segunda-feira, 17 de julho de 2017

Artesãos de Petrolândia e Tacaratu e o governador Paulo Câmara avaliam a 18ª edição da Fenearte em entrevista ao Blog de Assis Ramalho e a Web Rádio Petrolândia


O Blog de Assis Ramalho e a Web Rádio Petrolândia fez cobertura do 18º evento da FENEARTE, a maior feira de artesanato da América Latina (Fotos: Assis Ramalho e Lúcia Xavier)




Ao chegar na Fenearte, na manhã deste domingo (16), governador Paulo Câmara foi entrevistado pela reportagem do Blog de Assis Ramalho e da Web Rádio Petrolândia


A Caravana do Sebrae, organizada em parceria com a Associação Café com Arte, levou 19 pessoas de Petrolândia ao evento: Zélia Silva, Cristina Melo, Rozália Ferraz, Jéssica Daiana e Gabriela Souza, Jailma Félix e Josivânia Souza, Alex Santos, Lilla Maranduba, Janaína e Pedro Henrique, dona Laura Oliveira (de Caraibeiras) e as jovens Laysa, Monalisa e Monic Souza, as irmãs Aurenice e Aureane, além de Assis Ramalho e Lúcia Xavier



Ilga Carvalho, que produz sabonetes artesanais com essência natural de frutas e ingredientes de origem vegetal. A artesã petrolandense, em companhia do marido Hilton Filho, descreveu suas participações na feira de artesanato. 


 Aldeny, artesão de Caraibeiras, distrito do município de Tacaratu. Aldeny é membro da Cooperativa dos Artesãos Têxteis de Caraibeiras. Em conversa com nossa reportagem, o artesão avaliou a 18ª edição da Fenearte e comentou as mudanças no formato das ruas/galerias do evento e revelou que houve queda no faturamento durante a feira deste ano, em comparação com anos anteriores.


A coleta de entrevista foi encerrada em depoimento com a artesã Fátima Belém, presidente da Associação dos Artesãos e Agropecuaristas de Petrolândia - Café com Arte

Nesse domingo (16) foi encerrada no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda, a 18ª edição da Feira Nacional de Artesanato (Fenearte), a maior feira do setor da América Latina. Este ano, o blogueiro Assis Ramalho participou pela primeira vez da Caravana do Sebrae à Fenearte, promovida pelo Sebrae-Regional Serra Talhada. A coeditora deste blog, Lúcia Xavier, acompanhou o evento pela segunda vez.

Na Fenearte, a reportagem do Blog de Assis Ramalho e da Web Rádio Petrolândia conversou com artesãos de Petrolândia e Tacaratu, cidades vizinhas situadas no Sertão de Itaparica. O governador Paulo Câmara, que chegou cedo ao Centro de Convenções, em comitiva com a participação do deputado federal Danilo Cabral, também conversou com nossa reportagem.

Sobre a Fenearte, o governador elogiou o evento, criado há 18 anos, e ao qual deu continuidade.

"[A Fenearte] É um orgulho para todos nós, pernambucanos. É uma feira bonita, que a gente planeja o ano todo, e nos dá a certeza de que estamos fazendo as coisas certo, porque fazendo isso estamos prestigiando a cultura pernambucana, os artesãos pernambucanos e de todo o Brasil, que para aqui vêm. É um evento que é marcado por muita criatividade e pelo fortalecimento da nossa cultura e das nossas raízes, a Fenearte é um grande exemplo de valorização da nossa cultura e dos nossos artistas e, este ano, eu posso dizer que todas as expectativas foram superadas. Houve mais público, mais negócios, e os artesãos estão satisfeitos por esses onze dias de feira", disse o governador. No último dia do evento foi anunciado que, em 2018, a Fenearte terá um dia a mais de duração. Paulo Câmara ainda respondeu perguntas sobre ações do seu governo no município de Petrolândia. Este blog tratará desse tema em nova matéria. 

A Caravana do Sebrae, organizada em parceria com a Associação Café com Arte, levou 19 pessoas de Petrolândia ao evento: Zélia Silva, Cristina Melo, Rozália Ferraz, Jéssica Daiana e Gabriela Souza, Jailma Félix e Josivânia Souza, Alex Santos, Lilla Maranduba, Janaína e Pedro Henrique, dona Laura Oliveira (de Caraibeiras) e as jovens Laysa, Monalisa e Monic Souza, as irmãs Aurenice e Aureane, além de Assis Ramalho e Lúcia Xavier.  

