sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Graduação a distância dispara no país e diversifica leque de cursos


Em uma década, a quantidade de alunos de graduação a distância cresceu 23 vezes. A oferta de vagas diversificou – saltando de 8 para um leque de 84 cursos. Os formandos, antes pouco além de 4.000, alcançam 161 mil.

Os indicadores mostram como a graduação a distância ganhou espaço no país e conseguiu se expandir para setores até então inexplorados.

Em 2003, esses cursos beiravam 50 mil matrículas – 1,3% do total da graduação. Em 2013, 1,15 milhão – 15,7%.

“É uma tendência mundial e irreversível. As empresas também estão investindo em treinamento a distância, em cursos corporativos. Elas estão acreditando nisso”, diz Ivete Palange, consultora da Abed (Associação Brasileira de Educação a Distância).

A maioria absoluta das matrículas – 97,2% - estava concentrada antes na área de educação, como pedagogia. Agora, essa fatia caiu para 38,9% devido ao crescimento de outros cursos – que incluem ciências contábeis, enfermagem e engenharia.

Leia a matéria completa na Folha de S. Paulo>Graduação a distância dispara no país e diversifica leque de cursos

Fonte: Folha de S. Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário