Publicidade

Governo de Pernambuco lança Cartilha do Fornecedor

Empresas interessadas em fornecer materiais e serviços para o Estado agora têm uma nova ferramenta para fazer parte do Cadastro Unificado de Fornecedores Estaduais

Para ter sucesso em contratações públicas e oferecer serviços de qualidade à população, o Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Administração (SAD), elaborou cartilha de orientação para empresas que queiram fazer parte da rede de fornecedores do Estado de Pernambuco. Lançada no início deste ano, a cartilha conta com dicas para facilitar o registro de empresas no Cadastro Unificado de Fornecedores do Estado (CADFOR). O trabalho foi organizado pela Gerência de Cadastro de Fornecedores, Materiais e Serviços do Estado em parceria com o SEBRAE.

A cartilha pode ser retirada no 1º andar do prédio da Secretaria de Administração e contém orientações e o passo a passo para se inscrever no CADFOR, que pode também ser encontrada no Portal de Compras, Contratos e Licitações (www.sad.pe.gov.br/seadm), porta de entrada para os empresários que pretendem fornecer produtos ou serviços a órgãos públicos.

De acordo com o gerente de Cadastro de Fornecedores, Materiais e Serviços do Estado, Carlos Eduardo Lócio, a cartilha, como também o Portal, é um importante canal de relacionamento entre empresas fornecedoras e o Estado. “Através da cartilha, é possível tirar dúvidas sobre como proceder no Portal, qual a importância de fazer parte da nossa rede de fornecedores e ter conhecimento dos modelos de certidões exigidos nas licitações, além dos demais documentos necessários para que as empresas possam participar de pregões eletrônicos – modalidade de licitação – com segurança”, explicou.

Ainda segundo Lócio, a cartilha está didática e incentiva o empresário a fornecer seus produtos ao Estado. “Uma das vertentes de atuação para ampliar a participação das micro e pequenas empresas nas compras governamentais é a adoção de mecanismos mais eficientes de aquisição pública. Por isso, quanto mais bem informados os fornecedores estiverem sobre os procedimentos necessários para efetuar o seu cadastro, mais concreta se torna a chance de efetivamente se tornarem fornecedores estaduais”, concluiu o gerente.

SAD-PE

Comentários

Publicidade