Web Radio Petrolândia

segunda-feira, 29 de junho de 2020

Petrolândia: Com mais 2 casos confirmados nesta segunda (29/06), prefeitura divulga Boletim Epidemiológico e localidade onde moram pacientes diagnosticados com o novo coronavírus

Vista aérea de Petrolândia - Foto: Pablo Silva

Nesta segunda-feira (29/06), no 104º dia de boletins de acompanhamento do novo coronavírus (Covid-19) em Petrolândia, no Sertão de Pernambuco, a Prefeitura deu sequência a divulgação da localização dos casos ativos.

Com mais dois casos testado positivo, o município agora soma 50 confirmações (29 recuperados), 17 casos suspeitos, 45 descartados e dois óbitos.

Confira nos quadros abaixo boletim completo e localização dos casos de coronavírus no município.

 



QUADRO COMPARATIVO AO DIA NTERIOR

Veja abaixo os dados do município no domingo (28/06/2020)



Blog de Assis Ramalho
Fonte: Prefeitura de Petrolândia

Petrolândia: Marcação de Exames e Consultas na Secretaria de Saúde


30/06/2020 - Terça-feira: Pediatra (Dr. Paulo Roberto), Exames Laboratoriais, Raio X
01/07/2020 - Quarta-feira: Feriado
02/07/2020 - Quinta-feira: Pediatra (Dr. Paulo Roberto), Exames Laboratoriais, Raio X
03/07/2020 - Sexta-feira: Neurologista (Dr. Luiz Claudio),Ginecologista (Dra. Luciene), Cl´nico Geral (Dr. Jeovane), Exames Laboratoriais, Raio X


Redação do Blog de Assis Ramalho
Com informações da Secretaria de Saúde de Petrolândia

Covid-19: Prefeitura de Floresta divulga registro de mais 2 casos confirmados e 2 recuperados; confira boletim epiodológico com dados oficiais desta segunda (29/06)


A Secretaria de Saúde de Floresta, com o compromisso de ser transparente em relação ao Coronavírus, vem atualizar o boletim epidemiológico.

Hoje foram descartados dois casos que estavam em investigação, bem como surgiram mais dois novos.

Através de realização de teste rápido, seis pacientes, três do sexo feminino e três masculino tiveram resultado positivo para a Covid-19. Todos encontram-se em isolamento domiciliar, apresentando sintomas leves. Tivemos também quatro pacientes recuperados.

Os bairros com casos confirmados são:

- Zona rural 01
- DNER 06
- Centro 13
- Santa Rosa 09
- AABB 02
- Caetano II 11
- Caetano I 04
- Caraibeiras 04
- Cohab 03

A colaboração da comunidade é uma das principais formas de combater a Covid-19. Fiquem em casa, se for necessário sair use máscaras.

Prefeitura Municipal de Floresta.

Tacaratu [Covid-19]: Com mais 9 casos, sobe para 70 o número de infectados no município; veja o boletim epidemiológico completo divulgado nesta segunda (29/06)

Portal de Tacaratu - Foto: Lúcia Xavier/Blg de Assis Ramalho

Nota da prefeitura de Tacaratu
A Secretaria Municipal de Saúde de Tacaratu notifica hoje (29) mais nove casos de Covid-19 em nosso município.
.
Surgiram também mais dois casos SUSPEITOS de Covid-19. Apresentando sintomas de Síndrome gripal leve.
.
Foram DESCARTADOS mais nove casos suspeitos de Coronavírus.

Estaremos postando as atualizaçõés dos boletins a qualquer momento, sempre que houver alterações manteremos toda população informada.


Veja abaixo casos confirmados por localidade


Prefeitura Municipal de Tacaratu

Dívidas na Serasa podem ser renegociadas em agências dos Correios

Foto: Agência Brasil

A partir desta segunda-feira (29), os devedores com o nome inscrito na Serasa poderão renegociar os débitos atrasados ou negativados em mais de 7 mil agências dos Correios espalhadas por todo o Brasil. Com descontos que podem chegar a 90%, os refinanciamentos podem ser feitos diretamente nos guichês de atendimento.

Segundo a Serasa, a parceria com os Correios é importante para ajudar a parcela da população sem acesso à internet. O processo é rápido. Basta o consumidor ir à agência mais próxima com o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e algum documento oficial com foto e pedir o serviço Serasa Limpa Nome no balcão. A consulta e a impressão do boleto para o pagamento levarão de dois a cinco minutos.

Chineses acham vírus que pode gerar pandemia e sugerem medidas de prevenção

O novo vírus está presente em porcos e se assemelha ao vírus que causou uma pandemia de gripe suína em 2009. Cientistas defendem que se deve monitorar porcos e trabalhadores de fazendas para evitar que o G4 EA H1N1 se espalhe

Um novo vírus da gripe, atualmente presente em porcos e com potencial para provocar uma nova pandemia entre humanos, foi descoberto na China. O anúncio foi feito por cientistas chineses em estudo publicado na revista especializada Pnas, nesta segunda-feira (29/6). A boa notícia é que o vírus foi descoberto antes de se espahar entre os seres humanos, o que pode evitar sua disseminação.

Segundo os autores da pesquisa, os porcos costumam ser uma espécie de hospedeiro intermediário no desenvolvimento de variantes do vírus influenza (causador da gripe). O constante monitoramento dos vírus de gripe suína (SIVs, na sigla em inglês) ajuda a identificar novos micro-organismos capazes de infectar os seres humanos.

Petrolândia: Confira escala e nomes de médicos que atenderão nesta terça [30/06] na Clínica Mais Saúde; ligue e marque sua consulta


A Clínica Mais Saúde, localizada na Av Auspício Valgueiro de Barros, em frente a Escola Delmiro Gouveia, informa atendimento para esta 30 de junho de 2020; confira!

