sexta-feira, 21 de março de 2014

Em entrevista ao Blog de Assis Ramalho, Eduardo Campos faz balanço das ações do seu governo, faz críticas a Dilma e se diz otmista rumo à presidência da República


Nesta quinta-feira (20), o governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), acompanhado por comitiva, esteve em Petrolândia, no Sertão do Estado, para inauguração do Posto Avançado de Bombeiros na cidade, da quadra coberta da EREM Mª Cavalcanti Nunes e entrega de três veículos do programa PE Conduz a municípios da região. Na oportunidade, o governador e candidato declarado à presidência da República, foi entrevistado com exclusividade pelo Blog de Assis Ramalho.

Na entrevista, Eduardo Campos confirmou que deixará o mandato no dia 4 de abril, data máxima estabelecida pela legislação eleitoral, para se dedicar à campanha de sucessão presidencial. Com a saída de Campos, o vice-governador do Estado, João Lyra Neto (PSB), vai assumir o comando de Pernambuco.

Também na entrevista, Eduardo Campos fala sobre as ações do seu governo e diz que, a partir de abril, a base central do seu governo será em São Paulo.
 "Na verdade, a gente vai ter uma base de apoio muito forte em São Paulo. São Paulo é o maior Estado do Brasil, e tem muitos nordestinos, assim como a gente. Este ano teremos a primeira eleição presidencial em que não terá nenhum candidato paulista disputando e a nossa decisão é que a nossa base central será feita em São Paulo."

Durante a entrevista, o presidenciável diz que não vai enfrentar Lula e sim a presidenta Dilma Roussef.
 "Não se trata de enfrentar o presidente Lula. O presidente Lula é nosso amigo, meu companheiro, eu sempre votei nele em todas as eleições para presidente. Nós vamos enfrentar é a Dilma, que é outra coisa. A Dilma teve a chance dela, nós ajudamos, inclusive, a pedido de Lula. Colocamos ela na presidência da República para ela melhorar o Brasil, e ela não conseguiu botar o Brasil para seguir mudando. Então, se ela não conseguiu, é hora de a gente construir um jeito novo, que preserve as conquistas que o Lula deixou''.

Leia abaixo, na íntegra, a entrevista concedida por Eduardo Campos ao Blog de Assis Ramalho.

Assis Ramalho: Governador, primeiramente quero agradecer pela honra de mais uma vez o senhor atender a nossa reportagem, e gostaria que o senhor fizesse uma análise de sua visita à cidade de Petrolândia, já em clima de despedida do seu governo.


Eduardo Campos: Antes de deixar o governo, por força da lei, no dia 04 de abril, eu fiz questão de voltar a Petrolândia. Isso por tudo que a cidade significa, pelo apoio e pela solidariedade que tive do povo de Petrolândia nas duas eleições que disputei ao governo do Estado. E desta vez, Assis, viemos aqui fazer entrega de um equipamento que foi reivindicado pelo povo de Petrolândia, que foi uma Unidade do Corpo de Bombeiros, e também entregamos o trabalho da recuperação da Escola Maria Cavalcanti, como também da cobertura da sua quadra esportiva. Também fizemos a entrega de unidade móveis (vans) de saúde para Petrolândia e para todos os municípios do Sertão de Itaparica. Então, é um momento de muita emoção, de rever tantos companheiros e amigos, e poder dizer a eles, de viva voz, que eu estou animado com o futuro de Pernambuco, e que eu estou animado com o futuro do Brasil. A missão que me está sendo entregue neste momento, eu sei que é uma grande missão, mas eu tenho confiança de que eu vou cumprir essa missão. E, com ela cumprida, eu terei a possibilidade de ajudar mais e mais a cidade de Petrolândia, a região, e o nosso Estado de Pernambuco.

Assis Ramalho: O senhor está chegando ao final dos seus dois mandatos como governador do Estado. O governador acha que cumpriu com todos os projetos que estavam nos planos de seu governo, que fez tudo que planejou, acha que faltou algo, ou que fez mais do que o esperado?

