Publicidade

Petrolândia: Promotores do MPPE fazem avaliação final dos trabalhos da FPI/PE na região de Itaparica em entrevista a Assis Ramalho na Web Rádio Petrolândia

 


Para falar sobre os trabalhos do Programa de Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco em Pernambuco (FPI/PE), que encerrou-se nesta sexta-feira (26/07/2019) com Audiência Pública realizada em Petrolândia - no ginásio de esportes da Escola Estadual Delmiro Gouveia,os representantes do Ministério Público de Pernambuco-MPPE, Promotor Dr. André Felipe Menezes, e a Promotora Dra Maria Beatriz Ribeiro Gonsalves, coordenadores da operação, concederam  entrevista no programa Acordando com as Notícias, transmitido pela Web Rádio Petrolândia, na manhã desta sexta-feira (26/07/2019).

A entrevista contou comparticipação de ouvintes, que esclareceram suas dúvidas sobre a FPI. Assista ao vídeo abaixo

As FPIs são realizadas periodicamente em municípios que integram a Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco.Ao todo, cinco municípios da região do Sertão de Itaparica foram visitados. Além de Petrolândia, Floresta, Itacuruba, Jatobá e Tacaratu estão no roteiro da FPI.

No período de doze dias o  programa foi realizado mediante a atuação coordenada de mais de 20 órgãos públicos e entidades não-governamentais, voltados à preservação dos recursos socioambientais por meio da identificação de irregularidades e adoção das respectivas sanções. Centenas de profissionais, divididos em equipes técnicas temáticas, promoverão as fiscalizações nas áreas urbana e rural, além de atividades de educação ambiental para a população.


Clique abaixo e reveja matérias registradas no Blog de Assis Ramalho durante o período de fiscalização da FPI-PE na região de Itaparica
























Saiba sobre a FPI
A FPI é um programa permanente e continuado que teve início há 16 anos, na Bahia. Posteriormente, aderiram os estados de Alagoas (em 2014), Sergipe (2016) e Minas Gerais (2017). No ano passado, a FPI foi também iniciada em Pernambuco. Com isso, os principais estados que integram a Bacia do São Francisco fazem parte do programa. Da primeira etapa da FPI em Pernambuco participaram quase duzentos profissionais de 21 órgãos públicos e entidades não-governamentais. As ações de fiscalização foram voltadas às seguintes áreas: saneamento, gestão ambiental, flora, fauna, mineração, agrotóxicos, espeleologia, arqueologia, paleontologia, patrimônio cultural e comunidades tradicionais.

Redação do Blog de Assis Ramalho

Comentários

Publicidade