das pesquisas era de 7,3 pontos percentuais no levantamento anterior, publicado em abril. Na época, Lula registrou os mesmo 40% do levantamento de agora, e Bolsonaro tinha 32,7%. O presidente, pré-candidato à reeleição, 2,5 pontos percentuais e estreitou a distância para Lula.

Senado confirma Auxílio Brasil em R$ 400 de forma permanente



O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (4) a medida provisória que garante de forma permanente o valor mínimo de R$ 400 para as famílias beneficiárias do Auxílio Brasil (MP 1.076/2021). Com o resultado, o Executivo passará a desembolsar cerca de R$ 90 bilhões anuais com o programa.

O texto da MP foi modificado pela Câmara dos Deputados e, com isso, segue para sanção presidencial. O Senado não fez novas mudanças.

Inicialmente, a proposta do governo federal previa esse piso somente até dezembro de 2022, mas o substitutivo aprovado institui o “benefício extraordinário”, uma espécie de complemento ao valor do Auxílio Brasil de forma permanente. Sem o benefício extraordinário para completar o valor mínimo de R$ 400, o Auxílio Brasil teria um tíquete médio de R$ 224.

O senador Roberto Rocha (PTB-MA), que foi o relator da MP no Senado, comemorou a aprovação. Ele lembrou que o Auxílio Brasil substituiu o Bolsa-Família como principal programa de renda do governo federal, e fez uma comparação entre os dois:

Aprovada proposta que fixa piso salarial de enfermeiros em R$ 4,7 mil



A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (4/5), o projeto de lei que estabelece um piso salarial nacional para enfermeiros no valor de R$ 4.750 mensais. Como não sofreu alterações, a proposta vai para a sanção do presidente Jair Bolsonaro (PL).

A aprovação ocorreu por 449 votos favoráveis contra 12 contrários. Apenas o Partido Novo encaminhou de maneira contrária à proposta.

De autoria do senador Fabiano Contarato (PT-ES), a matéria foi aprovada no plenário do Senado Federal em novembro do ano passado. Desde então, o projeto penava para entrar na pauta da Câmara. Coube à deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC) relatar a proposta na Casa.

O projeto aprovado nesta tarde também prevê melhorias salariais aos técnicos de enfermagem. A categoria, segundo a proposta, receberá mensalmente, pelo menos, 70% do valor referencial definido pela matéria (R$ 3.325). Auxiliares de enfermagem e parteiras, por sua vez, receberão 50% do piso de R$ 4,7 mil (R$ 2.375).

Impasse