Publicidade

Petrolândia é sub-sede do Sertão de Itaparica para inscrições às eleições dos Conselhos Estaduais de Cultura


O municípío de Petrolândia, após conversa com o presidente da Comissão Eleitoral, Severino Pessoa, é sub-sede do Sertão de Itaparica para inscrições dos candidatos às eleições do Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural e do Conselho Estadual de Política Cultural.

Em um esforço para inclusão de ainda mais pessoas e entidades no processo eletivo dos novos Conselhos Estaduais de Cultura, a Comissão Eleitoral passou a aceitar, semana passada, inscrições por meio eletrônico (e-mail).

Em Petrolândia, os interessados em participar da seleção, podem se inscrever presencialmente com Sandra, na Sala dos Conselhos, localizada na Av. Pref. José Gomes de Avelar, S/N - Antigo prédio do PETI - Quadra 01 de Petrolândia. Celular (87) 99811 2650. Atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h00 às 13h30.

Os produtores culturais de todo o Estado de Pernambuco que desejarem compor o colégio eleitoral do Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural (inscrições até 31/8) e também do Conselho Estadual de Política Cultural (inscrições até 14/9), podem baixar os formulários disponíveis AQUI, preenchê-los e encaminhá-los, juntamente com as documentações comprobatórias, para os e-mails conselhodepreservacao@gmail.com e conselhodepolitica@gmail.com, respectivamente.

Confira AQUI os EDITAIS e mais informações.

O processo eletivo ocorre a partir da formação de colégio eleitoral, em três etapas. Nesta primeira, há a inscrição e habilitação para participação no fórum específico de cada segmento. No segundo momento, será realizado um fórum específico por segmento ou área, para eleição de 05 (cinco) delegados em cada um. Por fim, a realização da Plenária Final, para eleição dos representantes do Conselho. No caso do Conselho de Preservação do Patrimônio, como são sete vagas para a sociedade civil, haverá sete fóruns específicos, cinco candidatos eleitos em cada um deles, e uma plenária final formada por 35 candidatos; em relação ao Conselho de Políticas Culturais, que tem 20 assentos para a sociedade civil, serão vinte fóruns e uma plenária final composta por 100 candidatos.

Em junho deste ano, o Governo de Pernambuco publicou os dois Editais que convocam a sociedade civil a formar o colégio eleitoral que indicará os membros que comporão o Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio e o Conselho Estadual de Política Cultural. Cada Edital estabelece as normas para a realização do processo eleitoral de cada um dos conselhos. A definição dos conselheiros se dará, portanto, a partir de eleições distintas.

Os conselheiros do Conselho de Preservação do Patrimônio serão conhecidos primeiro, pela urgência das atribuições deste Conselho, como a questão dos tombamentos e escolha dos Patrimônios Vivos do estado.


Portal Cultura PE/Secretaria de Cultura de Pernambuco e SEDES-Petrolândia

Comentários

Publicidade