Confira abaixo profissionais médicos que atenderão na Mais Saúde de Petrolândia nesta terça-feira 30/06/2020.

Guedes quer reduzir lista de doenças passíveis de aposentadoria por invalidez

As mudanças ocorrerão na Lei nº 8.213, de julho de 1991. Enfermidades excluem exigência de carência para a concessão de benefícios (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Os ministérios da Economia e da Saúde criaram um grupo de trabalho para revisar a lista de enfermidades e afecções que autorizam o pagamento de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez. As possíveis mudanças ocorrerão na Lei nº 8.213, de julho de 1991.

A portaria com a determinação foi publicada nesta segunda-feira (29/06), no Diário Oficial da União (DOU). O texto é assinado pelos ministros Paulo Guedes e general Eduardo Pazuello.

A legislação aponta algumas enfermidades que isentam a carência para o benefício de auxílio-doença, como tuberculose ativa, hanseníase, alienação mental, esclerose múltipla, hepatopatia grave, cegueira, paralisia irreversível e incapacitante, cardiopatia grave, doença de Parkinson, entre outras.

Ministério Público recorre ao STF contra decisão que concedeu foro especial a Flávio Bolsonaro

Senador Flávio Bolsonaro é investigado no caso das "rachadinhas" (Foto: Tânia Rego/Agência Brasil)

O Ministério Público do Rio de Janeiro recorreu nesta segunda-feira (29) ao STF (Supremo Tribunal Federal) para anular a decisão da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio que concedeu foro especial ao senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Na última quinta-feira (25), o TJ atendeu ao pedido do filho do presidente Jair Bolsonaro e autorizou a transferência do caso para o Órgão Especial do tribunal.

A decisão da 3ª Câmara tirou o inquérito da tutela da 27ª Vara Criminal e do juiz Flávio Itabaiana. Foi ele quem autorizou a quebra do sigilo fiscal e bancário do senador e a prisão do ex-assessor Fabrício Queiroz, preso no último dia 18. Queiroz também ingressou com pedido de habeas corpus na Justiça do Rio.

Flávio é investigado desde janeiro de 2018 sob suspeita de recolher parte do salário de seus empregados na Assembleia Legislativa do Rio de 2007 a 2018. Os crimes em apuração são peculato, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio e organização criminosa.

Posse do novo ministro da Educação é adiada após fraudes em currículo

O presidente Jair Bolsonaro exigiu checagem de currículo de Carlos Decotelli antes de confirmar uma nova data (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Após o novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, ter dois títulos acadêmicos em universidades fora do Brasil desmentidos pelas instituições em que ele havia afirmado ter realizado os cursos, o presidente da República, Jair Bolsonaro, adiou a posse de Decotelli para o cargo, marcada inicialmente para esta terça-feira (30/6). Ainda não há previsão para a nova data.

Antes de confirmar que vai realmente haver posse, Bolsonaro exigiu checagem do currículo de Carlos Decotelli. A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e o Tribunal de Contas da União (TCU) estão investigando os demais títulos descritos por Decotelli no currículo do professor.

Nesta segunda-feira (29/6), Decotelli teve o título de pós-doutorado pela Universidade de Wuppertal (Bergische Universität Wuppertal), na Alemanha, desmentido pela instituição. Na sexta-feira, o mesmo ocorreu com o título de doutorado que o ministro brasileiro afirmava ter no currículo disponibilizado na plataforma Lattes, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Petrolândia: Aniversariante do dia, poeta e artista plástico João Bosco de Melo recebe felicitações da família e de amigos


Nesta quinta-feira, 29 de junho de 2020, familiares e amigos de João Bosco de Melo, residente da Quadra 03 de Petrolândia, felicitam pela passagem do seu aniversário.

Nesta data especial, todos desejam muita paz, alegria e prosperidade e antes de tudo, que tenha muita saúde para comemorar muitos e muitos aniversários...

Poeta e artista plástico, João Bosco é, acima de tudo, um apaixonada pela cidade e pelas famílias de Petrolândia. ''Só tenho que agradecer a Deus por mais um ano de vida'', disse.

O Blog de Assis Ramalho felicita o amigo João Bosco de Melo.

Blog de Assis Ramalho
Foto: Assis Ramalho

Indiciados por incêndio no Ninho do Urubu responderão por homicídio culposo

luto homenagens incêndio ninho do urubu flamengo — Foto: André Durão

O Ministério Público do Rio de Janeiro recusou nesta segunda-feira a proposta dos indiciados do caso do incêndio no Ninho do Urubu, em fevereiro de 2019, para evitar um processo criminal. De acordo com o MP, eles responderão por "incêndio culposo", que teve como resultado a morte de dez atletas das categorias de base do Flamengo, além de outros três feridos.

Após os indiciados serem notificados, o Ministério Público estará apto a oferecer a denúncia. O Flamengo informou que não vai se pronunciar publicamente, apenas no processo. A reportagem também entrou em contato com Bandeira de Mello, que disse não estar informado sobre a proposta citada pelo MP-RJ e avisou que entraria em contato com seu advogado para tomar conhecimento do caso.

Após o inquérito policial, foram indiciados membros e ex-membros da diretoria do clube, inclusive o ex-presidente Eduardo Bandeira de Mello, além de funcionários e prestadores de serviço contratados para adaptação dos contêineres ao uso como dormitório e para manutenção da rede de eletricidade.

Os indiciados:

Danilo da Silva Duarte, engenheiro da NHJ;
Edson Colman da Silva, técnico em refrigeração;
Eduardo Bandeira de Mello, ex-presidente do Flamengo;
Fábio Hilário da Silva, engenheiro da NHJ;
Luis Felipe Pondé, engenheiro do Flamengo;
Marcelo Sá, engenheiro do Flamengo;
Marcus Vinícius Medeiros, monitor do Flamengo;
Weslley Gimenes, engenheiro da NHJ.

De acordo com o MP, "não há, por ora, como afirmar a ocorrência de dolo eventual no resultado morte". No entanto, afirma que: "Não restam dúvidas, diante das provas produzidas em sede policial, que uma série de condutas imprudentes e negligentes, por ação e omissão, em tese praticadas pelos indiciados, de fato concorreram de forma eficaz para a ocorrência do incêndio, bem como das mortes e ferimentos dele decorrentes. Os indiciados deverão, assim, responder pelo crime de incêndio culposo".

O texto o MP fala ainda da questão das indenizações e de como o clube lidou com a situação.

"... apesar da gravidade do caso, que expôs a forma negligente com que um dos maiores clubes do país tratava seus atletas de base e afetou a imagem do futebol brasileiro diante do mundo, o Flamengo vem permanentemente procurando mitigar pagamentos de indenizações às famílias das vítimas do incêndio, aumentando o desespero das mesmas, numa nítida tentativa de não sofrer qualquer prejuízo econômico decorrente do grave fato a que o próprio clube deu causa".

Por GloboEsporte.com — Rio de Janeiro

Coronavírus mata vereador de 52 anos na Bahia


O vereador Jair do Derba (PCdoB), do município de Santo Amaro, no Recôncavo da Bahia, morreu no sábado (27), aos 52 anos, vítima da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Jair se filiou ao PCdo B recentemente. Antes era filiado ao PSD.

Na última eleição, em 2016, Jair foi eleito com 488 votos. Jair Oliveira de Santana já foi servidor público do estado, músico da Sociedade Filarmônica Filhos de Apolo, desportista, jogador do São Paulo e presidente do Natal Futebol Clube. Depois disso, ele entrou na política e foi vereador por quatro legislaturas.

Por meio de nota, a prefeitura lamentou profundamente a morte do vereador e decretou luto oficial de domingo (28) até terça-feira (30). A deputada Olívia Santana também lamentou a morte do político nas redes sociais.

"Lamento o falecimento do vereador Jair do Derba, do município de Santo Amaro, recém filiado ao PC do B, mais uma vítima da #covid-19. Minha solidariedade aos familiares e a toda população santamarense", comentou a deputada na legenda da foto.

Por Bahia Notícias

Bate papo do presidente Bolsonaro com apoiadores na manhã desta segunda (29); vídeo


Em conversa com apoiadores - na manhã desta segunda-feira (29) -  o presidente Jair Bolsonaro falou sobre seu limite, abusos, aliança, agente federal e mais!

Assista abaixo:


Vídeo: Canal You-Tub Foco Brasil

Governador Rui Costa entrega 10 novos leitos de UTI à população de Paulo Afonso


Dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) foram entregues nesta segunda-feira (29) em Paulo Afonso, na Bahia. Os leitos foram incorporados ao atendimento do Hospital Municipal de Paulo Afonso. O governador Rui Costa disse que foram investidos R$ 3,7 milhões na implantação dos leitos e mais R$ 1,5 milhão na instalação de um tomógrafo. Esse equipamento passa a funcionar no hospital já a partir desta segunda.

"É um prazer enorme estar aqui, mais uma vez, cumprindo mais um compromisso nosso com a população de Paulo Afonso. Com certeza, com essa implantação de novos leitos de UTI, o município se consolida num centro de serviços de saúde para toda a região, incluindo estados vizinhos", disse o governador. Segundo o prefeito de Paulo Afonso, Luiz de Deus, esta era uma demanda antiga da população. “A cidade não tinha capacidade para atender doentes graves que necessitavam de uma UTI, e precisávamos transferi-los para outros locais, como Salvador e até mesmo outros estados", disse.

O governador também destacou a qualidade do atendimento da Policlínica Regional: “A Policlínica, não tem clínica particular melhor. Assim como todos os nossos hospitais têm um padrão que nos surpreendem. Governar é cuidar de gente e cuidar das pessoas é investir na área da saúde”.
 


CORONAVÍRUS

Ainda segundo o governo, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) foi reestruturada para atendimento exclusivo de casos de novo coronavírus. Para isso, diz o governo, foram investidos cerca de R$ 626 mil para equipamentos, além de R$ 151 mil para uma ambulância. Ainda foram enviados Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para o município.

O governo também informou que o Laboratório Central de Paulo Afonso já realiza o teste RT-PCR, padrão ouro para detecção da Covid-19. O custo para descentralização do diagnóstico foi de R$ 215 mil. No laboratório são feitos exames de Paulo Afonso e também analisadas as amostras dos municípios de Abaré, Chorrochó, Rodelas, Macururé, Glória, Jeremoabo, Pedro Alexandre e Santa Brígida.

Depois da agenda em Paulo Afonso, Rui segue ainda nesta segunda para Juazeiro, no Sertão do São Francisco, onde entrega a requalificação e pavimentação de avenidas.

Por Assessoria do gov. da Bahia, Chico  Sabe Tudo e  PA4.COM,.BR

Petrolândia: Confira escala e nomes de médicos que atenderão na MedClinic de 29/06 a 03/07; marque sua consulta!

A MedClinic Clínica Especializada, localizada na Av. Deputado Milvernes Cruz Lima, 292, na Orla de Petrolândia, informa atendimento para esta semana, de segunda a sexta-feira [29/06 a 03/07/2020]; confira acima!

Agende sua consulta pelos telefones: 87 9.9946-1544 - 87 38511879

A MedClinic está localizada na Av. Deputado Milvernes Cruz Lima, 292, na Orla de Petrolândia.
Orla da cidade



Blog de Assis Ramalho
Com informações da MedClinic

Maia diz que acordo para votar adiamento das eleições ainda está longe


O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje (29) que ainda está longe de um acordo para votar na Casa a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 18/20, que adia as eleições municipais deste ano, previstas para outubro, em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

O texto, aprovado na semana passada no Senado, prevê que o pleito seja realizado nos dias 15 e 29 de novembro, em vez das datas oficiais de 4 e 25 de outubro.

