quarta-feira, 9 de dezembro de 2020

Advogados da subseccional da OAB/Petrolândia reúnem-se com a população de Tacaratu contra fechamento de Comarca


Nessa quarta-feira, 08/12/2020, Advogados da subseccional da OAB/Petrolândia, reuniram-se com a população Tacaratuese, em frente ao Forúm da Comarca dessa cidade, em movimento Pacífico, pelo não fechamento da Comarca. 

O presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco, por intermédio de um plano de readequação de Comarcas, ameaça fechar 43 comarcas de Pernambuco, entre elas Tacaratu e Inajá. 

O uso, pelo TJPE, da expressão “plano de readequação de Comarcas”, na prática significa fechamento de Comarcas, que é proibido pela Constituição do Estado de Pernambuco e que não pode acontecer sem alteração no texto da lei.

>

Os advogados e a população clama pelo não fechamento porque  além de expressa proibição pela Constituição do Estado, ainda a Constituição Federal garante, em seu Artigo 5° inciso XXXIV, a, o direito de petição ao poder público em defesa de direito ou contra ilegalidade ou abuso de poder, daí porque o fechamento de Comarca  traduz na negação, aos cidadãos, dessa garantia constitucional. 

Os atos administrativos no geral são regidos pelo princípio da prevalência do interesse público ao particular. A sociedade Tacaratuese clama pela permanência do funcionamento do Forúm da Comarca de Tacaratu. 

Nos 90 anos de existência da OAB, essa tem sido a maior defensora das garantias constitucionais. Num estado onde 80% das demandas judiciais são contra o puder público, fechar Comarca é a mesma coisa que negar aos mais pobres o direito de acesso a justiça, disse Dr. Luiz Antônio, Presidente da subseccional da OAB/ Petrolândia.

Na ocasião reuniu-se Advogados e lideranças municipais, como o vice-prefeito eleito Prefeito de Tacaratu nessa última eleição, Washington Ângelo, que garantiu apoio ao movimento.

Confira fotos da manifestação pacífica 









Blog de Assis Ramalho

Bolsonaro demite ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio


O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, foi demitido pelo presidente Jair Bolsonaro no início da tarde desta quarta-feira. Álvaro Antônio foi informado da decisão em reunião pouco depois das 14h, no Palácio do Planalto, que não consta na agenda do presidente. Minutos depois da saída de Álvaro Antônio, o presidente da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur), Gilson Machado, se reuniu com Bolsonaro e aceitou assumir o cargo de forma definitiva, segundo apurou o GLOBO.

Aliado de longa data do presidente, Machado foi questionado se assumiria o ministério ao chegar no Planalto, mas se limitou a acenar negativamente com o dedo indicador. Ele deixou o palácio sem falar com a imprensa, por volta das 15h45. A informação de que o titular do Turismo seria demitido hoje foi antecipada pelo colunista do GLOBO Lauro Jardim.

Esta é a primeira troca no Turismo desde o início do governo Bolsonaro. Marcelo Álvaro Antônio, que é deputado federal licenciado pelo PSL de Minas Gerais, era aliado do presidente desde os tempos da Câmara dos Deputados. Ele estava com o então candidato à Presidência no dia do atentado a faca contra Bolsonaro em um ato de campanha, em Juiz de Fora (MG).

A demissão ocorreu um dia depois de o ministro do Turismo usar um grupo de WhatsApp que reúne todos os ministros do governo federal para atacar o chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, responsável pela articulação política do Planalto. A briga foi confirmada ao GLOBO por três fontes, depois de ser revelado pela coluna Radar, da revista "Veja". Leia a íntegra da mensagem enviada por Álvaro Antônio.

Segundo um integrante do governo que leu as mensagens, Álvaro Antônio acusou Ramos de conspirar para tirá-lo do cargo junto a Bolsonaro. Nas palavras de outra fonte do Planalto, ele "entrou no pau" contra o ministro, irritado porque Ramos estaria negociando cargos com o centrão do Congresso, entre eles o próprio Ministério do Turismo.

O presidente Bolsonaro, por sua vez, teria se irritado ao ver a exposição de mais uma briga entre integrantes do governo. O ministro do Turismo então voltou ao grupo para se retratar com Ramos e colocar panos quentes na discussão, admitindo que se excedeu.

Enquanto estava no Planalto, Álvaro Antônio se encontrou com Ramos, seu desafeto, e os dois bateram boca. Testemunhas relataram ao GLOBO que o clima ficou "tenso" e houve "gritaria".

