Publicidade

Entidades lamentam morte de Campos e prestam solidariedade à família

O Greenpeace comunicou que tirou do ar o programa Camarim dos Candidatos, que fazia uma paródia dos presidenciáveis

Manifestações de pesar pela morte de Eduardo Campos, uma das sete vítimas de acidente com avião em Santos (SP), partiram também de entidades que atuam em diversos setores. Em nota, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) destacou que Campos foi um grande aliado na defesa dos direitos de crianças e adolescentes no Brasil.

“Ao longo de sua trajetória como gestor público, demonstrou compromisso exemplar com a infância e adolescência, compreendendo a urgência e a necessidade de fazer com que os avanços conquistados nesse campo fossem uma realidade para cada criança”, destacou o Unicef.

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) também se referiu a Eduardo Campos como um amigo e apoiador da luta pela terra e pela reforma agrária. Em nota, o movimento destacou que Campos “agiu com ousadia e coragem a favor da luta dos sem-terra contra o latifúndio pernambucano, desapropriando áreas históricas reivindicadas pelo MST”.

De acordo com o MST, o político que governou o estado de Pernambuco por dois mandatos estava comprometido com o desenvolvimento sustentável para o Semiárido brasileiro, em uma das regiões mais pobres e com maior concentração de terras do país.

Em nota divulgada também nesta tarde, a organização não governamental Greenpeace se solidarizou com a família e afirmou lamentar “profundamente” a perda do ex-governador.

Devido à morte, o Greenpeace comunicou que tirou do ar o programa Camarim dos Candidatos, que fazia uma paródia dos presidenciáveis. Segundo a ONG internacional, o programa foi criado como parte do projeto do Greenpeace para as eleições deste ano, com 16 episódios que seriam lançados semanalmente até o fim da campanha eleitoral.

O Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação também emitiu nota de pesar. O fórum “lamenta profundamente as trágicas mortes de Eduardo Campos, dos seus assessores e dos pilotos do avião, no acidente aéreo ocorrido na manhã desta quarta-feira”, diz a nota, que termina com manifestação de pesar e solidariedade às famílias e aos amigos das vítimas.

Agência Brasil

Comentários

Publicidade