A reportagem do Blog de Assis Ramalho conversou com artesãos de Petrolândia e Tacaratu. Nos depoimentos, os artesãos comentam suas experiências no evento e avaliam a 18ª Fenearte. 

O primeiro estande visitado foi o de Ilga Carvalho, que produz sabonetes artesanais com essência natural de frutas e ingredientes de origem vegetal. A artesã petrolandense, em companhia do marido Hilton Filho, descreveu suas participações na feira de artesanato. 

"Esta é a 17ª edição da Fenearte que eu participo, das 18 realizadas. Lembro que na primeira que eu participei não tive lucro, mas também não tive prejuízo e, depois, o negócio foi bombando. Quanto mais [produtos] você traz, mais você vende. Nesta edição eu trouxe 300 kg de sabonetes e o estoque já está chegando ao fim. Nas outras [primeiras] edições, eu trabalhava com tecelagem, almofadas, pinturas, mas desde 2010 que eu estou com os sabonetes artesanais. Participar da Fenearte é muito bom, é muito gratificante porque o que você produz, se tiver qualidade, você vende e, graças a Deus, agradeço a Deus todos os dias por ele ter me dado esse dom e de conseguir vender o meu material."

Ilga diz que a alavancada dos seus negócios na Feirarpe aconteceu com o lançamento dos sabonetes artesanais, produto que conheceu uma matéria na televisão e fez curso em São Paulo para aprender a fabricar.

"Os sabonetes artesanais foi um diferencial, porque naquela região [Sertão de Itaparica] ninguém tem. Os meus sabonetes são naturais, o extrato é da própria fruta e, ainda mais, a pele agradece. A ideia de produzir esses sabonetes nasceu após eu assistir um programa na televisão, e tava passando uma matéria sobre um rapaz que fazia esse sabonete. Aí, eu fui a São Paulo, vi de pertinho, passei cinco dias fazendo um curso e me apaixonei. E daí eu comecei a fazer o sabonete, fui devagarzinho, fui aperfeiçoando e, graças a Deus, hoje estou aqui com esse sabonete que é um sucesso'', finalizou Ilga, fazendo questão de dizer que é uma apaixonada por artesanato e espera estar presente na 19ª Feirarpe, em 2018.

O entrevistado seguinte foi Aldeny, artesão de Caraibeiras, distrito do município de Tacaratu. Aldeny é membro da Cooperativa dos Artesãos Têxteis de Caraibeiras. Em conversa com nossa reportagem, o artesão avaliou a 18ª edição da Fenearte e comentou as mudanças no formato das ruas/galerias do evento e revelou que houve queda no faturamento durante a feira deste ano, em comparação com anos anteriores.

"O primeiro ponto [a avaliar] é o formato da feira, que antigamente era labirinto, foi mudado e teve essa dificuldade, porque, às vezes, os clientes não passam em todos os locais que eles estão querendo. Também tinha [em edições anteriores] divulgação fora da feira (panfletos, por exemplo), apresentações turísticas [culturais] e bandas famosas, como Dogival [Dantas], Alceu Valença e outros, o que atrai o turista para ele visitar a feira e também participar dos shows. Este ano não teve. Tem também a crise no Brasil, que está acontecendo, aí pra gente que tem artesanato de Caraibeiras a média [do faturamento na feira] vai chegar em torno de 20 a 25% menos do que o ano passado".

Aldeny também explicou o funcionamento da produção dos artesãos na cooperativa, situada na Capital Pernambucana da Rede.

"A Cooperativa recebe os pedidos de produtos, compra a matéria-prima e passa para o artesão produzir, ele produz e cooperativa revende, colocando uma margem de lucro para pagar as despesas (funcionários, contador e outros custos fixos). São 26 famílias na cooperativa. A cooperativa exporta para França, Alemanha, Portugal. Deu uma queda na exportação nos últimos três anos. Já era pra ter melhorado, mas está sendo lento".

A coleta de entrevistas foi encerrada em depoimento com a artesã Fátima Belém, presidente da Associação dos Artesãos e Agropecuaristas de Petrolândia - Café com Arte. A entidade participou do evento com estande próprio, com quiosque com produtos de couro do peixe tilápia em quiosque do Sebrae e no estande da Prefeitura de Petrolândia. A artesã avaliou a Fenearte 2017 e ressaltou a importância da feira para os artesãos.

