sexta-feira, 24 de julho de 2015

PSB de Gravatá empossa membros da Comissão Provisória

Fotos: Roberto Pereira

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) deu posse, na noite de ontem (23.07), aos membros da Comissão Municipal que irão dirigir a legenda no município nos próximos anos. Em uma Câmara Municipal lotada, o secretário geral do PSB de Pernambuco, Adilson Gomes, abriu a cerimônia declarando empossado o novo presidente do partido em Gravatá, o ex-prefeito Ozano Brito, além dos demais membros da comissão. Também participaram da mesa, o deputado estadual Waldemar Borges; a secretária Nacional de Mulheres do PSB, Dora Pires; o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Isaltino Nascimento; o secretário executivo de Coordenação da Casa Civil, Marcelo Canuto; o prefeito de Bezerros, Severino Otávio (Branquinho), representando os prefeitos da região; o vice-prefeito do município, Rafael Prequé; e os vereadores Luiz Prequé e Fernando Rezende, representando a Câmara Municipal.

A cerimônia de posse, prestigiada por políticos, empresários, sindicalistas, lideranças dos movimentos sociais, comerciantes e moradores do município, contou também com a presença de representantes de outros partidos como o PDT, PPS, PSD, PPL, PRB, PT, PP e PC do B. Todos os discursos deixaram claro a necessidade de renovação na política de Gravatá e do PSB se tornar protagonista desse processo no município. “Tivemos uma reunião democrática, que elegeu esses novos membros e que tem o desafio de fortalecer ainda mais o partido. Precisamos fazer um grande debate para que toda a cidade participe dessa luta para fazermos o partido avançar. Vamos buscar o debate com toda a sociedade para tirarmos um projeto político e administrativo para Gravatá. Renovo aqui, em nome da direção estadual, a confiança na condução de nosso partido na cidade”, disse Adilson Gomes.

O deputado Waldemar Borges fez uma convocação para que todos os socialistas lutem para reafirmar os valores do PSB. “Queremos ver em todos os municípios de Pernambuco essa forma do PSB de fazer política ser democraticamente vitoriosa. O fundamental pra nós é que os nossos valores estejam presentes nos projetos que serão desenvolvidos nos municípios, nos estados e no País. Um projeto que reproduza o modo PSB de fazer gestão, atendendo a alguns princípios inegociáveis, somando a capacidade de executar ao compromisso de fazer para os segmentos que mais precisam da ação do poder público. Mais que isso, que respeite e potencialize a melhor e mais republicana utilização dos recursos públicos, de maneira a fazer mais, com menos e melhor. A questão fundamental é saber para quem estão sendo direcionadas. É saber fazer para quem mais precisa. É isso que quem tem compromisso com a forma PSB de governar faz onde faz política. Juntar isso com a largueza, a capacidade de dialogar e o respeito com o dinheiro público. Esses são valores que o PSB quer ver reinar em cada município”, lembrou o líder do Governo na Assembleia Legislativa.

“Temos de ser um partido largo e ao mesmo tempo radical. Radical nas convicções e na defesa dos valores e largo no relacionamento com toda a sociedade e com o conjunto dos demais partidos. O PSB tem valores e sabe pra onde quer ir. Em todos os níveis e em todos os locais onde faz política. Nossa posição é conhecida e tem angariado cada vez mais apoio e simpatia não só da classe política, mas da sociedade de uma maneira geral”, completou Borges.

Em seu primeiro discurso como presidente do diretório municipal do PSB de Gravatá, Ozano Brito ressaltou que a missão que estava assumindo seria cumprida. “Vamos ampliar a base do partido em Gravatá, conversar com as forças internas do partido, respeitar as divergências, mas procurar convencer que precisamos convergir para uma política de mãos largas e não de mesquinharia. Vamos ouvir a sociedade e preparar o partido para 2016 no momento certo, sem antecipar campanhas eleitorais. Calendário eleitoral existe para ser cumprido”, alertou.

“Hoje o país vive uma das piores crises econômicas, de ética e moral. Não podemos baixar a cabeça e aceitar o que estamos vendo . Temos que reagir. A inércia fortalece os malfeitores. Gravatá passa por um dos piores momentos da sua história política graças ao descompromisso da atual gestão pública. Essa cidade não pode ser administrada pelos tios Patinhas do dinheiro público. Temos que tirar essas pessoas que fazem política pensando mais nos projetos pessoais do que de uma sociedade”, concluiu Ozano.

Comissão Municipal – PSB/Gravatá

Presidente: Ozano Brito
Vice-Presidente: Denis Costa Oliveira
Secretário: Vital Medeiros
Tesoureiro: Hélio Ferreira

- Membros:
Luiz Prequé
Luiz José da Silva (Lula do Padre)

- Comissão da Juventude:
Hannah Bezerra

- Comissão LGBT:
Roberto Vasconcelos (Beto)

- Comissão da Mulher:
Terezinha Carvalho

- Comissão da Pessoa com Deficiência:
Paulo de Tarso

- Comissão Popular:
José Luiz da Silva Alves (Miaeiro)

- Comissão Raça e Etnia:
Lucas Noia

- Comissão Sindical:
José Mario Barbosa da Costa (Zé Mario)

Ascom PSB PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário