domingo, 21 de julho de 2019

Garanhuns: Paulo Câmara prestigia FIG e visita serviços oferecidos pelo Governo do Estado



Consolidado como o maior evento cultural e de arte do Brasil, o Festival de Inverno de Garanhuns movimenta a economia e a cultura de Pernambuco, acelerando o turismo em direção ao Interior do Estado. Como forma de prestigiar o evento, de porte nacional, o governador Paulo Câmara prestigiou, na noite desta sexta-feira (19.07), o segundo dia do FIG. Acompanhado da primeira dama Ana Luiza Câmara, do prefeito Izaías Régis e de secretários do governo, o chefe do Executivo estadual assistiu aos shows que aconteceram no polo Esplanada Cultural Dominguinhos, na Praça Cultural Mestre Dominguinhos. O FIG acontece até o próximo dia 27 de julho e conta com mais de 20 polos de animação distribuídos pela cidade.

Antes de prestigiar apresentações como a da cantora Elba Ramalho, entretanto, Paulo Câmara verificou pessoalmente alguns serviços do Governo do Estado que estão sendo oferecidos ao público durante o festival, para garantir que moradores e turistas curtam o evento de forma tranquila e segura. Entre eles, esteve na Ouvidoria. A Secretaria de Defesa Social (SDS) atuará de forma integrada à Rede de Ouvidoria do Estado, empregando uma unidade móvel (ônibus) no festival, tanto de forma fixa como itinerante, onde servidores de várias ouvidorias estarão atendendo a população.

Uma outra ação visitada por Paulo Câmara no FIG, nesta sexta-feira, foi o espaço Bora Pernambucar, realizado pela secretaria de Turismo e Lazer do Estado, localizado no Parque Euclides Dourado. A ação conta com cenário para fotos, instrumentos musicais, quiz sobre pontos turísticos pernambucanos, pufes e totens de carregamento de celulares. Durante o evento, serão distribuídas capinhas de chuva com a logo da campanha “Bora Pernambucar”.

Por Assessoria de Comunicação
Governo de Pernambuco

Casal morre em grave acidente próximo a Casa Nova, na Bahia

Foto: Instagram/reprodução

Um grave acidente automobilístico ocorrido neste domingo (21), próximo à cidade de Casa Nova, na Bahia, deixou duas pessoas mortas. Segundo as primeiras informações, as vítimas são um casal identificado apenas pelos primeiros nomes (Danires e Wedes).

A reportagem entrou em contato com a delegacia de Polícia Civil (PC) local, que disse não ter ainda mais detalhes sobre o fato. Tudo o que se sabe é que Wedes conduzia o veículo – uma picape cabina dupla cor prata, quando perdeu o controle da direção e capotou várias vezes. Ele e a esposa vieram a óbito no local do acidente.

As informações são do Blog do Carlos Brito

Polícia apreende drogas, munição e mais de R$ 9 mil em Ibimirim, no Sertão de Pernambuco

Imagem ilustrativa

O Grupo de Ações Táticas Itinerante (Gati) apreendeu drogas, dinheiro e munições neste sábado (20) em Ibimirim, no Sertão de Pernambuco. As apreensões aconteceram na Agrovila, zona rural da cidade.

Segundo a Polícia Militar, o Gati estava realizando rondas quando deu ordem de parada para dois jovens, de 18 e 21 anos, em uma moto. Com eles foram encontrados 42 papelotes de cocaína. A polícia foi até o local onde os jovens informaram que conseguiram a droga.

No local, o Gati encontrou 200 gramas e 28 papelotes de cocaína, munição e duas balanças de precisão. Também foi encontrado o valor de R$ 9.370. Na casa estavam dois homens suspeitos de serem fornecedores da droga. Os suspeitos foram autuados em flagrante e serão apresentados em audiência de custodia.