Há mais de um ano, em outubro de 2019, Álvaro Antônio foi indiciado pela Polícia Federal e denunciado pelo Ministério Público Eleitoral de Minas Gerais à Justiça por crimes relacionados à apresentação de candidaturas de fachada do PSL nas eleições de 2018.

O Globo

Polícia faz reconstituição de acidente com ônibus de AL em Minas Gerais


A Polícia Civil de Minas Gerais fez, na manhã desta quarta-feira (9), a reconstituição do acidente com ônibus de Alagoas que caiu de um viaduto no km 350 da BR-381, em João Monlevade, na Região Central de MG. Dezenove pessoas morreram e outras 27 ficaram feridas. O motorista que sobreviveu ao acidente participou e se emocionou. 

O objetivo da reconstituição é esclarecer os aspectos do desastre que fez o ônibus cair de uma altura de 35 metros. "São traçar alguns parâmetros e verificar juntamente com peritos criminais os argumentos que o motorista apresentou e fazer uma comparação do que o motorista falou e fazer uma comparação técnica", disse o delegado Paulo Tavares, responsável pelo inquérito.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) sinalizou a rodovia, na altura da "Ponte Torta", local da tragédia. O trânsito seguiu no sistema pare e siga enquanto durou a reconstituição.

O motorista que dirigia o ônibus no momento do acidente, Luiz Viana de Lima, chegou à reconstituição em uma viatura da Polícia Civil acompanhado de uma advogada.

Depois, Lima participou da reconstituição policial, e quando ficou no ponto da queda do veículo, ficou aparentemente emocionado.

A BR-381 foi liberada totalmente por volta das 13h.


Dada como morta em acidente em MG, jovem que saiu da Volta do Moxotó (Jatobá-PE), liga e acalma família: “Não morri”

Uma das passageiras do ônibus que caiu de um viaduto na BR-381, em Minas Gerais, a pernambucana Denise Maria do Nascimento, de 27 anos, havia sido dada como morta no local. Contudo, Denise está viva e se recuperando no hospital Santa Margarida, em João Monlevade (MG), segundo disseram parentes à imprensa.

Sua prima, Geyse Stencoff, contou que soube do acidente pela mãe e ficou desesperada. Horas depois, Denise ligou e tranquilizou a família. Sentada na traseira do ônibus, ela disse que viu o momento em que o veículo caiu e desmaiou logo depois.

"Só foi acordar já no hospital. Quebrou duas costelas, a clavícula e teve uma fratura na coluna. Mas, na medida do possível, está bem", disse Geyse. Denise saiu de Volta do Moxoró (PE) para visitar os irmãos e a mãe em São Paulo.

Em nota, o governo de Minas Gerais disse que uma primeira lista, feita logo após o acidente, apontava o total de 17 vítimas, número que passou para 18 horas após o acidente e foi corrigido novamente na terça-feira, com o levantamento de 19 vítimas. A nota ressalta que o governo "trabalha intensamente para repassar todas as informações disponíveis à imprensa e aos familiares, tendo por base o princípio da transparência" e acrescentou "A Sra Denise Maria do Nascimento encontra-se em recuperação no hospital Santa Margarida, em João Monlevade, e, infelizmente, Dimarães Rodrigues dos Santos e Lázaro Santos Barboza vieram a óbito em função ao acidente".

Por Gazeta Web

Ministério diz que país poderá ter vacinação em dezembro se a Pfizer conseguir autorização emergencial


O Ministério da Saúde disse nesta quarta-feira (9) que poderá haver vacinação contra a Covid-19 no Brasil ainda neste mês de dezembro, ou no início de janeiro de 2021, se a farmacêutica Pfizer conseguir uma autorização emergencial junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). De acordo com o ministério, o ministro Eduardo Pazuello afirmou que a vacinação em dezembro depende também de a empresa conseguir "adiantar" uma entrega de doses.

A vacinação em dezembro ou no início de janeiro, informou a pasta, seria em caráter emergencial e atenderia uma pequena quantidade de pessoas.

A vacina da Pfizer começou a ser aplicada no Reino Unido nesta terça-feira (8). No mesmo dia, o governo brasileiro anunciou termo de intenção para comprar 70 milhões de doses da empresa.

O anúncio refletiu uma mudança de postura, já que o governo antes havia dito que o país não tinha infraestrutura para armazenar as doses na temperatura exigida de 70º C negativos.

Também na terça, em reunião com governadores, Pazuello disse que a vacinação no Brasil começaria no fim de fevereiro.

O ministro deu a declaração ao comentar o trâmite do registro definitivo da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e o laboratório AstraZeneca. O Brasil tem acordo para 100 milhões de doses dessa vacina. Segundo Pazuello, o pedido de registro definitivo deverá chegar à Anvisa até o fim de dezembro, e a agência deve levar 60 dias para análise.

"Previsão de submeter à Anvisa [em dezembro]. Previsão de registro? Previsão de início no final de fevereiro. Então, se Deus quiser, com tudo pronto, nós iniciaremos a vacinação da AstraZeneca", disse Pazuello.

Vacinas

Antes de anunciar o acordo com a Pfizer, o governo federal tinha acertado compras de doses da vacina da AstraZeneca e do consórcio Covax, coordenado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A iniciativa do Covax prevê repasses de doses para os países signatários, à medida que os laboratórios obterem os registros. No Covax, o Brasil optou por 42,5 milhões de doses.

O governo do estado de São Paulo, por meio do Instituto Butantan, tem uma parceria com o laboratório Sinovac, da China, que produz a vacina Coronavac. O governador paulista, João Doria (PSDB), anunciou que pretende começar a vacinar a população do estado em janeiro.

Em outubro, Pazuello chegou a dizer que o governo federal também compraria a Coronavac, mas foi desautorizado pelo presidente Jair Bolsonaro. Doria e Bolsonaro são rivais políticos.

Na reunião com governadores na terça, Pazuello disse que "se houver demanda e houver preço" o governo vai comprar "a vacina do Butantan".

Autorização da Anvisa

A Anvisa é responsável por conceder os registros definitivos para que as vacinas possam ser aplicadas no Brasil. A agência pode também conceder autorização para aplicações emergenciais. Os pedidos precisam ser enviados à agência pelas empresas. Até agora, nenhum pedido chegou à Anvisa.


Uma lei aprovada na pandemia permite, entretanto, que uma vacina contra a Covid-19 seja usada no Brasil mesmo sem registro na Anvisa. Para isso, precisa ter sido aprovada por agências de outros países como a FDA, dos Estados Unidos.

A agência regulatória norte-americana atestou nesta semana a eficácia e a segurança da vacina da Pfizer.

Por G1 — Brasília

Dada como morta em acidente em MG, jovem que saiu da Volta do Moxotó (Jatobá-PE), liga e acalma família: “Não morri”

 

Uma das vítimas do gravíssimo acidente na BR-381, dada como morta pelas autoridades mineiras, tranquilizou a família ao ligar e informar que estava viva. Denise Maria do Nascimento, 27, foi uma das passageiras que estava dentro do ônibus que caiu no viaduto, em trecho conhecido como Ponte Torta. O nome da jovem estava nas listas iniciais, divulgadas pelas autoridades e repercutidas pela imprensa, dos óbitos confirmados.

A família de Denise ficou sabendo do acidente por volta das 16h de sexta-feira (4), ao ver a notícia na televisão. A prima dela, Geyse Stencoff, recebeu uma ligação da mãe perguntando detalhes sobre a tragédia envolvendo o ônibus da empresa Localima. “Eu respondi rapidamente que não estava sabendo e me desesperei. Logo já tentei avisar a mãe da Denise, minha tia”, relembra Geyse em entrevista ao BHAZ.

Em um primeiro momento, ninguém conseguiu falar com a mãe de Denise, Damiana do Nascimento. Ela estava trabalhando e, por isso, impossibilitada de mexer no celular. Enquanto isso, a família estava desesperada para receber mais notícias da parente acidentada, que tinha saído sozinha de Volta do Moxotó, em Jatobá, no Pernambuco, para visitar a mãe e os irmãos em São Paulo.

Naquele momento, nenhuma lista com nomes tinha sido divulgada, mas Geyse e os parentes já começaram a pensar no pior – e receberam informações não oficiais que já colocavam Denise entre os óbitos. “Devido à demora, ela foi dada como morta. Falaram que estava presa entre às ferragens e não resistiu”, conta Geyse.

