Web Radio Petrolândia

domingo, 6 de abril de 2014

Resumo da semana 30/03 a 05/04/2014: Notícias de Petrolândia e região


Neste domingo (06), o Blog de Assis Ramalho divulga as notícias de Petrolândia e região em destaque na semana anterior, período entre 30 de março a 05 de abril de 2014. Para ler, clique na manchete.

Foto da semana
Praia do Sobrado (Petrolândia-PE): o paraíso ameaçado pelo lixo e pela redução no volume das águas do São Francisco (Foto: Lúcia Xavier)

Domingo (30)

Segunda-feira (31)

Terça-feira (1º)

O “hominicídio” nuclear


Nos 35 anos (28 de março de 1979) desde a explosão e fusão na Three Mile Island, houve um caloroso debate sobre se provocou a morte de seres humanos. Em 1986 e 2011, Chernobyl se somaram à discussão. Cada vez que ocorrem estes desastres há quem diga que os trabalhadores, moradores e contingentes militares expostos à radiação estão bem.

A reportagem é de Harvey Wasserman e publicada no sítio Truth Dig, 01-04-2014. Wasserman é o editor do Nukefree.org e é o autor do livro Solartopia! Our Green-Powered Earth. A tradução é de André Langer, a partir da versão espanhola, publicada no sítio Rebelión.

Evidentemente, nós sabemos isso melhor. Nós, os seres humanos, não pulamos num tanque com água fervente. Não estamos contentes quando os membros da nossa espécie começam a morrer ao nosso redor. Mas, as novas e aterradoras descobertas científicas nos obrigaram a considerar uma realidade maior: o dano que a contaminação nuclear pode provocar a todo o ecossistema global.

Quando se trata de nossos sistemas de apoio mais amplos, a indústria corporativa da energia conta com que nós toleraremos a radiação de nossos semelhantes, dos quais dependemos, e com que permaneceremos adormecidos até que seja muito tarde para dar marcha à ré.

Um exemplo claro é um novo relatório do Smithsonian sobre Chernobyl, um dos documentos mais terríveis da era atômica.

Escrito por Rachel Nuwer, “As florestas dos arredores de Chernobyl não evoluem adequadamente”, cita recentes estudos de campo que mostram que o ciclo normal de decomposição da vegetação morta no solo foi interrompido pela contaminação radioativa causada pela explosão do reator. “Os agentes de decomposição – organismos como micróbios, fungos e alguns tipos de insetos que aceleram o processo – também sofreram devido à contaminação”, escreve Nuwer. “Essas criaturas são responsáveis por um componente essencial de qualquer ecossistema: a reciclagem da matéria orgânica do solo”.

Dito com outras palavras, os microorganismos que formam o núcleo ativo do nosso ciclo biológico e ecológico aparentemente se esgotaram deixando troncos mortos, folhas, dejetos e outra vegetação sobre o solo misteriosamente inteiros, essencialmente num estado de mumificação.

Câmara pode votar política de esterilização de cães e gatos


O Projeto de Lei (PL) 1.376/03 voltado para o controle de natalidade de cães e gatos pode ser votado nesta semana na Câmara dos Deputados. A iniciativa propõe, em vez do extermínio, a esterilização de cães e gatos como forma de controlar a população desses bichos. O projeto faz parte da pauta de votações do esforço concentrado que a Câmara realizará, de amanhã (7) até quinta-feira (10) da próxima semana.

A iniciativa, de autoria do ex-deputado Affonso Camargo (PSDB-PR), cria uma política de controle de natalidade de cães e gatos e já havia sido aprovado pela Câmara em 2004. No entanto, como sofreu alterações no Senado retornou à Câmara para análise dos deputados.

De acordo com o projeto, o controle da natalidade de cães e gatos no país será feito exclusivamente com o emprego da esterilização cirúrgica e levará em conta estudo das localidades ou regiões que apontem para a necessidade de atendimento prioritário, a quantidade de animais na localidade, bem como será dado tratamento prioritário aos animais pertencentes ou localizados junto às comunidades de baixa renda.

Francisco dissemina canonização sem milagre


Consumada como ato administrativo, a canonização de José de Anchieta (1534-1597) reverberou no edifício católico: mais um beato chega à santidade sem a comprovação de milagres, por decisão pontifícia. Ou seja, assim quer Francisco. Na última quinta-feira, o papa despachou com o cardeal Angelo Amato, responsável pela Congregação para as Causas dos Santos, e, entre um expediente e outro, assinou o decreto conferindo novo status ao "Apóstolo do Brasil". Fez uma canonização por equivalência que, como explicaria Amato, "introduz o santo no culto universal, com ofício divino e missa em sua honra, mas sem sentença formal definitiva".