Eduardo Campos: A verdade é que a gente fez mais do que estava no nosso programa de governo. Há um reconhecimento por parte da população de que tivemos todo o tempo do nosso governo procurando fazer, sem nunca nos entregar às dificuldades, sem  nunca ficarmos nos queixando da situação. A gente enfrentou uma grande estiagem, enfrentou grandes cheias, uma grande crise econômica, onde a gente retomou a liderança de Pernambuco. Fiz na educação mudanças importantes, e para isso é só lembrar como eram antes as escolas: sem fardas, sem merendas, sem computador para as crianças, e sem programas como "Ganhe o Mundo". Também na questão dos índices de violência, somos o único Estado do Brasil que teve sete anos seguidos de redução a violência. Na questão da saúde, ajudamos os municípios a vencer, abrindo faculdades de medicina no Sertão pernambucano, abrimos pela primeira vez na história de Pernambuco uma Universidade Estadual em Garanhuns, em Serra Talhada, demos apoio à agricultura familiar, à reforma agrária, aos pequenos e grandes sistemas de abastecimento d'água. Então, isso dá uma sensação que fizemos tudo isso com muito ânimo. Agora, é claro que eu gostaria de ter feito muito mais e acho que eu vou ter a oportunidade de continuar fazendo.

Assis Ramalho:
Quando o senhor deixar o governo (no dia 4 de abril), vai fixar residência em São Paulo para ficar mais próximo do eixo sul-sudeste e de regiões mais distantes?

Eduardo Campos:
Na verdade, a gente vai ter uma base de apoio muito forte em São Paulo. São Paulo é o maior Estado do Brasil, e tem muitos nordestinos, assim como a gente. Este ano teremos a primeira eleição presidencial que não terá nenhum candidato paulista disputando e a nossa decisão é que a nossa base central será feita em São Paulo. Mas vou sempre estar presente em Pernambuco, onde está a minha família, meus filhos, minha mulher. Mas nestes seis meses, Assis, a gente vai mesmo é morar no Brasil, indo para os quatro cantos dos estados. Acho que há uma perspectiva muito positiva, há um desejo de mudanças, de mudanças para melhor, mudanças que possam preservar as conquistas. O Brasil cansou desta polaridade, desta discussão de quem é menos ruim. O Brasil precisa do que é melhor e não do que é menos ruim.


Assis Ramalho: Governador, como vai ser agora para o senhor, nestas eleições, enfrentar Lula, já que sempre existiu uma forte ligação entre vocês dois? O Lula sempre disse que tinha você como um filho e o senhor também sempre disse que o considerava como um pai. E agora, como vai ser enfrentar o Lula nas eleições?

Eduardo Campos: Não se trata de enfrentar o (ex)presidente Lula. O (ex)presidente Lula é nosso amigo, meu companheiro, eu sempre votei nele em todas as eleições para presidente. Nós vamos enfrentar é a Dilma, que é outra coisa. A Dilma teve a chance dela, nós ajudamos, inclusive, a pedido de Lula. Colocamos ela na presidência da República para ela melhorar o Brasil, e ela não conseguiu botar o Brasil para seguir mudando. Ela não conseguiu melhorar o Brasil, e era o compromisso dela. Então, se ela não conseguiu, é hora de a gente construir um jeito novo, que preserve as conquistas que o Lula deixou, porque se continuar do jeito que está, muitas coisas boas que Lula fez vão se perder. E a gente precisa garantir as coisas boas que o Lula deixou e fazer muito mais pelo futuro do Brasil. Acho que a presidenta Dilma já teve a chance dela e agora é hora de dar chance à renovação.


Assis Ramalho: O senhor ficou chateado com a declaração em que Lula o comparou com (Fernando) Collor?

