Publicidade

Petrolândia: Com apoio do Lions Clube de Petrolândia, ex-craque Denô promove oficina de futebol na Vila dos Pescadores



Da esquerda para direita; Zé Sandes, Emilton Couto, Denô, Cida, Célia, Geraldo, França, Paula, Silvano, Louro e Tony (Foto; Assis Ramalho)


 Silvano e Denô

Com o apoio do Lions Clube de Petrolândia, AABB Recife, Lovefutbol e do empresário Emilton Couto, o ex-jogador profissional Denô Araújo esteve neste final de semana - sexta, sábado e domingo - em Petrolândia, onde realizou oficina de futebol e ministrou palestras para vários atletas de várias categorias.

O ex-craque realizou os três dias de eventos no Estádio "O Ferreirão'', popularmente conhecido por campo do Silvano, localizado na Vila Dr. Francisco Simões (Vila dos Pescadores), na Quadra 05.

O objetivo do evento foi o de oferecer treinamento prático dos fundamentos do futebol para crianças e adolescentes e descobrir novos talentos.

De acordo com França de Cecídio, sócio do Lions Clube Petrolândia, a instituição tem como objetivo apoiar e ampliar o trabalho da Escolinha de Cristo, mantida por Silvano Ferreira, considerando que o futebol pode transformar vidas.

Durante os três dias de oficina o ex-craque do Sport, Náutico, Inter-RS, entre vários outros clubes do futebol nacional e internacional, ressaltou a importância dos sonhos na vida de cada um e fez questão de orientar os jovens quanto a importância dos estudos caminharem lado a lado com o mundo da bola.

Denô interagiu com os atletas, fez perguntas aos jovens e também abriu espaço para indagações dos atletas. O ex-craque também ressaltou a importância e o dever de auxiliar na formação de novos talentos.

Após o encerramento do evento, em conversa com a reportagem do Blog de Assis Ramalho e da  Web Rádio Petrolândia., Denô disse ter aprovado o futebol de uma meia dúzia de atletas mais que ainda faltavam detalhes para que esses jovens possam ser encaminhados para a Escolinha Futegol, em Recife.'' Ainda não posso dizer a lista dos atletas que poderão viajar para fazer parte da nossa escolinha.  Pra gente levar um atleta tem que acontecer o acerto com os pais, saber como estão os estudos dele para que a gente acerte os detalhes de tudo isso. Também é preciso que fique entendido que quando a gente encaminha um atleta para uma escolinha, não quer dizer que ele já esteja aprovado, e que vai ficar por tempo indeterminado. Vai depender do rendimento dele, que vai passar por vários processos de treinamentos para que seja realmente aprovado, Tudo depende do esforço, do empenho e do talento de cada um.'' disse.

O encerramento do evento foi prestigiado pela presidente do Lions Clube de Petrolândia, Célia Yôyô, entre outros sócios que compõe a diretoria.

Notícia relacionada (clique para ler)
Redação do Blog de Assis Ramalho
Fotos: Assis Ramalho

Comentários

Publicidade