"Entre bom, regular, melhor ou ótimo, ela está regular. Motivo foi a mudança que foi feita na organização da feira, que este ano mudou. O que aconteceu foi o impacto entre o cliente e a gente, artesão. Ficou larga, ótimo. Ficou uma feira bonita, ficou. Mas ficou aberta e o pessoal não circula em todos os estandes, e assim a gente é prejudicado. Por exemplo: nós, da Café com Arte, fomos começar a vender a partir do dia 12, teoricamente três dias para vender [evento começou dia 6]. Vendia [nos dias anteriores], mas era muito pouco. Então, eu que nós vamos vender. Hoje é o último dia, nós começamos a bombar do dia 12 pra cá, mas aconteceu essa diferença. Segundo a Primeira-Dama [de Pernambuco, Dra. Ana Luiza Câmara], era o costume do pessoal. Conversei com ela, passei pra ela o impacto de todo mundo [com a mudança]. Falei pra ela [que] ficou ótimo para a venda, pra eles e para o cliente. Mas, para nós, que somos o foco, somos nós que fazemos a feira, não ficou legal."

Sobre a tradição da Associação Café com Arte participou pela 12ª vez da Fenearte. Segundo Fátima, como artesã individual, ela participou de três edições anteriores. "Eu tenho 15 anos e a Café com Arte tem 12 anos. Espero que hoje, encerrando [essa edição], continue sendo um sucesso [o evento], porque todos esses outros anos sempre foram de sucesso."

Fáfá ainda destacou a importância da Fenearte para os artesãos.

"Foi muito bom, foi excelente, maravilhoso os outros eventos. Agradeço a Deus por ter colocado a Fenearte na nossa frente, porque hoje, devido à Fenearte, mudou a vida de muita gente, inclusive a minha. Eu lutava para ter um automóvel, eu não tinha, e com um ano eu trabalhei desde janeiro dizendo "este ano eu compro um carro", e comprei. Então a Fenearte é um grande exemplo pra muitos artesãos."

Ver todas as fotos>Blog de Assis Ramalho visita a 18ª Fenearte

Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Assis Ramalho e Lúcia Xavier


Petrolândia participa de encontro de paintball em Serra Talhada


Praticantes do paintball em Petrolândia participaram de desafio nesse domingo (16), em Serra Talhada, em jogo que reuniu equipes da cidade sede, Belém do São Francisco, Custódia e Petrolândia.

O paintball é difundido em Petrolândia pelo Snipers Paintball Sertão, com campo situado na Serrota, em terreno do Bar e Balneário Roça de Samyr. O paintball pode ser praticado aos sábados, domingos e feriados, a partir das 8h00 da manhã.

As informações, fotos e vídeo são de Samyr Oliveira, praticante e divulgador do paintball em Petrolândia.


Redação do Blog de Assis Ramalho


Petrolândia: Filha pede ajuda para construir um ”lar” para seu pai que vive em estado de pobreza


A equipe de Reportagem do Portal Jatobá recebeu essa semana um pedido de ajuda de uma moradora da cidade de Petrolândia no Sertão de Pernambuco. A jovem Thaline Maria dos Santos, 28 anos, entrou em contato com nossa reportagem pedindo que pudéssemos ajudar o seu pai através de nosso Site. Ela nos relatou através de fotos e alguns contatos telefônicos que seu pai o Sr. Valdemar Pedro dos Santos, 64 anos, morador da Rua Manoel Pereira de Lima, Quadra 06 na cidade de Petrolândia, vive em uma situação precária em relação a sua residência que divide com seu filho deficiente Gilmar Hércules dos Santos de 36 anos.

Sua filha Thaline disse que seu pai tem 08 filhos, é separado e vive de uma aposentadoria de pouco mais de R$ 900 que mal dar para se alimentarem. O filho que vive na mesma residência que ele, é aposentado devido a sua deficiência, já foi casado, hoje separado, tem dois filhos os quais paga pensão aos mesmos.