Eduardo Campos: Ele não fez isso. Eu vou estar desmentindo essa notícia na imprensa nacional. O assessor de imprensa do (ex)presidente Lula ligou ontem (dia 19) para o meu assessor, e é pelo contrário: hoje (na imprensa) tem a frase correta, onde o (ex)presidente Lula disse: "Eduardo é um dos nossos, ele é nosso amigo e nós precisamos respeitá-los." E é exatamente o que eu digo em relação ao (ex)presidente Lula. O (ex)presidente Lula é um dos nossos, é nosso amigo, e nós precisamos sempre ter atenção e respeito para com ele, por tudo que ele fez pelo povo, pelo Nordeste e por Pernambuco. Ele sempre terá, da nossa parte, a mesma amizade que ele teve do meu avô (Miguel Arraes), que fez com que a gente votasse nele nas quatro vezes em que ele disputou as eleições para presidente e que me fez eu ser o seu ministro, que me fez eu ser admirador e amigo do presidente Lula. Agora, é hora de a gente discutir o futuro do Brasil, e para melhorar o futuro do Brasil, a gente precisa mudar aquele conjunto de forças que está em Brasília. A presidenta Dilma está envolvida em uma aliança conservadora, de um bocado de gente lá em Brasília, que não cuida da vida do povo, e do jeito que as coisas vão, vão piorar para o povo brasileiro, e a gente precisa evitar isso. E a forma de evitar é a gente mostrar que há uma opção para o Brasil seguir mudando.

Assis Ramalho: Governador, muito obrigado por mais uma vez o senhor ter atendido a reportagem do Blog de Assis Ramalho e boa sorte na sua caminhada.

Eduardo Campos: Eu é que quero lhe agradecer, Assis. A você e a todos os leitores do seu blog, e dizer que foi uma satisfação enorme. Muito obrigado por toda a cobertura e eu tenho certeza que a gente vai voltar a se encontrar em outros momentos.

Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Assessoria do Governador Eduardo Campos

Clique e veja esta matéria em destaque no Jornal Folha de São Paulo>http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/03/1428347-sob-dilma-as-coisas-vao-piorar-para-a-populacao-diz-campos.shtml

No Dia Internacional da Síndrome de Down, Eduardo Campos homenageia seu filho Miguel

"Só com amor se vencem os desafios na construção de um mundo sem preconceitos e com oportunidades para todos. No dia especial de hoje, minha homenagem a Renata e Miguel." Eduardo Campos

Hoje é o Dia Internacional da Síndrome de Down. No Brasil, a data ganhou grande visibilidade graças ao Deputado Federal Romário, do PSB-RJ, que vem desempenhando um trabalho irretocável sob esta bandeira.

Assim, o 21 de março já se tornou um dia repleto de diversas atividades sobre a Síndrome de Down em todo o planeta. Não apenas como uma pessoa que acredita na inclusão e acessibilidade de qualquer tipo, mas principalmente como pai apaixonado pelo pequeno Miguel, eu faço questão de participar do evento.

Em 2014, o tema central do debate será “Saúde e Bem-Estar: Acesso e Igualdade para Todos”, tendo como foco a democratização do acesso aos serviços de Saúde para a inclusão de pessoas com Síndrome de Down – que ao contrário do que muitos pensam, não é uma doença, e sim uma condição genética. É um debate importante que deve ser estendido também ao Brasil, especialmente num momento em que queremos serviços melhores na área da Saúde.

O carinho e o cuidado com as pessoas com Síndrome de Down deve ser observado a todo o momento. Não se trata de pessoas que precisam de cuidados especiais, mas sim de amor, respeito e dignidade, como qualquer outra. E que esta discussão reduza o preconceito e torne nosso País mais acessível não somente hoje, mas em todos os dias.

Reprodução Facebook Eduardo Campos

Petrolândia: Reinauguração do Posto de Saúde Santa Inês é comemorada com café da manhã


Na manhã desta sexta-feira, 21, a Prefeitura Municipal de Petrolândia, por meio da Secretaria de Saúde, promoveu um café da manhã na UBS Santa Inês, localizado na Quadra 05 da cidade, para marcar a reinauguração do prédio, totalmente reformado. A reunião informal teve a participação do prefeito Lourival Simões, Rafaella Lucena, secretária de Saúde, e do coordenador de Atenção Básica, Júnior Galindo, entre outras presenças ilustres.

As novas instalações da Unidade Básica de Saúde incluem, entre outras facilidades, salas amplas, sala de reuniões, copa/cozinha e WC adaptado para pessoas com necessidades especiais.