Rodrigo Maia disse que está trabalhando para que haja consenso para votar a matéria até quarta-feira (1°). “É importante que a Câmara tome a sua decisão. Estamos dialogando para construir o apoio necessário, até a unanimidade, para que a gente possa votar, mas ainda estamos longe disso. A nossa intenção é, com diálogo, chegar até quarta-feira (1º) a uma solução para esse problema”, disse durante coletiva ao lado do prefeito de São Paulo, Bruno Covas, e do deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP), depois de uma reunião reservada.

Maia, que defende o adiamento do pleito, lembrou que pelo atual calendário eleitoral, o dia 4 de julho já impõe uma série de restrições nas condutas de agentes públicos e servidores que podem afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos nos pleitos eleitorais.

“A decisão de votar a PEC precisa acontecer essa semana, até porque temos o prazo de 4 de julho, que é muito importante. São milhares de servidores públicos que pretendem disputar a eleição, certamente muitos na área da saúde, que precisam da informação para tomar a sua decisão”, disse.

Transferência de recursos

Questionado sobre a pressão de prefeitos e deputados para votar o texto da MP 938/20, que transfere recursos da União para estados, municípios e o Distrito Federal, por meio dos fundos de participação de estados e municípios (FPE e FPM), Maia disse que está trabalhando para “organizar a pauta”.

A medida reservou até R$ 16 bilhões para manter os repasses do FPM e do FPE no período de março a junho. Maia disse que, até o momento, foram repassados R$ 10 bilhões e que está avaliando a hipótese de disponibilizar R$ 5 bilhões a R$ 6 bilhões para os entes municipais.

A votação da MP seria parte de um acordo para resolver o impasse em torno da PEC das eleições. Entretanto, segundo Maia, não há entendimento se os recursos devem ser disponibilizados apenas para a saúde ou podem ser usados em outras áreas, como transporte.

“Estamos dialogando em relação a questão que eu sempre defendi, do adiamento das eleições”, disse Maia, acrescentando “que os prefeitos e deputados ligados a prefeitos estão demandando é que esses recursos possam ser utilizados já que o crédito já está criado. O que queremos e o próprio governo federal já começou esse diálogo conosco há duas semanas, é para a gente criar algum programa para a utilização desses recursos”.

Por Agência Brasil

Ministro da Educação também não tem pós-doutorado em universidade alemã


O currículo do novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, voltou a ser questionado nesta segunda-feira (29/6). Após ter o título de doutor em administração desmentido pelo reitor da Universidade Nacional de Rosário, na Argentina, foi a vez de a Universidade de Wuppertal (Bergische Universität Wuppertal), na Alemanha, negar o pós-doutorado que o professor afirma ter no currículo.

Em nota enviada à reportagem, a universidade alemã informou que Decotelli apenas atuou por três meses na cadeira de uma professora, a Dra. Brigitte Wolf, em 2016. "Ele não obteve nenhum título em nossa universidade. A Universidade de Wuppertal não pode fazer nenhuma declaração sobre títulos obtidos no Brasil", escreveu.

Carlos Decotelli veio para a cadeira da Prof. Dra. Brigitte Wolf para uma pesquisa de três meses em 2 de janeiro de 2016. Até 2017, ela foi professora de teoria do design, foco: metodologia, planejamento, estratégia na Universidade de Wuppertal e agora é emérita. Ele não adquiriu nenhum título em nossa universidade. A Universidade de Wuppertal não pode fazer declarações sobre títulos adquiridos no Brasil.

A informação de que o atual ministro da Educação do Brasil realizou pós-doutorado entre 2015 e 2017 na instituição consta no currículo lattes dele, disponibilizado na plataforma do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), atualizada por ele pela última vez no último sábado (27/6).

Também no sábado, o Ministério da Educação (MEC) afirmou, por meio de nota, que Decotelli construiu um projeto de pesquisa intitulado “Sustentabilidade e Produtividade na automação de máquinas agrícolas”, submetido à Universidade de Wuppertal, na Alemanha, "tendo por base pesquisa específica que teve o apoio da empresa Krone".

Segundo a pasta, a universidade alemã aceitou apoiar o projeto e a pesquisa foi orientada pela professora Brigitte Wolf — citada na nota em que a instituição nega o pós-doutorado de Decotelli — e por Siegfried Maser, tendo sido concluída e publicada em 10 de outubro de 2017.

Doutorado desmentido

Decotelli já havia sido desmentido em relação ao doutorado que informou ter na Universidade Nacional de Rosário, na Argentina, na última sexta-feira. O esclarecimento foi feito pelo próprio reitor da instituição, Franco Bartolacci, pela página pessoal dele no Twitter, compartilhando a publicação do presidente Jair Bolsonaro em que fez a nomeação do terceiro ministro da Educação de seu governo.

Sobre isso, o MEC comunicou que o ministro cursou um doutorado em Administração na universidade argentina, de 2 de outubro de 2007 a 7 de fevereiro de 2009, "tendo sido aprovado em todas as disciplinas com todos os créditos". A pasta, porém, não chegou a esclarecer que Decotelli não teve a tese para o respectivo curso aprovada. Requisito para obter o título adacêmico.

Por fim, Decotelli reconheceu que apresentou uma tese de doutorado que não teve a defesa autorizada. Seria preciso apresentá-la novamente. Mas, segundo o MEC, por "compromissos no Brasil e, principalmente, pelo esgotamento dos recursos financeiros pessoais", ele voltou ao Brasil sem o título de doutor.