37º ENEPE reúne em Petrolina estudantes de pedagogia de todo o país


A Universidade de Pernambuco - Campus Petrolina recebeu, no último sábado (15), mais de 800 estudantes de todo o Brasil, para participar do 37º Encontro Nacional de Estudantes de Pedagogia – ENEPe. A organização do evento está a cargo do MEPe (Movimento Estudantil de Pedagogia) e é composta por estudantes da UPE - Campus Petrolina, UNEB - Campus Juazeiro e UNIVASF.

O Encontro Nacional de Estudantes de Pedagogia (ENEPe) vem ocorrendo anualmente há mais de 30 anos. É um evento de caráter científico, político e cultural que proporciona trocas de experiências de estudantes das mais variadas regiões do nosso país, e é de grande importância para o Movimento Estudantil de Pedagogia.


CPRH repatria araras e tucanos para o Amapá

Primeiro grupo segue nesta terça (18), em voo da Latam. Antes, Centro de Triagem de Pernambuco receberá de São Paulo 56 aves que foram vítimas do tráfico de animais silvestres (Foto: CPRH/Divulgação)

Após mais de oito meses sendo reabilitados no Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), da Agência Estadual de Meio Ambiente), doze araras e dois tucanos serão repatriados, esta semana, para o Amapá, na Região Norte. Eles serão enviados em voos Recife/Macapá – o primeiro nesta terça (18), às 15h30 –, em caixas apropriadas. Também nesta terça, a CPRH recebe 56 aves típicas do Nordeste, vítimas do tráfico, que foram apreendidas em operações da Polícia Militar de São Paulo.

As doze araras e os dois tucanos que seguirão para o Amapá também foram vítimas do tráfico. São aves de ocorrência no Amazonas e em áreas do Cerrado, no Norte do país, apreendidas em operações diversas, envolvendo o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais), a Cipoma (Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente) e a própria CPRH. Serão entregues ao Centro de Triagem do Amapá, do Ibama, que posteriormente fará a soltura.


Água AMA desafia universitários a criarem soluções inovadoras para geração de renda no semiárido brasileiro

Segunda edição do Desafio AMA é lançada para mais de 80 universidades do país. Empresa Júnior vencedora vai receber R$ 30 mil para implementar o projeto.

A falta de acesso à água potável não é o único problema enfrentado pelas famílias do semiárido brasileiro. Dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontam que metade da população local não possui renda monetária ou tem como única fonte de rendimento os benefícios governamentais. Para tentar ajudar a melhorar essa realidade, a água AMA, da Ambev, promove a segunda edição do Desafio AMA e convoca 444 empresas juniores, organizações sem fins lucrativos formadas por estudantes universitários, para criarem soluções para a geração de renda nessas regiões.

Os estudantes serão desafiados a pensar em medidas inovadoras e fáceis de serem replicadas em comunidades onde a AMA, água mineral da Ambev que reverte 100% do lucro obtido com suas vendas a projetos de acesso à água potável no semiárido brasileiro, já está presente, como Jaguaruana, Aiuaba e Capistrano. “O desafio com as empresas juniores deste ano está muito em linha com o trabalho que temos feito com a água AMA, que tem a proposta de levar água para quem não tem. Ao proporcionar acesso a água potável para essas pessoas, queremos transformar a realidade e o desenvolvimento das comunidades”, afirma Carla Crippa, gerente de sustentabilidade da Ambev.



Pollux faz intercâmbio com MIT para o desenvolvimento de software de internet industrial

Estudante do MIT se uniu ao time da Pollux Digital, unidade de negócio dedicada a soluções de integração entre TI e Operações (Foto: Alex Vivar, estudante do MIT, em estágio na Pollux (ao lado robô colaborativo da Pollux)

São Paulo, julho de 2017 – Em linha com seu DNA de inovação, a Pollux - maior empresa de automação brasileira, que está há 20 anos no mercado - anuncia intercâmbio com o Massachusetts Institute of Technology (MIT), universidade americana de Massachusetts, nos Estados Unidos. O objetivo da parceria é o desenvolvimento de um software de Internet Industrial que torna as fábricas mais eficientes e conectadas através de inteligência artificial, análises avançadas, acesso à informações em tempo real e outras tecnologias.

Estudante de Ciência da Computação no MIT, Alexis Vivar ficará dois meses estagiando na Pollux, passando pela unidade Digital da companhia, com acompanhamento do diretor da área, Cédric Craze. A atuação de Alexis, que já possui experiência com inteligência artificial, machine learning e engenharia de software vem para somar à expertise da companhia no desenvolvimento de tecnologia de ponta.