Chamada tranquilizadora

Denise quebrou duas costelas, a clavícula e teve fratura na colunaFOTO: REPRODUÇÃO/REDES SOCIAIS

Após algumas horas, Denise conseguiu pedir um celular à equipe médica do hospital João 23 e acalmou a mãe e toda a família. Ela contou que estava sentada na parte traseira do ônibus e chegou a ver que o veículo cairia da ponte, de uma altura de aproximadamente 30 metros. A partir desse momento, desmaiou. “E só foi acordar já no hospital. Quebrou duas costelas, a clavícula e teve uma fratura na coluna. Mas, na medida do possível, está bem”, afirma a prima, que conversou hoje com Denise.


Denise está internada em Belo Horizonte enquanto se recupera e aguarda cirurgia (Geyse Stencoff/Arquivo pessoal)

No fim de semana, Geyse ainda se assustou ao ver o nome da prima entre os mortos do grave acidente. Como já tinha feito contato e sabia que a parente estava viva, o susto foi comedido. “Quando soube do acidente, foi um nervosismo enorme. Eu viajei nesse mesmo ônibus há 15 dias. Mas, ao saber que minha prima está viva, foi um alívio muito grande”.

Damiana, que mora em São Paulo, pegou o primeiro ônibus possível rumo à capital mineira. No domingo, chegou a BH para fazer companhia à filha. Denise continua internada no maior hospital público de Minas. Ela ainda aguarda avaliação médica para, em seguida, passar por cirurgia na coluna.

Correção
Procurado pela reportagem, o Governo de Minas informou que uma lista inicial foi feita logo no momento do acidente. Os números foram atualizados e corrigidos logo na sequência. “O governo trabalha intensamente para repassar todas as informações disponíveis à imprensa e aos familiares, tendo por base o princípio da transparência. Corrigimos as informações iniciais sendo um total de 19 vítimas fatais”, disse, por nota (leia na íntegra abaixo).



Tragédia na BR-381
Acidente – O veículo da empresa Localima Turismo saiu do povoado de Santa Cruz do Deserto, em Mata Grande, Alagoas, às 9h da manhã da quinta-feira (3), em direção a São Paulo. Após uma falha mecânica, o ônibus caiu do local conhecido como Ponte Torta, de uma altura de 35 metros.

Segundo informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e dos bombeiros, o veículo teria saído da pista ao passar pela Ponte Torta, sobre o rio Piracicaba. Várias ambulâncias foram enviadas para resgatar as vítimas, mas enfrentam dificuldades para receber suporte. Isso porque a rede médica da região não tem capacidade para prestar suporte à quantidade de vítimas e à gravidade dos atendimentos.

Motorista e passageiros saltam – O motorista que dirigia o ônibus percebeu que o freio do veículo havia falhado e gritou para que os passageiros pulassem, momentos antes da queda. A informação foi passada por um passageiro, de cerca de 34 anos, que sobreviveu ao se jogar do veículo. “O ônibus começou a dar falha, já vinha em alta velocidade, bateu em outro, e já percebi que tinha algo errado. Fiquei em posição de movimento, e falei: ‘acho que aconteceu alguma coisa’”, contou Cícero, o passageiro sobrevivente, ao repórter Bell Silva, do jornal local O Popular.

Vídeo dentro do ônibus – Poucas horas antes do ônibus despencar de uma ponte na BR-381, na sexta-feira (4), uma das vítimas do acidente gravou um vídeo para tranquilizar a família. Clemilton Santos Nascimento chegou a ser socorrido e levado ao hospital Margarida, em João Monlevade, na região Central de Minas, mas não resistiu e morreu.

Familiares da vítima contaram ao portal alagoense Ítalo Timóteo que, por volta das 12h, Clemilton enviou um vídeo do ônibus, com uma música tocando no fundo, e garantiu em uma mensagem: “A viagem está tranquila”. Ele ainda explicou à família que os homens estavam viajando na parte de trás do veículo, e as mulheres na frente.

Apelo – Uma das sobreviventes do acidente de ônibus na BR-381, que deixou 19 mortos conforme a última atualização das autoridades no domingo (6), fez um apelo ao motorista do veículo. O condutor fugiu do local e não tinha sido encontrado. Ele, assim como a autora do apelo, Luana Costa, conseguiu pular do ônibus antes que ele caísse do viaduto conhecido como Ponte Torta, mas acabou perdendo o irmão no acidente.

“Eu gostaria de pedir pra você, motorista, que compareça, dê um esclarecimento do que aconteceu porque não é fácil pra gente, você perdeu um amigo também nessa tragédia. Apareça pra dar uma explicação pra gente e pra polícia também”, pediu a jovem, em entrevista à TV Globo.

