terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Prefeito de Tacaratu nega que Kleber Carlos tenha mudado de lado

Dadau: Prefeito de Tacaratu
De acordo como este blog já tinha adiantado hoje pela parte da manhã, o Prefeito de Tacaratu, Dadau, informa que não é verdade que o ex- Prefeito Kleber Carlos tenha mudado de lado, para passar a apoiar o canditato de oposição, Gerson.'' O ex-Prefeito Kleber Carlos(PR)continua sendo nosso aliado, e possível candidato as proximas eleições, ou então apoiará o nosso correligionário Eydinho(PR). Quanto aos empresarios Nivaldo e Manoel Pedrosa, como sempre, continuam nossos aliados, e apoiarão o candidato indicado por este Prefeito Dadau'' disse.
O Blog de Assis Ramalho, em breve irá fazer entrevista exclusiva com o Prefeito Dadau Azevedo. Aguardem.

Prefeitura de Jatobá inaugura praça no Distrito da Volta do Moxotó


A Prefeitura Municipal de Jatobá em nome do Prefeito João Gomes de Araújo entregou uma praça pública na localidade da Volta do Moxotó na ultima sexta-feira(24), logo após a novena de padroeiro daquela localidade.
Atendendo a solicitação da comunidade da Volta do Moxotó, o prefeito João Gomes, através de sua secretaria de Infraestrutura construiu uma Praça Pública em frente à Escola Municipal Maria Quitéria, onde foram investidos mais R$ 106 mil em recursos próprios.
A praça recebeu piso antiderrapante, conjunto de mesas com bancos em alvenaria, parquinho infantil, iluminação moderna e grama, dando um novo aspecto à localidade, sendo agora o ponto de encontro dos que residem no lugar.
Para o prefeito João Gomes, o momento é de celebração. "Encontramos aqui uma situação muito complicada, sendo uma reinvindicação antiga do pessoal desta localidade. Hoje, estamos entregando a praça, com todos os equipamentos. Agora é papel de cada um preservá-la. Apesar de sabermos que essa obra é importante, a maior de todas as obras é devolver o sentimento de orgulho de ser Jatobaense, com obras que servem melhorar as condições de vidade toda a comunidade", disse.
Com a Praça Pública entregue a população, o prefeito João Gomes já anunciou mais uma serie de inaugurações para serem feitas em todo o município, entre eles, o calçamento de 22 ruas e a quadra poliesportiva do povoado do Caldeirão, gerando inúmeros benefícios a toda a população.

Disse-me-disse da política de Tacaratu

Dadau, prefeito de Tacaratu
Morador da cidade de Tacaratu, Leônidas, entrou em contato com o Blog de Assis Ramalho para afirmar que não é verdade que o ex-prefeito Kleber Carlos tenha declarado apoio ao candidato da oposição, Gerson. Ainda segundo Leônidas, ele conversou nesta terça-feira, por telefone, com o prefeito Dadau, que prometeu esclarecer em breve esse mal entendido que ele chamou de ''boato".
O blog aguarda seu pronunciamento.

José Pimentel dirige espetáculo sobre Lampião em Serra Talhada

 
 Em 2012, o ator resolveu encarar um novo desafio. Dirigir uma peça teatral chamada “O Massacre de Angicos”, no município de Serra Talhada.
A estreia está prevista para acontecer no dia 19 de julho, na Estação do Forró. Para isso, o diretor já está no município de Serra Talhada para treinar e preparar os atores que vão fazer parte dessa nova empreitada.
O ator, que já interpretou Jesus por diversas vezes, na Paixão de Cristo, agora tem um novo objetivo nas mãos.
O desfaio é contar a história do cangaceiro Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, que percorreu os sertões do nordeste brasileiro, e morreu em Angicos (na fronteira entre Sergipe e Alagoas).
Depois da morte de Virgulino, o estado passou a negociar a rendição de outros cangaceiros importantes, como Zé Sereno.
“Em Angicos, Lampião reuniu vários subgrupos como os liderados por Zé Sereno e Ângelo Roque (Labareda). O cangaceiro Corisco atravessava o rio São Francisco para encontrar com Lampião, quando ouviu alguns tiros que estavam sendo disparados durante o ataque do Capitão João Bezerra à fazenda em que se encontrava o grupo do Rei do Cangaço, composto por 58 bandidos”, diz o ator.
“Muitos cangaceiros conseguiram escapar, mas 11 foram mortos e decapitados. As cabeças cortadas serviam para mostrar que Lampião realmente havia sido eliminado, já que em outras oportunidades falsas notícias da morte do líder do cangaço foram espalhadas. Este fato chegou a ser notícia nos EUA, onde a Time Magazine publicou um pequeno texto sobre a morte de Lampião. Após a morte de Lampião, Corisco assumiu o posto de vingador”.

Da redação do Blog de Assis Ramalho
Fonte: Blog do Jamildo

Luiz Gonzaga e Zé Dantas; Uma parceria que deu certo.

Nesta segunda feira 27, vivo, Zé Dantas teria completado 91 anos
. A homenagem do Blog de Assis Ramalho a este Pernambucano que sem duvida foi um dos maiores compositores e Poeta de todos os tempos, e que junto com Luiz Gonzaga fizeram uma série de musicas imortais.


José de Souza Dantas Filho — ou simplesmente Zé Dantas — (nasceu em 27/02/1921 e viajou fora do combinado11/03/1962) foi um compositor, poeta e folclorista fundamental para a fixação do baião como gênero de sucesso. Isso se deu graças às suas parcerias com Luiz Gonzaga a partir de 1950, quando este se separou do parceiro inicial, Humberto Teixeira. Mas em 1938 Zé já compunha suas primeiras músicas e escrevia crônicas sobre folclore para uma revista pernambucana. Foi em 1949 que conheceu Gonzagão e a partir do ano seguinte iniciaram uma profícua série de sucessos imortais assinados a quatro mãos, como "Vem Morena", "A Dança da Moda", "Riacho do Navio", "Vozes da Seca", "A Volta da Asa Branca", "Imbalança", "ABC do Sertão", "Algodão", "Cintura Fina" e "Forró de Mané Vito". O grupo vocal Quatro Ases e Um Coringa também obteve grande sucesso com "Derramaro o Gai", depois também imortalizada pelo Rei do Baião. Em 1951, compuseram mais um clássico, o baião "Sabiá", e no ano seguinte foram às paradas com a marcha junina "São João na Roça" e com a triste "Acauã" (esta assinada apenas por Zé). Atuou ainda ao lado de Paulo Roberto no programa No Mundo do Baião, na Rádio Nacional (RJ) em 1953, ano em que estouraram o "Xote das Meninas" e "Farinhada" (esta também apenas de Zé), na voz de Ivon Curi. Outro ícone do baião, Jackson do Pandeiro, também fez sucesso com uma canção de Zé Dantas, "Forró em Caruaru". Quando foi diretor folclórico da Rádio Mayrink Veiga, do Rio, o compositor chegou a regravar suas canções mais emblemáticas em disco. Mesmo depois de sua morte, todas as músicas da dupla continuaram a ser relidas pelos maiores nomes da MPB – até os dias de hoje – como Gal Costa, Gilberto Gil, Elba Ramalho, Alceu Valença, Fagner, Marisa Monte e muitos grupos de Oxente Music e até da geração da música eletrônica.”
Da redação do Blog de Assis Ramalho
Fonte: Blog do Cauê Rodrigues