O Posto Santa Inês atende à comunidades das Quadras 01, 02 e 05, incluindo a Vila Dr. Francisco Simões de Lima (Vila dos Pescadores). A unidade conta com 4.469 pessoas cadastradas, representando 1.142 famílias.

No início do dia, a empresária Fátima Belém, representando a Associação Café com Arte, entregou ao PSF um fogão, doado com recursos de programa desenvolvido pela instituição. Com os mesmos recursos, a Associação Café com Arte fez a doação de uma geladeira no Bairro Nova Esperança, nesta cidade. As fardas das atendentes do PSF foram também doação da Café com Arte ao PSF.

A equipe da UBS Santa Inês é composta por Dr. Paulo Roberto (Médico), Dra. Patrícia Belém (Enfermeira), Flávia (Técnica em Enfermagem), Edízia e Taís (Recepção), sete Agentes Comunitários de Saúde (Aldenísia, Auristela, Jeomar, Joana, Lúcia, Nice e Rose) e Janielma (auxiliar de serviços gerais). A Unidade de Saúde vai receber dois novos ACS a partir de abril, com a posse dos candidatos aprovados no concurso de 2012.

Atualmente, o quadro de atendimento do UBS Santa Inês está incompleto, pela falta de um dentista. Interessados podem enviar currículo ou ligar para a Secretaria de Saúde de Petrolândia. O telefone é (87) 3851-1287 e o e-mail é petrolandia.saude@bol.com.br.

A UBS Santa Inês localiza-se na Av. Prefeito José Gomes de Avelar, próximo à Secretaria de Desenvolvimento Social, Cidadania e Juventude, na Quadra 05 de Petrolândia.

Para ver mais fotos, clique aqui>Café da manhã na UBS Santa Inês - Qd. 05 - Petrolândia

Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Lúcia Xavier

Petrolândia: Vereadores prestigiam eventos no município

 Geraldo Severo, Fabiano Marques, Juarez Patriota e Roque Severo
Vereadores José Luiz, Rogério Novaes, Fabiano Marques e Carlos Alberto

No dia 09 de março Fabiano Jaques Marques, presidente da Câmara Municipal de Petrolândia, e os vereadores Carlinhos, Zé Pezão e Rogério Novaes prestigiaram a pega de boi realizada na Agrovila 5 do Bloco 4, ouvindo a população e prestigiando a cultura do nosso município.

Já na noite do último dia 15, Fabiano e Juarez Patriota prestigiaram a inauguração de mais um empreendimento da área gastronômica da nossa cidade, a Amazonas Mix, iniciativa dos empresários Roque Severo e sua esposa Jéssica Severo. Estiveram presentes também os empresários Geraldo Severo dos Santos, o popular “Melinha”, e o diretor da franquia, sr. Edilson.

Assessoria da Câmara Municipal de Petrolândia

Floresta: Governador inaugura PE 360 e entrega ambulância do SAMU


Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Floresta

UNIATI-Universidade Aberta à Terceira Idade abre nova turma em Garanhuns


A Universidade Aberta à Terceira Idade (UNIATI), programa educacional voltado para pessoas idosas, vinculado ao grupo de estudo de Saúde Mental do Idoso e à Universidade de Pernambuco - Campus Garanhuns, vai iniciar nova turma. Os interessados devem ter idade mínima de 60 anos e ter concluído o Ensino Fundamental.

As inscrições serão realizadas na UPE Garanhuns, bastando apresentação de cópias de RG, CPF e comprovante de residência, no período de 24/03 à 28/03, das 14:00h às 17:00h. Os inscritos serão submetidos a uma seleção e os resultados serão divulgados na Universidade de Pernambuco e no site da UNIATI.

Petrolândia: Prefeitura convoca aprovados no Concurso de ACS e Agente de Endemias de 2012


No dia 18 de março, terça-feira, o prefeito de Petrolândia, Lourival Simões, baixou duas Portarias convocando os candidatos classificados e aprovados no Concurso Público para Agente Comunitário de Saúde e Agente de Endemias, em seleção realizada em 2012.  

Os candidatos devem se apresentar a partir do dia 15 de abril, com documentação e exames médicos exigidos nas portarias.