Por G1 Caruaru

Quase 2 mil caminhoneiros se mobilizam em grupos de WhatsApp por nova paralisação


Quase 2 mil caminhoneiros estão em, no mínimo, 15 novos grupos do WhatsApp recém-criados para discutir uma possível paralisação da categoria na segunda (22).
Eles estão contrariados com a resolução da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) que estipulou a nova tabela de preços mínimos do frete rodoviário, divulgada na quinta (18), com valores abaixo dos esperados. A realização da paralisação não é consenso entre os participantes. Parte dos grupos é refratária à ideia por conta da dificuldade financeira que teriam com os dias sem trabalhar.

Os administradores dos novos grupos negam ser articuladores do movimento, ao mesmo tempo em que algumas lideranças que tomaram a dianteira durante a paralisação de 2018 não estão em nenhum deles. O nome dos grupos segue sempre o mesmo formato, com o título formado por paralisação, a data de 22/07 e a abreviação do nome de um estado.

Apesar serem vinculados a um estado, a maior parte deles é formada por pessoas de regiões diferentes da indicada. Eles trazem em suas descrições o mesmo texto: "Publicações fora do contexto das pautas dos caminhoneiros não serão aceitas. FOCO NA MISSÃO!" Nesses grupos, há desde convocações para greve, com críticas ao presidente Jair Bolsonaro, por vezes chamado de traidor, até alguns vídeos cômicos e imagens eróticas. Os caminhoneiros emitem suas opiniões também em áudio ou vídeos nos quais discursam enquanto são filmados pela câmera frontal de seu telefone.

Foram disparados avisos sobre o risco de uma ação de contra-inteligência estar sendo realizada dentro dos grupos, com membros do governo se passando por caminhoneiros. Parte dos trabalhadores se diz intervencionista, defendendo um regime militar. A rotatividade dos grupos é alta. São muitos os avisos de pessoas que entraram usando um link compartilhado por outra pessoa no WhatsApp e outros de pessoas que decidiram sair. Também circulam ali convites para entrar em grupos do gênero, de estados diferentes. A reportagem localizou queixas de caminhoneiros em relação à falta de liderança dos grupos, o que dificultaria a paralisação de segunda. Há administradores em comum entre eles. Porém, quando contatados, eles disseram não ser líderes e se negaram a dizer se havia uma liderança que articulasse a criação dos grupos.

A reportagem foi expulsa de dois deles por um desses administradores após procurá-lo em particular pelo WhatsApp para pedir informações. Outra administradora que trocou mensagens com a reportagem disse que não poderia dizer nada, pois não falava em nome dos caminhoneiros. Segundo ela, o movimento começou simultaneamente em vários locais. Wanderlei Alvez, o Dedeco, um dos articuladores da paralisação de 2018, diz que não participa dos novos grupos e já foi retirado de alguns deles por seus organizadores. Ele afirma acreditar que os grupos da paralisação de segunda não foram criados por caminhoneiros, pois, segundo ele, a categoria o trata com respeito. Dedeco diz que o principal problema da classe é justamente a falta de liderança e cobra maior protagonismo da CNTA (Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos) para defender o interesse dos caminhoneiros junto ao governo.

O ministro de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, deve se reunir com representantes de caminhoneiros e outras entidades afetadas pela nova tabela de fretes na próxima semana. A data ainda não foi confirmada. Sobre a reunião, uma das mensagens compartilhadas seguidamente pelo WhatsApp dizia que os caminhoneiros não arredariam pé e, caso o ministro quisesse fazer reunião, teria de fazer na pista. A nova tabela de fretes foi elaborada pela Esalq-Log, da USP, e a próxima revisão oficial está prevista para o início de 2020.

Por Folha de S. Paulo

Bolsonaro ataca general e fala ao 'Nordeste irmão'


O presidente Jair Bolsonaro voltou a dizer, neste domingo, que não criticou o povo nordestino ao citar "governadores de paraíba" antes de início de café da manhã com correspondentes da imprensa estrangeira. Pelo Twitter, o chefe do Planalto aproveitou a mensagem para atacar o general Luiz Rocha Paiva , integrante da Comissão de Anistia do governo federal que o havia criticado pelo comentário. Chamou-o de "melancia" — termo pejorativo para definir quem seria "verde" (neste caso, verde oliva, de militar) por fora e "vermelho" (esquerdista) por dentro.