Suspeita de plágio

A polêmica envolvendo o currículo do novo ministro da Educação não parou por aí. Um levantamento feito pelo UOL apontou suspeita de plágio da tese de mestrado de Decotelli, apresentado em 2008 na Fundação Getúlio Vargas (FGV) do Rio de Janeiro.

Veja nota completa da Universidade de Wuppertal:

"Carlos Decotelli veio para a cadeira da Prof. Dra. Brigitte Wolf para uma pesquisa de três meses em 2 de janeiro de 2016. Até 2017, ela foi professora de teoria do design, foco: metodologia, planejamento, estratégia na Universidade de Wuppertal e agora é emérita. Ele não adquiriu nenhum título em nossa universidade. A Universidade de Wuppertal não pode fazer declarações sobre títulos adquiridos no Brasil."

Por Correio Braziliense

Sara Winter é pedida em casamento e fica noiva durante prisão domiciliar

(foto: Reprodução)

A extremista Sara Fernanda Giromini, conhecida como Sara Winter, anunciou que está noiva. Em uma publicação nas redes sociais, a líder do grupo bolsonarista 300 do Brasil, que cumpre prisão domiciliar, contou que foi pedida em casamento e disse sim.

"Depois da tormenta vem a paz. Hoje fui oficialmente pedida em casamento e, claro, ao homem da minha vida, disse sim", escreveu Sara na noite de domingo (28/6). "Tentaram me destruir, mas me construíram 10 vezes mais forte. Enquanto uns babam de ódio, eu transbordo de amor. O casamento fica para o próximo fim de semana", acrescentou.

Presa em 15 de junho, Sara deixou a Penitenciária Feminina do Distrito Federal, conhecida como Colmeia, no dia 24 deste mês. Por decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), contudo, ela precisa usar tornozeleira eletrônica.

Com o sistema de monitoramento eletrônico, Sara Winter será proibida de frequentar determinados locais, como o próprio STF, e também terá um horário máximo estipulado para estar na rua. Caso a bolsonarista não obedeça as medidas cautelares determinadas pelo Judiciário, poderá ter a prisão preventiva decretada e voltar à cadeia.

Na publicação em que anuncia o noivado, Sara, que se considera uma presa política, ironiza a decisão da Justiça: "Tivemos que tomar suco de pêra disfarçado de champanhe, pois, por lei, não tenho autorização para consumir bebidas alcoólicas. Bem-vindos à democracia do Judiciário".

Investigação
A extremista é investigada por ataques, praticados de forma continuada contra o ministro Alexandre de Moraes. A líder dos “300 do Brasil” já tinha sido alvo de busca e apreensão no inquérito das fake news, em 27 de maio. Foi essa ação policial que fez com que Sara Winter disparasse ofensas contra o ministro. Além de dizer que queria trocar socos com o magistrado, ela o chamou de “covarde” e afirmou que descobriria tudo sobre a vida do representante do STF, incluindo os lugares que ele frequenta. “Nunca mais vai ter paz na sua vida”, ameaçou.

Por Correio Braziliense

Plasma de recuperados da Covid-19 será usado para tratar pacientes graves em Pernambuco


Pesquisadores de todo o mundo empreendem uma corrida contra o tempo em busca de uma vacina ou medicamento eficaz para tratar a Covid-19, doença que já tirou a vida de mais de meio milhão de pessoas. Um dos tratamentos experimentais é o uso do plasma, a parte líquida do sangue, de quem foi infectado pelo novo coronavírus. Quem se cura da infecção por Sars-CoV-2 desenvolve anticorpos que podem ajudar na recuperação daqueles pacientes em estado mais grave.

Os médicos esperam que os infectados que recebem o plasma tenham uma recuperação mais rápida, um menor tempo de internação e um risco menor de morte. Um grupo de pesquisadores pernambucanos, liderado pelo infectologista e professor da Universidade de Pernambuco (UPE) Demócrito Miranda Filho, começa na próxima quarta-feira (1º) estudos com a transfusão de plasma.

Primeiramente, serão coletadas 300 amostras de 250 mL cada de plasma de doadores, que devem ser homens com idades entre 18 e 69 anos, recuperados da doença há mais de 30 dias e que possuam um exame laboratorial que confirme a infecção por Covid-19. O cadastro será disponibilizado no site do Hemope e poderá ser também feito pelo telefone 0800.081.1535. Os possíveis doadores deverão preencher um formulário, o que pode ser feito tanto na página, quanto na ida para a coleta.

Existe uma regulamentação que versa sobre o uso de plasma de mulheres em procedimentos do tipo. “Mulheres que já engravidaram podem ter no sangue alguns anticorpos que podem causar uma reação que não é desejável. Existe uma regra geral de não se usar plasma de mulher para qualquer procedimento”, explica Demétrio.

De acordo com o infectologista, a técnica de transfusão de plasma já foi usada em outras doenças no passado, quando não haviam tratamentos mais eficazes, inclusive com infecções respiratórias, como a Covid-19. “Há essa fundamentação de que no plasma de uma pessoa que passou recentemente por uma doença há anticorpos, porque produzimos anticorpos contra o vírus. Acreditamos que, quanto mais recente em relação à infecção, maior a chance de ter uma quantidade maior de anticorpos que podem ser eficazes contra o vírus. Nos baseamos nessa informação. Os anticorpos podem até não ser eficazes, mas existe uma base teórica que fundamenta isso”, detalha o infectologista.

Apesar de não haver a doação de plasma de mulheres, pacientes de ambos os gêneros receberão a transfusão. O estudo será feito com pacientes internados em estado grave no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), no Pronto-Socorro Cardiológico de Pernambuco (Procape) e no Hospital das Clínicas (HC), todos no Recife.

Serão 110 pacientes incluídos no grupo que vai usar plasma e outros 110 no grupo-controle, o grupo que será comparado. “A coleta de doadores começa na quarta-feira. Na segunda quinzena de julho devemos começar o estudo de campo nos hospitais”, pontua Demócrito.