Brasil pode ser autossuficiente em fármacos contra câncer


Ney Zanella dos Santos*

Centenas de milhares de brasileiros se submetem a cada ano a exames de cintilografia e PET-Scan, entre outros, usados para diagnóstico de câncer e doenças cardíacas, e fazem uso de radiofármacos para tratamento de tumores. Entre eles certamente está um incontável número de militantes que são contra a construção de reatores nucleares, mesmo destinados a fins pacíficos, e desconhecem as aplicações e os incalculáveis benefícios da medicina nuclear.

Os radiofármacos são substâncias radioativas usadas, em quantidades mínimas e de forma segura, como ferramenta para acessar o funcionamento de órgãos e tecidos vivos, produzindo imagens e diagnósticos e auxiliando o tratamento. Com baixa radioatividade, essas substâncias não oferecem riscos quando aplicadas.


‘Heróis Reais’ recebe inscrições de Policiais, Guardas e Agentes Penitenciários do Nordeste até o próximo dia 29

Resultado de imagem para heróis reais + assis ramalho

Policiais, Guardas e Agentes Penitenciários do Nordeste têm até o próximo dia 29 de julho para participarem do Heróis Reais, iniciativa inédita de valorização e reconhecimento dos profissionais de segurança pública brasileiro.

O prêmio, idealizado pelo instrutor policial Marcos do Val com apoio da fabricante de armas leves Taurus, vai escolher as melhores ocorrências protagonizadas pelos agentes de segurança pública em 2015 e 2016.

O “Heróis Reais” já está na sua terceira etapa - já passou pelo Norte e Centro-Oeste - e tem como objetivo sensibilizar a sociedade sobre a importância dos profissionais de segurança do Brasil.


Recomeço: tocando a vida após um relacionamento abusivo


Aos 25 anos, a jornalista goiana Marília Rodrigues está grávida da primeira filha. Falar do pai do bebê - um antigo amigo da infância com o qual se reencontrou há pouco mais de um ano - faz brilharem seus olhos. “Entendemos que a vida a dois é baseada no amor, na parceria, na confiança, na delicadeza dos atos e na admiração. Ele me mostra que eu sempre mereço mais. E, consequentemente, quero poder retribuir esse sentimento de querer bem, de merecimento, de amor. Não é preciso muito para ser feliz e a prova disso é a filha que a gente espera. Ela é o amor que eu sempre guardei para mim e poder dividir esse amor é incrível”, conta, emocionada.

Mas nem sempre a jornalista esteve tão feliz e realizada como hoje. De 2009 a 2014 ela se manteve envolvida em uma relação que só agora, depois de muito tempo, reconhece com firmeza: “era um relacionamento abusivo.”

Marília conta que à época não sabia ao certo o que caracterizava um relacionamento abusivo e atribuía as atitudes do namorado, noivo e, depois, marido, apenas ao ciúme. “Infelizmente, não sabia o que era um relacionamento abusivo. Para mim, abusivo de verdade era agressão física. Eu não caracterizava como abusivas atitudes como vigiar meu celular, vigiar se eu estava mesmo em casa, cronometrar o tempo do trabalho até minha casa e me acusar de estar com outra pessoa quando eu não podia atender uma ligação. Para mim e para maioria das pessoas ao meu redor, tudo não passava de ciúmes”, lembra.


Servidores da Prefeitura de Agrestina são assaltados quando retornavam da Fenearte

Secretário de Turismo e Cultura de Agrestina, Josenildo Santos (centro), estava dentro da van que foi assaltada

No início da madrugada desta segunda-feira (17), uma van da Secretaria de Cultura e Turismo de Agrestina foi alvo de vários homens armados que tomaram o veículo de assalto e levaram todos os pertences dos servidores e mercadorias que eram comercializadas na Fenearte, em Olinda. Dentro do veículo estavam o jornalista e secretário de Cultura e Turismo, Josenildo Santos, a turismóloga e diretora de Turismo, Anayran Santos e mais cinco funcionários.

Segundo relato de Anayran em seu perfil no Facebook, ao retornarem da Fenearte, nas mediações do município de Bezerros, homens em um veículo atiraram e anunciaram o assalto. Alguns deles entraram na van e ordenaram que o motorista seguisse os demais assaltantes. Logo após, pararam em um local não identificado e recolheram celulares, toda a mercadoria e demais pertences das vítimas.