"'Daqueles GOVERNADORES... o pior é o do Maranhão'. Foi o que falei reservadamente para um ministro. NENHUMA crítica ao povo nordestino, meus irmãos. Mas o melhor de tudo foi ver um único general, Luiz Rocha Paiva, se aliar ao PCdoB de Flávio Dino, para me chamar de antipatriótico. Sem querer descobrimos um melancia, defensor da Guerrilha do Araguaia, em pleno século XXI", escreveu o presidente na rede social.

Na sexta-feira, microfones captaram trecho de conversa reservada do presidente com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. "Daqueles governadores de 'paraíba', o pior é o do Maranhão; tem que ter nada com esse cara", afirmou ele ao aliado. Alvo de críticas de nordestinos, incluindo artistas e políticos, Bolsonaro destacou mais tarde que se referia apenas a Flávio Dino, governador do Maranhão, e João Azevêdo, da Paraíba.

O Globo

Em voo para a Argentina, avião do Palmeiras arremete duas vezes, muda local de pouso e delegação passa mal

Imagem ilustrativa

A delegação do Palmeiras teve uma chegada tensa a Argentina, na madrugada deste domingo. O avião que levava o time teve dificuldade no pouso em Mendoza e arremeteu duas vezes antes de alterar a rota para Rosario.

A arremetida consiste na subida brusca da aeronave, quando o piloto interrompe a aproximação da pista para pouso e tenta ganhar altura para recomeçá-la.

Segundo relatos, o episódio foi assustador, a ponto de membros da delegação passarem mal e chegarem a vomitar.

Ainda não há nenhuma previsão sobre a ida em definitivo a Mendoza, palco da partida de terça-feira contra o Godoy Cruz, pelas oitavas de final da Libertadores.

O elenco do Palmeiras havia deixado a cidade de Fortaleza na noite do último domingo, pouco depois da derrota por 2 a 0 pelo Ceará, pelo Campeonato Brasileiro.


Por Tossiro Neto
Globoesporte.com.br

Padre Marcelo relata empurrão e chora: ''Nasci novamente'


O padre Marcelo Rossi contou a fiéis, neste domingo, como se sentiu e o que pensou logo após ter sido empurrado por uma mulher de cima de um palco no qual celebrava missa, em Cachoeira Paulista, São Paulo, há uma semana. Desta vez, o sacerdote não segurou as lágrimas, relembrou a forte dor do momento e deu graças a Deus pelo que chamou de "milagre" de estar vivo.

Marcelo Rossi destacou que ficou "totalmente consciente" depois do empurrão. Naquele momento, ele disse, só queria "entender o que estava acontecendo". Depois, em meio à dor, pensou que não gostaria de voltar a tomar remédios, já que passara "muito tempo" tomando anti-inflamatório no passado (assista ao vídeo abaixo).

Alcione, general e políticos criticam fala de Bolsonaro sobre ''paraíbas''


A fala do presidente Jair Bolsonaro, na qual se referiu aos governadores do Nordeste como "governadores de paraíba", na última sexta-feira (19/7), continuou sendo motivo de protestos neste sábado (20/7). E as críticas vieram de pessoas com perfis bem diferentes, de generais a artistas, passando, evidentemente, por políticos nordestinos. A polêmica também fez com que o termo "orgulho do Nordeste" se tornasse o mais comentado do Twitter.

No começo da tarde, a cantora Alcione postou um vídeo no Instagram no qual exige respeito ao Nordeste e ao Maranhão, estado governado por Flávio Dino (PCdoB), apontado por Bolsonaro, na conversa com o ministro Onyx Lorenzoni, como "o pior deles".