Para ver convocação dos Agentes Comunitários de Saúde>Portaria 2014/224

Para ver convocação dos Agentes de Endemias>Portaria 2014/223

Notícias relacionadas (clique para ler):
>Prefeitura de Petrolândia divulga Decreto de Homologação do Concurso Público para ACS e ACE
>Petrolândia: MPPE concede prazo de 30 dias para homologação do concurso público 2012
>Petrolândia: Aprovados no concurso de 2012 para ACS e Agente de Endemias reclamam das contratações temporárias para os cargos
>Petrolândia: Advise divulga comunicado sobre andamento do Concurso da Saúde
>Candidatos aprovados no Concurso Público da Prefeitura reclamam de demora na convocação para posse
>Advise divulga resultado final do Concurso Público da Prefeitura Municipal de Petrolândia
>Candidatos aprovados para Agentes de Saúde e Endemias são convocados para Curso de Formação Profissional
>Blog de Assis Ramalho apura situação atual do Concurso para Agentes Comunitário de Saúde e de Endemias
>Concurso de Petrolândia: Candidatos a agente de endemias são convocados para novo exame de títulos nos dias 15 e 16
>Petrolândia: Advise divulga resultado do Concurso de Agente de Endemias e Agente Comunitário de Saúde
>Concurso de Petrolândia: mais um dia de silêncio da Advise
>Concurso Público de Petrolândia: Candidatos reclamam da Advise

Redação do Blog de Assis Ramalho
Informações: Prefeitura Municipal de Petrolândia

Petrolândia: Evânio Barbosa apresenta-se neste sábado (22) no Maria Fumaça

Ery Vieira, Evânio Barbosa e Márcio Rivânio

O cantor e poeta Evânio Barbosa, apresenta-se neste sábado (22) no Bar e Restaurante Maria Fumaça, a partir das 20 horas, em show com participação de seu filho Márcio Rivânio (Ry Seduzyr), e dos manos "Galeguinho" Ery Vieira e Edjackson Barbosa, o Ed Percussa. Um show da família mais musical de Petrolândia.

Boa música, bom atendimento, petiscos e refeições você encontra no Bar e Restaurante Maria Fumaça, a estação do sabor, localizado na Av. Milvernes Cruz de Lima - Orla Fluvial de Petrolândia. Organização de Sherle Belém e Neide.


Da Redação do Blog de Assis Ramalho
Foto: Assis Ramalho

Tacaratu recebe unidade móvel do SAMU

Rafaely Delgado, Dr. Jeovane e Gerson Silva entre a equipe do SAMU

Os moradores da cidade de Tacaratu, no Sertão de Itaparica, passam a contar com mais infraestrutura para o atendimento no âmbito da saúde municipal. Nesta quinta-feira (20), o prefeito do município, Gerson Silva, o vice-prefeito, Dr. Jeovane, e a Secretária Municipal de Saúde, Rafaely Delgado, acompanhados da equipe de representantes dos profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), participaram de solenidade realizada em Serra Talhada com a presença do governador Eduardo Campos, quando ocorreu a inauguração da UPAE (Unidade de Pronto Atendimento Especializada) e entrega das ambulâncias do SAMU para a 3ª Macrorregião de Saúde. O município de Tacaratu foi contemplado com uma Unidade Móvel de Serviço Básico, para facilitar e promover a descentralização do atendimento à saúde dos nossos Munícipes.

O SAMU qualifica o atendimento na rede pública, prestando socorro à população em casos de emergência, quando acionado pelo telefone 192. O atendimento de urgência e emergência é realizado em qualquer lugar: residências, locais de trabalho e vias públicas, contando com as Centrais de Regulação, profissionais de saúde e veículos de salvamento.

O serviço realiza atendimentos de naturezas diversas, como a vítimas de acidentes de trânsito, de ferimentos por arma de fogo, de ferimentos por armas brancas, de quedas, de choque elétrico, de afogamento e de intoxicação. Atende, ainda, pacientes vítimas de infarto agudo do miocárdio, de AVC (Acidente Vascular Cerebral) e crises convulsivas e realiza atendimento pré-hospitalar de pacientes com insuficiência cardíaca e crise diabética.