Motorista se apresenta – Três dias após o gravíssimo acidente na BR-381, onde um ônibus despencou de uma ponte, o motorista do veículo se apresentou às autoridades. O condutor pulou do coletivo antes que o mesmo caísse do viaduto conhecido como Ponte Torta e, desde então, estava desaparecido. Na tarde de segunda-feira (7), ele se apresentou à Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) para prestar o depoimento.

“A PCMG informa que começou, agora, o depoimento do motorista que supostamente dirigia o ônibus segundos antes da queda. Até o momento, 16 pessoas foram ouvidas no inquérito que investiga as causas do acidente que matou 19 pessoas na BR 381, em João Monlevade”, afirmou, por nota, a corporação às 15h.

Depoimento – O motorista que dirigia o ônibus envolvido no gravíssimo acidente na BR-381 prestou depoimento à Polícia Civil por cerca de três horas. O homem de 47 anos chorou o tempo todo e justificou ter fugido por medo. Uma mulher, filha da representante legal da empresa do ônibus, também foi ouvida ontem e acabou passando mal. Os trabalhos de investigação continuam.

“O motorista se apresentou voluntariamente com um advogado. Muitas partes do depoimento a gente não pode revelar. Ele apresentou várias versões do fato e colaborou da melhor formar possível com a investigação. Não deixou de dar nenhuma resposta, prestou os esclarecimentos e chorou o tempo todo”, informou o delegado regional Paulo Tavares.

Mortos no acidente
Cícero Jeferson Andrade da Silva
Clemilton Santos Nascimento
Cícero Oliveira Lima
Caio Lucas Santos
Dimarões Rodrigues dos Santos
Eva Maria dos Santos
Amanda Lima Rodrigues
Izabel Cristina Melo Lima
Ednaldo do Nascimento Correia
Josefa Grasiela Ferreira
Elias Vieira Batalha, 59 anos
Maria Silma da Silva Batalha, 56 anos
José Ricardo da Silva, 35 anos
Lázaro Santos Barbosa, 15 anos
Marcondes Teixeira Lima, 25 anos
Manoel José da Silva, 63 anos
Joelson Queiroz dos Santos, 34 anos
José Roberto Santos da Silva, 26 anos
Maria Luiza Oliveira, 59 anos

Nota do Governo de Minas na íntegra

“Uma lista inicial, feita no momento do acidente, contabilizava 17 vítimas fatais. Horas após o acidente, foram atualizadas as informações, tendo 18 vítimas fatais. O Governo trabalha intensamente para repassar todas as informações disponíveis à imprensa e aos familiares, tendo por base o princípio da transparência. Corrigimos as informações iniciais sendo um total de 19 vítimas fatais. A Sra Denise Maria do Nascimento encontra-se em recuperação no hospital Santa Margarida, em João Monlevade, e, infelizmente, Dimarães Rodrigues dos Santos e Lázaro Santos Barboza vieram a óbito em função ao acidente”.

Blog de Assis Ramalho
Por REDAÇÃO - PA4.COM.BR com (bhaz.com.br)

Boletim desta quarta (09/12): Pernambuco totaliza 193.530 casos e 9,2 mil mortes por Covid-19 após confirmar mais 1.133 infectados e 14 óbitos


Pernambuco confirmou, nesta quarta-feira (9), 1.133 casos e 14 mortes por Covid-19. Com esse acréscimo, o estado passou a contabilizar 193.530 pessoas que receberam confirmação da doença e 9.200 mortes causadas pelo novo coronavírus, números que começaram a ser registrados em 12 de março.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), 39 dos casos confirmados nesta quarta-feira (9) são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Outras 1.094 pessoas foram diagnosticadas com quadro leve da Covid-19. Com isso, o estado totalizou 28.386 casos graves e 165.144 quadros leves da doença.

Os 14 óbitos causados pelo novo coronavírus e registrados nesta quarta-feira (9) pela SES ocorreram entre o dia 3 de novembro e a segunda-feira (7). Outros detalhes epidemiológicos devem ser divulgados pelo governo do estado até o fim do dia.

