Publicidade

CPRH registra nascimento de jabutis-piranga em Salgueiro

Animal é muito visado pelo tráfico internacional e corre o risco de entrar na lista dos ameaçados (Foto: Divulgação/CPRH)

Em um ninho encontrado embaixo de um umbuzeiro, em área de soltura monitorada pela Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), no município de Salgueiro, Sertão do Estado, equipe de monitoramento registrou o nascimento de jabutis (Chelonoides carbonaria) da espécie piranga. De acordo com informações passadas nesta sexta (31) ao órgão ambiental, cerca de cem filhotes nasceram. A notícia alegrou os agentes ambientais. Este é o primeiro registro de nascimentos da espécie nesta área de soltura monitorada pela CPRH.

Embora ainda não estejam na lista brasileira dos animais ameaçados de extinção, os jabutis-piranga correm risco, inclusive por serem muito vítimas do tráfico de animais silvestres. A espécie é citada na lista do CITES – Convenção sobre Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção. Também há casos em que pessoas pegam os jabutis para cuidar como animal doméstico, o que termina prejudicando a espécie.

Os jabutis cumprem papel importante no meio ambiente, especialmente por atuarem como ‘distribuidor’ de sementes na natureza – se alimentam de frutos e descartam as sementes. Na região de soltura onde foi encontrado o ninho, na área rural de Salgueiro, o Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), da CPRH, já devolveu à natureza, além de jabutis, várias espécies de aves, papagaios e gatos-mourisco, entre outros animais.

Núcleo de Comunicação Social e Educação Ambiental - NCSEA
Agência Estadual de Meio Ambiente - CPRH

Comentários

Publicidade