O SAMU 192 também é acionado para a realização de atendimento pré-hospitalar de casos gineco-obstétricos, como trabalho de parto e aborto; atua no atendimento médico pré-hospitalar de urgências psiquiátricas; efetua transferências hospitalares de pacientes graves que necessitam de remoção em UTI móvel entre os municípios.

Além da Unidade Móvel do SAMU, Tacaratu foi contemplado também com uma Van equipada através da conquista do selo UNICEF.

Secretaria Municipal de Saúde, construindo um novo tempo!

Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Tacaratu

Microcrédito no Banco do Nordeste cresce 40% em 2013

Foram aplicados R$ 391 mi em Pernambuco por meio do Crediamigo

O Banco do Nordeste totalizou o ano de 2013 com R$ 391 milhões investidos em Pernambuco, por meio do Crediamigo, o seu Programa Orientado de Microfinança Urbana, beneficiando mais de 220 mil empreendedores do Estado. Esse volume representa um crescimento de 40% com relação ao ano anterior. Do total de clientes, 92% atuam no comércio e as mulheres são a maioria, totalizando 65%.

Elaine Martins é um exemplo. Ela trabalha com venda de roupas e foi uma das clientes contempladas no Recife. Ela conheceu o Programa em 2009 por meio de um amigo, quando seu estoque “cabia numa sacola plástica de supermercado”. Formou um grupo solidário com mais duas pessoas e conseguiu o primeiro financiamento do Crediamigo Crescer – Solidário no valor de R$ 300,00, para aquisição de mercadorias e pequenos equipamentos.

Com o lucro do primeiro crédito, a empreendedora adquiriu um guarda-roupas para colocar o seu estoque. Apesar do crescimento, ela ainda continuava recebendo as clientes em casa e também deslocava-se até a casa das clientes para realizar as vendas. “Solicitei meu segundo crédito no valor de R$ 3.000,00 para reformar o ponto comercial que consegui adquirir. Hoje, graças ao apoio do Crediamigo pude concretizar meu sonho, que é a minha boutique, a Maria Donnda Confecções”, declara Elaine.

A Guerra da Água já começou


"Não importa se você é de direita ou de esquerda, tucano ou petista, todo mundo precisa de água para sobreviver. E o fato crucial nessa discussão é que a água está acabando, e muito em breve não vai ter mais de onde tirá-la". O comentário é de Herton Escobar em artigo publicado no portal do jornal O Estado de S. Paulo, 20-03-2014.

Eis o artigo.

Há muitos anos ouvimos falar sobre a tal “guerra da água” que está por vir, quando os recursos hídricos se tornarem tão escassos que pessoas, municípios, estados e países começarão a lutar por eles, da mesma forma que lutam por petróleo, gás e outros recursos minerais essenciais ao seu desenvolvimento (ou, no casa da água, essencial à vida). Pois então: sinto informar, mas essa guerra já começou, aqui mesmo na região metropolitana de São Paulo, bem debaixo das nossas torneiras. Na verdade, já começou há muitos anos; faltava apenas uma grande seca para trazer o problema à tona por completo e colocá-lo à vista de todos.

O nível dos reservatórios que compõem o Sistema Cantareira vem caindo há vários anos; de praticamente cheios em 2010 para 76% em 2012 e para menos de 15% agora, em 2014. Enquanto que a demanda por água da região abastecida por eles só cresceu no mesmo período, com o aumento da população e o crescimento das indústrias.

Ou seja: dizer que está faltando água hoje porque não choveu ontem é tão correto quanto dizer que os alagamentos da cidade são culpa de um bueiro entupido. O problema, na verdade, é muito mais complexo do que se enxerga na superfície. A seca foi só a gota d’água que faltava. E as autoridades sabem disso.

Petrolândia: Provas da 2ª chamada da seleção da Funeso/Unesf acontecem na quarta-feira, dia 26


As provas da segunda chamada para seleção dos cursos Funeso/Unesf, através do Proex, serão realizadas em Petrolândia na próxima quarta-feira, dia 26 de março, às 19 horas, na Escola Municipal José Araújo. O candidatos devem chegar ao local com, no mínimo, 15 (quinze) minutos de antecedência. 