A reportagem é de Laura Greenhalgh, publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo, 06-04-2014.

Anchieta disparou na estreita pista para a santidade só no ano passado, embora o clamor pela canonização tenha surgido logo após sua morte, no século XVI. Num café da manhã na Casa de Santa Marta, onde o papa Francisco mora em Roma, d. Raymundo Damasceno, arcebispo de Aparecida e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), pediu atenção especial da parte do pontífice para a canonização do beato. Falou da obra missionária do jesuíta nascido nas Ilhas Canárias, que chegou jovem ao Brasil com os primeiros colonizadores.Francisco ouviu com atenção e prometeu acompanhar de perto o processo canônico deste seu irmão de ordem.

Pouco depois, o cardeal Amato chamaria os postuladores da causa de Anchieta para lhes dizer: "Sua Santidade quer responder positivamente ao pedido de Raymundo". Foi a senha: o caminho para a santidade estava liberado. "E então veio o toque fundamental. O cardeal disse que deveríamos postular em caminho diferente do que vinha sendo feito há quatro séculos. Que não deveríamos perder mais tempo com milagres, partindo para a canonização equivalente, cujos requisitos são distintos", explica de Roma o vice-postulador de Anchieta, padre César Augusto dos Santos.

Frases do dia 06/04/2014: Coletânea IHU On-Line

SUS e as operadoras

“A doutora Dilma indicou para uma diretoria da Agência Nacional de Saúde o doutor José Carlos Abrahão. Ele é um sincero adversário das normas legais que obrigam as operadoras a ressarcir o SUS quando seus clientes são atendidos pela rede pública. Pelo cheiro da brilhantina, se algum dia vierem a cobrá-la por essa indicação, poderá dizer que se baseou em "informações incompletas" ou num parecer "técnica e juridicamente falho", como no caso da refinaria de Pasadena” – Elio Gaspari, jornalista – Correio do Povo, 06-04-2014.

Velha Petrolândia, uma saudade que não passa

Igreja de São Francisco
Grupo Escolar Maria Cavalcante Nunes - Aliança -

Bomba d'água que abastecia a cidade

Posse de vereadores

Neste domingão, 06 de abril de 2014, o Blog de Assis Ramalho vai no fundo do Baú, e mostra cinco fotos para nos lembrar da nossa saudosa velha Petrolândia, hoje submersa as águas do Rio São Francisco.

Redação do Blog de Assis Ramalho
Fonte: Petrolândia ontem, hoje e sempre

Notícias relacionadas: (Clique para ver e relembrar dos velhos e bons tempos, que jamais serão esquecidos por nós petrolandenses, que amamos essa doce terra abençoada po Deus.

>Velha Petrolândia, uma saudade que não passa
>Velha Petrolândia, uma saudade que não passa
>Velha Petrolândia, uma saudade que não passa
>Velha Petrolândia, uma saudade que não passa
>Velha Petrolândia, uma saudade que não passa
>Velha Petrolândia, uma saudade que não passa
>Velha Petrolândia, uma saudade que não passa
>Velhos carnavais da velha Petrolândia, uma saudade que não passa
>Velha Petrolândia, uma saudade que não passa
>Velha Petrolândia; uma saudade que não passa
>Velha Petrolândia, uma saudade que não passa

Charges do dia: É preciso rir pra não chorar


Dois apostadores acertam Mega-Sena e vão dividir prêmio de R$ 50 milhões; confira demais loterias da Caixa realizada neste sábado(05)


Dois apostadores acertaram as dezenas da Mega-Sena sorteadas neste sábado e vão dividir o prêmio de R$ 50 milhões. Um sortudo é de Uberlândia (MG) e outro de São Paulo (SP). Cada um vai levar R$ 25.541.942,10.

Os números sorteados hoje foram: 23 - 29 - 32 - 36 - 45 - 49.

Ao todo, 353 apostadores acertaram a Quina e faturaram R$ 15.601,86 cada. Outros 21.216 apostadores acertaram quatro números (Quadra) e levam R$ 370,84. O valor acumulado no sorteio foi R$ 19.373.490,99, segundo a Caixa.

Confira resultado das demais loterias da Caixa realizada neste sábado(05):

Quina (Concurso 3458):
10 24 52 71 77

Timemania (Concurso 559):
09 10 13 19 32 51 60

Lotomania (Concurso 1441):
06 12 13 16 18
19 20 27 31 41
42 48 49 61 69
78 86 90 93 96

Loteria Federal (Concurso 04855): confira os resultados

>Veja os últimos resultados


UOL