Procurado por furto qualificado no Ceará é detido em Caruaru

Homem era procurado desde 2012 a partir de um mandado expedido pelo TJCE (Foto: Divulgação/PRF-PE)

Um foragido da justiça cearense pelo crime de furto qualificado foi detido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no último domingo (16), em São Caetano, no Agreste de Pernambuco. O homem havia saído com os filhos do município de Juazeiro do Norte, no Ceará, em direção à capital pernambucana.

Durante uma fiscalização na BR 232, agentes da PRF realizaram a abordagem a um veículo utilitário, conduzido por um homem de 39 anos. Ao verificar os dados do motorista, foi descoberto um mandado de prisão em aberto, expedido em dezembro de 2012, pela Vara Única da Comarca de Antonina do Norte, no Ceará. O documento possuía validade até 2024.


Petrolândia: Matrículas abertas para Cursos Técnicos em Enfermagem; Interessados devem procurar Rita no CFEPP CURSOS


Agora em Petrolândia Curso Técnico de Enfermagem pelo Colégio Rio Branco de Arcoverde, uma instituição totalmente reconhecida pelo MEC!!! Matrículas abertas!!! Promoção por tempo limitado, material didático e fardamento gratuito.
Matrículas por apenas R$ 100,00 - mensalidade por apenas R$ 170,00.

Inscrições no prédio do CFEPP CURSOS, na Avenida dos três Poderes, centro de Petrolândia.

As inscrições, que teve início no dia 03 de julho, vão até o dia 22 e o início das aulas será no dia 29.

Corra!!! Vagas limitadas!!!
Falar com Rita (87) 9.9152-1831


Grupo New Space apresenta resultados de relatório sobre Cenário dos Crimes Cibernéticos

Realizado pela NS PREVENTION, unidade especializada em inteligência cibernética, prevenção a fraudes e análise de riscos, estudo evidencia o cenário brasileiro de fraudes no ambiente virtual

O Grupo New Space, um dos líderes em serviços de tecnologia para o setor financeiro no Brasil, apresenta os resultados do relatório “Cenário dos Crimes Cibernéticos entre 2015 e 2016” realizado pela NS PREVENTION, unidade especializada em inteligência cibernética, prevenção a fraudes e análise de riscos. O levantamento mostra detalhadamente as técnicas de atuação dos fraudadores no ambiente virtual, bem como os métodos de ataques mais frequentes, números do cenário brasileiro, além de possíveis impactos que esses crimes eletrônicos causaram nos segmentos avaliados. 

“Monitoramos diariamente quase 13 mil perfis de fraudadores entre 2015 e 2016. Pudemos constatar um aumento expressivo tanto no número de hackers quanto de ataques”, afirma Thiago Bordini, Diretor de Inteligência Cibernética do Grupo New Space. Uma das razões, segundo Bordini, é a quase garantia de anonimato do fraudador somada à facilidade de monetização das fraudes. “Nossa cultura de impunidade acaba sendo um estímulo para os cibercriminosos”. 


Danilo apresenta o maior número de emendas à MP do Fies

Foto: Chico Ferreira 

Com 28 emendas, o deputado federal Danilo Cabral (PSB/PE) foi o parlamentar que mais apresentou emendas à Medida Provisória nº 785, de 2017, que trata das mudanças no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). No total, deputados e senadores apresentaram 278 emendas. O texto deve ser apreciado pela Câmara Federal em agosto, após o recesso parlamentar.

As emendas de Danilo Cabral tentam preservar o Fies enquanto política pública de democratização do acesso ao ensino superior, como prevê, inclusive, a Meta 12 do Plano Nacional de Educação (PNE). O foco das propostas do deputado está na garantia de oferta de mais vagas e na gestão do Fies, como por exemplo, a manutenção do Fórum Nacional de Desenvolvimento de Educação (FNDE) como agente operador.


Cães cardíacos, como identificar

Pedindo colo? Cansaço fácil dos cães é um dos sintomas de problemas no coração, fique atento. Um a cada quatro cães com mais de sete anos tem algum tipo de doença cardíaca.