A Funeso/Unesf, em parceria com a Faexpe, oferece Licenciatura em Letras, Biologia, Matemática e Pedagogia, e Bacharelado em Administração. Os cursos têm aulas presenciais uma vez por semana.

O valor da matrícula é de R$ 189,00 e as mensalidades, R$ 149,00. Aulas presenciais uma vez por semana.

A Funeso-Fundação de Ensino Superior de Olinda tem 40 anos de tradição em ensino superior e os cursos são reconhecidos pelo MEC. FUNESO/UNESF: Tradição e qualidade ao seu alcance.

Mais informações com Magda Barros: (87) 9996-7683.

Redação do Blog de Assis Ramalho
Informações: Magda Barros

Frases do dia 21/03/2014: Coletânea IHU On-Line

Crise

"Presidente não pode passar imagem de desleixo administrativo, ela colocou no colo dela uma crise" - um interlocutor de Lula – Folha de S. Paulo, 21-03-2014.

Mau negócio

“Presidente do Brasil defende papel em mau negócio feito pela Petrobrás” - título da edição digital do Wall Street Journal, 20-03-2014.

Matéria do Blog de Assis Ramalho é destaque no Diário de Pernambuco

Em entrevista ao Blog de Assis Ramalho Eduardo Campos nega que Lula o tenha comparado a Collor

Em viagem pelo interior, onde cumpre maratona ao lado do pré-candidato a governador, Paulo Câmara, Eduardo Campos voltou a fazer críticas hoje (20) à presidente Dilma Rousseff, poupando novamente o ex-presidente Lula. "Do jeito que as coisas vão, vai piorar para o povo brasileiro, e a gente precisa evitar isso. A forma de evitar é a gente mostrar que há uma nova opção para o Brasil seguir mudando", afirmou o presidenciável, em entrevista ao blog de Assis Ramalho, na cidade de Petrolândia, no Sertão do estado.

Eduardo negou que o ex-presidente Lula o tenha comparado ao ex-presidente Fernando Collor, que governou o país de 1990 a 1992 antes de sofrer o impeachment.

"O presidente Lula não fez isso. Hoje está desmentido na imprensa nacional. Hoje saiu a frase correta. O presidente Lula disse, abre aspas: 'Eduardo é um dos nossos. Ele é um dos nossos. Ele é nosso amigo e nós precisamos respeitá-lo', fecha aspas", declarou o governador.

Confira resultado das loterias da Caixa desta quinta-feira(20); em Petrolândia as apostas são realizadas na Loteria Styllus


Confira resultado das Loterias da Caixa Econômica Federal realizadas nesta quinta-feira(20). Em Petrolândia, as apostas são relizadas na Loteria Styllus, no centro da cidade.

Quina (Concurso 3444):
53 56 60 64 68

Timemania (Concurso 552):
04 17 22 44 49 62 66

>Veja os últimos resultados

Charge do dia: É preciso rir pra não chorar


Morre Bellini, primeiro brasileiro a erguer a Copa do Mundo



O ex-zagueiro Hideraldo Luís Bellini, capitão da seleção brasileira na primeira Copa do Mundo conquistada pelo país, morreu nesta quinta-feira, no Hospital Nove de Julho, em São Paulo, onde estava internado desde que foi vítima de uma parada cardíaca. Bellini, que sofria de doença de Alzheimer havia uma década, tinha 83 anos. Paulista de Itapira, o ex-jogador defendeu o Vasco da Gama e o São Paulo antes de se aposentar com a camisa do Atlético-PR. Vestiu a camisa da seleção numa das fases mais gloriosas de sua história, entre 1957 e 1966. Foram 51 jogos, incluindo oito partidas nas Copas de 1958, na Suécia, e de 1966, na Inglaterra. Também foi reserva no Mundial de 1962, no Chile.

