terça-feira, 15 de maio de 2018

Funcionários do Sindicombustíveis são presos por suspeita de cartel em Pernambuco

Operação Funil: foram expedidos três mandados de prisão preventiva e 27 de busca e apreensão (Foto: Reprodução/TV Jornal)

Três pessoas foram presas sob suspeita de envolvimento com cartel de combustíveis na Região Metropolitana do Recife. Os suspeitos são integrantes do Sindicato dos Donos de Postos de Combustíveis de Pernambuco, segundo a Polícia Civil e, teriam comedido crime contra a ordem econômica, manipulando os preços de gasolina, álcool e diesel nas bombas. Os presos estão na sede do Grupo de Operações Especiais (GOE), no bairro do Cordeiro, mas já estão com prisão preventiva decreta e devem ser encaminhados ainda nesta terça-feira para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima. Na Região Metropolitana do Recife (RMR), o valor médio do combustível é de R,20 para gasolina e o de R,20 para o alcoól.

O operação, batizada de Funil, é a 14° realizada pela Polícia Civil de Pernambuco este ano. A investigação, que resultou na prisão dos envolvidos, teve início há 11 meses pela Delegacia de Crimes contra a Ordem Tributária (Decot). Nesta terça-feira, estão sendo cumpridos 17 mandados de busca e apreensão e 10 mandados em residências de suspeitos. Os policiais ainda estão na rua tentando apreender mais documentos que comprovem a fraude. Um total de 163 policiais civis, entre delegados, comissários, agentes e escrivães estão na operação.

Segundo o delegado Nelson Souto, gerente Operacional das Delegacias Especializadas, a Polícia investiga ainda se a prática criminosa vinha sendo cometida por outros integrantes do sindicato, inclusive o presidente, e empresários do setor. "Fomos surpreeendidos com a partipação desses três funcionários do sindicato, justamente, um órgão para regulamentar a venda de combustíveis, mas que estava cometendo a prática de alinhamento de preços junto aos postos de gasolina. Estamos coletando mais informações que servirão de lastro probatório para definir a participação de cada um dos envolvidos no esquema", disse o delegado.

Os mandados de busca foram cumpridos em postos de gasolina nas cidades do Recife, Jaboatão dos Guararapes, Abreu e Lima, Igarassu, Morenom Vitória de Santo Antão, Pombos, Paudalho, Glória do Goitá, Gravatá e Bonito. Uma arma de fogo, em situação irregular, foi apreendida em um dos postos de combustíveis vistoriados. Mais detalhes a respeito da investigação serão divulgados somente amanhã (quarta-feira), na sede da Polícia Civil, na Boa Vista.

Por Diário de Pernambuco


0 comentários:

Postar um comentário