Um dos primeiros indicativos de que a saúde cardíaca do cãozinho não anda bem é o cansaço fácil. “Se o cachorro pede colo durante um passeio, na rota que já estava acostumado, ele pode sofrer de problemas cardíacos”, atenta o médico veterinário da Equilíbrio (Total Alimentos), Marcello Machado. Dificuldade para respirar, fadiga excessiva, tosse e rejeição a atividades físicas podem ser sinais de que o coração do cachorro não está conseguindo suprir adequadamente os tecidos, causando insuficiência cardíaca ou outras doenças do coração.

De olho na alimentação


Petrolina ganhará espaço estratégico para acolhimento de moradores de rua


Com capacidade de atender mais de 100 pessoas por dia, um novo espaço para acolhimento de moradores de rua entra em funcionamento, em Petrolina. O equipamento será inaugurado nesta quarta-feira (19) pelo prefeito Miguel Coelho, a partir das 9h, na Rua Padre Fraga nº 395, centro.

O Centro de Referência Especializado Para a População de Rua (Centro Pop) deixa o prédio localizado na Rua Riachuelo, bairro Palhinhas, e passa a atender à população de rua no novo endereço na área central da cidade.


Especialista alerta a importância do cuidado com os pés


Não basta apenas fazer as unhas com regularidade para manter boa aparência e a saúde dos pés. Os pés são muito explorados diariamente, mas sempre são esquecidos durante a rotina de beleza. São eles que sustentam o corpo durante todo o dia. Separar um tempo para alguns cuidados básicos com essas importantes estruturas do corpo é essencial.

Ítalo Ventura, um dos podólogos de maior referência no Brasil, diz que o cuidado com os pés costuma ser esquecido pela maioria das pessoas. “Normalmente só dão atenção quando surge algum problema como bolhas, calos e unha encravada, podendo em casos mais graves surgir problemas secundários às pequenas lesões como erisipela, e infecções que levem um paciente até mesmo à amputação”, ressalta Ítalo, e completa dizendo que muitas destas condições podem ser facilmente prevenidas.


Secas devem se tornar mais frequentes e intensas em todo país; Centro-Oeste é considerada uma das regiões mais vulneráveis

Estudo do WWF-Brasil com Ministério do Meio Ambiente e Ministério da Integração traz metodologia inovadora e cenários para 2040, 2070 e 2099.

Secas e estiagens representam a categoria de desastres naturais com maior registro de ocorrências no país, representando cerca de 70% dos municípios atingidos por algum desastre em 2013. Isso significa que 12 milhões de pessoas foram afetadas pela seca nesse ano. Um estudo recente, que utiliza projeções do clima futuro, indica que a tendência é haver o aumento da frequência e severidade das secas em praticamente todo o território nacional. Neste trabalho, uma das conclusões é que a região Centro-Oeste deve ser uma das mais impactadas, com clima ainda mais quente e diminuição das chuvas para as próximas décadas.

Estes e outros dados estão no estudo Índice de Vulnerabilidade aos Desastres Naturais relacionados às Secas (IVDNS) no Contexto das Mudanças do Clima, que o WWF-Brasil, o Ministério do Meio Ambiente e o Ministério da Integração lançam nesta quarta-feira, 12 de julho, com apoio da Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ). A análise da vulnerabilidade do Brasil traz uma visão integrada do desastre, tendo como ponto de partida um índice composto por variáveis e subíndices que fazem sua representação em três dimensões: i) climática; ii) socioeconômica; e iii) físico-ambiental.


Você sabe o que é a metacognição?

Ana Regina Caminha Braga, psicopedagoga e especialista em educação infantil, explica o que é e a sua importância em sala de aula

Você sabe o que é a chamada metacognição? Não? Vamos dar um exemplo. Quando você assiste à televisão e coloca seu lado crítico em evidência, você está exercendo uma atividade metacognitiva. Ou seja, a metacognição é o conhecimento que a pessoa apresenta sobre aquilo que armazenou na memória e aprendeu para a realização das atividades do cotidiano, estando consciente de suas habilidades e limitações.

Segundo Ana Regina Caminha Braga, psicopedagoga e especialista em educação especial e em gestão escolar, a metacognição possibilita a identificação dos conhecimentos necessários para a realização e a análise de uma situação dentro das possibilidades da pessoa, de maneira que ela esteja cada vez mais consciente de suas escolhas, e de como realiza e processa cada aprendizagem construída.