Um dos líderes da equipe que venceu a primeira das cinco Copas do Brasil, Bellini teve a honra de levantar a taça Jules Rimet no Estádio Rasunda, em Estocolmo, depois da final contra a Suécia. Ao receber o troféu das mãos do rei Gustavo, atendeu ao pedido dos fotógrafos e ergueu a Jules Rimet para que todos pudessem vê-la. Desde então, o gesto inventado por acaso pelo ex-zagueiro passou a ser imitado por todos os capitães das equipes que conquistam um título.

Resultados desta quinta da Copa do Brasil, Libertadores e estaduais com crônica, tabela e lances em vídeo

Cruzeiro cede empate no fim do jogo e leva vaias no Mineirão
Com 4 pontos, equipe está em situação complicada no Grupo 5 da Libertadores

Atlético-PR vence e Cruzeiro empata na Taça Libertadores, e Fluminense perde no Ceará pela Copa do Brasil. Confira os resultados dets quinta com crônica, tabela e lances em vídeo.
                                                 
Por GloboEsporte.com Rio de Janeiro

TAÇA LIBERTADORES DA AMÉRICA 2014 (fase de grupos - 4ª rodada)
 
Atlético-PR 3 x 0 Universitario-PER CRÔNICA
Lanús-ARG 2 x 0 Deportivo Cáli-COL CRÔNICA
Cerro Porteño-PAR 2 x 1 O'Higgins-CHI CRÔNICA
Unión Española-CHI 1 x 0 San Lorenzo-ARG CRÔNICA
Cruzeiro 2 x 2 Defensor-URU CRÔNICA
VEJA A TABELA COMPLETA
COPA DO BRASIL2014 (primeira fase - jogos de ida) 
São Bernardo-SP 1 x 1 Paraná CRÔNICA
Horizonte-CE 3 x 1 Fluminense CRÔNICA / VÍDEO
VEJA A TABELA COMPLETA

CAMPEONATO POTIGUAR 2014 (COPA CIDADE DE NATAL - 3ª RODADA)
ABC 3 x 0 Baraúnas CRÔNICA
VEJA A TABELA COMPLETA

CAMPEONATO ALAGOANO 2014 (SEGUNDO TURNO - 5ª RODADA)
CEO 0 x 3 CRB CRÔNICA
Murici 2 x 1 ASA CRÔNICA
VEJA A TABELA COMPLETA

CAMPEONATO SERGIPANO 2014 (segunda fase - 7ª rodada)
Amadense 1 x 1 Sergipe CRÔNICA
Confiança 4 x 1 Canindé CRÔNICA
VEJA A TABELA COMPLETA

Matéria do Blog de Assis Ramalho é destaque no Jornal Folha de São Paulo

 

Jornal Folha de São Paulo: Petrolândia: Em entrevista ao Blog de Assis Ramalho, Eduardo Campos desmente suposta declaração de Lula
Após ter dito que o Brasil “não aguenta” mais quatro anos de Dilma Rousseff, o presidenciável e governador Eduardo Campos (PSB) afirmou nesta quinta-feira (20) que as coisas vão piorar no país caso a presidente seja reeleita na disputa de outubro próximo. “Do jeito que as coisas vão, vai piorar para o povo brasileiro, e a gente precisa evitar isso. A forma de evitar é a gente mostrar que há uma nova opção para o Brasil seguir mudando”, disse o socialista, em entrevista ao blog de Assis Ramalho, de Petrolândia, no Sertão do Estado.

Eduardo também disse que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010) não o comparou a outro Fernando Collor (1990-1992). “O presidente Lula não fez isso [compará-lo a Collor]. Hoje está desmentido na imprensa nacional. Hoje saiu a frase correta. O presidente Lula disse, abre aspas: 'Eduardo é um dos nossos. Ele é um dos nossos. Ele é nosso amigo e nós precisamos respeitá-lo', fecha aspas”, disse o governador.

Ontem, ao falar sobre declaração do ex-presidente Lula, na qual o comparou ao ex-presidente Fernando Collor, Eduardo atacou o discurso do “medo”. “Toda vez que o país pede mudanças, alguns políticos tentam colocar o medo no coração do povo. Mas, desta vez, como aconteceu em 2002, a esperança vai vencer o medo”, afirmou o governador.


Folha de São Paulo