sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Petrolândia: Deputado eleito com apoio do PT/PSOL do município é cotado para assumir pasta de Agricultura e Reforma Agrária do Estado

Doriel Barros, que teve o apoio do PT/PSOL de Petrolândia - nas eleições deste ano, é cotado para assumir a pasta de Agricultura e Reforma Agrária de Pernambuco no 2º mandato de Paulo Câmara

Sem espaço no Governo Federal desde que a presidente Dilma saiu do Palácio do Planalto em agosto de 2016, sem cargos relevantes na Prefeitura do Recife e no Governo do Estado, o Partido dos Trabalhadores voltará a respirar aliviado a partir do próximo ano quando deverá ganhar no mínimo um espaço no primeiro escalão da gestão do governador Paulo Câmara (PSB).

Em contato com o Blog, uma fonte bastante próxima a um dos principais líderes políticos da sigla no estado, revelou que a perspectiva de poder já está levando a alguns cardeais do PT pernambucano a disputarem a preferência pela indicação de alguns postos mirados pelo partido.

Sabendo que tem direito a ao menos uma secretária, o PT trabalha para garantir a estratégica pasta de Agricultura e Reforma Agrária, hoje nas mãos do PDT de Zé Queiroz. Um dos nomes levantados para o posto é o do deputado recém-eleito Doriel Barros. Na ótica dos que defende o nome do parlamentar para o posto está em jogo uma equação que contemplaria algumas figuras do partido, a exemplo de Oscar Barreto.

Esta engenharia levaria em conta convencer o ex-prefeito do Recife, João da Costa, a assumir a suplência de Doriel na ALEPE, abrindo espaço para que Oscar Barreto assuma a vereança na Câmara do Recife na vaga que será aberta para João da Costa, suplente de Marília Arraes, eleita deputada federal. De acordo com esta mesma fonte, há também quem defenda o nome de Bruno Ribeiro, atual presidente estadual do partido, para assumir a secretaria que será reservada ao partido.

Nomes como Dilson Peixoto e Jurandir Liberal também correm por fora para ocupar espaço na administração estadual. O primeiro estaria de olho no comando do Consórcio Grande Recife, posto que inclusive já ocupou na gestão do ex-governador Eduardo Campos. Já o segundo, estaria interessado na presidência do DETRAN. Vale lembrar que ambos os cargos são subordinados à Secretaria das Cidades, pasta atualmente sob o comando do PSD de André de Paula.

A reforma no secretariado deverá tomar forma a partir do final de novembro, quando o governador Paulo Câmara retorna das férias. A expectativa é que haja não apenas um rodízio nas pastas, mas também um movimento para que se evite que partidos fiquem nas secretarias com a porteira fechada.

Ponto de Vista


0 comentários:

Postar um comentário