A fala de Alcione foi acompanhada de um texto que tem praticamente o mesmo conteúdo do que a artista diz: "Presidente Bolsonaro, eu não votei no senhor e não me arrependo. Eu sou uma brasileira que não torço contra o governo, não sou burra. Eu sei que se torcer contra, estou torcendo contra o meu país. Agora meu pai sempre me dizia, que meu avó já dizia para ele: “QUEM QUER RESPEITO, SE DÁ”. E o senhor não está se dando respeito. O senhor precisa respeitar o povo nordestino. RESPEITE O MARANHÃO. O senhor tem medo de facada, tem medo de tiro, mas o senhor precisa ter medo do pensamento. O pensamento é uma força. Pense em mais de 30 milhões de nordestinos pensando contra o senhor? Comece a nos respeitar. RESPEITE O POVO BRASILEIRO."

Da ala militar, a reprovação veio do general da reserva Luiz Rocha Paiva, que falou ao jornal Estado de S. Paulo. Paiva considerou o comentário de Bolsonaro "antipatriótico” e “incoerente”. "Tem que ter calma, mas mostrar pra ele o quanto perdeu com essa grosseria com que menosprezou uma região do Brasil e seus habitantes. Um comentário antipatriótico e incoerente para quem diz 'Brasil acima de tudo'", afirmou o general, que foi integrante da Comissão da verdade.

Ex-governador do Ceará e candidato à Presidência em 2018 pelo PDT, Ciro Gomes foi outro que se manifestou, chamando, no Twitter, Bolsonaro de Magda das Milícias, uma referência à personagem Magda, interpretada por Marisa Orth no programa Sai de baixo. "Cala a boca, 'Magda das milícias'! 'não existe fome no Brasil', 'vai privilegiar o filho', chama de 'Paraíba' toda uma região com mais 30 milhões de habitantes, ataca um dos melhores governadores e, irresponsavelmente, determina perseguição ao povo de um Estado...", escreveu.

Por Correio Braziliense

Petrolândia: Edy Ferreira e Kinho dos Teclados são atrações deste domingo no Maria Fumaça, que faz seu FDS cada vez melhor


Os cantores Edy Ferreira (13h00) e Kinho dos Teclados (17h00) são as atração deste domingo (21/07/2019) no Bar e Restaurante Maria Fumaça, localizado na Orla Fluvial de Petrolândia.

Excelente cardápio e boa música na Orla de Petrolândia, você desfruta no cada vez melhor Maria Fumaça, organização de Pedrinho e família.

Contato: 87 3851-0376
Acompanhe no Instagram @mariafumaca.oficial

Blog de Assis Ramalho
Com informações do Maria Fumaça

Velha Petrolândia em fatos & fotos - momentos de recordações neste domingo 21 de julho de 2019

Neste domingo, 21 de julho de 2019, o Blog de Assis Ramalho vai no fundo do baú e mostra fatos e fotos registrados na velha Petrolândia/velha Barreiras, hoje submersas nas águas do rio São Francisco. Veja abaixo fotos que ficaram marcadas para sempre na memória e nos corações dos petrolandenses.

Petrolândia participa do I Seminário de Turismo Regional em Minas Gerais


 

Nos dias 15 e 16 deste mês de julho, representantes do município de Petrolândia participaram do I Seminário de Turismo Regional – Inspirando a Criatividade para obtenção de Resultados”, que contou com a presença dos municípios que compõe o Circuito Turístico Noroeste das Gerais e Alto Paranaíba, em Paracatu - MG, para conhecer e participar de uma troca de experiências entre Instâncias de Governança.

Durante o encontro, tiveram a oportunidade de visitar vários pontos turísticos de Paracatu, e observar o quanto os munícipes valorizam sua cidade, e que isso é que ajuda ela a se desenvolver.

Eles foram recepcionados pelo Presidente da Federação dos Circuitos Turísticos de Minas Gerais, Igor Diniz, e pela representante do Ministério do Turismo, Ana Carla Moura.

Na oportunidade, foi lançado por Ana Carla o Conexão PRT+Integrado que visa integrar ainda mais o Programa de Regionalização do Turismo e estreitar relações entre o MTur e interlocutores do PRT nos estados e entre os gestores das Instâncias de Governança Regionais (IGR´s). Tudo isso, através das iniciativas decorrentes da troca de experiências e de oportunidades proporcionadas pelo Ministério do Turismo.