Resultados
Ainda não há resultados sobre o uso do plasma sanguíneo em outros pacientes pelo mundo, segundo Demétrio. Há alguns relatos de casos na China, logo no começo da pandemia, mas com um grupo de pacientes reduzido. “Existem dois tipos de estudos que usamos na ciência para referência. [Na China] usaram 10 pacientes e relataram que esses pacientes graves se saíram bem, mas não há um grupo de comparação. Quando não há um grupo de comparação você não pode dizer que é um tratamento melhor que o outro”, esclarece o infectologista.

Após os relatos, são indicados os ensaios clínicos, como o que será feito em Pernambuco. Nessa modalidade, os estudos seguem um protocolo específico, no qual se comparam dois grupos: um no qual é feita a intervenção - nesse caso, com o plasma - e outro com uma comparação para referência, que pode ser, por exemplo, o tratamento padrão já feito pelo hospital. “No fim, você compara os dois grupos e analisa quem se beneficiou mais no tratamento. Então você tem como afirmar se a intervenção que você está propondo é superior ao tratamento. É o que vamos fazer agora”, conclui Demócrito.

Por Fabio Nóbrega
FolhaPE

Boletim desta segunda [29/06]: Pernambuco tem mais 369 casos confirmados de coronavírus e 31 novos óbitos


Pernambuco confirmou, nesta segunda-feira (29), 369 casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, conforme boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). Além disso, também foram confirmados laboratorialmente 31 óbitos em decorrência da covid-19, que ocorreram desde o dia 1º de maio. Com os novos dados, o Estado agora contabiliza 58.476 casos da doença, desde o início da pandemia, com 4.782 pessoas que perderam a vida.

Dos casos confirmados nesta segunda, 86 (23%) foram diagnosticados como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 283 (77%) como leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar e que estavam na fase final da doença ou já curados. Já com relação ao número total de casos, 19.354? foram considerados graves e 39.122? leves leves.

Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

Com o objetivo de tentar neutralizar o vírus no paciente infectado pela covid-19, Pernambuco começará a testar o uso de plasma sanguíneo de pessoas que já se recuperaram da doença. No plasma, há anticorpos contra a doença que podem ser capazes de reduzir a mortalidade e o tempo de internação dos pacientes infectados. Estudos têm mostrado que se trata de uma terapêutica relativamente segura e que oferece poucos riscos. A eficácia dessa intervenção contra o novo coronavírus, no entanto, permanece enigmática, mas pesquisadores ao redor do mundo fazem investigações. Entre eles, está um grupo de cientistas pernambucanos liderado pelo infectologista Demócrito Miranda Filho, professor da Universidade de Pernambuco (UPE).

O médico é coordenador de um estudo, já aprovado em comitê de ética, com previsão para iniciar nesta quarta-feira (1°), quando a Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope) começará a receber doadores voluntários para realização dos primeiros exames. Será disponibilizado um agendamento no site da instituição. Para ser um doador, é preciso ter idade a partir de 18 anos, ter tido sintomas de covid-19 e testado positivo para a doença, além de ter se recuperado da infecção há mais de 30 dias.

Os pesquisadores têm como meta alcançar 300 doadores recuperados da covid-19, e cada um deles pode beneficiar de um a dois pacientes internados com a doença. Em linhas gerais, o procedimento consiste na transfusão do plasma de sangue de um paciente curado para outro que ainda está com a doença em atividade. Com essa terapêutica, pretende-se diminuir os sintomas da infecção e a carga viral no organismo, o que possibilita a melhora do doente.

Por Jornal do Commercio

Divergências políticas devem atrasar quarta parcela do auxílio emergencial


A falta de um entendimento entre o Palácio do Planalto e o Congresso Nacional deve atrasar o pagamento da quarta parcela do Auxílio Emergencial. Assessores presidenciais admitiram ao blog que o dinheiro não deve ser depositado aos beneficiários na primeira quinzena de julho, mas que a expectativa é de que isso ocorra até o final do próximo mês.

Alguns técnicos são mais realistas. Diante de um quadro em que alguns beneficiários sequer receberam as primeiras parcelas do auxílio emergencial, há um risco de a quarta parcela ser liberada para a maior parte dos cadastrados só em agosto. Afinal, julho começa nesta semana e a prorrogação ainda não foi aprovada.

O presidente Jair Bolsonaro já decidiu prorrogar por mais três meses o auxílio emergencial, que na primeira fase foi de R$ 600 por mês. Porém, ainda está em discussão se o valor do benefício será mantido. O governo defende um valor decrescente nesta segunda etapa, de R$ 500 em julho, R$ 400 em agosto e R$ 300 em setembro.

Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior

UFMG afirma que o estudo não pode ser considerado científico, mas que as evidências corroboram a escala de perigo de infecção

Um estudo feito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) tornou mais fácil identificar lugares onde, segundo pesquisadores, a chance de ser infectado pelo vírus SARS-Cov-2, responsável pela pandemia de covid-19, é maior. Os resultados parecem comprovar o que já é protocolo sanitário em todo o Brasil: a residência é o lugar mais seguro para as pessoas neste momento.

A equipe de virologistas responsáveis pelo levantamento coletou amostras de lugares públicos de alta circulação na cidade de Belo Horizonte. O método utilizado foi parecido com os testes realizados para detectar a presença do vírus no organismo: o swab - um tipo de cotonete alongado que, quando friccionado contra superfícies, coleta o material em repouso - foi usado em pontos de ônibus, corrimãos, entradas de hospitais e até mesmo bancos de praças. Das 101 amostra colhidas, 17 continham traços do novo coronavírus.

