terça-feira, 6 de outubro de 2015

​Treinamentos em Brasília capacitam prefeitos do interior da Bahia


Uma iniciativa do mandato do deputado federal Afonso Florence (PT-BA)​ levou a Brasília, nesta segunda (5) e terça-feira (6), prefeitos, secretários e técnicos de diversos municípios baianos para a realização de oficinas com representantes dos ministérios da Saúde e Educação. O curso apresentou técnicas e ações simples que visam ajudar os gestores a multiplicar os resultados dos recursos que chegam às cidades.

Os encontros visaram especialmente orientar os gestores sobre como manter em dia as parcerias com os ministérios no que tange à administração de recursos de transferências de fundo a fundo e obras realizadas com recursos vindos de Brasília. Os técnicos realizaram apresentações e treinamentos sobre confecção de projetos, vistoria de obras, solicitação de verbas e planejamento em saúde e educação.

De acordo com Florence, promover a aproximação entre os prefeitos e os ministérios em busca de desenvolvimento local é uma importante ação do mandato. “Às vezes, as prefeituras não dispõem de equipes suficientes para efetuar alguns trabalhos e, por isso, é fundamental fazer a mediação entre o Município e os ministérios para que os prefeitos possam tirar o melhor proveito possível dos programas federais nas suas cidades.”

A primeira oficina ocorreu na Câmara dos Deputados e teve como expositora a consultora do Programa de Requalificação das Unidades Básicas de Saúde (Requalifica UBS), Carla Belo de Matos. Na explicação, a técnica ressaltou a importância de preencher corretamente os cadastros do programa, vigilância com a execução de contratos e atalhos que evitam a burocracia no processo.

Na segunda, os representantes municipais se reuniram com técnicos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) na sede do Ministério da Educação para debater ações vinculadas ao Plano de Ações Articuladas (PAR). O assessor parlamentar do ministério, Leandro Cerqueira, elogiou a iniciativa do deputado e confirmou que a proximidade entre os entes é crucial na manutenção das parcerias.


“Sei que os prefeitos são aqueles que sentem o drama da vivência mais próximo, mas o desafio da educação é nacional, é de todos nós. Precisamos construir cada vez mais estas parcerias e seguir fortes para promover as mudanças que são tão necessárias”, ressaltou. Por sua vez, o deputado chamou a atenção para o impacto social que os recursos do PAR têm trazido aos municípios, assim como também ocorre na Saúde.

Os presentes aos dias de treinamento e oficinas atestaram que os ensinamentos têm grande aplicação no dia-a-dia da administração. Segundo Adriano de Araújo, prefeito de Teofilândia, o mais marcante foi a lição de que o acompanhamento dos convênios na cidade tem de ser feito com frequência para evitar atrasos em execuções de obras e programas nas duas áreas.

“No dia a dia de um prefeito ainda há uma carência muito grande de informações para que a gente possa ter acesso a editais e convênios. Vamos voltar para o município com muitas tarefas a cumprir em função deste encontro com os técnicos, o que inclusive vai ajudar o prefeito a evitar problemas com atrasos e também prestação de contas”, explicou Araújo.

Já o secretário de Educação de Catolândia, Luiz Carlos Pinto, confirmou que participar do encontro ajudará o município a corrigir os erros que levam a administração a não conseguir recursos. Atualmente, há execuções relacionadas à Educação paralisadas na cidade e carência de recursos para creches e salas de aula, que estão sendo resolvidos com aportes da própria prefeitura.

Participaram dos encontros em Brasília prefeitos, secretários e representantes técnicos das prefeituras de Santa Cruz Cabrália, Pé de Serra, Catolândia, Teofilândia, Valente e Capim Grosso.

Assessoria de Imprensa Deputado Federal Afonso Florence

Nenhum comentário:

Postar um comentário