Por G1 PE

Petrolândia: Ortopedista Dr. Érico Herbert atende na Policlínica todas as quartas (14h) e sextas-feiras (8h). agende a sua consulta

 

A Policlínica de Petrolândia, situada na Av. Auspício Valgueiro Barros, 62 - Centro, em frente ao CAT dos Bombeiros (antigo escritório da Celpe), informa que Dr. Érico Herbert, ortopedista tende todas as quartas-feiras (a partir das 14h:00) e sextas-feiras (a partir das 8h:00)..

Agende sua consulta pelos números (87) 3851-2497 ou 99618-8877.



Blog de Assis Ramalho
Informação: Policlínica

Petrolândia: Blog de Assis Ramalho parabeniza os aniversariantes amigos do Facebook desta quarta-feira, 09 de dezembro; veja lista


Mudam de idade hoje (quarta-feira 09 de dezembro/2020) e queremos aqui dedicar este dia especial a Cimone Araujo , Jerry Sousa, únior Arcanjo, Maria Anderlaine, Aldenice Santos(Deny), Higor Lisboa , Amauri Silvio e  Henrique Soares

Veja abaixo fotos de aniversariantes de hoje que compõe o Grupo dos 5 mil amigos de Facebook do Blog de Assis Ramalho

Cimone Araujo - Petrolândia 


Jerry Sousa - Natural de Conceição (PB) mora em Petrolândia


Aldenice Santos(Deny) - Petrolândia



Higor Lisboa - São Paulo


Amauri Silvio - Petrolândia



Henrique Soares

Parabéns, que possam ter muitos anos de vida, abençoados e felizes, e que estes dias futuros sejam todos de harmonia, paz e desejos realizados.Votos do Blog de Assis Ramalho e da Web Rádio Petrolândia

Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Divulgação/ Facebook

Petrolândia: Vende-se Frango Caipirão acima de 2,5 kg abatido; pronta entrega

 


Petrolândia-PE: Vende-se Frango CAIPIRÃO abatido - Peso acima de 2,5 kg.

Entrega em domicílio.

Tel: (087) 99637-2100
MATEUS
.

Da Redação do Blog de Assis Ramalho

COVID-19 - Confira Boletim Epidemiológico de terça-feira (08/12) dos municípios de Floresta e Belém do São Francisco

Cidade de Floresta (PE) – foto reprodução internet



Prefeitura de Floresta/PE

 Boletim Epidemiológico 08/12.

Os bairros com casos confirmados são:
- Zona rural 51
- DNER 31
- Centro 161
- Santa Rosa 80
- AABB 03
- Caetano II 63
- Caetano I 26
- Caraibeiras 39
- Cohab 31
- Três Marias 02
- Ermida 01.

Prefeitura Municipal de Floresta.


Belém do São Francisco

Boletim COVID- 19: confira os dados atualizados de Belém do São Francisco.

Nesta Terça-feira (08) a Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Saúde registra um novo caso CONFIRMADO da Covid-19 e DESCARTA doze casos, por meio da realização de Testes Rápidos e Método Swab. 

O caso CONFIRMADO trata-se de uma paciente do sexo feminino, com 33 anos de idade. Encontra-se em isolamento domiciliar e monitorada pela Secretaria Municipal de Saúde. 


Confira os dados epidemiológicos por Unidade Básica de Saúde (UBS).

Da Redação do Blog de Assis Ramalho

Petrolândia: Sobe para nove o número de contaminados pelo coronavírus. Confira o Boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde nesta terça (08/12)

 

Petrolândia - Foto: Pablo Silva

Com 9 pacientes contaminados pelo novo coronavírus, oito em isolamento domiciliar e um em internamento, o município de Petrolândia voltou a registrar casos de Covid-19, conforme boletim informativo da prefeitura divulgado nesta terça-feira, 08 de dezembro de 2020. (veja boletim abaixo).

A cidade tem 35 casos suspeitos, 449 casos confirmados, 430 recuperados e 843 descartados. Foram registrados 10 óbitos por Covid-19, desde o início da pandemia do novo coronavírus.

Confira abaixo o Boletim epidemiológico atualizado e os casos ativos por localidades.


ATENÇÃO!
A Secretaria de Saúde reforça que a população deve continuar mantendo o isolamento e distanciamento social. Se puder fique em casa, se precisar sair, use máscara


Para efeito de comparação, veja o boletim anterior, divulgado em 07 de dezembo


Redação do Blog de Assis Ramalho

Petrolândia: Curso de vendas no Senac encerra com sucesso com a maior participação de empresas. Confira!