Bruno, da dupla com Marrone, se defende após festa em meio à pandemia

Polícia chegou a ser acionada por conta do barulho

Após terem sido flagrados em uma festa na cidade de Caldas Novas (GO), em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a ex-BBB Ivy Moraes e o cantor Bruno, da dupla com Marrone, se manifestaram por meio de suas assessorias de comunicação. As informações foram repassadas ao portal Uol.

Em uma foto que circula nas redes sociais, a ex-BBB aparece ao lado da miss Ponta Grossa 2018, Aline Machado, e da também ex-BBB Anamara, todas sem máscaras. Na nota, a assessoria de Ivy disse que a modelo estava na cidade para participar de uma campanha publicitária.

“Quando terminaram a sessão de fotos foram convidados para irem na casa de um conhecido do empresário da ex-sister. Quando chegarem ao local e perceberam que era uma festa, tanto ela como o empresário ficaram constrangidos e saíram rapidamente, permanecendo no local por pouquíssimo tempo”, escreveram.

Ministério da Saúde só gastou 29,3% de recursos para combater covid-19

Só uma parcela da verba disponível tem sido usada pelo Ministério da Saúde para enfrentar a doença

Com o número de vítimas do novo coronavírus no País se multiplicando em ritmo acelerado, a necessidade de recursos para prevenção e combate à pandemia parece ilimitada. Mas só uma parcela da verba disponível tem sido usada pelo Ministério da Saúde para enfrentar a doença.

Segundo o Painel do Orçamento Federal, elaborado com base nos dados mais recentes do Sistema Integrado de Planejamento e Orçamento (Siop), de 22 de junho, o ministério só gastou até agora R$ 11,5 bilhões dos R$ 39,3 bilhões liberados pelo governo - 29,3% do total. Outros R$ 2,1 bilhões (5,3%) já estão comprometidos com o pagamento de contas, mas ainda não saíram do caixa.

É certo que a execução do orçamento é um problema crônico do setor público brasileiro, nos três níveis de governo - federal, estadual e municipal. É comum os gestores chegarem no final do ano com sobras de caixa, porque não conseguem fazer o dinheiro chegar na ponta, seja pela burocracia intransponível da "máquina", seja pela incapacidade de gestão e pela dificuldade de transformar planos em realidade.

"O Estado brasileiro é paquidérmico", afirma o economista Felipe Salto, diretor executivo da Instituição Fiscal Independente (IFI), ligada ao Senado, e colaborador do Estadão. "Da mesma forma como é difícil fazer um ajuste fiscal, não é fácil gastar rápido."

Lei determina reserva de 80% das vagas nas Escolas Técnicas Estaduais para estudantes da rede pública de ensino em Pernambuco

Lei é de autoria do deputado estadual Professor Paulo Dutra (PSB) (Foto: Divulgação) 

As Escolas Técnicas Estaduais (ETE) agora precisam reservar 80% das suas vagas para estudantes oriundos da rede pública de ensino. A nova regra é determinada pela lei estadual nº 16.938, publicada no último final de semana.

O deputado estadual Professor Paulo Dutra (PSB), ex-secretário executivo de educação profissional, é o autor da lei que também estabelece que metade dessas vagas reservadas sejam destinadas a estudantes que estejam inseridos em famílias com renda bruta igual ou inferior a um salário mínimo e meio per capita.

"Esse novo texto da nossa constituição estadual vem para oficializar o que o Estado de Pernambuco já faz nos processos seletivos de suas ETEs. A lei vai assegurar o acesso democrático e as oportunidades de transformação de vida por meio da rede estadual de educação profissional", disse o parlamentar.

Além da doença, infectados pelo coronavírus precisam combater preconceito

Além dos riscos e incertezas da doença, a estigmatização dos pacientes que testaram positivo para a covid-19 pode levar outras pessoas a esconder a doença com medo da discriminação e desencorajar a procura imediata de atendimento médico

Família covid. Foi assim que Mariene Silva Moreno, 28 anos; o marido, Ricardo Bento da Silva, 31; e os filhos, Davi, de um mês; Pedro, de 3 anos; e Nicole, de 5, começaram a ser chamados e rotulados na vizinhança desde que a mulher contraiu o novo coronavírus. Mariene foi a primeira gestante com diagnóstico positivo para a covid-19 a dar à luz no Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Há pouco mais de um mês em casa, após passar pelo difícil período de isolamento social, a família de Planaltina ainda é ameaçada pela invisibilidade da doença — mesmo depois de todos terem refeito os testes e de os resultados darem negativo.

“Até hoje passo por isso. Amigos que não querem pegar algo que estava na minha mão, porque dizem que está contaminada; pessoas dizendo que todos nós estamos com coronavírus. Ficam comentando e contando para os outros. Dentro da minha própria família, isso aconteceu. Gente que não quis conhecer o bebê, porque falou que ele estava infectado”, desabafa Mariene. Os impactos do preconceito e da estigmatização social são inúmeros — do psicológico ao financeiro.

Autônoma e revendedora de itens de beleza, a mulher relata que as vendas caíram muito, porque as clientes pensam que o vírus estará nos produtos. “Para algumas pessoas, eu tento explicar. Falo que refiz o teste, que deu negativo, que tomo todos os cuidados, assim como todos estão tomando. Mas tem muita gente que não entende. E as palavras de algumas pessoas doem, você observa que é por maldade”, conta.

Vacinação contra febre aftosa em Pernambuco é prorrogada para julho



A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado de Pernambuco (Adagro) informa a todos os produtores que a primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa que se encerraria no dia 30 de junho foi prorrogada para o dia 31 de julho. A determinação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento atendeu as solicitações apresentadas pelos órgãos executores de sanidade animal do Nordeste (AL, CE, MA, PB, PE, PI e RN), baseadas nas medidas de enfrentamento ao coronavírus.