Por Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Petrolândia

Em Garanhuns, Paulo Câmara entrega equipamentos na área de tecnologia à UPE






Apoiar a inovação e a geração de tecnologia no Agreste Meridional. Foi com esse objetivo que o governador Paulo Câmara inaugurou, neste sábado (20/07), o Laboratório de Práticas em Engenharia de Software (Laps) e o Laboratório de Pesquisa de Software e Computação Aplicada, ambos no Campus Garanhuns da Universidade de Pernambuco (UPE). O chefe do Executivo estadual aproveitou para percorrer a cidade, visitando ações governamentais que oferecem serviços à população em áreas como saúde, cidadania e segurança durante o 29° Festival de Inverno de Garanhuns.

“Ciência, tecnologia e inovação se fazem com pesquisas dentro da graduação, já incentivando o olhar para o futuro nesse mundo da economia do conhecimento. A UPE está contribuindo para o desenvolvimento do Agreste Meridional com esses novos laboratórios, e outros virão, porque o intuito é que a pesquisa e a ciência estejam muito presentes na formação dos nossos alunos”, afirmou o governador.

Em 2018, a UPE aprovou a criação do primeiro curso de bacharelado em Engenharia de Software do Estado. Para dar suporte às aulas práticas do curso, foi criado o Laboratório de Práticas em Engenharia de Software (Laps). Com investimento de mais de R$ 81 mil, o espaço conta com 29 computadores, mobiliário, três lousas e um projetor. A iniciativa beneficia diretamente os 30 alunos matriculados na primeira turma do curso.

Já o Laboratório de Pesquisa de Software e Computação Aplicada servirá de estrutura para um grupo de pesquisas composto por oito professores da área de tecnologia que lecionam no campus. Além dos docentes envolvidos, o espaço beneficiará indiretamente os cerca de 150 alunos matriculados nos cursos de bacharelado em Engenharia de Software e de licenciatura em Computação. A estrutura do local é composta por mobiliário, impressora e oito computadores. O investimento total foi de mais de R$ 15 mil.

O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa, destacou que o campus da UPE de Garanhuns é o primeiro em Pernambuco a ter o curso de bacharelado em Engenharia de Software, uma iniciativa para criar um meio ambiente de inovação e para gerar tecnologia no Agreste Meridional. “Esses laboratórios vieram para dar suporte às aulas práticas. Os equipamentos vão beneficiar diretamente os alunos matriculados no curso e, indiretamente, cerca de dois mil alunos do campus de Garanhuns que precisam de laboratórios de informática”, disse.

Após a inauguração, o governador visitou mais ações governamentais que estão prestando serviços a visitantes e turistas durante o Festival de Inverno de Garanhuns. Hoje, foi a vez de percorrer o Governo Presente e as ações da Secretaria de Defesa Social. São serviços voltados para a cidadania, como cursos profissionalizantes, ouvidoria da mulher, aferição de pressão e de glicose, informações sobre o 13° do Bolsa Família e os ônibus itinerantes do Detran e da Secretaria de Saúde. Na sequência, Paulo Câmara esteve no Polo de Cultura Popular Ariano Suassuna, no Centro da Cidade, onde assistiu a uma apresentação de caboclinhos.

Por Assessoria de Comunicação
Governo de Pernambuco






LATICÍNIOS – Em seguida, o governador foi conhecer a fábrica de laticínios Polilac, primeira a produzir leite tipo A em Pernambuco e terceira no Nordeste. O tipo A é a classificação de excelente qualidade microbiológica do leite. A produção do estabelecimento será de 3 mil litros ao dia, entre pasteurizados integrais, desnatados, semidesnatados e sem lactose. No local, há também uma queijaria artesanal que produzirá vários tipos de queijo coalho e queijo manteiga.