No último dia 08/12/2020 ficou registrado na história da cidade de Petrolândia o encerramento do curso intensivo de vendas promovido pelo Senac na cidade de Petrolândia. O curso capacitou 18 alunos inscritos, com durabilidade de dois meses, numa carga horária total de 160 horas nas tardes no centro cultural. 

Cada participante aprendeu as ferramentas de como desenvolver uma visão estratégica na área comercial, permitindo analisar as alternativas diferenciadas de atuação na área de vendas. Entre os pontos mais marcantes estão: analisar o tamanho e o potencial do mercado consumidor; realizar previsões de venda; estabelecer objetivos e metas e propor indicadores de desempenho nas estratégias de atendimento.

O instrutor do curso de vendas Senac, Fernando Cruz, também consultor de marketing e tutor presencial do curso de administração das faculdades Ead Unopar e Uniasselvi, convidou os participantes para integrar conhecimento, firmar parcerias, negociar e até mesmo contratar alunos.

Entre os convidados que puderam se apresentar foram: Carol Costa fisioterapeuta; o artista e vendedor Luciano Olyver representante comercial da Heineken Brasil; Geison llgner com sua formação em engenharia da produção destacando a cervejaria artesanal Barba Verde; os advogados, Diana Soares, destacando a ética; Silvano Rodrigues mencionando direito do consumidor e Gustavo Baldi esclarecendo dúvidas a cerca do direito.

Também se apresentaram: Taty Mendes empreendedora do ramo de modas, onde a mesma desenvolveu uma linha de beachwear pensada na história, cultura e turismo de Petrolândia; gestor Marcelo, junto a Deyviane do departamento de Marketing e Wilson do departamento financeiro; Diego Neri Gois, gerente do Parque das Pedras.

Na oportunidade, os alunos puderam compreender a história e experiência de Edjane e Simone da Loja D'Leles; Thaisa Cruz do instituto Harmonizze; Nívea da empresa Florena; Wniedia Nascimento Coach ritbox; Josivaldo da Kidecor; Yasmim Lopes maquiadora na modalidade artística; Rubinara Santana dentista; Jorge Monteiro do curso de inglês; conhecendo os trabalhos de Emilton Couto Coach, Quitéria Couto studio Hair e Studio_grecy_arrais.

E realizaram as visitas técnicas na franquia do O Boticário sendo recepcionado por Angélica e Maria; Ayslanda no Best Shake; Erisvaldo do catamarã Costa do velho Chico; Aline na loja estrela e conhecendo o Hostil de Clébio Monteiro bem como na faculdade Uniasselvi. 

Os alunos pertenciam ao ramo de vendas sendo e pertencentes ou funcionários nas funções da área comercial das empresas como Forever Lis, Tico Vidros, Senhorinha Gás, mercadinhos, Dona Lu, vendas de cosméticos, operadores de caixa, vendas personalizadas como enxoval, panificadora Doce Pães e vendas de cursos.

Por isso, a qualificação do curso registra maior participação de empresas locais e estima-se melhor aproveitamento do currículo de aprendizagem dos alunos certificados. Fernando Cruz o instrutor agradece as todos pelo envolvimento e acredita que novos cursos tenham mais participação de outros cursos no ano de 2021.

Blog de Assis Ramalho
Por: Fernando Cruz - Professor e Consultor de Marketing

Contagem regressiva! Central de Adubos celebra 10 anos com 10 carros em prêmios de promoção. Primeiro sorteio acontecerá na filial de Petrolândia (PE) dia 19 de dezembro; Compre e participe!

 

O primeiro sorteio (1 automóvel Renault Kwid) acontecerá na filial da empresa em Petrolândia-PE, no dia 19 de dezembro (Foto: Assis Ramalho/BlogAR




A Central de Adubos - a maior loja do Vale do São Francisco - completa 10 anos de atividades e, como maior loja de produtos agropecuários do Vale São Francisco, a comemoração vai ser grandiosa. Os clientes das lojas Central de Adubos vão concorrer a 10 veículos (confira o regulamento nas lojas).
É a maior promoção da história da Central de Adubos. Compre os melhores produtos pelos menores preços e ganhe cupons para concorrer ao sorteio de 09 automóveis Renault Kwid e 01 picape Toyota Hilux. Promoção assim é show, papai! E só Central de Adubos faz.A Central de Adubos está presente com 7 lojas, nas cidades de Petrolina e Petrolândia, em Pernambuco, Juazeiro, João Dourado e Irecê, na Bahia, e em Itabaiana, Sergipe.