Em Pernambuco apenas 34% do rebanho já foi imunizado e declarado, mas muitos produtores já haviam comprado a vacina, apenas não fizeram a declaração. Até o momento já foram comercializadas 1,4 milhões de doses de vacina o suficiente para vacinar quase 80% do rebanho.

Coronavírus: Governador do Distrito Federal declara estado de calamidade pública devido à pandemia

Apesar da medida, o governo autorizou uma série de flexibilizações, desde a reabertura do comércio a espaços de lazer. Unidades particulares atingiram 90,4% de ocupação dos leitos de UTI reservados para paciente com Covid-19, no domingo (28)

O governador Ibaneis Rocha (MDB) decretou situação de calamidade pública no Distrito Federal por conta da pandemia do novo coronavírus. Até a manhã desta segunda-feira (29), a capital contabilizava 548 mortes por Covid-19 e 44,9 mil infectados .

Apesar da medida, o governo autorizou uma série de flexibilizações desde a reabertura do comércio a espaços de lazer. Ao G1, Ibaneis afirmou que o objetivo da declaração de calamidade é "acessar programas federais". O chefe do Executivo não traçou relação direta com o contágio acelerado da doença.

Com o decreto, o governo local não terá que seguir limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e nem as metas fiscais previstas nas regras orçamentárias de 2020. Além disso, o DF poderá receber repasses da União.

"Fica declarado estado de calamidade pública no âmbito do Distrito Federal, em decorrência da pandemia causada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2", diz trecho da publicação.

Caminhar, correr e pedalar sempre com máscara? Médica epidemiologista responde


Neste processo de caminhada para uma nova normalidade, o uso da máscara é mais do que indispensável, inclusive para quem tem aproveitado as áreas ao ar livre para fazer caminhada, corrida ou pedalar. “A máscara passa a ser um item da indumentária em todos os lugares onde ainda circula o novo coronavírus até surgir uma vacina, pois não sabemos quando esse vírus vai desistir da gente. Então, caminhar, correr, pedalar, sair de casa, ir ao supermercado e a áreas comuns do prédio: em todos esses momentos, deve-se usar máscara”, destaca a médica epidemiologista Ana Brito, pesquisadora da Fiocruz Pernambuco.

Ela reforça que, mesmo para se exercitar ao ar livre, a peça deve se constituir num item essencial, pois o vírus permanece entre nós. “A circulação dele pode ter arrefecido, pois mais pessoas foram expostas e adoeceram e, no momento, reduziu o número de susceptíveis. Mas a máscara, mesmo para aquelas pessoas que já tiveram a covid-19 e supostamente estão em imunidade temporária contra o coronavírus, deve ser usada, inclusive do ponto de vista educativo, pois é um método de barreira. Além disso, há mais pessoas susceptíveis (ao adoecimento) do que outras que tiveram a doença na comunidade”, salienta Ana Brito.

No mercado, há vários tipos diferentes de máscaras e tecidos, inclusive algumas opções respiráveis e específicas para a prática de atividade física. “Ela deve ser integrada à nossa indumentária daqui pra frente, como já são camiseta, calça, saia, meia... Agora, no dia em que surgir uma vacina ou quando for identificado que não existem mais pessoas susceptíveis numa comunidade e que o vírus não está mais circulando, deixa-se de usar a máscara”, acrescenta a especialista.

Outra recomendação importante é que o uso da máscara não exclui a recomendação do distanciamento social. É uma precaução que continua valendo. Ou seja, devemos ficar a pelo menos um metro e meio de distância de quem caminha, corre ou pedala ao nosso lado.

Por: Cinthya Leite
Jornal do Commercio

Paternidade da Transposição do Rio São Francisco é alvo de disputa


Após 13 anos do início das obras do maior empreendimento hídrico do País, a Transposição do Rio São Francisco ainda causa polêmicas nas redes socais. Não apenas por causa de suas obras que andam em passos lentos, mas pelo reconhecimento de sua paternidade entre internautas, já que quatro presidentes da República inauguram trechos da obra. Na sexta-feira, 26, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) inaugurou o trecho do Eixo Norte no Ceará o que levou ao trend topics “obrigado, Lula”.

Foi no segundo governo do ex-presidente Lula (PT) que foi criado e iniciado a obra bilionária da transposição e teve o eixo leste, que corta Pernambuco e Paraíba, inaugurado às pressas pelo ex-presidente Michel Temer (MDB), em março de 2017. Em seguida, de maneira simbólica, pelos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff (PT).

A transposição do São Francisco está definitivamente na balbúrdia das obras públicas brasileiras que tendem ao infinito e mobilizaram diversos governos – como a rodovia Transamazônica, iniciada no governo de Emílio Médici (1969-1974), na ditadura militar, a ferrovia Norte-Sul, que começou a ser construída no governo de José Sarney (1985-1990), e a ferrovia Transnordestina, cujas obras foram lançadas em 2006, quando Lula era presidente. A conferir se a transposição, 97% concluída, terá Bolsonaro como o último da fila.

De acordo com o governo Bolsonaro, no ano passado, foi investido R$ 1,3 bilhão para recuperação de etapas que já apresentavam 100% de execução física, mas que necessitavam de intervenções e reparos no sistema. Quando todas as estruturas e sistemas complementares nos estados estiverem em operação, éprevisto que cerca de 12 milhões de pessoas em 390 municípios de Pernambuco, Paraíba, Ceará, e Rio Grande do Norte serão beneficiadas.

Fonte( Veja e Folha/PE)

Petrolândia: Prefeitura divulga calendário de pagamentos da Folha Salarial do mês de junho


Fique por dentro do calendário de pagamentos da Folha Salarial da Prefeitura de Petrolândia - Mês Junho.

Da Redação do Blog de Assis Ramalho
Informação; Prefeitura Municipal de Petrolândia