Bolsonaro diz que não se referiu aos nordestinos com o termo 'paraíba'


O presidente Jair Bolsonaro disse, na tarde deste sábado, ao sair do Palácio da Alvorada, que suas declarações sobre 'governadores de paraíba' foram mal interpretadas. Bolsonaro disse que sua intenção era se referir ao governador do Maranhão, Flávio Dino , e ao da Paraíba, João Azevêdo , e não ao povo nordestino.

— Eu fiz uma crítica ao governador do Maranhão e da Paraíba, vivem esculhambando obras federais, que não são deles, são do povo. A crítica que eu fiz foi aos governadores, nada mais. Em três segundos, vocês da mídia fazem uma festa. Eles são unidos, eles têm uma ideologia, perderam as eleições. Tentam o tempo todo, através da desinformação, manipular eleitores nordestinos. O parlamento não é tão raso como estão pensando.

Perguntado se o termo “paraíba” não foi uma crítica ao nordeste, ele disse:

— A maldade tá no coração de vocês. Tenho tanta crítica ao nordeste que casei com a filha de um cearense.

Na sexta-feira, o presidente usou o termo "paraíba" ao se referir aos governadores. "Daqueles governadores de 'paraíba', o pior é o do Maranhão; tem que ter nada com esse cara", afirmou o presidente durante conversa com o ministro da Casa Civil Onyx Lorenzoni.

Ao ser questionado por uma jornalista sobre a declaração, Bolsonaro disse:

— Se eu chamar você de feia agora, todas as mulheres do Brasil estarão contra mim. Eles acham que o Nordeste é uma massa de manobra. Na verdade, a imprensa brasileira está com saudade do PT e do Lula.

Pelo Twitter, Flávio Dino escreveu ontem que, "independentemente de suas opiniões pessoais, o presidente da República não pode determinar perseguição contra um ente da Federação". "Seja o Maranhão ou a Paraíba ou qualquer outro Estado. 'Não tem que ter nada para esse cara' é uma orientação administrativa gravemente ilegal", argumentou.

Por O Globo

Morre Antônio José Diniz, dono das Rádios Cultura de Paulo Afonso, BA


Faleceu neste sábado (20) o empresário Antônio José Diniz, aos 76 anos, proprietário das Rádios Cultura de Paulo Afonso. A informação foi confirmada no início da noite deste sábado (6), nas redes sociais pelo seu filho, o músico Dinizinho.

“É gente, eu estou vindo aqui agradecer a todas as orações de vocês, a todos vocês que oraram pelo meu pai, e dizer que ele partiu dessa para próxima. Partiu, estamos aqui só com a família organizando as coisas, mas o sofrimento dele acabou, ele está nos braços do Papai. Deus abençoe a todos”, disse o filho em áudio.


Diniz estava internado no Hospital Municipal de Paulo Afonso, desde a última quarta-feira (17), mas há alguns meses passava por sérios problemas de diabetes com suas complicações, ao ponto de ter que amputar parte de um dos pés em decorrência da hiperglicemia.

Dinizinho vistando o pai no HNAS, em 24 de março. Foto: Facebook

No início do mês, seu quadro se agravou e ele chegou a ficar internado na sala de reanimação do Hospital Nair Alves de Souza (HNAS) por alguns dias, enquanto aguardava por vaga em um leito de UTI.

Já apresentado ligeira melhora, no dia 6 de julho, Diniz foi transferido para um hospital de Recife, PE e devido a boa evolução, segundo seu filho, ele não precisou da Unidade de Tratamento Intensivo: “Deus deu livramento a meu pai. Ele está bem melhor. Obrigado a todos pelas orações! Não precisou de UTI.”, chegou a comemorar Dinizinho.

De volta a Paulo Afonso, continuou hospitalizado no Nair Alves de Souza, mas na quarta-feira foi transferido para o hospital do BTN (HMPA), e após três dias veio, não resistiu e veio a óbito.

Durante todo o tratamento, Diniz foi acompanhado pela ex-esposa, dona Saúde, e além de Dinizinnho, sua outra filha Soraya Diniz veio do Canadá também para cuidar do pai. Ainda não há informações sobre o local do velório e o horário do sepultamento.

Por PA4.COM.BR