Considerada multi-especialista do campo, especializada em Adubos, Implementos, Defensivos Agrícolas, Material para Irrigação entre outros, a Central de Adubos apresenta aos seus clientes a maior variedade de produtos, são mais de 80 mil itens divididos em diversos departamentos.

DATAS DOS SORTEIOS

A Central de Adubos informa as datas dos sorteios da campanha de prêmios 2020, em comemoração aos 10 anos da maior empresa de produtos agropecuários do Vale do São Francisco.
O primeiro sorteio acontecerá na filial da empresa em Petrolândia-PE, no dia 19 de dezembro, quando os clientes da Central de Adubos Petrolândia vão concorrer a 01 automóvel zero km.

Confira todas as datas dos sorteios, abaixo:

• 1º Sorteio) 19/12/2020

• 2º Sorteio) 26/12/2020

• 3º Sorteio) 09/01/2021

• 4º Sorteio) 30/01/2021

Continue a comprar e concorra a veículos zero km! Central de Adubos é show, papai!

Redação do Blog de Assis Ramalho
Com informações da Central de Adubos Filial Petrolândia
Blog de Assis Ramalho



É HOJE! Subseccional de Petrolândia convida advogados da região para participar das manifestações pacíficas que irão ocorrer nesta quarta em frente aos fóruns de Inajá e Tacaratu

 

A readequação do sistema judiciário estadual previsto pelo TJPE, da forma como foi apresentado, implicaria no fechamento de 43 comarcas em todo o estado. O que traria sérios prejuízos à sociedade, dificultando, ainda mais, o acesso à justiça pela população.

A OAB/PE vem empreendendo esforços para evitar que isso aconteça.

Então, a fim de fortalecer essas ações, a Subseccional de Petrolândia convida a todos, advogadas e advogados da região, para participar das manifestações pacíficas que irão ocorrer na próxima quarta-feira, 09/12, às 09h, em frente aos fóruns de Inajá e Tacaratu, que estão ameaçados de fechamento.

Contamos com o apoio de todas e todos.

Luiz Antônio Justo da SilvaPresidente da Subsecção da OAB sediada em Petrolândia

Jovem de 16 anos morre vítima da Covid-19 no interior do Paraná: 'Era cheia de sonhos', diz mãe

Giovana Campiotto tinha 16 anos e sonhava em ser policial federal — Foto: Arquivo pessoal

Uma jovem de 16 anos morreu vítima da Covid-19 em Marilândia do Sul, no norte do Paraná, na segunda-feira (7). Giovana Campiotto testou positivo para a doença em novembro e teve uma piora rápida no estado de saúde, segundo a família.

A mãe de Giovana, Terezinha Campioto, contou que a filha já tinha passado pelo período de isolamento, mas continuava em tratamento por causa das sequelas deixadas pela doença.

Terezinha disse que toda a família testou positivo para a Covid-19. Após o diagnóstico, Giovana chegou a procurar atendimento médico algumas vezes, mas não precisou ficar internada.

Na noite de segunda-feira, enquanto estava em casa, a jovem começou a passar mal. Segundo a família, Giovana foi levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas morreu momentos depois.

"Muito rapidamente ela teve uma piora momentânea, sem tempo de nada. Essa doença é muito traiçoeira. Ela leva muito rápido", contou a mãe da jovem.

O corpo de Giovana foi sepultado nesta terça-feira (8). Amigos e familiares fizeram homenagens para a jovem em redes sociais.

Sonhos

Aos 16 anos, Giovana estava no segundo ano do Ensino Médio e matriculada em um colégio de Apucarana, na região norte.

A mãe da jovem conta que a adolescente tinha o sonho de cursar Direito e se tornar policial federal.

"Era o sonho dela tentar essa carreira. Desde muito criança, era o foco da vida dela. Ela era estudiosa, cheia de sonhos. Era uma neta exemplar, amada por toda a família. Era incrível", disse.

Terezinha contou ainda que a filha era saudável, tendo apenas um problema de nascença no fígado. No entanto, a mãe acredita que esse problema não influenciou no agravamento da Covid-19.

"Eu tenho na família pessoas idosas, com doença pulmonar, que passaram pela doença. Ela era a bebê da turma, que não teria problema pela lógica. Família é o que a gente mais ama, e o que a gente pode fazer é se cuidar para não passar por essa dor infinita."

Por Wesley Bischoff, G1 PR